Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

"Se sua estrela não brilha…"

Postado em 22 January 2009 Escrito por Izzy Nobre 107 Comentários

A esta altura qualquer pessoa que conheça o termo “blog” e tenha uma conta no twitter deve estar ciente (queira ou não) da histórica rixa entre blogueiros remunerados e a turma que simplesmente gosta de escrever na internet.

Eu já me pronunciei sobre a status quo da blogosfera nacional suficientemente pra que todos que me conhecem sabem que não, eu não tenho nada contra ser remunerado por escrever em blogs. Não há nada de errado ou vergonhoso em ganhar seu sustento de forma honesta.

É a inevitável atitude de arrogância que me dá vontade de me pronunciar contra a turminha que se acha completamente realizada na vida porque recebem dinheiro em quantias variáveis por vender espaço pra anúncios em seus blogs.

(Tudo enquanto batem no peito e se auto-declaram o “novo jornalismo”, a suposta crescente tendência que põe terror no coração da mídia tradicional.)

A deliciosa ironia embutida nessa situação é que os auto-denominados “jornalistas alternativos” possuem poder retórico e eloquência que mal rivaliza aquela apresentada por motoristas de caminhão.

Chego a ficar decepcionado com isso.

Não é segredo pra ninguém que eu sou um exímio praticante da discórdia esportiva. A infame Semeadores da Discórdia surgiu justamente da vontade de encontrar outros espíritos de porco como eu, que provocam celeuma simplesmente pra poder dar dois passos pra trás e apreciar o trabalho bem feito.

Por motivos que eu não sei explicar, há algo em mim que me faz me divertir ao ver gente se degladiando na internet, defendendo os brios com furor como se uma discussão em uma comunidade qualquer no orkut às duas da manhã de domingo fosse algo que mereça tal dispêndio de energia.

E quanto mais irrelevante o motivo da briga melhor, porque isso ajuda a ilustrar o ponto de que se irritar por algo que acontece na internet é inerentemente fútil. É apropriado, então, que gente fútil se irrite e se disponha a brigar por motivos não-importantes. Ergo, a própria atitude de beligerância deles ajuda a provar o que eu tento falar – vocês deviam levar a internet (e a si mesmos) menos a sério.

Então, pra alguém que gosta de arrumar confusão na internet como esporte, onde estaria o maior potencial pra uma discussão hilariante? Quem seria o maior oponente? Quem exibiria maior desafio?

Gente que é tão reconhecida por escrever bem na internet que chega a ser remunerada por isso, claro. Comprar briga com aleatórios desconhecidos é fácil e não oferece “risco” algum. Não tem mérito. Os grandões é que ofereceriam resistência desafiante às minhas provocações.

Este mundinho blogueiro vem se tornando um ambiente progressivamente mais político, onde gente com rabo preso e interesses duvidosos não ousaria expressar a opinião real que eles têm dos outros envolvidos na cena, receosos da inevitável represália dos manda-chuvas ou do própria esfera blogueira nacional. É justamente esse cenário de solenidade e seriedade artificial que me parece perfeito pra meter o pé.

A O Fim da Blogosfera, comunidade criada pelo moskito (que originalmente ia ser um podcast, mas pra gente que trabalha é complicado arrumar tempos livres coincidentes), nasceu justamente com esse propósito – expor o elefante branco na sala que ninguém quer debater: afinal, quem exatamente os probloggers pensam que são (além da revolução da profissão jornalística e o pesadelo da mídia convencional)?

E aí surgiu o problema que eu não antecipei. Diante dos bons argumentos expostos na comunidade (como por exemplo, qual exatamente é o valor jornalístico de um veículo cuja opinião pode ser comprada por brindes e amostras grátis?), os probloggers voltam-se a um argumento default – “é inveja”.

É de lascar. Entrei na briga justamente aspirando um combate verbal de respeito, com cada interlocutor esmerilhando seu oponente com destreza retórica invejável. O que recebi foi o tipo de resposta que um aluno de quarta serie da rede pública de educação (ou um caminhoneiro) poderia ter dado.

Além do fato de que a falta de habilidade semântica prova justamente o ponto original (tais sujeios não são realmente comunicadores natos – são outdoors, e como tais não detém a habilidade verbal pra se defender), esse pseudo-argumentozinho nos permite espiar momentaneamente a psiquê do Problogger Comum:

O cara está tão deslumbrado com o próprio sucesso que se torna completamente a prova de críticas – como alguém poderia criticar alguém tão bem sucedido, né? Se a maioria das pessoas analisaria o mérito da crítica e repensaria suas atitudes, o Problogger Comum apenas conclui que ele não poderia estar cometendo algum erro, e que a única mola movedora que incita qualquer posição contrária a sua é a mais pura inveja dos que o cercam.

