Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Um dos muitos motivos pelos quais eu não acredito na bíblia: os sacrifícios animais

Postado em 6 July 2012 Escrito por Izzy Nobre 111 Comentários

ACALMA ESSE CU porque meu argumento não é “ain meu coitado dos bichinhos”, a la PETA, não. Quer dizer, até um certo ponto meio que é, mas não é o mote central.

Como você talvez saiba, o mesmo Deus que a bíblia diz ser “o mesmo hoje, ontem e sempre” tinha métodos diferentes para a expiação dos pecados do seu povo. Por que um ser perfeito teria bolado um plano e depois mudado de idéia eu não entendo, mas isso é algo que acontece BASTANTE na bíblia. Deus criou os homens, se arrependeu, tentou aniquila-los, depois se arrependeu também. Deus tornou Saul o rei de Israel e, estranhamente, se surpreendeu quando o cara virou um filho da puta (ele não era onisciente?), e aí colocou Davi em seu lugar.

Aliás, em Jeremias 15:6 Deus literalmente diz que tá cansado de ficar mudando de idéia o tempo todo. E em Isaias 45:7 Deus admite que ele faz coisa boa E desgraças também (e de propósito), então tente entender essa.

Pois bem. O método antigo de conexão com o Divino era sacrificar um animal ritualisticamente, com inúmeras estipulações sobre que bicho usar, como matar o pobre coitado, como drenar o sangue, coisital. A parada tinha mais regrinhas que manual de GURPS.

O método atual (e extremamente mais conveniente) é pedir perdão telepaticamente para um judeu que morreu há 2 mil anos e pedir que ele “entre” no seu coração. 

Cristãos apelam para o malabarismo retórico de que antes vivíamos o tempo da “lei”, e após a morte de Cristo vivemos o tempo da “graça”. Todo esse dogma (que é um pedaço importantíssimo da doutrina cristã) basea-se essencialmente em UMA passagem bíblia que sequer respalda a conclusão que eles tiram dela. Em Romanos 6:14, Paulo — SEMPRE ELE — estabeleceu que o pecado não pode te pegar porque “vivemos o tempo da graça”.

Essa é toda a base para a idéia de que a vinda de Jesus anula todas as leis do velho testamento. O problema é que o mesmo Paulo, em II Timóteo 3:16, falou que TODAS as escrituras continuam valendo. 

Tá vendo a bagunça que esse negócio é? Tá vendo porque existem TANTOS subgêneros de cristianismo…? 

Falando nisso: a parada é tão confusa, aliás, que não são todos os cristãos que abolem (eita verbo irregular) os mandamentos do Velho Testamento.

Os Adventistas por exemplo seguem um dogma que diz que toda a bíblia deve ser usada como bússola moral, e não apenas o Novo Testamento. E não estou me referindo só aos 10 Mandamentos, não — existem inúmeros outras instruções morais e sociais (completamente bizarras) no Velho Testamento que algumas seitas cristãs/judaicas insistem que devemos seguir à risca. Não usar roupas que misturem algodão e linho, por exemplo. 

Curiosamente, quando o versículo condena homossexualidade, citar Levítico 18:22 é de boa. A inconsistência em relação a seguir ou não instruções do Velho Testamento é total.

Voltamos ao sacrifício animal. Tente compreender a situação — fomos criados por um ser cósmico, mais poderoso que o Galactus e o Thanos juntos, de sabedoria insondável. Este ser cria o ser humano e estipula que ele deve obedece-lo. Por que? Porque sim.

Quando o ser humano o desobedece, Deus fica puto. E para resolver a cagada, o vacilão deve pegar um cordeiro sem nenhuma mancha, mata-lo, e oferecer a morte do bicho pro tal ser onipresente que criou o universo.

É isso que o Criador das Galáxias quer pra te perdoar: a carcaça flamejante de um cordeiro que não tinha porra nenhuma a ver com a história.

Mano… você não acha isso um pouco estranho? Isso não parece uma instrução ou um requerimento de um ser que está acima de toda a existência. Isso parece mais o que uma tribo bárbara nômade de judeus malucos ACHAVA que um suposto ser supremo queria deles. Parafraseando Kirk em Star Trek V, pra que diabos Deus quer uma ovelha morta…?

(E por que ele não quer mais?)

Quando você analisa esse tipo de coisa objetivamente, fica meio óbvio que isso não tem COMO ser o desígnio de uma criatura responsável por estabelecer as leis da física, dar carga aos elétrons do universo e criar os ingredientes necessários para uma deliciosa coxinha. Este é o plano dEle? “Mate um bicho, ateie fogo, e tá tudo de boa”.

Quando mais você lê a bíblia, mais as instruções que os profetas atribuiam ao povo (o sacrifício animal, a circuncisão compulsória, um dilúvio que matou todo mundo) parecem tentativas retardadas de explicar o mundo natural ao seu redor, e as supostas vontades do Deus que eles cultuavam. Era o que a mente de uma cambada de jockey de camelo que viveu milhares de anos atrás ACHAVA que Deus queria.

“Yep, ele quer que eu corte fora meu prepúcio. Por que? Porque sim ora. Esse é supostamente o sinal secreto de que somos os favoritos dele — um pau deformado através de um método ‘cirúrgico’ executado com pedras afiadas e nenhuma anestesia ou técnica sanitária”. Sim, pedras afiadas. Apesar de metalurgia já existir 8 mil anos atrás, estes iluminados profetas responsáveis por desvendar os mistérios insondáveis do criador supremo andavam por aí se cortando com pedras.

ESTES são os indivíduos a que você dá crédito pela revelação divina.

Pense nisso. Qual o sentido de uma divindade suprema querer que você mate um cordeiro pra que ele possa te perdoar…? Você não acha que é imensamente mais provável que isso saiu da cabeça de um chefe tribal/religioso de uma cambada que mal sabia limpar a bunda direito? 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: ateísmo

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

111 Comentários \o/

  1. Cristiano says:

    e se o sacrifício fosse só porque a ovelha era algo valioso na época (ainda é). Hoje em vez de ovelha você só precisa dar todo o seu dinheiro pra igreja e tá perdoado:) Quem tem uma ovelha pra sacrificar hoje?

    • Kaueh says:

      Sacrifica o cachorro, ué.

    • jose marques says:

      se noé salvou os animais e sua família há pouco mais de 5 mil anos e porque existe mais de 800 linguas diferentes pesquisas ciêntificas afirma que na região de noé não existe vestigios de animas selvagem e que ouve foi tusumany e atingiu toda costa terrestre na quela região em um raio de 800 km e não havia transporte adequado para verificar se existia sobrevivente nos países

    • jose marques says:

      josé era crente e quando viu que maria tava gravida e tentou deixa-la foi dormir preocupado porque maria ia ser apedrejada e ele amava maria que era muito bonita aí teve um sonho que era do anjo.virgens não tem passagem só quando é mulher concorda.oque você acha que maria ia dizer que não foi o anjo e sim um outro homem que ha engravidou para ser apedrejada o que você acha.

  2. Henrique says:

    Belo post. Esse é um dos motivos pelos quais eu não consigo acreditar na existência de um Deus. Abraço e quero um livestream do casamento hehe.

  3. Esses dias estava correndo pelo FB isso: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=442338762463378&set=a.191647587532498.43552.172083906155533&type=1&relevant_count=1

    É sobre filhos desobedientes e como devem ser tratados.
    Como você disse, Kid: quando é de interesse, as pessoas citam e praticam o velho testamento, quando é uma coisa violenta como essa, lembram logo que o velho testamento não vale mais…

  4. Alencar says:

    Sabe o que também não faz sentido? Achar que o universo foi criado do nada.

    • Izzy Nobre says:

      …mas a hipótese criacionista é exatamente isso.

      • Antonio says:

        Ouch.

      • @mos_axz says:

        Na verdade a hipótese criacionista é um pouco mais sem sentido ainda. O que ocorre é uma questão de complexidade. Um ser consciente surgir do nada e ele criar o universo é muito mais improvável do que surgir o universo do nada. Ninguém aqui nunca viu uma barata se materializando do nada, mas todo mundo sabe que é mais provável isso ocorrer do que surgir um elefante treinado com armadura de guerra do nada também.

        • Ezequias says:

          De onde vem a consciência de existência humana? Como provar a própria existência da vida? Não há como provar como ele surge no feto. Então, pela lógica de alguns, se não há provas factuais, a própria vida não existe, nós apenas vivemos(?), rs.

          • @mos_axz says:

            Bom, a consciência humana é um assunto que ainda é bastante obscuro pra psicologia e eu simplesmente não tenho como responder sua pergunta. Quanto a questão da prova, existe uma frase famosa(e manjada) de Carl Sagan que é “Ausência de evidência não é evidência de ausência”. Se ninguém tem nenhuma prova da existência da vida(coisa que temos, já que uma pessoa viva é, de acordo com o conselho federal de medicina, qualquer pessoa com funções cerebrais ativas)não sem tem nenhuma prova a favor ou contra a existência da vida.

      • nononono says:

        Life…mas sério…rememore seus tempos de adventista e nos brinde com um texto sobre porque Maria não é santa e porque não devemos acreditar em reencarnação (mais uma coisa do demonho)

        • @mos_axz says:

          Cara, se Maria não pode ser considerada santa, Jesus também não. Deuteronômio diz:

          “1 ENTÃO falou Deus todas estas palavras, dizendo:
          2 Eu sou o SENHOR teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.
          3 Não terás outros deuses diante de mim.
          4 Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.”

          Logo, de acordo com ele não existe outros além dele. E isso é o primeiro mandamento, que é a regra mais importante de todas as crenças relacionadas a biblia. Além do que ele é onipotente, oniciente e onipresente e por isso não precisa de um intercessor. Jesus não era oniciente, logo ele nunca conseguiria convencer deus de ABSOLUTAMENTE NADA. Um advogado que nunca ganhará causa alguma.
          Quanto a reencarnação, não conheço nenhuma passagem da biblia que concorde ou que discorde, logo vai depender da forma de visão pessoal.

          • Pedro Alves says:

            A doutrina cristão propõe que Jesus era um com Deus. Isso implica em sua santidade.

          • Luis Alves says:

            Jesus e Deus eram um só. Em Isaias 53 diz:

            “Ele foi transpassado pelas nossas transgressões, moído pelas nossas iniquidades. O castigo que nos tras a paz estava sobre ele e pelas suas pisaduras fomos sarados.”

