Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Retardados – a melhor diversão internética.

Postado em 7 April 2010 Escrito por Izzy Nobre 266 Comentários

Fazia TANTO tempo que eu não recebia um comentário vergonhosamente imbecil que, quando li a área de comentários do post anterior e achei esta pérola, até me animei. Aliás, me animei tanto que criei uma categoria especial só pra responder o sujeito. Ele merece.

Zoar comentarista imbecil era um hábito que eu abandonei em prol de outros afazeres. Voltar a essa prática deixa um gostinho de nostalgia na ponta da língua.

No post anterior, ilustrei a crônica do cliente que retornou à minha loja com um vibrador usado, quebrado, fora da embalagem original e sem a nota fiscal, exigindo troca. AINDA que houvesse na minha loja uma política de devolução pra artigos de uso íntimo – não preciso explicar por que não há. Ou pelo menos, não pra alguém com neurônios, o que não é o caso do colega abaixo -, obviamente a situação do produto era tão irregular que uma substituição era inviável.

Isso não impediu o Raph4 de postar este comentário deliciosamente imbecil. Acompanhe!

Eu não sei como é e se há uma política ou legislação específica para o consumidor canadense, como temos aqui o CDC e o próprio código civil, mas pelo menos por estas terras, pouco importa se você comprou um apartamento ou um consolo, produto com defeito deve ser trocado sim. Qual a dificuldade de compreender isso? Nojinho seu de pegar no produto? Só manter luvas descartáveis na loja, se for o caso.

Antes de mais nada, um esclarecimento – nenhum aparelho na minha loja é vendido “com defeito”. Como não podemos oferecer direito de troca, todo brinquedo é testado antes da transação ser executada, na frente do cliente. Passa álcool em gel na mão, joga pilhas dentro, aperta o botão de intensidade “presidiário que acabou de pisar na rua após 10 anos de xilindró”. Funcionou? Pronto. Não funcionou? Pega outro. Rinse, repeat.

Voltando ao comentário dele.

Geralmente demora um pouco pro comentador admitir abertamente sua ignorância. Aliás, às vezes isso nem acontece, é um fenômeno raro – idiotas com convicções ferrenhas e admissões públicas de falta de conhecimento específico não são costumam fazer compania um ao outro.

Entretanto o Raph4 não perdeu tempo em expor seu completo desconhecimento no assunto que argumenta: ele diz logo no começo que “não sabe se há legislação específica pro consumidor canadense”. Seguindo uma lógica non-sequitur que é familiar aos imbecis, ele elabora um argumento inteiro COMO SE A LEGISLAÇÃO CANADENSE FOSSE EQUIVALENTE À BRASILEIRA, algo que por admissão própria ele confessou não conhecer.

É genial.

É o mesmo que recusar o apto “de volta”, que veio cheio de defeitos mas você se recusar pq “ah, vocês já devem ter trepado neste quarto e cagado no banheiro”. Uma coisa não invalida a outra de forma nenhuma.

Lembra quando falei de non-sequitur? Olhaí o Raph4 comparando um vibrador com um imóvel – algo cuja regência é tão complexa que toda uma categoria jurídica foi criada só pra gerenciar transações que os involvem. Aliás, Direito Imobiliário é minha cadeira próximo semestre, wish me luck porque eu ouço falar que é um saco e provavelmente passarei a aula toda desenhando no MS Paint.

Mas sim, vibradores e imóveis, definitivamente uma analogia apropriada.

O cliente, aí, perde a razão por não ter o comprovante de compra, como na maioria dos países civilizados, isso é o básico. Se a loja for de um serviço diferenciado (ou pelo menos busca-o), é possível, ainda sim, fazer a troca com base nos registros da loja, mas isso é outro caso.

O Raph4 parece em conflito com seu próprio argumento – primeiro ele admite abertamente que desconhece leis comerciais canadenses, o que eu intepretei como “avalie tudo o que seguir essa frase como o chilique espumante de alguém que simplesmente não sabe do que está falando”.

Agora, ele admite que o cliente – como expliquei – realmente não tem o menor direito de devolução, já que entre as outras irregularidades, ele sequer pode comprovar que comprou o aparelho na minha loja.

Aí vem o mongolismo – o Raph4 sugere que eu posso executar a trocar “com base nos registros da loja”. Eu acho que na cabeça dele, sex shops são equipadas com aparelhagem CSI-like que me permite pôr um vibrador embaixo de um scanner e obter então a marca, modelo, data de compra e número de série do lote de fabricação, pra em seguida acessar os “registros” da loja referentes à aquele consolo.

Ou entao acesso o “registro da loja” (que é obviamente dotado de uma inteligência artificial que rivaliza Skynet) e digito “vibrador roxo, aproximadamente 9cm” que em segundos o “registro da loja” me dará até as screenshots da câmera de segurança no dia que o troço foi comprado?

Como é que você acha que eu acharia o “registro da loja” referente àquela venda? Como exatamente eu colocaria isso num query de pesquisa no sistema (Vamos ignorar momentaneamente a obviedade de que a pergunta é nula, já que não se faz devolução de sex toys usado)? Tudo o que eu tenho em mãos – modo de falar, né – é um vibrador sem caixa ou recibo.

Me sinto o Capitão Óbvio tendo que explicar a alguém que não, nenhum estabelecimento comercial aceitaria devolução de um objeto de finalidade sexual.

Se você duvida, convido-o a levar à farmácia uma camisinha usada envolta num saco plástico (sem recibo, sem caixa – só a camisinha dentro dum saco), exigindo ressarcimento porque ela estava “danificada”. Ah, e se você admitir que a danificou durante o uso, a coisa fica ainda mais próxima do que aconteceu na minha loja.

Vai lá, tenta. Aliás, nem precisa ser um objeto de uso sexual. Tente fazer uma devolução sem a caixa do produto e sem uma nota fiscal. Me diga que “estabelecimento sério” no Brasil executaria tal devolução de bom grado e com o mais refinado customer service.

Agora, é fácil dizer que o cliente nunca tem razão quando estás do lado de dentro do balcão né? Quando o Sr. comprou/ganhou um Macbook e simplesmente “NÃO GOSTEI”, você foi à BestBuy (right?), devolveu e pronto. E você deve achar que eles não fizerem mais do que obrigação.
Qual o argumento aqui? Ah, mas você (supostamente) não enfiou o Macbook no cu? Não, isso não é um argumento.

Vejamos qual seria o argumento no caso do MacBook que ganhei e devolvi:

  • A loja em questão tem uma política de devolução;
  • Tal política acomoda perfeitamente o argumento “não gostei do produto e quero meu dinheiro de volta”. Pra Best Buy, nada mais é necessário, e é o motivo pelo qual só compro gadgets lá. Não é nem a primeira vez que fiz isso, aliás;
  • O MacBook estava em perfeitas condições, sem um arranhão sequer;
  • O MacBook estava dentro de sua caixa original, com tudo que acompanha o produto (capas plásticas, manuais, CDs com software, etc);
  • O recibo que comprova a compra do aparelho (e o retorno dentro do prazo permitido pra devolução, que no caso da Best Buy é 14 dias) foi apresentado;
  • O aparelho não é de uso sexual e íntimo e sua devolução não implica uma grotesca e repulsiva contravenção higiênica;
  • Você é um imbecil sem qualquer cultura ou capacidade cognitiva por achar que os exemplos são equivalentes.

Desconstruir cuidadosamente as asneiras vomitadas por babacas anônimos na internet é tão divertido que eu não consigo achar justificativa pra ter abandonado o esporte.

E gostaram da insinuação que eu apenas “SUPOSTAMENTE” não coloquei o MacBook no cu? Chamar o interlocutor de gay é uma retórica que apesar de vir do primário, jamais perdeu a força. Old but gold!

Venda é venda e cada caso é um caso.

Na verdade esse é o MEU argumento. Cada caso é um caso, de fato – a devolução de um computador é completamente inequivalente à devolução de um vibrador. Uma coisa eu tenho que admitir – o Raph4 parece expert em elaborar um argumento que voa diretamente contra o que ele mesmo estabelece, por admissão própria.

É como ver um esquizofrênico argumentando com ele mesmo. Existe medicamento pra esse tipo de desconexão com a realidade, sabia?

Tem cliente sem noção e malandro no BR e no Canadá. Cabe ao lojista perceber qual é o tipo do sujeito que entra pra reclamar e atender. Ora, trata bem o cliente na venda e no pós-venda manda tomar no cu? Fidelização não importa, então?

