Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Caralho, 10 anos de HBD! Acompanhe a retrospectiva

Postado em 28 July 2012 Escrito por Izzy Nobre 210 Comentários

Neste exato dia, 10 anos atrás, eu loguei no Weblogger e escrevi os dois seguintes “textos”.

Note que a brincadeira do “programação HTML”, que eu usava na época pra provocar um amigo que fazia ciência da computação e manjava de programação, é realmente antiga. E note que minhas cagadas com potencial de destruir um site também não são de hoje.

Este era o kid-blog.weblogger.com.br, atualmente disponível via a magia do Web Archive. Não era meu primeiro blog; eu comecei o HBD, como diz aquele primeiro post, porque fui mexer no layout do meu blog original e esculhambei tudo. Não existia uma forma muito prática de mexer no layout de um blog na época, era tudo na base do código HTML. Se você não tivesse as manhas, corria o risco de destruir o próprio site.

Eu não tinha as manhas.

Comecei a blogar numa época de absoluto tédio. Era o finzinho de 2001, e eu tinha acabado de terminar o segundo grau/segundo científico/ensino médio/sei lá como chamam essa porra hoje em dia. Enquanto aguardava o resultado do vestibular, não tinha mais nada pra fazer o dia inteiro.

Foi aí que descobri os blogs. Não faço a menor idéia de qual foi o primeiro, embora lembre dos mais influentes da época pra turma da minha faixa etária: sutil como um paquiderme e não vá se perder por aí, dos primos Capanema. Eram crônicas bem-humoradas das suas próprias vidas, como a maior parte dos blogs da época eram, mas os moleques tinham a manha da escrita e por isso eram os superstars internéticos da época.

Como sempre gostei de escrever, achei os blogs uma ferramenta sensacional. Comecei meu próprio blog, que tinha um nome tão vergonhoso que eu me recuso a reproduzir aqui. A única dica que darei é que o nome era uma paródia do título de um reality show da época, e que provavelmente não é o que você está pensando.

Este primeiro blog foi destruído graças à minha falta de habilidade internética, e aí no dia 28 de julho de 2002 eu comecei um novo.

Eu achava que vermelho e preto era uma boa combinação de cores, então por muito tempo estas foram as cores do HBD. O logotipo foi feito em 15 segundos no Photoshop. Mas esse nome, “Hoje é um Bom Dia“?

Eis a origem do nome do meu site: naquela época, a maioria dos blogs tinha como nome uma frase. Eu imaginei que seria interessante que o nome do blog fosse um fragmento de frase, e que as seções do blog (o histórico, o contador de visitas, esse tipo de coisa) tivessem nomes que completassem a frase.

Como desde aquela época o resumo dos meus textos era essencialmente “…e hoje foi assim que eu me fodi”, achei que seria irônico colocar um nome otimista no blog. E assim nasceu “Hoje é um Bom Dia…”, com reticências. As seções do blog complementavam o título: o histórico era “…para relembrar”, o medidor de visitas “…para contar”, e por aí vai.

Na segunda revisão do layout (essa que você vê acima) eu desisti dos subtítulos nas seções do blog, e o título perdeu as reticências.

Eu passei os últimos dias lendo o HBD via WebArchive, pra me preparar este texto comemorando os 10 anos de atividade bloguística. É incrível perceber que eu era literalmente outra pessoa. Sim, literalmente — além do fato de que praticamente todas as células do nosso corpo são substituídas de 10 em 10 anos, o Israel Nobre de 2002 definitivamente não é o mesmo Izzy Nobre de 2012.

Eu não sabia praticamente nada do mundo naquela época. Não que eu saiba um bocado hoje, eu sou praticamente retardado. Acontece que, aos trancos e barrancos, aprendi muito sobre a vida. Comecei e larguei algumas faculdades, imigrei pra outro país, mudei-me da casa dos meus pais, conheci (e casei-me com) minha alma gêmea, descobri como é chato fazer compras e levar o carro pro mecânico, engordei.

De uma forma objetiva, minha vida é muito melhor agora: eu tenho mais autonomia, mais dinheiro, faço mais sexo, moro num lugar melhor, tenho mais amigos — em suma, conquistei muito de lá pra cá. Por que diabos eu me lembro daqueles tempos com tanta nostalgia então…? Lembro-me com muita saudade das relativamente raras idas ao cinema com os amigos (éramos todos lisos). Lembro-me das calouradas em que eu e alguns outros amigos tentávamos pegar mulher, com níveis variáveis de fracasso.

Eu adoro reler o HBD antigo. Ele me dá um insight incrível sobre quem eu era, uma vida praticamente esquecida. São os fósseis da minha adolescência, essencialmente. Relatos sobre meu namoro da época, meus planos (que eram tão pequenos!), alguns acontecimentos triviais que eu tentava tornar interessantes no blog.

Meu maior arrependimento é não ter escrito mais, e não ter postado mais fotos. É muito foda poder “rever”, de certa forma, a pessoa que eu era naquela época. E acho que a experiência teria sido melhor se eu tivesse postado mais fotos.

Eis aí o argumento contra a tal fobia de auto-exposição. Se eu tivesse me “exposto” mais (se tivesse postado mais fotos da minha casa, da minha família, dos meus amigos e das coisas que eu fazia na época), haveria um registro mais rico daquela época da minha vida. Uma pena, realmente, que o registro fóssil (por assim dizer) acabou sendo muito incompleto.

Não acredito que mantive esse site por dez anos. É o que fiz por mais tempo em toda minha vida. Sinistro.

Mais sinistro ainda é imaginar que deve ter uns 3 ou 4 leitores que me acompanham desde aquela época. Vocês presenciaram uma mudança de país, todo o meu relacionamento com a patroa (desde o dia em que a conheci, passando pela primeira vez que ficamos, até nosso casamento):

“>(Our wedding (DIRECTOR’S CUT) from 91″>Izzy Nobre on Vimeo)

Será que tem alguém que me acompanhou esse tempo todo? Caso haja: você essencialmente me viu crescer. Você me acompanhou mais de perto do que a maioria da minha família. Você é meu amigo à distância, por mais que eu talvez nem conheça seu nome.

Há quanto tempo você lê o HBD? Se possível, relate aí algo antigo que você viu aqui anos atrás. Me ajude a celebrar a década de existência desta merda!

Mesmo que você NUNCA tenha comentado nesse site, dedique uns 10 segundos hoje pra falar aí comigo. É o mínimo que você poderia fazer; afinal, eu passei 10 anos falando com vocês 🙂

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Dossiê HBD

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

210 Comentários \o/

  1. Jurema says:

    Hoje é um bom dia 😀

    • Jurema says:

      Btw, acompanho o blog há cerca de um ano e lamento não ter conhecido o HBDia antes ;D

    • Mano, voce é foda, parabens por tudo, poxa, voce merece mano, voce escreve bem, e ainda o mais importante, nunca abandonou seus fãs, e conseguiu o que todo homem precisa, uma linda mulher, e um amor de verdade, parabéns por essa ótima vida que voce leva, mesmo com problemas, agradeça, pois muitos nao conseguem o que voce tem. Abraços, grande fã.

  2. Kid, uma vez você fez um tweet dizendo para criar um blog, e escrever qualquer coisa nele, pra reler os textos antigos daqui há alguns anos.

    Fiz isso. Criei um blog no começo de 2011 e espero que quando ele completar 10 anos eu faça o mesmo que você fez nesse post.

  3. Lucky says:

    Casa dos Bloguistas.

  4. Natanael says:

    Acho que começei a partir do texto que você fez sobre Otakus, daí em diante sempre venho acompanhando o blog

  5. Almeida says:

    Te dizer que eu não lembro quando foi que li o primeiro texto teu, mas lembro que a primeira vez que tu ficou com a tua moça, tu escreveu numa espécie de letreiro que ficava se mexendo algo como “EU E ELA NOS BEIJAMOS NO CHÃO DA LAVANDERIA”, ou algo do tipo. Devo ter começado a ler por aí.

    P.S.: Comecei meu blog pelo mesmo motivo que você, mas ao invés de me inspirar no Sutil como um Paquiderme, me inspirei no HBDia. Não sei como tu se sente com isso, mas quando descubro que pessoas criaram blogs inspirados no meu, me sinto meio que “recompensado” de escrever sempre.

    Congrats pelos 10 anos!

    • Henrique B. says:

      Almeida e Izzy Nobre. Porra, quem diria que um ia me levar ao outro. Tenho que agradecer ao guilherme por ter falado do HBDia no Nerd Calculista. Sério, ler o blog de um me fez querer ler o blog do outro. E hoje, se eu escrevo uma coisinha ou outra é graças a você dois. Obrigado meida e valeu Izzy!

  6. thiago says:

    4 Anos, perdendo meu tempo acompanhando esse cearence.

  7. Guilherme says:

    Sou leitor relativamente novo ainda, desde o fim de 2010 qnd peguei meu iPhone e comecei ler seus tweets =)

    parabens pelo blog kid

  8. Pedro C. B. says:

    Quer uma lembrança de anos atrás? Que tal o dia que tu quase se mijou de medo quando o Trevor te levou pro trabalho? E que fim levou aquele cidadão?

  9. Quase 4 anos, lia outros blog e um deles citou o HBD em um texto, venho aqui todos os dias desde então…

  10. João says:

    Parabéns Izzy, precisa de muita dedicação pra fazer isso tudo. Vc é meu escritor preferido, e o seu blog é o meu site preferido, sem dúvida nenhuma. Eu lembro que quando achei esse site, (pelo twitter) fiquei um tempão lendo uma porrada de texto, e no dia seguinte levei o ipod pro colégio com uns 50 print screens que eu tirei à noite pra ler HBD na aula de Geografia. Isso foi 3 anos atrás, e desde então, acesso todo dia pra ver se tem texto novo. Agora to na mesma situação que vc tava há exatos 10 anos. Esperando a faculdade… Aprendi coisa pra caralho com vc, tipo como nunca arrumar a cama em cima dela. Muito foda mesmo isso aqui que vc fez.
    Aliás, vc ainda arruma a cama do mesmo jeito?

  11. Gordo says:

    O seu primeiro blog se chamava “A Casa dos Blogueiros” ou coisa parecida, né Kid??

  12. Michael says:

    Faz um pouco mais de três anos que acompanho seu blog. Conheci através da comunidade PSP Brasil (finado Orkut) com suas postagens dos videos do HBDt =D

  13. bertim says:

    Realmente amigo, não tenho nenhuma foto daquela época! Restaram só as lembranças dos papos e alopradas pelo shopping, jogando MTG.

    Quando te conheci, eu também conheci o HBD. Pode-se dizer que o Kid e o HBD são uma única pessoa, você não vive sem o blog e ele não existe (mesmo) sem você!

    Na época todos os nossos amigos tinham blogs e você foi o único que chegou lá. O blog lhe fornece uma fonte de renda e você sente prazer, de verdade, no seu trabalho de escrever.

    Sentir prazer na nossa fonte de renda hoje em dia é algo MUITO raro!

    Um abraço parceiro, mais 10, 20, 30 anos de HBD em nossas vidas!

  14. vitorio says:

    parabens kid 10 desse blog.

  15. Porra Kid, bacana demais. Incentivado por esse post seu, resolvi revisitar meu antigo blog (que inclusive, tem um comentário seu me xingando haha)e descobri o quanto eu também mudei. Descobri também o quanto estou arrependido de não ter postado mais coisas e guardado mais fotos, videos, etc. É uma sensação de nostalgia muito estranha, mas que te deixa com um grande sorriso no rosto. Enfim, os tempos são outros, tudo mudou.

    Sobre o HBDia, sou leitor desde 2007-2008 se não me engano, e durante todo esse tempo vejo o quanto você e eu mudamos. Você ficou mais velho, mais responsável, mais parecido com o @cardoso (agora você da block nas pessoas e até colocou propagando no blog, veja você haha) e mais chato um pouco, convenhamos.
    Mas mesmo assim, continuou com esse excelente site e com suas excelentes histórias, então quero te parabenizar por ter trabalhado 8 anos sem ganhar nada (por que agora o HBD te dá centenas de milhares de dólares por mês, claro) e por ter aturad todos os comentários chatos e mentions no twitter.