Mas a questão é, por que eu teria inveja de alguém que se veste com embalagem descartada de Doritos? Por que eu teria inveja de alguém que ganhou, uma vez na vida, um passeio de barco pra promover um celular? Eu teria inveja do dono do barco, sem dúvida. Não do sujeito que um dia pegou carona nele, na base do favor, e passará o resto da vida esfregando isso na cara dos outros. Essa é a perfeita definição de “gozar com o pau dos outros”.

Vocês precisam deixar de achar que qualquer crítica jogada em sua direção é insidiosa e automaticamente inválida. Ninguém é tão bem sucedido que não merece ser criticado. Até porque ganhar alguns trocados, favores e brindes na internet REALMENTE não é um emprego dos sonhos, me desculpem.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Geral

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

107 Comentários \o/

  1. ruskiii says:

    hsauashuashusahuasasu

  2. ruskiii says:

    Ahh, esse negocio que vc diz de ganhar dinheiro com bloguis jah tah enchendo 😛
    deixa os blogs outdoors queto

  3. alpha says:

    hehehe bom texto!

  4. guifig says:

    Nossa, o kmax tava falando EXATAMENTE isso ontem.. tipo, até com as mesmas palavras 😛

  5. Bruno Ferreira says:

    clap, clap, clap.

    As vezes eu imagino como seria divertido tirar proveito desses passeios e brindes e simplesmente não divulgar merda nenhuma. HUAHUAHUAHUA

  6. J. says:

    eu nem gosto de comentários assim, mas lá vai: perfeito!

    mas não acho que os probloggers se manifestem. Ainda há um clima de deslumbramento, como se eles tivessem achado o emprego dos sonhos : em que se trabalha pouco e ganha muito. Discutir, derrubaria essa sensação.

  7. Antonio says:

    Por isso em geral ñ gosto de blogs! Leio poucos, como este!
    No geral ñ há propósito na existência destes além de servir de outdoor e “estação repetidora” do conteúdo de bons bloggers e outras “medias”.
    Blogueiros são os “isentos” da comunicação, ñ tem o cacife das TVs, jornais etc, mas qnd sobem no caixote(ou banquinho) se acham os fodas.
    A falta de humildade fode! Ñ adianta, sempre tem alguém melhor q vc, nem sempre vc está certo e todos nós cagamos…e a merda fede!
    Resumindo um blog é só um blog!
    Quer emprego de verdade na área, vai estudar algo em comunicação e trabalhe em um veículo de comunicação q sirva de referência, por pior q seja, até mesmo na maldita Globo!
    Ou simplesmente escreva o q quiser e divirta-se sem inflar o ego excessivamente! Lógico, arranjando um emprego de verdade para se sustentar e ao blog. Agora realmente nada impede de vc ganhar um dinheiro com o blog!
    Mais uma boa agulhada q o Kid deu!
    Semeadores Forever!

  8. Adolf says:

    De novo :(((((

  9. Jaime says:

    Eu sempre digo: “Quem gosta de presentinho e mimos é vadia, eu gosto é de dinheiro.”
    Graças ao grande pão de mel cósmico, eu estou me livrando dos meus laços com essa putada que é “celebridade na internet”

  10. Excelente, Kid! Muito bom. O melhor é que você não fez ataques pessoais, não entrou no caminho fácil de citar nomes e bateu legal no princípio, na idéia, no contexto.

    Parabéns, velho!

  11. João Vitor says:

    Resumo: O Cardoso é egocêntrico ):

  12. Lennon says:

    acho doido

    porém eu acho de boa eles serem deslumbrados com isso. Temos ai uma multidão de pessoas sem ambição (e por isso eu quero dizer falta de vontade em fazer dinheiro MESMO), meninos de 14 anos com camisas de metal com a menor idéia do que farão com suas vidas ganhando 50 reais em uma semana “blogando”

    e também temos as pessoas que estão nessa só pra ter atenção de 5 leitores e acabam ganhando uns trocados

    admito que nos dois casos uma viagem de barco e 50 pilas me deixariam no extase absoluto

    mas como engnheiro recem formado eu acho meio deprimente essa vida de problogger

  13. marcus says:

    Não que eu esteja menosprezando as tuas capacidades literárias, mas se tu tivesse feito um post só com as fotos que tu usou para ilustrar este, eu teria rido da mesma forma.

  14. André Cyber says:

    Clap, clap, clap.
    Falou tudo.

  15. CCCC says:

    Kid viado vai morrer de tanta “destreza retórica invejável” no cu.

