Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

[ Bobagem Internética do Dia ] PORRADARIA TOTAL COM CACHORRO E TÉRMICA DE CAFÉ!

Postado em 10 December 2013 Escrito por Izzy Nobre 13 Comentários

Amigos, eu sei que sou uma pessoa horrível que certamente tem passagem já reservada pro inferno. Tenho péssimos ímpetos, falo mal dos outros, rio da desgraça alheia, coloco o feijão embaixo do arroz e cometo todo tipo de desvios sociais que garantem que minha alma sofrerá no colo de Pazuzu no além-vida.

Eu tento mudar, sabe? Às vezes dou dinheiro a obras de caridade. Outro dia elogiei uma colega de trabalho que sei que está passando por apuros no seu casamento e anda meio deprimida. Quando estou particularmente inspirado em me redimir por uma vida inteira sendo uma péssima pessoa, até re-encho a forminha de gelo pra minha mulher após usar todas as pedrinhas pra tentar esculpir sprites de Super Mario World com um palito de dente.

E eu começo a achar que esses pequenos gestos de bom coração poderão me salvar as chamas infernais que já senti até em alguns pesadelos. Só que às vezes algo aparece aqui na minha frente através da internet mundial de computadores em rede e eu lembro que estou invariavelmente condenado à perdição eterna porque minha alma é mais sebosa que um paninho que deixamos embaixo da pia durante um vazamento dos canos e está completamente coberto de mofo podre. A concentração de fungos ali é tão forte que olhar embaixo da minha pia conta como uma injeção de penicilina.

Então. Me mandaram este vídeo no tuíter.

Meus amigos, este vídeo tem apenas 35 segundos, mas eu creio ter rido mais o assistindo do que ri em toda a minha vida, incluindo os anos de lançamento das minhas comédias favoritas. Vamos fazer um post-mortem destes incríveis 35 segundos.

Primeiro, não há contexto algum em relação aos motivos da briga. Digo “motivos” porque um combate generalizado desse não pode ter sido desencadeado por UM motivo singular; este fenomenal troca-tapa tem todos os sinais clássicos de uma série de chateações que finalmente entrou em ebulição com a proverbial “última gota”.

O vídeo abre com duas pessoas já no chão, com uma terceira se aproximando com a maldade e crueldade e plantando um chute bem mirado no cu de uma das lutadoras. Outros personagens da batalha desferem seus próprios pontapés covardes nas brigonas que estão no chão. A sonoplastia aliás é um espetáculo à parte, emprestando emblemas sonoros que permearam nossas infâncias coletivas como a canção do Rocky e sons de Street Fighter.

Lá pros 6 segundos você percebe que o rapaz de laranja, que desferiu alguns sopapos covardes nas mulheres que estão no chão, recebeu rapidinho os frutos kármicos disso — aparece um sujeito de camiseta listrada que lhe planta uma mãozada nas costas e sai correndo em disparada. Este justiceiro noturno faz uma escala no outro maluco ali nas redondezas, pregando-lhe também um tabefe na orelha. Tão rápido quanto surgiu, este personagem misterioso some do vídeo.

…e é neste instante que o rapaz de laranja insere um soco bem no rosto da tiazinha que, por motivos que eu só posso especular, passeava pela briga com uma garrafa térmica a tiracolo.

soco

Aqui é necessário um disclaimer — bater em mulher é obviamente errado. Aliás: bater em QUALQUER PESSOA é errado, independente do gênero da vítima. Violência e selvageria são sem qualquer sombra de dúvidas o pior elemento da condição humana.

Só que mano… quando esta distinta senhora toma um soco bem no meio da cara, largando até sua amada térmica… Aliás, ela está com a garrafa na mão porque é de fato uma de suas mais importantes posses, da qual ela precisa tomar conta até mesmo quando uma briga estoura nas proximidades, ou porque estava usando-a como arma branca…? Tal qual o clássico filme Zapruder, esta gravação elucida alguns mistérios mas causa outros.

Então. Quando esta mulher toma um sopapo — uma inevitabilidade quando você está NO MEIO DUMA PORRADARIA né porra. Não consigo me padecer muito quando participantes voluntários de uma briga acabam levando –, é um momento único na história da internet brasileira.