    Abraço

  16. Marcos says:

    Essa época do vermelho e preto aí eu não peguei. Acho que comecei a ler em 2005. Lembro do Manual dos Góticos, Japa das Lantejoulas, os seus vários empregos, as brigas com a Tina (e o recado da Marimoon)…

    Se manter o site é a coisa que você fez por mais tempo na sua vida, provavelmente lê-lo é a coisa mais duradoura da minha.

    E agora eu fiquei assustado com a falta de sentido da minha vida =P

  17. SEI QUE TU NÃO VAI LER ESSA PORRA, MAS…

    Cara, é engraçado tudo isso. Leio teu blog faz bastante tempo e por isso te considero praticamente um amigo.

    Passei um tempo sem ler o HBDIA (motivos de vestibular, entre outros) e, quando voltei, tu já tinha casado, trocado de profissão, efim. Resolvi ler, então o blog desde o começo.

    Pode parecer viadagem (e é, de certa forma), mas você me inspirou a voltar a escrever. Procurei na internet os restos dos meus primeiros blogs (já tive uns 15), senti a nostalgia daqueles tempos e resolvi criar outro.

    Obrigado, caro amigo, por estar presente na vida deste humilde leitor com suas histórias, tornando-a um pouco mais divertida.

    O primeiro post do meu blog foi em tua homenagem <3

  18. vitorio says:

    kid vc tem o link do filme q vc gravou com seu irmao?

  19. Comecei a ler o HBD quando você estava revoltado (MUITO) com a religião. Vc defendeia os ateus, etc. Virei fã.

  20. Pedrinho says:

    Realmente, tudo o que podemos dizer é obrigado Kid.
    =D

  21. Newton says:

    Eu comecei a ler aqui acho que no meio de 2009, por indicação de um amigo. Aí como tava sem nada pra fazer, acabei lendo o blog inteiro (true Story).
    Acho que comecei com o texto das ratazanas na locadora

  22. Rayanne says:

    Não lembro desde quando leio seu(s) blog(s), mas me lembro de ler você falando da alemã gótica! AHahahaha, faz tempoo.. Parabéns, Quide! 😀

  23. Alessandro Tavares says:

    Acompanho seu blog a + ou -- 1 ano. Já perdi as contas de quantos textos eu já li. As vezes entro para ler um texto novo ou ver um de seus videos, e acabo lendo pelo menos uns 5 posts antigos. Parabéns e continue sempre postando tanto os textos quanto os videos.

  24. Junior says:

    Poxa Izzy/Kid, ou o seja lá o que você prefere haha Comecei a ler o HBD há mais ou menos um ano, embora já tivesse visto seu perfil no twitter em alguns momentos, e acabei lendo muito de seux textos.

    Realmente como você bem disse, durante muito tempo você falou conosco, os seus leitores e dividiu enormes experiências e nós muitas vezes acabamos por rir das suas desgraças (são as melhores histórias rçrç) mas, em resumo a paixão com a qual você retrata suas desventuras pelo mundo é impressionante e incrivelmente inspiradora e motivadora, estou iniciando alguns projetos espelhados nessa sua paixão

    Saiba que a parte de todo cliché, é realmente um prazer ler seus textos e ter essa falsa impressão de ser seu amigo, assim como é muito bom poder trazer mais uns 5 ou 6 leitores basicamente por falar que vc é um cara como nós que só se Fode e conta isso para o mundo haha.

    Parabéns e que venham mais muitos anos!!

    P.S.: Nesse texto bonitinho a gente finge que não viu o qnt vc ja aprontou por essa internete em quanto um juvenil engraçaralho, o que de fato, rendeu boas risadas!

  25. Rafael Bulsing says:

    Eu conheci seu blog a uns dois anos (procurando reviews sobre Scribblenauts, veja você), mas já li todos os posts disponiveis ai no arquivo, passando por centenas de imagens e links quebrados, algumas novas direções que você tentou dar ao blog (teve uns posts sobre programação, um tutorial de photoshop), e conheci algumas das muitas brigas interneticas que tu participou (com o pessoal fo outerspace, com alguns individuos especificos e ate COM SEU PROPRIO FORUM HAHAHAHAHA).

    Enfim, eu só acho estranho voce comentar isso sobre desejar ter se exposto mais logo apos um post falando que você vai passar a se expor menos. Afinal, daqui a dez anos você vai olhar pra isso aqui do mesmo jeito que esta olhando os seus primeiros posts. Sei la, so uma idéia =)

    De qualquer forma, continue escrevendo cara! E que venha mais uma década haha

  26. thiago says:

    leio há uns 8, 9 anos
    lembro do sutil como um paquiderme também, era um tipo de texto que me agradava, assim como o seu
    lembro também que não comento em blogs ou em qualquer tipo de site, só abro uma exceção pra esse 🙂

  27. Felipe S.A says:

    Caralho, kid. 10 anos.

    Não sei bem de onde eu tirei o link desse site (bobalinks, eu acho). Nem me lembro mais qual foi o primeiro texto que eu li. Já tô entrando aqui quase diariamente faz uns 2 anos, quase três! é estranho ver as coisas de uma “perspectiva mais abrangente”.
    pega os teus textos antiguinhos, do mp3, das patricinhas intercambistas e talz. Agora olha só! VOCÊ JÁ TÁ FALANDO DE FILHOS, E SE CASOU! 😮

    A gente acaba se esquecendo que no HBD as letras não se materializam do nada, de tempos em tempos. Tem um cara por trás, que interage MUITO com os leitores. é um cara normal, tipo a gente. Com o diferencial de morar no canadá e de se foder muito mais que nós. Ah, ele também tem uma habilidade gigante de escrever merda.

    Nunca comento nessa porra, mas queria comentar pra te desejar
    1- Felicidades pelo casamento
    2- Felicidades pelo blog
    3- Felicidades pra compensar o dia em que tu cagou no tapete do banheiro.

    Sucesso pra ti, seu gordo.

  28. @GM_Bermeo says:

    3 ou 4 anos, tava na pilha de morar no Canadá assim que terminasse o ensino médio e comecei a procurar experiências de brasileiros que migraram pra lá, e foi assim que eu achei o HBDia.
    Com o tempo eu acabei percebendo que o Kid era nerd e gostava das mesmas coisas que eu, e continuei lendo até hoje.
    (Pra quem quiser saber: terminei o ensino médio a 2 anos atrás e falhei miseravelmente, acho que hoje é um bom dia :D)

  29. Luis Gustavo says:

    Eu conheci o blog na epoca que já era no blogspot. Tinha um cabeçalho em que o Mário vinha andando e destruindo os bloquinhos e aparecia o nome do blog. Pra mim aquilo era o estandarte da tecnologia. Provavelmente achei ele no “Cade?” fazendo busca por jogo de SNES.

  30. Guii Vaz says:

    Só conheci o HBD há quase dois anos, mas desde então ele se tornou uma parada diária pelas minhas andanças pela internet.
    Como eu sempre faço com seus textos, fui até o final para ver o tamanho e tentar “prever um pouco o tempo que eu passaria me divertindo” e aí vi que você tinha postado de novo o vídeo do seu casamento. Não hesitei em clicar e deixar a música rolando enquanto lia o texto de hoje e, caralho, eu fiquei emocionado foda, até algumas lágrimas rolaram.
    Parabéns nesses 10 anos de HBD Izzy, e que venham mais 10, 20, 30!

  31. Fernanda says:

    Izzy, acompanho seu blog ja tem uns 3 anos, adoro seus textos, principalmente quando você se lasca huahauhau mas é muito raro eu comentar por aqui.
    Parabéns pelo casamento, muito lindo mesmo o vídeo. Chorei aqui junto com a Bebba, ela estava linda heim!
    Que venham mais 10 anos pela frente 🙂

  32. DeniseKN says:

    Óia, até onde eu me lembro, comecei a ler o HBD na época da ida pro Canada: já tinha uma cara de SMB, e o post que me lembro tinha uma foto de um quarto praticamente vazio com uma tv e um colchão.

    Como cheguei aqui? tinha uma outra pessoa que eu lia, que eu nao lembro mais quem-qdo-onde, mas tinha um humor ácido e que tinha te linkado no blog dela.

    Bão, Quide, parabéns pelo conjunto da obra! 🙂

  33. kuattto says:

    Parabéns Izzy! Acompanho o site deve ter 7 ou 8 anos. Não tenho a menor idéia como começou, mas desde então entro sempre q posso. Muito sucesso kra e parabéns por suas conquistas.

  34. Thúlio Noslen says:

    Acompanho seu blog e vlog e quase 3 anos, e você tem a maior intimidade com os leitores, isso me fez querer ler seus textos a cada vez que saem!

  35. Tuany says:

    Hey Kid, acompanho o blog há pouco mais de dois anos e ontem tava lendo uns posts antigos. De umas velhinhas que foram encher o seu saco por causa do cachorro. Btw, tô de férias né.

    E parabéns pelo casamento, a Bebba é uma linda e vocês merecem tudo de bom!

  36. victor says:

    Tu ainda tem as tirinhas do trunks? Teve uma época que eu ia no blog mais por causa disso que por causa dos textos. Se tiver as tirinhas e ‘estiver afim’, me manda no email! haha (olha a folga né!)

    Eu me lembro de um texto q eu acho q vc n gosta d comentar sobre ele (sua primeira vez com a becca, na casa dela), dado q nunca mais vi nada sobre isso e vc até comenta sobre o primeiro beijo na lavanderia.

    Me lembro quando você colocou internet ‘banda larga’ na sua casa ainda no Brasil, e eu ficava pensando quando teria a minha.

    Me lembro que eu comecei a escutar Beatles por causa de você. Não foi nem um pouco sua vontade, inclusive: você colocava algo como música da semana, num letreiro verde em fundo preto (tipo matrix), e tinha umas bandas como A Perfect Circle, Anthrax e Thrice. Acaba que Thrice tinha uma versão de Eleanor Rigby (que é dos Beatles) que eu gostei e daí fui atrás dos Beatles. As influências que a gente tem na vida de alguém são meio estranhas né? haha

    Lembro da sua época deprimida no canadá… que só falava com o Trunks e era frio pra caralho, e de uma ou outro foto com a casa toda vazia.

    Aliás, qual o nome do teu irmão? Por algum motivo eu só penso nele como Trunks, não consigo lembrar do nome dele.

    Tem uma ou outra coisa que eu não acho que vc vá achar interessante… Eu lembro também que por alguns minutos fiquei preocupado com seus filhos com a Becca por causa dos pais dela.

    Ah, e esse ano eu tou morando nos EUA, e no 4 de Julho eu procurei as festas daqui da cidade só porque eu lembrei que certa vez você disse que foi numa e ganhou um MP3 ‘do tamanho de uma caixa de fósforos, de graça’, e ficou maravilhado com isso! E eu fiquei pensando se não era costume darem brindes pra quem ia haha! Infelizmente na minha cidade não tem nenhum brinde : p

    E tem também um curta de animação que você e o Trunks iam fazer mas pararam no trailer! Eu acho que ainda tenho o trailer. Ah, vocês recrutavam gente no fórum pra fazer! E agora eu lembrei do fórum! hahahaha

    O fórum era SENSACIONAL cara! Muito legal ir pra lá e ver gente discutindo um monte de besteira e/ou coisas interessantes. Tinha um tópico em que o pessoal fazia uns EP’s, você se lembra? Eu ainda tenho alguns, e um CD clássico entre os meus amigos é um dos Fuck Music! Tenho até hoje no iTunes uahsuahsuas

    Lembro muito de um emoticon amarelo com uns olhões e uns dentões, que era provavelmente o mais usado do fórum. Eu lembro que levei pro meu MSN e por muuuito tempo meus amigos usaram ele. Não só ele como muitos dos emoticons, haha, mas ele era definitivamente o mais legal e famoso. Lembro de um ou outro cara muito interessante que participava do fórum, e os caras falavam umas coisas legais.

    Lembro que um dos caras lá fazia ITA e eu queria fazer vestibular pra lá também (mas eu não tava nem perto de vestibular, e o ITA era mais um mito que qualquer outra coisa pra mim). Ele até me mandou umas fotos do lugar pra eu ver. Acabei entrando e conhecendo o cara (que nunca soube quem eu era), além de conhecer um cara da minha turma que também lia o HBD.

