Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Esta juventude de hoje está completa e irremediavelmente fodida e acho que sei porque

Postado em 23 August 2011 Escrito por Izzy Nobre 69 Comentários

Estava eu um dia desses qualquer espalhando alegria pelo tuíter quando um jovem rapaz juvenil me manda a seguinte missiva:

Não é a primeira vez que vejo no tuíter um garoto que deveria estar treinando pokemons lamentando-se do fato de que embuchou a namoradinha. Cocei a barba, pensativo, porque esse é um dos grandes motivos pra se manter uma barba. Nunca desperdiço uma oportunidade de ponderar alguma questão enquanto acaricio a barba.

Óbvio que no meu tempo também havia gravidez indesejada de adolescentes vacilões, mas não no volume que parece acontecer hoje. A MTV até bolou um programa que glorifica essa merda, o 16 and Pregnant.

Eu estava confabulando sobre o fenômeno com colegas da minha faixa etária e creio que descobrimos o motivo pelo qual as gravidez adolescentes estão em alta: de acordo com meus comparsas, não existe mais “aula” de educação sexual nos colégios.

Digo “aula” com as famosas aspas sarcásticas porque na real aquilo não era aula. A moçada mais velha deve lembrar da atividade.

A coordenadora reunia toda a galera do ensino médio (ou seja, os mais prováveis fornicadores) no auditório e nos informava que daria início a uma sessão de educação sexual. Quando a turma parava de rir, começava um verdadeiro show de horrores em formato de slides.

Isso aqui é cancro mole“, dizia a coordenadora enquanto exibia um slide de uma piroca toda arrebentada. A molecada gemia em uníssono, sem dúvida imaginando aquela estrovenga moribunda como a sua própria. “Já pensou, cara? Puta que pariu!”

A mulher então esperava que o horror daquela imagem se queimasse permanentemente nas nossas retinas e continuava, “e este aqui é a gonorréia”. O dedo clicava no controle remoto e o projetor exibia outra imagem de um piru completamente estourado. A molecada até berrava de terror nesse momento.

Sentindo-se satisfeita, a mulher clicava o projetor mais uma vez. Uma traumatizante vagina escancarada e cheia de pus e perebas na tela. “Isso é o resultado de herpes. Tem que tomar cuidado, sexo é perigoso!”. Certeza que muitos voltaram pra casa naquele dia decididos à dedicar a vida ao celibato punhetístico.

E isso pra não mencionar a pior DST de todas: gravidez.

No meu caso, eu fui criado em lar evangélico. Sexo era visto como tabu total pela comunidade cristã (só se podia fazer amor com intuito explícito de procriação, e completamente vestidos, no escuro, utilizando um lençol com um buraco no meio, e sem olhar um pro outro), então desde moleque eu já tinha um certo medo da coisa. Eu achava que Lúcifer em pessoa viria a este plano de existência roubar minha alma se eu sequer pensasse em coabitar premaritalmente.

Lembro quando uma das primeiras namoradinhas começou a planejar nossa ida a um motel para finalmente consumar o ato físico do amor (ou seja, fodelância pecaminosa), eu estava com um pé atrás. Ou seja, quando moleque eu já fui programado para temer interações sexuais por medo de perder minha alma; imagina então quando me dizem na escola que minha piroca pode explodir como resultado de uma inocente trepadinha.

É, amigos. Por causa dessas terríveis fobias só fui perder a virgindade muitos anos após as primeiras oportunidades aparecerem. Por um lado me arrependo de ter recusado tanta menininha atiçada; por outro, me sinto aliviado de não ter pego perebas e/ou colocado meninos nesse mundo maldito.

Um grande amigo meu encontra-se naquele terror clássico da menstruação atrasada da periguete que ele andava amassando. Sim, “amassando”. Tenho muita classe.

Esse meu broder chega no MSN desesperado, relatando que a menstruação da garota atrasou quase um mês já. Obviamente o rapaz me contava a história esperando que eu dissesse algo como “calma cara, pode não ser nada ainda, vai que ela nem está grávida…”. Queria que o amigo contasse pra ele exatamente o que ele queria ouvir.

E evidentemente não fiz esse favor. Acredito na honestidade brutal. Quando o cara me perguntou o que eu achava da situação, falei apenas:

Obviamente meu colega se chateou do meu prognóstico da situação, mas fazer o que? Ele deveria ter prestado atenção naqueles slides lá.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Essa internerd...

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

69 Comentários \o/

  1. Matheus says:

    Concordo com vc, Kid. Abraço.

  2. Caique says:

    haha o Izzy é mau.

  3. badboy says:

    Anal é solução!

