Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

A deprimente comunidade dos "pickup artists"

Postado em 17 February 2012 Escrito por Izzy Nobre 138 Comentários

Pra algumas tarefas, existe uma necessidade fundamental de ler um manual de instruções. Montar móveis comprados na TokStok, por exemplo. Ou usar uma furadora elétrica. Ou operar um ser humano (o manual de instruções no caso seriam os anos estudando medicina). Não há nenhuma vergonha em admitir, nestes casos, que você precisa de um tutorial explicando cada passo do processo.

Pra algumas outras coisas, no entanto, depender de um manual é levemente deprimente e um pouco retardado até. E o melhor exemplo disso é pegar mulher — algo para o qual eu não estava ciente de que existia um tutorial.

Caso os queridos colegas não saibam, existe algo chamado “the seduction community”; a comunidade da sedução. A premissa de tal comunidade é compartilhar os segredos da arte de pegar mulher.

E não, eles não usam o termo “arte” da forma solta como vocês gostam de usar no tuíter (quantas vezes vocês já viram alguém falando sobre a suposta “arte de –insira qualquer coisa trivial aqui que não é nenhuma forma de arte–?). Este sujeitos se acham de fato os Leonardo Da Vinci da fodelança, tanto que se definem pela insígnia de “pickup artists“.

Isso significa literalmente “os artistas da pegação”. Na internet você os verá frequentemente abreviando o termo pra “PUA”.

Pelo que investiguei, a idéia central da comunidade da sedução é basicamente o seguinte:

1) Seja levemente (ou não tão levemente) babaca com as meninas, elas gostam disso;

2) Vista-se da forma mais espalhafatosa possível, afinal toda atenção é positiva.

Mas se você acha que isso é tudo, você se engana — há um extenso glossário explicando os termos acadêmicos e as técnicas da pegação. E é aí que a coisa fica realmente patética.

Por exemplo, lembra que eu falei que uma das doutrinas do método de sedução é ser meio escroto com as garotas? Os PUAs chamam isso de “neg“. Eles essencialmente pegaram aquela máxima de que mulher gosta dos bad boys e transformaram-na numa equação. Olha isso:

Eles estão falando de pegar mulheres ou tão dando dicas pra um RPG?

O neg é essencialmente dar um elogio que é na verdade uma leve ofensa (“Gostei desse vestido, você tem coragem de usa-lo na rua assim” ou “Adorei seu sorriso, geralmente gente com dente torto não tem um sorriso bonito assim”) que supostamente reduz a auto-confiança do alvo (sim, eles chamam mulheres de “alvo”) e isso seria um truque Jedi para convence-la a dar pra você.

YouTube Preview Image
Eles realmente acreditam que o mundo funciona desta maneira.

Como você pode ver, aquele site lá explicando o linguajar PUA tem mais hiperlinks que um artigo da wikipédia. Isso acontece porque essa galera quantificou praticamente todas as etapas de uma interação humana. O que talvez pareça interessante de um ponto de vista nerd se assemelha mais com uma apostila que alienígenas escreveram em relação a como seres humanos interagem.

Por exemplo — talvez enquanto você conversa com uma garota nova, você tenha a oportunidade de tocar no cabelo ou na mão dela.

Um gesto natural? Não. Isso é um kino. E existem as derivações disso, como o Kino Anchored Motion Inducement — em outras palavras, puxar alguém pela mão.

"Target". Estou sentindo uns vibes de serial killer aqui.

Me diz se isso não é assustadoramente patético. “Kino Anchored Motion Inducement” parece algo inventado pelo MIT ou pelo Jet Propulsion Lab — no entanto, é conduzir alguém puxando o braço dela.

Sair com os amigos pra pegar mulher? Isso tem nome também — “sarge“. E os PUAs frequentemente vão a fóruns pra relatar suas experiências na forma de “field reports“.

A única coisa mais patética do que essa sistemática análise de gestos triviais são as inúmeras siglas que eles usam pra qualquer bobagem. Mulher é “HB” (seguido de um número que indica quão gostosa ela é); Indicação de interesse — ou seja, se ela sorri pra você ou algo assim — é IOI. Beijar uma mulher = “kclose“. Veja o uso sugerido do termo:

“I kclosed 2 HB10s last night!”

Traduzindo pra não-retardadês, isso significa “beijei duas garotas bonitas ontem a noite”. Por que seria necessário criar uma expressão críptica para um gesto tão mundano e comum, temo que jamais compreenderei.

Cartilha de um popular método PUA. Coloca "Empatia com Animais" e vira ficha de Vampire.

Ah, e a propósito? Eu e você, os não-Jedis do conhecimento pegadorísticos, somos aparentemente “AFCs” — Average Frustrated Chump. Ou “o babaca frustrado padrão”. Você sabe, os perdedores que não pegam NINGUÉM. Apenas os PUA, que são detentores destes segredos místicos da sedução, são capazes de copular com mulheres. Isso explica por que existem tão poucas pessoas no planeta.

Mas isso não é tudo. Tem também o vestuário dos caras, que é particularmente retardado. E você sabe que a coisa tá feia quando os caras criam uma sigla quase militar pra explicar coisas tão simples e triviais e isso nem é a coisa mais imbecil que eles fazem.

Este homem sai na rua vestido desta forma e se vê na posição de 1) criticar a aparência de mulheres e 2) te ensinar a ser pegador. Há algo errado aqui.

Conheça Mystery, o papa da comunidade da sedução. Este sujeito convenceu milhares ao conceito do “peacocking“, ou seja, usar alguma peça de vestuário que seja completamente ridícula apenas para chamar atenção. De acordo com esses don juans modernos, além de chamar atenção feminina e servir como um ponto de início de uma conversa, esses trajes zoados também provam que você é um cara com bastante auto-confiança e sabe lidar com pressão.

Você sabe, exatamente igual ao tipo de pessoa que precisa de aulas sobre como falar com mulheres.

Ah é, mencionei “aulas” porque este sujeito faz justamente isso — ele dá aulas pra pobres coitados.

YouTube Preview Image
O fato de que esse vídeo tem legendas em português me preocupa.

Meu jesus cristo. O homem é um Lair Ribeiro da (suposta) pegação. Esse é o ângulo dele; é por isso que ele tá nessa. Ele tá convencendo nerds desajustados de que eles podem se tornar garanhões; basta pagar algumas centenas de dólares por este fenomenal curso de misoginia programada que deixaria o mais meticuloso serial killer com inveja.

Essa comunidade de sedução reúne o que há de mais patético na auto-ajuda com o que há de mais autista na atração nerd por regrinhas e quantificação de coisas triviais.

E o pior é que deve ter gente aí lendo o HBD que assiste esses vídeos e realmente tenta essas técnicas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Dossiê HBD

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

138 Comentários \o/

  1. Pedro says:

    Dão pena, a coisa é simples e a interação humana não é algo matemático, mas o pior e desonesto é ir testar “táticas” com pessoas que estarão desarmadas e apenas vivendo a vida real.

    Aborrescente e Deprimente.

    • =) says:

      Enquanto estamos comendo e pegando as mulheres você s estão aí…criando tópicos falando dos PUAS…e….jogando? e criando coisas retardadas na internet? HAHAHA Quem disse que nos PUAS queremos que vocês gostem da gente? Queremos as mulheres, não seres desprezíveis como vocês..

    • paulo cardoso says:

      Realmente não e matemático a interação humana, mas você esquece do fato de que pessoas com falta de interacao social busca ajuda e no próprio pua existi um tipo de “jogo” que digamos assim e o estagio final dos pua’s que o estilo natural onde o indivíduo age sem meios de “regras” onde ele já alcançou um nível de confiança onde ele age naturalmente, enquanto você fica de certo modo criticando VC continua com um pensamento primata ,enquanto isso outros estão evoluindo e se tornado mais sociáveis saindo detrás de um computador…

  2. Cara, é realmente deprimente essa situação. O pior de tudo é os caras levarem isso como estilo ou ‘filosofia’ de vida… Sem nenhum propósito mais importante do que pegar o maior número de mulheres na balada.

  3. Carlos says:

    Engraçado… eu conheço PU, já li algumas coisas e tudo mais… mas senti tanto ódio vindo do seu post. Me pergunto o que te levou a puxar pro lado pessoal uma simples comunidade. =P

    • Matheus says:

      Provavelmente perdeu a namorada prum pua,
      dps ficou com raivinha e fez um post so pra desabafa ^^
      e ainda se acha no direito de dizer que puas sao deprimentes, kkkkkkk

      • Retardado, você, hein? says:

        Dahora que você nem sonha o que o motivou a escrever isso e tá aí comentando isso porque ficou de bunda doída, afinal, tanta verdade na fuça, deve doer.

    • Dimitri Vegas says:

      Deprimente mesmo é o artigo escrito por ele. De certa forma sou franco a concordar com alguns pontos, no início do bom das comunidades de sedução com mystery e companhia, a comunidade fabricava robôs sociais, cheios de táticas “militares” que envolvia todo um roteiro que devia seguir até finalmente “Comer a garota”, porém com o tempo a comunidade Pickup Evoluiu, e hoje está muito além de só pegar mulheres… Mas sim em libertar homens de Matrix social, desenvolver a sua capacidade de lidar com os mais diversos tipos de pessoas, ajudar na saúde(Sim atualmente as comunidades estão trabalhando isso), desenvolver o lado financeiro, tanto que a maior comunidade Pickup do Brasil atualmente tem uma área voltada pra isso… E não, a comunidade não é Misógena como você acusa no final do artigo, pelo contrário, a comunidade já ajudou a salvar muitos namoros e casamentos… logo ela vai muito além de simplesmente seduzir uma mulher…mas sim, de construir uma vida… De certa forma, creio eu que você tenha baseado a sua pesquisa em informações passadas, do início das comunidades… se fosse estudar o agora, tenho quase certeza de que o artigo seria diferente..

    • Rafa says:

      Concordo.
      se não gosta dos caras ou de suas maneiras de melhorar a própria auto-confiança, tudo bem, mas não precisa ofender. Nem todos nascem com a malicia embutida,ainda mais em um país que incentiva a putaria e a baixaria.
      exemplo disso é o carnaval anual conhecido mundialmente.
      desde os 5 anos se você não trocar saliva e carícias com ao menos 200 mulheres diferentes você é considerado boiola ou fracassado. muitos só precisam de maior convívio social e algum impulso para alavancar sua auto-estima e se conhecer melhor, e conhecer melhor outros indivíduos.
      e infelizmente não existe nenhum tipo de ajuda profissional relacionada a esse assunto. acho válido o pessoal dar a opinião mas sem avacalhar,ninguém nasce sabendo nada .