    Lembro MUITO do RAUL fazendo os melhores comentários possíveis por aqui uashuahsuahs e que uma galera enorme achava que você era o próprio Raul. Capaz de eu também ter achado por um tempo. Hoje em dia eu sigo o Raul no twitter!! auhsuahs

    Bem, eu nunca comento nada, mas acho que essas são algumas coisas legais que eu podia ‘lembrar’ você… E ajeita o RSS aí porra!

    • Soda says:

      Rs, melhor que esse emoticon era o :punheta:!!!

      E o raul era muito foda.

    • froz says:

      esse foi o melhor post!! HAAHAH o :doido: era FODA, até hoje eu uso ele.

      não lembro quando eu comecei, mas foi nessa epoca do auge do FHBD, da Tina e suas doações realizadas no paypal.

      acho que a coisa mais antiga que lembro era um topico pra comentar as fodas, onde tu falava que tinha feito sei lá aonde (num provador? num banheiro de uma loja? sei la) e que tinha uns videos pra liberar pra galera HAHAHA

      ou uma foto da gótica que tinha um poster do linkin park no fundo e uns novatos “QUE PORRA DE GÓTICA ESCUTA LINKIN PARK?”

      sensacional

  37. Fábio Alves Corrêa says:

    Rapaiz, eu te acompanho desde 2003 quando você postou um texto sobre suas estripulias como estagiário de uma empresa, e esse texto acabou sendo linkado pelo Uêba, e foi de lá que eu acessei. Um mês depois tive a idéia de mandar pro meu irmão ler, mas não achava mais o link, então busquei no Google o único trecho do texto que eu lembrava com exatidão:
    “FODER MUITO COM A EMPRESA”
    Veio apenas UM RESULTADO: o HBD.
    Provavelmente você foi notificado pelo Google e então você até fez um update em um post sobre o ocorrido :p
    E é isso cara, parabéns pelos 10 anos do site, parabéns (atrasado) pelo casório, e que todos os dias continuem sendo bons dias.

  38. Victoria Lacerda says:

    Não lembro direito, mas acho que há meses (mais de ano seria exagero) devo ter visto um vídeo do HBDtv ou lido um texto com um vídeo… bom, agora um primeiro comentário para dar parabéns por escrever e se virar tão bem! 🙂

  39. RockZ says:

    Lembro da primeira vez que eu conheci o site, era no mIRC pelo servidor da BRASnet, algum malandro fez propaganda do teu site dizendo o quanto era imbecil, acho eu que uns 8 anos atrás, e francamente era um dos piores blogs contando a vida pessoal que eu já vi, puta que o pariu, tinha um cara que contava as historias com estatísticas e escalas mirabolantes sobre que porcentagem as coisas iam dar errado e se ele fizesse alguma coisa de diferente o que iria acontecer que era MAIS DE 8 MIL engraçado que o Kid, pena que ele desistiu logo depois de completar o ensino médio. Interessante é que cada vez mais esse puto crescia de uma forma brilhante e talentosa ao ponto de não ser mais um retardado com um blog enfiado no cu. Kid, essa é minha homenagem e meu voto de gratidão por roubar vários dias da minha vida lendo essa merda e uma frase explicaria minha mera satisfação das minhas leituras no final da tarde em seu site: “Vai toma no cu Kid, tu é foda”.

  40. Glauber Batista says:

    Parabéns Izzy! É um feito e tanto manter um blog por 10 anos e assim ter um registro escrito de várias passagens da sua vida e tal. Eu não sei se eu teria tanto empenho pra me dedicar a um blog como você se dedica ao HBD.
    Mudando de assunto, eu acompanho seu blog há pouco mais de um ano, por recomendação do meu cunhado. Logo que eu conheci o blog eu comecei a ler os textos, entrava diariamente e abria umas 10 abas no navegador pra ler os textos. Agora não entro com tanta frequência no blog -- talvez umas 4 vezes por semana -- mas não deixo de acompanhar os posts, mesmo que dificilmente eu os comente (é uma mania que eu tenho e não consigo perder, acho que é por isso que não consego manter um blog por muito tempo. Não tenho espírito de blogueiro :/ rs).
    Agora lanço um desafio pra você: manter o blog por mais 10 anos. hahaha

  41. Rodrigo Savazzi says:

    Cara, eu não sei a quanto tempo leio, mas sei que já tem uns anos.
    Uma coisa que eu sei que me chamou a atenção logo no começo foi o nome do site “Hoje é um bom dia”. Me soou otimista, leve, até meio ingênua, mas eu lembro que no momento me animou e me fez ler um pouco mais do site.
    Acho que devo ter comentado aqui umas 2 ou 3 vezes no máximo, mas sempre leio o site, acesso todo dia em busca de um texto novo.
    Cara, sucesso na sua vida, parabéns a você e a sua patrôa pelo casamento e o blog é seu, faça o que quiser com ele, ninguém vai morrer se você acabar com ele, mas desejo que você ainda tenha tesão para continuar por mais 10, 100 ou 1.000 anos com ele.
    Afinal, já são 3.653 Bons Dias (contando 3 anos bissextos) ininterruptos.

  42. Hugo Gabriel says:

    Comecei a ler o HBD pouco tempo após a sua ida para o Canadá, acho que eu ainda estava no ensino médio (hoje eu já sou formado e pós-graduando). Não lembro exatamente como eu achei o HBD, mas acho que foi por meio de algum dos seus primeiros posts que tiveram maior repercussão e que foi linkado em algum dos blogs que eu lia à época. Gostei do estilo de escrita e dos temas recorrentes do blog e decidi ler os posts anteriores, que já eram muitos. Costumo visitar o HBD ao menos uma vez por semana.

  43. Lucas. says:

    Eu conheço o HBD deste os idos de 2007/2008, mas eu nem lia e tal, acredito por eu ainda ser muito novo e não sentir muito empatia pelos assuntos tratados. Aliás, foi através de um link que uma amigo mandou via e-mail que conheci, mas infelizmente eu nem lembro o motivo para ele ter me mandado esse link.
    É engraçado pensar que esse modesto recinto internético completa dez anos. Se pararmos para pensar, o hbd é o legado que o Izzy deixará à humanidade. É só imaginar que esses textos sobreviverão por muitos e muitos anos, sendo multiplicados pelos cantos mais inecogitáveis da internet, produzindo aquele sentimento de nostalgia, d’um tempo outrora fortunado; de reflexão, sobre as crenças que perpetuam a vida de alguns; e de escrotidão, afinal, todos têm um dia de merda – alguns mais do que os outros –, e etc. E no fim, alguns destes textos viverão na memória de alguns leitores pelo resto de suas vidas. Como eu, que provavelmente contarei a história de um cara que cagou no tapete do banheiro para meus netos =)

  44. Nina says:

    Poxa, tenho acompanhado o HBD há unssss… 3?4? meses? pouco tempo, mas mesmo assim adoro o blog!

  45. victorprs says:

    Kid, sou leitor novo, tanto de idade e de tempo de blog. Até porque quando você foi começou esse blog, eu tava jogando Pokemon Crystal via emulador… Acho que leio isso há um ano e pouco, mas sempre curti muito seus textos, cara.

    Tenho vontade de criar um blog também, por causa dessa nostalgia toda com o passado e tal. Mas eu sou bastante relutante com a exposição.

    Parabéns pelo seu casamento e pelo seu blog 😀
    E continue nos entretendo por mais 10 anos \o/

  46. Brian says:

    Leio o HBD faz 1 ano somente. Siga com isto, es um artista.

  47. Rodrigo says:

    A seu pedido, olá! Te acompanho ha uns 48 anos, um dos leitores silenciosos. Não tenho a mínima ideia de como fui parar no seu blog! Tenho mais ou menos a mesma idade de você, curioso crescer junto com o narrador do texto. Continue gordo e nerd, afinal eu também estou cada vez mais gordo e nerd!

    Grande abraço.

  48. Vitor.E says:

    cara,eu acompanho o hbdia desde de 2009,e nunca fiz um comentário,mas depois de ler esse post resolvi dá uma comentada,KID,muito bom cara,parabéns por tudo,por ter mantido esse site e por ter se dedicado,isso realmente faz a diferença

  49. marcus says:

    Eu sou da época do manual dos góticos.

  50. Leonardo Neen says:

    Eu conheci o HBD através do Pc Siqueira pelo Twitter,isso já faz 2 anos.Bons tempos aquele hein? 2 anos que acompanho essa BAGAÇA todos o dias.Enfim PARABÉNS pelos 10 anos do blog e que outros 10 ou talvez 50 anos venham pela frente!;)

  51. Bruno says:

    Acompanho o blog desde 2003, porém, não sou muito de comentar. De qualquer forma sou frequentador assiduo daqui… parabéns pelos 10 anos!!

  52. Gabriel says:

    Conheci o HBDia tem uns dois anos, em uma seção do blog ¿Que Diabos? em uma seção chamada KD Talk Show, onde você deu uma entrevista pra ele e que na minha humilde opinião foi engraçada pra cacete, desde então sempre acompanho o HBDIA asuhaushauhsa

  53. Eu li pela primeira vez em 2001, por recomendação de um amigo 🙂
    E sinceramente você e seu site fizeram realmente um impacto grande no decorrer da minha vida também. Lembro que entrei no Twitter primeiramente pra continuar acompanhando você e o blog.

    Enfim, Parabens pelos 10 anos e Obrigado pelos peixes 😀

  54. Rômulo Renner Maciel says:

    Parabéns Kid!
    Meu pouco tempo acompanhando esse site, e falta de domínio da lingua portuguesa me impedem de falar do que isso.
    Não consigo me lembrar qual foi o primeiro post que eu li, mas começei a acompanhar o blog ano passado, mas já sou um grande fã e já houveram dias em que eu passei uma boa parte da tarde lendo alguns posts mais antigos.
    Novamente, parabens, e continue com esse blog por mais um bom tempo, por favor, é sempre divertido ver outras pessoas se fudendo, como foi comprovado pelo guinchocam.

  55. Pamina says:

    Não sei se você se lembra de mim, Kid, mas creio que te leio ha esses anos citados. Foi a mesma época que comecei a mexer na internet, lia os Capanema (e adorava) e te encontrei, provavelmente nesse layout tosco. Mas a lembrança mais antiga sua é mesmo do PRIMEIRO manual do gótico que voce postou, sei disso porque eu era gótica na época rsrsrsss

    Chegamos a conversar via msn algumas vezes, eu até tenho um “autografo virtual” seu rss…dá uma olhada http://www.fotolog.com.br/onlyagirl/7724326/

  56. Leandro says:

    Muito foda, obrigado por tudo Kid e continue com o bom trabalho. Dificil lembrar agora mas não sei as contas de quantas vezes já chorei de rir lendo seus textos. Tudo de bom pra ti cara, e pro HBD tambem! <3

  57. Kinokio says:

    Kid, qual sua altura? Deu vontade de perguntar.

  58. Caramba, teu blog já tem 10 anos? Eu nem sabia ler nessa época e tu já tava aqui… Conheci há uns 2 anos, more or less, e agora a primeira coisa que faço quando ligo o pc é entrar no HBD, é meio que automático -- pra não dizer viciante. Eu li esse post ouvindo “Epitáfios” do Titãs, coincidentemente, o seu blog realmente virou um autobiografia sem querer querendo. Espero acessar a internet em 2022 e ler você comemorando mais dez anos. Parabéns, tu merece.

  59. dikdik says:

    E ai new kids on the bloks , vc vira e mexe pede isso de todos responderem e etc
    Eu acho que leio desde 2003 participei dos foruns tbm ajudei vc a espalhar um script no orkut jogamos worns etc eu que não sou de falar realmente eu perco bastante tempo na net .

    Sorte ai no seu casamente e na sua vida e acredite nunca passa essa nostalgia e a senssação que o tempo anda cada vez mais rápido . Pelo menos comigo é assim

  60. Raid says:

    Bom, não me lembro bem da primeira vez que entrei no HBD, foi pelo Fidido ou pelo Loompas, isso é certeza. Foi mais ou menos quando você começou na CETEC ou no estágio, lembro até daquele post que você fez uma bola gigante de elásticos, era um estágio promissor.