            Nós cristãos cremos que Jesus é o Cristo que viria para salvar o mundo de seus pecados. Por isso cremos nEle.

  5. Bonanza says:

    Quide. Esses seus textos são interessantes. Compartilho mais ou menos da mesma história que você. Cresci na igreja, frequentando escola dominical,vendo pessoas sendo possuidas e pregadores andando de carro importado mesmo sem terem nenhum trabalho formal. A partir do momento que comecei a ter um pouco de senso crítico, percebi como muita coisa não fazia sentido. Os evangélicos são extremamente preconceituosos e machistas. Mas vi que não vale é perder tempo discutindo com esse povo. Prefiro ficar quieto do que ouvir réplicas com citações bíblicas que eles mal sabem o que significam. É só ter o minimo de bom senso que é fácil verificar como as coisa não se encaixam e não fazem sentido.
    Poderia fazer mais textos nessa linha, e seria interessante citar experiências que você teve em sua criação cristã. Eu já vi muita coisa bizarra na igreja e tenho certeza que você também deve ter visto.
    No mais cara, sucesso no casório e felicidades. Acompanho seu blog desde a época que vc morava no brasil e detonava legião urbana rs.
    Abraços

    • Blackpsychotic says:

      Tambem adoro quando ele faz esse tipo de texto, tambem gostaria de posts sobre o que ele viu na igreja e a opiniao dele sobre o assunto. Tipo quando as pessoas “recebem o espirito santo” e tal…

  6. Pimbolim says:

    ótimo assunto izzy perfeito pra gerar mamilos assim como você não acredito em deus mas para mim o fator determinante é outro é apenas usado da lógica observe como deus é bondoso

    A criação de deus

    *Deus sabe de tudo ele criou então suponhamos que

    ele criou o anjo com a vontade de tentar ser maior que ele no caso estamos falando de lucifer que foi criado para superar deus e ser mandado ao inferno criado por ele sabendo que muitas almas iriam ser torturadas no inferno

    Deus > Anjos com vontade de superar ele
    >planeta terra
    >animais puros não pecam fazem somente por necessidades
    > Humanos pecam mas por que deus deu a opção para eles terem pecado.
    Se deus éra tão bom por que colocou a árvore do fruto ruim no paraiso para fuder com a porra toda
    mas ai tu diz a mas é por que deus deu o livre arbitrio pro ser humano escolher mas éssa é a maior tolice por que se deus tivesse dado o conhecimento pleno ao ser humano ele não comeria da árvore ruim e não foderia com a coisa toda então realmente não faz sentido é como um pai dizer “Filho não use drogas” e na casa dele deixar crack espalhado por tudo,em vez de manter o filho afastado do mesmo.

  7. Todos temos o direito de se expressar e acreditar no que queremos e, apesar de discordar do seu texto, é um texto bem escrito. Você é um dos poucos “ateus” que conheço que não é “ignorante”, digamos assim. Por isso ainda tenho respeito por você, mesmo que esse texto vá de contra ao que eu acredito.

  8. Embora eu já tenha um tempinho de ateismo nunca tinha pensado sob esse ponto de vista: ‘é tudo fruto de uns malucos no deserto QUE ERAM BURROS PARA CARAMBA!’ Valeu Kid!

    O mais engraçado foi que no Google Reader apareceu junto com o teu post uma propaganda que diz: “Coloque seu nome na missa: E peça as orações que você precisa” ahahahahahaaha

    Google Fail!

  9. Trovalds says:

    Segundo alguns estudiosos, os “10 mandamentos” não eram apenas 10, eram centenas, que foram convenientemente “resumidos” na Bíblia. E pra mim esse livro aí não passa de um mindfuck gigante pra manter as pessoas ocupadas pensando SE ou NÃO SE o tempo todo e se tornarem perfeitas retardas. Exemplo maior é o que o BR está vivendo hoje: o anteprojeto do novo Código Penal prevê entre outras coisas criminalização da homofobia e descriminalização das drogas SE for para uso próprio, inclusive permitindo o plantio “caseiro” e coisa do tipo. Adivinha QUEM já bradou no Congresso que esse anteprojeto não passa nem a pau? A bancada “evangélica”. Pode ver que em país em que a religião tem influência sobre a política vive-se no mais completo ostracismo, caso do nosso BraZil.

    PS: mals o comentário meio nada haver com o tema.

  10. vinicius says:

    Cara, se tu parar pra pensar, tudo na bíblia não tem explicação, tipo, “tá lá e é isso”, simplesmente por uma falta de razão e ignorância.

  11. Marcelo says:

    Vou explicar o lance da circuncisão… Questão de saúde. A circuncisão faz com que o risco de infecção e de DSTs caia drasticamente.
    O problema de ateus interpretando é bíblia é que convenientemente ignoram a cultura de um povo e sua visão sobre Deus. A bíblia no Antigo Testamento é baseada na visão judaica de Deus. A bíblia é formada por livros, esritos por homens, sobre homens, que eram de certa forma, “próximos” de Deus. A bíblia nõ foi ditada por Deus. A Bíblia é um conjunto de relatos de pessoas próximas de Deus.
    Sobre o cordeiro… Simbologia. Um povo daquela época precisava de símbolos para entender certas coisas. Álias, ainda hoje precisamos de algumas alegorias e símbolos para entendermos as coisas.
    Agora, se vc quisesse realmente procurar entender simbologias e alegorias bíblicas, vc procuraria sobre isso. O que vc quer, é provar que a bíblia não foi “escrita” por Deus. Parabéns, ela não foi mesmo. Isso todos sabem!

    • Fabio says:

      “Vou explicar o lance da circuncisão… Questão de saúde. A circuncisão faz com que o risco de infecção e de DSTs caia drasticamente.”

      Não, Marta Suplicy. O que diminui risco de STDs exponencialmente é não sair enfiando sua piroca deformada pelo judaísmo ou não em qualquer buraco que você vê por aí.

  12. Rodrigo says:

    Só um detalhe, cara. Se você não percebeu ainda que essa porra toda que tá escrita na bíblia é confusa porque é sempre escrita em simbologia, você aprendeu porra nenhuma na religião então. João mesmo fala em apocalipse que foi tudo escrito desse jeito porque senão a galera ia queimar e apagar a escritura da história. Olha lá rapidão.

    • Richard says:

      Pois bem, se a questão dos cordeiros é simbologia, o que impede que “não roube” também não seja?
      Cristãos no geral sempre selecionam com critérios puramente pessoais o que é simbologia e o que é literal de acordo com o que é mais conveniente, e como ele citou no texto, isso cria diversas interpretações confusas e contraditórias.

  13. Marco says:

    Ótimo texto, mas teria gostado mais se fosse mais longo. 🙂

  14. André says:

    Aquela organização mafiosa de físicos que tem na Europa conseguiu reproduzir as particulas de Higgs (aquelas que, especualva-se, existiram no segundo após do Big Bang) em laboratorio. Basicamente nego provou a existencia do Big Bang em laboratorio. Simples recriaram as condições do Big Bang, descobrindo particulas que só existiram naquele mometo, em laboratorio.

    A prova definitiva que a religião é BS. Pena que isso, ainda assim, não é suficiente pra convencer ninguem.

    • @mos_axz says:

      Calma cara, não é bem isso. Primeiro que essas pesquisas ainda precisam ser bem verificadas, até porque não foi o bóson que eles encontraram. Eles detectaram uma partícula que muito provavelmente é o Bóson de Higgs, logo ainda vai precisar de algum tempo para verificar se não houve nenhum erro.

      Segundo que a crença é na existência de um ser superior. Como sabemos as religiões são mestras em mudar sua linha de pensamento quando a outra não convence ninguém. É muito provável que caso se prove o big bang, as religiões dirão que o big bang foi a força de Deus na criação do universo, afinal “como poderia a explosão acontecer do nada?”

  15. Daniel says:

    Podia ter feito uma comparação com outros cultos que hoje são considerados, de certa forma, ultrapassados, como a crença dos índios e outros povos mais primitivos. Aqueles que quando veem um eclipse acha que é algum ser tentando engolir o Sol e acabar com o mundo, por exemplo. Do mesmo modo que achamos estranho eles terem que fazer sacrifícios “da carne” para satisfazer o deus deles, é estranho achar que com uma simples reza e “boa vontade” no coração você vai conseguir a misericórdia de um deus tão onipotente.

  16. TalesM says:

    Cara, eu sempre me lembro da época que comecei a estudar a Bíblia. Entre muitas coisas que me pareciam estranhas logo no início, mas eu fui passando. Só na fuga do Egito, logo no segundo livro uma coisa realmente me incomodou, que foi a ideia de que o deus endureceu o coração do faraó para mostrar sua glória. E assim no fim das contas milhares morreram só pra deus mostrar que ele era o cara. Meio arrogante e bastante desnecessário.

    Eu estava tão ligado a igreja, que na época consegui me enganar (vocês sabem, torcendo os fatos para que isso fizesse sentido na concepção de Deus é Amor que sempre era dito), se não me engano eu me convenci que quando era dito “e Deus endureceu o coração do Faraó” era só um figura de linguagem, uma expressão que deveria ser interpretada como “Vixi, esse faraó é cabeça dura mesmo.”

    Porém a semente da dúvida já tava lá e aos poucos ao longo de anos fui me tornando mais e mais descrente. Por isso hoje tenho uma dificuldade enorme de levar a bíblia a sério hoje em dia. E só tento por uma questão de mera civilidade, para não arrumar briga e perder amigos desnecessariamente.

  17. Vinicius says:

    Muito provavelmente essas regras foram inventadas por quem achava conveniente na época sim.
    Mas sobre não seguir mais as regras: teoricamente os cristãos seguem as palavras de Jesus, e não o velho testamento. Ele mesmo arrumou muita confusão porque condenava todas as praticas externas religiosas dos judeus, que foi um dos motivos que deixaram os líderes religiosos da época putos. Ele diz que toda a lei (mesmo os 10 mandamentos) podem ser resumidos em: 1- amar a Deus sobre todas as outras coisas; 2- amar ao próximo como a si mesmo. E isso que eu acho a beleza da coisa, basicamente Jesus chegou e disse: “cambada, esqueçam todos esses rituais doidos do povo do deserto. Basta vocês se amarem (e pararem de se sacanear e se matar) que vai ficar tudo legal.”