  16. Chapolin says:

    irraaaaaaaaaa!!

    Round one, FIGHT!

  17. Mr. Prawiro says:

    Cada vez mais os probloggers se aproximam do estereótipo das celebridades. No fim das contas é isso que eles vendem: a idéia de que o que eles fazem é algo especial. Se os leitores e as empresas que tiram proveito desses blogueiros começarem a perceber que eles não fazem nada de mais, a mamata acaba.

    Vou repetir aqui o que venho dizendo pessoalmente aos amigos: QUALQUER IDIOTA CONSEGUE TER UM BLOG COM MILHARES DE ACESSOS!

    No mais, a idéia de que eu possa ter inveja de um cara tomando Bavária num barquinho de 20 pés é risível (se eles estivessem numa puta lancha, em Ibiza, cercado de garotas finlandesas fazendo topless…)

  18. parabéns,
    não citou nenhum nome mas todo mundo sabe de ‘quems’ vc tá falando

  19. Vitor says:

    Ótimo texto!
    Esses blogs que só servem de outdoor é um pé no saco. Parei de ler muitos deles porque pararam de escrever textos interessantes ou/e engraçados e começaram a fazer propaganda.
    Esse aqui é um dos poucos que eu leio ainda.

  20. Tá rolando briga e eu to perdendo? Que absurdo! huahuahuahuahuahuahua

    Rapaz, não tenho nada contra probloggers, mas sim contra quem se acha.

    Quem quiser ter um blog outdoor e vender espaços para anúncios e se afiliar a programas do submarino e companhia, que o faça, mas daí a achar que é o rei da cocada preta… Nem fodendo! Pessoas assim eu nem dou liberdade. Como você mesmo disse, por que teria eu inveja de alguém assim?

    Eu não blogo por dinheiro, não coloco anúncios nem porra nenhuma. Por que não tenha capacidade? Não! Mas principalmente porque não preciso. Blogo por puro diletantismo, para compartilhar algo ou alguma idéia, minha ou alheia, com outras pessoas.

    Além do mais, sabe o que essas pessoas que se acham têm mais do que nós?
    .
    .
    .
    Têm mais é que se fuder!

    huahuahuahauhuahuahua

    😉

  21. Jpunker says:

    essa é uma discussão inútil! ¬¬

  22. O problema é que os tais “pró-bloggers” tem muitos lambe-sacos que queriam ser como ele, ganhar um celular legal de vez em quando, ser convidado para um “novo” site que reúne vários blogs, e coisas que o valha.
    E eles recebem sempre aquele ótimo incentivo nos comentários de seus posts: “nossa, que legal, parabéns pelo post!”
    No final o cara fica se achando…

  23. espectral says:

    Alguém aí está com inveja porque outro alguém tá ganhando uns troquinhos com o blog, ao invés de dar calote nos próprios leitores com essa de “Mantenha X cast vivo” e então aparece com um gadget novo.

  24. Gustavo Cardial says:

    MEU PAU!

  25. Rodmalakv says:

    Antes de mais nada, quero deixar claro que não sou blogueiro e nem defendo um ou outro ponto de vista. Minha opinião aqui é de um simples leitor.

    Tenho uma opinião em especial a um argumento que você usou sobre a credibilidade dos blogs que ganham brindes. Não acho que os bloguerios (pelo menos os mais influentes)tenham sua opinião influenciada por um presente ou mimo. Na minha visão, esses blogueiros (acredito que) escolhem os publieditoriais que vão publicar. Algo como “Eu sei que vou criticar esse produto, então vou recusar de cara”, o que acaba culminando que a maioria dos posts patrocinados que lemos são exaltando o produto.

    Pelo menos é assim que eu vejo hoje os grandes blogs, ou pelo menos aqueles que leio.

  26. PF says:

    Tem briga boa vindo por aí? Espero que sim…

  27. Quandt says:

    Kid, só tenho uma coisa a dizer: Mandou bem!

  28. Luís says:

    Preferia a parte 4 da historinha. Essa história de xingar os probloggers realmente está muito chata.

  29. Dyn says:

    Ah, véi. Gosto do hbd, acho que o kid manda bem nos textos, mas toda essa história de “probloggers” e esse mimimi todo de nova mídia já encheu o saco. Então, queiram por favor morrer, ou apenas tomar no meio de seus respectivos cus, e perceber que isso já deu o que tinha que dar. E NÃO VENHAM DIZER QUE É PELO SIMPLES PRAZER DE CRITICAR/DISCUTIR/CHUTAR O SACO DOS OUTROS. E não, isso não é serious business.
    SRSRRSR VLW BEIJAUEO AMOV CS

    “meninos de 14 anos com camisas de metal com a menor idéia do que farão com suas vidas ganhando 50 reais em uma semana “blogando””

    Luke detected ^
    kkkk

  30. Andréia says:

    O pior é o clássico argumento “mimimi, você tem inveja de mim!”. Sabe, fica parecendo barraco de piriguete! A idade mental desse povo tá precisando crescer, viu?