    Pouco tempo depois seu irmão começou a fazer tirinhas pro blog e aí o HBD estourou de vez.

  61. Gabriel says:

    Devo ter conhecido o site +/- em 2009, minha irmã me chamou rindo para me mostrar o post manual dos góticos (que já era velho na época!). Se eu não me engano o namorado dela na época que tinha falando do blog… A partir de então eu sempre acompanhei.
    Veja bem, se você levar em consideração que eu tenho 16 anos, e vi aquele post no começo de 2009, eu tinha 12 anos na época, ou seja, eu estou crescendo acessando o HBD, kkkkkk.
    Eu lembro que em uma virada de algum desses anos eu tirei uma foto e postei no twitter falando que no último de dia do ano eu estava falando do HBD pra um primo meu, ou que estava passando o último dia do ano no site, não lembro direito, e o Izzy retuítou. Fiquei felizão aqui em casa e fui contar para os parentes que estava aqui presentes e todos me olharam com uma cara de F***-se!

  62. Philippe says:

    É, eu sou um desses que visita seu site ha uns10 anos. Desde a epoca que voce morava no Maranhao. Um dos primeiros posts que li foi voce falando pq nao ia na micareta da cidade.

  63. Konnor says:

    Parabéns, cara! Você me inspirou a criar meu blog (:

  64. Philippe says:

    Só complementando o comment anterior:
    Lembro de alguns posts da epoca que voce ia viajar pro Canada. No tempo que sua casa ficou vazia, sem moveis. Da viagem pra embaixada, que sua mae errou o caminho na volta, enquanto dirigia. Da sua ex-noiva, que nao sabia usar computador.
    No geral, conheci seu blog pq uma namorada minha da epoca frequentava aquele canal #weblogger na brasnet.

  65. alexandre says:

    conheço a 1 mes,e tambem nem sabia ler a dez anos(acho),foda se , leio 20 textos por dia nessa bagaça,daqui a pouco acabo!

  66. Lorena says:

    Chego a me sentir envergonhada de comentar aqui no meio de tanta gente que lê seu blog há anos. O primeiro post que eu li foi “4 sacanagens que todos fazíamos com o irmão menor”, vai fazer um ano mês que vem, vi pelo Ocioso, uma das melhores coisas que encontrei por lá. Desde aquele dia eu venho acompanhando o blog e lendo todas as histórias antigas. Uma das coisas mais legais é ler suas histórias de infância, principalmente quando tem o Ceará no meio, que terra maravilhosa! Enfim, esse tempo todo estive anônima por aqui mas depois desse final de post me senti obrigada a comentar, mesmo sabendo que provavelmente não serei lida: parabéns, quide! De verdade, parabéns por dez anos de blog, obrigada por compartilhar tanta coisa com a gente.

  67. Ítalo says:

    Caralho izzy, você começou seu blog e eu só tinha 6 anos.
    Parabéns pelo os 10 anos do seu blog, infelizmente só fui conhecer esse ano, mas já sou seu fã.

  68. Minha memória é uma merda, então não serei capaz de lembrar de nada muito relevante do começo do HBD, mas eu sou uma dessas 3 ou 4 pessoas que está aqui desde o começo, desde aquela época em que ninguém aguentava mais vc pedindo visitas pro site, pra aparecer naquele contador tosco.
    Eu sabia desde aquele inesquecível texto que relatava o nosso dia na sala de aula, com Mario dando aula, a “Nossa Senhora dos Pirulitos”, o “Homi-Pudim” aprontando alguma e a “medalhinha do São Google” que isso ia dar em alguma coisa.
    Espero que tu continues lembrando da amiguinha das florzinhas na cabeça que quase derrubou a carteira qdo o intruso cearense chegou na sala da espelunca. Hahaha
    Parabéns, Tio Kid, continue indo cada vez mais longe!

  69. Thais says:

    Acompanho o blog há pouco mais de um ano e visito todos os dias (mas é a primeira vez que comento, não me pergunte o porquê) adoro ler os seus textos e as vezes até releio, alguns eu acho graça como se estivesse lendo pela primeira vez. Enfim, parabéns por esses 10 anos. Obs: Chorei com o video do casamento *-*

  70. Guilherme Saito says:

    Aew Parabéns Kid, leio seu blog a mais de um ano e acho muito foda a maneira como você escreve e amarra (?) os assuntos dentro de um texto. Muito sucesso para os próximos 10 anos de HBD.

  71. Enrico says:

    Acho que leio seu site desde 2006! É muito tempo, mesmo nao sendo desde o inicio’! Hehe. Algumas coisas que eu lembro:
    -- gostava muito de ler as resenhas de filmes!
    -- trocamos comentarios no blog sobre como a matemática pode ser imprecisa!
    -- participei do fórum hbd
    -- doei 1 dólar quando você pediu ajuda para continuar atualizando o blog
    -- já te mandei alguns comentarios no twitter mas vc nunca respondeu =(
    -- e ainda tenho mania de entrar no blog eventualmente, mesmo 6 anos depois e tendo 26 anos! Hahaha!
    Incrível como o tempo passa, não? Até assusta! Você cresceu e seus leitores cresceram lendo vc tb!

  72. Caraca :~
    —-
    Estou aqui na faculdade, com minha amiguinha Rê. Graças a ela estou acessando, pois a porcaria da sala de informática do meu curso foi pro espaço.

    (A Rê foi embora agora)

    Ela me arranjou a senha da sala de informática do curso de Ciências da Computação. Que diferença do CECOM! São uns vinte computadores, e todos funcionam (ou pelo menos este aqui).

    Tou entediado. Acho que tava mais acostumado a teclar lá do CECOM mesmo 🙁

  73. Guilherme Brito says:

    Porra Izzy, nem sou um leitor muito antigo nem muito atuante nos comentários, mas como o chefe mandou…

    Acabei conhecendo o site ano passado, depois de um MRG que tu participou e a primeira história que eu li foi o dia que você cagou no tapete do banheiro. Nem preciso dizer que fui fisgado imediatamente pela fétida narrativa e, como estava numa situação bem parecida, me identifiquei bastante com o relacionamento entre você e a Bebba.

    Parabéns pelos 10 anos de blog! Impressionante como além de ter trocado praticamente todas as células do seu corpo a internet mudou completamente e muito poucos sites ou blogs daquela época ainda estão vivos.

  74. Tama says:

    Conheço o HBD a relativamente pouco tempo. Sei lá, uns 2 anos? Não tenho como dizer exatamente desde qua ndo, pq minha noçao de tempo eh pessima… e qndo conheci o blog saí lendo milhoes de posts antigos, nem dá p me basear por textos p tentar me localizar no tempo =P Tu escreve mto! Embora nunca tenha falado ctg, aprecio mt seu trabalho. Fiquei ate meio triste de saber q vc vai guardar mais da sua vida pessoal daqui pra frentre. Vc tem todo o direito, é claro. É q a gente lê tanto sobre vc q quase sente como um velho amigo haha

  75. Thito says:

    Desde o Texto sobre Otakus.. haha Caralho faz muito tempo já..

  76. Felipe says:

    Legal Kid….Parabens!!!
    Leio seu blog a uns 4 ou 5 anos, se eu não me engano linkado pelo Morroida….Sempre gostei do seu jeito de escrever, humor ácido e tal, então continuei te seguindo!!
    E olhe a coincidência….Dia 28 fiz 10 anos de casado!!!:)

  77. João B says:

    Nuss, leio acho que desde ~2005… Acho que peguei o final do caso da tina, antes dela morrer… Esse seu blog me ajudou a perder o preconceito de sair do país… Vendo a globo antes eu sempre achava que a a unica função de brasileiro no hemisfério norte era limpar privadas/trocar faldas…

    To planejando mais a minha namo-esposa uma viagem pro canada pra fazer um intercambio-combo inglês/francês…

    Valeu Kid por me manter entretido por todos esses anos!

  78. Ancelio says:

    Aê Kid!

    Cara, só agora me dei conta que não faço idéia de quanto tempo te acompanho. Sei que começou por causa do Ronald Rios, como acabei comentando contigo, mas não sei contabilizar tempo. Deve ter, no máximo, 2 anos. Mas mesmo sendo um tempo relativamente pequeno, eu já lí muitos dos seus textos antigos e vi bastante dos seus vídeos.

    Gostei da parte que disse “você é meu amigo à distância, por mais que eu talvez nem conheça seu nome”, pois certamente todos nós que te acompanhamos temos você como um grande amigo, praticamente um irmão. Fico extremamente feliz e lisongeado de poder ter acompanhado parte do seu crescimento e amadurecimento como pessoa, além do sucesso(em todos os sentidos possíveis!).

    Você é um cara incrível, de fato único, e que sempre vou lembrar pelos inúmeros momentos que passei ouvindo e lendo as suas palavras.

    Nunca deixe de ser quem é. Por mais que você não seja a mesma pessoa de 10 anos atrás, sua essência é ainda a mesma e nunca a perca! Daqui a mais 10 anos eu espero poder comemorar mais uma década de HBD, dessa vez casado, e quem sabe você com um Israelzinho por aí?

    Abraços, cara!
    =D

  79. acompanho seu blog desde 2005, e acho que ele e tua melhor faceta, dialetico e nao estrsnhado. parabems pelo blog

  80. Manu says:

    Eu não lembro exatamente quando comecei a ler o seu blog, mas eu sei que foi por causa de um link no blog do Morróida. Como eu também imigrei para o Canada, me identifiquei -- principalmente quando lí suas respostas ao pessoal sem iniciativa perguntando sobre imigração, pois eu passei pelo mesmo interrogatório.
    Adoro seu blog, leio sempre mas raramente comento.
    Parabéns pelos 10 anos de HBD. Parabéns pelo casamento! Sucesso em seus novos desafios 😉

  81. Kaisermetal says:

    Apesar de ter de chamado de gordo e outras coisas e ser da turma de dissidentes do fhbdon, fica ai meus parabéns e 10 anos de acompanhar esse blog me fizeram dar muitas risadas.

  82. Jordy Felipe says:

    Eu te acompanho desde um post que você falou que na adolescência, transou com uma garota na garagem, aí seus pais chegaram e foram abrir o portão, como o portão demorava para abrir e fazia muito barulho, vocês facilmente corriam para a sala e se arrumavam “em tempo recorde”. Uma vez, eu te adicionei no MSN, aí elogiei seu trabalho e tal, aí falei: “Tenho que sair, vou buscar o almoço”, quando voltei, você perguntou quem eu era, aí falei: “O cara do almoço!”, nessas limpezas suas do teu e-mail, você me eliminou hehe ^^ e também, sou do início do épico “enjoy your miojo”. Parabéns, Izzy, pelo seu blog e que venham mais 10 anos!

  83. Rodolfo says:

    Leio teu blog faz um ano, desde que comecei a te seguir no twitter, depois de ver alguém te retwittando. Parabéns pelos 10 anos, Kid.

  84. Rackor says:

    Nunca comento, mas obrigado por me divertir todo esse tempo.

  85. max 171 says:

    Comecei a ler em 2006, você tinha cabelo grande, cavanhaque, já namorava e em um gif ficava girando uma caneta nos dedos infinitamente.

  86. Digos says:

    Que ano foi escrito o post de como ser um gótico,com fotos do seu irmão e tudo mais? Tenho curiosidade pra saber desde quando acesso o hbd.

  87. bruN0 says:

    Eu não lembrava em qual ano conheci, sabia que era com certeza antes de 2006, mas qual não foi minha surpresa quando notei que o primeiro texto que tinha lido (um em que você fazia um bico no Halloween, coisa que era praxe antigamente, hein?) é do final de 2004… então arredondando, devo ter conhecido no comecinho de 2005 ou final de 2004 mesmo. Caralho, já faz todo esse tempo? Lembro o quanto espalhei teu site nos idos de 2007, quando também terminei meu ensino médio e tinha meu humilde blog já fazia uns 3 anos com uns textículos quaisquer e pensava que eu queria escrever tão bem quanto aquele conterrâneo que morava no Canadá. Aliás, tinha que ser cearense mesmo pra divertir fazendo tão “pouco”.