    • @mos_axz says:

      Como disse o próprio Douglas Adams em O Guia dos Mochileiros da Galáxia: Jesus foi um cara que foi pregado num pedaço de madeira por ter dito que seria ótimo se as pessoas fossem legais umas com
      as outras para variar.

    • Raphael Amaral says:

      O foda é: a única coisa que a galera tinha que fazer era seguir esse hippie cabeludo e bacana, que pregava apenas o amor enquanto curtia por aí com o seu grupo de 11 hippies bacanas e 1 não tão bacana assim.

      Aí o pessoal faz o que? Pega tudo o que esse cara falava sobre amor e usa pra difundir a ignorância e o preconceito.

      A ideia central do cristianismo, como você disse, é bonita e pura. O grande problema é nêgo achar que um livro escrito há milênios contém todas as verdades absolutas do universo, e usá-lo pra distorcer tudo conforme os seus interesses.

  18. jose (fake) says:

    Achei interessante que você censurou meu comentário no post do 12º Planeta do Zecharia Sitchin.Será que sua inteligência superior de ateu não conseguiu formatar uma resposta condizente para o meu comentário de crente fanático nervosinho e a única opção foi abafar o que eu disse? Ou será que eu te magoei? E eu nem levantei a questão que todo esse recalque pelas religiões pode ser que você foi violentado sexualmente quando criança por um padre ou pastor. Se não gosta de religião por que não falar de outros temas com teoria da relatividade ou política ou como você se sente superior aos outros brasileiros por morar nesse país(iceberg) evoluído(iglu) que é só o estado dos USA menos querido pelos USA? Coloque meu comentário com sua resposta e mostre aos seus leitores que você é tão inteligente quanto aparenta ser, pseudointelectuais eu encontro até no caixa do Carrefour onde eu compro carne. E insisto, Jesus tá cagando pra quem se diz ateu. Curiosidade: quando custa terapia aí no Canadá, o plano de saúde federal não cobre?

    • Izzy Nobre says:

      Não respondi você antes porque me casei ontem e a ÚLTIMA coisa com a qual eu me preocuparia é vir no meu site aprovar comentários.

      Ainda mais comentário de maluco otário, como você. Mas já que você faz tanta questão, aí está.

      • José Roela says:

        Só uma curiosidade, totalmente off topic, mas aproveitando o gancho hehe:

        A galera posta mtos comentários que são barrados?

        PS: Sei que aqui não é espaço pra dúvidas, mas ao contrário de 99% do seu “leitorado”, eu realmente não possuo twitter, facebook, ou etc pra fazer esta indagação singela, que em um email resultaria em sumário “ignore”.
        PS2: Sim, nerds assim ainda existem (totalmente antisociais rs).

  19. Andrew says:

    Izzy, o cordeirinho que era morto representava a Cristo. Depois que Jesus morreu na cruz, não foi mais necessário que o cordeirinho fosse morto pois o Cordeiro (Cristo) já havia morrido por nossos pecados. Agora basta você crer e pedir perdão que seus pecados serão perdoados.

    • Marcos says:

      Primeiro: o que o coitado do cordeirinho tem a ver com isso? O que ele fez pra representar o cara?

      Segundo: O que o coitado do Cristo tem a ver com isso? O que ele fez pra nos representar?

      Terceiro: isso é absolutamente louco e imoral, especialmente a parte do “crer e pedir perdão que seus pecados serão perdoados”. A religião te corta o dedo e depois vende um band-aid.

      • Antônio Torres says:

        Meu caro amigo, a Bíblia nos diz que o salário do pecado é a morte (Romanos 6.23), ou seja, a consequência do pecado cometido pelo homem resultará em sua morte eterna. Para que haja remissão de pecados torna-se necessário derramamento de sangue (morte). Porém, a misericórdia de Deus é tão grande pela nossa vida que ele permitiu (no Antigo Testamento) que fosse sacrificado um animal para a remissão dos pecados (para substituir o pecador, dando-lhe mais uma chance), no novo Testamento ele entregou seu Filho Jesus Cristo o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. A questão do sacrifício é a demonstração de seu amor pela raça humana, pois, para Ele uma alma de um ser humano vale mais que as riquesas deste mundo!!!

        • Bianca says:

          Cara, mudar de MORTE DE HUMANO para MORTE DO ANIMAL não muda, ele é DEUS, ele deveria ter o poder de não querer nenhum tipo de morte. Não tente tornar algo menos errado dando esse exemplo. Torna-se necessário o derramemento de sangue? Por quê?

  20. Bruno says:

    Não que eu queira parecer o bonzinho, mas não acredito por um fator simples, não é cinetíficio nem nada: Se o cara é tão foda e o ser bondoso e de amor, porque tem uma criança inocente passando fome e eu que sou um fela da puta tô com esse Angus Bacon na minha mão ?

    • Bruno says:

      “cinetíficio” é dose. Podia ter um botão editar aqui né ? OK, é bastante desnecessário para seres que conferem a sua redação.

  21. Antonio Dias says:

    Sou brasileiro, moro no Canadá, casei com uma loira peituda e sou Ateu.
    OH COMO SOU MODERNINHO!

    Você é Patético!

    • Vinícius says:

      Parabéns cara ! Você é um completo Ignorante imoral 🙂

    • kaue says:

      aehheeh Antonio que comentário imbecil, vc com certeza não é feliz, e não tem vida!!
      “Sou brasileiro, moro no Canadá, casei com uma loira peituda e sou Ateu.
      OH COMO SOU MODERNINHO!” é um comentário muito ignorante, sem base e sem sentido! triste ver como tem gente assim, por isso o mundo é a merda q é pois tem gente invejosa e podre como vc Antonio Dias!!!! e patético é vc!

  22. Heron says:

    Kid,

    Mandei seu texto para um conhecido evangélico. Segue resposta:

    Olá velho, como prometido fiz uma analise do texto do tal Izzy Nobre.

    Para melhor entendimento do texto segue algumas definições:

    Cosmovisão -- É uma percepção que o indivíduo tem da realidade, é uma estrutura pela qual uma pessoa entende os dados da vida. A cosmovisão influencia em muito como uma pessoa vê a DEUS, o mal, natureza humana, valores e destino.
    Verdade absoluta -- Realidade inflexível, aquilo que é, imutável, fato. Por exemplo: É fato que não existe nenhum círculo quadrado e nenhum quadrado redondo.
    Relativismo -- A crença de que não existe verdade e que a verdade seria relativa a cada um, estaria confinada à mente humana.
    Ateísmo -- Crença de que DEUS não existe.
    Deísmo -- Crença de que DEUS existe, mas não interfere conosco.
    Teísmo -- Crença de que DEUS existe e se revelou de alguma forma, sendo acessível.
    Agnosticismo -- Crença de que é impossível de saber se DEUS existe ou não.
    Falácia -- Argumento capcioso, inválido, sem fundamento, que conduz ao erro.
    Atemporal -- que não está sujeito ao tempo, não está preso ao tempo, transcende o tempo.
    Sentido -- Tem a ver com a importância, o porquê de algo importar.
    Valor -- Tem a ver com o bem e o mal, o certo e o errado.
    Propósito -- Tem a ver com uma meta, uma razão para algo.

    Antes de adentrarmos no texto propriamente dito, gostaria de fazer uma análise da cosmovisão ateísta.

    Se DEUS não existe a vida é um absurdo:

    Se DEUS não existisse, a vida seria um completo absurdo, pois todos sabemos que iremos morrer um dia, e para o ateu a sua existência é apenas uma pequenina faísca que tremula brevemente e logo se apaga na escuridão do universo. Sabemos também que de acordo com a cosmologia moderna, o destino do universo é a morte, e com ele todos os seus habitantes. Não há esperança para o ateu, o futuro é certo, a morte. Isso significa que se fosse assim a vida não teria sentido, nem valor, nem mesmo propósito.

    Se a vida é sem sentido, que importa viver? Para que o ateu se desgasta nesta vida? Que importa ser o mais rico, o mais poderoso, estudar o universo, ser o mais inteligente, militar por um mundo melhor, comer, beber, sentir? A humanidade portanto seria tão importante quando um punhado de areia, ou pior, tão importante quando sujeira. Ou seja, viver ou não viver tanto faz, como disse Sartre (Ateu famoso), “Uma vez perdida a eternidade, não faz diferença se isso demorar muitas horas ou muitos anos”. Seus esforços em estudar, em se sair bem em alguma coisa, em fazer pós, ou ainda as pesquisas científicas, para aliviar a dor e sofrimento ou para o avanço do conhecimento, resultarão em nada, são esforços em vão. Pois, para o ateu, por ele acabar em nada, ele nada é.

    Se a vida é sem valor, então não faz a menor diferença se você é um assassino ou uma madre Teresa de Calcutá, uma vez que suas ações não irão impactar em nada com seu destino final. Você pode viver perfeitamente como quiser, como disse Dostoiévski, “Se DEUS não existe e a alma é mortal, tudo é permitido”.

    Ou seja sem DEUS não há bem nem mal, isto pode ser visto claramente neste fato histórico que aconteceu na Rússia soviética. Na época os russos torturavam um cristão (pelo fato dele ser cristão), e um deles disse: “Não há DEUS, não há outra vida, não há punição para o mal. Podemos fazer o que bem quisermos”.

    Alguém pode dizer, para diferenciar o que é bom do que é mal como o “bem comum”, mas isto não funciona, todos sabemos que o interesse próprio sempre se choca com a moralidade, ainda mais se você for um homem poderoso, como Papa Doc Duvalier por exemplo.

    Resumindo. Sem DEUS, não existe referencial de bom ou mal, ou seja, valores morais são meras expressões de seus genes, gosto pessoal ou construção social, não há nada de especial em ser humano. Pois como foi exposto: Somos uma poeira microscópica vivendo numa poeirinha azul que gira ao redor de um grãozinho amarelo num espaço “infinito”. Não há ninguém que possa dizer se você está certo ou errado.

    Se a vida é sem propósito, é tudo isto inútil? Até mesmo o universo? Se o pensamento ateísta fosse correto a resposta seria óbvia: O universo é inútil assim como todos nós. Se DEUS não existisse, não haveria diferença qualitativa entre vida de um homem e de um animal, tudo é frustração, tudo é ilusão. Sem DEUS somos uma aberração da natureza de um universo que surgiu repentinamente sem objetivo algum. Sem DEUS somos como um aborto da natureza jogados num canto qualquer para viver uma vida sem propósito num universo inútil.

