Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Postado em 24 June 2004 Escrito por Izzy Nobre 0 Comentários

É isso aí, acabou a vagabundagem. Já que vou ser responsabilizado por várias demissões ao redor do Brasil e Suriname e quem sabe em planetas próximos, resolvi dar algo de valia aos meus leitores. Já vos ensinei a serem góticos e a viver para sempre, mas isso não foi suficiente. Tenho que levar um pouco mais de cultura a vocês.

E assim nasce um novo quadro do HBD, que será atualizado com frequência, ou não. Vai depender da minha disposição para digitar e do que eu comi no almoço do dia anterior. E pra não ficar parecendo que é novidade, vou atrelar alguns antigos aos Tutoriais e colocar a porra toda no menu lateral. Assim você os localizará com mais praticidade e fica mais fácil pra mandar por e-mail pros seus amigos sem citar meus créditos.

Enfim… ok, depois do Manual dos Góticos, acredito que tenho bilhares – e porque não dizer trilhares – de leitores “do mau”. Afinal, todo mundo que teve acesso àquele formidável compêndio da cultura visigoda percebeu que os materiais necessários pra virar um gótico estavam ao seu alcance. Mas de que adianta ser um gótico se você não pode MOSTRAR pra todo mundo que você é gótico?! Qual a graça de ser dark se você não pode ESFREGAR ISSO NA CARA DE TODOS QUE ESTÃO À SUA VOLTA COMO SE FOSSE UMA MEDALHINHA DE CAMPEONATO AMADOR DE FUTEBOL DE SALÃO?! Não tem graça nenhuma, amigos. É por isso que eu estou lançando o estupendo…

Manual Faça-sua-dark-art-você-mesmo!

Para você que é ignorante demais, dark art é aquele tipo de montagem sombria que meninas góticas geralmente colocam em seus fotologs, rodeadas de frases carregadas de depressão, melancolia e dor de barriga. Seguindo os simples passos deste tutorial, você será capaz de fazer imagens tão sombrias e satânicas que farão seus amiguinhos de internet dizerem “nossa, que foto sombria e satânica, kkkkkkkkk, rsrsrsrsrs 🙂!

Como já expliquei, não sou nenhum profissional em Photoshop. Meu conhecimento a respeito do programa não é nada além do que uma minhoca adestrada poderia saber. A despeito da minha falta de habilidade com edições gráficas – ou por isso mesmo -, sempre me gabei de usar o Paint para fazer todas as minhas edições gráficas e convites de casamento. Acontece que, por mais formidável que o MS Paint seja, ele não faz milagres. Tentativas de fazer dark arts no Paint não dão os resultados mais fenomenais do mundo.


Não muito legal

Então, para fazer aplicar os recém-aprendidos conhecimentos de edição, tava na hora de arrumar um programinha melhor. No dia que o Joker (um amigo de fórum) me ensinou a fazer esse negócio de dark art, peguei o Photoshop 7.0.


Photoshop e você.

O cara mostrou ter uma paciência de Jó, porque ele teve que me ensinar TUDO. Eu nunca tinha mexido nessa porra antes, não sabia nem mesmo onde ficavam as ferramentas que ele me mandava utilizar. Se fosse eu, teria me mandado ir tomar no cu com força e comprar um manual, e coloca-lo no ânus com força equivalente caso não aprendesse. Porque eu sou um cara muito gentil e me importo com os sentimentos das pessoas O fato de eu ter dito que nunca tinha mexido com Photoshop na vida atual ou em anteriores foi o motivo pelo qual muita gente me chamou de filho da puta mentiroso. Quando mostrei o primeiro resultado da minha experiência com o editor gráfico da Adobe®, ninguém conseguiu acreditar que um jumento que nunca havia mexido no programa antes fosse capaz de uma montagem tão supimpamente legal. Ficou bom demais para um iniciante, certo?

ERRADO, SEUS VIADOS DE MERDA. Uma dark art não é como dar saltos mortais triplos chupando cana e assobiando o hino nacional, simultaneamente, enquanto equilibra pratos de porcelana no queixo. Qualquer um pode fazer, não requer treinamento circense, não há o risco de quebrar a coluna e não engravida (pois ainda tou menstruando desde que comecei a fazer as montagens). Assim, até mesmo amebas como algumas pessoas que comentam aqui de vez em quando serão capazes de mostrar bons resultados.

Conforme vocês vagabundos e futuros desempregados (se continuarem acessando esse blog ao invés de fazer aquele relatório que a chefia pediu antes da hora do almoço) perceberão, fazer uma dárque arte não é nada complicado. Tanto é que serei capaz de ensinar como faze-la usando apenas um post, algumas imagens e uma caixa de fósforos. Aprendam essa porra e parem de me chamarem de mentirosos, seus infelizes!

Vamos lá!

Pra fazer uma imagem dark art no Photoshop, ajuda muito se você tiver o Photoshop. Então, diriga-se ao seu carro, vá ao camelô mais próximo e compre uma cópia pirata do aplicativo. Nem pense em comprar o programa original. Que porra de brasileiro é você? No máximo, baixe no Kazaa ou peça emprestado – sem a mínima intenção de devolver, claro, como quando se pede livros/DVDs/mulheres/band-aids emprestados.

