Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Então, eu caguei no tapete do banheiro

Postado em 13 July 2011 Escrito por Izzy Nobre 333 Comentários

Pois bem. O título explica tudo que você precisa saber, mas vou contar a história em detalhes. Antes disso, pra te ambientar na situação, preciso que você saiba algo sobre mim.

Eu sou completamente complexado em relação a funções corporais e minha mulher. Estamos juntos há quase 8 anos, moramos juntos desde 2007, e apesar disso apenas recentemente acumulei a coragem pra soltar um tímido peidinho na presença dela.

O meu modus operandi sempre foi dizer “pera, acho que deixei X lá no quarto, vou pegar“, dirigir-me ao meu aposento e então peidar silenciosamente, como Anne Frank provavelmente peidava quando se escondia dos nazistas. Aliás, no caso da Anne Frank ela tinha que peidar e em seguida aspirar o peido avidamente, ou o metano poderia denunciar sua presença naquele sótão empoeirado em Amsterdã.

Pra tu ter uma idéia do meu complexo, durante todos esses anos eu esperava que minha muié saísse de casa pra poder usar o banheiro, acredite se for capaz.

A propósito, eu inclusive perdi aquela característica fobia de cagar fora de casa porque descobri que aliviar-me no trabalho era uma alternativa melhor que defecar em casa. Assim, eu nunca correria o risco de ela precisar usar o banheiro imediatamente depois ou, cruz credo, esquecer de trancar a porta do banheiro e ela me surpreender em meu momento mais vulnerável.

Pois bem. Tendo em mente esse meu complexo psicológico que me impede de cagar em minha própria casa (que indignidade, meu deus do céu — pago tudo nessa porra e não posso borrar a porcelana do banheiro?!), recebam a história que contarei.

Em julho rola um evento aqui em Calgary chamado Stampede, que é um troço meio que Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. Tem rodeios, tem exposição de animais carríssimos, todo mundo anda de botas, camisetas quadriculadas e chapéu de cowboy, e tem um parque de diversões — que é o único aspecto do evento que me interessa.

No tal parque de diversões — que é populado por uma miríade de brinquedos um mais enferrujado e inseguro que o outro, sendo operados por moleques que não tem idade nem pra dirigir, ou seja, inspira a mesma confiança que usar a mesma escova de dentes que um portador de herpes — há diversas guloseimas, todas absurdamente caras e quase criminalmente prejudiciais à sua saúde.

Como você pode averiguar pela foto acima, a decadência gastronômica dos norte-americanos não conhece limites. Deep fried cheesecake = os caras pegam um cheesecake, que contém calorias suficientes pra pôr um foguete em órbita, e JOGAM NA FRITURA.

Bolo frito, meus amigos. É gordice extrema.

Três dólares por uma garrafa dágua de 591ml. Isso equivale a um dólar por menos de 200ml. Equanto isso, gasolina custa $1.13 por litro — ou um dólar por 884ml.

A ÁGUA QUE VENDEM NESSA MERDA É 4.5 VEZES MAIS CARA QUE GASOLINA.

Ok? Vocês compreendem a minha indignação? Passei 2 horas na porra desse parque e gastei 87 dólares. O problema é que o evento é o maior do país, todo mundo da cidade não fala de outra coisa, ai de mim se eu não levar a muié pra passear lá por motivos de pão-durice. A propósito, os 87 dólares foram só a comida e os brinquedos do parque. O estacionamento da parada custa 20 dólares. E a entrada, $15 cada.

Pois bem, o jeito é aceitar o rombo na carteira de braços abertos. “Foda-se“, pensei comigo mesmo, “já tá no inferno, come um bolo frito com o Capeta“. E com este pensamento, saciei todos os meus desejos comidísticos.

Comi o tal bolo frito (uma merda aliás), sorvete, batata frita, nuggets, algodão doce, pizza… meu amigo, eu comi como se fossem me dar um milhão de dólares caso eu pesasse 200kg amanhã. A essa altura tem mais gordura que sangue correndo em minhas veias; considere-se sortudo se eu terminar este texto antes de cair no chão agarrando o peito desesperadamente.

Então, decidimos ir para casa. Ainda no carro, minhas tripas me informaram que não aprovaram desse total descontrole glutônico. Minhas entranhas se retorciam loucamente, deixando claro que eu precisava chegar a um banheiro o mais breve possível. A partir daquele momento minhas tripas eram uma bomba relógio, sem qualquer respeito por convenções sociais ocidentais.

Onde quer que eu esteja, nos próximos 30 minutos no máximo, eu estaria cagando furiosamente. Seja numa privada ou ali no banco do carro, minhas tripas eram completamente indiferentes. Por mais que eu tentasse prender o esfincter, eventualmente eu soluçaria ou algo assim, e aí meu filho, tudo estaria perdido.

Entretanto, eis o impasse: minha mulher estaria em casa comigo. Como já expliquei, sou incapaz de cagar se ela se encontra dentro de um raio de 100m.

Uma vez acampamos juntos por 4 dias. Quatro dias sem cagar, meu amigo — não desejo essa sina nem pro cara que faz a piada do pavê ou pacomê sempre que alguém o informa do sabor do sorvete.

Por outro lado, eu seria igualmente incapaz de conter a massa fecal que se encontrava em extremas condições de temperatura e pressão em meu abdômen. Aquela mistura terrível de bolo com sorvete e batata frita (tudo chacoalhado e revirado por aqueles brinquedos fubengues prestes a se desintegrar caso alguém se apoie neles enquanto ajeita a cueca) estava entrando em ebulição e seria preciso botar aquilo tudo pra fora urgentemente.

Os deuses da internet estavam do meu lado hoje, porque mal cheguei em casa e a patroa capotou no sofá, exaurida. “É minha chance“, tuitei mentalmente (eu converso comigo mesmo através de tuites mentais). Como um jaguar atrás de sua caça nas planícies africanas diante das câmeras do Discovery Channel, corri velozmente ao banheiro e tranquei a porta. Chequei a tranca da porta exatamente oito vezes, pra garantir que não seria surpreendido pela mulher.

Amigos, não entrarei em detalhes sobre a explosão de merda pressurizada que aconteceu em meu banheiro. Este ainda é um blog de família e de classe. Direi apenas que a Terceira Lei de Newton, a mesma que rege  propulsão de foguetes ou de um balão de festa quando é perfurado por um conviva malicioso, levantou meu corpo 3cm da privada.

Caguei tudo — comida digerida, comida não digerida, órgãos internos, minha alma, tudo espatifou-se ruidosamente contra a água da privada. Ricochetes acertaram-me de volta por todos os ângulos. 10 minutos depois, eu estava internamente limpo. Sentindo-me mais leve, suspirei aliviado.

Neste momento, achei que seria fútil acreditar que um reles rolo de papel higiênico poderia resolver minha situação; o papel é de fato uma maravilha do mundo industrializado mas há limites pro que ele pode fazer. Seria mais prudente pular no chuveiro.

E foi o que fiz. Tomei aquele belo banho e retornei ao computador. Mais ou menos meia hora mais tarde, a patroa acorda e dirige-se ao banheiro. Confiante que os 2 litros de desodorizador que eu injetei no lavatório teria anulado todo o odor fecal que penetrava cada centímetro cúbico do ambiente, nem me importei quando ela entrou no banheiro e fechou a porta.

Momentos mais tarde, a patroa me chama. “Izzy…?” O tom era de incerteza.

Que é?“, berro do escritório.

Você por acaso… você por acasou PEIDOU antes de tomar banho?

Vixi. Essa pergunta só podia significar uma coisa: o Febreeze que eu vaporizei por 10 minutos no banheiro não agiu conforme promete a propaganda. Deveria haver alguns alguns mols de peido flutuando pelo ar, o suficiente para serem detectados pela mulher. Não sabia nem o que responder diante tamanha desmoralização.

Ahnnn… o que?” tentei ganhar tempo pra bolar uma desculpa.

Você tá doente, ou algo assim? Tá passando mal…?

Continuei não entendendo a pergunta, e ficando cada vez mais apreensivo. Primeiro ela pergunta se eu peidei antes de entrar no chuveiro, e depois me pergunta se tou passando bem…? Mas que diabo de interrogatório bizarro é esse? Será que deixei algo flutuando lá na privada? Deve ser um tolete MacGyver, então, porque nadar contra a correnteza de quatro descargas é uma proeza olímpica.

Ahnnn…” a mente se desespera pra bolar uma resposta “não, eu tou bem… por que?

Você deixou uma coisinha aqui no banheiro. Talvez seja bom limpar

Se você já sofreu a morte de familiares próximos, imagino que a sensação de choque que você experimentou quando te deram a notícia seja similar ao que eu senti quando a menina falou isso. Incrédulo, vou ao banheiro.

A menina tava limpando o pé com um pedaço de papel higiênico. Ela olha pra mim, e em seguida aponta pro tapete na frente da privada.

Lá estava um pequeno círculo marrom de 3 centímetros de diâmetro, àquela altura completamente impregnado nas fibras do tapete. Ao conectar os pontos da massa fecal achatada contra o tapete e a menina esfregando o pé avidamente com o papel higiênico, percebi com completo horror que a patroa havia pisado no meu próprio cocô.

Ela termina de limpar o pé com o papel e, ainda não dando-se por satisfeita, mete-o embaixo do chuveiro.

Meu amigo leitor deste blog. Pare por um instante e coloque-se em minha triste situação. Pare até de baixar seus torrents e dê pause aí na sua música, pra você poder absorver completamente a catástrofe que era essa situação.

Lá estava eu, um sujeito tão complexado que sequer uso a palavra “peido” na frente da minha mulher, que NUNCA caguei em minha própria casa caso a menina encontre-se presente, observando com completa angústia a menina limpando a minha merda do pé dela, enquanto resquícios da minha bosta estragaram completamente o tapete que ganhamos de presente de noivado.

Eu não sabia se ria, se chorava, se pedia desculpa, se me jogava da varanda. A menina lavou o pé e saiu do banheiro, enquanto eu fiquei lá em pé na porta como se estivesse esperando acordar de um terrível pesadelo dirigido pelos irmãos Farrelly.