    Lembro do apogeu e queda do FHBD, do qual também frequentei levemente. Tá aí, uma época em que usávamos mais fóruns, a tal comunicação assíncrona que tu sempre adorou era mais constante. Da tua relação de amar odiar a Tina, de todas tuas mudanças de emprego e bicos nesse meio tempo. Eu nunca curti muito teu vlog como não costumo curtir praticamente nenhum mesmo, então que seja.

    O importante é que o blog continua vivo e é meio estranho ver que tu continua mudando, vai mudar de novo de emprego, provavelmente um pouco a postura no blog, mas não é bem novidade. Você também escondeu na época que trabalhava no Wendy’s e também enrolou um pouco para dizer quando foi trabalhar na sex shop, então nada que não estejamos acostumados.

    Não deixe essa merda morrer só porque a era dos blogs morreu. O foco hoje é totalmente diferente, mas assim como eu, muitos simplesmente gostam de acompanhar tua vida e tua opinião lendo por aqui ao invés do Twitter ou teus canais no YouTube, porque você deve ainda sentir algo diferente quando escreve por aqui, mesmo depois de 10 anos. Se não sentir, bem… então é minha vez de tentar entender a nostalgia que sinto dos meus anos em que não tinha muito mais o que fazer no final do meu ensino médio e ficar lendo os textos daqui.

    Parabéns, Kid. Mesmo.

  88. Iark says:

    Acompanho o blog há uns 3 ou 4 anos, uns dos melhores que conheço. Parabéns pelos 10 anos de blog e pelos excelentes textos, enquanto vc continuar a escrever eu continuarei a ler.
    Grande abraço

  89. Panda says:

    Texto Muito legal e o vídeo mais ainda!

    Pra quem escreve em blogs ou diários normais, reler o que escreve depois de uma década, é uma imersão no passado altamente detalhada. Se só de olhar uma foto já nos lembramos de tanta coisa, imagina relendo relatos de acontecimentos importantes que aqui estão escritos.

    Comecei a ler o blog em meados de 2010, digitei algo relacionado a Canadá no Google e achou o blog. Coincidentemente eu havia voltado de Montreal uns dias antes de achar o blog aumentando o interesse por suas desventuras em terras canadenses.

    Ainda sigo-o no twitter e ouço sempre o 99vidas, além de ter espalhado o podcast e seu blog para amigos que também curtem o seu trabalho aqui!!

    Parabéns pelos 10 anos de HBDia!

    Abraços!

  90. F@bio says:

    Heii Izzy, parabens pelo seu casamento e boa sorte na sua nova vida 🙂

    Cara eu acompanho o seu blog a uns 7 anos, possivelmente um pouco mais…
    Eu lembro que chegeui ao seu blog atravez de um site sobre um jogo do Cavaleiros do zodiaco feito no RPG Maker… eu acho….
    Foi +- na mesma epoca em que eu conheci o jovem nerd, que estava voltando do híato de quase um ano. 🙂
    Eu sempre me identifiquei com as tuas historias de infancia, pois elas me lembrom muito as minhas, como voce eu tbm cresci fazendo estripulias nas ruas.
    Eu tbm morei muitos anos em Maringa, do lado de londrina hj vc morou…
    Como você disse as vezes eu sinto como se voce
    Eu nao tenho twitter, e postei poucas vezes aqui no site, mas as vezes sinto como se você fosse um amigo proximo, afinal eu acompanho as suas histórias a tantos anos, e temos muitas coisas em comum.

    Bom um abraco pra você e para a Becca, e boa sorte 🙂

    De seu amigo anonimo Fábio

  91. erik says:

    leio essa porra tem uns dois anos e meio, eu acho. ou mais kkkkk

  92. Gabriel says:

    Parabéns Izzy, 10 anos não pra qualquer um!

  93. Devo vistar esse blog a uns 3 ou 4 anos. Lembro que o primeiro post que vi foi uma lista ou algo assim de jogos antigos, o que junto ao layout e a pressa que eu tava na hora me fizeram adicionar “o novo blog de jogos que achei por ai” no google reader pra ver mais tarde.

    E Parabéns pelos 10 anos.

  94. Apesar de pouco comentar aqui, considero seu blog um dos melhores (se não for o melhor) em “relatos pessoais”. São poucos os que sobreviveram desde que eu comecei a usar a internet há uns 10 anos. Izzy, seu estilo de linguagem e muitas das suas ideias me influenciaram a ponto de eu começar a fazer um blog com um estilo parecido com o HBD. Meus parabéns pela sua dedicação e que venham mais 10 anos!

  95. Fabio says:

    É estranho eu comentar pela segunda vez no seu blog a tanto tempo lendo hehe, comecei a acompanhar logo na época de transição Brasil/Canadá, antes de você conhecer a Bebba (não sei quantos anos isso).

    Forte abraço, não vou desejar sucesso porque isso já lhe acompanha em qualquer setor da sua vida.

  96. Lágrimas de macho foram derramadas nesse vídeo…

  97. fagner says:

    Acompanho o teu blog acredito que há uns 2 anos, é pouco tempo, mas nesse pouco tempo passei a gosta bastante do teu blog.

  98. jairo_eudes says:

    Se não me engano o primeiro texto do HBD foi o q vc cagou no tapete do banheiro. Pra mim, esse é o mais épico EVER kkk

  99. Mateus says:

    Primeiro texto que eu li desse blog foi o do tapete por causa de um tweet do Cauê Moura, a partir desse dia eu comecei a te seguir no Twitter e a acompanhar o blog.

  100. Marcelo Omini says:

    Comecei a ler o HBD há cerca de dois anos, o que deve ser metade do tempo que a maioria absoluta dos leitores te acompanha, me identifico muito com você (apesar de ser do RS) e me divirto quando você se fode.

    Acho que seriamos bons amigos.

    Parabéns pelos dez anos de blog, que ainda vão se repetir muitas vezes.

  101. rafael says:

    acompanho o blog desde o Pilot.XviD do HBDTv, postado no PSP BRASIL (orkut) e digo: você já evoluiu bastante nesse tempo, pq tu era meio bobão antes. uhauhahuahuahu

  102. eu mesmo says:

    Leio seu blog ha uns 6-7 anos. Lembro que tretei com vc uma vez por causa de um post sobre Dragon Ball Z, na época em que ser troll ainda não era moda, hahaha

  103. Briba Dantas says:

    Passando só pra macar presença.
    Parabéns!

  104. Catu says:

    Comecei a ler o HBDia na época do “Roubo das comunidades do Orkut”. De lá pra cá eu desenvolvi essa síndrome do camarada Lucas Goulart. Achar que o Kid virou um amigo!
    Mas acho que isso acontece em qualquer esfera em que você se identifica com alguém, e acompanha a história por tanto tempo. O mesmo acontece com o pessoal do MRG (esses pelo menos eu conheço pessoalmente), JovemNerd ou Morróida. Mas também acontece no mundo da ficção. Fui amigo de Kevin Arnold, Guybrush, Al Simmons… Retardadismo a parte, mesmo podendo nunca te conhecer pessoalmente, torço por você e que nos brinde ainda com muitos anos de histórias mirabolantes e opiniões de bosta no HBDtv! Abraços!

  105. Felipe says:

    Comecei a acompanhar por causa da primeira resenha pornô no Bobagento, daí depois que você disse que catarinenses tem sotaque chato, eu parei de ler, depois voltei.

    Ah, aceito suas desculpas por dizer isso hahahaha. Zueira, a trollada funcionou.

    Então quer dizer que você encontrou o amor da sua vida com um beliscão na bunda?

  106. Pedro says:

    Acompanhei por causa de um broder que me recomendou. Eu sou um daqueles otários que pediu pra você dar uma olhada nos blogs de 3 meses de vida deles.
    Nunca tinha visto os outros textos da Becca… parabéns pelo site, cara.

  107. Flavio says:

    Quide, seu filho da puta!

  108. Guatavo B says:

    Agora me dei conta de que estou velho. Acho q acompanho aqui desde oshawa, entao 2003/04 por aí. Manual dos goticos, saga dos mormons, computador no porao, etc.
    Acho q so comentei aqui umas duas vezes, quando intimado.
    Realmente é estranho acompanhar a saga de um nordestino no canadá por anos a fio. E ainda comentar em casa as historias, como se estivesse falando de um vizinho ou amigo.

    Abraço e parabens.

  109. Bebum says:

    Desde longa data, na época do fórum do cocadaboa, eu já lia o seu blog. Sempre que eu tenho um tempinho dou uma passada aqui no hbdia para ler os seus textos e acompanhar as novidades da sua jornada.

    Nesse aspecto, fico bastante feliz quando vejo que você alcançou diversas conquistas na sua vida. Novos sonhos e projetos surgiram, substituindo outros que cada vez parecem mais longe.

    Talvez por nossas infindáveis discussões, acreditava que seu ingresso na carreira jurídica seria algo que naturalmente iria acontecer. Apesar deste plano não ter prosseguido, percebo que seu talento para argumentação jamais será desperdiçado.

    A existência desse blog por 10 anos, a intensificação do seu trabalho em outras mídias e a elaboração de seu primeiro livro são provas, não só de sua eloqüência e perspicácia para a discussão, mas também do grande comunicador que você se tornou.

    Persiga os seus objetivos de vida e nunca deixe de manter o humor ácido e o tom polêmico com os quais você ficou conhecido.

    Parabéns por estes 10 anos de blog!

    Grande abraço,

    Bebum.

  110. Marcela X says:

    Você não sabe o que quer,hein!?

  111. K1 says:

    Fala meu camarada! Te acompanho desde 2006. Nunca deixei de ler teus posts, invista em mais videos, todo mundo se interessa pelos seus videos mostrando sua vida no Canada etc, dao mais trabalho mais com certeza atraem mais!

  112. Z3hr0_C00l says:

    Eu acho que o post da tua sogra flagrando vc e a Bebba em um rala e rola no quarto deles, merecia um repost.

    Acompanho desde essa epoca, tu era magro ainda, eu no colegial, agora to formado e tu casado. Amiga minha, mais nova, que me apresentou, hoje ela nem acompanha mais.

    Acompanhava esse daqui e o Cobras e Lagartos (não sei se tu conhecia o cara).

    Até fui o primeiro leitor a saber sobre a confusão com a bibliotecario, via MSN, sim tu conversava cmg, mas do NADA fui bloqueado, vai entender.

    10 anos, tempo pra cassola, acho que to por aqui há uns 8 ou 9 anos.

  113. matheusteixeira says:

    foi na comuna do PSP br no orkut, com os primeiros videos do hbdtv

  114. hurricane says:

    Eu comecei a ler na epoca que o o ueba ainda se chamava fidido e geral que tinha bloguinho se empenhava para aperecer nos liks do dia la e ver o contador dar um salto (e na época não tinha o fator financeiro envolvido, era apenas por status/satisfação), e vc tambem comentava no blog que eu mais curtia na época, o “Loompas” do Tuego, e depois que ele foi parando de postar eu comecei a acompanhar com mais afinco o HBD, lembro das suas peripecias como vendedor de picolé, de como ficava maravilhado de conseguir acessar a internet “fora de casa” (leia-se na calçada) usando um Palm podreira la (mas que na época era foda e praticamente inacessivel para brasileiro medio, ao contrario de hj que qq zé mané pode ter o mesmo iphone que tu tem ai)
    Lembro que chegamos a discutir sobre “xbox vs PS2” e como ambos eramos tontos a ponto de levar isso a serio e perder tempo com esse tipo de coisa
    Lembro do japa de lantejoulas, da semeadores da discordia, de assustar criancinhas em um parque vestido de monstro ou algo assim, putz, to véio

  115. Yago says:

    É complicado escrever elogios pra alguem sem ser cliche… mas parabens pelo blog kid, conheço a uns 5 meses mas é leitura diaria obrigatoria no trabalho… por mais que já tenha lido isso, tu escreve bem rapá, bem mesmo…

    é dificil achar blogs da velha guarda que resistem com o tempo, eu era seguidor do falecido blog do morroida e quando terminou acabei conhecendo o HBD… e hj é meu blog preferido…

    Quando se tem um blog ou até mesmo o twitter hj em dia com muitos seguidores vc acaba criando amigos que te conhecem bem, mas que você talvez nunca vá ouvir falar deles…

    Que venham mais 10 anos de blog, e novamente parabens ;D

  116. Pedro Lopes says:

    Comentando aqui pela primeira vez.