  31. Alessandro says:

    É bem complicado isso tudo. Eu tenho meu blog e escrevo realmente por gostar de colocar minhas bobeiras e opinião em algum lugar. Não “monetarizei” meu blog e nem tenho a menor vontade de fazer isso.
    Mas ao mesmo tempo não dá pra generalizar que todas as pessoas que façam monetarização de seus blogs e recebam mimos por isso estejam se vedendo. O problema é que há pessoas e pessoas.
    O pior que eu vi na “Blogosfera” ultimamente foi a patética campanha dos Blogs para conseguir ganhar o Best Blogs Brasil, acho que nem 4a série foi, foi nível 2a série pra baixo (Por sinal aqui tem um ótimo texto sobre a baixaria que rolou http://novo-mundo.org/log/blogosfera/sobre-o-best-blogs-brazil-e-os-blogs-brasileiros.html.
    O problema realmente são as pessoas e seus egos.

  32. guilherme says:

    de novo isso?
    chega =/

  33. Gustavo says:

    O pior de tudo é que estes probloggers geralmente criam muito pouco. Quase todos estes blogs famosos são, nada mais, nada menos, do que um recorta-e-cola do que o cidadão encontra na internet.
    São poucos os blogs que trazem algo novo e são poucos os blogeiros que realmente mostram as suas opiniões e servem como um ponto de vista diferente do que é encontrado na mídia formal.

    E isto só serve como reflexo do (baixo) nível do internauta brasileiro.

  34. zepequeno says:

    Kide, também adoro treta na internet, e vc já promoveu umas homéricas. Que tal se dedicar a comprar umas brigas com algum desses Probloggers e postar aqui no HBD, hem?

  35. Luke says:

    Opa, me chamaram?

  36. Anonymous says:

    Brasileiro não sabe discutir, não sabe o que é falácia, não sabe argumentar e acha que sarcasmo é o mais elevado grau de demonstração de inteligência. É triste.

  37. Almeida says:

    Se morressem nem faz falta. :~

  38. Porkispin says:

    Não aguento mais essas besteiras, puta que pariu…
    Toda vez que vejo um post sobre esse assunto, mando se fuder e nem leio!
    Com todo o respeito, com o teu não foi diferente hehhehe =]
    li bem no estilo “linhas saltadas”… só pra num desmerecer heheh
    mas esse assunto já tá um pé no saco!

    Sou só eu q acho, ou esse termo “blogueiro” é bem esquisito? tipo… “eu sou rockeiro” soa tão prego… blogueiro parece bem nesse sentido tb pra mim heehhe …anyway… vejo com duas visões bem diferentes… as pessoas que postam em blogs, e os blogueiros… pode parecer redundancia, mas no meu ponto de vista, nem é! =]

  39. Geek Pobre says:

    Pô cara, coitado deles…
    os caminhoneiros, não os próbloggers.

  40. phpones says:

    Fucking Troll!

    Só tenho uma coisa a dizer: Problogger de cú é rola.

    Mas sério, esta briga está extremamente divertida.

  41. Ivan says:

    Caramba, falou tudo!

    Vai ver este é um dos motivos pelo qual blogueiros não podem ser encarados como jornalistas.

    Jornalista sabe que é fodido e ganha mal. Porém sabe que seu lugar é o de HUB de informações.

    Blogueiros *são* fodidos, ganham tão mal (ou pior) que jornalistas. Porém, seu lugar (se é que existe um), é morando na casa dos pais e sustentando opiniões que jamais falariam abertamente numa roda de amigos com medo de tomar cascudo.

  42. Diego Camara says:

    Vamos ser francos com essa bagaça Kid.

    Eu enquanto formando de Jornalismo tenho uma teoria interessante sobre este conflito ProBlogger X Jornalista.

    Fato é: nem um dos dois vale muita coisa. Os jornalistas em boa parte são tão “compráveis” tanto quanto os blogueirinhos deslumbrados. Tem monte de jornalistas famosos que ganham viagens, aparelhos eletrônicos e um monte de tranqueiras para fazer críticas “neutras” sobre os produtos ou as empresas, tornando normalmente o jornalista mais susceptível a consultar estas empresas como fonte. É tudo questão de “confiança”, não é mesmo?