Parece que a parte “ele sequer tinha um recibo” da narrativa não foi registrada pelo seu (visivelmente debilitado) mecanismo de interpretação textual, Raph4. Sem recibo = não há qualquer prova de que você comprou o aparelho em minha loja = você não é meu cliente, na verdade.

Que bacana Israel. Já sabia que você não entendia nada de gestão. Agora vejo que sabe menos.

Eu ri com gosto dessa parte. A crítica de gestão vem do mesmo sujeito que compara a devolução de um vibrador com a devolução de um apartamento. Tenho um misto de medo/curiosidade de ver um negócio gerido por alguém que traça uma analogia tão desastrada entre os dois serviços.

Espero que isso seja uma tosca tentativa de trolagem, porque essa postura é muito lamentável vinda de um estabelecimento sério. O que, por sinal, a sua loja não parece ser. Ilustrando segundo normas brasileiras: Regulamento interno < Qualquer coisa que eu escrevi num guardanapo sujo < CDC < Código Civil < Constituição.

E o círculo está completo – o imbecil fecha o comentário novamente citando (de forma desastrada, note) o judiciário brasileiro, que em terra canadense apita tanto quanto… bom, não apita nada.

Raph4, eu sei que você tá magoadinho porque eu parei de responder cada comentário que você posta no HBD, no meu twitpic, no youtube, e essencialmente em toda mídia internética assinada com “Izzy Nobre”. Não foi só uma pessoa que apontou que acha estranho que você tenha mudado tão subitamente de puxa-saco pra hater e, pior, sem uma motivação real. O contraste súbito foi bizarro, especialmente levando em conta que isso aconteceu sem qualquer motivo.

In fact diversas pessoas comentaram (muitas delas seus amiguinhos, aliás – abre o olho), ao ver seus ataques chiliquentos, “mas esse Raph4 não pagava seu pau nos teus textos, na tua conta do youtube, postava comentário em toda foto sua, adotava seus neologismos internético como um bom seguidor?” E eu falei “yep, bizarro né? Procê ver o que falta de atenção leva o cara a fazer!”

penapena2

pena3

Clique para ver a vergonha em tamanho real

Isso porque só pesquisei seu nick no “registro da loja” do HBD. Fosse eu menos preguiçoso e fizesse um search similar no twitter, twitpic, youtube e flickr, mais choramingos carentes atenção equivalentemente lamentáveis e vergonhosos seriam revelados.

Isso é bizarro. O cara obviamente tinha afinidade e começou a se sentir negligenciado, ao ponto de que a admiração se tornou raiva, e um sentimento de necessidade de vingança. O sujeitinho vem há algum tempo soltando patéticas farpinhas passivo-agressivas na esperança de atrair minha atenção; não dei a ele a atenção que ele tanto carecia porque não imaginei que o caso de love-hate relationship chegaria a tal ponto.

Lamento ter permitido isso acontecer.

Maluco, não te destratei, não xinguei sua mãe, não fui na sua casa mijar no seu cereal matinal. Se parei de te responder com a frequência de outrora, foi por desatenção, e não por malícia.  Não precisa se expor ao ridículo pra ser notado.

Eu sei que no desespero por ser respondido, você achou (de forma correta até) que comprar briga o tornaria mais visível no meu radar. Mas pensa bem – é realmente esse tipo de interação que você queria?

E sinta-se à vontade pra postar mais um comentário repleto de asneiras, porque esse aí me deixou com gostinho de “quero mais”.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Retardados

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

266 Comentários \o/

  1. Bert says:

    Cara, isso é triste.

    Porém agora eu acho que o guri do texto vai chorar sangue de felicidade de tamanha atenção que tu deu pra ele. eouhaeouahoeua

  2. Sensacional, a imbecilidade dos internautas é algo ridículo as vezes… Não pare de expor esses pulhas, com certeza é tão divertido pra nós quanto é pra vc!!!

  3. Johnnyzk says:

    Vejo uma costela voando, e um rim explodindo.

  4. Loroff_Joseh says:

    Não vi nada demais na sua réplica. Deu voltas e voltas e no final acabou apelando pra desclassificação pessoal do interlocutor.

    Você se apega em detalhes para passar burrice, descontextualiza e acha que ta abalando. Se foca no mérito e menos forma, plz… :palm:

  5. @Loroff_Joseh

    exceto na parte que o Izzy desqualifica um por um os argumentos falaciosos (e bem idiotas) do cara (como aplicar direito brasileiro em contexto canadense, comparar dildo com apartamento, insistir q a loja deveria fazer devolução de produto de uso sexual sem o recibo, comparar devolver dildo quebrado sem recibo nem caixa com devolver um computador em perfeito estado de conservação com o recibo e caixa, yadda yadda yadda)

    cê ñ sabe ler não?

    o izzy apenas aloprou os argumentos e comparações retardadas com a ironia/sarcasmo de sempre ora

    fala a verdade, tu é amigo do RaphDe4? OU o próprio? fique feliz, o Izzy finalmente te deu atenção o/

  6. Leandro says:

    Aehauehauehuae… quando comecei a ler cheguei a pensar… fudeu, escrevi merda…. hehehehe. Mas lembrei que esse é um site que me faz rir, então mesmo se fodde eu num estaria nem fudendo…. hehehehehe.

    Do jeito que vc escreveu, esse cara me lembrou o STAN do EMINEM… hehehe… daqui ha uns dias vc recebe uma fita cassete na sua casa…. hehehe.

  7. Rodrigo says:

    O melhor exemplo foi a tentativa de devolução de camisinha usada, sem nota. Eu queria ver que lugar no Brasil ou no mundo aceitaria isso.
    Abs

  8. Rodrigo Cavalcanti says:

    Raph4:

    Vai tomar no cu Kid!!!! Pode ter certeza que eu vou tomar ações legais contra esse seu post ridiculo ai. Só espera que você vai se fuder legal cara! Te prepara agora seu fudido!!!!!

    3) Eu não moro no Brasil. As chances de você me assustar com suas frívolas ameaças de processo são nulas.

    ACHO QUE O MÁXIMO QUE O RALPH4 VAI CONSEGUIR É NADA!

  9. Edson Tadeu says:

    Hauahuahuahuhuahuahuauhahuuhahuauhauh.(vou me mijar de rir)
    Cara, que comédia.
    Deus me livre de ter um cara desses como gestor ou advogado de minha empresa. Eu estaria perdido 🙂

    Depois manda o número do processo para nós acompanharmos também, fiquei curioso 🙂

  10. kabelo says:

    Ae Quide, o certo ali é companhia, com H no meio.

    De resto, treta bem medíocre, hein.

  11. vjr says:

    Concordo com quase tudo, mas o exemplo da camisinha num bate muito na minha opinião, visto que ela é um produto descartável em si. Ficou uma comparação meio esdrúxula, assim como a que o cara lá fez querendo comparar um vibrador com um apartamento.

  12. Carolina says:

    Quide… ZZzzZZZzzz.
    Não precisava.

  13. spyke says:

    Isso é o que eu chamo de síndrome do Syndrome (vilão do filme Os Incríveis). [2]

    hahahaha ta doido XD

  14. LuisCorinthiano says:

    Trolled hard!

  15. Kid says:

    @Vjr

    Substitua a camisinha por algo não descartavel, então. Uma peca intima como uma calcinha.

    Alguma loja trocaria uma calcinha usada e sem nota fiscal ainda por cima? O argumento permanece.

  16. Urarafa says:

    Hahahahahahaha muito bom! Claramente o cara só respondeu por responder, devia estar morto de raiva do sr. já que o mesmo não parou pra reler o texto e perceber que estava cheio de falhas!

  17. compulsivo says:

    Corrige ai: se escreve envolvem, não “involvem”…

  18. Izzy eu desejo severamente morrer seu amigo! ‘O_O

  19. vjr says:

    Ai sim concordo. Eu não entendo o que uma pessoa tem na cabeça quando tem a idéia de devolver um vibrador.

  20. PauloLobo says:

    O senhor está devendo post sobre a histórinha da revista.

    Deixa de ser preguiçoso e chato com os leitores “especiais” e escreva com mais frequência.

    abs.

    ps: faltou perguntar pro Raph4 se no muquifo que ele chama de lanchonete, se ele devolve o dinheiro pra quem vomita o enrroladinho de salchicha alegando que estava estragado na última mordida.