    A existência do mal prova a existência de DEUS.

    No texto ele usa um argumento muito conhecido, chamado problema do mal ou paradoxo de Epicuro ( filosofo grego), que é um problema de lógica. Ele argumentava neste sentido também, achava que um DEUS bom e todo poderoso não poderia existir em contra partida ao mal, ou existe um ou existe o outro.

    Como analisado no tópico anterior, a visão ateísta anula completamente a existência do mal e do bem, a visão ateísta é relativista e amoral, ou seja, não existe morais absolutas nem verdades “verdadeiramente absolutas”. Enfim, se DEUS não existe, então não existe mal, se DEUS não existe, amar e odiar são equivalentes, ou seja, não tem valor algum, se DEUS não existe Hitler estava certo. Resumindo o raciocínio:

    Se DEUS não existe, valores morais objetivos (absolutos) não existem, o bem e o mal não existem.
    O bem e o mal existem (valores morais absolutos).
    Logo, DEUS existe.

    Se alguém insistir na existência do mal para negar DEUS, logo estará negando a sua própria negação de DEUS, por fim negando o próprio ateísmo.

    Deus criou um mundo de pessoas livres, não de fantoches, consequentemente algumas destas pessoas, fazem o que é mal, pois elas são livres para fazer o bem ou o mal.
    Alguém pode alegar que DEUS poderia ter criado um mundo de pessoas livres que só fazem o bem. Mas isto é uma contradição lógica, se você acredita que DEUS possa criar um universo que contenha contradições lógicas ( um círculo quadrado por exemplo) então nada impediria DEUS de criar um universo que possa conter o mal, sendo Ele totalmente bom. ( se isto fosse uma contradição lógica)
    Análise do Texto:

    Antes de tudo, temos que saber o seguinte, a bíblia não é um manual ou receita, mas um livro histórico, ou seja ela conta fatos, coisas que já aconteceram. Existe contexto histórico, e isto não pode ser ignorado quando se lê a bíblia. Outro ponto importante, a bíblia foi escrita em Hebraico Antigo ( o Antigo Testamento) e em Grego antigo, o novo testamento.

    Em âmbito geral, é perceptível que, embora o Izzy não declare isto diretamente, o argumento principal do texto, é o argumento do mal. É muito comum os ateus se apegarem a este “problema” do mal, pois muitas vezes não se trata de um problema racional mas sim emocional.

    Pois como expus na introdução, o “problema” do mal não é um problema de fato, pois não existe contradição entre a existência de DEUS e a existência do mal.

    O Izzy usou e abusou de um tipo de falácia neste texto, é a falácia do espantalho, ou seja, ele constrói seu argumento sobre palha que ele mesmo criou para queimar.

    o Izzy diz:

    “Como você talvez saiba, o mesmo Deus que a bíblia diz ser “o mesmo hoje, ontem e sempre” tinha métodos diferentes para a expiação dos pecados do seu povo. Por que um ser perfeito teria bolado um plano e depois mudado de idéia eu não entendo, mas isso é algo que acontece BASTANTE na bíblia.”

    Ele dizer que não entende, não significa nada, eu posso não entender um monte de coisas, e mesmo assim elas serem o que são, “NÃO entender” não é argumento. Isto só mostra como o homem é limitado e não consegue por si só entender as coisas lá do Alto.

    Nesta parte ele começa confundindo um monte de coisas, primeiro lugar, DEUS afirma sim que Ele é o mesmo hoje, ontem e que sempre será, mas aqui Ele não está dizendo que não pode fazer coisas novas ( novas para nós pelo menos). Pois se fosse assim como DEUS poderia ter criado o universo? Criar é um ato de fazer algo novo.

    Aqui a bíblia está mostrando que DEUS não muda em seus atributos (natureza), ou seja, Ele é atemporal, imutável, ELE não muda. Isso é tão real que não existe na bíblia em momento algum o Senhor falando contra algo que ele mesmo tenha determinado. Por exemplo: A lei de Moisés é válida até hoje. (Iremos explorar isto depois)

    Mas agora vem a questão, DEUS está de fora do universo, observando tudo. Sabemos que o universo é temporal, mas que o Senhor é atemporal, como te falei um outro dia, para um ser atemporal o nosso futuro já é passado.

    Porém o Senhor não só observa, mas interage com o mundo também, interage com a história do homem, coisas são afetadas pela sua vontade. Como DEUS poderia falar de seu plano de forma que o ser humano entendesse?

    Tudo começa em gênesis, DEUS sabia que o homem ia pecar ( mas o próprio homem não sabia disto), por isto DEUS já tinha o plano desde a fundação do mundo para redimir a humanidade, Cristo Jesus, como está escrito em Gênesis 3.15:

    “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. ” ( “ti” se refere a serpente )

    O Senhor neste momento já anunciava ao mundo qual era o seu plano desde a Eternidade. Em todo o antigo testamento encontramos referências a vinda de Cristo (Messias), que vai desde Gênesis até aos últimos livros do Antigo Testamento.

    A questão da expiação do pecado é o seguinte:

    Muito tempo antes de surgir o povo de Israel, o Senhor fez uma aliança com um homem, chamado Abrão ( depois da aliança, Abraão), e mais uma vez Ele anunciou que o messias viria, pois através de Abraão seriam benditas todas as nações da Terra.

    Abraão é o pai do povo de Israel, ou seja Israel é descendência de Abraão. O povo de Israel esteve preso no Egito, durante gerações, então quando o Senhor tirou o povo de Israel das mãos do Egito, eles mesmos disseram ao Senhor, que lhes ordenasse o que fosse, que eles ( o povo ) fariam. Ou seja, eles disseram a DEUS, que eram aptos a fazer a vontade de DEUS, de cumprir o desejo do coração de DEUS.

    Então DEUS lhes deu a lei moral, a lei jurídica e a lei ritualística. Porém DEUS sabia que ninguém conseguiria cumprir a lei, por si só.

    Na lei moral esta tudo aquilo que o Senhor quer e não quer que o homem faça, e que se resume em: Amar a DEUS acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.
    A lei jurídica era a lei para a nação de Israel, não para os outros povos, mas para a nação de Israel, que era e é governada por DEUS.
    A lei ritualística; naquele tempo o homem estava longe de DEUS, e o Senhor não comunga com o pecado, por isto as pessoas não tinham acesso direto a DEUS. Esta lei é mais uma tipologia da vinda do Messias. Esta lei mostrava a necessidade de purificação do homem.

    Como dito, ninguém conseguiu cumprir a Lei, por isto o Filho de DEUS veio e cumpriu a Lei, ou seja Ele não pecou, nEle não havia pecado. Foi preciso vir um ser perfeito para restaurar o que estava imperfeito, ou seja, nós. Para que todo aquele que nEle crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

    Sendo que isto já estava no plano de DEUS desde a eternidade, a vinda do Messias.

    Depois que Ele veio e morreu e ressuscitou dos mortos, o véu do templo foi rasgado ( simbolo da separação entre o homem e DEUS por causa do pecado) e todo aquele que aceitar o sacrifício de Cristo na cruz, terá acesso a DEUS por meio do Senhor Jesus Cristo.

    Tudo isto o Senhor fez, para que o homem entendesse que só o Altíssimo pode nos redimir do pecado que habita em nós, e que pela sua própria força o homem NUNCA fará a vontade do Senhor.

    No sacrifício de Cristo, todos os pecados, de toda a humanidade até a consumação dos séculos, estavam lá. Por isto, que quando aceitamos o sacrifício de Cristo na cruz, somos livres do pecado.

    Porém a Lei de DEUS não foi revogada, ela continua valendo, mas Ele estabeleceu uma NOVA aliança, não mais da carne ( que precisa de rituais) mas espiritual, ou seja nesta nova aliança não há mais rituais. A lei moral de DEUS nos revela o que é o pecado, para que não venhamos a pecar, porém, se pecarmos temos uma advogado junto ao DEUS Pai, Jesus Cristo o Justo.

    O Izzy diz:
    ” Aliás, em Jeremias 15:6 Deus literalmente diz que tá cansado de ficar mudando de idéia o tempo todo. E em Isaias 45:7 Deus admite que ele faz coisa boa E desgraças também (e de propósito), então tente entender essa.”

    Aqui fica claro que o que mais incomoda o Izzy é a possibilidade de DEUS fazer algo que para ele seja mal. O Senhor diversas vezes disse ao povo de Israel que o puniria, pois o povo estava em pecado contra DEUS. Porém Ele também dizia logo em seguida, que se o povo voltasse atrás nos seus caminhos e se voltasse para DEUS, deixando o pecado, ELE (DEUS) SE ARREPENDERIA do mal que iria fazer sobre o povo.

    Como disse nós somos temporais, DEUS atemporal, por isto a palavra TRADUZIDA por arrepender tem a ver com o não fazer no futuro. Um exemplo seria o seguinte:
    Uma mãe vê o filho pequeno sobre um muro, e diz: Menino desce daí, por que se você não descer eu irei te castigar, mas se você descer ME ARREPENDEREI do mal que pensava fazer a você por estar sobre do muro.

    Em Jeremias Ele está dizendo numa linguagem que possamos entender, que o povo está chegando ao limite de sua desobediência, e que em breve não haverá retorno, e que o castigo de DEUS descerá sobre o povo.

    Já o caso de DEUS afirmar que pode fazer o mal, é o seguinte. DEUS declara que Ele é amor, verdade, mas que Ele também é justiça, mais que isto, Ele diz que É fogo consumidor.

    Toda vez que o povo de Israel era punido, isto era chamado de mal. Quando vier a consumação dos séculos, e os homens forem julgados, muitos irão perecer nas chamas do lago de fogo, isto é claro vai ser um grande mal para eles. Quando uma mãe dá uma surra no filho, ou o coloca de castigo, isto é um mal para o filho, mas a mãe sabe que este mal, será bom para o filho.

