Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

HBDtv: Crise do Instagram e iPhone brasileiro da Gradiente?!

Postado em 20 December 2012 Escrito por Izzy Nobre 17 Comentários

Cê ficou sabendo da putaria recente do Instagram e do iPhone brasileiro da Gradiente, né?

Não? Não tem problema, eu resumi a coisa pra você. Toma:

Como sempre, deixe seu recadinho, dê um joinha, etc etc.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: HBDtv

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

17 Comentários \o/

  1. Gabriel says:

    Caraaaaaaalho, eu ri pra caralho com essa história da Gradiente… E com a forma que você contou ri mais ainda! Ótimo video cara! E só respondendo: To pouco me fodendo pro Instagram, porque não uso mesmo ahahaha

  2. David Amom says:

    Primeiramente, Izzy, parabéns por mais um HBDtv.
    Sei que você dispendia tempo e esforço para a feitura do mesmo, logo, meu like está sempre garantido.

    Concordo com suas opiniões em ambas as notícias:
    -- Minha vida não em mudou nada com a nova política do Instagram. Não fiquei com raiva, nem nada… totalmente indiferente em relação a isso.
    Aliás, achei bem interessante você dar uma ‘pincelada’ de como funciona o modelo de negócio dessas empresas pra galera: eles TÊM que usar seus dados para alguma coisa, caso contrário, nem existiriam.

    -- Eu também achei muito hilária a notícia do iPhone da Gradiente. Não tem como achar outra coisa. Só é muito engraçado.

    Enfim,
    um grande abraço e continue com o bom trabalho.

  3. Diego says:

    Só uma coisa: Essa Sniper é real? O_O

  4. Guilherme says:

    Sensacional, um dos melhores episódios do HBDTv que eu já vi. Galhofa e anarquico como tudo na vida deve ser. Dei muita risada.

    A propósito: reclamação hipster sobre o Instagram é coisa de babaca sim, porque como você bem disse, mais de 90% das fotos é de comida com qualquer filtro whatever.

  5. cristiano says:

    Fantástico essa da Gradiente, né?
    Se ela é detentora do nome, tem que lanćar mesmo, ou forćar a Apple a pagar licenća de uso do nome pra poder vender essa porcaria do iPhone (da Apple) no Brasil.
    E eu vou sempre aplaudir quem botar na bunda da Apple em assuntos relacionados a marcas. Isso pra essa empresa levar um pouco do seu próprio veneno (roubar marca registrada dos outros e violar acordos de uso de marca: ver caso da Apple Records).

  6. Nuno says:

    Quer uma dica? Claro que não quer, mas vou dar assim mesmo.

    Não sei como você coloca o vídeo aqui em sua página. Mas, por alguma razão, acaba tirando a possibilidade de dar “likes” no seu vídeo aqui no hbdia. Em qualquer outro lugar em que o vídeo está incorporado, basta colocar o cursor sobre o vídeo, que os joinhas aparecem na parte de cima -- não precisa sair da página, ou do vídeo para dar o joinha.

    Do jeito que você incorpora (embed) o vídeo, a gente é obrigado a sair do hbdia e ir no youtube para clicar em like.

    E, pior: do jeito que está este vídeo (ao menos para mim), sequer dá para clicar nele e ir automaticamente para o youtube.

    Enfim, não sei o que você faz. Mas não desabilite os joinhas integrados ao vídeo, nem o link automático para o youtube. É pior para você.

    Beijos de língua na sua goela.

  7. Angelo Jr says:

    Cara, adorei o vídeo e blábláblá, mas eu quero saber…

    oq vc, pessoa anti-armamentista, está fazendo com um rifle de grosso calibre??

  8. Felipe says:

    infelizmente não tá dando pra clicar no video pra abrir no youtube.

  9. AndersonReis says:

    Izzy, véio, comecei a ver o HBTV esses dias e tals… Tá com meio século que cê mora no canadá mas o sotaque do ceará num sai nunca, né? 😀

    Por falar na paradinha do instagram, cê chegou a ver o comentário do criador do myspace a respeito? Dá uma olhada depois =D

  10. Diones Reis says:

    Ultimamente sempre que eu vejo o Izzy Nobre no HBDtv, parece que eu estou assistindo o Cauê Moura com Rivotril. 😀

  11. Uendel Couto says:

    Quanto custou esse airsoft rifle? tu joga ou só é entusiasta?

  12. Marcello says:

    Izzy, bom dia. Possui email?

  13. Marcello says:

    I mean, bussiness -- email.

  14. Vitor Ardachnikoff says:

    Olá Izzy é a primeira vez que escrevo pro seu canal ou site, na verdade tive conhecimento da sua atividade pelo 99 vidas, mas acho que isso não é novidade pra você, me identifiquei com o Poldcast por ser amante dos games, e por gostar muito do programa, ser da mesma geração que vocês (27 anos), então adoro essa análise nostálgica dos jogos, escutar as músicas, e eu também como gamer além de jogar, gosto muito de assistir gameplay dos jogos e falar sobre eles também, acho que a junção da brincadeira + análise científica do Bruno dão ao 99 vidas a fórmula do seu sucesso, acabei migrando para o seu canal e me identifiquei ainda mais com você, por gostar do seu despudor ao falar, por ser casado, e pelas curiosidades do Canadá, e por você passar a impressão de estar apenas curtindo o seu próprio canal sem se importar com porra nenhuma.

    Quanto ao Instagram, que ainda não tenho, acho que a troca pode ser justa, pois dificilmente vão utilizar uma foto sua, e já que você usufrui dos serviços o Instagram poderia usar sua imagem pra qualquer propaganda sei lá, como eu não gostaria de correr o risco de ter minha imagem atrelada a alguma marca, acho que vou continuar sem instagram (mesmo achando que não utilizariam minha imagem).