  4. Caio says:

    cara, eu não mim considero um pua, não curto a filosofia e hierarquia patética deles, mais ja li muitos materiais deles, inclusive desse cara que você chama de “Lair Ribeiro”, posso dizer que ele é um gênil sobre dinâmicas sociais, e ele é isso por que ele não ficou escrevendo um blog idiota e resolveu tomar ATITUDE para resolver um dos problemas da sua vida. Se você for pesquisar mais, vai verá muitas historias de superação.

    • Izzy Nobre says:

      Hahahahahaaha você é fã de um autor de auto-ajuda. Que dó.

      • Lucas says:

        Você é fã de criticar coisas irrelevantes… Parabéns, você é mais um retardado na sociedade. Porque não critica nossa política? Isso sim necessita de críticas.
        Quando souber pesquisar descobrirá que há pessoas tímidas, assim como você conhece várias, que, para elas, é realmente difícil se envolver com garotas, e há pessoas inteligentes e com habilidades nessa área que conseguiram fazer dinheiro ensinando o que sabem para os que não tem tanta facilidade.
        Babaca tem de monte. Quer atenção, enfia um peixe no ** e diz que é sereia. 😀

        • Izzy Nobre says:

          Você está com bastante raiva né?

          A propósito, você diria que meu texto é irrelevante? Porque se for, você está criticando-o, e, bem, conheço um cara que diz que fazer isso é ser mais um retardado na sociedade.

          • myrstw says:

            Mano não sei o motivo de tanto ódio no texto,realmente, mas tem certos pontos que concordo tipo essas coisas de HB e tal, mas ela e boa sim , mas a base pua me ajudou n a pegar a só pegar mulher mas sim(e eu sou tento conquistar as mulheres que eu estou de fato atraído,n e nda robótico e sim mto natural) , ter auto-confiança,amor próprio,fiquei mais sociável(n gastei nada com isso) e me sinto mto feliz (n sei se qualquer psicologo poderia me ajudar) ,mas que me ajudou ,ajudou!

        • PUA says:

          Cara… o blog é uma bosta de blogueiro (nao poderia deixar de ser uma bosta!!) e eu resolvi ler o que pensam a respeito dos PUA’s. Vo te falar que tava achando patético, mas ganhei os minutos que perdi lendo tudo essa merda com a sua expressão: “quer atenção, enfia um peixe no c** e diz q é sereia!! sensacional!!! uadshhahhudhuas

          • Esses cara ai velhoo que ficam o dia inteiro perdendo tempo com esses blogs

            vendo a mulheres deles dando pra algum alpha por ai

            seu pintinhoo de galinha japonsesa vai se fuder

            se que atenção pega esse seu oculos e soca nu meioo do seu cuuu seu viado nerd

            vo ai pro canadar so pra gozar na cara dessa vadia que é a sua esposa seu babaca !!

    • Chan says:

      gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil gênil

    • TEN_CARMO says:

      Engraçado, eu também não MIM considero um GÊNIL

  5. Anônimo says:

    Por um lado você tem razão em achar isso patético, talvez você tenha visto um pouco do lado “americanizado” da coisa, se não me engano existem comunidades brasileiras sobre o assunto onde parece que é mais “abrasileirado”. Já pesquisei e confesso que achei interessante o assunto, não para sair “catando mulher” mas talvez através de observações e experimentos sociais elevar seu relacionamento a outro nível. Mas você se esqueceu que existem sim pessoas que tem problemas sociais e talvez seja um pouco difícil “criar coragem” para iniciar uma conversa com uma garota, talvez aí esteja o objetivo deste “jogo”, dar um empurrão inicial para essas pessoas. Sobre esses termos descrevendo as ações sociais eu tenho uma teoria: o criador deste jogo jogava um jogo de interpretação de RPG chamado Dungeons and Dragons onde se tem definição muito parecida com esses termos utilizados por ele (geralmente por siglas). De qualquer forma, embora eu tenha achado um pouco exagerado alguns pontos, eu gostei da sua crítica! Sei que ficou longo esses pontos, peço desculpa por isso, mas só quis expressão minha opinião! Um forte abraço!

  6. Paulo says:

    Cara não fale de algo enquanto você não se aprofundou realmente em algo, você já viu um PUA em ação ? Não ? Então você não tem competencia nenhuma para falar algo, me diga, quantas mulheres passam na sua frente e vc não vai atras, não aborda, por medo, ansiedade ou algo parecido ?
    Vai dizer que você puxa conversa com todas as mulheres atraente que encontra ? ou você não é humilde suficiente para aceitar que tu não é um Deus da pegação ?

    • Izzy Nobre says:

      me diga, quantas mulheres passam na sua frente e vc não vai atras, não aborda, por medo, ansiedade ou algo parecido ?

      Nenhuma pois sou casado.

      E ao contrario dos membros do seu clubinho, jamais falei ou insinuei que sou “o Deus da pegacao”

      • Maxlife says:

        vejo em você..uma infacia solitaria onde vc era uma criança infeliz onde todos aos seu redor lhe apelidavam…como um ser inferior onde vc tentava conseguir alguma namorada mais…antes chegava um camarada mais estiloso e sempre a roubava a sua esperança.
        o tempo foi passando e vc continuo a se izolar a ser uma pessoa que queria mudar..conseguiu se formo na faculdade conseguiu um bom emprego e com isso conseguiu um casamento isso não é perfeito?
        mais sim o seu passado ainda lhe afeta com odio e raiva..dessas pessoas que sempre tirou a sua esperança e vc procurar por vingaça…quer rebaixa-los como fizeram com vc no passado uma criança pertubada e triste de poucos amigos e sempre foi zombado por estes caras que sempre lhe deu bem com as meninas que vc queria!!

        resumindo esquece esse odio que vc tem

        vc é um cara casado tem uma vida a construir

        pare de querer vingança a uma coisa que ja passou deixa o futuro seguir

        não queira ser superior so por que vc se casou

        deixa as outras pessoas tentarem num modo que elas podem encontrar ajuda nesses sites

        esquece esse odio esquece o passado!!

        • Izzy Nobre says:

          No tempo que você gastou digitando isso, você deixou 3 HB10s escaparem!

          • Maxlife says:

            Revele isso de vc ponha pra fora

            essa coisa de querer criticar uma coisa que simplesmente vc ver ao seu redor em troco de atenção

            aprende uma coisa a vida é uma obstaculo vai quebra-lo

            ou impedir as pessoas de tenta-lo?

            mesmo que seja algo rendido de fracasso sem tentativas não se chega a o sucesso aprenda isso!

        • Nelissa says:

          eu ia te zoar colocando um erro de português repetidamente nesse comentário, mas são muitos.

        • Joane Farias Nogueira says:

          Curioso, porque eu já passei por tudo isso. Muitas mulheres passaram, e são justamente aquelas que vocês desprezam por não serem 10 na aparência.
          Nem por isso eu fiquei por aí procurando um clubinho para pegar machos ou um clubinho onde eu julgo que todos os homens são animais irracionais incontroláveis sedentos por sexo e que precisam ser domados por uma mulher.

          • Jow says:

            Não vou me dar ao trabalho de responder ao autor do texto, ele queria atenção e já teve demais, agora pode voltar pro mundo real.

            Joane, eu te entendo quando falou do clubinho e de achar que os puas tratam as mulheres como animais e tals. Mas tenho certeza que vc não conhece a comunidade, caso contrário saberia que essa não é nossa filosofia.
            Após conhecer o mundo pua eu comecei a entender e respeitar muito mais as mulheres. Passei a prestar mais atenção em vcs e compreender p pq das mulheres às vezes não quererem ficar com alguns caras. Percebi que nem sempre que vcs estão em um bar ou balada vcs vão querer ficar com alguém, as vezes vcs soh querem tomar uma cerveja e conversar com as amigas.

            Não vou me prolongar, mas esses poucos exemplos é pra vc e todas as outras pessoas que passaram por esse post entenderem melhor o que eh ser um PUA, depois d conhecer realmente o que é, fiquem a vontade para fazer julgamentos, mas antes disso, peço caridosamente para não fazer qualquer tipo de critica baseados apenas em suposições pobres feitas por qualquer um com um notebook.

          • Jow says:

            Não vou me dar ao trabalho de responder ao autor do texto, ele queria atenção e já teve demais, agora pode voltar pro mundo real.

            Joane, eu te entendo quando falou do clubinho e de achar que os puas tratam as mulheres como animais e tals. Mas tenho certeza que vc não conhece a comunidade, caso contrário saberia que essa não é nossa filosofia.
            Após conhecer o mundo pua eu comecei a entender e respeitar muito mais as mulheres. Passei a prestar mais atenção em vcs e compreender p pq das mulheres às vezes não quererem ficar com alguns caras. Percebi que nem sempre que vcs estão em um bar ou balada vcs vão querer ficar com alguém, as vezes vcs soh querem tomar uma cerveja e conversar com as amigas.

            Não vou me prolongar, mas esses poucos exemplos é pra vc e todas as outras pessoas que passaram por esse post entenderem melhor o que eh ser um PUA, depois d conhecer realmente o que é, fiquem a vontade para fazer julgamentos, mas antes disso, peço caridosamente para não fazer qualquer tipo de critica baseados apenas em suposições pobres feitas por qualquer um com um notebook na mão.

    • Bob says:

      “Deus da pegação” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. Daniel Lord says:

    Rapaz, infelizmente pra algumas pessoas, os processos tendem a ser racionalizados, coisas simples como comer corretamente, andar corretamente, o nível “intelectual da coisa” manda. Acaba que essas pessoas não tem facilidade pra acessar seu lado instintivo.
    Resultado: Ou ele tornará-se um fracassado com as mulheres, nerd ou ele inventará um PROCESSO LINEAR e lógico EMPÍRICO (Pq Mystery -- Erick Von Marckovich esteve dez anos na vida noturna, praticando a “arte”. Outros nerds entraram de cabeça, vendo no tal papa a possibilidade de se tornarem pessoas mais felizes.

    Então, primeira coisa jamais critique algo sem testar e experimentar, ou mesmo conhecer a fundo.
    Porque esse mesmo cara deprimente tem um programa na TV, saiu com mais mulheres que eu e vc + todos os seus amigos x 3. E ele de forma indireta ajudou alguns caras, você provavelmente não o fez com o seu blog… longe de desrespeitar você, só estou enaltecendo a hipocrisia desse post.

    E outra o método funciona sim, mas ele é como placebo, “martele mil vezes e seu braço se adequará ao martelo” … repetitio “repetitio est mater sapientiae” Repetição é a mãe da sabedoria… então esses caras fracassando inumeras vezes estão a adquirir inteligência social, quer queira ou não, como nas artes marciais ou qualquer outra prática.

    • Izzy Nobre says:

      Hahaha acho legal você julgar o sucesso ou o valor do cara porque ele “pegou muita mulher” (baseado nele alegando que pegou). Parece moleque do ensino médio que mantém uma conta de quantas mulheres beijou na vida.

      Quando você completar uns 25, 26 anos você entenderá que existem outras prioridades na vida que pegar mulher.