    =)

  117. Mariana says:

    Ah, te acompanho tem só 2 ou 3 anos, acho. Não pude ver toda a evolução =/

  118. emes says:

    po kibão, te acompanho faz uma cara, e fiquei sinceramente feliz pelo teu casamento e tudo mais

    parabéns pelos 10 anos!

  119. Marcos says:

    Não leio o blog há tanto tempo, faz mais ou menos um ano, mas desde então venho entrando frequentemente. Não tenho certeza de como cheguei no blog, se foi por um link no morroida ou se foi por um vídeo do Jovem nerd que citaram seu nome.

  120. Oscar Calstrom says:

    Porra, Quide, eu não acompanhei TUDO isso, mas eu acho que eu leio seu blog mais ou menos desde o meio pro final de 2004. Claro que eu já tinha lido as desventuras mencionadas através do arquivo…

    Bom eu acompanho a parada desde que a Bebba ainda era “A Gótica” e, porra, parabéns e obrigado pelo bom trabalho! 🙂

    Só pra lembrar, acho que um dos meus textos favoritos foi o da school trip pra esquiar…

  121. Bogonov says:

    Te acompanho a pouco mais de um ano, acho. E me arrependo de não ter entrado antes. Blog sensacional.

  122. Tales says:

    Eu comecei a ler o blog quando teve a batalha batman vs homem de ferro no twitter e eu estava defendendo o batman.De fato…trocamos argumentos e tudo então resiolvi te seguir e um dia depois descobri o hbdTV q no mesmo minuto me fez conhecer o blog.Desde então venho acompanhando o blog

  123. Italo says:

    te acompanho a 6 anos.
    Parabéns, e volte a malhar.

  124. Sávio Pimenta says:

    Então cara, eu sou um daqueles que sempre te acompanharam, mas como leitor. Nunca fui de interagir muito não. Tenho 26 anos, fazendo 27 este ano e acompanho você desde o início sim, eu me lembro inclusive da vez que você pegou a “Gótica” pela primeira vez, numa pilha de roupas se não me engano, e e retratou isto com um Hilário texto passando na tela (O Famoso Marquee do HTML).
    Resolvi escrever pois acho que crescemos juntos cara, acompanhando você esse tempo todo e vejam só: Me casei este ano também, fora que a patroa está grávida… estou um passo à frente,rs.
    Acho que você é um grande amigo que tive e não tive ao mesmo tempo, afinal são 10 anos sabendo muito da sua vida e você sem saber nada da minha. Um forte abraço e força na sua vida ai!

  125. Murillo says:

    Comento pouco e talz, mas comecei a ler o HBD já faz um bom tempo. Fui procurar nos arquivos mas não consegui achar o post específico, lembro-me apenas que era um Top 10 dos hypes e um dos itens era um coelho com uma panqueca na cabeça. Achei aquilo tão “foda-se esta merda” que achei genial e desde então visito o blog duas ou três vezes por semana a procura de novos textos. É engraçado como conheço tantas histórias suas como se fôssemos colegas ou coisa do tipo.
    Me lembro de coisas que ficaram pra trás (o apelido Kid, a Gótica, o trabalho na lanchonete), das sagas (de patricinhas intercambistas a suspensão da escola) e dos textos que ainda hoje são os meus favoritos, como aquele em que tu descreve o Brasil para os canadenses.
    Espero que o blog não mude tanto, mas se mudar tudo bem, porque nós acompanharemos essa mudança com o mesmo sorriso que acompanhamos até agora.
    Boa sorte nessa nova fase da sua vida, casado e numa nova carreira. E tomara que daqui a dez anos estejamos rindo e causando polêmica ainda nas novas redes sociais que surgirão até lá. Abraço.

  126. Art says:

    Acompanho o blog a uns 2 anos, se não me engano. Infelizmente desconhecia antes, fato que mudou depois que cliquei num link aleatório do twitter que me trouxe aqui. Eu lembro de nos primeiros acessos me debruçar sobre os “textos clássicos” do blog. Lembro bem que li o post sobre os Mistérios Inexplicados na época, se brincar foi até o primeiro! haha
    Desde então, acesso com frequência. Curto ele porque é um blog sem igual na internet brasileira, tão inundada de blogs que só reproduzem memes de sites americanos. São poucos que o autor se dedica a fazer grandes textos interessantes sobre sua vida ou fatos aleatórios, imprimindo sua marca a ele. E você faz isso.
    Queria muito que isso aqui tivesse mais posts por semana! hahaha Com certeza eu acessaria ainda mais!
    Que venham mais 10 anos de blog! Grande abraço!

  127. Diego Plautz says:

    Acompanho o blog a alguns meses apenas e já gosto bastante 🙂

  128. DocFHBD says:

    Não me lembro se conheci o HBDia ou o FórumHBDia primeiro. Acho que por volta de 2004/2005 (estava no final da faculdade). Até contribuí com umas esmolinhas!
    E acompanho o blog até hoje. Me formei, casei, sou bem sucedido na minha profissão, conquistei coisas na vida, assim como vc. Mesmo vc sendo pouca coisa mais nov que eu, me identifico com vc talvez por termos evoluído ao mesmo tempo, com muitos conflitos semelhantes e uma visão de mundo parecida.
    Parece até que eu te conheço pessoalmente!
    Vou querer ver vc escrevendo sobre o primeiro filho e essas coisas da velhice 😀
    Abraço Quide!

  129. Adolf says:

    Desde 2002-2003, por aí, através de uma recomendação e link do finado blog NUKE THE WHALES, que na época era meu blog favorito.

    O primeiro blog que li diariamente foi o ABOBRA (lembra dele?), seguidos de NW e HBD.

    Pensando sobre todo esse tempo e em quanto minha vida mudou ao longo desses anos, mais valorizo a qualidade do seu trabalho e também a determinação em manter isso rodando, cada vez subindo mais o nível.

    Meus parabéns e muito obrigado pela diversão que já me proporcionou em quase uma década!

  130. Conrado says:

    em meados de 2004~2006 fui procurar no google algo sobre ademir de arari e acabei caindo no teu blog. ri pra caralho e pensei “que texto foda. se eu fosse escrever um dia, seria da mesma maneira”, aí nunca mais parei. tirando que me identifico pra caralho pois tenho a mesma idade que vc e tive a mesma infância nérdica jogando videogames, mesmas brincadeira, etc e tal.. só que vc é mais nerd.

  131. Soda says:

    Eai kid!
    Eu leio seu blog há uns 9 anos pelo menos… Lembro que quando conheci o blog, li todos os posts até o do dia que vc começou. Então não deve ter sido muito tempo depois da estréia.
    Eu frequentava o forum e foram uns meses bem divertidos que a gente ficava se xingando e zuando o dia inteiro.
    Tinha muita gente boa e fazíamos os mega chats!
    Tinha o inxs, majoraze, paulo (um dos maiores trolls q eu ja vi), tinha um outro cara completamente maluco e usava o nick com K… (esqueci o nome). E mais um monte de mulecada vagabunda! Isso fora a mulecada do hoje é um mau dia, a tina (putz essa foi um mito) e cia…
    Até hoje leio quase semanalmente os posts do hbd no meu cel.
    Parabéns por aguentar esse blog por tanto tempo e valeu pelas risadas!

    Abraços!

  132. não acompanho o site desde 2001, mas me lembro muito bem a primeira vez que acessei. Cheguei aqui por cauda de Gears of War, eu caí de páraquedas em um post seu onde vc relatava uma viagem de carro que tinha feito com seus pais e que tinha ficado jogando Gears dentro do carro. Isto deve ter sido em 2006. Outra coisa, se vc procurar o meu e-mail na sua caixa do Gmail, vai encontrar algumas mensagens datadas de 03/01/2009. abraços e que o blog continue assim por muitos anos.

  133. José Henrique says:

    Há uns 5 ou 6 anos atrás eu estava procurando informações sobre o jogo “home alone”. Dei de cara com uma resenha aqui no blog e comecei a ler… Meu texto favorito (que veio antes da minha época) é o do velhinho com a faquinha da tramontina.

  134. leitor vouyer says:

    Não tenho 10 anos de acompanhamento, comecei em torno de 2005 ou foi 2006… tempo passa tão rápido, eu ainda me vejo em 1998 às vezes.

    Em todo caso, sucesso sempre, Kid!

  135. Oi, este sou eu criando vergonha na cara e comentando porque, né, 10 anos, porra. Que beleza. 😀

    Eu nunca consigo lembrar onde eu comecei a ler teu blog, mas na época era no blogspot, no meio-fim de 2006.

    E de lá pra cá foi muita diversão, broder Kid. Parabéns enormes por esse blog supimpa. 😀

  136. Bianca says:

    2003, 2004…pelo UEBA,sempre adorei! Me emocionei demais com o vídeo do seu casamento, com o video do anúncio da sua cidadania canadense, mijei de rir com o manual dos góticos, esperei ANOS a porra do texto das patricinhas intercambistas hahahahaha! O mais foda foi explicar pros coléguinhas que eu estava feliz porque você tinha casado, mas tipo, nem te conhecia hahaha, véi,the looks I got from people 😛 Seu blog, sua história,suas histórias, a fofa da Bebba foram, e ainda são, grandes companheiros nesse mundinho virtual.

    Parabéns pelos 10 anos! Parabéns pelo casamento!

  137. Superman says:

    Putaqueopariu, Izzy. Que post foda do caralho.
    Praticamente você compartilhou sua vida com uns vagabundos (ou não) do outro lado do PC (ou smartphone, ou qualquer outra coisa que tenha tela, o mundo mudou muito de 2002 pra cá) que estão com suas bundas na cadeira se deliciando com seus textos e vídeos. Cada um mais foda que o outro.
    Pra falar a verdade, eu comecei a ler o HBD ano passado, mais ou menos em Março, época em que comecei a usar o Tuínter, local onde conheci essa figura chamada Israel Nobre, Izzy, Kid, enfim, um nerd que criou um blog,foi para o Canadá, terra da Luísa, e se tornou um dos maiores bloggers (e vloggers!) do mundo, atingindo um nível de fama maior que o do Faustão em sua terra natal, a Brasilândia.
    As suas pirralhices de infância, as cagadas que você fez e faz, suas opiniões sobre os mais diversos assuntos, tanto por escrito como por vídeo, enfim, tudo o que você escreve e grava é simplesmente -- incrivelmente -- fodástico.
    Anyways, não nos agradeça por ler seus textos ou o que você tuita, já que somos nós -- leitores -- que devemos te agradecer por compartilhar a sua vida, seus pensamentos, tudo de bom ou ruim que acontece no seu dia-a-dia (ou dia a dia, merda de gramática).
    Parabéns Izzy, pela sua história de vida, pelos seus vídeos e textos e pela pessoa que você é. Sou seu fã, brother!

  138. Nighto says:

    Congrats, cara. Acompanho o blog há uns 5 ou 6 anos, não comento muito mas sempre leio e, às vezes, divulgo. É um dos meus blogs favoritos no meu Google Reader.

    Me lembro que foi um dos primeiros blogs que eu assinei “esse tal de RSS”, ainda no Netvibes.

    []s

  139. Kakate says:

    Acho que frequento o seu blog a uns 4, 5 anos. E deve ser a segunda ou terceira vez que comento.

    Não faço ideia de como cheguei aqui pela primeira vez, pode ter sido através de outros blogs (talvez o do Morróida) ou do Grande e Magnífico Google, porém o importante é que você faz parte do meu dia a dia (Bahh tive que ser clichê).

    Falo sobre você como se fosse meu amigo(!), quando um amigo disse que ia fazer o TOEFL, queria comentar que já conhecia alguém que já tinha feito e a única forma que achei foi dizendo que tinha um amigo no Canadá, de qualquer outra maneira seria estranho demais.

    Então, que seja aqui ou no HBDtv (ps: vc irá me fazer começar a assistir Vlogs, nunca curti mas parece que agora é inevitável) você tem uma legião de amigos desconhecidos. E como disse o DocFHBD vamos querer ver vc escrevendo sobre o primeiro filho, velhice, o universo e tudo mais!