  21. Heron says:

    @Kid

    Todas as lojas de departamento daqui de Salvador (C&A, Americanas, Riachuello, Renner, etc) deixam bem claro que não aceitam devoluções de meias, lingeries e cuecas.

  22. lucas says:

    O cara é completamente sem noção!

    ‘Chiliquinho de fã extremista’: Rendendo boas risadas desde sempre 😉

  23. NAOS says:

    troca por defeito existe, mesmo para coisas de sex shop. É isso que chamam de “garantia”, no Brasil o período mínimo por lei é de 90 dias. E não são todos os defeitos que acontecem somente na hora do uso, acho que não preciso falar disso. A loja não é obrigada a trocar o produto, mas na pior das hipóteses o fabricante é obrigado a concertar ou repor. Não precisa ser computador ou carro, uma caneta com defeito já te da direito de troca

    Porém nesse caso aí o carinha tava sem nota fiscal, e você disse que foi aparentemente por mal uso, então nesse caso específico ele perdeu, mas não porque aparelhos de sex shop e íntimos depois que saem da loja são problema do cliente e se surgir um defeito e ele reclamar o máximo que ele merece e ser zuado em um blog

  24. Speed Racer says:

    Aê, quibe. Eu sumo de vez em quando mas continuo seu amiguinho, hein?

    Vou postar um comentário idiota só pra ver um post sobre mim aqui… hahahaha!

  25. Willian says:

    Caramba pergunta pro Raph4 se ele compraria uma cueca em uma loja q aceita devolução de roupa intima.

    Isso é claro no mundinho feliz cor de rosa dele pq no mundo real loja nenhuma aceita ese tipo de devolução

  26. Rafael G. says:

    Opa. Sou estudante de direito tbm (whatever, quem não é ?). E o argumento do “kiss-ass” ai não faz muito sentido nem aqui no Brasil.
    (Antes de explicar, ver alguém comparando a compra de um imóvel com um vibrador para um estudante de direito é MUITO, mas MUITO engraçado).

    Bom, aqui no Brasil grandes lojas como a C&A deixam muito claro que não trocam peças intimas. Como o art. 18 do CDC só prevê que o produto deva ser trocado ou o cliente ressarcido em caso que o produto venha com um vício de fabricação, não é o caso do dildo que seria testado na frente do consumidor ou da calcinha que o consumidor pode verificar pessoalmente a qualidade.
    A partir do momento que a loja DEIXA CLARO que não faz a devolução e o consumidor concorda com aquilo e mesmo assim decide comprar o produto, ele não pode futuramente pedir a devolução (para não quebrar aquele principio do Direito Civil de “Não Agir contra atitude própria que foi tomada antes” (algo do tipo, memória tá ruim hahaha :).

    Espero ter ajudado. ou não.
    Abraço

  27. Issue says:

    Eu também pensei que vc tava falando de mim quando comecei a ler, ontem foi o dia que eu tirei pra comentar nos posts que eu tinha lido e nao comentado por preguiça HUAHUAHUAHUHAU
    *medo*

  28. rcop says:

    kid, me dá atenção plz

  29. Bichinha Faceira says:

    E eu, que comprei um apartamento e não coube no meu cu… posso devolver? Do contrário, avise o Raph4 que eu troco com ele por algo menor.

  30. Pyro says:

    Cê não perde a mania de brigar pela internet né? Se empenhou demais pra contra-argumentar o cara aí. Podia ter resumido o post só com aquelas imagens de comentários dele.

  31. @rhobsonv says:

    O Izzy só tá fazendo isso como retaliação pq o Raph4 trollou ele lindamente e ele caiu igual bêbado com as mãos no bolso. ;D

  32. MisterK2 says:

    Chato pra carÓleo esse cara aí hein…

  33. Mariana says:

    O causo não é dar atenção. O causo é trollar porque é simplesmente divertido. Tive uma experiência parecida esses tempos no meu blog e fiz questão de responder o comentário de uma pessoa com um post. As vezes é simplesmente delicioso dividir certas coisas com quem lê o blog (e não lê comentários, necessariamente). 🙂

  34. rodrigot says:

    no caso do comentário destrichado o garoto só tava ranting e vc caiu matando e humilhando publicamente, no meu mundo e neste caso vc foi deveras mais babaca que ele.

  35. motta says:

    e o raph4 ainda n comentou ( pelo menos n com o nick dele)

    Aguardem… XD

  36. Davviz says:

    não fui primeirão o

  37. Heitor Moraes says:

    Na boa, eu nunca posto e não vou ler os comentários anteriores, mas sobre o texto deste post, o cara tá certo:

    1. Se foi emitido nota, no Brasil, você pode pedir uma 2a. via e assim provar a compra.
    2. Se não foi, já começou esquisito.
    3. O Brasil tem “legislação” E “legislação específica para relações de consumo” -- o que por essas bandas poderia não existir.

    O resto parece conseqüência de nervosismo, afinal ele foi atacado por ter uma opinião diferente.

    Quanto a desistência de compra, e troca ou reparo nos primeiros 30 dias… tá tudo no código.
    Além dos 90 dias de garantia.

    Agora que ele cagou no fim do primeiro post, isso cagou sim.

    De fato, o Brasil é muito permissivo com consumidores. Principalmente por conta da tal “culpa não exclusiva” e do “risco inerente a atividade comercial”.

  38. LoPirata says:

    Com certeza o moleque trollado nunca chegou perto da seção de lingerie de qualquer loja de departamento brasileira, que tem os seguintes dizeres: “Não trocamos ou aceitamos devoluções de peças íntimas.” Simples assim, do the xoxotinha.
    Also, a “intensidade ‘presidiário que acabou de pisar na rua após 10 anos de xilindró'” me fez mijar de rir!

  39. roberto carlos says:

    Ah véi…
    esse seu blog já foi melhor heim..
    que coisa mais gay..
    2 bichas brigando.. vai tomar no cu

  40. Engraçado / Assustador.

  41. Gley Riviery says:

    Caraca, será que esse “Bebe Óleo” vai pedir DE NOVO para o “gênio” Kid fazer um post sobre o vídeo whatever aí? Será que daqui a pouco teremos mais um attention loser odiando o blog?

  42. Camilo says:

    ok pra eu ganhar um post no HBD
    devo seguir e perseguir o kid desesperadamente
    e depois qnd ele me ignorar por qualquer que seja o motivo devo chilicar em um post
    com um comment sem qualquer base no que se está dizendo

    checked 😀

  43. Luiz says:

    Muito bom!
    só que:
    […]referentes à aquele consolo.[…]
    na verdade é “àquele” ou “a aquele”…
    Não se usa crase antes de palavra no masculino (regra geral).

  44. Davviz says:

    @Heitor Moraes

    Não se exportam leis.

    O sexshop está no canadá, e portanto só as leis candenses se aplicam. Ao que o Izzy vem dizendo, me parece que as políticas de atendimento ao cliente são definidas pelo próprio estabelecimento.

    Se na Chechênia houver uma lei que todo consumidor tem direito a garantia life-time, bom pra eles, não quer dizer que nós, brasileiros, também poderemos recorrer a essa lei.

  45. elomarns says:

    Isso é o que eu chamo de síndrome do Syndrome (vilão do filme Os Incríveis).

  46. christian says:

    O negócio é que problogger como o izzy, bobagento e até mesmo cardoso, só tem tempo para responder comentários fodásticos como este que estou escrevendo, esses mimimis “fala comigo te amo!”não atraem nem um pouco a atenção dos já citados blogueiros(por sinal são todos gordos). Entretanto os “Fãs”(tem que ser muito derrotado pra ser fã de um blogueiro né?) não pensam assim, creem que, assim como o cliente mencionado no outro post, tem toda a razão de reclamar o amor do ídolo, afinal “VOSE ISCREVI PRA MIN LER NAO PRA VC SE SINTIR BEINN!!one!1!”

    Ess mentalidade de Orkut que corrompe a “netiqueta” e torna o Brasil o maior país de idiotas da internet.