Eu poderia fazer um tutorial para ensinar tudo isso, mas tou com preguiça demais e preferi resumir numa frase. Caso você seja um mão-de-vaca miserável, pegue uma cópia do PS aqui.

Enfim, mãos à obra.

Antes de mais nada, você precisa de boas texturas. Texturas são o segredo nessa porra. Se alguém fizer uma boa dark art, meta o dedo na cara dela e diga que ela só conseguiu porque tinha boas texturas para trabalhar. Tendo boas texturas, 90% do trabalho já está feito, você já pode até desligar o PC e voltar só amanhã.

Sabendo que vocês são desocupados crônicos – nada mais explicaria vocês ainda estarem lendo isso -, aí vão algumas boas texturas pra vocês. Não importa quão boa sua dark art fique: ao dar essas fantabulásticas texturas estou realizando o trabalho todo por ti, tirando assim de você qualquer o mérito. Fique feliz em eu não estar cobrando por elas, algo qeu devia fazer. Salve tudo rápido antes que eu mude de idéia.

Salve todas essas porras no seu HD, porque nunca se sabe quando eu precisarei de espaço no armazenamento e posso deletar tudo sem avisar aos senhores.Agora que você tem o programa e a textura, basta arrumar um modelo a ser darkartzado. Aí vai a foto de um blogueiro bonitão, sagaz e de óculos escuros, para você se inspirar (não NESSE sentido, seus pedófilos. Só tenho 12 aninhux).

Tou perdendo muito tempo fazendo gracinhas. Vamos logo!

1) Carregue a foto no Fotoxópi

O passo mais fácil e rápido de todo o processo. Aproveite o tempo livre para ir dar aquela mijada que tá te incomodando faz tempo. Limpe as mãos em seguida, pois os resquícios de urina nas mãos poderão atrapalhar sua habilidade em manusear o mouse, que é algo indispensável para a confecção da dark art. Resumindo:Carregue a foto, mije, limpe as mãos para não foder o trabalho.

2) Enxugue as mãos e selecione a textura

Depois de assegurar que não há mijo nas suas mãos (percebam que esse detalhe é fundamental), abra uma das texturas no Photoshop. Escolha uma área qualquer e selecione com a ferramenta Retangular Marquee, ou seja, aquele trocinho que você arrasta em cima da figura e ele deixa uma caixa quadradinha e tracejada em cima da imagem. Dê um Ctrl C. Mande seu irmão menor se foder e diga que ele não usará o PC agora porque você está lendo o blog do Quide e aprendendo a fazer dark arts. Caso ele PENSE em chamar sua mãe, encha ele de porradas. Resumindo:Resumo é o caralho, tá tudo explicadinho. Se você CONSEGUIU não entender algo tão simples, faça-me o favor de se jogar de um prédio. Confira aqui um infográfico que explica como executar essa tarefa, pois sei que você é muito burro e de nenhuma outra forma conseguiria captar a idéia.

3) Defenda-se dos socos do seu irmão e cole a imagem copiada em cima da minha cara

Eu ia escrever alguma coisa engraçada e que seria ao mesmo tempo a explicação do procedimento, mas o título do passo já cumpriu essa função.


Quide, seu miserável! A imagem colada está cobrindo sua cara, isso ficou uma merda!

Porra, neguim não tem paciência. Espere o próximo passo, animal!4) Tire os dedos dos olhos e selecione mude a opção do layer

Selecione Overlay no menuzinho mostrado pela imagem. Atenda o telefone e mande a pessoa ir se foder, pois agora sua atenção está voltada inteiramente para aprender a fazer peripécias com o Photoshop.5) Peça desculpas para a sua mãe e veja que maravilha a opção Overlay fez

Pronto, nem precisava de chilique. A menos que você seja deficiente visual, já tá dando pra sacar o efeito que a textura aplica na pele.6) Ajeite essa porra

Usando o mouse, arraste a imagem para onde você deseja que ela fique. Em seguida, usando a borracha embaçada, vá apagando as beiradas da figura, deixando visíveis apenas as áreas que parecem uma ferida fedida e purulenta.7) Sangue laranja não existe, né?

Após terminar o trabalhinho com a borracha, pressione Ctrl + U. Na janelinha que surgir, diminua o Hue para tornar a imagem mais avermelhada.8) Seja criativo

Esses são os únicos passos que você precisa seguir. Recortar imagens, cola-las sobre a imagem desejada, aplicar um efeito de transparência e apagar as partes que você não precisa. Abra as outras texturas e repita os procedimentos. Com alguma sorte e muita reza, você conseguirá resultados legais.

Pronto. Se vocês forem pegos pelo chefe vadiando no serviço e rindo dos meus posts, ao menos já dei conhecimento suficiente para que vocês descolem um emprego de editor gráfico. Portanto, não me responsabilizem por nada.

Vamos lá, tentem as suas e postem os resultados nos comentários.

Ou não. Vão trabalhar, caralho!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)