    O caso é que, vendo por um lado é tudo igual. Farinha do mesmo saco, tanto o blogueiro deslumbrado quanto o jornalista deslumbrado que se vendem por uma tranqueirinha qualquer.
    A pergunta que fica é: este jornalista/blogueiro terá cara de falar mal da empresa que financiou uma viagem ou lhe deu um presentinho “sem nenhuma intenção”?

    Acho que entra muito no que o Dahmer dos Malvados falou: “Mostre-me um blogueiro e eu lhe mostrarei um vendedor de celulares”, e muito jornalista que trabalha com TI é igualzinho. Você acha que eles não recebem um celular também para testar? Muitas vezes recebem sim, e normalmente dão muito mais regalias aos jornalistas que aos blogueiros. (afinal a opinião do jornalista vale muito mais para o público leigo)

    A diferença no final não é um conflito blogueiro/jornalista, mas sim um conflito corrupção/seriedade. Quem é sério não se vende. Há jornalistas sérios e há blogueiros sérios (particularmente mais jornalistas que blogueiros). Há sempre os que dignificam a classe e os que sujam o nome dela.

    Para mim os blogueiros estão cada dia mais próximos dos jornalistas sujos, e de mídia independente estes blogueiros não tem nada. Pelo contrário, eles acabam sujando o nome dos que tentam simplesmente divulgar informações e conteúdo porque gostam disto, neste caso, uma maioria ainda independente.

    Concordo plenamente com o que foi dito. Ganhar dinheiro com blogs é ruim? De maneira alguma. Acho que qualquer um quer ganhar uma graninha fazendo e falando sobre aquilo que gosta. Inclusive eu se tiver oportunidade.

    O problema é: a que custo você quer ganhar dinheiro? Quanto vale sua filosofia de vida? Quanto vale seus ideais? Quanto custa realmente a sua opinião? Ela pode ser comprada com um pacote de bolachas ou um MP3 Player? Se pode então quer dizer que você não tem um blog para falar aquilo que quer.

    Acho que no final a diferença entre Probloggers e Jornalistas é que os jornalistas custam mais caro.

  43. Kid: O hino da blogosfera especialmente em sua homenagem: rel="nofollow">

  44. Ray says:

    Só me explique UMA coisa: como você pode pensar tudo isso e ser o chapa número 1 do Gordoso, o cara mais arrogante e que mais se acha o grande blogueiro profissional das Américas?

    É feito o Batman ser contra morcegos!

  45. phpones says:

    O Ivan acima simplesmente definiu um problogger.

  46. Benga says:

    Boooring. Ninguém em sã consciência quer ler sobre isso =|

  47. Lana says:

    essa história de novo? =/

  48. Eu says:

    Kid

    Você é o primeiro a não aceitar críticas, quando o cyco te criticou sobre o post sobre o Judão você simplesmente apagou o POst dele, vc pode falar o que quiser, mas já que vc dá a cara a tapa, tem que aguentar, não ficar deletando as críticas porque são contrarias ao que você acredita.

    falow

  49. SuperMario says:

    Bruno Ferreira:
    “As vezes eu imagino como seria divertido tirar proveito desses passeios e brindes e simplesmente não divulgar merda nenhuma. HUAHUAHUAHUA”

    Já imaginei como seria. Eu, num hotel, cheio de brindes, postando sobre o cultivo caseiro de briófitas ou pesca esportiva..AHEUAEHEUHEUHAEHUEHUEA

  50. dr34dfu1 says:

    Esse assunto é chato.
    Tudo bem q
    Principalmente pra nerds, que são naturalmente menos influenciáveis e estão pouco se fodendo pra qualquer pro-blogger.
    Não abandone os nerds, Kid, é o que faz esse canto algo especial.
    Contra anúncios sempre há o ABP, mas cotra conteúdo chato…
    Não vá se tornar aquilo que mais odeia.

  51. Zer0 says:

    ZZzz..U_U

    Quando a 4ª parte do dia em que o Kid se fudeu chegar, por favor me acordem.

  52. Zer0 says:

    …Ou isso ou o HBDtv/HBDCast.

    ZZzz..U_U

  53. Darox says:

    Gostei das figuras, do texto pra mim nem valeu nada, não sou envolvido e nem sei disso.Gosto do seu e odeio ver propaganda em outros.

  54. shanx says:

    no começo dava pra acreditar nessa história.
    mas, hoje, no milésimo oitavo post sobre isso, tá mais parecendo é recalque.
    kid, apenas mais um invejoso? que usa esse desdém como máscara mas no fundo daria tudo por ser um desses blogueiros?