      • Daniel Lord says:

        Amigo eu sei muito bem de prioridades, tenho 22 anos, julgo que já tenho experiência pra falar do assunto.

        Analisando do ponto de vista ANALÍTICO, existem coisas que FUNCIONAM E COISAS QUE NÃO FUNCIONAM, sem colocar aqui coisas como valor social,ética,etc… Só aquilo que funciona, você é que é o cara sem bases aqui, já que com toda sua “idade temporal” não aprendeu a julgar coisas as quais não conhece a fundo.

        O assunto em questão é PEGAR MULHERES, PUA, etc… então é natural que eu tome por base resultados e no caso o número de mulheres conquistadas.

        E sobre prioridades, o esquema antigo da Kabbalah se aplica muito bem nesse diálogo,a existência do homem moderno tem fatores irrenunciáveis que em essência podem ser resumidos em SAÚDE, CONFORTO E RELACIONAMENTOS. Se você se esgota em busca de dinheiro mas “morre na praia” nos relacionamentos acaba por afogar-se em mágoas, sua saúde se esvai. Se você tem bons relacionamentos, uma vida confortável, cheio de dinheiro, mas não cuida de sua saúde, a sua energia acabará e seus relacionamentos irão por água abaixo, assim como o dinheiro que gastarás tentando recuperar-se, e assim por diante…

        Amigo se quiser continuar com isso, numa boa pra mim, mas deveria ter humildade e reconhecer sua hipocrisia, continuando utilize de argumentos plausíveis, sem esboçar-se numa ideia que tens de mim ou de outros caras baseado no que comentamos aqui… Julgar de maneira errada é um defeito comum no homem moderno, não o condeno!

        • Izzy Nobre says:

          Parei de ler no “tenho 22 anos”.

          Me perdoe mas eu não vou ouvir conselhos de vida de quem ainda estava cagando mas calças quando o Brasil conquistou o Tetra nos Estados Unidos.

          Nada pessoal.

          • Daniel Lord says:

            Você não terminando de ler não muda o fato de você apesar de ter mais idade temporal que eu não ter capacidade intelectual pra continuar um discurso lógico, então eu também abandona você seu nerd escroto!

          • Valentina says:

            Tb parei de er no “tenho 22 anos”… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… Aaaaah, muleque!!!! kkkkk

          • Mustafá says:

            Bem… cada um tem sua opinião, fato, mas pelo que parece o autor está completamente afundado na matrix social.
            ele acha que ele sabe de tudo e com isso se fecha a novas ideias, lá encima aonde escreveu “parei de ler no ‘tenho 22 anos’ ” mostra exatamente isso, e pra não perder a discussão ele usa o conceito basico dos valentões “Se eu ridicularizar, eu sairei por cima”..

            “Ninguem é sabio o suficiente ao ponto de saber tudo e ninguem é tão ignorante ao ponto de não poder ensinar nada”

          • PUA says:

            Esse cara deve ser casado com uma gorda…

            Pode ficar feliz em saber que com 30 anos já comi mais de 370 mulheres e atualmente tenho uma namorada que me ama e me respeita, e é linda, e pra seu conhecimento, eu não a traio por opção, apesar de saber exatamente o que deveria fazer caso quisesse comer a sua esposa do jeito que ela merece e que você não deve fazer nem idéia de como é esse jeito. Ainda, aposto que você deve ter uma filha, ou duas… seu mané!!! vai toca uma bronha seu bostão!!!

          • TEN_CARMO says:

            Eu parei no “analisando no ponto de vista analítico”

          • Jow says:

            faz dois anos que vc escreveu isso amigo, espero que tenha mudado um pouco suas perspectivas, não sobre pua, mas sobre a vida.

  8. Marcelo says:

    É verdade esses puas sao uns retardados msm kkk mas há alguns sites ate mais maduros no que diz respeito a seduzir mulher tem esse blog que eu gosto por exemplo http://migre.me/aXQ2X

  9. Thiago says:

    Com relação a este post ele realmente é mto fraco e tem uma análise bem superficial da coisa. N se trata só de pegar mulheres e sim tb em melhorar sua habilidade social e consequentemente conhecer pessoas. Mta gente q adota este método está atrás até de conhecer uma possível namorada e ele te dá situações em q vc pode aproveitar um oportunidade de abordar alguém n só na noite mas como no dia-dia tb.

  10. Viper says:

    Cara, por um lado entendi seu lado crítico, tenho uma visão assim também…

    Mas a questão é: você pegou muita coisa americana, em versão tupiniquim a coisa é diferente…

    Não irei debater sobre, mas se quiser saber mais sobre algo, contate-me.

    Você pegou apenas o superficial.

    É como chamar alguém de nerd só porque ele gosta de computadores ou algo assim…

    Bom, espero que tenha entendido meu ponto de vista 😉

  11. Caro Izzy Nobre, curto seu trabalho, mas nessa aqui, foi uma bola fora bem dada na minha visão.

    Pareceu um religioso discutindo a fé alheia sem saber a coisa por dentro e tentando minimizar a coisa ao máximo gritando por atenção.

  12. Mukeka says:

    E quanto mais gente não entende o verdadeiro sentido de ser um PUA, mais mulheres infelizes existirá no mundo… Logo… Mais mulher sobra…

    Obrigado por fazer existirem mais homens assim no mundo 😀

    OBS: a explicação está completamente errada

  13. Erich Sousa says:

    Deprimente é esse post altamente desinformado e tendencioso! Sugiro que, antes de escrever algo pra ser levado a sério, você realmente faça uma pesquisa completa a respeito do assunto a ser abordado. “Pickup” não é apenas sobre pegar mulheres, mas principalmente sobre construir uma personalidade segura e confiante, que te dá foco e habilidade para conquistar grandes objetivos na vida. E antes de digitar uma réplica ao meu comentário argumentando qualquer asneira, assista pelo menos a 1º temporada do programa exibido pela VH1 -- assim você perceberá de que forma a “comunidade da sedução” pode efetivamente contribuir para o crescimento de um homem.

    P.S.: Eu realmente devo levar a sério um cara que cria um texto entitulado “O dia em que caguei no tapete do banheiro”? Fica difícil…

    • Izzy Nobre says:

      Sim, certamente irei adotar uma filosofia de vida baseada num reality show da MTV. Você tem razão.

      • Erich Sousa says:

        Perceba que em nenhum momento eu sugeri que VOCÊ ADOTASSE a filosofia de vida dos PUA’s -- somente recomendei que, PARA COMPREENDER o tipo de mudança que acontece na vida desses homens, você assistisse o referido Reality Show e escutasse da boca dos próprios participantes a importância de vivenciar esse tipo de experiência. Cada um tem sua forma de amadurecer -- seja lendo Nietzsche, Santo Agostinho ou o Método Mystery…

  14. Lucas Silva says:

    Boa champz, você parece ser um cara bem sensato e aberto a opiniões.

    PS: Você conseguiu atingir seu objetivo com o texto…
    Me fazer rir. Achei muito engraçado
    Obrigado pela atenção
    Abraço

  15. puars says:

    Eu sou um pick-artist e desafio qualquer um de voces a ir pra campo comigo, o dia que voces pegarem uma parcela das mulheres que eu ja tive e da qualidade que eu ja tive a gente pode discutir, mas agora voltem para as punhetas, porque só assim voces podem pensar em pegar uma hb10
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • luispereira11 says:

      Você não entendeu que a crítica é exatamente essa? Você está distorcendo totalmente o papel dos relacionamentos na sua vida, menosprezando as mulheres e se tornando um babaquinha que pode até conseguir uma ou dez mulheres por noite, mas não vai conseguir nenhuma que queira ficar com você por mais de um dia.

      • Paulo Ricardo says:

        mas não vai conseguir nenhuma que queira ficar com você por mais de um dia.

        Tu não sabe um A do que está falando, hahahaha. PUAS tem mulheres aos pés quando querem, e também tem relacionamentos duradouros, casamentos e etc. E por sinal, muito mais emocionantes!

  16. Leandro Martins says:

    cara, imagino que sua mulher deva ser aquela com quem vc não se imagina sem, com quem divide tudo e te faz feliz na maior parte do tempo. Não entendo seu egoísmo com o mundo pua onde a quantidade (contrário ao que vc diz) não é o essencial para ser um bom pua e sim conseguir conquistar aquela mulher que pode ser a mulher da sua vida como vc ja conseguiu. Qual o problema de ser um pua e ter capacidade de ter mulheres das quais vc nunca irá conseguir? acredito que seu PRECONCEITO com o mundo pua é advindo de inveja e medo de que sua mulher se torne alvo deles… seria bom vc conhecer um pouco mais sobre o mundo pua, seria um presente a sua mulher o que vc pode aprender conosco. Espero não ter colocado sua mulher como alvo pois seria triste pra vc saber o resultado!

  17. Limo says:

    você se expressa bem cara… porém, tem muita falácia no seu texto. Boa parte dos seus argumentos se basearam em descrições mal elaboradas e ofensas gratuitas. Recomendo que estude mais sobre o PUA e exponha um contra-argumento ao invés de só “zombar” de uma idéia. Como é a forma correta de chegar nas mulheres? Qual o seu idéal sobre ensinar pessoas na area de atração? Convenhamos que o blog é seu, mas se vc tiver a humildade certa e for um cara de opiniões abertas vai entender o que estou dizendo.
    abraço

  18. Rafael says:

    Olá, tudo bom ?

    Você esqueceu uma coisa sobre o The PickUp Artis 😀

    PUA não é simplesmente só ´´Pegar“mulher. É também como construir uma VIDA, como virar mais Social, como ser um Homem Bom,etc!!!

    Veja as historias das pessoas que conheceram o PickUp e mudaram. Eu, estou no inicio, mais eu melhorei muito. Comecei a cuidar de mim próprio.

    Se você conheceu o PickUp só para pegar uma mulher, por favor esqueça que o Pick Up.

    • Jefté says:

      “PUA não é simplesmente só ´´Pegar“mulher. É também como construir uma VIDA, como virar mais Social, como ser um Homem Bom,etc!!!”

      Na boa? Se eu for querer saber o real significado de ser um ‘PUA’ não precisaria sair por aí pesquisando friamente por fontes ou relatos ou algo do tipo, bastaria ler o monte de lixo que esse povo escreve nos comentários defendendo essa ideia escrota: Paulo Ricardo says: “Eu sou um pick-artist e desafio qualquer um de voces a ir pra campo comigo, o dia que voces pegarem uma parcela das mulheres que eu…”. PUA says: “Esse cara deve ser casado com uma gorda…
      Pode ficar feliz em saber que com 30 anos já comi mais de 370 mulheres e atualmente tenho uma namorada que me ama e me respeita […] apesar de saber exatamente o que deveria fazer caso quisesse comer a sua esposa do jeito que ela merece e que você não deve fazer nem idéia de como é esse jeito.” Resumindo: PUA’s, aparentam ser pessoas retardadas que tratam mulheres como um objeto e acham que são os Deuses do Amor onde não demonstram o mínimo de respeito ao próximo. Eu não sei que tipo de coisa se passa na cabeça desses babacas medíocres a ponto de fazer esse tipo de coisa e não tenho o mínimo de interesse em descobrir.