  140. Eduardo says:

    pô, 10 anos já ? bem, eu to aqui tem um bom tmepo já, comecei a acompanhar seu blog em 2004 ou 2005, não lembro bem, só sei que ele já era no Blogspot

    lembro de ter visto em primeira mão alguns posts clássicos, e o inicio de histórias que se extenderam até os dias atuais, como a das Patricinhas Intercambistas Escrotas. lembro que você costumava chamar a Becca apenas de “Gótica” aqui no HBD.

    acompanhar seu blog é a coisa que eu faço na internet há mais tempo, Kid, continue o bom trabalho, e parabéns pelos 10 anos de blog.

  141. Pablo says:

    Acompanho o HBD desde 2005, desde que vi algum post seu sobre algo interessante (não me lembro o que), em uma comunidade no Orkut!

    Faz tempo! Como você cresceu cara!

    Uma pena que até hoje não tive a oportunidade de conhece-lo pessoalmente, pois realmente sou seu fã, e sempre estarei te acompanhando!

    Parabéns por esta longa jornada, e que tudo de certo na sua vida!

  142. Digos says:

    Ja achei, desde 2004 acompanho.

  143. Felipe Stumpf says:

    Achei o site procurando por informações sobre o Canada, foi antes do meu intercâmbio e tava nervoso pra caramba, precisava de relatos pessoais, não de guias de viagem. Ai achei, comecei a ler tudo e gostei. Venho diarimente aqui e ate arrisco trocas alguns tweets com você, mas quase nunca obtenho sucesso. Sei lá, eu gosto daqui, é como se tu fosse um amigo que eu só escuto ahahhaha

  144. pedro_hff says:

    Comecei a me interessar pelo HBD na época da troca de layout, porque no momento, eu era próximo de um dos contribuintes.
    A primeira vez que vi esse tal de Izzy Nobre na internet, foi quando achei um vídeo em que ele mostrava todos os gadgets, e assim comecei a acompanhar o HBDtv.

    Clichê time: até daqui a 10 anos

  145. Delberto says:

    Te sigo desde o finado fórum do Cocadaboa, por volta de 2002/2003, com aquelas porradas homéricas entre você, o Uísqueman, Arquiteto, Overman e outros malucos lá. Ah, e para mim você é o Kid.

  146. Nuno says:

    Visito seu site há uns três anos, e o encontrei por acaso pesquisando sobre o Killdozer -- e achei seu blog. Não ligo picas para seus tweets, e para qualquer post sobre a “comunidade blogueira” (eventos que você participa, etc.).

    Gosto de seus textos opinativos e de seus vídeos.

    Já li dois livros por recomendação sua, John Dies at the End e 11/22/63.

    E, juntando esta mensagem com a de outro post seu, para mim não vai mudar em nada você deixar de falar de sua vida pessoal. Os posts sobre “quebrou meu roteador”, “minha esposa tá no supermercado”, “a colônia de chatos de meus testículos cresceu”, etc., são os que menos me interessam.

    Você escreve bem, é um pouco pedante, inteligente, meio mau humorado, às vezes um velho ranzinza de 104 anos, irônico.

    Tem a irritante mania, de muitos 90s, diga-se, de achar que o mundo dos games começou com super shit mario e Nintendo, quando foi o atari, com os jogos com 8 pixels, que iniciou a bagaça toda.

    Que mais?

    Há só uns cinco blogs que prestam no Brasil, e o seu é um deles. Justamente porque não faz parte desta idiota, ridícula, nojenta, e com cara de pum, “blogosfera”: onde todos se referenciam entre si e publicam os mesmíssimos conteúdos.

    Você tem fôlego, talento e assunto para mais 10 anos, fácil, fácil.

    Abraços.

  147. Felipe says:

    Kid,

    Cara, sei que você é ateu, e o que eu vou dizer provavelmente seja uma babaquice para você, mas.. que Deus o abençoe cara.

    Sinceramente, criei uma certa simpatia por você desde que comecei a ler o blog -- há uns 4 anos -. Provavelmente você achará “tosco” este comentário dizendo “Deus o abençoe” e ira me hostilizar, mas anyway.

    Desejo tudo de bom para você e um futuro promissor! Parabéns por tudo que conquistou, você merece.

  148. Giovanny says:

    Que engraçado! Tava fazendo as contas aqui e vi que te acompanho há 6 anos. Exatos 6 anos. Estava eu numa onda de querer imigrar pro Canadá, tinha ido a uma palestra do governo do Quebec e tudo. Procurando referências sobre imigração, me deparei com vários blogs, inclusive o teu. A nóia por imigrar passou, veio a crise econômica mundial, o desinteresse por morar onde faz -30º, mas continuei te acompanhando.

    O engraçado é que me interesso bastante por tecnologia, mas estou longe de ser nerd-geek-insiraseurótuloaqui, o que percebo ser teu público maior. Tenho só poucos anos a mais que tu e, também próximo a 2001, tinha um blog, onde postava regularmente comentários sobre política, cotidiano e coisas aleatórias, coisa que durou uns 3 ou 4 anos.

    Os anos se passaram e percebi como é esquisito acompanhar a vida de uma pessoa que nem me conhece. Vou além: acompanhar a ponto de citar coisas do teu blog como se me fossem ditas por um amigo e, ao falar, quase dizer “um amigo me disse…”. Fenômenos que só a internet traz pra você.

    Por conta de certas mudanças, acabei não conseguindo acompanhar teu blog. Olhava só por cima no Facebook as últimas atualizações, e cheguei até a começar a diagramar teu livro, “quebrando’ o PDF e tentando colocá-lo num formato mais agradável pra leitura -- totalmente amador da minha parte, já que fiz no Word. Porém, acabei na primeira ou segunda página, por conta do excesso de trabalho -- ser professor 40h por semana não é fácil!

    Mas quando li que ias te casar, senti como se fosse um antigo amigo da faculdade, daqueles que a gente vai perdendo contato e, quando vê, tá casado e com filhos. Engraçado isso…

    Enfim, mesmo sendo mais um leitor anônimo que de vez em quando deixa um pequeno comentário aqui e ali, te desejo sorte e toda felicidade do mundo com esses teus novos desafios.

    Abração!

  149. Bruno H. Paes says:

    Lembro de já ter respondido outras vezes sobre a quanto tempo leio seu blog… Imagino que em meados de 2008 devo ter acidentalmente chegado aqui, e desde então leio sempre!

    Parabéns pelos 10 anos de HBD e parabéns pelo casamento (ano que vem é o meu!)

    Felicidades!

  150. Jotazêr says:

    Conheço a um ano, mas reli vários textos antigos quando conheci o blog, inclusive alguns de quando você tinha “12 anos”.

    Tem uns de quando você namorava uma gótica que eram engraçados. Você só falava de góticos nessa época hahaha

    Parabéns Kid, e parabéns hbd.

  151. Rafael Rocha says:

    Izzy, teu blog é muito bom! Parabéns pelos 10 anos e continue por muito mais tempo, quem sabe até o dia sua morte 😛

  152. maria says:

    gosto muito do seu blog, todos seus posts comecei a ler faz uns dois meses, pena não ter comnhecido antes, muuito legal 🙂

    A propósito começei um blog pra escrever um pouco e parar de só pensar e colocar no papel…

    da uma checada la izzy espero que vc goste, pq se um cara como vc gostar estou no caminho certo…

  153. maria says:

    ha o site é: http://trmbom.blogspot.com, e cabecinha esqueci de por e que to ledo seu post meio que escondido no trabalho

  154. Alexandre says:

    Israel, desejo tudo de bom pra voce.

    Eu eh que agradeco por voce disponibilizar suas experiencias, que sao algo que definitivamente tem um valor muito grande de entretenimento para nos.

    Leio seu blog desde 2004. O encontrei porque vi um post seu no orkut, se nao me engano voce estava perguntando na Brazucas no Canada (comunidade voce era moderador, acho eu) sobre alistamento militar ou algo assim. Seu nome era Kid do hoje e um bom dia, nome que na epoca demorou um tempo ate meu cerebro processar(primeiramente interpretei como “o kid do hoje” e depois “eh um bom dia”…. reli e percebi que era “o kid do blog hbd…” entao, deixando a enrolacao de lado e indo direto ao assunto.

    Rapaz, eu senti muita identificacao com voce naquela epoca. Eu tambem tinha acabado de chegar ao Canada e tambem tinha vindo pra ficar (tanto eh que estou aqui ate hoje, depois de tambem ter virado cidadao canadense, tambem me casado com uma canadense -- e especulando um pouco da sua vida de acordo com seu texto do outro post -- tambem ter em vista uma prole no futuro bem proximo). Na epoca achava legal ler suas experiencias. Embora eu seja mais velho que voce uns 4 anos, eu tambem estava vivendo num ambiente de ensino (eu estava fazendo doutorado na uofa), tambem estava tentando “me dar bem” com as garotas daqui, enfim, tentando viver uma vida normal aqui, me integrar a cultura e costumes locais, e eh claro, ser aceito pelo povo daqui muito embora fosse um imigrante latino-americano sem dinheiro no bolso.

    Sei que o site eh um espaco que pertence a voce, por isso peco desculpas por escrever um comentario tao grande. Inclusive eu gostaria de ter escrito um email, mas nao achei seu endereco no hbd- acredito que voce tinha um contato aqui no passado, mas nao encontrei, talvez voce tenha apagado. Como nao uso twitter (e nem sei como funciona), estou escrevendo aqui mesmo.

    O que eu queria mesmo dizer eh que depois de te acompanhar por tanto tempo, e pelo fato de morarmos relativamente tao perto (moro em Edmonton), porra cara, nao vou negar que eu gostaria demais de te conhecer pessoalmente. Voce mudou muito desde quando comecei a te acompanhar em 2004, assim como eu tambem mudei, mas continuei lendo seus textos e acho que sempre continuarei. Eu morei em Edmonton entre 2004 e 2009, em Toronto entre 2009 e marco desse ano, quando decidi voltar pra AB. Nao eh que vou em Calgary todo final de semana, mas estive ai 3 vezes desde que voltei pra ca. Fiquei imaginando se talvez nos esbarrariamos por ai -- pensamento inocente, ja que Calgary eh uma cidade tao grande. Nao vou negar que fico pensando, pra onde eh que voce vai se mudar, sera que voce estaria pensando em ir pra capital de ab?

    Bom, encerrando meu comentario -- que talvez seja melhor voce nao aceitar devido ao tom pessoal -, saiba que tem um amigo aqui, que muito embora nunca tenha te encontrado pessoalmente e que voce nem saiba que exista, sente que conhece uma boa parte de voce e tem muita consideracao. Obrigado por todos esses anos!

  155. Pedro says:

    Puts cara, pior que nunca comentei aqui mesmo, mas leio faz anos… quantos não sei ao certo, mas lembro que o primeiro post teu que li foi um Top 5 acontecimentos bizarros. Lembro que tinha um mapa, o caso da máscara de ferro aqui no Brasil, aliens e sei lá mais o que.

    Faz quantos anos? 2, 3, 4? Sei lá, acho que 4.

    Enfim, parabéns pelo casório =]

  156. Pedro says:

    Puts cara, pior que nunca comentei aqui mesmo, mas leio faz anos… quantos não sei ao certo, mas lembro que o primeiro post teu que li foi um Top 5 acontecimentos bizarros. Lembro que tinha um mapa, o caso da máscara de ferro aqui no Brasil, aliens e sei lá mais o que.

    Faz quantos anos? 2, 3, 4? Sei lá, acho que 4.

    Enfim, parabéns pelo casório =]

  157. fabiola says:

    Parabéns pelos 10 anos quide,comecei a ler o blog há uns dois anos e nunca mais parei.Seus posts são os melhores.

  158. arthur says:

    Eu só queria que hoje fosse um bom dia

  159. arthur says:

    Na verdade, eu quero que hoje seja um bom dia

  160. molotov says:

    Boa Quide!

    Leio o site diariamente desde meados de 2008 (ou 2009, o post do Killdozer foi o primeiro mas não lembro a data) e gosto muito do que leio.

    Gosto de ler posts antigos também, de uma época em que eu não lia o blog, mas sinto que perdi muita coisa… A época do Fórum, por exemplo, ou até o Semeadores de Discórdia.

