Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Você é daqueles que diz "aaiinnn eu adoro neve"? Eis o motivo pelo qual você deveria repensar isso.

Postado em 4 March 2012 Escrito por Izzy Nobre 9 Comentários

Tenho apenas uma coisa pra dizer (ou melhor, mostrar) aos companheiros internautas que me irritam com esta frase tão singela. Sim, eu sei que soa como babaquice, mas ouvir coisas como “adoro frio/adoro neve!” ditas com tanto aprazo quando você passa quase 6 meses por ano convivendo (leia-se “sofrendo”) com essa merda, não tem como não se irritar.

Coloque-se no meu lugar. Imagina que tá fazendo 45 graus na sombra aí no Rio de Janeiro ou em Juazeiro do Norte (eu lá sei onde tu mora?), quando o verão acaba de chegar em Calgary trazendo seus amenos 20 graus médios. Você aí sem camisa sentado na frente do computador com dois ventiladores ligados e cubos de gelo empilhados nos ombros e preparando um banho de álcool isopropílico pra evitar uma convulsão.

Aí tu me vê falando “nossa eu adoro um calorzim bom demais“. Cê não ia ficar puto também não…?

Enfim, neve é uma merda por causa disso aqui, ó:

YouTube Preview Image

O único tipo de pessoa que alega gostar de neve são pessoas que ou conhecem o fenômeno apenas pelos filmes, ou que passaram algumas semanas no exterior sem ter que conviver frequentemente com essa merda.

Pergunte a QUALQUER imigrante sobre neve e conviver com o frio ártico e nenhum deles terá algo positivo a dizer. Reclamamos sobre o inverno com uma amargura de espírito que é digna da sua compaixão.

Eu já odiava o inverno (um sentimento que adquiri rapidim, aliás); passei a odiar mais ainda após comprar um carro. Dirigir na neve, dependendo da infraestrutura da sua cidade, é uma roleta russa do caralho. Meu carro é provavelmente a coisa mais cara que eu possuo nesta vida; imagina tu pegar o maior investimento que você já fez e aposta-lo contra a habilidade de outros motoristas de pilotar sobre uma camada de gelo? Puta que pariu.

Aliás, outro dia passei por um apuro dirigindo durante uma tempestade de neve; depois explico aqui o que rolou.

E que venha logo a porra do verão. Você tem idéia do quão deprimente é ver o sol nascer às 8 da manhã, e se pôr às 4 da tarde? É uma desgraça que não desejo nem pros meus amigos mais corintianos.

Ahhh, e a propósito: neve é gelo caralho. Se você raspar a unha dentro do seu congelador, esses floquinhos de gelo que sairão na sua unha e essa merda branca que soterrou meu carro são exatamente a mesma coisa. Não me paguem este mico imperdoável de comer neve quando forem ao exterior, pelo amor de Jesus Cristo e de suas criancinhas.

(Você talvez me ache um SUPERBABACA por este texto, mas repasse pra um amigo ou parente que mora fora e veja o sujeito bater palmas)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Morando no Canadá

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

9 Comentários \o/

  1. Tais says:

    “Aí tu me vê falando “nossa eu adoro um calorzim bom demais“. Cê não ia ficar puto também não…?”

    não…?

  2. Cassiano says:

    Tive a oportunidade de estar em Calgary no final de janeiro, uma semana apos ter feito -40. Foi a primeira vez que senti um frio de verdade. Tinha neve por todos os lados e os carros dirigiam bem devagar. O frio de -10 foi suportavavel, mas incomodava.
    Agora, Cara… Estou de mudança pra Calgary com minha esposa no final deste mes devido a transferencia da empresa.
    Estamos bem entusiasmados, mas confesso que essa eh a nossa maior preocupacao. Abracos!

  3. Juninho says:

    Eu adoro o frio e continuarei o adorando, pelo menos até experimentá-lo de fato.

  4. […] série de dificuldades de locomoção e segurança.  O Izzy Nobre vive no Canadá e frequentemente fala dos problemas relacionados a neve. A Jaque também já nos contou sobre como o frio intenso pode afetar a saúde, contando sobre sua […]

  5. […] Apesar de adorar o tempo mais fresquinho (com temperaturas entre 10°C e 20°C), eu espero ter convencido vocês de uma coisa: o frio intenso é muito pior que o calor. Nosso país não é nenhum deserto, felizmente. O calor é forte, mas há chuva abundante em boa parte do território brasileiro. Nas áreas litorâneas, temos uma agradável brisa no final da tarde. Conseguimos nos adaptar ao calor, mas o frio é muito cruel com a humanidade, desde os tempos em que nossos ancestrais viviam em cavernas para… protegerem-se do frio! A quantidade de energia elétrica gasta para manter as casas aquecidas é imensa. Famílias de baixa renda da região muitas vezes não tem condições financeiras para pagar o aquecimento de todos os ambientes. Há ONG’s dedicadas a ajudar famílias de baixa renda. O frio não é fácil não, gente. […]

  6. maumau says:

    orra mano! descordo de voce…moro no japao ha 13 anos e amo o inverno, talvez pq eu nao tenha carro, e tudo bem ,concordo que as vezes enche o saco esse frio da porra que dura quase o ano todo,mas ainda assim o inverno eh melhor que o verao

  7. Carlos Alberto says:

    As pessoas reclamam de calor e de frio, se ta calor quer frio, se ta frio quer calor.
    Então uma temperatura ambiente perfeita e um dia neutro, nem tão frio e nem tão calor seria bom,
    ninguém sua , ninguém congela , são raros dias assim.