Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Postado em 28 February 2004 Escrito por Izzy Nobre 2 Comentários

Sim, o rato finalmente saiu do porao. Meu pai me arranjou um Athlonzinho marromenos e instalou uma LAN, portanto agora posso ver a luz do sol enquanto posto no blog. Sensacional.

Mas nao foi nada facil. Pra comeco de historia, esse teclado eh um autentico teclado gringo, sem cedilhas e outras coisinhas que nos brasileiros adoramos, como trema e acentos. Quer dizer, ele tem acentos, mas se eu configuro o teclado como ABTN2 em portugues, milhares de teclas mudam de funcao. Entao, o jeito eh usa-lo em configuracao gringa e parecer um analfabeto, abrindo maos dos acentos. Dane-se. Nunca gostei de acentos, mesmo.

Mas tirando essa frescura, a real complicacao foi estabelecer a LAN. O ponto da internet esta no porao, dois pisos abaixo do meu quarto, que fica no segundo andar. Trazer o cabo da rede aqui pra cima foi um trabalho herculeo.

Usando uma formidavel furadeira Black and Decker recem comprada, meu pai saiu esburacando as paredes da sala e cozinha, procurando um vao entre as paredes que levasse o cabo ate aqui em cima. Depois de pensar em uma boa desculpa pra dar pro dono da casa, meu pai colocou o cabo no buraco e foi empurrando.

A outra complicacao era fazer um buraco no chao do meu quarto, que coincidisse com o caminho percorrido pelo cabo dentro da parede. ISSO provou-se ser realmente impossivel, uma vez que nao tinhamos como saber onde exatamente o cabo estava.

Usando tecnicas alternativas de medicao, meu pai “descobriu” onde o cabo supostamente sairia. Pegou a Blequendequer, arrancou o carpete do chao do meu quarto e comecou a furar.

Ele descobriria segundos depois que a broca NAO estava firmemente presa a furadeira…

Depois de voltar da loja de ferragens com uma broca nova (e de assegurar-se que a nova broca estava firme no lugar), meu pai volta a furar o chao do quarto, espalhando serragem de madeira pelo carpete inteiro. Mas o buraco da broca era muito pequeno para o cabo de rede. O que fazer?

Marteladas, claro!

Acontece que a madeira nao era taaaaao forte quanto meu pai pensara; na primeira porrada, o chao cedeu e abriu-se um rombo do tamanho do meu pulso.

Como se nao bastasse a parcial destruicao da casa (e ainda omiti alguns detalhes, como a retirada de uma parte da parede da cozinha e os buracos feitos nos locais errados), a rede nao funcionou. O pior era ter descer ao porao pra tentar uma configuracao na rede, subir ate o segundo andar e descobrir que a configuracao estaav errada. Acho que minhas pernas engrossaram.

Mas foda-se, agora posso ver a rua enquanto uso a internet!

Ah, e tirar fenomenais fotinhas tambem.

Eh isso.

E os malditos acentos fazem falta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

2 Comentários \o/

  1. Calebe says:

    É… O que uma rede Wi-fi não te pouparia nesta época, ein?

  2. diK says:

    é. esses posts são OS melhores! e haaaaja paciencia e bom humor naquela epoca…pra tudo!