    Enfim, sou um fã de você e torço pelo sucesso de você e da Bebba.

    Abraços!

  161. molotov says:

    E foi mal, mas eu adoro comentar:
    Quide viado, vai morrer de tanto sentimentalismo no cu.

  162. TalesM says:

    Eu não tenho certeza quando comecei a ler isso aqui, mas faz tempo. Chutaria algo por 2005 ou 2006, pois eu lembro que já tava namorando com a Bebba a algum tempo e acho que foi antes de eu entrar na faculdade (que foi em 2007).

    Aliás tive uns blogs por algum tempo influenciado por aqui também, é uma pena que parei de escrever, é legal mesmo relembrar.

  163. Binho Moreira says:

    Foram 5 anos de bons dias, valeu por tudo. 😉

  164. doug says:

    Nossa, acho que esse comentário resume bastante o que a galera de 10 anos atrás sente: “Acho que você é um grande amigo que tive e não tive ao mesmo tempo, afinal são 10 anos sabendo muito da sua vida e você sem saber nada da minha.”
    Tenho a mesma história desse cara: 26 anos nas costas e acompanho o blog desde a época em que você ainda tava indo pro Canadá. Lembro da namorada que não sabia picas de computadores e um post mostrando um GBA que ela te deu (sempre me perguntei o que aconteceu com esse GBA). Lembro que um dos primeiros posts que eu li foi sobre um lanche natural de procedência duvidosa numa dessas histórias sobre a imigração. Lembro da época das tirinhas do Trunks, do tempo em que o PC ficava no porão e lá não tinha janelas, de toda a depressão por estar num lugar novo e não conhecer ninguém. Li tudo que você postou desde então, e descobri que tivemos um background familiar bastante parecido (eu até estudei no Adventista de Santo André). Sinto como se você fosse mesmo um amigo que eu tive e não tive ao mesmo tempo. Raramente comentei no blog, sei lá por quê, mas agradeço pelas memórias que você proporcionou durante todo esse tempo. No primeiro emprego, em 2005, eu passava bastante tempo fingindo que trabalhava e tentava ao máximo não rir alto com suas peripécias. Acho que eu tenho que te agradecer por, em situações boas ou ruins, o blog sempre esteve no ar e apesar de eu ter passado por muitas mudanças sempre me diverti muito com os textos.
    Sem querer ser clichê mas sendo: Obrigado e parabéns, cara. Por todo esse tempo em que o blog alegrou momentos difíceis e melhorou bons dias!

  165. Larissa says:

    Kid!! Eu NUNCA comentei aqui, mas vou atender ao seu apelo. Leio seu blog desde 2004. Não tenho ideia de como o encontrei nem pq eu o lia. Um dia meu pc foi formatado e a gênia aqui não sabia sequer os favoritos que tinha, seu blog foi esquecido (pelos meados de 2006). Em 2011, lembrei da época em que lia blogs e fui tentando me lembrar do nome de cada um. Lembrei de seu, joguei no google e… tcharam! Cá estou de volta e te desejando parabéns pelos 10 anos. Queria eu achar meu blog de 2002, mas acho melhor deixá-lo enterrado mezzzzzmo 😉

    abraços!

  166. Oliver says:

    Cara, conheci hoje teu canal e acabei chegando no teu blog. Porra muito legal esse post, eu também era, e ainda sou, interessado na cultura web desde 98+- eu sei o que é inet, sei bastante de webdevelopment e tudo mais, o que eu quero dizer é que eu queria ter tido essa ideia… Queria ter resumido algumas coisas da vida para poder ler, lembrar e comparar com o q sou hoje.
    Enfim, parabéns pelas tuas produções, tanto textuais quanto em vídeo. Gostei do estilo que tu escreve, bem fácil de acompanhar.
    Abraço

  167. Victor B says:

    Izzy! Comecei a ler seu blog em 2008 por indicação do meu irmão e nunca tinha comentado aqui. Ainda lembro do post onde você dividia o ap com aquela menina vadia que tomava banho com o namorado mesmo você falando que não era permitido.

    Parabéns pelo casório! : )

  168. Felipe says:

    Fala Quide.

    Leio desde 2004 e tenho um grande sentimento de nostalgia quanto ao HBD.

    Abraços.

  169. Fabrício Soares says:

    Desde os fights com a Tina ou um pouco antes.

  170. Dianna says:

    Dia desses eu tava relendo/reassistindo os posts sobre o casamento e lembrando de ter acompanhado a época em que a Bebba era “a gótica alemã bissexual beliscadora de bumbuns”. E me senti esquisita pra caralho, porque, bem, como você mesmo disse: quem te acompanha desde essa época (ou antes) te viu crescer -- e possivelmente, provavelmente até, cresceu junto contigo. Fica uma puta sensação estranha de “o cara é como se fosse meu amigo de adolescência mas ele nem sabe que eu existo”, raciocínio que seria complementado com um “e nem eu o conheço” se, até certo ponto, isso não fosse uma mentira.

    Mas, enfim. Sou leitora desde a época do manual dos góticos. E continuo por aqui =)

  171. Felipe A.S. says:

    E já descobriu como funciona o teclado japonês?

  172. Bianca says:

    Cara ta atrasado mas foda -- se… te acompanho a uns 7 anos no minimo e suas histórias, textos e afins são fodas… fiquei feliz pra caralho vendo teu casamento, parabéeeeens!!!!!

  173. Olha só que lindo… Eu não acompanho desde o começo mas faz muito tempo já. Eu comecei a ler o HBD em *fazendo as contas* 2003. Eu lembro pois eu estava no segundo ano do colegial e o site tinha um historico pequeno e li tudo nuns dois dias, hehehe.
    Cheguei aqui totalmente ao acaso, digitei um endereço errado na barra de URL e por algum motivo eu fui direcionado ao HBD.
    Lembro das primeira aparições da Bebba, da história de vocês fazendo sexo e a mãe surda (ou cega, ou muda) dela chegando… tu trabalhando de sorveteiro e etc…

    Jogamos SOCOM II juntos no PS2 (eita!) e até conversei algumas vezes contigo por MSN.

    Hahahahaha, seu puto, faz tempo pra caralho mesmo.

  174. Mateus O. says:

    Cara eu não sei te dizer desde que ano acompanho você… sei que eu conheci o site buscando uma review de um álbum do Protest The Hero (Kezia), e eu achei no FÓRUM HBD! Então, não com tanta frequência mas sim esporádicamente, eu passo pelo blog e dou uma lida em tudo e me atualizo. Você está de parabéns cara, é uma das figuras mais importantes da internet, sem dúvidas, continue sempre sendo esse cara esforçadaço e incrível que você é, com esses textos tremendamente fodas sobre coisas que à primeira vista parecem tão simples! Parabéns, e que venham mais PELO MENOS uns 10 anos pela frente!

  175. […] é um compromisso que eu tenho há literalmente uma década (o HBD existe desde 2002), mas eu nunca consegui formular verbalmente um bom motivo pra isso. Tem o retorno financeiro, […]

  176. Wilson says:

    Izzy, conheci seu site/vlog/canaldoyoutube nesse mês, antes sinceramente não sabia nem que você existia. Descobri um vídeo seu do “Portuguese Challenger” no youtube quando tava pesquisando dicas de Inglês já que eu sou um porcaria nisso, realmente uma mer#a, e preciso aprender pra um teste importante que vou fazer (IELTS) nos meses seguintes…

    Após ver alguns vídeos do seu canal, olhar seu site e tal, eu vi aqui o vídeo do seu casamento e fiquei realmente muito emocionado. Você realmente tem uma ótima vida, parabéns pelo seu sucesso! Você tem uma vida que eu sempre gostaria de ter pra mim, por isso que me emocionou tanto também. Pois eu sempre quis morar fora do Brasil. Eu amo meu país, mas desde pequeno essa sempre foi minha vontade, morar fora… Sem contar que você encontrou uma mulher maravilhosa e percebe-se que você é muito feliz. Por isso você é um exemplo de vida pra mim. Não veja isso como um “puxa-saquísmo” e tal, eu falo exemplo de ‘vida’ no sentido de você ser o que eu gostaria de ser no futuro, tirando a parte da fama que você tem, ou deve ter, não sei, que eu não gostaria pra mim. Espero um dia chegar lá…

    Gostaria de dizer também que apoio os seus novos projetos, o de games antigo é muito bom, o Portuguese Challenger e o English também.

    Parabéns aí e felicidades pra você e sua mulher!

    P.S.: Nunca escrevi num blog, nem youtube nem nada, essa é a primeira vez. E espero que você leia. Abraços!

  177. Douglas Borges says:

    Primeiramente, parabéns pelos trabalhos (blog, vlog, podcast, etc)!

    Conheci você através do Twitter há alguns anos, mas te achei um babaca sem noção que ficava o dia inteiro twitando coisas nada a ver e parei de te seguir auhsaushuahsuahsuahus

    Algum tempo depois, ouvi você em algum podcast por aí -- talvez o MdM ou o Rapadura, sei lá -- e achei que você devia ser um cara legal, e resolvi “pesquisar” a respeito de você.

    Foi quando conheci o 99vidas e, mais tarde, este blog aqui, que, aliás, é o meu preferido! Passei então a frequentar o blog e a ler alguns posts mais antigos, mas sou relativamente novo por aqui -- acompanho de fato há menos de um ano. Li o seu livro recentemente (e espero o próximo ansiosamente também) e seu podcast -- 99vidas -- está na minha lista dos mais ouvidos, ao lado do NerdCast, RapaduraCast, MRG, MdM, GotR e RadioFobia.

    Acredito que, para você, um “simples” cearense que resolveu se aventurar pelo Canadá, estar entre os blogueiros/vlogueiros/podcasters/interneteiros mais conhecidos/queridos/seguidos/odiados de todos deve ser muito satisfatório, além de ser uma coisa que talvez você nunca tenha imaginado, mas pode ter certeza que seus fãs o tem como amigo de bolso (e como exemplo de vida, por que não?)

    Fica aqui então os meus parabéns, mais uma vez, por todo este trabalho e sucesso!
    Te desejo muito mais sucesso e mais fãs -- e que você se foda muito mais aí no Canadá também, porque é isso que dá “ibope” no seu blog ahaushaushduahsuahsuhuahahushuashuahsuahsuah

  178. Parabéns izzy ,10 anos é pouco comparando ao talento que voce tem (sem querer puxar saco) curto seus vídeos ,seus textos e etc
    Muitos anos de HBDIA pra vc kkkk
    Ps:quase chorei c o video seu e da beba …lindo casal ,muitas felicidades ae mano …

  179. Victória Luz says:

    Leio o blog há poucos meses mas já gosto bastante! Adorei ver como tudo era no começo e o vídeo de casamento! Tudo de bom, Izzy! E mais 10, 20, 30 anos de HBD 🙂

  180. Vinícius Martarello says:

    Eu sou “novo” no blog, comecei em dezembro de 2012, mas até hoje me lembro, vi um post e comecei a ver vários, passei o dia todo vendo seus posts.
    Parabéns Kid, tomara que o HBD dure mais dez anos!

  181. Felipe says:

    Conheci o blog há alguns dias atrás na verdade,
    graças ao vídeo resposta da Julia Jolie sobre ateus.

    Interessante pensar que cheguei tão tarde e já sei de “todo” sua trajetória. Me sinto de casa já. hahahaa

  182. […] Como já mencionei em inúmeros posts aqui no HBD, eu sempre fui um ávido leitor — e talvez não seja surpreendente o fato de que passei os últimos 10 anos escrevendo neste site. […]

  183. […] A comunidade de efeitos visuais, achando que a humilhação do gordinho não estava ainda plena, dedicou inúmeras horas à nobre tarefa de adicionar light sabers e efeitos sonoros na filmagem. Fizeram incontáveis remixes dessa merda, e houve até uma petição pra que o George Lucas incluísse o moleque no Episódio III. Lembro que até postei o bannerzinho da petição no HBD da época (pra quem não sabe, este site tem mais de 10 anos de existência!). […]

  184. Hugo Esteves says:

    tambem vou criar um blog pra mim tambem.
    ja sigo o site ja tem 2 anos, conheci pelo youtube