Eu, o homem e provedor da casa, o cara que abre todas as jarras que ela não consegue, o sujeito que masculamente troca as lâmpadas da casa e paga todas as entradas no cinema, o futuro pai dos filhos canadenses da menina… limpando merda do tapete do banheiro com o chuveirinho. A minha própria merda. A minha própria merda que eu, como algum tipo de macaco com síndrome de Down, consegui espalhar num objeto de decoração da minha casa.

Meu amigo, sério, pare de xavecar sua amiga no MSN aí e dedique toda a sua atenção para analisar a vergonha que brotava de todos os meus poros naquele momento. Meu amigo, se houvesse ali um buraco suficientemente grande pra que eu pudesse me jogar, pode crer que eu estaria tuitando de lá agora.

Aparentemente pular DIRETO da privada pro banheiro não é uma idéia tão boa assim; o grosso da bosta pode desprender-se das nádegas e adornar o tapete da privada para sua total desgraça.

Manos, que vergonha avassaladora. Eu, que morro de vergonha desse tipo de coisa, que prefiro passar apertos intestinais do que cagar se a mulher está em casa, tendo que viver como fato de que a mulher não apenas VIU meu cocô mas PISOU EM CIMA DELE.

A patroa aliás estava tão confusa quanto eu. Aquela pergunta inicial, se eu havia peidado antes de tomar banho, é porque o único cenário em que ela conseguia conceber alguém cagando no tapete do banheiro é que um peido particularmente potente poderia ter ejetado um pequeno pedacinho de cocô.

A outra hipótese, que ela não deve ter considerado por bondade, é que este energúmeno com quem ela pretende se casar é completa e funcionalmente retardado.

Você acha que eu estou exagerando? Saiba que esta é a SEGUNDA vez que eu cago no tapete do banheiro. Definitivamente esse negócio de pular no chuveiro pós-cagada não é uma estratégia perfeita.

Puta que pariu, minha mulher pisou na minha merda. Manos, eu acho que acabei de arruinar meu casamento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 29 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

333 Comentários \o/

  1. Eduardo says:

    Porra izzy, isso acontece com qualquer pessoa.

  2. Luca says:

    Não li o texto, mas vou fisrtar o 4º texto. Sou um filho da puta. Podem me xingar, haha

  3. @higorborja says:

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA RI MUITO!

  4. Pobre Izzy =/ Nunca passei por isso, mas parece-me ser deveras traumático xD
    Não pensou em falar pra bebba algo tipo “MEU DEUS, O PILOTO INVADIU A CASA E CAGOU NO TAPETE PRA SE VINGAR DE MIM!” ?

  5. Lucas says:

    First?

    Putz, segunda vez? Really. Vai lá comprar chocolate pra ela AGORA.

  6. @rhobsonv says:

    Caralho, tou passando mal de tanto rir aqui hahaha

    Asrael, pare de “testar” os vibradores XXXL que estão à venda na pornshop enquanto ainda há tempo (se é que ainda te sobrou algum…)

  7. Eu LITERALMENTE caí da cadeira antes mesmo da metade do texto. Não queria estar na sua pele agora. Não saberia o que fazer. Eu me matava.

    • Bosta Junior says:

      NÃO EXAGERES EDUARDO
      UM SÁBIO, CERTA VEZ, DISSE:
      “RIR É BOM, RIR DE TUDO É DESESPERO”
      É, AS COISAS EM BRASÍLIA NÃO ESTÃO FÁCEIS PRA NINGUÉM!

  8. Rangel says:

    Qualquer coisa é só dizer: FOI RÁQUER
    eu duvido que ela não vai compreender.

  9. YC says:

    Eu…putz suhashusahusauhasuh, essa foi foda.

  10. OgFux69 says:

    Ta parecendo cachorro hein Kid EUHAEUAHEUAHEUAHUEEAH Tu não ajoelhou e pediu desculpa or something? XD

    btw, RIDEMAIS do @darklinkagain… O Piloto invadiu e cagou no tapete EUHAUEHAUEHAUEHUAHEUAHEUAHEUAHEUAHE

  11. tonny says:

    Sinto muito pelo seu futuro-e-altamente-provável divórcio, cara amigo. Mas quem mandou fazer gordice? Se fudeu.

  12. VCR says:

    $3 uma garrafa d’água? ACHO JUSTO.

  13. A VIDA É UMA MERDA kkkk

  14. Luiz Antonio Souza says:

    AHUUAHHUAHUUAHUHAHUAHUHAUUAHUUAHUHAUHAHUA
    HUHAUHUAUHAHUAHUAHUHUAHUAHUAHUAHUHUAHUAHU
    AUAHUHUAHUAHUAHUUAHHUUHAUHHUAHUAHUAHUUAHU
    AHUHAUUHAHUAHUUAHAUHAHUUHAUHAHUUAHUHAHUAH
    AHUAHUUHAUHAHUAHUHAUHUAHUAUHHAAHUHUAHUAHU
    AHUHUAHUAUHUAHUHAUHAHHUAHUAHUUAHHUAUHAHUA
    AHUAHUHUAHUAHUAHUUAHHUAHUAHUAHUUHAHUAUHAH

    Sem mais.

  15. fulano says:

    PUTA QUE PARIU
    RI PRA CARALHO

    “Manos, que vergonha avassaladora. Eu, que morro de vergonha desse tipo de coisa, que prefiro passar apertos intestinais do que cagar se a mulher está em casa, tendo que viver como fato de que a mulher não apenas VIU meu cocô mas PISOU EM CIMA DELE.”

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  16. Lucas says:

    Nao sei se dou risada ou se choro de dó do coitado amigo (mentira, to rindo pra caralho). Mas posso dizer sinceramente: se fudeu!

  17. Nathan says:

    ” “É minha chance“, tuitei mentalmente (eu converso comigo mesmo através de tuites mentais). ”

    Lembro-me de meses atrás, quando te perguntaram no twitter se vc pensava em português ou inglês, vc enrolou todo mundo falando que não pensava frases, mas fica aí o tira-teima mas permanece a dúvida, pensas em português ou inglês?!?
    Eu chuto que é em inglês, mas diz ae Izzy!

  18. Helder says:

    Meu deus do céu, mto tempo q n rio tanto.
    Kid, abre o jogo, fala q vc tava passando mal q ela vai entender. E tenta acabar com essa neura de cagar em casa.

  19. @BAGUNZI says:

    AHEUAHEUAHEUAHUEHAUEHUNHISUHGISNIUERHNGSWNHIUEGUSHGISUHGAHEUAHEUAHEUAHUEHAUEHUNHISUHGISNIUERHNGSWNHIUEGUSHGISUHGAHEUAHEUAHEUAHUEHAUEHUNHISUHGISNIUERHNGSWNHIUEGUSHGISUHG TOLETE MACGYVER VOU MORRER

  20. @MadKarp says:

    Fala que foi ráquer!

  21. Guilherme says:

    SANTA MÃE DE DEUS, IZZY!

    Já que a merda foi completa literalmente, tá na hora de contar seu problema gastro-intestinal-socio-familiar pra ela, quem sabe vc para de cagar no tapete =)

  22. Blanco says:

    Graças a esse texto, consegui acordar meus pais, 2 irmãos, e 4 vizinhos. E qse caguei de tanto rir

    • Bosta Junior says:

      Se eles te amam de verdade não vai ligar para isso! Confie em si mesmo e toda verdade seja dita! Eles não vai ligar para isso!

  23. Cid says:

    CARACA! Que merda (literalmente), mas eu ri. LOL

  24. Kelvin says:

    Ela por acaso cheirou o pé?
    Podia ter dito que era um “chocolatinho” que caiu ali.
    Hahahahahahaha!

  25. Francisco says:

    uhauhauhahuauhauhauhauha

  26. Lívia Menezes says:

    Ah, Izzy… se vocês tivessem MESES de relacionamento, naquele lance de “tudo são flores e musiquinhas melosas”, vá lá.

    Mas depois de 7 ANOS de relacionamento, vocês já fizeram milhões de coisas íntimas, já se conhecem o suficiente pra passar por um perrengue desses né?

    Se fosse eu, só iria brigar por ter pisado na merda. E só. Não iria terminar por isso. Afinal, TODO MUNDO CAGA.

    Destrave. Ela te ama. Sem mais.

    P.S: Solte os peidos ninja. Isso é prova de amor.

  27. klinger says:

    cara…
    estou aqui no aeroporto, e ta todo mundo olhando pra mim querendo saber porque estou rindo tanto, quase derrubei a porcaria de expresso nas pernas de tanto rir, tu eh o rei !!!

  28. Jahminho says:

    Cara, mas se tua mina não reclamou disso, pode ficar tranquilo e case-se com ela, isto deve ser a versão HARDCORE do teste do edredon (aquele que você peida e cobre a cabeça da amada com o mesmo.

  29. Que droga, por essa nunca passei. Agora o normal é que tu fique menos estressado com essas coisas.

    A primeira vez que o vaso entope é algo bem vergonhoso também, mas uma hora vai acontecer, assim pelo menos tu fica preparado.

    Eu não solto pum perto da patroa, mas já fico bem mais tranquilo com esses eventos.

    Como diriam “Hermes e Renato”: merda acontece.

  30. Carol says:

    Cara… Eu sinto muito, nossa…

  31. Romulo says:

    depois de ler esse texto a expressão morrer de rir deixou de ser apenas um pleonasmo hahaha muito bom kid

  32. Thiago says:

    HASUHADASUHUHAUSDASUDHAADF MANO DO CÉU IZZY, O QUE VOCÊ FEZ?!

  33. @LipeML says:

    Deep-fried OREOS puta merda, hein?

  34. Ploft says:

    Pq vc não experimenta dar uma semi-limpada com o papel higiênico ANTES de pular pro banho? Pode evitar essas coisas, sabia…?

  35. Luis Felipe says:

    PQP VELHO!
    Acabei de acordar minha mãe aqui de tanto rir. Acho que depois da “Epopéia do pc” esse é o seu texto do qual eu mais ri. =D

  36. Mateus Arcanjo says:

    Leio o hbd a bons anos, mas esse foi o texto que mais me arrancou gargalhadas! E isso na madrugada!