  19. Lucas says:

    Cara, como disseram lá em cima: parece que você tá levando pro lado pessoal.Recalque, inveja, frustração ou o que? O Mystery se veste dessa maneira, sim, mas ele mora em Vegas. Lá muita gente se veste espalhafatosa. E se você não sabe, o Will Smith fez aulas com ele pra fazer o filme Hitch. Se você não gosta dos caras, delete. Apague da sua mente e pronto. Siga sua vida. Do jeito que você falou, parece que andou em algum dos fóruns, hein ahahaha
    Deixe quem quiser fazer o que quer. Da mesma maneira que há gente “normal”, há outros tipos de pessoa: os fãs de rpg, os otakus, punks, hippies etc. Cada um com seu estilo de vida. E eu duvido que estariam tão preocupados a ponto de fazer um post imenso falando sobre a comunidade da sedução.

  20. Aruan says:

    O Pua não se baseia nessas “regras” que mystery criou [vide: Mystery Method] é apenas um jeito que deu certo com ele. A milhares de outros métodos, mas todos se baseiam na auto confiança. O Pua mudou minha vida, antes eu era um nerd antisocial que não falava com ninguém, hoje sou uma pessoa sociavel, corro atrás dos meus sonhos, tenho confiança em mim e o principal, aprendi a amar e ser amado pelas pessoas.

  21. Cara, uma das coisas que aprendi no PU é a não me importar com o que os outros pensam. Pessoas tem opiniões divergentes, vai ser sempre assim, o que você pensa não vai mudar em nada o que eu penso a respeito de mim e a comunidade PU. O que posso te dizer é que quando estou disputando uma HB com um leigo, chego a sentir pena, é realmente interessante poder ler o comportamento das pessoas e saber o que elas estão pensando antes mesmo que elas saibam, por isso eu pessoalmente posso garantir, que o que eu aprendi no PU fez muita diferença, e olha que eu nunca fui um desses caras que não pegam nada. Só me arrependo de não ter conhecido antes.

  22. Paulo Ricardo says:

    Não perdi 5 minutos lendo isso, mas já perdi dias lendo sobre abordagens, relacionamentos, NEG’S e etc .. Não entendi qual o problema disso, se tu perde tempo fazendo vídeos no youtube, matérias sobre comunidades de sedução, falando de vídeo games antigos, pelo amor do Pai, vai passear com tua mulher e se ocupar. Qual o problema em perder tempo aprendendo técnicas de como chegar em mulheres? E mais meu amigo, de como manter um relacionamento estável, não sei se você pesquisou direito, mas a comunidade não é diretamente a sedução de ‘pegar mulheres’, la é bem explicado que em uma conquista não se deve mentir, e se deve ter cuidado com quem faz, e o que faz, é claro que se tem pessoas más também, que se utilizam para azaração. Eu particularmente me tornei um ALPHA depois que entrei na comunidade, aprendi muito sobre PNL, Finanças, Relacionamentos com parentes, SIM ! Melhorei muito meu relacionamento com meus pais e etc, profissionalmente falando, umas 3 promoções e algumas medalhas, então o X da questão é que a comunidade é feita para um crescimento pessoal, e isso envolve conquista. Sei porque você escreveu isso, sabia que ia dar ibope 😉 E é isso que você quer, quem vive na internet vive disso, assuntos que geram discussão. Você vai saber o poder de um neg quando levar um pé na bunda, hahaha

  23. andre says:

    GALERA ESSE CARA TA QUERENDO FICA FAMOSO PAREM DE DAR ATENÇÃO PARA ISSO E BOBEIRA PERDA DE TEMPO. ELE NÃO TEM MOTIVOS REAIS PARA FAZER ISSO A NÃO SER FAMA. SE O PESSOAL COMEÇAR A XINGAR OU BRIGAR COM ELE AI SIM ISSO IRA ATE PARA MIDIA.PORTANTO NÃO LIGUEM PARA ESSAS CRITICAS E CONTINUEM SUAS EVOLUÇÕES

  24. João says:

    Saudações, Izzy. Faço parte da comunidade PUA faz dois anos e, ao contrário do que pensa, não vim para atacar seu texto, e sim apresentar um ponto de vista complementar ao mesmo.

    Nem todo homem nasce dotado da capacidade para abordar uma mulher. No entanto, tal parcela é minúscula -- e como tal habilidade é “natural” para boa parte das pessoas é compreensível que aqueles que pertençam à maioria julguem e critiquem aqueles que recorrem a uma ajuda, digamos, “mais técnica”.

    Eu, por exemplo, nasci com um talento para desenhar -- e desenvolvi por contra própria, sem curso. No entanto, seria ilógico se eu criticasse quem não nasceu dotado desse dom por procurar um curso que o ensine a desenvolvê-lo -- e tampouco dizer a ele que, para desenhar, basta desenhar -- não há curso para isso.

    Óbvio que sempre existirão maçãs podres nessa árvore, conforme muito bem elencados por você -- os tais babacas, que tratam mulheres como objeto ou estatística. No entanto, há uma vertente de homens que procuram essa comunidade tão somente para que no dia que encontrem aquela mulher que mexa com eles, não hesitem em abordar.

    Minha timidez era extremamente crônica e hoje, graças a Deus isso não constitui problema para mim. E estou engatando namoro com uma menina que tenho certeza de que meu antigo eu não teria abordado em um passado não-tão-distante.

    Infelizmente, a mídia é extremamente focada no método do Mystery (óbvio, pois foi aquele que ganhou projeção), mas existem muitos outros -- não tão robóticos. E boa parte deles sequer focada no processo de sedução em si, e sim no desenvolvimento pessoal do homem (hobbies, esportes, trabalho, estilo de vida) e um mínimo de técnicas de relacionamento interpessoal para que este aborde, porém sem perder sua verdadeira essência.

    Sim, há quem faça mau-uso e vire um babaca -- impossível discordar disto. Mas, não se esqueça daqueles que tiveram as melhores intenções em procurar essa ajuda.

    No mais, parabéns pelo artigo. Um abraço!

  25. Maycon says:

    Nossa você conseguiu me fazer rir, Muitas pessoas tem dificuldade de se relacionar, de desenvolver seu lado pessoal e comunicativo, é você esta errado em dizer que é somente para pegar mulher, e sim conquistar as mulheres, muitas vezes homens entram no PUA para conquistarem uma garota em especial, assista o filme hitch o conselheiro amoroso esse filme explica exatamente como um cara sem nenhum atrativo fisico pode conseguir qualquer mulher.Mas nem vai adiatar esse meu post pois você não está aberto a novas ideias e nunca vai se desenvolver como pessoa.

  26. Carlos says:

    Engraçado CERTAS pessoas dizerem que o post é superficial, que o autor deve se aprofundar no assunto, experimentar para ver como é que funciona. Mas alguém aqui fez ciência politica na hora de criticar politica, estudou profundamente como a politica funciona, alguém virou politico para criticar depois? Creio que não, hipocrisia é fod*. Criticas sobre imparcialidade creio que nem deveriam existir até mesmo porque nada é imparcial, seja uma imparcialidade proposital ou inconsciente. Imparcialidade existe em todo lugar, mesmo em uma reportagem do Jornal Nacional ou uma noticia no The New York Times. O que podemos fazer é identificar essa imparcialidade e refletir, seremos uma sociedade melhor quando todos fizerem isso. Sobre o bate boca sobre relacionamento nem vou me envolver, isso vai de pessoa para pessoa, que cada um olhe para si mesmo e reflita.

    • paulo cardoso says:

      De certo modo seu comentário errado pois ao usar a politica VC esquece do fato de sermos cidadão e exercemos politica o tempo inteiro, na hora de votar ao ouvir as propostas de certos políticos e ao apoiar partidos por suas ideologias de governo etc.eu acho que ele deveria ter posto os pros e os contras mesmo que sua opinião segueria mas para um lado do que o outro mesmo assim teria posto uma interrogação pondo as pessoas a pensar.mas vivemos num pais ‘democrático’ ondem supostamente podemos expressar nossa opiniões sem medo de represálias de pessoas e do próprio governo, no qual pela nossa própria consciência respeitariamos a opinião de cada um.

  27. Mussashy says:

    Cara não fico com raiva de você, apenas pena, tá certo que opinião e rabo cada um tem o seu e você ta dando a sua (não sei se é só a opinião né) o PU não é um jeito de cara pegaram todas as mulheres na balada, é uma ajuda a homens que não tiverem a sorte de aprender naturalmente a conquistá-las, ele apenas mostra que qualquer homem, seja alto, baixo, gordo, magro ou um Anão numa cadeira de rodas (procure pelo PUA Sean Stephenson e me diga se isso é uma coisa ruim) pode conquistar uma mulher, então eu apenas peço que deixe de recalque ou seja lá o que for e aprende verdadeiramente o que é o PU antes de falar bobagens

    Aliás tenho uma pergunta, quantas mulheres o senhor fodão nerd que tem um blod idiota já conquistou?

    • Izzy Nobre says:

      Sou casado. Quando você atinge uma certa idade, isso de sair “conquistando” o máximo de mulheres possível pra auto-afirmar a própria masculinidade deixa de ser prioridade.

      Abraço!

  28. Pereira da Silva says:

    Eu entrei nessa merda PUA há muito tempo, quando saiu o The Game (livro do Strauss), ainda antes de haver uma “Universidade da Sedução” no Brasil.

    Analisando de verdade a parada, ela é mais ou menos como o futebol, a religião ou a política: na verdade, não tem nada de errado com o Mistery Method ou com outras paradas, o errado está nas pessoas.

    O MM, por exemplo, são apenas diretrizes para pessoas ineptas socialmente entenderem como funciona uma interação social. Sabe quando a sua mãe diz “Filho, use o ‘por favor’ quando pedir algo”? É mais ou menos isso. O Neg, que o Kid explicou no texto, é só um truque pros usuários não caírem na própria armadilha de ficar falando que a menina é linda a cada 5 minutos. A ideia de se “pavonear”, como diz o Mystery, é só pro usuário deixar de ser tímido. Enfim, são coisas no naipe: “você é inepto socialmente porque faz essas merdas. É assim que as pessoas fazem normalmente”.

    Só que, assim como no futebol, religião ou política, existem pessoas que entram nesse meio e vêem a oportunidade de ficarem “populares” por ali e tal. Tem esse tipo de gente em todo lugar. Elas pulam de tribo em tribo (sabe aquele seu amigo que há uns anos era maconheiro, virou ativista pro-vida, depois criou um site nerd, hoje é hipster e amanhã será a moda do futuro? então), buscando se fixar na onda do verão. Aqueles que se fixam, se tornam otários como os que andam postando por aqui e ficam EXTREMAMENTE ofendidos quando alguém discorda da moda atual.

