Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Como a minha cidade inteira passou a odiar o Leonardo DiCaprio

Postado em 2 March 2016 Escrito por Izzy Nobre 7 Comentários

Nominee for Best Actor in "The Wolf of Wall Street" Leonardo DiCaprio arrives on the red carpet for the 86th Academy Awards on March 2nd, 2014 in Hollywood, California. AFP PHOTO / Robyn BECK (Photo credit should read ROBYN BECK/AFP/Getty Images)

Não só a minha cidade, aliás — toda a região aqui.

É o seguinte. Como sabemos, o ator recentemente assassinou um meme lendário, finalmente  ganhando um Oscar por sua atuação em The Revenenant (“O Regresso” aí no Brasil, ou “Dirilis” na Turquia). Enquanto filmava aqui em Calgary, o ator notou que o clima estava muito ameno pra época do ano: quando se esperava temperaturas mais ou menos na região de 20 graus negativos, o termometro na realidade registrava 10 ou 15 graus positivos — uma diferença de mais de 30 graus.

E o Leonardo falou sobre isso com a mídia. A Variety publicou uma matéria em que o ator dizia que a galera da região estava assustada com o inédito fenômeno, o que confirma a teoria do aquecimento global.

Não que o aquecimento global não seja real — é que o Leonardo escolheu o pior fenômeno pra “provar” que ele existe. As montanhas rochosas ao oeste da nossa região servem como uma barreira para frentes quentes que vem do Oceano Pacífico. Essas frentes geralmente se dissipam ao longo da distância que percorrem, mas por causa dessa nossa geografia, elas vão acumulando atrás das montanhas, até finalmente “escorrer” pro outro lado. Esse fenômeno tem nome, inclusive — “chinook”, um termo indígena (justamente porque os primeiros povos canadenses já estavam ciente dessa parada).

Quando isso finalmente acontece, a temperatura sobe subitamente aqui em Calgary. Já presenciei variações de quase 30 graus em questão de menos de 10 horas.

Aliás, o fenômeno não é aquela parada meio fantástica/esotérica que você só consegue ver nas simulações do metereologista no jornal. Dá pra literalmente ver o chinook chegando como uma PAREDE de nuvem:

Procura “chinook arch” no Google que você verá um monte.

Aí o que acontece é o seguinte. A galera aqui da região já é meio avessa à ciência da mudança climática global; Alberta é uma região produtora de petróleo, e bem conservadora (alguns chegam a chamar a nossa região de “Texas do Norte” por causa disso). Papos ambientalistas são, por ia de regra, encarados aqui com muita má vontade — especialmente papos ambientalistas vindos de celebridades.

Aí vem o Leonardo DiCaprio com essa história de que os calgarienses teriam ficado “assustados” com chinooks (quando na realidade a galera aqui antecipa chinooks com animação, porque é uma folga do frio desgraçado que temos que aturar durante 4 meses).

Isso fez a maioria da galera aqui da cidade, que já é de forma geral cética em relação a aquecimento global, achar que esse papo era uma grande balela do ator. E a mídia local vem zoando o cara desde então.

dicaprio

Tão aloprando o cara sem dó:

Este é o Ezra Levant, uma espécie de Bill O’Reilly canadense, zoando o ator de forma mais escrachada:

Em seu discurso no Oscar, DiCaprio bateu novamente na tecla do aquecimento global. Ainda putos, a mídia daqui então bateu de novo NELE.

Pobre DiCaprio.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: A internet é foda

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 32 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas, e sobre notícias bizarras n'O MELHOR PODCAST DO BRASIL. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

7 Comentários \o/

  1. Cris says:

    Aquelas coisas que diziam pra gente, se informe antes de falar sobre qualquer coisa? Bom, não disseram isso pro Leo…

  2. Izo, o nome do filme é The Revenant, não The Revenenant

  3. Caraca… Realmente faltou o conhecimento meteorológico da área. O foda que todo um discurso com uma realidade iminente cai na falácia quando a região passa por essas mudanças de tempos em tempos e o cara não tinha o conhecimento dos nativos…

  4. Bier says:

    DiCRAPio tava esperando um friozão lasqueador e acabou topando logo com esse calor já esperado pelos canadenses… foda o cara não ter um conhecimento prévio sobre o local onde vai trabalhar. Ainda fez o discurso no Oscar achando que era a pessoa mais inteligente dentro daquele salão… tsc, tsc…

  5. FIlipe Mouta says:

    Já ouvi muitas historinhas de conspirações que envolviam esse fenomeno, dizendo que o mesmo era fabricado pelos iluminatis e etc kkkk

  6. Piero says:

    Não conhecer o fenômeno local é uma gafe, mas negar o aquecimento global é burrice.

  7. Marcos Osório says:

    Um péssimo argumento ou uma falácia consegue estragar toda uma boa causa