  37. Pablozilla says:

    Eu entendo sua dor, Izzy… Minha namorada mora no Rio de Janeiro, eu vou pra lá a cada dois meses passar uma semana na casa dela [é, eu sei.]
    Em uma semana, eu cago apenas DUAS vezes, tamanha a paranoia quanto ao fato de ir no banheiro na casa da família da garota. ;/

  38. Luis says:

    Cara, muito bom, dei litros de risadas.

    Abraço

  39. Alexandre says:

    kkkkkkkkkkkkkkk

    Espero q enqto eu estiver escrevendo este comentário, vcs estejam ainda juntos…

    Mas q foi engraçado… ah, foi…

    Abraços

    Alexandre
    http://soupretomassoulimpinho.blogspot.com/

  40. Postal Dude says:

    Merda acontece, principalmente depois de um revertério como esse…

  41. Peterson says:

    Haahahhah

    Minha mãe já fez algo parecido, ela cagou e foi direto pro chuveiro, mas o pedaço de Bosta caiu na roupa que estava no chão, ai quando ela saiu do banho, pegou a roupa e colocou debaixo do braço, melecou ela de merda, mas pelo menos foi dela mesma, pisar na merda de outro é foda

    Ahhahaahahhahaaahah

  42. Felipe says:

    Hahahahahahaha

    Qualquer um que já passou por um desconforto (reduzindo ao máximo todo o inferno estomacal que é a mistureba de alimentos de diferentes naturezas) desses sabe que, após defecar, ainda há o “choro” na sua bunda, esperando pra cair em qualquer lugar, menos na água.

  43. Felipe says:

    BTW amigo, troque jaguar é um felino que vive nas américas. Sugiro a troca por leopardo.
    :D

    • Patrick says:

      Isso aí, Jaguar é a Onça Pintada.O Izzy deveria saber sendo brasileiro. É só um nome popular diferente mais comum na língua inglesa. Mas o texto está hilário mesmo, curti demais!

  44. kyrahime says:

    hauhauhauaha #rihorrores

  45. Caco says:

    Tsc tsc tsc Só mesmo um jogador de queimada pra protagonizar tamanho vexame sras e sres
    Isto sem falar na bichice “ui, tenho vegônha di fazer o nr.2 (bom ele ao menos fala cagar, já é 1 avanço, nem tudo está perdido) na frente do meo amôzinhu”
    Ora…….. seja homi rapá,
    Uma sugestão: passem a cagar juntos, Casal que faz cagada unido, unido permanecerá,
    issoaê Fui

  46. KleberBarcelos says:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    não acontece com qualquer um não… não aconteceu comigo nãão xD

  47. Anderson Pita says:

    Isso acontece nas melhores famílias :D
    Semana passada mesmo eu caguei no cantinho do quarto. ;)

  48. Lucas says:

    Cara, muito bom esse texto.
    E veja você, que ironia essa historia, não!?
    É como dizem, meu amigo… Life is a bitch. Pra quem nunca tinha cagado na frente da mulher, ou com ela presente a pelo menos num raio de 100m como já dito, acontecer um episodio desses é um aprendizado e tanto haha.

    Lamento por rir da desgraça alheia, mas esse texto tá de fato engraçado, euri.

  49. Felipe Anselmo says:

    Haiahahaaaasis porra eu sei como é foda isso, mano as vezes fico dias (mais de 10) na casa da minha muié, n consigo peidar perto dela, chego a me contorcer todo pra evitar de escapar um punzinho, ou arrumo altas desculpas pra peidar como ir no carro pegar algo, ou sair correndo falando “quero fazer xixi” e se trancar no banheiro e peidar de boas, tomando mto cuidado pra nao fazer barulho! O foda que quando fico mtos dias lá nao tem como fugir do fato de ter que soltar um bolo de bosta, ou morrer por infecção intestinal pq ele simplesmente explodiu dentro de mim, então eu tenho uma técnica, eu só defeco na madrugada, na calada da noite me dirigo sorrateiramente ate o banheiro e me alivio de forma satisfatória.
    Me coloco em seu lugar amigo cagante de tapetes, deve ser sido mto foda ter de conviver com a muié com o pé sujo de bosta, e bosta SUA!!

  50. Márcio says:

    A história é hilária más também preocupante, pois mais estranho dessa história é vc dizer que estão juntos desde 2007 e que nunca usou o banheiro para cagar com ela em casa?
    Ela nunca percebeu isso?
    O que vc responde quando ela pergunta “Izzy, onde vc faz merda?”? Diz que tá tudo na internet?? rsrsrs
    T+

  51. Luan Lima says:

    Extremamente cômico. Parabens pela forma que usou sua tragedia para humor

  52. Johnatan says:

    Acho que voce não arruino seu casamento
    e sim urino no seu casamento asuhsauhsauhsauh

  53. Gui says:

    Se vc esta com uma pessoa com a qual não pode peidar o cagar junto, ainda mais sendo noivo, separe-se agora por favor né.

    Time to grow up, maybe?

  54. Pedro C. B. says:

    Izzy, eu queria poder dizer que estou triste e com dó de sua situação, mas é meio difícil falar isso enquanto estou rindo tão alto que estou com medo de me mandarem pro hospital por sintomas de insanidade.

    Puta merda, mano! Como que tu me consegue CAGAR NO TAPETE DO BANHEIRO? E AINDA FALAR QUE JÁ ACONTECEU ANTES???

    Curiosamente, vou ali dar um cagão agora. Peça desculpas a ela e providencie alguns pacotes de fraldas geriátricas…

  55. aiko says:

    eu ja caguei na parede do banheiro da minha casa com toda a familha na sala, é BEM PIOR

  56. nosceteipsum says:

    você não é o cara que peida no cobertor e cobre a mulher?

  57. maria e says:

    muuuuuito foda! ushaushauihsausa ri dms ! bom , bom

  58. Meg says:

    kkkkkkkkkkkkk morri de rir com essa história!! Meu marido é do mesmo jeito, morre de vergonha kkkkkkkk
    Mas pelo menos ainda não conseguiu essa facanha de cagar no tapete kkkkkkkkk tadinho de vc

  59. Como isso seria possível, senhor? Antes dar uns peidinhos na frente dela do que isso.

  60. Ferdnand says:

    kkkkkkkkkkkk, porra, eu rí muito cara; sinto muito pelo seu casamento jidsijosdaijsad

  61. eumesmo says:

    Desculpa ae, mas cagar e ir direto pro chuveiro sem se limpar é de uma porquice extrema.

  62. Emerson says:

    Cagar no tapete?? Acho digno!

  63. Thiago says:

    Caralho, Izzy, cagou no tapete duas vezes?

  64. Eduardo says:

    Nao tem ducha higienica na tua terra ? Nao da pra Instalar ?
    Tb, mta frescura…. Vcs deveriam ter intimidade para falar desse assunto e inclusive ela te ajudar em um momento de dificuldade. Pelo menos com apoio moral…
    Quem sabe essa “imersão” ajude a que quebrar p gelo, oi a “….”

  65. Rodrigo says:

    Como macho alfa da casa você tem direito de peidar sem ser questionado. Começo de namoro até vai, vc segura a onda, mas 8 anos ?!? Não é normal cara, de boa. Procure ajuda. Além do que faz um mal danado ficar segurando.

  66. tati says:

    eu tinha essa dúvida de será que a mulher dele sabe o que ele posta e coisa do tipo. agora não mais..

  67. Darox says:

    Você é foda heheheh

  68. tati says:

    mas sério, you need to get over yourself. ela deve ligar pra isso beem menos que vc. e vc devia ter rido. um dia ela vai ter seu filho como vc mesmo disse e bom, ela vai ter que trocar fraldas e tal.

  69. baraun says:

    essa sua piada com a Anne Frank foi de muito mal gosto…

  70. wallacywm says:

    Cara, estou feliz por você. Isso foi uma libertação, depois desse acontecimento, creio que peidar na frente de sua esposa será tão normal quanto respirar.
    Veja pelo lado bom da coisa!
    Ri muito!!!

  71. Betto says:

    E como foi a primeira cagada no banheiro? Ja era pra ter se acostumado e feito disso um hobby dominical

  72. Catu says:

    Depois dessa acho que você não ficará mais preocupado em peidar ou cagar em casa com a patroa perto… o que pode ser pior que isso?

    Só 2Girls1Cup mesmo…

  73. Felipe Pires says:

    RI DEMAIS! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

  74. bruno says:

    kkkkkkkkkkkkkk não tem como controlar a risada lendo esse post… mt bom!

  75. Cilene says:

    Meu filho, vc deveria ter começado a peidar e a cagar na frente da sua namorada desde o início do namoro – essa foi a metodologia do meu hoje marido. Sai dessa e viva sua vida em paz – cague à vontade onde quiser, inclusive e principalmente em casa, de portas abertas! A sensação de liberdade é incrível.

  76. Motta says:

    apenas sensacional

  77. Guilherme says:

    Então, eu caguei na cadeira do quarto lendo isso

  78. tplayer says:

    O que a falta das pregas faz com uma pessoa…

  79. Kantynho says:

    Vc pode comprar uma casa com dois banheiros, um bem longe do outro, e colocar um aviso de “Não de aproxime” a uns 20 metros de distância! kkkkkkkkkkkkkk….

  80. Izzy, falo 2 coisas para você:

    1) compra uma redinha;
    2) compra um cachorro (pra botar a culpa nele em casos como esse).

    ACHIEVEMENT UNLOCKED

  81. Leandro says:

    Vamos agora olhar para o lado bom da história Izzy.

    Você não precisa mais se esconder pra cagar, porque o pior já passou. Não é possivel que você produza cena pior do que essa em relação ao banheiro.

  82. Evangélico Xiita Pagão says:

    Bão, já que vc fudeu seu casamento, passa essa loira boazuda pra cá… não tenho esse tipo de cerimônia, peido embaixo das cobertas e coloco a cara dela pra cheirar…

  83. “…se houvesse ali um buraco suficientemente grande pra que eu pudesse me jogar…”

    Não o suficiente pra pular, mas um pra enfiar a cabeça. A PRIVADA toda borrada! hahuahauhua

  84. Tata says:

    Bom msm é fazer pum e ainda puxar a coberta pra sentir o cheirinho juntos!!