    BTW izzy vc conhece a nova reforma ortográfica do português? Tem coisas aí no texto que ficam erradas, se quiser faz um post falando mal dela que eu leio LoL

  47. Vinicius says:

    Devolução/troca de produtos íntimos é uma prática NOJENTA em qualquer lugar do mundo, independente de legislação. Conheci pessoas que trabalharam com venda de roupas íntimas em lojas pequenas de shoppings. Eram obrigadas pela gerence a não só aceitar devolta calcinha suja de suor/corrimento/menstruação, mas tb lavar a dita cuja, colocar p/ vender novamente E convencer um cliente desavisado a comprar o bagulho com um sorriso no rosto.

  48. 5reais says:

    IAEHFPAEIFIOAEHFIAEHAHFHAEIFAHEFHPEAIFHIAEHFIHAEFIHEAFPOIAEHFIOAHEFHAEFIHAFHAEF flawless victory.

  49. Xucro says:

    Vaidade… td é vaidade!

  50. Bebe Óleo says:

    Caro Izzy Nobre,
    FALAR EM ZOAÇÃO, esse sujeito do vídeo que denegriu a imagem de um BLOGUEIRO que, nada mais fez que expressar sua opinião, merece um post: rel="nofollow">

  51. Breno C. says:

    Temos que admitir: no final o cara conseguiu o que queria, ganhou um post só sobre ele XD

    PS: Essa parada de amar e depois odiar me dá um pouco de medo, porque são esses tipos que matam seus ídolos quando os mesmos estão indo comprar um café ou trocar Macbooks ._.

  52. Bebe Óleo says:

    Caro Izzy Nobre, FALAR EM ZOAÇÃO, esse sujeito do vídeo que denegriu a imagem de um BLOGUEIRO que, nada mais fez que expressar sua opinião, merece um post: rel="nofollow">

  53. Cainã says:

    IZZY EPIC WIN

  54. bigkax says:

    Estou com o Bebe Óleo, esse individuo do vídeo merece uma resposta.
    Ficamos à espera da da historia da testemunha de Jeová.

  55. Rafael says:

    Você acabou de perder um leitor assíduo do seu blog com esse post..

    OBS.: Não fui eu.

  56. Bebe Óleo says:

    QUERO VER, QUERO VER MESMO, VC PEGAR PESADO COM ESSE APRESENTADOR NOJENTO: rel="nofollow"> DIFAMOU E DENIGRIU UM BLOGUEIRO NO AR SÓ POR CAUSA DE UM POST

  57. felipe(CCCC) says:

    tenta experimentar uma cueca em qualquer loja, depois tenta devolver

  58. Bebe Óleo says:

    DESCULPE A INSISTENCIA, mas a revolta é grande, e nada como um cara gênico como o Izzi Nobre pra dar um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “apresentador de TV que denigriu um BLOGUEIRO por conta de um post: rel="nofollow">

  59. Bento18 says:

    Esse Raph4 é um completo de um bosta. Adora pensar estar trollando alguém e sendo que na verdade seus argumentos são inválidos e idiotas.

  60. Jonatas Arruda says:

    Raph4:

    Vai tomar no cu Kid!!!! Pode ter certeza que eu vou tomar ações legais contra esse seu post ridiculo ai. Só espera que você vai se fuder legal cara! Te prepara agora seu fudido!!!!!

    3) Eu não moro no Brasil. As chances de você me assustar com suas frívolas ameaças de processo são nulas.

    Do que se queixa o homem se não dos seus proprios pecados.

  61. GustavoGero says:

    “Se você duvida, convido-o a levar à farmácia uma camisinha usada envolta num saco plástico (sem recibo, sem caixa – só a camisinha dentro dum saco), exigindo ressarcimento porque ela estava “danificada”. Ah, e se você admitir que a danificou durante o uso, a coisa fica ainda mais próxima do que aconteceu na minha loja.”

    rel="nofollow">

    AHUAUAHAUAUHA

  62. Luiz Felipe says:

    Concordo com tudo do texto. Comparar um vibrador com um apartamento é foda. Sem nexo total esse comentário do Raph4.

    Mas eu acho que a linha do “Love-hate relationship” é quebrada por você mesmo, Izzy Nobre, justamente por nao dar a atenção que o cara tanto quer.
    Mas por tu ser “Celebridade das interwebz”, o cara tem que saber que não é o único que está falando contigo.

  63. GustavoGero says:

    Eu ri pelo nome do Canal ter uma certa “originalidade” e pelo vídeo.
    AHAUHAUHAUHAHUAHAUUHUHAI

  64. mau says:

    cara, quase perfeito teu post, kid.

    primeiro, a construção textual do cidadão que comentou estas besteiras é de ensino médio e com vocabulário pobre. ou seja, deve ser um aspirante a juíz ou advogado que recém ingressou na faculdade ou não sabe escrever ou ainda é somente um cidadão de mentalidade infantil que acha que tem razão sobre tudo. segundo ponto, comparações. em época alguma na história do planeta terra poderemos comparar brasil com qqer outro país que em 2010 esteja algum nível acima, governamental e juridicamente. leis do brasil são leis do brasil. as do canadá, são do canadá e provavelmente de outras potências. honestamente, desconheço de legislação, mas sei o suficiente para saber a precariedade do brasil, um dos únicos países que possui, usa e abusa de cartório, por exemplo. e outra coisa, comparar vibrador com apartamento é uma analogia extremamente fútil pois são bens diferentes em qualquer categoria que queira comparar, desde valor monetário, escala de depreciação, até questões fiscais. brasileiro é no geral um povo sem cultura (quem já leu comentários do terra dizendo “troquem os editores, os redatores, tem muitos erros de ortografia na reportagem”. este é um bom exemplo. a era da web é isso, meias palavras formam e formarão cada vez mais contextos inteiros. somente quem raciocina bem consegue entender.)

    outra coisa que é difícil entender é que a expressão ‘o cliente nunca tem razão’ não se refere ao cliente como comprador ou usuário, ou então como pessoa. se refere à ética e ao raciocínio lógico que o cliente não tem na hora de ser atendido, como por exemplo quando reclamamos que o mc donald’s se esqueceu de botar o picles no nosso bigmac. nesse caso, o picles é um elemento básico do produto, ok, mas é um produto que é vendido de 15x a 20x por minuto em um mesmo estabelecimento e é completamente aceitável a confusão na hora do preparo. fora que o mc possui uma política de reclamações. quem pensa nisso na hora de reclamar? muita gente (incluindo eu, muitas vezes) não pensa.

    por fim, a única coisa que discordo do post do kid é onde ele usa “nosso produto não tem defeito”. qualquer produto (ainda mais os que possuem componentes eletrônicos) podem funcionar perfeitamente nas mãos de uma pessoa, mas ao transportar o produto para outro local, expor a algumas condições adversas às ideais propostas pelo fabricante, pode parar de funcionar. se isso está especificado em um manual do produto ou termo de garantia, ok, senão, pode ser considerado um “defeito” do produto.

    abraços, galera!

  65. mau says:

    ahh! antes que alguém fale da minha escrita. minhas produções textuais voltadas à web são quase todas escritas em caixa baixa, inclusive nomes próprios e siglas. por quê? por utilização de uma quebra de paradigma que adotei para minha empresa web. basta lerem meus outros textos.

    sem mais, um abraço!

  66. Leon | Trocistas says:

    Nossa gente, que falta de auto-estima hein pessoal? Saiam um pouco da frente do pc, mudem a alimentação e fação exercícios três vezes por semana.Melhor do que passar por isso.

  67. Luiz Felipe says:

    @Leon,

    Tu é nutricionista? Psicólogo? Para com essa lombra. Acho que a pessoa sabe quando deve sair da frente do computador não?

    Esses dos comentários -vulgo Raph4- principalmente. Esses daí são For the Lulz.

  68. Bebe Óleo says:

    DESCULPE A INSISTÊNCIA,

    mas a revolta é grande, e nada como um cara gênio como o Izzi Nobre pra dar um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “apresentador” de TV que denigriu um BLOGUEIRO por conta de um post: rel="nofollow">

  69. Leon | Trocistas says:

    @Luiz Felipe Fala isso pras pessoas que morreram jogando WOW.