  55. ruskiii says:

    hahaha passo na globo 😀

  56. Naná says:

    Acho tosco o povo ficar falando que são a revolução do jornalismo, agora quanto a parte do dinheiro. Pow, você ta ganhando dinheiro por não fazer nada, por sentar a bunda na frente do pc e escrever o que te deu na cabeça, se tem gente disposta a te pagar por isso, abraçe o capeta e sorria.

  57. Turcao says:

    …continuo achando o termo blogosfera tão patético quando “vendedor de herbalife”. aliás, pro blogers e vendedores de herbalife têm muito em comum. como por exemplo tentar te convencer sobre algo que não são.

  58. Xiska says:

    Meu.. 90% dessas porras de problogger têm uma puta cara de nerd.. bem daqueles com cabelo mal feito e óculos oval de haste transparente. Qualquer sinal de sucesso em alguma parte da vida de um animal assim será a coisa mais foda da vida dele e o mais perto que um bundão chegará de um ato revolucionário.

    E eu não sei porque reclamar disso. Desde que a internet passou a existir realmente domesticamente, existem milhões de sites que tentam ganhar dinheiro. Os blogs são só mais um nicho nessa. Jornalismo? Tem alguns blogs que jamais em sua existência postaram uma notícia.. só piadas, textos diversos e porras assim.. o ‘jornalismo’ dos caras não é uma coisa noticiária como a Folha de SP.

    Você acha que o Kaká é um vendido por ter feito propaganda do mach3? Porra, deixa os mlks fazerem propaganda da merda que for vei.
    Se me dessem 100 reais pra ficar com a bunda sentada e escrever no meu blog “oi galera hoje eu comprei um gatorade novo e adorei” eu faria sem a menor dúvida. O problema não seria meu de me sentir vendido, o problema é seu se acreditou nisso sem experimentar sozinho.

    Quer a opinião pessoal do cara? Troca uma ideia com ele pessoalmente, ou no msn whatever. Quem fez a propaganda é a imagem, o nome do blog não o dono e suas opiniões particulares.

  59. Crowley says:

    o começo do texto ficou meio confuso.

  60. Luciano says:

    TR00LING FTW!

  61. Luciano says:

    i mean tr0lling

  62. PHIO says:

    Vamo Izzy vende uns espaços publicitários ae para as grandes empresas!

    A cada 10 comments podia ter um banner piscante gritando que você é o número 219836126316287312 que viu aquele banner.

    E pensa esse post(agora) tem 60 comments o que resultaria em 6 banners!!

    Uhuuuul… hahahahhahaha

    Acho que se o HBD tivese banners eu não entraria para lê-lo.

    Abraço!

  63. HunterDog says:

    PQP!!!
    Quero conteúdo…. =[

  64. Juca says:

    Porra, mas você vacila. Dinheiro a mais é sempre dinheiro a mais, não importa a quantidade. 50 pila por semana garante o cinema e a pizza do fim de semana. Você deve ter uma cacetada de visitas, google ads ou outro sistema devem te render mais do que 50 doletas por semana.

    E maluco, tem MUITA gente ganhando uma grana nervosa com isso, eu mesmo conheço dois que fazem mais de 5 mil por mês com sites que desenvolveram em menos de 1 mês. SEO FTW.

  65. z says:

    não sei se você percebeu, mas seu post se contradiz, primeiro você reclama que eles levam a internet muito a sério, e depois você reclama que eles não se esforçam pra responder uma crítica internética.
    Você é um troll e admite isso, por que alguém vai parar pra argumentar de forma concisa contra alguém que tem por único objetivo provocar a discórdia e rir disso? acho que não faz sentido né

    regards

  66. kakosapo says:

    Mudando um pouco de assunto, sabe o que seria realmente divertido? Que essa galera que adora dizer “antes de me criticar me supere” estivesse numa ponte e essa ponte desabasse. Ai quando o cara acordasse tetraplegico do coma e fosse pensar em reclamar, alguem devia chegar e dizer “ué, mas o senhor sabe fazer pontes? Se eu te der areia e cimento tu me faz uma? Então pianinho aí! Antes de criticar supere!”

  67. Alisson says:

    hauahuhauahuahuauh…
    gostei…estava esperando a parte 4, mas isso ja ta mto bom…
    sinto cheiro de fight no ar…será????

    seja oq for…eu vou me sentar aqui e assistir td, rindo mto…huahauhuauhahua…

    odeio admitir isso, mas eu sou como vc, adoro um fight…adoro ver as pessoas se descabelando à toa…hauhauhuahua…fazer oq né…

  68. César says:

    Parabéns pelo blog! Já que o símbolo do site é o Mario, achei interessante este tema pro seu blog caso um dia vc queira mudar o layout http://www.ezwpthemes.com/examples/

  69. DanBoy says:

    Até que enfim postou algo novo!!!
    Bom…eu nao vejo nada de mal em vender um espaço publicitario, o problema maior é o cara achar que é fudidão porque vende um espaço por 300 ou 400 reais por mes….grande merda!