  29. Ximenes says:

    O PUA é muito mais do que pegar mulher, o PUA é sobre entender a dinâmica da relação entre homem e mulher. Engraçado, mulher vive lendo revista sobre como se vestir bem, como conversar com os homens, discutem isso com as amigas e nós homens não podemos? O que estamos fazendo é uma coisa que as mulheres já fazem a MUITO TEMPO, todo mundo sabe que o homem demora a se desenvolver tanto físico quanto intelectualmente e muitos homens acabam sofrendo em relacionamentos ruim. O PICK UP trás a essência que todo homem deve ter e, que, infelizmente, por causa da mídia, religião ou pressão família, acaba perdendo. O PUA já ajudou muitos homens, você não tem noção.

  30. Daniel says:

    Ae pessoal, pq vcs levam tão a sério uma crítica feita por um maluco qualquer na internet? Deixa o cara postar o que ele quiser, vcs tem coisas mais importantes pra fazer. Quem conhece PU sabe que não se trata de ser o fodão pegador da balada. É sobre ser uma pessoa melhor, adquirir mais confiança pra todos os aspectos da vida. Se o cara não se identificou com os conceitos da comunidade, foda-se, deixa ele esculachar tudo o que ele quiser. Vamo continuar com nosso aprendizado, que lembrem-se, envolve NÃO SE IMPORTAR COM OPINIÕES ALHEIAS QUE TE ATRASEM.
    Sucesso a todos!!

  31. puars says:

    A verdade que você é um nerd frustrado que aposto que é casado com uma tremenda baranga, e ainda beija os pés dela, porque tem a certeza que se a perder não pega mais ninguem.
    Nós os puas, não nos apegamos a ninguem porque temos fartura de mulheres, ou seja as mais bonitas, aquelas que você só pega em sonhos e vendo revistas ou assistindo a programas de strip tease na tv, e se mata batendo punheta, porque sabe que de outra maneira tu jamais vai sequer falar com elas.
    Enquanto tu fica aqui falando essas merdas, pesquisando a vida dos outros, eu e os meus colegas estamos por ai comendo as gostosas, e curtindo a vida.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Maxlife says:

      è isso ai kara toca aki o/ é nozessss seu nerd fendendo cheetos e punhetao dos deuses nozes somos comedores concerveja seu velho idiota aposto que sua mulher se mastubar pensando num cara totalmente diferente de vc coitadaa!!

    • Pablo says:

      Pera aí, então eu devo acreditar que um cara que perde tempo num Blog de um nerd e ainda é postador assíduo de um fórum pega mina de capa de revista masculina.
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKk
      Cara me mijo de rir dos pirralhos. xD

  32. anymind says:

    o artigo toca um ponto real e que precisa mudar na comunidade: os robôs sociais que ela cria, porém Voce generalizou ao partir da premissa que todos os puas sao assim. nisto Voce errou, eu entrei na comunidade como um nerd que tinha medo de conversar com as pessoas principalmente com as mulheres hoje sou bem sóciavel, investi no meu corpo no meu inner game,(que seria o conjunto de auto estima, Confianca e etc) graças a comunidade que tu tanto crítica. além disso, pelo conteúdo de seu artigo Voce conhece apenas o mystery method e ele é apenas a ponta do iceberg que chamamos de comunidade pua. por favor se aprofunde no assunto, pois eu estou dentro da comunidade e o que mais vejo ao meu redor sao homens buscando o desenvolvimento pessoal e amoroso tentando evoluir como pessoas, buscando a masculinidade retirada pela sociedade. nao fale do que Voce nao conhece de verdade. o pua transforma moleques, nerds e garotos em homens de verdade. a maioria dos que falam que pegam todas as garotas na comunidade, que se gabam, sao os kj (keyjokers) que nao abordam, nao evoluem apenas ficam sentados o dia todo no pc se masturbando e tentando manter a pose de pua fodao prum bando de desconhecidos que encontrou na internet. estes nao sao puas, mas sim a escoria da humanidade.

  33. Casanova says:

    Cara o teu conceito sobre PUA esta complemente errado, eu sou PUA, e com muito orgulho. Eu sou adepto do “Mode One” (basicamente o mode one, se resume em falar nas mulheres aquilo que elas querem ouvir, mas acham que você não é homem suficiente pra faze-lo… procura se aprofundar sobre isso no google), ou seja; ser sincero com sigo mesmo, e com as mulheres, sem joguinhos e manipulações.

    Por exemplo: Se eu quero apenas sexo com uma mulher, deixo bem claro que é só isso que eu quero. Cabe a ela aceitar ou não. Se ela aceitar beleza, se não, sigo adiante.

    Se eu quiser ela como namorada, também falo isso pra ela. Cabe a ela aceitar ou não. Simples assim. Não vejo nada de errado em ser honesto.

    A maoiria dos “homens comuns” são egoístas, prometem fundos e mundos só pra levar uma mulher pra cama, um PUA não faz isso. Ele é homem o suficiente para expor os seus desejos.

    Eu não seduzo, eu me submeto ao prazer de amar as mulheres. Sou um escravo do amor, amo e respeito todas as mulheres, seja ela negra ou branca, rica ou pobre, gorda ou magra.

    Amos-as tanto que dedico uma boa parte do meu tempo estudando várias formas de dar pazer numa mulher. Sim, eu estudo orgasmo feminino e não me envergonho disso. Da mesma forma que eu gozo de tanto pazer na hora do sexo, também quero que a minha parceira faça o mesmo. Não sou egoísta que nem esses caras que deixam as mulheres na mão. Pergunte para as mulheres, quantas vezes elas já tranzaram e não gozaram? A resposta será assustadora!!!

    Pelo que eu saiba, nenhuma mulher saiu insatisfeita dos meus braços. Mas o pick up é muito mais do que “pegar mulheres”, é um estilo de vida.

    Nos pregamos a filosofia “viva cada dia como se fosse o último. Tenha uma vida saudável, enriqueça, pratique esportes, cultive amizades, e acima de tudo, tenha amor proprio que as mulheres virão naturalmente”. Nós não somos babacas, é lógico que existem algumas frutas podres na nossa comunidade de ‘Artistas da Sedução’, mas por um não podem pagar todos. Não generalize as coisas, o nosso objetivo não é enganar as mulheres, mas sim ama-las.

    Me dê uma hora com uma mulher, e eu te prometo que ela jamais se esquecerá de mim.

    E por último: Mulheres não odeiem os PUAS, eles são os únicos homens que realmente amam as mulheres tal e qual como elas são. E sabemos muito bem que vocês não são perfeitas, que por trás desse corpo esbelto e dessa rosto angelical, há uma menina que anseia por uma paixão intensa, alguém que faça o seu coração arder de tanto de prazer. Eu sou PUA e posso lhes proporcional esse prazer.

    Portanto, esse artigo é um tanto quanto exagerado e inapropriado sobre o assunto. Procure investigar mais, antens de criticar uma classe de gentleman’s.

    Vocês sabias que várias pessoas deixaram as drogas graças a comunidade de sedução? Vocês sabiam que vários homens reconquistaram as suas ex namoradas graças a comunidade de sedução? Vocês sabiam que vários homens tentaram se matar depois duma desilusão amorosa, mas graças a comunidade de sedução não fizeram? Vocês sabiam que hoje em dia vários homens têm uma namorada, e outros estão casados e têm filhos graças a comunidade de sedução? Esses são só alguns exemplos do quão bom é ser PUA. Think about it 😉

    “Muitas pessoas morrem, mas nem todas vivem de fato”

  34. Maicon says:

    Fala ai manolo ^^
    Você também poderia dizer que artes marciais e uma coisa patérica pois quem faz, faz com intuito de bater em todos na rua.
    Parece que não, mas existe uma grande quantidade de pessoas que tem dificuldades em interagir socialmente não somente com mulheres mais no geral. imagina você com 20 anos e nunca ter ficado, falar com nenhuma mulher ou não conseguir nem perguntar a hora para alguém parece exagero ou besteira isso mais existe pessoas assim…
    Obvio que sempre vai existir babacas no meio como também existe uns marombados que fazem artes marciais para bater em quem passa na rua ‘-‘
    você poderia ao menos ler um pouco mais sobre o assunto para tentar entender melhor.

  35. JEFFERSON says:

    ISSO É MUITO ENGRAÇADO CARA< SEU POST É BOM SIM< É SEU PONTO DE VISTA, E OS CARAS QUE NÃO GOSTARAM, DEVERIAM RELAXAR< POIS SE VCS SÃO PUAS MESMO < POR QUE SE PREOCUPAR COM UMA CRÍTICA, AFINAL UM PUA TREINA PARA ACEITAR CRÍTICAS E MELHORAR COM ELAS, NÃO CONCORDAM, ENTÃO RELAXEM E ACEITEM

    PS: SOU MEBRO DO SITE PUA BASE BRASIL, ENTÃO EU POSSO FALAR, O CARA TÁ CERTO ELE TEM QUE FALAR MESMO E NÓS ESCUTARMOS, E MOSTRAR PARA NÓS MESMOS E NÃO PARA OUTROS, QUE PODEMOS, ALGUMAS COISAS TÃO UTRAPASSADAS IGUAL O CARA FALOU MESMO, MAS O PROBLEMA É NOSSO,

    CARA GOSTEI DO SEU POST VC É INTELIGENTE PRA CARALHO MESMO, AINDA BEM QUE NÃO LIGA PRA MULEKE FALADOR

    PS: DESCULPA OS ERROS DE PORTUGUES E PARABÉNS.

  36. ktimberlake says:

    Espero que autor desse post tenha noção do que representa essa comunidade para os que nela veem a única saída para o sucesso nessa área de suas vidas e a encontra.

