Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Olá moçada! É o seguinte, eu estou escrevendo um livro — baseado nas minhas desventuras na sex shop onde trabalho — e como não tenho a menor experiência ou know-how nessas paradas (publicar livros e marketear o negócio), pedi ajuda a vocês.

E vocês me deram uma idéia super legal, esse tal de Pay With a Tweet.

Essencialmente, funciona assim: eu “vendo” o primeiro capítulo do livro em troca de um tweet seu (vem com o prefácio de brinde, olha só!). Tu tuita, recebe o link pra download, baixa o PDF e aprecia esta fina obra da literatura brasileira. Dessa forma, eu consigo criar brand awareness em relação ao livro — note como sou chique –, e vocês têm uma prévia da parada antes de todo mundo.

Quem sabe, com a sua colaboração, um dia esse arquivinho no meu Google Docs vira um livro que será utilizado para apoiar uma mesa torta ou emprestado pra um colega de faculdade e jamais devolvido? Posso apenas sonhar.

“Mas que merda de histórias de sex shop são essas? Nem sei que site é este, entrei aqui por acidente quando tentava acessar o site do banco. Esse computador só pode estar com vírus.”

Eis aqui uma amostra do que você encontrará neste excelente best seller que, sinceramente, eu nem deveria estar dando de graça:

O ladrão de dildosA gorda neuróticaO cliente NUNCA tem razãoO piloto chato

Tou dando o primeiro capítulo dessa parada de graça, o mínimo que você pode fazer pra me agradecer é ler esta porra!

“Compre” o primeiro capítulo clicando neste lindo botão abaixo:

 

Vou dar uma olhada nas estatísticas de acesso e download da parada, pra estudar o quão eficaz essa estratégia é.

Obrigado e volte sempre.

A propósito: dependendo da penetração (vixi) desse método de marquetim, e do demográfico de leitores digitais utilizado pela galera (iPad, Kindle, ereader Positivo pago em 72x, mp7 Foston), converterei o livrim pros formatos adequados.

Mas agora não, que eu tou indo tomar banho.