    • luiz filipi baraun says:

      EHSIOEUEHJEHJSJE
      meu amigo, não confie nisso, pois
      “a natureza sempre encontra um jeito”
      (ian malcolm)
      EUIOHEHEJSEJSE

    • Alexandre Telles says:

      Como vi numa propaganda evangelica perdida pelo twitpic… “De onde sai feijoada, não entra linguiça” OPIADMFAOPSKAPOSASL

  4. @Andropovbr says:

    haha.. lembro desses slides. Mas a gente recebeu uma cartilha, não chegamos a ter palestra da escola. Coisa horrível mesmo.

    Mas comigo não adiantou muito, pois me dediquei à fodelância desenfreada com a minha primeira namorada firme (e atual esposa) sem responsabilidade (é errado, eu sei), no que acarretou eu ser pai de uma menina aos 25 anos de idade. Mas no fim deu tudo certo, ela já está com 6 anos e a estou desencaminhando para ser uma jogadora de videogame, hahaha.

    Só um aviso para a nova geração. Não tenham medo de sexo e de xota, cambada de anú, apenas se cuidem, encapem a piroca e metam com força. Não coloquem mais um ser no mundo, principalmente se você não sabe nem cuidar direito de você ainda.

  5. Realmente é foda Izzy essa galerinha juvenil trepando adoidado e se esquecendo de botar capa no boneco, muitos vão naquela onda de quando tiver quase gozando tirar, só o pre-cum ja favorece a gravidez e aí amigo ja era.

    Lembro da minha época de escola que tinhamos aula de educação sexual e todo um debate.

    Esse programa citado ai da MTV é o puro LIXO, nego acha descolado engravidar aos 16, acho que esse tema deveria ser visto com mais seriedade e os pais também conversarem com seus filhos.

    Ótimo texto Izzy.

  6. Jéssica says:

    tudo verdade, Izzi.

  7. Tales says:

    Putz, lembro dessas aulas. A galera começava toda atiçada e aos poucos o terror tomava conta. Eu lembro de ter ficado com medo até de falar com as meninas naquele dia. Depois lembrei de andar sempre com uma camisinha na carteira (que infelizmente ficou anos por lá) e na minha mente tudo ficou bem.

  8. luiz filipi baraun says:

    ééé, quem nunca passou por esse perrengue que atire a primeira pedra. hahaha

  9. Pedro says:

    Oh lord…

  10. @mos_axz says:

    Eu vi essas coisas ano passado..

  11. Peterson says:

    Verdade, quando estavamos na 5/6 serie passaram um Slide desses na escola, terrivelmente traumatizante, mas eu lembro mais do meu livro que tinha uma foto de um cara com elefantíase(eu sei que não é DST) no SACO, o saco do cara éra maior que a perna dele!!!

    mas enfim, no colegio uma amiga minha vivia falando como namorado dela passava a rola nela, deu 2 anos depois e ela tava la com foto de Gravida no Facebook. fora a outra que ja estava gravida na epoca

  12. Felipe says:

    Cara, só tive aula de educação sexual uma vez… e nem tinha esses slides, foi mais algo do tipo “USE CAMISINHA! USE CAMISINHA! USE CAMISINHA!”. a sala num circulo, e a psicologa falando, foi mais um debate e tal. Foi legal.

    Acho que gravidez só não é pior que AIDS… pelo menos uma gravidez na adolescencia

  13. Cristianne says:

    Como você bem lembra das aulas de orientação sexual um filho é o menor dos problemas pra um TOLO que transa sem camisinha.

    Sinceramente… do jeito que a coisa é aberta hoje em dia transar sem camisinha é coisa de jovem BURRO.

    Mas também… aqui na TV o que mais passa é todo mundo transando com todo mundo, chifre rolando solto e sem ninguém tomando algum cuidado. Quando a mocinha engravida é sempre do príncipe encantado que assumirá o filho numa boa e ela terá plena condição financeira pra criar o filho.

    Nesses últimos meses conheci 4 jovens que engravidaram as namoradas. Pra todos eu disse: “BEM FEITO! Vai agora fazer um checkup pra ver se não pegou DST de brinde.”

  14. Pierre says:

    HAHAHAHA, ENSINO MÉDIO?

    Na minha escola as aulas de educação sexual começavam na quarta série. Só não lembro exatamente em que ano que exibiam os slides, mas sempre tinha alguém apresentando eles na feira de ciências anual.

    Funcionou MUITO BEM pra mim, mas sempre achei que tivesse ficado puro até os 22 por ser nerd mesmo.

  15. Dr. Macadamia says:

    Que risada mais escrota, o que foi aconteceu com o bom e velho “hahaha”?

  16. OgFux69 says:

    Tem que ser um gradissíssimo de um retardado pra fazer sem proteção nenhuma e achar que a menina não vai engravidar. Gente burra é foda.