  70. Bebe Óleo says:

    DESCULPEm A INSISTÊNCIA,

    mas a revolta é grande, e nada como um cara gênio como o Izzy Nobre pra dar um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “apresentador” de TV que denigriu um BLOGUEIRO por conta de um post: rel="nofollow">

  71. diogenes JR says:

    Primo, agora fiquei com medo de comprar um apartamento! Será que a utilidade vai ser a mesma de um consolo! Parabéns, primo, faz tempo que não vejo uma resposta tão bem elaborada a um questionamento tão imbecil, no mínimo esse cara deve usar papel higiênico, e devolver dizendo que arranhou o sensível dele! rsrsrsr Grande Abraço

  72. Suzana says:

    IZZY EPIC WIN [2]

  73. Chucrutes says:

    Kid voltando a semear a discórdia na internet…huasuhasuhaasuh

  74. Alisson says:

    ahuahuahuahuahuahuauhauhauh…
    adoro isso, um maluco tenta se mostrar foda e so se fode…
    e o melhor é ver um monte de retardado defendendo ele… pqp…

    to louca pra ver a resposta do raph4 (depois q ele parar de chorar no canto do quarto…)huauhahuauhauhauhahua

    no mais…

    IZZY EPIC WIN [3]

  75. Bebe Óleo says:

    DESCULPEM A INSISTÊNCIA,

    mas a revolta é grande, e nada como um cara inteligente como o Izzy Nobre pra dar um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “apresentador” de TV que denigriu um BLOGUEIRO por conta de um post: rel="nofollow">

  76. Tiago Sá says:

    “Maluco, não te destratei, não xinguei sua mãe, não fui na sua casa mijar no seu cereal matinal. Se parei de te responder com a frequência de outrora, foi por desatenção, e não por malícia.”

    Vai ver você não trocou o vibrador dele O.o
    Arrá! Chamei ele de gay! Epic Win…right *-* ?
    Vai, diz que eu fui engraçado, eu sei que você gostou, não custa nada vai, siiiiiiim ?!?!

  77. Sentenced says:

    Só eu tenho a impressão que o “Bebe Óleo” tá louquinho pra ganhar um post também? Categoria spammer.

    E Kid, aceite ser trollado também. Não precisa ficar de mimimi pq foi sacaneado.

  78. Bebe Óleo says:

    @Gley Riviery

    Mudei a palavra pra “inteligente”. rsrsrsrs. Satisfeito?

  79. crissthunder says:

    cara já estava na hora de você dar uma “esbrega” nesse cara,já tinha lido outros coments toscos do mesmo antes!

  80. João says:

    Porra, Kid! Deu mancada, na boa. =/
    O cara falou asneiras pra caramba, e tudo mais… mas você já tinha o ownado nos comentários.* Precisava usar e abusar do seu espaço público para zombar o cara?

    Você diz que o cara usa xingamento de primário, mas xingou o sujeito o post inteiro disso, disso e daquilo. Se rebaixou ao nível dele e tal…
    Acho é que você se sentiu tão incomodado com o comentário, que criou o post num momento de raiva e saiu isso aí. Ou só quis trollar um sujeito que te adora|va.

    Volte a postar textos sobre suas aventuras na sex shop, sobre as coisas bizarras e curiosas que acontecem no seu dia-a-dia, novos gadgets, etc. É muito melhor. ^^

    *Não li o comentário do Raph4, nem o seu. Apenas dei uma olhadinha BEM por cima. Mas parece que já havia dito o bastante.

    Abraços.

  81. CCCC says:

    AHhuauhauha faz tempo que nao comento aqui, mas depois dessa…
    que mlk imbecil esse raph4! gordo babaca! ahahahha

    kid viado vai morrer de tanto recibo no cu!

  82. Fábio says:

    Só pode ter um motivo pelo qual o Raph4 se revoltou contra o Kid. Ele já deve ter tentado alguma vez devolver um dildo usado, não deve ter conseguido, leu a história que o Kid contou, se identificou com o cara usuário de dildo, e quando o Kid ownou o cara ele se sentou ownado.
    PS: ih, será que chamei o Raph4 de gay?
    PS2: LOLei muito com a síndrome de Syndrome que o elomarns citou…

  83. LioceLOT says:

    Não lembro onde eu parei mas deve estar no: Multi Kill!…

    mimimi essas briguinhas de twitter parece com aquelas de mIRC de anos atrás, só que lá tinha kill, kick, ban e eram muito mais engraçadas sem falar nos midi que tocava.

    Cadê os filhos da puta dos CCCC e seu fiel companheiro, não quero imitações intelectuais de bosta.

  84. Cynthia says:

    Bah, qdo eu li aquele comentario no outro post, sabia que isso ia acontecer…

  85. Flavio says:

    Quando eu vi os últimos prints eu lembrei de uma música do Eminem, Stan.
    aoaoeiuaeoiuaeio

    Ele era seu fã );

  86. Bebe Óleo says:

    DESCULPEM A INSISTÊNCIA,

    mas a revolta é grande, gostaria que o Izzy Nobre desse um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “apresentador” de TV que denigriu um BLOGUEIRO por conta de um post: rel="nofollow">

  87. Juca says:

    Foi falado o tempo todo em devolução, mas ninguém em nenhum momento falou em garantia.

    Se o cara comprou o notebook ou o vibrador pra enfiar no cu o problema é dele, mas se o negócio pifa, vocês se recusam a trocar por outro?

  88. Jean_CdZ says:

    Kid como sempre, um gênio.
    Estou trollando no Orkut, serious business.

  89. shekmoumou says:

    Aneim Kid, você ainda dá moral pra esse tipo de comentário!? Falar com uma porta dá na mesma.

  90. Darox says:

    Geralmente amor que vira ódio vem na mesma intensidade, assim foi-se John Lennon.Acho que ele não vai mais interagir com vc, hehehe.

  91. eumesmo says:

    Acho engraçado suas tretas internéticas, kibe, mas acho que vc exagerou com o fedelho…me deu um pouco de pena.

  92. Renan de Araujo says:

    @Ricardo Amaral

    Será que todo hater acha que o cara leva o blog à sério? >_> esse blog eu leio pra rir, é sobre a vida dele essa porra aqui, e ao mesmo tempo eu gosto da capacidade de argumentação ácida do cara. E eu num sei se vi no twitter mas o “macaco” diz que morar no brasil de novo: nunquinha; Isso pra mim quer dizer que ele mais que se adaptou, ele já não consegue sair de lá pra voltar; As viajems foram de presença em eventos da familia, só isso, o que tem haver com adaptação? Um cara que mora lá a mais de 5 anos? trollagem FAIL friend. 🙂 o mário rodopiando se aplica perfeitamente nesse comment.

  93. Bebum says:

    Kid,

    Não posto a muito tempo aqui, mas a sua conclusão não parece muito boa.

    Pelo que eu entendi, o cara tinha dito que aqui no Brasil não importa a natureza do produto para que o mesmo seja trocado quando apresente um defeito.

    Nesse ponto ele está absolutamente correto. Aqui no Brasil, a norma consumerista não faz qualquer distinção quando se refere à solução jurídica decorrente de vício ou fato do produto. Por esse motivo, se o produto tiver um defeito, independentemente de ser descartável ou um bem durável, ele deverá ser reparado pelo fornecedor em 30 dias.

    O fato de o produto ser “testado” na loja não afasta a possibilidade que o mesmo tenha um vício oculto de fabricação (v.g. depois de utilizar 2 vezes o aparelho para de funcionar). Nesses casos, embora o produto aparentemente esteja em ordem, ele revela posteriormente um vício que o torna imprestável para o fim que se destinava.

    O instituto do vício oculto é plenamente condizente com a função primordial dos contratos, qual seja, a satisfação de ambas as partes com a perfeita execução do avençado. Nesse sentido, não seria lícito ao vendedor frustrar o interesse do comprador, entregando um bem que deixa de funcionar muito antes da vida útil que dele se esperava.

    Dispor de forma diversa acarretaria na transferência do risco da atividade desempenhada pelo fornecedor ao consumidor que é a parte mais fraca da relação jurídica. Dentro dessa ótica, entende-se que as partes não poderiam acordar em suplantar o direito decorrente do vício do produto, visto que eventual cláusula nesse sentido seria nula dada a sua abusividade (v.g. política de não devolução de certos produtos).

    No que toca à prova de quem vendeu o produto e da origem do defeito (fabricação ou utilização indevida), o consumidor brasileiro, mais uma vez, possui uma grande vantagem. Aqui no Brasil, o juiz pode inverter o ônus da prova sempre que entender verossímil (plausível) a alegação formulada pelo consumidor. Desse modo, mesmo que o não haja prova cabal da venda (v.g. exibição de nota-fiscal ou recibo), poderá o suposto fornecedor vir a ser condenado.