  37. RJH says:

    Hahaha! Ótimo texto!
    Esse assunto sempre dá o que falar…
    Cara, fiquei quase 3 anos (intensamente) nessa “vida de PUA”.
    Na época devorei tudo quanto é tipo de livro. Já sabia inglês, então pra mim o material era vasto.
    Sou da época que essa cena não era muito divulgada no Brasil, e posso te garantir que fui um dos membros mais ativos dos fóruns e comunidades. Hoje em dia vejo muitos caras que “estudavam” comigo, dando cursos, seminários, entrevistas, etc.
    Engraçado

  38. RJH says:

    Engraçado é que mesmo estando lá, sempre achei (e ainda acho) ridículo tudo aquilo.
    Sempre procurei ser imparcial ao ler e praticar o que os materiais propunham, e apesar de achar escroto, reconheço que tem muita coisa que funciona e faz sentido, algumas do ponto de vista lógico e outras do ponto de vista científico.
    Um exemplo de lógica: O caboclo leu um livro que propõe abrir uma “interação” com 10 mulheres desconhecidas por dia. Mas é óbvio, evidentemente que ele terá mais chances de ter sucesso do que um homem que não se força a fazer 10 interações por dia. Então o caboclo faz isso durante um mês e consegue pegar 15 telefones, beijar 8 mulheres e ter sexo com 3 delas, nesse único mês. Por quê? Porque ele é um PUA! Mas que diabos! Creio que se o meu avô abordar 300 mulheres por mês, conseguirá uma taxa razoável de sucesso, sem estudar técnica nenhuma.
    Sem querer generalizar, mas o perfil de uma pessoa que procura a comunidade PUA, por mais que me crucifiquem ao falar isso, na maioria das vezes é o perfil de algúem que teve pouco sucesso com mulheres. Então pegue um cara desses, entupa-o com auto-confiança, faça-o abordar 300 mulheres e conseguir sexo com 3 delas, que a vida dele se tornará um mar de rosas.
    Os amigos precisam se conscientizar de que este dito “sucesso”, na maioria das vezes não provém das técnicas (a maioria escrota e ridícula), e sim do ato de fazer uma ou mais abordagens com a suposta auto-confiança adquirida após ler um livro do gênero.
    E claro, também existem muitas coisas que funcionam. Coisas que provém da Psicologia e Sociologia, nada disso iventado pelos “gurus Puas”.
    Mas ao todo, é uma coisa interessante de ser “estudada” imparcialmente por qualquer pessoa que tenha dificuldade em interagir com outras. Tirando a auto-ajuda, em casa livro dá pra encontrar 5 páginas que façam sentido cientificamente e que podem ajudar.
    Agora, seguir o estilo de vida, se auto-denominar PUA, peacocking, etc… Pra mim, é tudo uma merda. Absorva o que é realmente útil e siga sua vida, não siga o estilo de vida PUA.
    Vocês não são PUAs! PUAs não existem!
    Existe ciência.

  39. Carlos Monferrer says:

    isso só funciona nos paises (colonizados pela gra-bretanha) onde as mulheres gostam deste estilo de serem caçadas, as mulheres do nosso pais são descoladas, elas sabem o que querem quando querem, posso até dizer que é mais fácil ser pego do que pegarrrrrr

  40. Ramon says:

    Tava dando uma pesquisada sobre essas coisas na net e acabei tropeçando em seu site rs.

    Eu acredito que esse tipo de coisa: Homens que saem para pegar geral e que trocam conhecimento entre si, sempre existiu no mundo. O que ocorri é que hoje em dia, devido a tão citada internet, essas informações estão livres para qualquer pessoa que tenha acesso a internet.

  41. Debon says:

    Como que alguém inteligente consegue gastar tempo pra escrever um texto tão insignificante, mesquinho, invejoso, revoltado como esse? para uma pessoa se dar o luxo de gastar tempo pra criticar algo que ajuda muita gente como a comunidade PUA, só pode ter algum problema psicoterapeuta! Fiquei com dó do autor desse texto! e dou um conselho! procura um psiquiatra querido! que o teu problema é muito grave!

    • Breno Enrico says:

      Sério mesmo que essa auto ajuda barata ajuda ? HAHAHA! Esse Mistery é um charlatão e essa técnica é tudo balela. Só o glossário que os PUA criaram já é tosco demais…

  42. Debon says:

    Claro que algum PUA deve ter colocado corno nele! olhem o video e vejam o perfil de perdedor do cara! dai ele escrever tanta asneira! um nerd perdedor revoltado que as mulheres tem nojo!

  43. Filipe says:

    Iae Izzy, de fato o Mystery tem livros e é adorado por grande parte dos PUA, porém os livros fazem com que a pessoa se torne muito robótica e perca toda a parte especial que cada um tem, além de ter outros autores que tentam fazer com que os caras melhorem a auto estima para se sentir confortável para conseguir uma namorada, por esse lado de ajudar vários caras a melhorar a auto estima e etc é um bagulho bem interessante, já o Mystery, é babaca mesmo.

  44. Kill Man says:

    Ué cara. Pois tú acredita que minha vida melhorou muito depois que encontrei esse tipo de comunidade e de material? Mermão, eu com quase 40 anos na cara se “peguei” umas quatro guria na vida foi muito, tipo eu sou do estilo “feinho” (modo simpático de dizer rs..), só “trepei” pq uma se “aproveitou” de mim pq eu estava bêbado e ela era um verdadeiro “canhão” pq caso contrário eu tinha dado uma voadora, kkkkk e a outra foi depois de uns 6 anos eu alugando, acho que ela deu só pra se livrar de mim. kkkkk
    Mas com a ajuda desse tipo de material me tornei mais sociável e ando até pegando umas “bunitinhas” por ai. Antes eu era deprimido, mal tinha coragem de dizer um simples Oi pra uma guria e tals, tá certo que eles se acham “os mestres da piroka de ouro” mas algumas dicas deles comigo funcionaram e estão a cada dia melhor, aqueles termos “técnicos” realmente são estranhos, eles tinham que falar no popular. Mas tipo eu não tiro os caras não, os conselhos deles são bons e também acho que esse negócio de pagar pelos cursos realmente chato, eu nunca paguei, só que comprei um livro ou dois, baratinho, menos de vinte conto e um DVD rs…
    Mas é isso aê, cada um com seus problemas, uns gostam e outros não. Mas a intenção é boa. Não sou nenhum garanhão ainda mas tô bunito na cena e nas baladas não me cago diante de uma loirassa que daria pra qualquer um menos pra mim, tem umas q até estou conseguindo uns beijinhos já. hehehe
    Bom o que tenho pra dizer é que as dicas deles acabam ajudando caras com espinha na cara que passa o dia batendo punha no banheiro a ir atrás e tentar se dar bem. Tudo vale na hora do amor não é mesmo?
    Como diz um velho ditato. “No amor e na guerra vale tudo!” Um abraço.

  45. Fun says:

    Olá,
    Li o post e achei um tanto quanto engraçada a forma que o expôs. Sua opnião é toltalmente visível e, pelo que vi, jamais seria imparcial ao retratar algo. Respeito-a mas não entendi o motivo de tanto desprezo. rs

  46. Kam says:

    você é tão contraditório meu amigo, que teve que colocar um assunto assim para ter umas visitas a mais neste lixo de blog ou sejá lá como for…

    amigo eu tenho 36 anos já fiz 3 faculdades e sou pua, o que você julga sucesso ou não é apenas uma visão sua de vida.

    só nao venha falar de um assunto que não tem um mínimo de conhecimento… você não pode criticar algo que nem sabe o que é para chamar atenção.

    só de ler o que escreveu já da para ver que vc é um fracassado o típico cara que só fica na net o dia todo sem nenhuma emoção..

  47. BuffaloSoldier says:

    Curti o post Izzy, mas como sempre, o buraco é muito mais embaixo. Uma parcela da comunidade PUA simpatiza com Mens Right Activism -isso se deve ao fato de que quem procura esse tipo de comunidade já tem alguma frustação em relação a mulheres. Na visão dos caras as mulheres são seres pérfidos e malvados, que mesmo depois de serem tratadas super bem pelos “getlemen” SE RECUSAM A FICAR COM ELES (pode isso?É um absurdo não é mesmo?), preferindo ficar com “Badboys” ao invés dos santos. Quem pensa assim é infantil, não sabem ouvir um não como resposta. A intenção desses caras é comprar a garota que gostam através de favores, e quando isso não acontece eles simplismente surtam e culpam a garota por não gostar dele, ISSO É COMPLETAMENTE IDIOTA E INSANO -e é ai que o conceito de friendzone; que era simplismente o cara se apaixonar pela amiga e ela não corresponder; foi distorcido para mostrar o babaca como um pobre coitado e a menina como uma malvada que não quer dar pra ele, mesmo depois de ele ser tão “legal” com ela. O cara que não foi correspondido, se sentindo extremamente frustado (e com raiva), tem uma idéia genial. Já que a garota que ele gosta (ou só queria comer mesmo) trocou ele por um “BadBoy” a solução é ele mesmo virar um BadBoy, e é ai que surge essa merda toda, e não para por ai. Cedo ou tarde o cara vai se deparar com o conceito idiota de homem Alpha e homem Beta, onde o Beta é aquele cara que age, coinsidentemente, da mesma maneira que o retardado agia anteriormente. Há, mas isso foi antes de ele sair da “Matrix social” através dos sagrados textos PUA que o libertaram da tirania feminina (percebe-se ai uma espécie de projecão psicológica, não é mesmo?).
    Além de toda essa merda, as técnicas PUA utilizam conceitos de “engenharia social” e Neurolinguistic Programming (NPL) -muito utilizado em livrinhos de auto ajuda, ditando que mensagens podem ser captadas a nível subconsciente e utilizadas para influenciar as pessoas e “aprender” (por osmose) enquanto dorme, joga vídeo game, toma banho, etc…- resumindo, pseudociencia pura. É muito comum também utilizarem de apelo a natureza (como no caso do Peacock), pegando traços que existem em outros animais (feromônios, macho Alpha, etc…) e comparalos, erroneamente, com o comportamento humano.
    Tem muita mais merda ligada a tudo isso, mas se eu for escrever mais vai dar um texto enorme. Recomendo a leitura da página da rationalwiki sobre o assunto http://rationalwiki.org/wiki/Pick-up_artist

    PS:Eu estou generalizando, sei que nem todos os que buscam esse tipo de conteudo PUA são sexistas e machistas. Se a carapuça não servir não vista. Se você gosta de ser PUA ótimo, faça o que lhe faz se sentir bem, porém tenha respeito pelo próximo.

  48. Rcd says:

    Sabe de nada. Fica o dia todo com a bunda na frente do computador e criticando algo que voce nao tem o minimo conhecimento e nunca tentou. Conheço o pick up a 5 anos e me evolui muito bem, a como se relacionar melhor com as pessoas, não só com mulheres, me ajuda tbm na parte de trabalho. Existem sim algumas coisa sem pé nem cabeça no pick up, voce que tem que saber filtrar o que é bom e o que é ruim. Fica a dica

  49. Lukoid says:

    Uma cambada de PUA discutindo com esse cara…

    Deixem que ele pense o que quiser, afinal, quanto menos gente acreditar, melhor pra todos! 😉

  50. Alex Peavey says:

    Tem uma informação distorcida ali, que é em relação aos “negs”. Já fui de ler bastante esses sites e tipos de conteúdo, existe até um reality show disso com algumas temporadas. Sou neutro porque boa parte disso talvez vale em algum lugar no território e cultura dos EUA e não se aplica no Brasil.

    Mas voltando ao “neg”, o objetivo dele não é insultar a mulher e sim não demonstrar interesse. Apesar de literalmente os exemplos que o Izzy mostrou parecerem escrotos, o certo é que eles tenham um tom de brincadeira. Jamais ofender a mulher. São indicadores de falta de interesse do homem, o que se resolve bem apenas conversando normalmente na minha opinião. Mas são artifícios para não demonstrar interesse ou provocar.