  17. Cid says:

    Eu só digo uma coisa pra esse pessoal: “Bem feito!” Tem mais é que se ferrar mesmo por causa dessa imprudência.

    E essas aulas eram mesmo traumatizantes, mauhauhauhauhuua! O tanto de adolescente horrorizado não era brincadeira. lol

  18. Leandro Rodrigues says:

    “Isso aqui é cancro mole“

    Ao ler isso, todas as imagens foram instanciadas na minha mente.

  19. Blyter says:

    “E isso pra não mencionar a pior DST de todas: gravidez.”

    KKKKKKKKKKKKKK

  20. André Gabriotti says:

    O importante é que você foi TROLLADO por esse muleque neste dia.
    Sem mais!

  21. bom eu adoro tentar fazer nenem kkkk
    com anticoncepcional e encapado, claro. so na tentativa, espero não conseguir hahhahaha

  22. Luiz Amaral says:

    Quando eu estava na 7ª série o professor de ciências nos obrigou a fazer um trabalho sobre DST’s, ilustrado, ou seja, nos mesmos tivemos que procurar imagens de pirombas e bucetas estouradas

  23. neendj says:

    Eu me lembro muito bem desse dia no tuitter.HAHAHAHAHAH!

  24. fulano says:

    Tu devia fazer uma tirinha sobre essa “aula” de educação sexual.

  25. Flayshon says:

    Não sei se você já sabe e ignorou o fato para não perder a deixa do texto, maaasss…

    Esse cara do Twitter que você postou aí tava te trollando e falou só de brincadeira. Ele mesmo falou isso segundos depois lá…

  26. Ike Pucci says:

    O cara que falou que ia engravidar a mulher estava zuando, sério.

    • Kid says:

      Eu sei mano, mil pessoas já explicaram. Ele mesmo já me mandou email. Se acalma.

      • CCCC says:

        Se acalma? Mas o Ike não pareceu nem um pouco nervoso ou alterado…

        Kid viado, vai morrer de tanta trollada no cu.

        E que risada “internetica” ridicula foi essa no texto Kid? Humm… isso me lembra um antigo texto do HBD que vc deveria ler (ou reler) antes de “rir” novamente assim na internet. Olha o link: http://hbdia.blogspot.com/2004/02/j-fazia-tempo-que-eu-tinha-vontade-de.html

        • bolsonister says:

          HURRRRRRRRRRRRRR, eu mesmo falei que a intenção não foi trollar, joguei verde e dei sorte que ele “encucou” com o tweet, noob.
          Já mandei e-mail pra ele explicando e tals.
          Seu argumento é inválido senhor tenho medo de repressão e por isso ponho o nick “CCCC”.

          • CCCC says:

            Hahaha… qualé que é neném… tu nem me conhece… Meu nick nessa bodega sempre foi esse desde o tempo que o Kid saiu de casa pra morar com a mulé.

            Repressão? Tá de sacanagem né? Sr. “Internet Serious Business” Hahaha…

            Bolsonister viado, vai morrer de tanto e-mail explicativo pro Kid no cu.

            Cada pagapau do caralho que aparece aqui…

  27. No meu ensino fundamental não houve muita orientação nesse assunto, uma das poucas vezes foi num dia que houve várias oficinas sobre assuntos diversos sendo um deles orientação sexual, que foi deveras abrangente.

    Já no ensino médio, os próprios alunos fizeram trabalhos sobre as DSTs e eu caprichei na proucura de imagens sobre linfogranuloma venéro 8D

  28. Eduardo says:

    nomearei meu muleque de Jaspion. mesmo se for mulher.

  29. nonono says:

    Por isso que eu sou favoravel à esterelização… compulsória 😀

  30. nonono says:

    Qual a semelhança entre a mulher e a camisinha?

    Ela passa mais tempo na tua carteira do que no teu pau!

  31. André says:

    Realmente izzy a coisa tá feia, depois que eu vi esse vídeo:
    rel="nofollow">

    Só confirmo mais a sua tese, na onde está os pais dessas garotas? na minha época nessa idade algumas garotas ainda brincavam de barbie :S

  32. Knux says:

    Certa vez um amigo veio me falar de uma peguete que já estava com a menstruação atrasada havia quase dois meses, talvez esperando algum tipo de consolo nas minhas palavras. Minha resposta foi:
    ‘cara… Se descer agora, não é menstruação, é aborto espontaneo’

  33. Knux says:

    Agora, vou falar… Mina com menstruação atrasada há um mês ou mais que não fez uma porra de um exame ainda tá querendo é dar um golpe.

  34. Gustavo says:

    Como em outros textos, tu tens umas opniões interessantes 😉
    Escreve muito bem também, parabéns!