    A possibilidade de condenação injusta pela inversão do ônus da prova também integra um dos riscos da atividade desenvolvida no mercado de consumo. A lógica desse raciocínio é a de que cabe ao fornecedor, e não ao consumidor, adotar medidas preventivas, objetivando evitar o perigo de não ser possível a comprovação sobre o fato probando.

    Se o fornecedor não toma a atitude necessária, deverá arcar com o risco daí decorrente.
    Não se pode olvidar, contudo, que essas medidas oneram a atividade produtiva, de maneira que sua adoção não se justificará em todos os casos. Por essa razão que apenas na realização de negócios de maior vulto o fornecedor se cercará de maiores precauções no momento de celebrar o contrato (v.g. venda de carros, remédios de uso controlado, apartamentos).

    Um bom exemplo dessas medidas preventivas é a adoção de número de série em cada produto vendido. Dessa forma, o fornecedor consegue provar através de registro quem foi o comprador, em que data ele vendeu, etc. Eu já vi isso acontecer com o meu CPU adquirido na Dell. Quando eles vendem, eles já colocam na nota fiscal o nome de quem comprou o produto e conseguem demonstrar a data de sua venda (produto é entregue mediante assinatura no recibo de entrega). O mesmo acontece com o XBOX 360 que já fica registrado na Microsoft o dia em que o produto saiu da loja de varejo.

    Como eu havia dito, a ponderação feita pelo Raph4 não estava de todo errada.
    Porém, devo admitir que o CDC aplicado no Brasil tem normas muito avançadas, que provavelmente não encontram semelhante no Canadá.

    Kid, você poderia me dar uma explicação, já que é um estudioso do ordenamento jurídico canadense….
    Existe no Canadá alguma lei que proteja o consumidor ou impera o princípio do pacta sunt servanda nas relações de consumo?

  94. Perdiga says:

    Kid, só por uma dúvida, o Raph4 tá postando com outros nomes e usando nomes inventados(até com sobrenome), não é?

  95. Kid says:

    “Nesse ponto ele está absolutamente correto. Aqui no Brasil…”

    E tudo dito a partir daí é irrelevante. Você leu o comentário do cara? Ou a minha resposta?

    A lógica dele é “aqui no Brasil a coisa deveria ser feita de forma diferente, LOGO, Kid não sabe nada sobre gestão de lojas!”.

    Recomendo que releia o texto.

    Aos que acharam que eu peguei pesado, nem peguei. Confiem em mim, após ver a foto do cara (e da mulher dele) e não ter feito UM comentário maldoso sobre a aparência deles -- uma cortesia que não é extendida a mim pelos meus desafetos…

  96. eric says:

    @Carolina

    Realmente, desnecessário.
    Se for fazer um post desse pra cada comentário idiota…

  97. eric says:

    @Renan de Araujo

    Viajems?

  98. Renan de araujo says:

    @Eric

    O sono provoja isso 🙂

    cagada de portugues ;/

  99. eumesmo says:

    @Kid
    Porra, agora tô curioso pra ver a tal foto dele e da mulher…

  100. Renandearaujo says:

    Depois de 2 vezes eu vou dormir mesmo, abs. espero que o champs lá se manifeste sobre esse post, I want more! 🙂

  101. workernetGB says:

    “não fui na sua casa mijar no seu cereal matinal. Se parei de te responder com a frequência de outrora, foi por desatenção, e não por malícia. Não precisa se expor ao ridículo pra ser notado.” Kid com suas respostas dá pra tirar uma dúzia de quotes mas essa foi o fatality^.^Crueldade?Nem tanto.

  102. Sauro says:

    Heh, a qualidade dos seus textos decaiu pra caralho.

  103. ilo says:

    judiciario brasileiro é triste, direito do consumidor no Brasil é uma merda, nem comento o troll.

  104. Zé Pila says:

    Pegou pesado o caralho,

    esse imbecil desse Raph4 não é mais criança, ele que aprenda a ser homem e parar de ficar pagando pau para aquele idiota do Kid, que é outro veadão enrustido.

    trollei uhul ^^

  105. Raph4, cadê você, vim aqui só pra te ler…

  106. Iron Gamer says:

    @Renan de Araujo

    O próprio Israel disse no Twitter que o país dele é o nordeste (Brasileiro).
    Achei perfeito o comentário do @Ricardo Amaral: Você pode tirar o macaco da selva mas não a selva do macaco.
    Por quê o comentário foi removido? Ele acertou em cheio?

  107. Jean Carlos says:

    Esse texto me remete a essa imagem:
    http://twitpic.com/o8ua7

  108. Bebe Óleo says:

    DESCULPEM A INSISTÊNCIA,

    mas a revolta é grande, gostaria que o Izzy Nobre desse um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “apresentador” de TV que denigriu um BLOGUEIRO por conta de um post: rel="nofollow">

  109. nosceteipsum says:

    fuuuuuuuuuu
    O Kid está aqui pra ser engraçado, não pra ser legal, ou qualquer tipo de exemplo de boa conduta.
    Procurem amigos de verdade e não façam as pessoas passarem por esse nível de vergonha alheia!

  110. L.G.B. Paiva says:

    Não é preciso muito longe para conhecer as políticas de devolução… tente devolver uma cueca na C&A ou Lojas Americanas… not gonna happen!

  111. Conrado says:

    FUCKIN OWNED! uahuaheuhaueh
    (mas mereceu)

  112. Junior says:

    Um post como nos velhos tempos. Muito bom.

  113. Ajax says:

    Depois de tanta encheção de saco, vi o vídeo do tal do Bebe Óleo aí…

    Puta que pariu, gordo escroto Oo

    BTW
    Raph4 Kidowned 😛

  114. mms says:

    [i]Aos que acharam que eu peguei pesado, nem peguei. Confiem em mim, após ver a foto do cara (e da mulher dele) e não ter feito UM comentário maldoso sobre a aparência deles – uma cortesia que não é extendida a mim pelos meus desafetos…[/i]

    A gente te chama de gordo mas te ama kid

  115. Knux says:

    tem uns errinhos de gramática e ortografia espalhados aí pelo texto.

    tá facilitando pro rapaz.

  116. Bebe Óleo says:

    DESCULPEM A INSISTÊNCIA,

    mas a revolta é grande, gostaria que o KID desse um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “apresentador” de TV que denigriu um BLOGUEIRO por conta de um post: rel="nofollow">

  117. Tiago says:

    Só um comentário:

    Bota a égua na tela aí!!!!

  118. Gabriel says:

    Ok, o post quote-humilhação foi divertido pra cacete, mas precisava ter falado tanta merda pro cara pessoalmente? Era melhor continuar ignorando 😛

  119. R says:

    Flavio:

    Quando eu vi os últimos prints eu lembrei de uma música do Eminem, Stan.

    Putz, pensei a mesma coisa aqui

  120. anon says:

    Não sei de qual rir mais, kid se importando com alguém falando merda, ou do pessoal que ficou de mimimi por isso
    http://filebox.me/view/yt5kw3549

  121. Francisco says:

    Porra velho!
    Parem de comparar produtos comuns com Produtos de USO ÍNTIMO, todo mundo sabe aqui que cuecas/calcinhas não podem ser devolvidas, quanto mais um vibrador.

  122. Sly says:

    “Disscussões na internet são como as paraolimpiadas: Você pode ganhar, mas continua sendo deficiente.”
    :B

  123. Diones Reis says:

    Tanta discussão e gasto de energia por conta de um consolo a pilha, modelo Bolsa-Familia.
    Se fosse por buceta até entendia.
    Como eu me divirto com isto. 😀

    @Sly
    Hilário seu comentário, uma pérola do humor negro. 😀

  124. Iron Gamer says:

    @anon onde ocorreu essa briga da imagem?

  125. debem says:

    Eita, é só aparecer um post desse tipo e chove paga pau nos comentários ¬¬

  126. debem says:

    rel="nofollow">

    euri pqp, o cara fala com uma macheza incrivel kkkkk

  127. Sirius says:

    Porra, ver esse tipo de “trollagem” do Kid ao longo dos anos é bem cansativo, porque é sempre o mesmo esquema.

    O pior de é que o pessoal dá motivo.