  70. Tiag says:

    Vocês não entenderam nada. N verdade o Kid e os probloggers combinaram essa polêmica pra movimentar as coisas e gerar mais visitas.

  71. Hulk says:

    Comparar a elite do jornalismo alternativo com caminhoneiros foi baixo kid, muito baixo!
    Os Caminhoneiros trabalham…

    😛

  72. Renaton says:

    PQP, não sou o CCC, mas escrevo:

    Kid viado vai morrer de tanta chatice de SÓ escrever sobre esse assunto que não tem nada pra se falar no cu.

  73. Renan Paiva says:

    nemli.

  74. espectral says:

    BORING

  75. Guilherme Pilotti says:

    Eu sou um que gostava de ler esses blogs antigamente, sempre tinha algo engraçado para ler e rir um pouco.

    Hoje em dia é megalomania e acidez gratuita.

    É só viajenzinha paga pra cá, brindezinha da mamãe-ganso pra lá e post com conteúdo que é bom, zero.

    Eu prefiro muito mais ler as hitórias do Kid se fudendo, caindo da cama e sendo levado pro ER só de cuecas do que um mega-post cheio de fotos de Parati com alguns barcos e uns gordos sorrindo com um celular na mão.

    A blogosfera brasileira é tal qual a revista Caras, só tem gente querendo aparecer e se mostrando com brindes e convites bregas.

  76. Alexander W. says:

    Preferia a parte 4 da historinha. Essa história de xingar os probloggers realmente está muito chata. [2]

  77. Anonymous says:

    Tem uma manha no FireRed para conseguir dinheiro infinito, mas precisa ser paciente. Dê uma olhada na internet por FireRed+Nugget+Infinite, sei lá.

  78. Toloko says:

    de novo a doritos aparece AUEHAEuhAHEuhaEHAHEUhaUHE

  79. Julia says:

    o caminhoneiro da primeira foto TINHA que ser de Cariacica-ES! :p

  80. Zé Coxinha says:

    hehe, pegou pesado com a Doritos, hein?

  81. Knux says:

    @Diego Camara:

    você, “enquanto formando de jornalismo”, precisava era passar mais um tempo na universidade para aprender a escrever corretamente e parar de fazer apelos (desmerecidos) à própria autoridade…

    você precisava uns quatro anos mais jovem e bixo, ou de quatro anos a mais de graduação…

    esse assunto de blogosfera (só o termo me dá calafrios) já é chato o suficiente… não precisamos que um “enquanto formando de jornalismo” se meta a ser juiz imparcial da situação… vai procurar emprego, vai…

  82. Raphaël says:

    Cadê os pró bloggers xingando todo mundo aqui com caps lock?
    Sem isso, quase nem tem graça.

  83. Xong Lee says:

    Pior que a blogosfera é parasita de blogosfera. O que é o cris dias por exemplo? Fica querendo aparecer em tudo quanto é blog, podcast, etc. So pq é sócio do vilago/enxame. É como se ele fosse sindico do predio, e aparecesse em toda festa ou churrasco que acontece no playground. Vai se chegando, come uma picanha, rouba um brigadeiro… nao foi convidado, mas ninguem manda ele ralar pq é o sindico ne.. tem que fazer aquela social… é uma situção muito triste. Ninguem tem coragem de mandar ele sumir.
    Eu olho pra ele e me lembro do Hard HA-HA.. lembram daquela hiena “ó vida, ó azar”, sempre reclamando da vida.
    E ainda por cima agora tentando pegar carona no ‘sucesso’ dos outros. No enxame, aparece em todos os videocasts.. .as vezes ta atras das cameras e fala alguma cagada so pra aparecer… no omelete entao é gratuito.
    É o encosto da blogosfera! Saravá! =^)

  84. Ray says:

    O pior de tudo mesmo é esse TWITER, que inclusive vossa senhoria se utiliza.

    Gente normal usa MSN pra falar com os amigos.

    “Pro-bloggers” usam essa bosta. Porque não basta falar com os amigos, o mundo INTEIRO tem que saber quem são os amigos deles e os “grandes” temas que eles discutem.