    E a respeito do iphone gradiente, acho uma auto trollagem, pelo menos para os que minimamente conhecem o produto da apple, vai acabar virando motivo de zueira, só espero que seja um aparelho legal para os que forem confundidos, mas acho que pode correr o risco da marca arranhar sua imagem diante dos consumidores, parece uma coisa meio “polystation” sabe.

    Daqui pra baixo é tudo besteira, que não tem nada a ver com o tema do vídeo.

    Acabei de casar, minha esposa detesta games, na Lua de Mel fui pros USA, no primeiro dia que cheguei fui procurar o PS4 em Miami numa loja da Sony, tenho um inglês intermediário, nada fluente, mas entendi que eles queria vender o PS4 por 520 dólares pois vinha com um controle a mais e tinha a opção do jogo Knack ou COD Ghosts, argumentei que queria só o console por 399 dólares, mas o vendedor disse que não tinha essa opção, achei sacanagem, pois a Sony fez uma puta propaganda em cima do preço menor que o Xbox one, e depois vem com uma dessa, como o Knack não me agradou, e eu não gosto de jogos FPS, sei que o primeiro 6 meses de um novo console é meio fraco em questão de jogos, mas queria levar o PS4 pra não ter que pagar R$ 4 mil reais, decidi olhar em outras lojas já que ficaria 16 dias na terra do Tio Sam, mas para minha surpresa tinha esgotado geral o console, e como casei no dia do lançamento e fiquei meio distante das notícias até a viagem que foi 2 dias depois do lançamento, então fui pra Orlando e nada de achar, minha amiga que mora nos USA começou a ligar nas lojas e eles disseram que ia repor só no Natal, mas quando fui pra Chicago última etapa da viagem, descobri por essa amiga que a Gamestop disponibilizaria alguns consoles meia noite da Black Friday, então parti pra fila e fiquei das 8 da noite até meia noite, num frio de -8C, acabei sendo o 5º da fila, notei que o público acima dos 15 anos queriam o PS4 e abaixo tinha a preferência do Xbox one, bem levei cadeira, cobertor, mas como um tupiniquim em terras frias, fui de tênis e a galera toda de bota, não entendia metade das merdas que os caras falavam, minha esposa foi pro mall compras roupas com amigas e eu congelei meu pé, os dedos não mexiam mais, mas acabei conseguindo trazer o PS4 pro Brasil, essa foi a minha aventura, e fiquei puta feliz porque encontrei muitos brasileiros que não conseguiram trazer o videogame.

    Então já tinha ido pro Paraguai comprar muamba, e pra Argentina, mas sempre dizia que mesmo que um dia ficasse rico não sairia da minha cidade por conta dos amigos e família, e por meu melhor amigo ter ido morar na Europa faz 4 anos e sempre transmitir um sentimento imenso de saudade, mas depois de ficar nos USA, principalmente em Chicago apesar do frio, hoje já penso que a vida fora do Brasil seria melhor, apesar de não ter gostado da comida, e de 16 dias ser um período superficial para uma análise detalhada, pois não convivi com a saudade, mas acho que a infraestrutura,educação e segurança compensam, na verdade no fim da viagem queria já voltar pro Brasil, mas era mais por causa da língua, por querer me expressar detalhadamente e ainda não conseguir muito bem, mas logo no aeroporto de Guarulhos uma mulher passou trombando com a mala por cima do meu pé e nem ao mesmo licença ela pediu.

    Então apesar de me considerar um gamer por gostar muito, teve uma época que fiquei um bom tempo sem videogame por causa de falta de grana, e depois na faculdade eu meio que abandonei por que senão não conseguiria estudar pras provas, agora que estou com o PS4, estou pensando em vender o 3, só acho que vou vender depois que sair a DLC do The Last of Us, Left to Behind, só sei depois se invisto a grana num Xbox 360 desbloqueado pra jogar vários jogos, ou em um Nitendo Wiiu, na verdade, eu vi que até entre os americanos o Wiiu é motivo de piada, mas eu curto demais Mario (não tanto quanto você), mas gosto muito de Zelda, Donkey Kong, e tal, ouvi o Jurandir falar em um dos Poldcasts que esse console não existe, mas o meu medo é pelo número pequeno de vendas a Nintendo acabar abandonando o Wiiu ou as produtoras de jogos, o que você acha? já comprou o Wiiu? o que achou?

    Tenho mais um monte de dúvidas e coisas pra dizer, a impressão que passa, principalmente pelo Poldcast, é que já tenho certa intimidade (no sentido não gay da palavra), mas vou parar de escrever por este texto já estar grande e talvez chato demais.

    Grande abraço e parabéns por esse seu trabalho paralelo. (não corrigi o texto)

  15. Vitor Ardachnikoff says:

    correções mais que necessárias no texto acima:(escrevi o texto com pressa e não revisei, não achei que tinha ficado tão ruim assim, agora pude corrigir)

    tenho um inglês intermediário, nada fluente, mas entendi que eles queriam

    como o Knack não me agradou, e eu não gosto de jogos FPS, sei que os primeiro 6 meses de um novo console é meio fraco em questão de jogos, mas queria levar o PS4 pra não ter que pagar R$ 4 mil reais

    minha amiga que mora nos USA começou a ligar nas lojas e eles disseram que iam repor só no Natal

    não entendia metade das merdas que os caras falavam, minha esposa foi pro mall comprar roupas

    congelei meus pés

    uma mulher passou trombando com a mala por cima do meu pé e nem ao menos licença ela pediu.

    só não sei depois se invisto a grana num Xbox 360 desbloqueado pra jogar vários jogos, ou em um Nitendo