  128. Bebe Óleo says:

    DESCULPEM A INSISTÊNCIA,

    mas a revolta é grande, gostaria que o KID desse um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “apresentador” de TV que denigriu um BLOGUEIRO por conta de um post: rel="nofollow">

  129. UzziMax says:

    Tenho que concordar com o Bebe Óleo, esse vídeo merece um post:

    rel="nofollow">

  130. Bona says:

    kiiiid! Manda um beijo pra mim no próximo post vai! tbm to carente.

  131. Adorei o texto, que tem todo o bom e velho estilo Israel Nobre de ser, com ownagem garantida e etcéteras, e estou vindo aqui vezes e mais vezes e esquecendo de comentar, por motivos diferentes(e comentários diferentes em mente, também).

    Então, antes que eu me esqueça… o que aconteceu com o Ricardo Amaral? Desde quando vossa senhoria deleta comentários, senhor Kid? Isso definitivamente não faz seu estilo…

    Sem mais, veja se escreve com mais frequência(hah, olha o sujo falando do mal lavado! XD) e, de preferência, sem reposts.

    Té mais, rapaiz.

    PS.: Que figura é esse Bebe Óleo, meodeos…

  132. Bebe Óleo says:

    Cadeia pra esse cara: rel="nofollow">

  133. Juvenal says:

    Você anda muito nervoso, ta precisando de um dildo pra aliviar toda essa sua tensão. 😛

  134. Afonsolas says:

    DESCULPEM A INSISTÊNCIA,

    mas a revolta é grande, gostaria que o Izzy Nobre desse um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “Baba Óleo” que denigriu um evangelico por conta de um programa de tv: http://www.youtube.com/dontwatch?v=vW8SCq_F2lc

  135. Afonsolas says:

    Mal ae, nada contra, nem a favor dos evangelicos, (nem vi o link), so queria zoar o spammer ae.

  136. FFVentura says:

    Eu vi o vídeo sim do Bebe Óleo (nick estranho do caralho…) e achei repugnante mesmo o gorducho do programa de TV. Uma crítica bem construída do blogueiro e o cara esculhamba com ele de toda forma. Pra quem não viu:

    http://www.youtube.com/dontwatch?v=vW8SCq_F2lc

  137. @GustavoPereira says:

    Ia falar isso: mas esse Raph4 não pagava seu pau nos teus textos, na tua conta do youtube, postava comentário em toda foto sua, adotava seus neologismos internético como um bom seguidor?”

  138. B41T says:

    kkkkk…. afe q troxa esse RAPH4

  139. sebastiao neto says:

    Nem li todos os comentários, é capaz de alguem já ter escrito o que vou escrever.

    O CDC brasileiro isenta a troca de produtos intimos sim. É só entrar em qualquer loja um pouco mais séria que venda roupas pra ver a seguinte mensagem: Não efetuamos trocas de roupas íntimas de acordo com a legislação XX (depois me informo qual é)

    Vibradores devem entrar(sem trocadilho) na mesma categoria

  140. Vinicius Netto says:

    No mas, o cara e um completo imbecil carente de atenção e que achou uma “brecha” para falar as asneiras mais bizarras possiveis

  141. Goulart says:

    WTB more trolls!

  142. Felipe says:

    Não precisa ir longe não. Eu acho muito difícil que ATÉ COM NOTA alguém consiga devolver uma calcinha ou cueca. O CDC até proteje, mas as lojas ignoram. E até parece que alguém vai entrar na justiça pra poder devolver uma calcinha. É insano.
    Já que o infeliz do Raph4 acha que é simples, va numa sexshop BRASILEIRA, compre um consolo, enfie no CU e tente devolver… Mesmo que você tenha nota, dificilmente vai conseguir fazer a devolução sem entrar na justiça.

  143. Felipe says:

    Acabei de ler o resto dos comentários e vi que o CDC brasileiro ISENTA a troca de produtos íntimos (tks pela info, Sebastião Neto).
    Ou seja… todo o “mimimi” do energúmeno do Raph4 foi por terra agora.

  144. Thi says:

    Esse cara é bom e manja tudo sobre a relação Vendedor/Cliente, devia faser uma facul de ADM e abrir a sua própria empresa pra faturar milhões aproveitando desse dom especial que deus deu para ele.

  145. Marsson says:

    “Como não podemos oferecer direito de troca, todo brinquedo é testado antes da transação ser executada” Mesmo com a explicação posterior, essa frase me deu medo!!

  146. Eduardo says:

    e esse é o Kid das antigas.bem-vindo de volta, sentimos saudades.

  147. rafao says:

    Que infelicidade! Fã de um blogueiro e dono de um sex shop, sei lá o que você é.

  148. Mau says:

    “contravenção higiênica” ótimo! hahaha

  149. Aranha says:

    Ei kid, ja viu esse joguinho escroto? Viciante demais PQP!!!! Talvez mereça até um post. Já que agora tu deu pra fazer post até sobre mimimi…

    ROBOT unicorn ATTACK

    http://games.adultswim.com/robot-unicorn-attack-twitchy-online-game.html

  150. Raph4 says:

    Kid você é um viado enrustido!!!

  151. ChaosWarrior says:

    ^kkk…cada coisa nessa interwebs! Orkutização até aqui!
    Lamentável!

  152. Jhonsl says:

    Axo q só não foi dada a atenção devida à parte “Que bacana Israel. Já sabia que você não entendia nada de gestão. Agora vejo que sabe menos.”… putzzz saber menos q nada é ótimo!!! este kra se superou em kda frase q tentava escrever!!!

  153. Gabizitcha says:

    Uau. Só tenho issa a dizer, minhas risadas nunca seriam suficientes.

  154. marcus says:

    essa conversa de vibrador me lembrou foi essa parada aqui: rel="nofollow">

  155. anon says:

    @Iron Gamer
    No 55chan

  156. BGF says:

    “Este site é inteiramente humorístico. Nem eu mesmo levo esta porra a sério, portanto não há motivo pra você o levar.”

    Achei meio over pra um site de humor.

    O cara perdeu a chance de não falar bobagem e vc perdeu a mão ao execrar o cara.

    Menos high heels Izzy. Vc é um cara bacana, escreve coisas bacanas e tem conteúdo, mas essa sua mania de provar por A + B que vc está certo é a coisa mais chata desse site, blog, etc. Soa meio “sou foda, sim sou”.

    Um monte de gente aqui gosta de você e provavelmente o tal do Raph tb gosta (ou gostava, depois deste post) pq lê suas paradas.

    De boa.

  157. Armando says:

    Kid, vamos fazer o favor de postar mais?
    Vc me viciou no blog, e agora eu estou tendo uma crise de abstinência com um post por semana. Sem contar quando eh repetido…

  158. Lorrene says:

    Trollagem leve (o kid pode pegar bem mais pesado que isso) e divertida. Ainda bem que voltou a trollar.

  159. Lennon says:

    sempre quis ser alvo de um post desses…
    mas requer muito esforço,
    hj em dia nos temos a comunidade da ufmg no orkut pra providenciar esse tipo de diversão
    pelo menos tinhamos, acabei de ser banido:(

  160. Bier says:

    HAHAHAHA!
    Cara, nunca tinah lido uma argumentação tão infeliz a respeito da legislação brasileira. Aquele cara tava maluco. Não pode ser sério. Não pode!

  161. Eu says:

    Que merda de texto.

    Tu fala mal das analogias do cara mas responde com analogias piores ou tão piores quanto as dele

  162. Tche says:

    Kid ficou putinho com o comentário do Raph4.

  163. sebastiao neto says:

    pra encerrar se ainda houver dúvidas:

    “Exceções existem à regra da troca imotivada de produtos em que o fornecedor não é obrigado a efetuar a troca. Exemplos são os vestuários com sinais de uso, roupas íntimas, produto danificado pelo consumidor, os bens considerados personalíssimos, como uma camiseta com estampa personalizada. ”

    fonte -- http://jus2.uol.com.br/doutrina/texto.asp?id=9891

    Ou seja, mesmo se fosse no Brasil, a troca não poderia ser efetuada

  164. Thales says:

    @marcus

    Nem lembra, cara, meus excelentíssimos colegas estão brincando com um desses há 3 dias -- tenho medo do que fazem com isso -- e contando.

  165. Vitorsemc says:

    Ah izzy, de boa. Você tinha todo o direito de responder o comentário do cara… mas começar a denegrir a imagem do rapaz foi gratuito e muito desnecessário.