O vídeo continua nessa porrada desorganizada quando DO NADA, aos 23 segundos, um ninja salta da escuridão tentando enfiar uma voadora na orelha dum cidadão.

voadora

Exceto que a trajetória foi mal calculada e o ninja urbano (ou rural, pelo jeito do vídeo) acaba é enfiando uma PELVIZADA no ombro de sua vítima.

Este vídeo é incrível. INCRÍVEL. Tal qual os livros do Onde Está Wally ou grandes clássicos do cinema, é preciso ver e rever pra absorver todos os detalhes.

Eu aconselho que você assista essa sequência focando em um personagem de cada vez, acompanhando toda a sua trajetória neste inacreditável vídeo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

13 Comentários \o/

  1. Bruno Guedes says:

    E depois de ser devidamente inscrita no quebra-pau com um cruzado no meio das fuças, a tiazinha resolve que a térmica, seja lá qual serventia tivesse antes, dá um belo dum cacetete e parte pra cima.

    E além disso tem um cachorro que não só consegue não ser atingido por ninguém enquanto se mete no meio de quase todos os embolamentos, como não poderia estar mais feliz se de repente descobrisse que cada pessoa neste arranca-rabo virou um pernil.

    Esse vídeo só seria melhor se fosse um filme indiano e de repente todo mundo começasse a encenar um número musical. E aquela caminhonete saísse voando, como é de praxe em todo filme de ação indiano.

  2. Dan Medeiros says:

    Oh my fuckin’ GOOOOOD!!! Me admiro como esses vídeos vão parar no vocêtubo e ainda mais como alguns cidadãos conseguem acha-lo…

    Porradaria épica!!! Coitada da tiazinha, tomou um sopapo no meio da cara… mas, pelo menos, revidou com sua garrafinha térmica +1!!!

    Izzy, muito obrigado por alegrar meu dia!!! E eu ri mais com sua explicação dos fatos do que com o vídeo em si!!!

  3. Vinícius Martarello says:

    Mano, não creio num vídeo desses. Já vi ele uma vez, acredito que foi no Bobagento, e estava com a trilha do Batman!

  4. Vinícius Martarello says:

    Achei o vídeo inteiro, um cara saiu com a cara toda fodida
    rel="nofollow">

  5. lolerson says:

    Hahahahahaha caralho, a tia da térmica devia estar nos novos jogos de luta a partir de agora.

  6. André Henrique says:

    Sr Izzy Nobre, venho lhe agradeçar por ter me proporcionado risadas num video que eu ja tinha visto, mais do que na vez em que o vi, ri demais dos seus comentarios, pqp, você narrando essas disgraças é algo magnifico, faça isso mais vezes, obg.
    HUEHUEHEUHEUEHUEHUEHUE

  7. thegui999 says:

    thegui999

    Peach e Zelda se quebrando no chão, Kirby com sua garrafa térmica, Wolf tri aleatório latindo pra todo mundo, Mario dando soco no Kirby e é claro, Link dando voadoras no capitão falcon versão gordo…

  8. Gustavo C. says:

    Achei o vídeo mais espantoso do que engraçado.. eu ri mesmo foi lendo o post, a descrição dos momentos mais surreais hehueuhe..

  9. Abraão. says:

    Cara. Feijão por de baixo do arroz é a maior prova que és completamente do Contra!

  10. raphael says:

    é o sub zero brasileiro izzy

  11. cristiano says:

    Eu “descobri” esse vídeo ontem e rolei no chão aqui de tanto rir. Ver a versão completa (de uns 2 min que já postaram aqui) é ainda mais divertido e dá pra ver um pouco mais da treta. A tiazinha da térmica não é santa nem nada. Dá pra ver que ela joga o líquido, que devia estar pelando, na cara de uma das meninas no chão. O pior de tudo é que eu achei uma das meninas ali até que jeitosinha …

  12. André Henrique says:

    Eu fiquei esperando que o Izzy comenta-se do chute no meio da barriga que um cara da na mulher de azul D=