  85. Guilherme says:

    “Comi o tal bolo frito (uma merda aliás), sorvete, batata frita, nuggets, algodão doce, pizza… meu amigo”

  86. Nicolas says:

    Meu isso eu já fiz várias vezes!! Na casa da minha sograa!!

  87. Johnny says:

    Você demorou tanto para fazer o texto original da cagada no tapete que acabou cagando no tapete denovo…

    Talvez enrolar tanto para fazer os textos não seja uma boa idéia :V

  88. Mano, eu ri duramente. Cearense filho da puta, vai escrever engraçado assim no Canadá!

  89. @_carlasanttos says:

    Desculpa, mas deixa eu me expressar aqui.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK /respira.
    Meu Deus, isso foi tenso. Mas tive que rir.

  90. Nick says:

    CARA, ri muito dessa historia. Tava rindo alto aqui em casa. Que historia bizarra

  91. Kevenin says:

    cara… no seu lugar, eu já teria cometido suicídio ou ficado uns 3 meses fora de casa de tanto trauma q eu ficaria.. e quando voltasse, eu nem olharia nunca mais no olho da mulher.. hahahahahahahahahahahahaha se vc ama a sua vida não vá de novo a um evento sinistro desses.. aí não corre o risco de acontecer algo tão terrível e trágico ^^

  92. Pedro says:

    Foi raquer izzy! Vc nao tem culpa!

  93. lordtux says:

    hahahahahaha, cara, um dos melhores posts que já vi aqui, ri muito, parabéns pela bela desgraça.

  94. Diones Reis says:

    Já dizia o cara do History Channel daqui do Brasil:

    “Quando não se lembra a própria história, está fadado a repeti-la!”

    http://hbdia.com/wordpress/vida-maldita/caganeira-e-joguinhos-antigos

    By the way, chegou a experimentar “Oreo (bolacha) Frito”?

  95. Diones Reis says:

    Na segunda foto, na parte “platinada” da placa de preços, nota-se o reflexo do autor do blog, com sua bela camisa xadrez, em sua silueta e forma física suplicando por uma dieta menos calórica. :-D

  96. Camila says:

    MEUDEUS EU NUNCA RI TANTO NESSE BLOG!!! Perdão por rir da sua desgraça, juro que consegui sentir a vergonha e o constangimento, como se eu estivesse na sua pele, ao ler isso.

    Lembre-se de contar pra gente aqui ou no Twitter como a Bebba anda se comportando com você depois do ocorrido HAHAHA

    Izzy, você é mestre.

  97. Rodrigo says:

    Merece o prêmio de capivara humana do ano…

  98. Kid,

    next achievement: peidar embaixo do edredon com a muié do lado e prender ela lá prá compartilhar o cheiro.

    HAHAHAHAHAHAAHAHAHA … merda, fui ler esse texto no trabalho, e prá conter o ataque de riso múltiplo? PQP!

  99. Rafael Kenzo says:

    AUAHAUHAUHASHAIOHOIHASOIHAOIHSOIHASHASUHAUSHASUIHASUIHASIUHASIUHASIUHASUHASUIHASUSHAIUAHSUASHUAHSUIASHIUAHSUIAHSIAUSHIUASHUISAHIUASHIUASHISAUHASUSAUHSAUHUASUHASUASHHOASOIASHAHSUHSAUHSUIAHIUSAHIAUSHIUASHIUASH

    BOA IZZY!

  100. Segat says:

    caralho ri muito disso HAHAHA

  101. Vitor says:

    O mais legal é que um ser que é completamente complexado com tudo que tem relação com fezes e a mulher dele,que tá MORRENDO de vergonha do que fez…resolve contar na internet! ;D

    Porra,eu quando era criança era sonâmbulo,acordei um dia e tinha cagado no meio do boxe do banheiro!Já limpei vômito de amiga,irmã,mãe,limpo cocô de cachorro todos os dias (pego naquele jornal cheio de mijo e fezes) e vc me fica com nojinho de 3cm² de merda?

    Hahahahahahahahahaaha.Se cuida Izzy,para de comer comida de gordo senão tu vai fazer + uma gordice dessas!

  102. Eduardo says:

    Mesmo com toda evolução canadense e ocidental em termos de higiene ainda nao lançaram ai o BIDÉ ou um mero chuveiro de privada????

    Que m**** literalmente!!! Teria que tomar banho sempre que eu fosse ao banheiro ai.

  103. Tots says:

    Mano se eu disser que um amigo meu ja cagou no próprio ombro vc vai se sentir melhor?

  104. Eu Mesmo says:

    “Ai que vergonha! Vou contar pra todo mundo no blog”
    Burro!

  105. Felipe Sali says:

    Vou traduzir esse post e enviar pro piloto. Ele vai rir pra caralho.

  106. Lisa says:

    Puta merda AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH eu chorei de rir agora… malz ae AEHAEUAHEUAEHAE

  107. Juan says:

    Pow kid, brincadeira hein… so tu mesmo pra deixar uma surpresa dessas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk #eurialto

  108. Flavio says:

    foi ráquer!

  109. Over9000 says:

    Já tive momentos parecidos como esse pós-feijoada. Acredite, LIMPE A MERDA DO CU COM PAPEL HIGIÊNICO, NÃO IMPORTA A SITUAÇÃO! Não estou nem aí se gasto um rolo de 60m limpando meu cu, só paro de passar papel quando estouro as pregas antes de ir tomar banho. Sobre a descarga, encho um balde de 15l e despejo por 2x. Nunca mais tive problema com mau-cheiro.

  110. almeida says:

    O Sr. está correto, Quide. É uma cena lamentável. Não se caga perto de quem se come, já dizia o poeta.

    Ou você encara o monstro de frente e faz ela se acostumar com a sua merda, cagando todo dia como se não houvesse o amanhã, ou você aceita que os tempos da solteirice passaram e agora seu intestino grosso precisa ser reeducado.

  111. Vitor Rubio says:

    Izzy, você escreve muito bem cara. Acompanho o blog a pouco tempo, mas você tem “aquele dom” cara, de transformar uma tragédia pessoal em um épico. Mesmo o post sendo grande dá vontade de ler do começo ao fim, pow, escreve um livro cara.
    Uma pergunta, a sua patroa não lê, ou tenta ler, seus posts? (talvez com google translator).
    Cara, se for o caso, em vez de contar pra ela vc podia escrever pra ela a tradução do que você escreveu aqui. Você ia se livrar do seu complexo, ela ia entender, ia rir junto com vc e a merda toda estaria explicada e resolvida. Fica a dica.

  112. andré godoy says:

    Te considero um campeão.

  113. Tiago says:

    Tbm tenho esse complexo de cagar e peidar na frente da mulher.
    Ela pelo contrario, faz tudo isso na minha frente sem nenhuma vergonha, e ainda acha ruim se eu falo pra ela pelo menos fechar a porta do banheiro…

  114. Marina says:

    Aposto que semana que vem a Bebba nem se lembrará mais disso.

  115. Éder Costa says:

    Man, quando li isso:
    ” Você acha que eu estou exagerando? Saiba que esta é a SEGUNDA vez que eu cago no tapete do banheiro. Definitivamente esse negócio de pular no chuveiro pós-cagada não é uma estratégia perfeita. ”

    Não me controlei, sem palavras para justificar meu ataque de risos no trabalho.

  116. William says:

    Cara, se houvesse indicação ao prêmio Pullitzer para um blog vc deveria ser indicado e seria certamente premiado! Seu texto teve de tudo! Vc se superou, chorei de tanto rir LMFAO !!

  117. Muito obrigado pela incrível possibilidade de gargalhar estridentemente pelo escritório do meu trabalho e ser ridicularizado pelos meus amigos enquanto eu dizia : “Ele cago no tapete, mano!”
    :)

  118. Lu says:

    To meio assustada aqui vendo a quantidade de homens que alega sequer peidar na frente das namoradas/esposas/etc.

    Ainda não tenho nem 1 ano de namoro e não é raro um peidar na frente do outro… uma coisa bem Shrek + Fiona da vida real.

  119. Bruno says:

    “considere-se sortudo se eu terminar este texto antes de cair no chão agarrando o peito desesperadamente”

    Quem tem que se considerar sortudo é vc! hahahah

  120. CCCC says:

    Kid viado vai morrer de tanto tapete cagado no cu.

  121. Flávia says:

    Ri muito da menção à Anne Frank e adorei o “tuitei mentalmente”(fazia muito isso quando usava twitter)

  122. Blyter says:

    EPICO

    ” Deve ser um tolete MacGyver, então, porque nadar contra a correnteza de quatro descargas é uma proeza olímpica.”

  123. ofelquis says:

    Eu chorei de ri da sua desgraça amigo.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Já cagou 2 vezes, mas lembre-se

    1 é pouco
    2 é bom
    3 é dimais

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  124. George says:

    Pausa na metade do texto para dizer que você ainda escreve tão bem como nos velhos tempos. Ainda bem pra mim.

  125. sarkioja says:

    Ótimo texto , cara. Mas pô, tu saiu de banho e nem notou a pequena porção de Nutella esquecida no tapete… hahah, foda.
    Pode ter certeza de que daqui a muitos anos, no meio de uma discussão qualquer com Sra. Nobre, esse assunto será lembrado e usado contra você. (Mulheres são seres vingativos e de memória seletiva).

    Obs: Impossível não lembrar do texto do @pagalanxe:

    http://issosoacontececomigo.wordpress.com/2009/04/14/entupi-a-privada-da-casa-da-minha-namorada/

  126. Daan says:

    FOI RÁQUER

  127. Carol Ayfus says:

    Caro amigo, compartilho da sua vergonha.. saiba que dias atras por causa de uma maldito medicamento caguei em minha própria cama. Sabe a piadinha.. “Mãe peido pesa?”.. Então… não, eu caguei mesmo!!!