  51. LucasPin says:

    Olá Izzy, li o seu post sobre a real e este post sobre PUA’s. Acompanho o seu trabalho já há algum tempo e até estava pensando em me tornar um patreon agora que subi de cargo e poderia bancá-lo, sempre te vi como um cara inteligente, mente aberta e disposto a debates e até mesmo um formador de opinião. Hoje ao ler este post e seus comentários com quem tentou debater de maneira séria as suas críticas, vi que você não tem, para debater, toda aquela articulação e sapiência que demonstra em seus vídeos. Quanto ao PUA você fez uma crítica totalmente superficial e não pesquisou realmente do que se trata o movimento (do qual eu não faço parte mas admiro por conseguir quantificar e racionalizar relações humanas).
    Pontos a levantar:
    -- Creio que você, estudante de medicina (ou whatever na área da saúde) lida diretamente com diversos termos médicos e estes não são considerados idiotas ou desnecessários. O PUA possui seus termos e isso facilita a aprendizagem dos membros.

    -- Outro ponto é a questão de você defender que é coisa de nerds idiotas (não necessáriamente com estas palavras) mas se tivesse realmente pesquisado antes de postar veria que o PUA não é um movimento “Quer pegar mulher? Aprenda aqui!” e sim um movimento voltado para despertar o lado sociável das pessoas que são tímidas e não possuem capacidade psicológica de iniciarem relações sociais, de se expressarem confortavelmente em qualquer ambiente e etc. O PUA ensina a estas pessoas maneiras de desenvolver este lado social.

    -- O PUA pode sim ser mais voltado para o lado da conquista, pois queira ou não é onde pessoas tímidas sentem mais falta de serem boas nisso, porém o PUA prega o desenvolvimento pessoal e profissional também, sendo que até mesmo existem tutoriais de professorAs de PUA no youtube.

    -- Por último (as ideias já estão, como você mesmo diz, “Desconcatenadas”) tive uma certa decepção ao ver algumas respostas meio “Ad Hominem” que você deu a pessoas que queriam apenas debater seriamente o assunto, mostrando que a minha visão de um cara evoluído e mente aberta pode estar equivocada, então por favor seja ao teclar o mesmo cara admirável que você é nos seus vídeos.

    -- Fim dos pontos a levantar.

    E por favor Izzy, sempre que for falar de algo que envolve uma comunidade de pessoas, pesquise bem antes de criticar, levante seus pontos sem ofender, pois você também deve fazer parte de algum grupo e não gostaria de ser ofendido por escolher participar deste grupo, creio que as ofensas fecham a possibilidade de um bom debate e um entendimento entre as partes.

    PS: Ok eu sei que este é o seu blog e você posta o que quiser, viva a liberdade de expressão etc etc, porém veja que a questão levantada foi que você debatesse com quem realmente quer debater.

    Apesar da derrapada continuo acompanhando seu canal e espero manter a minha visão acima citada sobre você, um forte abraço!

    • LucasPin says:

      Houve alguns errinhos de pontuação, não sei se de acentuação também, porém por ter ficado extenso demais preferi não revisar.

  52. jamil says:

    A uns 8 anos atrás eu também acreditava nessa conversa de PUA e macho alpa etc.
    me lembro que a primeira vez que ouvi falar disso achei que era a solução de meus problemas, a ultima esperança.
    Não é atoa que vejo tantos garotos nos comentários defendendo essa doutrina, tenho pena deles, eles são como eu a 8 anos atrás, ao saberem que talvez exista uma solução e que essa solução irar vim através de um livro ou um vídeo pelo computador é tudo que eles tem.
    durante 2 anos eu comprei todos os livros PUA e fiz parte até mesmo de comunidades pagas onde recebia aulas, troquei experiencias com vários outros usuários que queria deixar de ser macho beta pra ser alpa.
    foram dois anos de pura perda de tempo, mesmo praticando os exercícios que eram ensinados eu só levava fora da mulherada, um dia achei um outro livro pela net(livro virtual)esse livro criticava os tais PUAS(pena que não lembro o nome dele agora) era um livro bem curto, li ele em 3 dias, ele explicava uma coisa obvia que talvez muitos desses que desejam se torna PUA se esqueceram ou não querem enxergar.
    Cada ser humano(mulheres no caso) é diferente de outro e cada dia o humor as atitudes e o jeito de ser, dessas mulheres muda, não é porq alguém em algum lugar conseguiu pegar uma ”x” mulher desse jeito que isso irar funcionar comigo ou com vc.
    Esse livro me ensinou o obvio que é o fato não existir formula magina pra pegar mulher.
    Depois de ler esse livro e passado alguns meses eu decidi entrar na academia, arrumei um emprego e comecei a cuida mais do meu visual(sem exageros) não mudei minha personalidade em absolutamente nada, continuei e continuo o cara tímido, passado cerca de 4 anos a academia me deixou mais saradão e notei que as mulheres eram mais gentis comigo, algumas(não muita também, neh) começaram a sorri pra mim,mulheres que eu nem conhecia, e bonitas, eu não precisei de nenhuma técnica para conversar com mulheres só o fato de nota que elas estavam sorrindo e disposta a conversar comigo ja me deu segurança pra poder beijas-la, transei até agora apenas com 3 mas ja beijei umas 8, não é o numero que os PUAS sonham mas é bem melhor do que bater ponheta

    • Adriano says:

      Pelo que li em seu comentário, você deixou sua vida monótona e passou a se esforçar mais por seus objetivos. Isto é extremamente sedutor para as mulheres é do que se trata o pua. O ser humano tem que procurar evoluir sempre, pois o mundo é dinâmico. Também estou deixando minha zona de conforto e tenho notado melhorias no meu ânimo, confiança e tudo mais, sendo que também sou extremamente tímido.

    • Jow says:

      Fala Jamil, cara, história maneira a sua. Mas será que vc realmente foi pra luta e colocou em prática tudo que aprendeu? dois anos de pua é muito tempo se forem bem investidos. Quanto a livros e videos, quem tiver interesse deve selecionar muito bem em que gastar dinheiro, não ha nada melhor do que arrumar um parceiro disposto e ir pra prática.
      Mas o que me chamou a atenção na sua história foi a parte da academia e o tempo que vc frequenta. Eu malho ha 5 anos, cara, eu era muito bitolado com isso, já fui “monstro” rsrs, hj não mais. Ainda gosto de malhar, mas depois que conheci o pua (e outras experiências) percebi que esse negócio de ficar super musculoso não é tão importante, como eu era fraco com as mulheres, tentava compensar isso na academia e aceitava de bom grado a ilusão de que isso me tornava um pegador, porra nenhuma!!!
      Ser timido, falo por experiência própria, é o mesmo de não ser quem realmente vc é, é esconder sua personalidade, é não se expressar como gostaria, é se julgar baseado no que pensamos que os outros pensam de nós, tudo isso para agradar os outros ou para que continuem gostando de nós. Na minha vida pós pua percebi que não é assim que a vida funciona, percebi que eu posso ser eu mesmo e as pessoas aceitarão, se não aceitarem fodam-se rsrs, percebi que é permitido estar triste e demonstrar isso, estar alegre e tambem demonstrar, percebi que eu posso ser quem eu realmente sempre quis ser.
      Como disse, ainda malho, mas pq gosto. Nem bombado sou mais, estou até magro haha.

      Mas a mensagem que quero deixar é: o PUA me libertou de muitos medos que me acorrentaram a minha vida inteira.
      Não quer dizer que todos devam ser PUA’S, cada um deve procurar seu próprio caminho. Eu só quero te dizer que não é pq não funcionou com vc q não funcionará c outros. em outras palavras “não é pq vc não ve q não existe”

      E antes que vc pense que sou um adolescente desesperado, deixo claro que sou um adulto bem resolvido, empresário e bastante experiente na vida.

      Abração!!!

  53. Jéssica says:

    Cade as mulheres comentando hein!?
    Desconheço a real filosofia e tenho um conhecimento superficial sobre o tema ‘PUA’, mas como mulher conheço minha espécime, então sem dúvidas, estou a frente de voces CHUUUUUUPA HAHAHA brincadeira gente, enfim…
    Eu penso que pra dar uns pegas ou no inicio de um relacionamento, os jogos são necessários, todo mundo sabe que demonstrar muito interesse parece desespero, mas, porem,contudo, todavia, entretanto, ser arrogante e pagar de badboy achando que, de alguma forma, isso vai gerar interesse no outro ou intenção de lhe agradar? PARA! Desprezo ‘até vai’ ,
    mas usar a autoestima de uma pessoa para manipulá-la? Pode funcionar com algumas, mas as mulheres não são iguais, estudei com um guri que se declarou pra mim na terceira série, não obteve o retorno que esperava e a partir daí [não tão a partir, na verdade na sexta/sétima série] começou a me ofender e induzir os outros a me ofenderem, falando do meu cabelo,meu sobrenome, modo de falar… e isso so me fez desprezá-lo ainda mais, quanto mais eu desprezava mais ele me atormentava até que eu me mudei de escola, logicamente, por outros motivos. Hoje, graças a Deus, ele amadureceu, e admite que foi um babaca querendo bancar o durão, mas que no fundo só queria minha atenção e é exatamente o que voces demonstram bancando o badboy, se comportam como crianças que gritam e dão show pra chamar a atenção dos pais! Desprezo funciona muuuuuuuuito, mas essa pseudotatica absurdamente ineficaz de tentar diminuir uma mulher pra pegar ela, é patética! É claro que existem as que caem, muitas, como voces disseram, e eu nao duvido nem um pouquinho disso, mas alguém aí falou sobre casamento ou relacionamento duradouro, nesse caso, voces se casam e passam a assumir a pessoa que figem ser? Continuam lendo manuais sobre como agir mesmo dentro de um casamento, será que alguém consegue ser tããããããããããão sem personalidade assim? Voces abrem mão da essencia de voces só pra ter uma hb10? Sinto dizer, mas os manipulados são voces e não as mulheres com as quais voces treinam sua táticas. Parece que estou assistindo ‘ O clube da luta’, ou melhor ‘O clube da conquista’, espero que essa epidemia não alcance minha cidade, seria patético ter homens mecanizados aqui, nós seríamos forçadas a nos tornar lébiscas. POR FAVOR, PAREM COM ISSO!

  54. Ronaldo Júnior says:

    Olha meu caro, o ser humano e a sociedade são totalmente estudáveis, se não jamais existiria a sociologia e a filosofia, é relacionamentos tem uma temática social de fato, não que seja uma matemática exata, não sou um PUA, entretanto existe estudos sobre relacionamentos. O que me pareceu foi que vc quis dar uma de gostosão e quem acabou se tornando patético e falando bobagem foi vc. poxa existem pessoas tímidas, retraídas e com dificuldade com o sexo oposto, e qual é o mal em tentar se relacionar, ou em aprender a se relacionar. Também sou contra difamar a garota, longe de mim isso. Mas vc quis dar uma de comedor e falou asneira grande ser superior…abraço fica com Deus.

