Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Postado em 10 July 2004 Escrito por Izzy Nobre 1 Comentário

Estive sentindo uma dor de cabeça filha da puta ultimamente. Não era aquela dor tão forte que te faz ter vontade de dar um tiro no próprio pé (para fazer a cabeça “esquecer” o sofrimento), mas mesmo assim ela estava me deixando muito preocupado: hoje ela completa TRÊS DIAS. Nos últimos três dias eu acordei com essa dor de cabeça, e com ela fiquei até ir me deitar à noite.

Como bom hipocondríaco que sou, pensei logo no pior: UM TUMOR NO CÉREBRO. Há algum tempo vi um documentário que dizia que dores de cabeça prolongadas são um dos sintomas de quem tem um tumor na cachola. Ou seja, gente que tá fodida.

Comecei a pensar que alguém aí tinha lançado uma macumba contra a minha pessoa. Logo eu, Juracildo Otaviano, que não seria capaz de machucar nem um gótico. Povo ruim esse.

A dor não ia embora. Sem ter a quem recorrer – meus pais deram um pulinho no Brasil se divorciar, mas já voltam. Quer dizer, um deles volta -, apelei para meu melhor amigo, aquele que sempre me responde quando preciso de ajuda:



Cheguei a este site, que me tranquilizou:

A dor de cabeça do tipo tensional geralmente se caracteriza da seguinte forma:

-> Em peso ou pressão ou aperto, muitas vezes simulando uma faixa ou capacete apertado em volta da cabeça;

-> Habitualmente localizadas na fronte e/ou na nuca e topo da cabeça;

-> De intensidade leve a moderada ou moderada não impedindo as atividades rotineiras diárias;

-> Não raro essa dor melhora com atividade física ou relaxamento;

-> Normalmente não há sintomas associados e alguns pacientes podem se queixar de intolerância, durante a dor, a ruídos mais intensos (fonofobia);

-> A dor pode durar de horas a até 7 dias;

-> Freqüência pode variar muito com pacientes apresentando dor menos de uma vez por mês enquanto outros mais de 15 dias em cada 30 (forma crônica).

Ou seja, uma dor de cabeça normal. Me senti um babaca por suspeitar logo o pior. Mas aí vi isso:

“A maior preocupação de quem habitualmente procura um médico por causa da dor de cabeça é a possível existência de um tumor cerebral (…) que são relativamente raras, principalmente antes da terceira idade…”

Ou seja, neguim por aí também pensa logo no pior.

E enquanto eu tiver apenas 12 anos, não há com o que se preocupar. Tumores não costumam atacar à esta tenra idade.

Postei isso porque, sei lá, vai ver que algum de vocês tem um tumor no cérebro também. O texto pode ser tranquilizador, assim como foi para mim. Portanto, não se mate ainda: ainda há uma salvação para você.

Suponho que a culpa disso é o maldito computador. Devo passar umas 16 horas por dia na frente dessa porra, ouvindo músicas relaxantes de bandas como Slipknot e Machine Head. Acho que uma hora meu cérebro decidiu dar o basta.

Vou tentar desligar essa desgraça e ir fazer algo mais produtivo como colher morangos ou espancar um guri canadense.

E veja só a minha sorte: tenho uma festa para ir hoje (logo HOJE), numa boate em Toronto (logo em TORONTO). Ou seja, vou ter que deixar minha irmã menor sozinha na cidade. E terei que aguentar luzes estroboscópicas e música alta de bandas ao vivo durante umas três, quatro horas. A melhor coisa pra se fazer quando se está sofrendo de uma dor de cabeça que já dura dias.

E eu não sei nem dançar, mermão.

A carona já tá vindo. Bem, ao menos não vou estar na frente do PC.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

Um comentário \o/

  1. Fábio F. says:

    Obrigado texto aleatório!