    DEUS sabe do que irá acontecer, por isto determinada ação que para nós parece ruim, pode ser boa no fim das contas, pois como somos limitados em raciocínio, e não podemos ver o futuro, não há como dizer nada sobre algo que acontece hoje. Mas para DEUS isto não é mistério, Ele pode permitir que algo aparentemente ruim aconteça, mas que no fim será bom. ( Já passei por algumas experiências assim)

    O Izzy diz:

    Pois bem. O método antigo de conexão com o Divino era sacrificar um animal ritualisticamente, com inúmeras estipulações sobre que bicho usar, como matar o pobre coitado, como drenar o sangue, coisital. A parada tinha mais regrinhas que manual de GURPS.

    Com te falei mais acima Lei ritual. ( Aqui ele usa técnicas de ridicularização muito comum entre os neo-ateus )

    O Izzy diz:

    O método atual (e extremamente mais conveniente) é pedir perdão telepaticamente para um judeu que morreu há 2 mil anos e pedir que ele “entre” no seu coração.

    Não tem essa de pedir para entrar no coração, na nova aliança se nos arrependemos dos nossos pecados, Cristo é fiel e Justo para nos perdoar, lembre-se que Ele já pagou por todos os nossos pecados. E não precisa ser pela mente, posso pedir em voz audível também.

    Ser ou não mais conveniente é irrelevante para a questão, e mais, o que ele quis dizer por conveniente? Nossos pecados já foram expiados de uma vez por TODAS na cruz.

    Se alguém aceita a Jesus Cristo como Senhor e Salvador de sua vida, o Espírito de DEUS, vem habitar no espírito da pessoa que aceita, e esta pessoa é transformada em seu espírito em uma nova criatura, seu espírito renasce e pode ter acesso a DEUS.

    Se alguém ama a DEUS não vive pecando, pois DEUS odeia o pecado, se alguém prefere o pecado ao invés de DEUS, então este alguém não ama a DEUS. É lógica simples, se alguém ama a DEUS então esse alguém quer fazer a vontade de DEUS.

    O Izzy diz:

    Cristãos apelam para o malabarismo retórico de que antes vivíamos o tempo da “lei”, e após a morte de Cristo vivemos o tempo da “graça”. Todo esse dogma (que é um pedaço importantíssimo da doutrina cristã) basea-se essencialmente em UMA passagem bíblia que sequer respalda a conclusão que eles tiram dela. Em Romanos 6:14, Paulo — SEMPRE ELE — estabeleceu que o pecado não pode te pegar porque “vivemos o tempo da graça”.

    Como te mostrei, não tem mais método de expiação, pois nossos pecados foram expiados de uma vez por todas na cruz. Aqui ele demonstra profunda ignorância, não existe apenas UMA passagem na bíblia falando sobre isto. E o que ele quer dizer com “Paulo sempre ele”? Quer dizer que se foi Paulo que escreveu, então não vale? Por que???

    O Senhor Jeová anuncia a vinda do Messias:
    Eis que dias vêm, diz o SENHOR, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá. (Jeremias 31:31)

    Carta apostólica aos Hebreus:
    E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel. (Hebreus 12:24)

    O Senhor Jesus Cristo diz:
    Semelhantemente, tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue, que é derramado por vós. (Lucas 22:20)

    Apóstolo João:
    E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. (1 João 2:2)

    E tem muitos outros versículos. Não tem “malabarismo” algum. E não tem essa de o pecado não pode te pegar, mas que o pecado não tem mais domínio sobre nós, ou seja, que podemos fazer a vontade do Pai, pois temos o Espírito de DEUS em nós.

    O Izzy diz:

    Essa é toda a base para a idéia de que a vinda de Jesus anula todas as leis do velho testamento. O problema é que o mesmo Paulo, em II Timóteo 3:16, falou que TODAS as escrituras continuam valendo.

    Pois é como eu te falei anteriormente, foi estabelecida uma NOVA ALIANÇA, na qual não há mais rituais, porém a Antiga Aliança não foi anulada! Continua valendo, sendo a Aliança da Carne feita com os Judeus, e a Aliança do Espírito, para toda a humanidade. Pese o fato que, a Aliança da Carne aponte para a Nova Aliança.

    E como te falei, não foram anuladas todas as leis do antigo testamento.

    O Izzy diz:

    Tá vendo a bagunça que esse negócio é? Tá vendo porque existem TANTOS subgêneros de cristianismo…?

    Falando nisso: a parada é tão confusa, aliás, que não são todos os cristãos que abolem (eita verbo irregular) os mandamentos do Velho Testamento.

    Os Adventistas por exemplo seguem um dogma que diz que toda a bíblia deve ser usada como bússola moral, e não apenas o Novo Testamento. E não estou me referindo só aos 10 Mandamentos, não — existem inúmeros outras instruções morais e sociais (completamente bizarras) no Velho Testamento que algumas seitas cristãs/judaicas insistem que devemos seguir à risca. Não usar roupas que misturem algodão e linho, por exemplo.

    Aqui ele mete os pés pelas mãos, pois ele mesmo declara que existem inúmeras instruções MORAIS e sociais, ou seja, tipos diferentes de instrução, tipos diferentes de leis.

    Ele considerar as leis “completamente bizarras” é irrelevante. Já te falei, nada foi abolido, mas uma nova aliança foi firmada.

    Existir “subgêneros” de cristianismo não invalida o cristianismo em si. Ele não pode considerar toda a religião cristã falsa, meramente por existir “gêneros” de cristianismo.

    De fato existe muitas seitas que se declaram cristãs, mas isto não torna todas válidas como cristãs também. O próprio Senhor Jesus predisse que a igreja iria se ramificar em varias formas, mas ele não disse que isto validava todas as formas pelas quais ela se ramificaria, muito pelo contrário, que haveria fermento (heresia) no meio disto tudo. Ele também disse que apareceriam aproveitadores.

    Além do mais o Senhor disse que a salvação era individual, ou seja, não é através de um grupo que eu sou salvo, mas através de Cristo. A salvação não vem de obras, mas da fé em Cristo Jesus. Quando cremos ai somos capacitados a fazer as obras que é do desejo do Pai.

    Ademais, o novo testamento possui a doutrina Cristã, e é dele que vem nossos dogmas. O próprio novo testamento confirma a Lei moral do antigo testamento.

    Curiosamente, quando o versículo condena homossexualidade, citar Levítico 18:22 é de boa. A inconsistência em relação a seguir ou não instruções do Velho Testamento é total.

    Não existe nada de curioso aqui, veja por exemplo um trecho maior de onde está inserido este versículo:

    Nem te deitarás com a mulher de teu próximo para cópula, para te contaminares com ela.
    E da tua descendência não darás nenhum para fazer passar pelo fogo perante Moloque; e não profanarás o nome de teu Deus. Eu sou o SENHOR.
    Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;
    Nem te deitarás com um animal, para te contaminares com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; confusão é.
    Com nenhuma destas coisas vos contamineis; porque com todas estas coisas se contaminaram as nações que eu expulso de diante de vós.

    (Levítico 18:20-24)

    Quer dizer, que então não é bizarro DEUS condenar o homem se deitar com um animal qualquer, mas seria bizarro Ele condenar o homossexualismo?
    Simplesmente DEUS disse ao homem que isto não é do desejo dEle, ou seja, DEUS não criou o homem para ser homossexual, isto vai contra a sua vontade, da mesma forma DEUS não criou o homem para se deitar com uma mula ou vaca.

    Nem que é do desejo de DEUS que o homem adultere, roube, mate, etc.

    Não é só Levítico que condena o homossexualismo, muito antes DEUS destruiu Sodoma e Gomorra pela mesma coisa. O termo sodomita, faz referencia aos habitantes de Sodoma e Gomorra, que tinham esta prática, ou seja, mais precisamente o sexo anal ( mesmo entre homem e mulher).

    Depois a bíblia condena em outros textos, inclusive no novo testamento, por exemplo:

    Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus?
    Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.
    (1 Coríntios 6:9-10)

    Depois o Izzy começa a fazer um apelo ridículo, dizendo que por os povos de antigamente não terem o conhecimento de hoje, então provavelmente eles inventaram tudo que está escrito na bíblia.

    Mas sinceramente, este argumento dele é muito fraco, quando você vai conversar com uma criança, você chega falando de Mecânica Quântica? Como ele esperava que DEUS agisse com aquele povo? É muita arrogância da parte deste Izzy achar que poderia ter feito as coisas melhor que DEUS.

    Por fim, ele achar isto feio, bizarro, horroroso etc, NÃO É ARGUMENTO! Pois nada impede DEUS de fazer isto, muito pelo contrário.

    DEUS por respeitar a condição humana, e por ter dado livre arbítrio ao homem, tratou com o homem numa linguagem mais próxima. E como te falei anteriormente, OS RITUAIS DA LEI, APONTAVAM PARA CRISTO.

    Outro detalhe importante, o sacrifício dos animais NÃO ERAM meros sacrifícios. O Izzy, não contou, ( por ignorância ou por desonestidade mesmo), que os animais sacrificados ERAM COMIDOS PELO POVO NUMA GRANDE FESTA! Sendo que GORDURA era queimada.

    O Izzy diz:
    … Sim, pedras afiadas. Apesar de metalurgia já existir 8 mil anos atrás, estes iluminados profetas responsáveis por desvendar os mistérios insondáveis do criador supremo andavam por aí se cortando com pedras.

    Primeiro ele não pode afirmar que a metalurgia já existia a 8 mil anos atrás, existem teorias que falam de um tempo muito mais antigo que isto. Porém, existem teorias que apontam para uma Terra jovem, ou seja, não seriam 8 mil anos, no máximo 2 mil anos de existência naquela época.

    Por fim, isto é irrelevante, o que impede DEUS de ordenar o uso de pedras afiadas para fazer uma circuncisão?

    Outro ponto importante, a circuncisão era feita na criança recém nascida, eu não consigo me lembrar de ter visto a obrigatoriedade do uso de pedras. Cheguei a olhar aqui nos textos que falam, mas não vi isto em canto algum a obrigatoriedade do uso de pedras.

    Hoje quase todo urologista vai sugerir que o homem faça uma circuncisão, pois trás mais saúde para o casal. O uso de pedras afiadas pode ter inúmeros significados ou necessidades estratégicas, por exemplo, e se o judeu não tivesse acesso ao metal? Pedra tem em todo lugar.

    A circuncisão era o símbolo da aliança de DEUS com Abraão, que é uma tipificação carnal da nova aliança, na qual a circuncisão não é mais carnal, mas espiritual.

