Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Postado em 11 May 2004 Escrito por Izzy Nobre 1 Comentário

Comentário do blog do Coeli.

E ai veyo?!?! Como fasso pra usar o Orkut, nem sei bem o que é isso? é um programa, é um site, que porra que é?

por: junior – [ Email ] – 07.05.04 – 10:22

Fiquei sabendo que o Orkut saiu na chamada de capa de uma popular revista teen adolescente. Vocês sabem, é uma daquelas publicações mensais que fala pras menininhas que bandas são legais e quais não são mais, e que responde dúvidas sexuais de grandíssima importância como “meu namorado gozou na minha orelha, devo tomar a pílula do dia seguinte?

Isso é o que acontece quando uma coisa legal é apresentada à massa: avacalha. Perceba que o moleque não sabe nem o que é o serviço de redes de relacionamento (porra, ele não sabe ao menos usar uma cedilha), mas isso não diminui sua vontade de ingressar no Orkut. O cara não entende o que é o Orkut – o que implica em dizer que ele não sabe o que fará lá – mas ele se dá ao trabalho de perguntar a alguém como faz para acessar o serviço. A matéria na revista faz o negócio parecer “legal“, aí todo mundo quer estar lá. Bah.



O slogan do Orkut diz “Join orkut to expand the circumference of your social circle.” Que conceito distorcido de vida social eles têm, ein? Ficar na frente de um computador batendo papo com pessoas que você nunca viu na vida mas que, de acordo com sua própria avaliação, constam como “amigas” ou até mesmo “melhores amigas”. Não me levem a mal, tenho vários amigos virtuais que me desapontaram bem menos que os reais. Mas considerar isso “vida social” é de foder.

Por essas e mais algumas tantas, o único motivo pelo qual eu entro naquele troço é pra promover brigas. É divertidíssimo ver que há pessoas que realmente levam a sério tudo que está acontecendo ali dentro. Muitas pessoas já disseram que eu faço isso “pra ter visitas no meu blog“, não sabendo que essa sempre foi minha atitude na internet: entrar em salas de IRC e irritar as pessoas. Qualquer um que me conheça há algum tempo sabe que não estou mentindo. Eu já fazia muito antes dos diarinhos virtuais serem inventados, e nego vem dizer que eu quero chamar atenção pra “ganhar bastantes leitores”.

Isso pra não mencionar os Freuds que discorrem sobre minha personalidade em longos textos que parecem análises psiquiátricas. Uma menina uma vez traçou meu perfil psicológico, baseado em nada mais que os textos que escrevo no blog. E fechou o diagnóstico dizendo que faço isso para bombar meu contador de acessos.

Se alguma dessas amebas parasse para pensar, chegaria à óbvia conclusão de que ninguém gosta de um chato. Eu não vou ganhar um bocado de leitores por causa disso. Irritar pessoas na internet não me torna popular. As pessoas lerão minhas mensagens no Orkut e me odiarão sem ao menos me conhecerem, e não clicarão no meu link. Pra que visitar o blog de alguém que você não gosta?! Porra, PENSEM.

Ontem mesmo pensei em remover a URL do meu blog lá do perfil do Orkut, apenas pra calar a boca desse tipo de imbecilóide que leva a internet a ferro e fogo. O problema é que isso poderia parecer uma atitude covarde, similar ao ato de criticar um blog e não deixar o próprio endereço. Pessoas diriam “Ah, o Quide tá com essa putaria porque ninguém sabe onde ele se esconde. Que medroso!” Entre medroso e chato, prefiro ser o chato.

Ontem a ridícula situação ultrapassou as barreiras do bom senso e eu fui obrigado a dar uma boa risada (e mandar o link da mensagem para meus amiguinhos de MSN). Um blogueiro conhecido, cujo nome não divulgarei porque eu tenho pena dele e isso já seria chutar cachorro morto, disse que “ao invés de fazer inimigos, eu devia procurar fazer amigos no Orkut, porque é disso que eu tou precisando“.

Eu preciso de amiguinhos virtuais, estão ouvindo? Eu preciso disso, porque minha chatice é provocada pela falta de vida social. Estranhos que eu nunca vi na vida e para mim nada mais são do que letrinhas na tela de um computador são a solução para mim.

Ok, admito, pode não ser lá um hábito muito “saudável”. Mas e daí? Vocês aí fora fumam, bebem e trepam sem camisinha. Meu vício não vai me dar um acidente de trânsito, cirrose ou sífilis. É apenas uma brincadeira, encher o saco dos outros. Deixem de levar a internet tão a sério, pelo amor de Deus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

Um comentário \o/

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Alberto Lage P. C. R, Alberto Lage P. C. R. Alberto Lage P. C. R said: A melhor definição para uma "revista teen" como a que o @DuduSurita escreve é do @izzynobre: http://j.mp/5s11Oq […]