  55. Jonathas says:

    não sou pua mas sou pau. sou sedutor pau. PUA é enrolação. antes do PUA a sedução era bem institucional ou pagante. a sedução pua é maneira só com destaque. a sedução pagante e a sedução alfa são melhores que a sedução pua.

  56. Mina says:

    Um monte de estuprador e agressor nos comentários defendendo essa merda

    • Anna K. says:

      Seriam só patéticos só não fossem todos no fundo um bando de machistas misóginos.
      Alguns tentam se fazer passar por bonzinhos com esse mimimi de sou só um cara tímido e etc, mas vai ver o que eles falam sobre nós nos fóruns deles. Raça nojenta! Podiam muito bem sumirem da face da terra e nos deixar em paz.

  57. Henrique Oliveira says:

    E os seus comentários totalmente preconceituosos falando de nerds desajustados?
    Muitos destes caras só querem ganhar um pouco mais de confiança para conseguir falar com alguma menina que eles se interessam.

    Você que não deve ter problemas com mulheres deve achar estranho, mas para pessoas que não tinham a mínima coragem de paquerar uma garota, funciona.

    Leia mais sobre o assunto, o intuito principal do PUA não é sair com uma pena na cabeça e pegando várias.

  58. Anna K. says:

    Caras que acreditam que tem que atacar a auto estima de uma mulher, “diminuir seu valor”, pois só assim terão alguma chance com ela, são mesmo um fracasso como homem e sabem muito bem disso.

    • Carlos says:

      Então, vou falar da minha experiencia: Conheci o PUA em meados de 2007, e comecei a me aprofundar mais em 2008. Li livros e fiz parte de comunidades PUA ainda no finado Orkut, e de fato, cheguei a achar que era minha ´´salvação´´, mas na prática vi que a coisa era um pouco diferente.

      O PUA em sua principiologia não chega a ser um lixo total, há conceitos interessantes como ter sempre uma auto estima boa, não colocar mulher nenhuma em um pedestal, por mais atraente que esta seja, ter uma linguagem corporal confiante, e por ai vai… o problema é que a esmagadora maioria do material, ainda que tenha esses princípios, vai ser meio que inócua na prática para homens que já não tenham um certo, digamos assim, ´´destaque´´. Então se o cidadão for feio, por exemplo, ainda que tenha mentalizado todo o repertório dos livros, não vai ter aqueles resultados, com aquelas mulheres que os livros prometem. Assim os ensinamentos dos Pick Up Artists (Artistas da Sedução) só seriam realmente de valia para homens que são atraentes, porem tímidos. Nesse contexto o material os daria um ´´empurrão´´.

      Como nem tudo são trevas, há uns dois pontos, que em minha humilde opinião, se bem usados tem sim uma certa funcionalidade, que são a hipnose (esta não sendo uma criação da comunidade de sedução) e algo que é chamado nos livros de ´´Social Proof´´ (Prova Social), que nada mais do que aquele cara que conhece metade da cidade, é convidado para todas as festas, e mesmo sendo feio, consegue as melhores mulheres devido a sua popularidade. Bem, quanto a hipnose, dispensa comentários, vi um dia desses um cara num programa jornalistico na televisão com apenas algumas palavras, fazer um executivo na rua achar que era um mendigo e pedir esmolas. Se o cidadão conseguiu fazer isso, por que não conseguiria fazer uma gata se apaixonar por ele através do mesmo método? E quanto o Social Proof, imagina fazer mulheres atraentes pelo menos acharem que vc é desejado por outras mulehres tão atarentes quanto elas… dependendo da mulher em questão, vc passaria automaticamente a ser atraente para a mulher visada. Como disse, são apenas duas ressalvas que faço quanto ao material todo, que ao meu ver é muita encheção de linguiça para pouco resultado.

      Quanto ao que disse sobre quem estuda esse método ter que ´´desqualificar´´ a mulher almejada, para assim seduzi-la, funcionaria assim: Se uma mulher é muito cobiçada, tá cansada de escutar elogios e babações de ovo por parte dos homens, o primeiro homem que fosse, digamos assim diferente, e fizesse pequenos e inofensivos comentários que a ´´tirassem do pedestal´´ de certa forma a instigaria, atiçaria sua curiosidade. Então comentários do tipo: ´´Acho que seus lindos olhos azuis são lentes´´, teriam esse efeito na ótica de quem estuda isso.

    • Carlos says:

      Então, vou falar da minha experiencia: Conheci o PUA em meados de 2007, e comecei a me aprofundar mais em 2008. Li livros e fiz parte de comunidades PUA ainda no finado Orkut, e de fato, cheguei a achar que era minha ´´salvação´´, mas na prática vi que a coisa era um pouco diferente.
      O PUA em sua principiologia não chega a ser um lixo total, há conceitos interessantes como ter sempre uma auto estima boa, não colocar mulher nenhuma em um pedestal, por mais atraente que esta seja, ter uma linguagem corporal confiante, e por ai vai… o problema é que a esmagadora maioria do material, ainda que tenha esses princípios, vai ser meio que inócua na prática para homens que já não tenham um certo, digamos assim, ´´destaque´´. Então se o cidadão for feio, por exemplo, ainda que tenha mentalizado todo o repertório dos livros, não vai ter aqueles resultados, com aquelas mulheres que os livros prometem. Assim os ensinamentos dos Pick Up Artists (Artistas da Sedução) só seriam realmente de valia para homens que são atraentes, porem tímidos. Nesse contexto o material os daria um ´´empurrão´´.
      Como nem tudo são trevas, há uns dois pontos, que em minha humilde opinião, se bem usados tem sim uma certa funcionalidade, que são a hipnose (esta não sendo uma criação da comunidade de sedução) e algo que é chamado nos livros de ´´Social Proof´´ (Prova Social), que nada mais do que aquele cara que conhece metade da cidade, é convidado para todas as festas, e mesmo sendo feio, consegue as melhores mulheres devido a sua popularidade. Bem, quanto a hipnose, dispensa comentários, vi um dia desses um cara num programa jornalistico na televisão com apenas algumas palavras, fazer um executivo na rua achar que era um mendigo e pedir esmolas. Se o cidadão conseguiu fazer isso, por que não conseguiria fazer uma gata se apaixonar por ele através do mesmo método? E quanto o Social Proof, imagina fazer mulheres atraentes pelo menos acharem que vc é desejado por outras mulehres tão atarentes quanto elas… dependendo da mulher em questão, vc passaria automaticamente a ser atraente para a mulher visada. Como disse, são apenas duas ressalvas que faço quanto ao material todo, que ao meu ver é muita encheção de linguiça para pouco resultado.
      Quanto ao que disse sobre quem estuda esse método ter que ´´desqualificar´´ a mulher almejada, para assim seduzi-la, funcionaria assim: Se uma mulher é muito cobiçada, tá cansada de escutar elogios e babações de ovo por parte dos homens, o primeiro homem que fosse, digamos assim diferente, e fizesse pequenos e inofensivos comentários que a ´´tirassem do pedestal´´ de certa forma a instigaria, atiçaria sua curiosidade. Então comentários do tipo: ´´Acho que seus lindos olhos azuis são lentes´´, teriam esse efeito na ótica de quem estuda isso.

  59. Daniel says:

    É claro que atrair uma mulher é algo que é necessário aprender, assim como trocar um pneu.

    É ao homem ( infelizmente) que cabe todo o processo, desde a interação inicial até o beijo e início de um relacionamento. E é normal homens tomarem inúmeros foras porque não saberem como fazer, e ouvir a frase “eu quero que você seja só meu amiguinho!”.

    Voce demonstrou um conhecimento superficial sobre a comunidade PUA. Pick-up é o homem aprender a ser mais atraente, e isso é ensinado hoje. Saber se vestir, ter estilo, cuidar de si mesmo, cuidar da sua casa. Desenvolver sua conversação, habilidade social, senso de humor, saber cozinhar, conhecer etiqueta, saber o que quer para sua vida e o que fazer para atingir suas metas. Se tornar atraente num processo de mudança de dentro pra fora.

    Não só isso, mas também a parte externa. Como as mulheres testam os homens e como reagir a isso. Como nao cair em um relacionamento abusivo. Como iniciar um conversa com uma mulher e como mante-la. Como, quando e onde tocar numa mulher. Como estabelecer conexoes emocinais. Isso pode ser aprendido, como se aprende a tocar piano.

    Você simplesmente pegou um grupo de moleques infantis que usam o termo PUA e generalizou. Não agiu de má fá, mas demonstrou ignorancia.

  60. PuaProfessor says:

    Cara, só tenho algo pra te dizer, o PUA, é algo além do que vc pode imaginar, já salvamos a vida de muitos caras a ponto de quererem se matar, por mulheres.

    Você tem o conhecimento, e uma coisa que enfatizamos em nossas aulas é usá-lo de forma correta.

    Eu acho que você está querendo atenção, e fazer esse blog unútil e fútil que ganha atenção por meio de coisas inúteis, como denegrir a imagem dos PUA.

    Já existiram vários estudos sobre nossa comunidade. Inclusive em Jornais, e Televisão, é só você procurar mais, saber sobre, Você falou muita merda, inseguro e burro.

    A maioria dos alunos tem a vida boa, estudam, trabalham, e sabem o foco da sua vida, não são iludidos e não fazem mal a ngm, estão muito felizes, e não são mais um no mundo, que não conseguem atrair uma mulher. nem se quer para conversar, e vc deve ser um desses, por que senti um tom de revolta no seu “texto”.

  61. Cassie says:

    Até eu que sou mulher me inscrevi no PUA base e achei ridículo, tosco mesmo, me fez querer deixar os homens de lado hahaha

  62. te odeio says:

    Nosa cara pq esse dispreso com a comunidadi pua???
    Sertos moços nao cunsegem pegar muié eu so um dele mais num e pur iso qu eu saio chingado os cara pegador

  63. Matheus says:

    Achei o texto com intuito de denegrir e nao informar. Muitas pessoas são profundamente afetadas sobre esses assuntos, acredito que qualquer forma de ajuda é seja bem vinda. Todo esse odio que cinge o texto serve apenas para mostrar um conhecimento raso sobre o assunto.

  64. Gustavo says:

    Até aqui não entendi a semelhança com SK’s…
    Isso é apenas frustração e ignorancia batidas num liquidificador e transformadas em texto, vitaminas para outros
    os na mesma posição.
    Triste mesmo. Não entendeu do que se trata…
    A cominidade trata disso também… Sabe, já se perguntou se alguém satisfeito com a vida iria destilar ódio assim na internet?