  35. Diego says:

    Cara,ao ler este texto me veio imediatamente a imagem de uma piroca com um tipo de carne esponjosa saindo pelas laterais da cabeça.Saca uma margarida desabrichada? era isso mesmo.O cara que dava a “aula” chamou de “Rei Leão”. Tenso.

  36. Diones Reis says:

    O que eu aprendi lendo este post?
    É que, se alguém espera palavras de conforto do Izzy Nobre para alguma cagada, espere deitado!
    😀

  37. Lucas Schirm says:

    Agora sério, nossa sociedade evoluiu e definiu que a idade ideal para ter filho é a idade que você já é capaz de procriar+10, sendo que a alguns anos (século(s)?) atrás a menina engravidar na antes da terceira menstruação já era normal.

    E ai vem me falar que aborto é errado.

    Amigo, se vc não da condições para que um rapaz de 17 seja provedor de uma família, você simplesmente não pode querer que ele assuma esta responsa.

    Com relação a sua opinião, acho que a sexualidade começa cedo, criar um esquema de paranoia é medieval (com a mídia de hoje, nem sei mais se seria tão efetivo), temos é que prover soluções rápidas para este tipo de caso.

    Não quer? tira!

  38. cristiano says:

    É vero … eu me lembro dessa aula e dos mesmos slides, hahahahaaha.

  39. Luizy says:

    HAHHAHHAHA noooooooossa, esse método de aula me lembrou MUITO³³ as minhas aulas de educação sexual no meu primeiro ano. A diferençã é que nas sextas , a professora deixava um potão com camisinha pros alunos pegarem. rs

  40. cwalewsky says:

    PQP Izzy, lembro que lá no colégio essa “aula de educação sexual” aconteceu antes do almoço.

  41. raverbr says:

    Kid, vi ontem uma obra cinematográfica que merece um review, dada a sua ruindade: “The Human Centipede”, é o filme mais gore/sem pé nem cabeça já “releasedo”.

    • luiz filipi baraun says:

      a centopéia humana? esse é o filme MAIS BIZARRO QUE EU JÁ ASSISTI EM TODA A MINAH VIDA! e o pior, ainda tem uma continuação tão bizarra quanto.

      eu recomendo: não assitam! hahaha

      • Pedro says:

        A Centopeia Humana é um filme MUITO engraçado hahaha…
        Doentio ao extremo…. com certeza valeria um review do Kid.

        A Continuação ainda não vi.. vou ver se baixo esse fds.

  42. Hawk says:

    Vi muitos desses slides e tive uma professora que falava -- e mostrava -- muita coisa sobre isso para nós.

    Não sabia que havia acabado este tipo de orientação nos colégios é uma pena mesmo.

  43. Diego Rato says:

    é algo que se torna cada vez mais comum hoje em dia, eu tive as tais “aulas” de educação sexual, nem por isso deixei fornicar pecaminosamente, mas sempre com segurança, nunca trepei dentro de um carro forte, mas sempre que resolvia sair na chuva durante minha adolescência, fazia de capa. 😀

    Hoje estou com 25 anos, minha noiva está grávida de 3 meses, e vamos nos casar mês que vem, estou feliz que tudo tenha saído meio que planejado, mas como todo lar brasileiro sempre tem alguém dizendo que tinhamos que esperar mais.

    mas sinceramente já vi muitos brothers engravidando as namoradas precocemente, mas jamais foi algo ruim, apenas trouxe a maturidade a força na vida deles.

  44. Murdock says:

    Falta de educação sexual + Malhação no horário da tarde. De forma bem simplificada, claro.

  45. luiz filipi baraun says:

    falando nisso, cadê o post da “fatídica viagem de trem”?

  46. Junior Leal says:

    nunca vi educação sexual em escola pública, no máximo em particular…

  47. Bah véi… Questão de ponto de vista, como tudo nessa vidinha miserável. Se cuidou e mesmo assim aconteceu? Beleza, dê o melhor de si pra que essa bacuri que vem ao mundo faça jus a pessoa foderosa que seu pai o-é…

  48. Tati says:

    Tenho pena dessa geração de hoje… pior que gravidez na adolescência é só HIV…Sou a favor da abstinencia na adolescência ou pelo menos um freio pq filho é coisa séria!E outra a Mtv com suas bobagens novamente ,como se filho fosse de brinquedo…

  49. Lucas says:

    Isso eu sei que não vou fazer, estou no 9 ano e meu professor de ciências já fez o favor de mostrar um video com todas as DST”s com aquelas imagens orrendas que ficam na sua cabeça para sempre.

  50. Cássio says:

    Precisávamos de mais críticas assim a respeito. Texto muito bom. =D

  51. Bernardo says:

    Eu tive aula de educação sexual,meu colégio achou que era uma boa ideia.
    E realmente,o que é visto naqueles slides jamais é esquecido.