Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Postado em 27 June 2004 Escrito por Izzy Nobre 1 Comentário

Outro dia me revoltei com a triste situação financeira que ando enfrentando. Meu pai simplesmente não me dá dinheiro, e não posso trabalhar até meu visto de imigração sair – seja lá quando isso vai acontecer. Assim, tenho que economizar cada centavo que aparece magicamente entre as almofadas do sofá.

Mas o sofá não produz centavos suficientes para que eu mantenha minha vida arraigada de luxos como pasta de dentes e encanamento. Sem outra solução, decidi fazer o impensável: Postar anúncios do Google no blog e ganhar uns trocados, uma forma mais complicada de dizer “me vender ao sistema“.

Sempre me orgulhei de escrever diariamente, divertir meus leitores, ter um bom número de visitas e, apesar de ser um completo vagabundo e irresponsável com tudo mais na minha vida, fazer o HBD sem ganhar N-A-D-A. Dá uma satisfação em saber que você está produzindo textos diariamente não para ganhar alguma coisa em troca, mas porque simplesmente gosta de escrever.

Isso acabou. O blog-arte não existe mais, o negócio agora é dinheiro. Os poucos blogs que valiam a pena ser lidos vão se render eventualmente. Esse sistema de anúncios do Google fará com os blogs o que os contratos milionários fizeram com o futebol: foder totalmente o coreto e diminuir os gols por partida, levando torcedores à loucura e a atos de violência contra o patrimônio público.

A primeira coisa que me passou pela cabeça foi: o que meus leitores vão pensar se eu assinar esse contrato com o Capetoso?! Foi-me oferecida a oportunidade de pôr propaganda no antigo HBD, na época que perdi meus princípios e usava palavras-chave do Google para ter muitas visitas. Acabei recusando a oferta com veemência: o cara queria que eu pusesse um POP UP e um redirecionamento pro site dele sempre que alguém abrisse o HBD. Aí não tem condições, meu amigo. Ele se ofereceu até pra pagar meu domínio recém adquirido, mas não tinha jeito. Eu vivia criticando pop ups. Hipocrisia, não MESMO.

Mas ainda que sendo uma propaganda discreta como a do Google, os leitores certamente iriam chutar minha bagaça. Alguém que escreve textos que beiram a legalidade em 20 países mudam completamente suas posturas quando dinheiro entra na jogada – vide o honorável MrManson, que ninguém nunca imaginou que fosse dar entrevista na TV parecendo um viadinho manso sósia do Renato Russo. Odeio Renato Russo, não posso ter esse destino.

Mas aí lembrei que o aniversário da Rebecca tá chegando e pensei “fodam-se esses merdas, não são eles que vão me dar dinheiro para comprar algo pra patroa”.

E decidi entregar minha alma ao dinheiro, me tornar COMERCIAL, abandonar o “escrever por gostar” e todas essas babaquices que vocêm certamente iriam comentar aqui, revoltados. Mas não são vocês que pagam a “conta do motel”.

E aí entrei no Google e fui preenchendo os dados. Nome real, endereço, telefone pra contato, cor favorita, posição sexual preferida, enfim, essas coisas que a gente pergunta pra uma mulher gostosa quando ela nos é apresentada. A vantagem de saber que o Google não me daria um tapa na cara foi crucial para preencher de todo o formulário sem precisar preocupar em defender o rosto.

Aí decidi negar minha natureza brasileira e ler o termo de compromisso do serviço, coisa que ninguém aí fez na vida, e nunca fará, ainda que fosse para salvar a própria.

Conteúdo do site

O site não pode incluir:

Conteúdo de hackers/crackers;

Drogas ilícitas e equipamentos que tenham relação com drogas;

Conteúdo pornográfico ou para adultos;

Conteúdo relacionado a jogos de azar ou cassinos;

Atos ou linguajar profanos em excesso;

Ódio, violência, intolerância racial ou ataques contra qualquer indivíduo, grupo ou organização
;


(…)

Mas ein? Mudar meu estilo pra poder usar meu “público” e ganhar uns trocados?

Voltei pro sofá pra pegar mais moedas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

Um comentário \o/