    Mas confesso que ri horrores lendo esse episodio, e ri ainda mais enquanto lia para meu irmão!

    E se te consola: você não é o único!

  128. De alguma forma eu consegui suprimir as risadas, porque eu estava no trabalho quando eu li esse texto pela primeira vez. PQP, viu.

    Então, a lição é: fingir que não tem cu não compensa. Tinha que dar é merda mesmo. XD

    E outra lição: sempre use o papel, mesmo se for pro banho depois. Nunca se sabe. :)

    E(último “e”) eu vou rir toda vez que for cagar, porque eu vou lembrar dessa tua desgraça. Você é foda, viu! XD

    Enfim: esse ganha o prêmio de texto HBD do ano, fácil! ;D

  129. Jumba says:

    Um dos melhores posts que eu já li em toda web!

  130. Agnaldo says:

    Você não é o único Kid.
    Nunca usei o banheiro da minha suite em 15
    anos casado.

  131. @mos_axz says:

    “Você acha que eu estou exagerando? Saiba que esta é a SEGUNDA vez que eu cago no tapete do banheiro.”
    Se eu me lembro bem você tinha prometido um post(a algum tempo já) sobre quando você cagou no tapete. Agora tu já fez a merda 2 vezes?

  132. Samurai_SS says:

    porra Izzy, chorei de rir aqui mano, pqp que falta de sorte do caralho! kkkkkkkkkkkk

  133. Piovesan says:

    Meu caro voce ta muito amador em dois pontos:

    1 – Eu tambem tenho vergonha de cagar com a mulher em casa, mas o que eu faço? ligo o chuveiro e finjo que fui tomar uma ducha.

    2 – Nunca aconteceu essa merda (literalmente) ai comigo, mas se fosse comigo teria falado na mesma hora “Putz, eu devo ter pisado em alguma merda la na festa”

    Tcharammmmmm problema resolvido!

  134. Cris says:

    Sei bem como é isso. Eu morria de vergonha de fazer necessidades perto do meu namorado. Mas com o tempo isso passa, a gente fica mais íntimo, e tamos cagando juntos no banheiro e comparando nossas merdas. :)

  135. Junior says:

    Em primeiro lugar, este foi o texto mais engraçado que já li.

    Em segundo lugar, é estranho o fato de você ter vergonha de cagar quando tua mulher tá em casa e não ter vergonha de contar essa história pra qualquer pessoa do mundo que acesse este blog.

    E em terceiro lugar, se eu fosse tua mulher te largava na hora. Eu não gostaria de tomar banho no mesmo banheiro que uma pessoa toda cagada se lava. Imagina tu saber que alguém cagou, pulou direto pro chuveiro e depois tu foi lá e pisou no mesmo chão.

    E o final da história da suspensão tchê?!

  136. Inferno says:

    Curioso. Tem casal que caga junto no banheiro mas nunca teria coragem de passar perto de um vibrador.

    Ah: depois que ganhei um beijo logo depois de uma bela vomitada, acabaram todos os meus problemas de autoestima.

  137. neendj says:

    HAHAHA deu merda…!

  138. Lapenda says:

    lol que fresco.

    E tire o excesso com o papel antes de entrar no banho, não limpa mas evita esse tipo de coisa.

  139. André says:

    você é retardado mesmo ein
    era só falar que você pisou na merda…

    quanto a sua vergonha de cagar perante sua fêmea…
    tenho pena.. da moça que esta casando com você…
    total falta de Homensculidade…

    se vocês pretendem ficar juntos pro resto de suas miseráveis vidas, acho que tá na hora de deixar de lado essas frescuras. Se seu anus está maior que o buraco na camada de ozônio agora, imagina quando vc tiver uns 60 anos..

  140. Gabriel P. says:

    hahahh tomou no cu forte, hein! Te rasgou as berolas! kkkkk

  141. droantjk says:

    Por pouco nao cago no tapete do meu quarto lendo esta merda… UHEAUEHAUEHUE

  142. Doze says:

    Texto épico. Pra nossa alegria, espero que você se foda muito mais vezes, e cada vez em uma situação exponencialmente maior. Pro bem do blog, claro.

  143. Hal says:

    Cara, eu tenho tanta intimidade com a minha mulé, que já peidei na mão dela quando ela se engraçou de tentar me fazer um fio terra (epic trolling)…

    Ela ficou horrorizada e eu rindo. Pra ter noção do meu desencanamento. Mas vc superou qualquer limite. Até eu fanfarrão escatológico, ficaria extremamente constrangido com a situação.

    Meus pêsames (esquenta não. Sobreviverás)

  144. Vinícius Monteiro says:

    Você não apenas destruiu seu casamento, você destruiu sua vida.

    Sacanagem.

    Essa sensação de “pqp, que merda foi essa?” vai passar, talvez demore bastante (devido ao nível da sua besteira) e, muito provavelmente, você vai relembrar pelo resto de sua vida. Mas, ainda assim, vai passar.

  145. alpha says:

    “Pare até de baixar seus torrents e dê pause aí na sua música” vc eh ráquer dufuturo? como sabia? hehe

    http://www.ahnegao.com.br/wp-content/uploads/2011/07/se-mata.jpg

    uma vez aconteceu uma ebuliçaõ dessas mas eu tava na praia daih foi soh entrar no mar e largar. a agua tava com uma correnteza monstra daih deu a impressão que um anjo estava usando um aspirador hibraulico acoplado a meu orificio anal. larguei o torpedo e aundo fui passar a mao pra sentir a meleira eis minha surpresa: estava mais limpo do que nunca! cagar no mar eh o que há. dividi este pekeno episodio pra aliviar 0,001% do seu constragimento. mais sorte na proxima obrada!

  146. Camila says:

    Preciso comentar de novo aqui! Cada vez que alguém retuita esse post eu venho reler e dou mais risada HUAHUHUAHUAHUAHUAHU

    Hoje você assumiu o posto de meu blog preferido, em definitivo.

  147. Juca says:

    TAkipariu, atacou a asma aqui de tanto rir. Caraio, cadê minha bombinha?

    Ps.: acesso o site sei lá quanto tempo, cheguei aqui quando tu lançou o post do manual gótico com o trunks, e nunca ri tanto quanto nesse texto.

  148. Vinicius says:

    KARMA!.

  149. Felipe S.A says:

    Meu deus kid, nunca comento aqui, mas desta vez vou ter que falar.
    AUEHUAHAEUHAUHAEUHAUHAEUHAEUHAEUHAEUHAEHUUUUR DUUUR HUUUR DUUUR UAEHRUAHAUEHAUERÇEAKOAK MEU NOME É KID E EU CAGUEI NUM TAPETE TENTANDO PULAR NO BOX DO BANHEIRO ~LIKE A NINJA~ DEPOIS DE TER FEITO UM COCÔ GIGANTE QUE MATARIA A SEDE DO BEAR GRYLLS POR SEMANAS!

    Caramba, difícil alguém escrever algo que me faça rir 10% do que eu ri com esse texto… O foda é que você descreve o ocorrido com tamanha minúcia; tamanha pachorra, comicidade; utiliza de metáforas, citações, e jargões tão idiotas e particularmente seus que o texto fica ridículamente engraçado… Quando tu mandou “pausar os torrents e a música” eu já me preparei para a merda que iria ler – literalmente – e puta que pariu.. Sorte estar sozinho em casa, porque eu acho que acordei uns três vizinhos. Se algum parente meu estivesse em casa, certamente eles iriam me internar a força numa clínica para viciados em crack.

    BTW Kid, e o livro, ainda está em andamento?

  150. nonono says:

    a conclusao da tua suspensao enrolao…

    • Vitorsemc says:

      porra, o cara CAGA NO TAPETE DO BANHEIRO onde a mulher dele PISA NA MERDA DO RAPAZ, e você realmente questiona o porque da conclusão da suspensão de anos atrás não entrou na frente da fila de coisas mais relevantes para postar?

  151. David Lafleur says:

    os teus filhos nao vao te respeitar agora, cara

  152. Flavio says:

    Mesmo nível de risos do ‘Gozei no meu Dreamcast’ =D

  153. Raquel-prima says:

    Primo, é a primeira vez que leio seus textos e a estréia não poderia ter sido melhor. KKKKKK… Tô no trabalho, prendendo o riso para ninguém perceber. Que cagada, hein? Literalmente! Muito boa! Kkkkkk… Vc escreve shooowww! Bjs para vcs dois e não esquece de dar notícias quando vier ao Brasil.

  154. Talita says:

    Meu primo é o cagão mais famoso do Brasil-il-iiiil!

  155. Ty Qwer says:

    Espero que agora você perceba que a primeira vez não foi ao acaso, você voltou a repetir e pelo visto dessa vez a patroa te pegou (como não contou a vez anterior, suponho né) hehehe

    Bom, da próxima passe um papelzinho-higiênico básico na bunda só pra tirar qualquer resquício preso nos pelinhos.. =P
    E antes de sair do banheiro verifique o local, procure por falhar cometidas nas cagadas anteriores, como você não caga muito em casa, não haverá problema em passar por esse ritual, já que o fará poucas vezes.

    Há, esses “perfumadores”(“Bom Ar”, perfumes pro banheiro) do Canadá são bons?
    Quero dizer, talvez você não se lembre, mas os daqui do Brasil são uma merda, literalmente. Ao invés de encobrir os mal-cheiros ele os eleva a um nível que expulse todos os seres humanos num raio de 5km. Eu pessoalmente utilizo fósforo(sempre deixo no armário), queima os gases maléficos e ainda deixa aquele cheirinho de ‘fogo’ que agrada a todos ;D

    [i]#Ficaadica![/i]

  156. O>o says:

    Não gosto de blogs,sequer acesso qualquer um deles com frequência,mas ouvi falarem tanto desse post que tive que vim comentar,caramba,você é meu herói depois dessa.

    CAGAR NO TAPETE DO BANHEIRO É MUITA VITÓRIA

    ISSO NÃO É UMA VITÓRIA SÓ PELO SEU COCÔ,MAS PELA COMUNIDADE DE QUE TEM VERGONHA DO PRÓPRIO COCÔ,QUE VERÁ ESSE TESTEMUNHO DE VITÓRIA E COMEÇARÁ A QUEBRAR A BARREIRA DA IMPOSIÇÃO DE NÃO PODER DEIXAR UM COCO NO BANHEIRO PARA QUE A SUA FÊMEA PISE.

