Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Postado em 25 August 2004 Escrito por Izzy Nobre 0 Comentários

Pronto, sou um gótico.

Não demorou muito e eu me acabei me rendendo à influência da minha patroa: hoje criei um perfil no Vampire Freaks, um site para crianças de 17 anos que gostam de tirar fotos em cemitérios e beber vinho fazendo de conta que tá tomando sangue de um cristão.

Caprichei no perfil: pus o significado do meu nome real (“Aquele que lutou com Deus e os homens, e venceu”. Me diz se isso não é coisa mais gótica que você já leu na vida), e coloquei minha foto mais gótica, aquela dark art que ensinei vocês a fazer (e que muita gente aí fez e postou em flogs sem citar os créditos. Bando de filhos da puta). As góticas gostaram da morbidez do negócio, e recebi altas notinhas. A gótica oficial tá se mordendo de ciúme, que formidável.

(Lembrem-me de não usar mais a palavra “gótica” daqui em diante.)

Mas logo à primeira vista, me decepcionei. Achei que iria encontrar pessoas undergrounds e doidonas, que cagam pra opinião alheia e fazem todas aquelas outras coisas que os góticos afirmam fazer. Descobri que o tal VampFreaks nada mais é que um Fotolog.net não dominado por brasileiros, pois eles têm tudo que temos: neguinho postando foto do cachorro da avó, babando ovo das meninas bonitinhas e implorando por comentários. Não fazia nem um minuto que eu tinha me cadastrado, e já tinha recebido cinco comentários mendigando atenção. Os cara ficam dando F5 na página de usuários mais recentes, para garimpar amiguinhos e receber alguns elogios forçados. Lamentável.

Vou te contar. Eu dou uma chance pra esses merdas, mas esses góticos só continuam me decepcionando.

Como aconteceu em todo lugar nessa internet em que já pus os pés, vou ter que aprontar uma confusão lá também. Ainda não me decidi sobre como vou encher o saco dos vampirinhos. Acho que vou escrever um Manual dos Góticos em inglês, sei lá.

Se não me engano, eles têm um fórum bastante movimentado. O Manual dos Góticos ganhará o mundo. Serei odiado fora do País da Putaria também.

E falando na putaria, não posso esquecer de pôr uma bandeira enorme do Brasil, também. Por que você sabe, brasileiro tem que SEMPRE que badernar a internet e queimar nosso filme.

É tradição.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)