Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Postado em 25 October 2005 Escrito por Izzy Nobre 0 Comentários

Rapidinhas que nem são tão rapidinhas assim


Serei eu o único internauta brasileiro que assiste Bullshit!?

Bullshit! é um programa relativamente velho da dupla de mágicos Penn e Teller, não tão conhecidos no Brasil. No programa, que passa no canal pago gringo Showtime, os caras expoem e atacam o lado imbecil de certas nuances da vida americana, como o programa de controle de armas, o discurso vegetariano, a obsessão com saúde, a vigilância governamental, sociedades de direitos dos animais e essas merdas todas.

O programa mescla ceticismo com reportagem investigativa, salpicando uma boa dose de anarquismo e putaria por cima da combinação. O estilo do programa é bem “digo-mesmo-e-pronto-vai-encarar?” – sem hesitar, um dos apresentadores (o Teller quase nunca fala, e quando o faz é off-camera) chama um indivíduo de farsante, um outro de hipócrita, um terceiro de ignorante… Tudo, claro, baseado em bons argumentos e um cuidadoso escrutínio da vida dos entrevistados. No episódio entitulado “Holier Than Thou“, o que se traduz mais ou menos como “Mais santos que o resto da galera”, a dupla impiedosamente ataca Gandhi, Madre Teresa e Dalai Lama. Parece impossível? Com a ajuda de alguns historiadores menos dispostos a engolir mitos de bondade sobre-humana, não é.

Resumindo, o programa é mais ou menos o que o Michael Moore faria se ao invés de filmes, escrevesse programas pra TV paga e não precisasse pagar uma de bom moço pra manter a censura longe da própria bunda gorda.

Aqui há uma lista de todos os episódios. Abra o Limewire e vai pegando. Se você gosta do HBD, com certeza vai adorar Bullshit!

(Escrevi o post supondo que o programa não passa no Brasil. Caso passe, esqueçam)

Primeiras fotos do Cullen Gardens:


Numa clareira no meio dessas árvores, um brasileiro espreita.


Staff Room, onde a magia acontece.


Em foto até que fica legal.

Agora, experimenta andar por aí com um tênis mais velho que a taça Jules Rimet, cheio de buracos, pisando em tudo quanto é poça dágua. Depois que a sua meia esquerda absorver o primeiro litro de água, você vai desejar que o outono vá pra puta que pariu.


Aê, já contei que vou ganhar um irmãozinho?

Contei agora. O primeiro Nobre canadense – ao contrário do que eu imaginava – não será o meu filho, e sim o do meu pai.

Daqui pra janeiro tá nascendo Kevin Alguma Coisa Nobre, sendo “Alguma Coisa” o sobrenome da mãe dele. Meio estranho admitir, mas eu não sei o sobrenome da minha madrasta. E olha que ela já tá aqui há quase um ano.

Porra, não me disseram que a infância passava tão rápido. Tenho idade pra ser pai desse moleque (consequentemente, meu pai tem idade pra ser avô do próprio).

Já pensou? Quando meu novo irmão canadense tiver a minha idade, terei o dobro da dele. Terei quase a idade do meu pai agora!

Tou ficando velho 🙁


Falando em ficar velho, meu aniversário é dia 5. Vão me dar o que, bando de vagabundos?


No trabalho, conheci uma canadense – lindíssima, diga-se de passagem. O tipo de mulé que você só vê em revistas, e faz você ter raiva de ser comprometido – que me passou o MSN de duas brasileiras que moram aqui nas proximidades e frequentam a mesma escola que ela. O que é uma certa raridade, pois nesse tempo todo que morei nesta cidade conheci poucos brazucas.

O tempo dirá se elas são gente boa, ou patricinhas escrotíssimas como as últimas intercambistas brasileiras que conheci por estas bandas, mais ou menos há um ano.

Postei (em dezembro) dizendo que tinha ido com elas a Toronto, mas nunca contei a desgraça que foi ter saído com aquelas meninas. Cobrem-me qualquer dia desses e eu escrevo um post.


Bom, xeu ir dormir que tá ficando tarde. Show do Slipknot hoje, sabe como é.

Morra de inveja aí.


Impressão minha ou o RauL cometeu uma terrível contradição nos comentários do post abaixo?!

Um motivo a mais pra não acreditar nessa história mal-contada de anjos e placas de ouro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)