    E ASSIM,SE ALASTRARÁ A CUMPLICIDADE ENTRE DEFECAÇÃO NOS TAPETES DE TODO MUNDO,ASSIM SUCESSIVAMENTE OS NÍVEIS DE INTIMIDADE DOS CASAIS CHEGARAM A TORNAR A PRÁTICA DE SCAT,MAIS POPULAR QUE O PRÓPRIO SEXO ORAL.

  157. Doug says:

    Deixa o Morroida ler isso.

  158. Vitorsemc says:

    EPIC HUMAN FAIL

    “Você cagou no seu tapete”. A expressão é tão absurda que parece uma expressão para quando alguém se fode.

    Parabéns campeão, você cagou no seu tapete quando cagou no seu tapete.

    Saiba que sua mulher NUNCA MAIS vai lhe olhar com os mesmos olhos. “Na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença…” mas nunca “mesmo que eu pise na merda dele…”. Essa é a forma da natureza devolver o bad karma de todos os trolladas sensacionais que sua figura já fez dentro do planeta Terra.

    Se eu pudesse lamentar mais, eu lamentaria. Sinto muito, cara.

    Ainda há tempo de comprar uma passagem para a Sumatra e viver lá pelos próximos 35 anos. Quem sabe esse retiro consiga fazer com que a maioria das pessoas as quais essa informação foi assimilada, esqueçam da proeza…

    ….

    Eu só espero que o Morróida não leia esse blog nos próximos dias…

  159. leitor vouyer says:

    eheheh.. bom texto, eu tenho certeza que se morasse com a mulher teria esses mesmos complexos seu.

  160. Jorge Mafra says:

    Cara, primeira vez que comento aqui. O @felipeneto disse que chorou de rir lendo, e eu chorei e o povo do trabalho ficou sem entender nada eu rindo como retardado aqui…. ahahahaha
    Já passei por isso, mas o meu foi na cama por 3 dias por uma gastroenterite agudíssima… peidava cremoso a noite toda, 10 vezes por dia tomava banho lavando o toba…..
    Bem vindo ao clube!

  161. Victor says:

    É israel, é fazendo merda que se aduba a vida..no seu caso o noivado.Bem, cada um tem as suas paranóias anais, mas com certeza, dentre esses tantos anos de namoro, ela tem cabeça suficiente para entender isso ou já passou por muita merda antes de pisar na sua.
    Cara, e eu lhe dou um conselho, vá se desacostumando com isso porque a vida vai lhe exigir situações que você vai ter que mexer com merda diretamente( leia-se limpar o coco do seu futuro filho).
    Fora essas merdas da vida, outro conselho, instale uma ducha do lado da privada.

    Abraços,

  162. Gaabi says:

    ”Como um jaguar atrás de sua caça nas planícies africanas diante das câmeras do Discovery Channel, corri velozmente ao banheiro e tranquei a porta.”

    ASODIASOPDIASOPDIASODIASODIASOPDIASODSADIAOSDIASOPDIASOPDIOAPSDIOAPSDIOAPSDIAOPSDIAOPSDIAOSPDIASOPDISAOPDIASPODIAOPSDIAOPSDIAOSPIADSOPIDPOASDI.

    Nunca ri tanto, em toda minha vida!
    Simplesmente o melhor texto.
    Demais cara!!
    SAOPIDPASODIASPODIASPODIAPSDI

  163. Candyman says:

    Eu ia dar a mesma sugestão do Ty Qwer, de usar uma vela ou algo do tipo pra queimar os gases. Funciona. Uma vez fui fazer uma análise de água de esgoto na faculdade e pra diminuir o mau-cheiro a gente usou uma lamparina

  164. Higor says:

    Rapaz, tem tempo que eu não dou risada de um post assim viu… hausuhasuhuasuhas

  165. Izzi, deixa de ser fudeba!
    Todo mundo caga. ELA CAGA. E pela lixarada que voce disse que ela comeu, caga mais fedorento do que voce. Quem nunca pisou na merda na vida, nao terá anticorpos pra quando pisar na velhice!!! Manda ela se acalmar e tenha um bom dia :)

  166. William says:

    Puts Izzy. Fiquei até com pena de você agora, que num dá nem pra te zuar com a situação.

    Mas a vida é assim mesmo e depois vai ser uma lembrança “engraçada” pra se recordar.

  167. [...] Não tinha medo o tal João de Santo Cristo | Analisando (e detonando) a letra de Faroeste Caboclo Chupem, vegans! | A canção dos carnívoros Oh Jesus! Oh Lord! Oh shit! | Fogos de artifício FAIL Curti | 10 motivos para odiar o Facebook Foo, e não Fighters | Dave Grohl expulsa brigão de show dos Foo Fighters Pequenas maravilhas | A beleza de grãos de areia ampliados 250x O melhor texto do ano | “Então, eu caguei no tapete do banheiro” [...]

  168. [...] [Texto] Então, eu caguei no tapete do banheiro [...]

  169. Mariana says:

    Eu estava comendo um brigadeiro de colher enquanto lia esse post e você o arruinou completamente.

  170. Fran says:

    Dizem os antigos que pisar em MERDA é sinal de dinheiro…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  171. Pedro Negro says:

    “Puta que pariu, minha mulher pisou na minha merda. Manos, eu acho que acabei de arruinar meu casamento.”

    Deixa o contato da Bebba aí, just in case… :P

    Kiddin’

  172. Fazia tempo que eu não ria tanto com um post. Épico!

  173. HanzoX says:

    PÔ IZZY, EU JÁ CAGUEI NA PAREDE DO BANHEIRO DA CASA DA MINHA NAMORADA. É foda :(

  174. @GM_Bermeo says:

    “alguns mols de peido” caralho, provou que tá mesmo estudando química UHSAHU xD

  175. Angela says:

    Vc, como sempre, com seus posts enormes e otimos hahahahahahahahahaaha

  176. Carla says:

    Para não pagar mais micos como esse, que tal parar de comer que nem um porco na engorda? Hoje em dia as pessoas se entopem de porcarias até não dar mais.

  177. Marlandyson says:

    Cagar é normal, todos caga, quem não caga morre, mas porra tinha que cagar no chão?

    Aí é foda XD

    CAGÃO!! CAGÃO!! CAGÃO!! CAGÃO!! …

  178. Weskley Cotrim says:

    Cara, eu tô sentindo vergonha por você até agora. Só quem divide o banheiro com a amada, e tem um mínimo de vergonha na cara, sabe como é traumatizante essa situação. Você foi de Príncipe Encantado a Cagão em apenas uma pisada úmida… hahahhaa

  179. Izzy Nobre says:

    essa historia foi foda
    dhushdsuhdusdhsudusdh

    porra, nao cagar por causa da mulher, pqp…
    vc n come ela? qual o fundamento disso porra?

  180. Izzy Nobre says:

    cara…
    estou aqui no aeroporto, e ta todo mundo olhando pra mim querendo saber porque estou rindo tanto, quase derrubei a porcaria de expresso nas pernas de tanto rir, tu eh o rei !!!

    Uma vez acampamos juntos por 4 dias. Quatro dias sem cagar, meu amigo — não desejo essa sina nem pro cara que faz a piada do pavê ou pacomê sempre que alguém o informa do sabor do sorvete.

    considere-se sortudo se eu terminar este texto antes de cair no chão agarrando o peito desesperadamente.

    iihiiiiiiiiiiii hdusahdusahdushdaushdusadhuadhaudsh

    isso me lembrou de quanto ele caiu da cama e qse morreu… pqpq dhsuhduadhusahusdhsu
    é mta demencia

    Continuei não entendendo a pergunta, e ficando cada vez mais apreensivo. Primeiro ela pergunta se eu peidei antes de entrar no chuveiro, e depois me pergunta se tou passando bem…?

    essa foi a pior
    vc tem esquisofrenia é? dhushdsudhs

    manda ela tomar no cu, vc q manda nessa porra

  181. Izzy Nobre says:

    esses dias assiti deby loide 2
    o que era jim carrey caga nas parede casa de uma mulher la, calabrea tudo, parece q era chocolate
    é engraçado pra porra

    kid viado vai morrer de tanta cagneira no cu

  182. Izzy Nobre says:

    isso lembrou o amigo do meu pai que foi cagar no mato, abaixou o macacao e fez quando levantou e vestiu o macacao, levou um pedala robinho da merda
    no pescoço

    eu do risada ate hj, isso pq so escutei a historia

    qro ver qndo esse menino faz exame de feze pqp

  183. Fudencio says:

    Deixa de ser fresco! Ela é sua cúmplice em tudo ou não? Esta viadagem sua passará assim que tiver filhos, eu garanto.

  184. Joao Rios says:

    Porra Kid quanta chupação de piromba! Não poder cagar na própria casa? Tem jeitos mais convencionais de sair do armário!

  185. diabo do meu ódio says:

    que bosta..
    só faz cagada..
    seu bundão..de merda..

  186. dias8982 says:

    Cara, eu sei bem o que é isso, tenho exatamente as mesmas neuroses!

  187. Amanda says:

    É como se vc tivesse guardado todos os peidos não dados na frente dela pra gastar nessa ocasião!!! xP

  188. Raphael Oliveira says:

    Começe a praticar scat com sua mulher.

  189. Stepfany says:

    Que dó! Que dó!Que dó!Que dó!Que dó!

  190. seyfriediana says:

    Izzy, anda tomando muita Activia ein? Seu intestino anda muito solto, cagou de novo esses dias! pqp
    HAHAHAHAHA

  191. Duran says:

    Imagino aqui se a mulher do Izzy não lê os posts dele no blog. Certeza que quando ele ñ tá em casa ela abre essa página, manda um Google Tradutor, e lê as abobrinhas do seu noivo! uhauhauahhua

    Boa história. Todo mundo tem uma história de cagada. Mas histórias de cagada com a noiva (ou qualquer pessoa) no meio são tensas mesmo! haha

  192. [...] 7. Então, eu caguei no tapete do banheiro [...]

