Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Postado em 18 August 2004 Escrito por Izzy Nobre 0 Comentários

Há certas coisas que só uma mudança fazem você perceber. Você não sabia que era tão forte até seu pai soltar um sofá de dois lugares em cima de você, na escada, por exemplo. Você não sabia que suportaria uma topada com a canela bem no cantinho do móvel que sustenta a TV sem amaldiçoar o Criador. Você não sabia que ainda tinha umas revistas de mulher pelada espalhadas aleatoriamente pela casa.

Até ontem, eu não sabia a diferença entre uma TV convencional e uma TV de plasma. O conhecimento da causa veio instantaneamente no momento em que eu tive que levantar a nossa TV, de 32 polegadas e uma cifra equivalente em toneladas, a quase meio metro do chão. Puta que pariu, troço pesado do caralho. Tive que levar camas, sofás, armários, mesas e tudo o mais, e a porra da TV era o que havia de mais pesado dentro da casa. A caixa dizia que ela pesava 180 libras (90 quilos), mas eu não ficaria surpreso se ela pesasse mais que isso. E eu nem assisto TV, mas que merda.

A nerdice me que aflinge é tão descomunal que fez com que o computador da sala fosse o último ítem a ser encaixotado. Até os últimos instantes, eu conversei com alguns amigos no MSN, enquanto meu pai me chamava carinhosamente para que eu o ajudasse. Lembro que ele berrou coisas como “Ô desgraçado, me ajuda aqui com esse sofá!” ou “Já empacotou aquelas porras que tavam na cozinha, seu vagabundo?“. Aproveitei pra ligar a webcam e alguns leitores tiveram a infelicidade de me ver carregando caixas de um lado pro outro. Tirei uns snapshots, mas eles estão no outro PC, e tou com muita preguiça de ir lá copiar os arquivos. Poupem-me do trabalho; basta imaginar uma sala vazia com umas caixas de papelão no chão.

O novo apartamento é fenomenal. Espaçoso, quinto andar, voltado para o lado leste. Ou seja, hoje de manhã eu acordei com o sol NA PORRA DA MINHA CARA, porque meu pai ainda não comprou cortinas. Pra vocês terem uma idéia da situação, o reflexo do sol no monitor do computador neste momento é tão intenso que eu estou digitando praticamente às cegas. Professores Pasquales de plantão, comecem a procurar erros de digitação, porque essa é a hora.

A apê tá uma bagunça do caralho, com exceção do meu quarto. Enquanto meu pai voltou durante à noite para poder usar o PC na casa (que ele só desmontará quando a internet chegar aqui, na quarta feira), arrumei a bagunça do meu cantinho. Ficou muito bacana; convenci meu pai a ceder a cama de casal que era da minha mãe, e a TV do quarto da minha irmã. Só falta dissuadi-lo de um dos seus três monitores de cristal líquido, e meu quarto ficará estiloso. Ele usa dois no PC dele e um ficará no computador da sala. Quero esse monitor pra mim.

Falando em computador da sala, isso é mais um item que atesta a nerdice dos Nobres: há três PCs para apenas duas pessoas.

Mal chegamos e o Bud já começou a aterrorizar a vizinhança de novo: Durante a mudança esse condenado do inferno latiu initerruptamente, chamando atenção de todos os vizinhos próximos. Ou seja, aguardem futuras brigas.

Tou coberto de machucados e hematomas. Apanhei pros móveis, eles não queriam entrar no elevador nem fodendo.

E puta que pariu, com esse sol na cara não dá pra digitar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)