Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Oi. Eu sou o Izzy Nobre e eu estou aqui para que você me contrate.

Postado em 30 March 2014 Escrito por Izzy Nobre 16 Comentários

Oi, pessoa da internet que talvez se chame Gabriel ou Camila ou Lívia ou Lucas. Como vai você? Eu vou bem, exceto por um probleminha.

Eu preciso que você me contrate.

meu cv

Pera, deixa eu explicar melhor.

Como você talvez saiba, estive mantendo este site (e o meu canal no YouTube) por muitos anos. Entretanto, meu retorno aos estudos vai exigir de mim tempo que eu atualmente não tenho. Equilibrar trabalho, estudos e vida social já é difícil — tenho certeza que vários de vocês conhecem este inferno! –, imagina então pra um cara que tem um “trabalho secundário” de ficar horas na frente de um computador escrevendo textos e editando vídeos pra pessoas que ele nem conhece!

A única solução pra que eu mantenha minha saúde física e mental é abrir mão do meu site e do meu canal pra focar inteiramente na minha carreira e nos livros. Só que essa não é uma opção muito favorável, porque eu não queria abrir mão do meu trabalho na internet, e (penso eu, num arroubo de arrogância) que alguns de vocês também ficariam tristes se visitassem o HBD amanhã e encontrassem uma plaquinha dizendo “FECHOU PARA SEMPRE, AQUELE ABRAÇO”.

Então. Situação meio foda, né? Mas eu pensei numa solução. Vou deixar este cara bonitão aí embaixo explicar melhor a situação.

Entendeu como funciona? SE você gosta do meu trabalho e acredita, de fato, que ele tem ALGUM valor financeiro — por menor que este valor seja; não ficarei triste se você pensa que tudo que eu faço vale apenas 1 ou 2 dólar por mês –, agora você pode contribuir para que meus textos e vídeos continuem.

Basta clicar no meu perfil no Patreon. Lá, você poderá se comprometer a financiar o meu trabalho, mensalmente, com qualquer quantia que você achar válida. Ou nenhuma, se você não puder ou não achar que eu mereço.

É a democratização total do ressarcimento financeiro, um conceito que é sempre elogiado em massa na internet quando adotado por alguma banda ou produtora de games, e que eu finalmente posso dizer que faço parte.

E que fique claro, o meu conteúdo será grátis pra todo mundo, pra sempre (caso eu continue o produzindo, o que depende da adesão de um número significativo de vocês — é, afinal, o propósito do meu Patreon); só que a galera que me “contratar” vai ganhar um monte de coisinhas extras, como sorteios, aparições no meu vlog, ligações no Skype, esse tipo de mimos. É uma forma justíssima de recompensar aqueles que tornarão possível que meu conteúdo continue rolando!

E aí? Venha ser meu Patrão!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: A internet é foda

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

16 Comentários \o/

  1. Mobi says:

    Ta se saindo bem Izzy!

  2. Camilão says:

    Fala Izzy, tô de boa. Quero ser tua patroa mas talvez só role mês que vem, me aguarde até lá.

  3. Lucas Zacchi says:

    Eu infelizmente não tenho condições financeiras de ajudar, Izzy. (sim, sou um adolescente fodido e desempregado) Mas, como já falei contigo no twitter, ou melhor, tuíter (aliás, o quão legal é poder bater um papo contigo por lá) Assim que possível, farei questão de contribuir com meus $15 ou 20 pro seu Patreon. E até lá, continuarei compartilhando desenfreadamente seus textos e vídeos. Fiquei realmente muito feliz com o sucesso do teu Patreon. Quase $2k em dois dias é muita coisa, e você merece cada centavo. Parabéns por tudo, Izzy, e perdão pelo comentário um pouco longo. Um abraço!

  4. Vinícius Martarello says:

    Queria muito poder contribuir, mas não posso, então vou manter meus joinhas e divulgação, pelo menos ajudo um pouco 🙂

  5. Renato says:

    Ou você poderia simplesmente começar a aceitar doações em bitcoins, ainda mais porque mora fora do Brasil e a maioria dos seus leitores são brasileiros.
    Seria uma forma mais rápida, simples e desburocratizada de receber dinheiro, sem depender do patreon também.

    Eu acho que você receberia muitas doações, uma pena ser mais ferrenhamente contra uma tecnologia inovadora que um senhor de 80 anos de idade é.
    Eu doaria.

  6. Eu sou o K says:

    Faltou colocar: “Bom relacionamento interpessoal” no curriculum Vitae huehuehu

  7. Joao says:

    Libera mais uns patreon de 20 ai 🙂

    To ajudando com 15 por enquanto ^^

  8. Anderson Edy says:

    Droga, queria poder ajudar agora D: mas to desempregado… Se possível Izzy, aguente até mês que vem, até lá a situação promete mudar e ai você pode contar com a minha contribuição, força ae o/

  9. @dymassc says:

    Só te pago se você me desbloquear no Twitter (e sabe-se lá porque tu fez isso).

  10. Ivan Nogueira says:

    Agora a porra ficou seria

  11. asdf says:

    Só te pago se você der espaço pros pagantes decidirem temas de alguns posts e vídeos

  12. Pietro says:

    Uma pena que não da pra pagar em reais, sem o paypal. :/