    Conclusão

    Esse Izzy, fala muita besteira, troca tudo, usa uma porrada de falácias e constrói inúmeros sofismas.

    Usando uma linguagem jocosa, acusa a bíblia de não fazer sentido (pelo menos isto é o que ele parece dizer), mas para ele faz muito sentido ser ateu, o que é engraçado, já que o ateísmo é uma cosmovisão IMPRATICÁVEL (como expus no inicio do texto), isto torna o Izzy incoerente com sua própria cosmovisão.

    Mesmo que a bíblia fosse falsa (o que não é verdade), isto não daria margem alguma para alguém ser ateu.

    DEUS se manifestou ao homem antigo, que possuía muito menos conhecimento do universo que o homem moderno. Usou uma linguagem acessível ao homem, e por ela foi dando ao homem a sua revelação, culminando na vinda do Messias, sua morte e ressurreição.

      • Cristiano says:

        hehe. duvido.

      • José Roela says:

        somos 2

      • J. says:

        Acho interessante como os ateus (pelo menos todos os que já conheci) se importam tanto em negar que Deus exista, mas não tem a mínima paciência para ler, ouvir, ou pelo menos levar em consideração algo que afirme a existência dele. Sim, eu acredito em Deus. E não, eu não deixo de levar em conta pensamentos opostos a existência do mesmo. Eu sempre levo em consideração ambas as partes. Isso é necessário para todo ser humano, que simplesmente abriu os olhos e estava em um mundo, onde sua cultura e pensamentos foram completamente influenciados pela sociedade que já existia a seu redor. Todos buscam respostas, e me arrisco a dizer que elas jamais serão encontradas sem que o criador as forneça. Eu li todo o comentário, assim como faço com os que são escritos por ateus com suas ideias completamente opostas ao que eu acredito. Eu não irei simplesmente ignorar por ser supostamente algo que não compactua com o que penso. Um cara inteligente como o Izzy, eu não imaginava possuir um pensamento tão limitado, no sentido de não querer entender o lado daqueles que creem. Suponho que por ter vivido em um certo ambiente, acaba criando um estereótipo para o cristão. Talvez você não tenha procurado realmente a Deus, de coração, de alma, é assim que ele te faz compreender sem te dar as respostas. Mas não espero que me entenda, porque só quem se conecta com Deus dessa forma o fará. A dica que eu dou é que abra mais seu pensamento para considerar tanto a inexistência como a existência também. Lembrando que levar em consideração não significa acreditar nesse pensamento. Já que não existem respostas. Eu prefiro estar ao lado de Deus, que ao contrário do nada, me trouxe muitas coisas boas. E me transformou em uma pessoa muito melhor, disso eu não tenho dúvidas.

    • Nooxol says:

      Cara, só te digo uma coisa: Nem Ly e Nem Lerey

    • Bruno says:

      Nemly & Nemlerey.

    • Marcos says:

      Independente de religião: que lixo de argumentos.

      Pra mim discutir religião é perda de tempo, pra mim ter fé não é acreditar porque te apresentaram argumentos muito convincentes. Você entra em contato com o texto de uma religião: ou ele mexe com você ou não. Ninguém vai chegar pra você e falar que é oficial: religião x é sim verdadeira. Não há como provar a sua veracidade.

    • xJubax says:

      Olá Heron,
      Favor responder o seu amigo com o texto que vem abaixo:
      “Seu texto não faz sentido algum.
      Usar tantos “Ou seja” só mostra que você não sabe explicar o que você se propôs a dizer.
      Eu poderia ficar aqui argumentando com você, mas crente geralmente é chato pra cacete e nunca está disposto a escutar.

      Passar bem”.

      Grato.

    • Arthur Bárbaro says:

      Favor repassar ao caba aí:

      Cara, lhe peço desculpas, mas não li o texto todo. Queria responder adequadamente, porque creio que você escreveu realmente acreditando no que dizia, mas infelizmente não tenho como (inclusive estou doente e já deveria ter ido dormir).

      Vou apontar só três coisas, que tive vontade de comentar enquanto lia o início do seu texto:

      1) Este texto específico do Izzy não era exatamente focado em demonstrar definitivamente que a bíblia está errada. Ele apenas apontou mais uma das inconsistências que encontra nela, ou melhor, mais uma das inconsistências que encontra no tratamento que as pessoas dão à bíblia, conforme lhes convêm. O texto sequer se preocupa em negar a existência de Deus. Não vi qual o grande argumento falacioso que você viu. (Se isso estava mais detalhado no restante do texto que não li, peço desculpas.)
      2) Discordo que existam bem e mal completamente definidos. O que é bom e o que é mau são conceitos definidos em cada cultura. Um ato como visto por um terceiro não pode ser definido como bom ou mau, apenas quem está fazendo aquilo tem condições de julgar sua própria ação. Matar um carneiro pode ser maldade para nós à primeira vista, mas para quem fazia isso nos tempos antigos não era. Ele não fazia aquilo porque pensava em ser mau, e sim porque acreditava estar fazendo algo bom. Mas estou me alongando demais também, e o que quero dizer é apenas que bom e mau é relativo, e sempre será. A mera existência do bom e do mau não prova a existência de Deus, prova apenas que temos alguma forma de discernir entre esses conceitos (do verbo “nós raciocinamos”), e conceitos são relativos.
      3) Ser ateu não significa necessariamente ter uma vida sem significado. Posso concordar que ateísmo signifique a falta de um sentido pré-definido pra existência (individual e coletiva), e também a falta de punições e recompensas pelos atos. Sim, é exatamente isso que significa. Talvez até nem mais nem menos que isso. A vida sem significado é só uma interpretação possível. Uma interpretação alternativa seria que toda a sua vida, por mais breve que seja, é uma chance única de ser aproveitada. Você pode considerá-la fútil e desnecessária e se matar se quiser, porque “não fará diferença”, mas também pode aproveitar a vida à sua maneira, com os sentimentos e emoções de que gosta. Por que o Izzy se casou, se, já que ele é ateu, isso não faz diferença? Por que ele ama a Bebba e se esforça em fazê-la feliz, se isso não faz diferença? Por que ele sente compaixão pelo próximo e tentou ajudar o Oziel, se isso não faz diferença? Não atribua uma falta de crença a uma vida vazia ou sem regras e sem sentimentos. Há outras formas de pensar diferentes da sua, e não necessariamente estão erradas nem certas, e também, justamente por serem formas de pensar diferentes das suas, provavelmente serão raciocínios que chegarão a conclusões diferentes das suas próprias conclusões.

      Comentário adicional: talvez você esteja raciocinando no Izzy como um ateu evangelizador que está pregando por aí a “não-palavra” só porque acha legal. Ou, infelizmente mai provável ainda, talvez você o veja como um satanista ou algo assim, pregando o mal de propósito, para enganar as pessoas. (Muitos vêem ateus assim, por mais ilógico que seja.) Mas se você tirar um tempo pra conhecê-lo, verá que é gente boa e que, assim como você, está tentando acordar as pessoas para o que ele acha que é correto. Estou sugerindo que você está fazendo isso (interpretando-o da forma errada) porque eu mesmo já fiz isso inúmeras vezes, com outras pessoas, em situações diversas, e me descobri errado depois. Então procuro sempre prestar atenção para minimizar a quantidade de erros desse tipo. Talvez seja o caso aqui, não sei. Estou apenas alertando.

    • Filipe Lima says:

      Desculpa, cara, mas parei de ler quando você colocou: “Se DEUS não existe, a vida é um absurdo”.

      ABS, e volte sempre.

    • Felipe F. Klein says:

      Uma coisa é defender o seu ponto de vista, mas outra é atacar o que o outro acredita por simples picuinha infantil. Véi, na boa.
      Eu sou religioso, mas filho de um ateu. Aqui em casa há debates sobre religião e nunca vão para esse lado, tentamos ser maduros e até rimos um pouco juntos.
      Alguns trechos do que você disse chegaram até a me ofender (eu que sou religioso e discordo com o que o Izzy falou).
      “Quer dizer, que então não é bizarro D’US condenar o homem se deitar com um animal qualquer, mas seria bizarro Ele condenar o homossexualismo?”
      um animal não tem consciência do que faz, enquanto um ser humano, sim (pelo menos é o que dizem). Acredito que a zoofilia não está tão longe de um estupro, enquanto relações homossexuais acontecem entre dois seres racionais que sabem o que estão fazendo, além de que é um ato normal, praticado desde a antiguidade (embora infelizmente escondido em algumas sociedades). Tenho amigos e amigas bissexuais e homossexuais, acho que se você convivesse com alguém assim, entenderia que são só pessoas comuns fazendo algo natural (que inclusive é até praticado no mundo animal).
      “Mas sinceramente, este argumento dele é muito fraco, quando você vai conversar com uma criança, você chega falando de Mecânica Quântica? Como ele esperava que D’US agisse com aquele povo? É muita arrogância da parte deste Izzy achar que poderia ter feito as coisas melhor que D’US”
      Pô, manolo. Você realmente acha que a galera de antigamente era burra? Estamos falando de conceitos espirituais e éticos, não de ciência (essa sim, se desenvolve aos poucos). Com isso, senti que você ofendeu meus antepassados (sou judeu).
      Há algumas outras coisas que eu podia listar que foram idiotas no seu texto, mas não tem como fazer agora, porque estou com preguiça e são 4 e meia da manhã.
      Não quis te ofender nem nada, mas realmente você precisa amadurecer mais quanto a muita coisa. Religião é um assunto sério, você precisa ser flexível se quer falar disso.
      Tomara que eu não tenha jogado pérolas aos porcos.
      Shalom.

      • francielli says:

        Seu judeu ignorante!o que o cara quiz dizer é que as pessoas de antigamente nao tinham o mesmo entendimento como as de hoje!ele nao quiz chamar os judeus de “burros” burro é vc que entende tudo errado!!!e vem com papinho furado que está com preguiça de responder o que o cara escreveu!!!preguiça nada,vc nao tem argumento..seu zé ruéla!!!

    • Joao do Polo Norte says:

      ” Se DEUS não existe a vida é um absurdo ” — Primeiramente quem eh Deus? Um velho barbudo que mora em cima de uma nuvem ?