  193. Cindy Veloso says:

    Este tipo de ¨merda¨ acontece para nos libertar dos nossos bloqueios!
    Aproveite seu episódio e desencane disso! Aperte a tecla fuck off e cague onde e quando estiver com vontade! rsrs

  194. Will says:

    Dica ae kid: Não use o termo mano se vc não mora no estado de SP, quando vc usar esse termo fica parecendo o pagodeiro gordo babaca metido a político que fala da Cohab.

  195. Gabriel says:

    Querido, você estava na sua casa…
    Se eu for contar o número de privadas ALHEIAS que eu já inutilizei temporariamente depois de descer um barro na casa de amigos e parentes…
    Cagar na casa dos outros é tranquilo (mentira, não é não). Escroto é que penico é um negócio pelo qual todos têm necessidade em algum momento do dia, e, se você cagou lá e é portador de algum nível de PRISÃO DE VENTRE, eles VÃO PERCEBER seu cocô de proporções galácticas empatando a passagem de qualquer átomo que forçasse seu caminho por entre uma represa de merda que faria inveja até ao menos escatológico dos castores.
    O último foi um episódio particularmente ruim em que, depois de 4 dias de abstinência evacuativa eu decidi batizar o pequeno receptáculo para cargas fecais do apartamento do meu irmão.
    Depois de uma hora lendo Calvin & Haroldo em posição genupeitoral (tenho calafrios só de pensar que fiz isso no chão de um banheiro que não o meu) destilei um tolete semelhante a uma conífera — em formato e proporções — naquele inocente vasinho de porcelana cor-de-doce-de-leite (como o que sua vó ou aquela tia mais velha provavelmente utilizava) e dizer que aquilo insistiu em permanecer lá, a despeito das muitas descargas que foram dadas, parece desnecessário.
    Já acostumado, apenas fiz todo o ritual higiênico pós-cagança e me dirigi à sala com um “Entupiu…” meio tímido, meio irônico e um pouco diabólico. Os donos da casa, é claro, tiveram total acesso ao panorama lovecraftiano (irmãos, eu pus Cthulhu bunda afora naquela tarde!) que lhes ameaçava o encanamento e o resto da tarde foi entre o fogão e privada, fervendo água para dissolver a merda-monstro que já começava a fermentar na água suja.
    Opções racionais esvaídas, ao cair da noite meu irmão me aparece com um sorriso saído do asilo Arkham. “Tenho uma quest para você, e ela lhe renderá MUITA XP”, ele diz, enquanto me mostra uma pequena colher descartável de plástico branco.
    Sim.
    Se vocês já cagaram no tapete, este que vos fala agora conta a história de como teve de picotar o próprio cocô usando uma colher de plástico, em casa de outrem.
    E se vocês acham que fazer picadinho da merda foi o suficiente para mandá-la ao inferno, estão enganados. Ela resistiu até passarmos num supermercado e invocarmos um entidade cáustica com propriedades alquímicas/mágicas conhecida pela alcunha de Diabo Verde, que a fez fervilhar no vaso, chiar, urrar, grunhir até, enfim, recuar, vencida pelo cansaço e por forças misteriosas daquela demônio engarrafado.
    Ninguém mijou ou cagou naquela casa durante todo o tempo em que coexistimos com o titã que buscou liberdade através dos meus fundos.

  196. Ciberdek says:

    Ter de ficar fazendo força pra cagar silenciosamente em banheiro público também é foda, como eu provo nesta postagem:

    http://reticenciasdigitais.blogspot.com/2006/08/so-s-gases.html

  197. Marcelo Divê says:

    Calma Izzy, se eu sobrevivi a vergonha de ter uma caganeira durante o intervalo na escola na oitava série – e ter cagado pra tudo quanto é lado, menos no vaso -, com direito a receber o apelido de cagão durante os meus próximos anos no colégio… acho uma vergonha você não conseguir superar esse pequeno impasse.
    (Anos depois, descobri que o motivo dessa e de várias outras diarréias que eu tive eram culpa da minha recente descoberta intolerância a lactose).

  198. Izzy Nobre e suas cagadas….

  199. Andressa says:

    Que Dó…Que Dó…Que Dó!!!

  200. grama says:

    Krl ri muito desse post PQP! Cara porque será que é tão bom rir da desgraça alheia (qdo nada sério acontece)… me divirto muito com as aventuras intestinais das outras pessoas AUhueaheau
    Ainda bem que ainda não tenho nenhuma pra contar!

  201. Mari.C says:

    Eu nunca ri tanto na minha vida como eu ri agora lendo esse texto! hahha

  202. Igor says:

    Caro amigo, informo-lhe que passei hj por essa situação, peidei merda na cueca, não percebi, e continuei sentado! Quando fui cagar de verdade, minha cueca possuía ela, a mancha cor de cenoura, creio que das dúzias de bolo de cenoura que tenho comido desde segunda! Disse a patroa que havia me cagado, lavei a cueca, não adiantou, já está no lixo! Minutos depois minha senhora me diz: “sua cadeira está manchada?” fui ver a cadeira e acredite, a merda passou pela cueca pelo samba canção de desenho duvidoso e só parou no couro da cadeira da mesa de jantar!!!!
    Tenho dito!

    Abraços emerdalhados para todos!

    @igorapc

  203. tdm says:

    Esse Izzy só faz merda. rs

    • Kid says:

      Hahaha que merda é essa?!

      • Carlos Davi says:

        Pois num é!? Fui buscar uma palavra do texto no google e veio esse site! Quando abri vi essa criatura que não sabe nem onde fica o caps lock dizendo que estava “ESPIRADO A BEÇA” e ia contar “UM ESTORIA ENGRASADA QUE ACONTE CEU COM MIGO”. Pior é que acho que só quem tá dando audiência a essa bizarrice sou eu! :Þ

  204. William says:

    Na boa, eu nunca ri tanto na minha vida quanto lendo isso!

  205. Artiez says:

    Isso daria uma bela cena de um filme de comédia, provavelmente dos Farrelly.

    Mas caramba Izzy…

  206. Kaybara says:

    Kid compra um shower toilet e acaba com esse problema!
    aqui no Japão a maioria das casas tem

  207. Jhonas Gama says:

    noooooooooooooooooossa, nunca tinha chorado de rir com um texto antes !

    conheci o blog hoje (agora a pouco) e ja to lendo quase todas as historinhas :D

    Favoritado !

    Abração e que cadaga (literalmente) hein Mr. Izzy

  208. Leo says:

    Izzy… me coloquei na situação.
    Consegui arranjar uma desculpa que cobrisse a situação:
    “Ahm? que isso no tapete..?? sera que eu pisei em algum coco de cachorro, deixa eu checar os meus sapatos.. ♫fiufiu♪”(Sai da cena, finge procurar marcas de merda pela casa)
    “É querida, parece que esse é só o restinho que tinha ficado no sapato, malditos cachorros”

  209. Lorac says:

    Só vou dizer que ri MUITO MESMO.
    Mas sabe, é triste, eu sou EXATAMENTE como você.
    Não cago e nem peido com minha namorada por perto NEM FODENDO.
    Parabéns Izzy, sobreviveu à esta situação. Agradeça pela Beba ser a garota divertida e compreensiva que ela é.

  210. [...] Como vocês devem saber (acho que a porra da internet inteira sabe agora, não imaginava que aquele texto seria tão popular), tenho um certo… como explicar? Timidez intestinal. Isso mesmo, a culpa é da minha tripa. [...]

  211. André says:

    JAJAEJEAHAEIUHAEIUAEHUHAEUI chorei de rir dessa porra, puta merda ein mano, tu se fodeu nessa D:

  212. Leonardo says:

    Não existe sensação melhor do que superar esse complexo com a mulher: você sentir que está com o controle de tudo a tal ponto que não pode ser atingido pelos estigmas das funções fisiológicas. Eu não peido na frente da minha namorada nem faço coisas nojentas porque não tenho essa personalidade, mas confio totalmente na compreensão dela pra tudo. O que me ajuda é o fato dela ser enfermeira, então ela tem uma visão mais clínica de qualquer situação que nós aprendemos a esconder e que nos constrange. Mas o ideal é que você conte com a compreensão da mulher da mesma forma como você é disposto a compreendê-la. Sem paranoia.

    Tô dizendo isso porque chama a atenção, mas ri muito com o texto e: 1) não tem quem nunca tenha passado por situação parecida e mesmo pior; 2) como é engraçado como escrever sobre essas coisas é uma terapia pra superar o constrangimento.

  213. Daniela Reis says:

    Meus pesames, mas de boas, melhor converçar e adimitir a vergonha pra coitada, tenho certeza que ela vai entender e… até quando você pretende não hum… fazer as necessidades quando a patroa estiver em casa?!?! E quando seus filhos nascerem como vai ser?!?!?

  214. Ezio says:

    Se tudo der certo…. hoje vai dar merda!!!!!
    hahaha

  215. @Joaopatriota says:

    Brilhante, simplesmente brilhante

  216. jow says:

    ouvi vc hj na jovem pan… caguei de rir com essa historia…..kaoskoasoakaksoask

  217. Thaty Velasco says:

    shsuahsuahsuashuahsau… Agorinha a pouco, eu estava voltando do curso de ingles e ouvindo a Jovem Pan e ouvi sua história bizarra contada por vc mesmo ao vivo na rádio kkkkkkkkkkkkkkkkkk vc é muuitoo engraçado cara.. vim rindo dentro do onibus ouvindo a radio no meu fone de ouvido e o povo do onibus achando q eu sou louca de rir sozinha rsrsrrs.. Mas é isso ai.. Abraços Izzy

  218. Guilherme says:

    Putz, eu ouvindo no carro vc contando essa história p/ o ronald rios na rádio, kkkk hilária,

  219. Camilla says:

    Quê? Como? Cagou no tapete do banheiro? Porra! AUHAUAHAUAUAUAHAUAHA.

