Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Postado em 24 April 2004 Escrito por Izzy Nobre 14 Comentários

Sim, o show. Foi bom. Tocamos Deftones, Korn, Marylin Manson… Vocês sabem, aquelas músicas comerciais da modinha. A negada cantou junto, aplaudiu, pagou pau e tal.

Ah, sim, a alemã gótica. Eu sei que vocês só querem saber disso.

Vou resumir: ela pegou minha carteira e disse que só devolveria se eu a tomasse dela (o que era um convite explícito para a putaria, como vocês podem ver).

Nessa brincadeira de empurra-empurra, agarra-agarra (e a carteira obviamente esquecida há séculos), acabamos indo parar na lavanderia. Ela segurou meus braços e falou “aposto cinco pratas que você não consegue me derrubar!

Coitadinha. Não sabia que estava desafiando o autor do “Manual Ilustrado Grátis de Kung Fu”. Tsc, tsc.


Com dicas práticas de como derrubar góticas alemãs


Apliquei-lhe uma belíssima rasteira de perna cruzada (e automaticamente posicionando-me entre as pernas dela, de forma estratégica) e a vampirinha germânica caiu no chão da lavanderia, que felizmente estava coberto de roupas. Alguém teve a boa idéia de espalhar as roupas pelo chão, sabe-se lá porque. Talvez a lavanderia tivesse sido utilizado por algum outro casal anteriormente, eu lá sei. Só o que sei é que devo agradecimentos à alma caridosa que jogou as roupas do cara pelo chão inteiro. Se a gótica tivesse batido de cabeça no chão, minha noite teria terminado mais rápido.

Caí em cima dela. Encarando firmemente os olhos azuis dela, senti a pulsação acelerar. É agora, mané! Eu tinha que dizer alguma coisa. A primeira frase que veio na minha cabeça foi algo que ela mesmo tinha me dito, durante as “brincadeiras” com a carteira:

“Vou morder seu lábio!”

Para minha surpresa, a menina respondeu:

“Você não vai conseguir estando aí tão longe!”

A distância longíqua que separava nossos rostos na ocasião era 3 centímetros. Mais perto que isso só se eu…

Opa! Seus safadinhos. Acharam que eu ia entregar o ouro. Não vou entrar em detalhes sobre o que aconteceu em cima das roupas do moleque porque isso é um blog de família e respeito, seus filhos da puta sem costumes.

Ah, e ela me ligou hoje. Vou na casa dela amanhã.

Ahhhhh, Canadá!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

14 Comentários \o/

  1. […] de país, todo o meu relacionamento com a patroa (desde o dia em que a conheci, passando pela primeira vez que ficamos, até nosso […]

  2. Rodrigo says:

    HAHAHAHAHAH Agora você está CASADO com a alemã gótica 😛

  3. Gabriel says:

    AUAHUAHUHAUAHUAHU Será que o Izzy de dez anos atrás saberia o fim que ele teria ? UAHUAHAUAHUAHUAHA

  4. Rafael Pradella says:

    E eu pensando que eu seria o único a procurar “chão da lavanderia”. Tolinho…

  5. Kin says:

    Noooossa!!
    E agora, casados 🙂
    Pena que as imagens desses posts mais antigos foram perdidas..

  6. Guilherme Brito says:

    emocionante… :~)

  7. E este foi o primeiro dia do resto das suas vidas 🙂

  8. molotov says:

    Massa!

  9. Newton S. says:

    Bela iniciativa a dela, olha no que deu haha