      “Não há esperança para o ateu, o futuro é certo, a morte. Isso significa que se fosse assim a vida não teria sentido, nem valor, nem mesmo propósito. Se a vida é sem sentido, que importa viver? ”
      A vida tem propósito sim , somos nós , ja que a vida tem propósito podemos jogar no lixo 50% do texto abaixo.

      “Não há DEUS, não há outra vida, não há punição para o mal. Podemos fazer o que bem quisermos”

      “Se a vida é sem valor, então não faz a menor diferença se você é um assassino ou uma madre Teresa de Calcutá” — Entao ele so respeita o proximo pq sera julgado pelo velho Barbudo e nao pelo amor (Parabens campeao ! Voce vai pro CEU !).

      “Antes de tudo, temos que saber o seguinte, a bíblia não é um manual ou receita, mas um livro histórico, ou seja ela conta fatos … ” — Ok , Adao e Eva fato ? Um serpente falante fato ? Moises abrindo o mar vermelho fato ?

      “Então DEUS lhes deu a lei moral, a lei jurídica e a lei ritualística. Porém DEUS sabia que ninguém conseguiria cumprir a lei, por si só.”
      Como dito, ninguém conseguiu cumprir a Lei, por isto o Filho de DEUS veio e cumpriu a Lei, ou seja Ele não pecou, nEle não havia pecado. Foi preciso vir um ser perfeito para restaurar o que estava imperfeito, ou seja, nós. Para que todo aquele que nEle crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” Falhou miseravelmente na sua missao , vide esse texto.

    • Matheus says:

      NUNCA LEIO UMA PORRA DESSA! IAEOHIAEHOIEHOIAEHOIAEHIEAIOEA

    • Fabio says:

      Amigo,

      Voce è um complete imbecil.

    • Gledson says:

      Ainda bem que ele definiu “falácia” ali, né? Quando vi o caso dos Russos torturando um cristão, pensei nisso. Quando vi a citação de Sartre e Dostoievski. pensei nisso. Quando vi que “deus é a referência do bom e do mal (sic)”, pensei nisso. Parei nessa parte, por ser tarde e eu ter preguiça de ler o resto de um texto tão capcioso.

      • Wellington says:

        Pois é, ao ver o cara definindo todos os termos (inclusive falácia), pensei “bom, pelo menos o texto terá o mínimo de coerência”, mas aí o cara me vem com uns “argumentos” risíveis como esse…
        E o cara não parece ser burro. Será que ele acredita que essas falácias são realmente argumentos plausíveis ou achou que conseguiria enganar alguém com elas?

  23. Vinícius says:

    Hey Kid, eu tenho 15 anos e com a minha entrada em uma escola de alto nível estudantil comecei a conhecer melhor o mundo e as coisas à cerca dele. Meu pai é Pastor, um fanático religioso, na qual não perde um culto sequer, posso dizer o mesmo de minha mãe. Ambos tem a mente fechada para meus conceitos que são bem parecidos com o seu, dizem que sou um salafrário e que vai tirar meu computador do meu quarto e vender e que vai me bater, ou seja, estão me obrigando a participar da religião deles a força, em Zacarias 4:6 diz: “Não por força, nem por violência, mas pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos”. Logo eles estão contra a bíblia, usei isso como um dos diversos argumentos tentados, mas como sempre ele prefere ignorar e continuar a querer me obrigar a ir. Sei que sua função não é essa, mas queria sua ajuda quanto a isso, pois acredito que você possa e ajudar !

    • Rafael says:

      Amigo, sou agnóstico com tendências ateístas e quero te dizer uma coisa importante em que acredito: ninguém muda ninguém.

      Mas não use isso como argumento, porque escrevi para você e não para seus pais! Você não vai mudar seus pais. Esse é meu ponto!

      Não sei sua idade, mas até conseguir liberdade financeira e autonomia das suas demais decisões -- como viajar sem precisar de permissão -- não empurre a parede; contorne. Vá aos cultos e jogue angry birds no celular enquanto estiver lá, passe o tempo.

      Não permita que essa discordância pontual com seus pais te faça estragar o relacionamento com eles por inteiro. Certamente, apesar deste ponto religioso, há muita coisa boa no relacionamento de vocês que não valha a pena arriscar. Ainda mais enquanto você não conquista, com experiência de vida e atitudes responsáveis, o reconhecimento deles sobre a sua autonomia de crença.

      Vai chegar um dia em que, mesmo reprovando completamente suas decisões, eles saberão respeitar e não te impor mais nada. Amadureça para chegar lá.

      Boa sorte!

    • Pedro Alves says:

      Vinicius, um erro muito comum de religiosos é se apegarem a ignorancia. Quando eles não tem sequer argumentação para sustentar sua própria fé, partem para um “quarto escuro” e se tornam hostis a tudo aquilo que oferece um pouco de iluminação. É basicamente isso que acontece contigo.

      Você está crescendo, está começando a pensar por conta própria e a ter sua própria opinião. A internet tem lhe ajudado nessa etapa. Você deve se apegar a esse desenvolvimento com todas as forças, é com certeza uma das fases mais importantes na vida de um homem.

      Seu pai, pelo contrário, por não ter argumentos suficientes para te aprisionar no mesmo quarto escuro, escolhe por ser hostil a esse seu desenvolvimento. Se a internet for a culpada, ele vai tirar de você. Se a escola for a culpada, vai te tirar da escola. O objetivo dele, mesmo sem saber, é te privar dessa iluminação de pensamento. Você precisa resistir a isso, não com insubordinação mas com amor. A religião dele não pode ser maior que a sua própria família.

      • wilker says:

        Bem, eu não teria dado melhor conselho do que esses acima, mas quero acrescentar apenas uma coisa: Se eles querem que vc vá a igreja obrigado, faça o jogo deles, vá de boa e se mantenha bem com sua família, pois o único lugar que ninguém poderá te alcançar é sua mente e não tem como eles te obrigarem a pensar do mesmo modo que eles, portanto, se discorda, simplesmente mantenha as aparências. Faça como Galileu, que tinha certeza de que a terra girava em torno do sol, mas mentiu para evitar a morte, ou seja, mesmo tendo a razão, as vezes é bom se contradizer para evitar uma situação desagradavel.

  24. Felipe Sales says:

    Juro que nao quero ser engraçadinho, mas me deu vontade de uma coxinha, hehe

  25. Richard says:

    Eu li o seu artigo e vejo que sua conclusão é perfeitamente válida.
    Recentemente, estive lendo O Evangelho Segundo o Espiritismo *peço que considere mais o texto do que a opinião* e transcreverei aqui a ideia de um texto lá contido:
    Como o povo judeu do Antigo Testamento era incrivelmente ignorante e deformado moralmente, eles sacrificavam animais, acreditando conseguir favores Dele, pois o consideravam um Deus guerreiro. Eles piamente acreditavam que riqueza material e riqueza moral eram a mesma coisa (crença que muitas igrejas neo-pentecostais aproveitam para se expandir atualmente).
    Jesus (que mesmo sem seus feitos milagrosos continua sendo um gênio) veio dar uma visão mais ampla de Deus, exortando a caridade e o amor ao próximo. Quanto a linguagem que Ele utilizava, diz-se o seguinte: Mesmo naquele momento, os judeus ainda não estavam preparados para o que Jesus vinha realmente trazer. Então ele falou em parábolas, para incitar um esforço evolutivo das pessoas em querer compreender aquilo que foi dito (mesmo dando margem a mil interpretações)
    Em suma: Não é que Deus seja uma criança narcisista. É que os hebreus tinham essa visão distorcida e escreveram isso em seus textos sagrados, propagando essa visão.
    Mais uma: Quer mesmo compreender a ideia de um Deus realmente justo e bom? Esqueça 90% da Bíblia.

  26. Kaio says:

    Bem, sou adventista e ironicamente gostei desse post.
    Mas acho que poderia ser um pouco mais elaborado nos argumentos. Gosto dos seus posts, mas sempre dou um suspiro de “que merda, denovo.” quando vejo títulos como esse. Mas esse foi um bom post.

  27. Antônio Torres says:

    DEUS MUDOU O SEU PLANO DE REDENÇÃO? Não que Deus teria mudado seu método de expiação de Pecados, mas, a bíblia diz que Cristo é o Cordeiro de Deus morto “desde a fundação do mundo” (Apocalipse 13:8 e 1 Pedro 1:20). Isso quer dizer que desde a fundação do mundo Cristo já estava preparado para morrer em prol da humanidade. Como justificar os sacrifícios do Antigo Testamento? Todos os rituais do Antigo Testamento são “sombras das coisas futuras” (Colossenses 2.16-17) como diz o Apóstolo Paulo. Todos esses rituais indicavam para a Pessoa de Cristo, principalmente quanto aos sacrifícios, o qual na “Plenitude do tempo (Gálatas 4:4-5)” viria a terra para aperfeiçoar a expiação da humanidade.

  28. Luis Alves says:

    A respeito de sacrifícios, acho que você ja deve saber porque Jesus veio ao mundo e a respeito dele ser uniciente, seguinte;

    Quando Lázaro merreu, Jesus chorou. Porém ele mesmo sabia que Ele iria ressuscitar a Lázaro. Daí eu te pergunto, porque Jesus chorou? Porque até Jesus nos ensinou que é preciso viver cada momento. Não podemos viver pensando no futuro ou a nossa vida presente seria uma ansiedade tremenda.

    A respeito de não crer na bíblia, isso já é um problema seu. A própria bíblia que você não acredita diz: “sem fé é impossivel agradar a Deus”. Acho que é necessário mais que razão pra ser um servo de Deus!

  29. Luis Alves says:

    A respeito de sacrifícios, acho que você ja deve saber porque Jesus veio ao mundo e a respeito dele ser uniciente, seguinte;

    Quando Lázaro merreu, Jesus chorou. Porém ele mesmo sabia que Ele iria ressuscitar a Lázaro. Daí eu te pergunto, porque Jesus chorou? Porque até Jesus nos ensinou que é preciso viver cada momento. Não podemos viver pensando no futuro ou a nossa vida presente seria uma ansiedade tremenda.

    A respeito de não crer na bíblia, isso já é um problema seu. A própria bíblia que você não acredita diz que: “sem fé é impossivel agradar a Deus”. Acho que é necessário mais que razão pra ser um servo de Deus!

  30. Gideão Teixeira says:

    Kid, adoro ler seus textos, tenho 31 anos e vivi por mais de 10 anos da minha vida no ateísmo. Fui criado dentro de uma seita chamada Testemunhas de Jeová, razão pela qual me tornei ateu.