  85. Trovalds says:

    Auto-estima em baixa, kid? Voltando nesse assunto DE NOVO, o lance do hospital que renderia 1 post já vai pro quarto (se parar nele) e perguntando se alguém tava twittando da CP sobre seu blog. Você precisa melhorar as estratégias para manter o público fiel ao seu espaço, como por exemplo… escrevendo algo como você fazia antigamente, textos que faziam meu dia ficar mais divertido. Reiterando: crise de meia idade no pós adolescência? Não espera viver mais de 40?

  86. Toloko says:

    hbdtv ploxxxxxxxxx

  87. Fala Kid…
    Pô… tu é o Proudhon dos bloggers!
    Hauhauha!!!

  88. Leonardo Petersen says:

    Izzy. Sugiro um post sobre a Boxxy. Por mais que uns argumentem que ela é só uma menina idiota, as dimensões do caso são maiores que o “gosto não gosto”. É o mais completo e perfeito exemplo de “Internet: Serious Business” que jamais haverá. Deixo aqui um site (se é que você já não conhece a história) que fala sobre o caso dessa menina. E também acredito ter muito a ver com o HBD.

    http://boxxystory.blogspot.com/

  89. Matheus says:

    Hello hatemonger

  90. amanda says:

    “CCCC:

    Kid viado vai morrer de tanta “destreza retórica invejável” no cu.”

    HAHAHAHAHAHHA
    te amo, CCCC

    de resto, concordo com o zepequeno.. arruma uma treta nova pq esse assunto já encheu um pouco, né?

  91. Dan says:

    De novo isso ..eu acho essa rixa totalmente sem nexo ..ao meu ver parece mais que um lado da blogosfera quer se afirmar sobre o outro ..”nós somos melhores que vcs porque escrevemos pois gostamos e não ganhamos nada com isso mimimi” ..se foda se eles ganham ou não com isso ..who cares? ..ao invés de participar disso vc poderia voltar a escrever o que te agrada e dar um grande foda-se pra essas rixas tontas ..

    Minha opinião só isso ..

  92. Eurritimia says:

    “Se a sua estrelha não brilha… não tente roubar a minha” -- foi exatamente o que eu disse prum colega enquanto este ma tirava usando o fantasminha enquanto jogávamos Mario Kart.

  93. phpsaux says:

    Assunto chato!!!… alguem ja falou isso? rolleyes

  94. Raul Cosmo says:

    Os blogs ainda estão na pré-história. Porém ser crescimento exponencial já está se fazendo sentir em muitas circunstâncias, em toda uma geração, e formando um público amplo e poderoso. O Kid faz gênero quando ridiculariza o deslumbramento de alguns, mas se olha-se com mais cuidado veria que uma revolução mundial vem acontecendo em baixo de suas ralas barbichas. Aqui no Brasil a Internet/Blogs está permitindo a participação maciça da garotada em assuntos/informação/diversão/cultura que de outro modo não estaria disponível. Falar asneiras sobre um acontecimento pode ser engraçado, mas de que outro modo as pessoas aprenderão senão errando e tentando de novo? Como se formam os grandes gênios da mídia senão sendo amadores? Além disso a opinião pública do país está sofrendo uma abertura de participações que nunca houve, pode ser tosca e despreparada, mas é livre e influente. Que seja deslumbrada pelos presentinhos ou arrogante na retórica pobre, mas é a nossa juventude que está se manifestando e ela não irá parar. É através dos blogs que podemos conhecer o que acontece em Angola, Zimbabwe, Gaza, Bolívia ou no Canada. É só o cara ser mais seletivo e ele poderá conhecer o que tem de melhor dos melhores em cada área. Do blog do Samarago até um pernambucano tão inteligente quanto ele que fala sobre games. Que viva a diversidade e a pluralidade.

  95. Grush says:

    Queria saber quando vai terminar a história de q vc quase se matou com uma cama

  96. […] blog que eu visito com uma certa frequência, muito embora eu não entenda exatamente o porquê, o Hoje é um bom dia. Transcrevo: Não é segredo pra ninguém que eu sou um exímio praticante da discórdia esportiva. […]

  97. CH says:

    Seu post disse tudo. Os blogs (com raras exceções) são apenas mais uma das várias coisas da internet 2.0 que fazem você querer que a coisa toda se resuma em ICQ, e-mail e otras cositas más.

  98. Paulo says:

    eh impressão minha ou o contador de comentáris não passa do 99?

  99. Paulo says:

    AWE centésimo comentário!!!
    hahahahahahahah

  100. Ciberdek says:

    Ganhar dinheiro com blog não pode ser considerado coisa séria.

    Até porque o meu não me dari adinheiro nem que eu quisesse ahshashahshash!!!

  101. Rojo says:

    gostei mesmo.