  220. Pedro Henrique says:

    Hauahahahahaha!!!! Racheeeei com a história! Ouvi hj no oráculo

  221. Nayhara says:

    Cara eu ouvi vc contando no Oráculo na Jovem Pam!
    Morri de rir kkkkkkkkkkkkkkkk

    O jeito que vc contava era muito engraçado uhauhauhauhauhauahuha

  222. glaciel says:

    pó muito bom pelo menos você deu um novo visual ao tapete ne hahahaha abrs!

  223. jonatas palma says:

    Ronald Rios me trouxe até aqui

  224. anelisa says:

    isso e muito bissaro caga no tapete

  225. eduardo says:

    Como diria chad kroeger: Been there, done that!
    Caguei no tapete de tanto rir !!!

  226. Helio says:

    NUNCA RIR TANTO NA MINHA VIDA.
    MEU DEUS.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  227. Jeferson says:

    hahahaha hilário Izzy! Mas você chegou a pensar sobre como esse barco a deriva conseguiu chegar à terra? rsrsrsrs

  228. edr says:

    nao aguento mais d tanto rir!!!!!!!!!!!!!!!!!! ta loco meooo !!!!!!!!!!

  229. Giovanni says:

    O izzy foi lá zuar a mina nos comentarios e acabou passando por algo parecido

    http://www.naosalvo.com.br/a-cagona-de-curitiba/

    Estamos de olho izzy hahahahaha

  230. Guchi says:

    Cara, eu tb quase me caguei aqui, mas de tanto rir!!! hahahHAhAHAAHAH sensacional seus textos!

  231. John Croker says:

    Fui compelido a rir. Sinto muito, não aguentei.

  232. Diogo says:

    É a terceira vez que leio esse texto, e é a terceira vez que rio alto. Mas dessa vez estou no trabalho. Pior é a vergonha de dizer que estou rindo de um cara que cagou no tapete.

  233. Rodrigo says:

    Vey, você conhece a mulher a anos, ela é a SUA MULHER, você, potencialmente, pode viver com ela até o final da sua vida, faz coisas com ela no quarto, não faz? E tem medo de ir no banheiro soltar um barrinho?? É uma coisa normal do ser humano, a sua mulher também faz isso, da mesma forma que você. Não ter porque ter vergonha, rapaz. :)

  234. Edy says:

    Sugestiva a propaganda de assento sanitário no meio do post, mas seria melhor tapetes euheuheae

  235. Bruno says:

    kralho, alguem limpou o buraco negro no meu tapete

  236. Eu says:

    Mano, vc tem problemas sérios, se ela é sua mulher e ela é HUMANA ELA CAGA AMIGÃO, AQUELE CU ROSINHA TBM SAI MERDA CARALHO!!!! Porraa eu cago na frente da minha mulher de porta aberta, agora vc é uma bichona enrustida que não consegue sequer peidar e assumir!!!!

    SEU MERDA

  237. Cagado says:

    Não era mais fácil ter cagado na frente dela desde o início? To mundo trepa, todo mundo mija, todo mundo caga. Jura que vc ficou 4 dias sem cagar mesmo? Se fosse 1 mês após morarem juntos tudo bem, mas quase 6 (seis) anos MORANDO sob o mesmo teto porra???

  238. Trollhammaren says:

    “e então peidar silenciosamente, como Anne Frank provavelmente peidava quando se escondia dos nazistas. Aliás, no caso da Anne Frank ela tinha que peidar e em seguida aspirar o peido avidamente, ou o metano poderia denunciar sua presença naquele sótão empoeirado em Amsterdã.”
    Estou sem ar de tanto que estou rindo. Demais comentários são desnecessários. Câmbio.

  239. Hugo says:

    Não consigo parar de RIR!

    hahahhahaha

    força Izzi, cagar no tapete é marcar território!

    (agora a sério isso nunca me aconteceu, mas sou igual a ti no que toca a esse assunto de fazer o n. 2)

    abraço de Lisboa! xD

  240. Kaique says:

    To quase morrendo! HAHAHAHA

  241. Kaique says:

    Alias, banheira é um bagulho meio nojento.

  242. Monique says:

    Ra ra ra não alguento mais rir ra ra ra ra.

  243. Masanjes says:

    Tenho uma preguiça monstruosa de comentar posts, mas eu tenho a obrigação de dizer que achei esse genial!
    Só não gargalhei, chorei,me urinei pq são 02:19 da manhã e eu não quero acordar meus pais.

  244. Scott Jorgensen says:

    Você é prolixo e chato pra caralho.
    Aprenda a resumir os seus textos e participações em Podcasts.
    Te ler e ouvir consegue ser pior que levar um tiro no pé.
    Morra na miséria.

  245. [...] um teto, eu jamais serei capaz de cagar no meu próprio banheiro caso ela esteja em casa. Nem mesmo aquele terrível trauma que passei em relação a isso foi capaz de me reprogramar psicologicamente. Já me resignei a me aliviar no trabalho; o lado [...]

  246. João Diego says:

    que porra nenhuma! é melhor ir no banheiro depois de ter cagado do que limpar com papel higienico, pensem… se vai limpar a bunda com água, qual o sentido de limpar com papel higienico primeiro? axo que isso sim que é coisa de retardado… infelizmente o izzy teve a infelicidade da bosta cair no chão antes dele chegar no chuveiro.

  247. Dayanna Fernandes says:

    Mermãooooo que teeeenso hein!! Chorei de rir com a sua historia…
    Cara, se limpa antes de fazar qualquer coisa! kkkkkkkkkkk

  248. Dayanna Fernandes says:

    Quis dizer:
    fazer*

  249. eduardo says:

    Cara nunca dei tanta risada, Lendo HUAHAUHAUHAUHAUHAUAUHAUHAUAUHAUHUA, Confesso que ja fiz isso.

  250. Rosana Jackson says:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    O legal não foi o incidente, cagar aparentemente é um assunto nojento e desinteressante, mas vc o abordou de uma forma tãooo cômica, que sempre vale a pena ler este texto, já li por mais de 10 vezes e só agora vim comentar…

    meus PARABÉNSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  251. dani costa says:

    fica tranquilo, às vezes um cara vale mais que merda. uma pisadinha no coco do cara é melhor que uma pisadona dele no nosso coração. uou!

  252. Mari says:

    Ia adorar que os homens da minha casa tivessem vergonha de peidar na minha frente, mas infelizmente a vergonha passou longe deles….

  253. Ruan says:

    Manolo você não tem ideia o quanto eu ri com esse texto, minha família está dormindo e eu tive que me controlar pra não rir muito alto.
    Alias, excelente texto, gostei muito da forma como você escreve.

  254. pogo says:

    muito poético, massa cara a marrativa

  255. Gerson says:

    Ri muito!

  256. cleverson says:

    Cara muito bom! kkkk
    ri muito, você é Genio na escrita…e raciocinio.
    Parabens!!!!

  257. Anonymous says:

    [...] LINK COMENTADO NO PROGRAMA – [LINK] O dia que o Izzy cagou no tapete [...]

  258. RenanTS says:

    Ai, cara, eu to chorando aqui…

    Já sabia desse texto, mas só fui ler agora, por causa do Rapaduracast!

    Izzy genial!

  259. Anjo says:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk eu cago de porta aberta nesses dias um cara o general da marinha chefe de meu pai foi la em casa e eu caguei de porta aberta

  260. [...] Era só o que me faltava mesmo. Como se eu precisasse de mais motivos pra ter medo de cagar! [...]

  261. FelipeLDM says:

    Velho eu ri demais… kkkkkkkkkkkkkkkkkk que anta meu. Ainda bem que você é assim… Minha mulher é ninja, ele peida debaixo do endredon e depois me enrola com ele… Posso dizer que isso é um crime passional.

  262. Neil says:

    Que frescura! Não sei se vc sabe, mas ela caga tb amigo. kkkk

  263. deise says:

    Ri!! Mas ri muito!!!!

  264. Edson Xavier says:

    Que idiotice, concordo com Neil, ela caga fedido igualzinho a todos. conta outra, nao tem graça nenhuma.

  265. Elaine says:

    Ri muito com sua historia, tambem tenho umas que eu mesmo não acredito

  266. FORTON says:

    Acho engraçado como vc usou o texto para fazer da situação algo engraçado para um mico e algo tão humilhante para seu leitor, mas não tem nada, o humano é assim mesmo kkkkkkk, mas acho que pode ser um trauma de infancia isso ligado a ir no banheiro qdo ela não está e o cheiro ou algo relacionado que vc acha a sua mulher perfeita demais e intocável ou vc está preocupado demais como se isso não fosse comum entre os canadenses e vc queira ser visto com perfeição, acho até que se vc contou a verdade, “toda aquela comida me fez mal, não aguentei, fiz o dois e logo troquei pro chuveiro e um tequinho do negocio simplesmente caiu pelo caminho porque queria tomar banho direto e não notei”, simples

  267. carlos lima says:

    Lembre-se: sua mulher também caga. E bem fedido.
    Espero que isto lhe sirva de consolo.

  268. Ila Fox says:

    Nestas horas seria bom ter um cachorro pra botar a culpa! X-D

  269. [...] Como vocês devem saber (acho que a porra da internet inteira sabe agora, não imaginava que aquele texto seria tão popular), tenho um certo… como explicar? Timidez intestinal. Isso mesmo, a culpa é da minha tripa. [...]

  270. MrGameplay3 says:

    Cara teus textos são MARAVILHOSOS! KKKKKK To rindo muito com essa bagaceira ;)

  271. Fabrício says:

    Li o texto só hoje.

    Quando você descreveu a cena por alguns segundos eu senti como se estivesse na sua pele. Sabe, aquela sensação de frio na barriga? De todos os sons ao redor ficarem abafados, realmente de notícia que te causa choque?

    Eu não sei se rio pra caralho ou se choro.

    Foda.

    Mas afinal, fazer o que , todo dia tem uma merda, não é?

  272. Vagner says:

    #chorei

  273. [...] LINK COMENTADO NO PROGRAMA – [LINK] O dia que o Izzy cagou no tapete [...]

  274. Rafael says:

    AMIGOS QUE CURTEM CAGAR JUNTOS