    Você talvez não perceba, mas no fundo também é temente a Deus, mas sua incapacidade de compreendê-lo te encomoda MUITO; por isso todo esse ódio da bíblia. Eu vivi assim por muito tempo também e entendo a sua indignação. Muitas pessoas mal intencionadas usam a bíblia para manipular os fiéis e isso é um CRIME!

    Se você não tivesse nada de cristão, não perderia seu tempo lendo esse texto e nem mesmo se casaria. Você sabe que o matrimônio é divino né? Você AMA a Bebba? Quem inventou o AMOR? Hehehe…Percebe?

    Parabéns pelo casamento mano, que Deus abençoe a união de vocês!

    Quando você se libertar destas dúvidas angustiantes Deus estará te esperando de braços abertos, ele compreende a tua ira!

    Paz..

  31. mario world says:

    naquela época, devia ser mais tr00.. as coisas eram mais fodonas, barbaras…do tipo, e aí sua vadia, me dá essa xoxota aí agora…vamo vamo..e a mulher TINHA que obedecer pq o homme tava querendo gozar numa grutazinha…não tinha essa de denunciar nem nda..dava logo de uma vez e acabou!! ahah mas na real, esse mundo sempre existirá! num mundo paralelo, tem mta gente que não tá nem aí pra tecnologia e só quer viver pra transar…e sim, transar ainda continua sendo a coisa mais foda que tem…e tu sabe disso bem, Izzy

    • francielli says:

      tarado ridiculo!!vc deve estar na seca….nem uma mulher deve querer dar p/ um retardado como vc!!!acho que p/ vc matar esse tesão vc fica falando merda na internet!!seu otario!vai enfiar o dedo no cú que vc acaba loguinho com esse fogo!ja que nao deve pegar ninguem!!!ehehehe….

  32. mario world says:

    alias, o post é sobre sacrificar quem mesmo?

  33. Rodrigo says:

    Tive uma ideia completamente inútil e lembrei de tu e desse último post sobre ateísmo, Kid, já que seu conhecimento bíblico te dá alto potencial para discutir com cristãos, seja séria ou falaciotrollisticamente . Você podia fazer uma coletaneazinha de “trechos da Bíblia que poderiam ser usados para gerar rage alheio”, para serem utilizados pelo lulz em ocasiões específicas. Só uma ideia random.

  34. fernanda vieira says:

    cara sinceramente tai uma coisa q

  35. fernanda vieira says:

    cara tai uma das coisas q prefiro não discutir, pois sempre haverão pontos de vista diferentes e bota diferentes nisso.porem religiosidade e crenças ainda é uma das coisas q não entram na minha cabeça pois criam conflitos com a ciencia existente na minha humilde cabeça!!!tento conciliar os dois mais ainda sinto q é impossivel!!mais fica a dica, religião e crenças é uma parada q não se discute!

    • desconhecido says:

      Porque está escrito: ” ‘Por mim mesmo jurei’, diz o Senhor, ‘diante de mim todo joelho se dobrará e toda língua confessará que sou Deus’ “.
      Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus.
      Portanto, deixemos de julgar uns aos outros. Em vez disso, façamos o propósito de não colocar pedra de tropeço ou obstáculo no caminho do irmão.
      Romanos 14:11-13

  36. Lúcio says:

    Uma certa feita Jesus argumentou “Veio João que comia gafanhotos e bebia mel silvestre e vocês afirmavam que era endemoniado. Mas o Filho do Homem come e bebe naturalmente e você dizem que é comilão e beberrão…” Jesus estava irritado porque as pessoas são incapazes de crer aconteça o que acontecer. Não são os fatos que tornam a pessoa crente. Crer é uma disposição de alguns. Não crer é a disposição de outros.

  37. Pedro says:

    Como diria meu antigo pastor desde os tempos de outrora em Salvador: “Texto sem contexto é pretexto para heresia.” Poderia eu me estender bastante aqui, mas não é do meu feitio. Só queria tentar esclarecer o texto por ti, Israel Rogers Nobre, citado: Isaías 45:7. Na fala, Deus é bem específico nas “maldições” por ele criadas. No capítulo, Ele fala sobre Ciro, um rei da Pérsia escolhido por Ele mesmo, cem anos antes do fato ocorrido. Tal coisa foi, entre outros motivos, para dizer que Ele, Javé, é o único e verdadeiro Deus. No versículo anterior, Ele fala: “que, de leste a oeste, o mundo inteiro saiba que além de mim não há outro deus.” Com uma simples interpretação de texto -- o que parece ser um déficit em muitos ateus -- é entendido que Deus mostraria (e mostra) que ele é único, trazendo “vitória do céu” (vide Is 45:8). Levando em consideração as palavras d’Ele, e sabendo que os povos viviam numa organização TRIBAL, a vitória viria ao povo de Israel, o que significa derrota para os outros povos (que adoravam outros deuses), o que é “maldição” para os mesmos.

  38. Sobre o tema: sacrifício de animais já aparece na bíblia em Gênesis 3:21 e 4:4. Eu também tive muita dificuldade em entender “por que” e “por que não atualmente”. Seguinte: o sacrifício de um animal não era: “ah, pega ali um cordeiro branquinho e é nois”. Em Levítico 1:1-4 fala que o gado oferecido deveria ser do rebanho do sujeito, um certo prejuízo. “Mas por que um animal? Ele não fez nada!”, minha pergunta quando criança (note que tenho 16 anos). Justamente por ele não ter feito nada, é que o sujeito que vai sacrificar notar que ele está livrando seu corpo das “manchas” com um que não está manchado. E o mais interessante é a forma sublime que esse fato aponte para o Cordeiro de Deus -- familiar esse nome, Izzy? Em nenhum momento ele mudou de idéia (também acentuarei até a cova), ele só pôs em prática o que há “n” anos atrás simbolizava. Jesus também morreu sem manchas, injustiçado e inocente. Entendeu, maluco?

  39. Wellington Alves says:

    Muita coisa já foi dita, mas só queria complementar dizendo que quanto mais o homem tenta entender Deus com sua própria lógica, mais louco fica e por isso a saída mais fácil e, pq não dizer, covarde, é negar a existência de Deus e viver sua vida tentando encontrar bases que sustentem sua posição. Ironicamente todas as bases só podem ser buscadas usando a própria Blíblia, um livro no qual ele não acredita pois não fornece respostas fechadas.
    O melhor de tudo isso é que eu tenho certeza que vc não é ateu, mas como inúmeros outros cristãos está passando uma fase revoltada com Deus e que acabará no dia em que tiver um encontro verdadeiro com Cristo. O dia em que isso acontecerá, bem como a forma, Deus já preparou!
    Digo mais, vc sabe que Jesus te ama e não se conforma por não se achar merecedor, mas isso não muda o amor com o qual ele se entregou por vc naquela cruz.
    Izzy, Deus tem um grande propósito na sua vida. Não te deu toda essa inteligência e habilidade com as palavras apenas para que vc divirta um bando de desocupados por aqui. Tenho certeza que todo este talento está sendo aperfeiçoado para ser usado na obra de Deus no tempo certo. Pois se há tempo para tudo, creio que há tempo de deixar de crer em Deus e tempo de voltar a crer em Deus.
    Eu me converti a Cristo aos 17 anos, aos 20 perdi a visão num acidente de trabalho. Passei uma fase de revolta com Deus, indignado pelo fato de ter tanta gente ruim no mundo e eu que era um servo de Deus estar passando por aquilo, mas ao mesmo tempo sabia que só mesmo em Deus encontraria forças para atravessar aquela fase. Foi exatamente a fé em Cristo que me fez atravessar a fase mais difícil e hoje aos 35 anos continuo fisicamente cego, mas tenho uma vida plena, pois nunca perdi minha visão espiritual.
    Lembro que poucos dias antes do meu acidente eu li numa placa de madeira, com uma letrinha bem sofrível por sinal, uma frase que dizia assim: “Quanto mais conhecimento o homem adquire, mais inexplicável lhe parece a existência”. Uma frase certamente escrita por uma pessoa muito humilde, mas uma das frases mais sábias que já li.
    Desculpe o tamanho do texto, mas é que, mesmo sem te conhecer, sinto muito carinho por vc e posso dizer que te amo em Cristo. Saiba que vc faz muita falta na casa do Pai viu.
    Tenha certeza que Deus nunca te abandonou em todos estes anos. Ele está de braços abertos aguardando sua volta para te honrar como o filho que és.
    Abraços e até mais!

    • francielli says:

      cara…vc falou tudo é isso ai!!!pelo menos um enteligente nessa porra!!!!nunca ouvi tanta merda junta!!!o povinho burro!! se acham os espertalhões…..um querendo saber mais que o outro…mais no final são uns coitados querendo encontrar um sentido para a vida….e para a morte….

    • francielli says:

      ops…eu quis dizer “INTELIGENTE”…essa burrice é contagiosa…ehehehe….

  40. Junior says:

    Sério que alguém leva o tal Izzy á sério?

  41. Helison Brasileiro says:

    Deus tornou Saul o rei de Israel e, estranhamente, se surpreendeu quando o cara virou um filho da puta (ele não era onisciente?), e aí colocou Davi em seu lugar.

    Essa é uma parte do seu post. Quando REALMENTE estudamos a Bíblia, a entendemos, e principalmente levamos em consideração sua contextualização sem se apoiar em passagens isoladas, respondemos com muita facilidade praticamente 100% dos questionamentos daqueles que se dizem ateus, ou não creem na Bíblia. “Mais o intuito não é esse, entrar em debates! O intuito é deixar que a própria Bíblia se explique”. Por sinal o questionamento da maioria dessas pessoas é sempre o mesmo, mostrando que suas ideologias foram embasadas em comentários alheios, sem uma pesquisa apurada ou ainda mediante uma leitura superficial. Quando estudamos a Bíblia de forma sincera, ligando todos os fatos, percebemos que a onisciência de Deus não é utilizada de forma deliberada para influir em acontecimentos futuros. Aquelas pessoas sinceras que realmente tem o intuito de aprender e não apenas criticar se deem uma oportunidade de conhecerem o que realmente a Bíblia ensina, com certeza esses se surpreenderão com o que irão aprender! Pois definitivamente vcs não conhecem a Bíblia!