    Cada um tem direito a uma opinião. Não precisa também esculachar o cara como você fez. A maneira como ele te faltou com respeito, sequer faz par com a maneira que você ofendeu o rapaz… pega leve também, porra.

    Nada a ver começar a botar na rua o histórico do cara e cia. Defenda seu argumento invalidando o dele. Manchar a imagem do cara sem o menor relacionamento com o que ele falou, foi puramente babaca… você deve ser melhor que isso.

  166. thales says:

    E gostaram da insinuação que eu apenas “SUPOSTAMENTE” não coloquei o MacBook no cu? Chamar o interlocutor de gay é uma retórica que apesar de vir do primário, jamais perdeu a força. Old but gold!

    que absurdo! enfiar coisas no cu é exclusividade dos homossexuais? 🙁

  167. Trovalds says:

    Ele conseguiu, meo deos! Tem um post no HBD só pra ele!

    Porra, quide! Exercita sua criatividade com posts mais úteis. Pra que dar audiência pro kra ser trollado? Ele vai conseguir os 15 minutos dele agora.

    “Falem mal mas falem de mim…”

    PS: olha, tô te seguindo! Se vc não responder a mim vou fazer um comentário idiota tbém pra ganhar um post! [/ironia] hahahauahhauahahauahahha

  168. Gabriel Padilh says:

    Sei lá, só comentei pra rir do último comentário, PUTA QUE PARIU HUAHUAHUA

  169. Tiago Mesquita says:

    Ler esse post foi uma perda de tempo na minha vida.

  170. Kid says:

    Nossa, o Canadá deve ser um saco pra você perder tanto tempo aqui ao invés de aproveitar a vida aí.

  171. Cogumelo says:

    Eu gostava de ler seu blog, mas depois que você ficou putinho com o comentário do cara e ficou desesperado pra tentar ofendê-lo, sinceramente, fiquei com preguiça. Você já foi muito melhor que isso. Tchau.

  172. felipe says:

    Engraçado, postei um comentário criticando (sem grosserias) seu post, deixando meu twitter mas não meu e-mail (pq não quis deixar meu e-mail para alguém tão covarde que dedica posts pra ofender os próprios fãs quando estes têm outra opinião), e vc censurou.
    Em seguida, postei um outro elogiando mas sem e-mail, e esse, está bonitinho lá em cima.
    Moral da história: as regras do seu fórum não tem por objetivo evitar críticas anônimas (pq eu tinha deixado twitter), e sim ter motivos para censurar críticas.
    bom, ta aí meu e-mail, vamos ver se vc cria um novo post com argumentos tão frágeis e bobos pra me retaliar, também.

  173. felipe says:

    O Raph4 a) falou sobre direito brasileiro para um caso no canadá b) em outro momento, comparou imóveis com vibradores.
    Esses dois argumentos são perfeitamente válidos. em a) na falta de conhecimentos sobre o direito canadense, falou, por equidade, do direito brasileiro, deixando bem claro um disclaimer de que não o conhecia. isso quer dizer que ele vai chegar à verdade absoluta? NÃO, mas não acho que pra dar uma opinião num suposto blog de humor vc precisa de um MBA em direito canadense. em b), óbvio que imóveis e vibradores são coisas diferentes, mas comparações são justamente entre coisas diferentes, e rechaçar uma analogia simplesmente pq é entre coisas diferentes, isso sim é falacioso.
    Outra coisa falaciosa se chama “ad hominem”, que consiste em atacar a pessoa em vez de seus argumentos, chamando-a de burra, boba, gorda e feia.
    Sem falar em, no final, completamente sem fundamentos, querer ridicularizá-lo por ser fã, e estar postando críticas pq não recebe atenção. eu, heim.
    Não estou entrando no mérito de se o vibrador pode ou não ser devolvido; (o que aliás, como demonstram os sucessivos comentários aqui, não é um no-brainer) apenas demonstrando que os argumentos do Raph4 não tiveram nada de mais que justificasse esse chilique todo (cuja verdadeira justificativa, acredito, seja insegurança quanto a críticas), e que essa suposta “zoada de comentarista imbecil” agregou níveis muito superiores de imbecilidade.

  174. Bebe Óleo says:

    DESCULPEM A INSISTÊNCIA,

    mas a revolta é grande, gostaria que o KID desse um FATALITY nesse escroto de ser humano que é esse “apresentador” de TV que denigriu um BLOGUEIRO por conta de um post: rel="nofollow"> .

  175. André says:

    FLAME WAR! Fazia tempo que eu nao via um post desses aqui.

  176. André says:

    Esse video que postaram ai do programa policial… Isso é armado. Hahahaha.

  177. Tama says:

    Pô, eu nao sou fã de longa data, mas já li muito do q vc escreve pq gosto do seu estilo, não me canso com seus textos por mais longos q sejam, admiro seu humor e, normalmente, suas ironias… virei fã, mais ou menos.
    Mas alguns em alguns textos, como esse, vc parece agreessivo ao extremo, desnecessariamente…
    Enquanto vc só derrubava os argumentos dele, axei ácido, mas vá lá… agora quando vc ataca o cara diretamente, ainda zomba por ser ‘um ex-fã carente’, ou coisa assim, aí não foi legal…
    Quando vc é ácido demais, bruto demais, é feio, não maneiro, cara. Já tinha falado nos comentários, blz, precisava de um tópico todo só p zoar o cara???

  178. fabio says:

    Resumindo,

    Todo mundo achou que o kid foi infantil e desnecessário. Além de apapar os posts que ele nao gosta, como já fez com dezenas de meus. Covarde…

  179. Giovanna says:

    esta nova seção me deixa hesitante em comentar. vai que dou um fora HEUAHEUAHU

    belo post.

  180. “Gostinho de ‘quero mais’.”
    Disse tudo…
    Eu quero mais hehehe
    Esse cara já postou de novo? Eu que num vou procura nesses 200 comentários hehehe

    Abraçss
    PS: Não tem como alterar esse modelo de comentário não? Colocar 2 ou 3 colunas =P

  181. ChaosWarrior says:

    Acho q tem gente e ñ entende o conceito por traz de um Troll.
    Muito newfag!

  182. Decox says:

    Cara, vc poderia encurtar o seu sentimento, pelo indivíduo citado, na internet niguém tem tempo pra lêr tanta coisa.

  183. RBC says:

    Decepcionante.

  184. Fábio says:

    @marcus
    PQP, ri litros…
    Vou ter que dar um ovo de páscoa Batom pro Raph4 de presente.

  185. @GustavoPereira says:

    O RAPH4 errou em 2 momentos.

    Falar merda de um post de humor. Deixa a loja não trocar a porra do dildo. Acho que isso foi um problema que o raph4 teve e não quer que ninguém passe.

    e o segundo erro é ficar enchendo o saco para ser amiguinho do Izzy. Puta coisa de viadinho viu. Aff! Leia o blog, veja os vídeos e pronto. FIM.

  186. Vinícius Tümmler says:

    _

    Galera curte malhar o Judas também, não?
    Lembrem-se, haters tupiniquins, vocês, em maioria, residem no Brasil.

    Take it izzy, digo, easy.

    Ah, sim.. KIDOWNED

    (final countdown para o suicídio do pobre rapaz)

  187. Daniel Laguna says:

    Analisando este texto, o “Raph4” tem toda a razão, cara. Pelo menos aqui no Brasil, os produtos têm que ter -- obrigatoriamente -- uma garantia mínima de 15 dias (produtos consumiveis, acho que é assim que se chamam) à 90 dias (produtos que o uso não afeta a integridade). E achei muita mancada dizer que o cara é carente, puxa-saco, essas coisas. Afinal, ele acompanha você, de uma maneira ou de outra. Você exagerou. Não me leve a mal. hehe.

  188. Nome (required) says:

    meu filho.. vai tomar no cu
    ficar postando briguinha de gord nerd virgem…

    se mata ow almondega
    come q um fdp desse passa o ano caquiando bosta?? so vegetando merda

    gorda infliz, enfia essa porra no cu e se mata!

  189. Nome (required) says:

    negocio tipico de obeso mongol carent de atençao..

  190. Jesus says:

    Izzy ele só quer amorzinho :3

  191. Ajax says:

    @Daniel Laguna

    Ah cara, acompanhar não é justificativa. Eu leio o blog desde 2006, acompanho todos os posts, fazia parte do extinto forum e etc e nem por isso eu fico perturbando o cara ou chamando atenção dele pra falar groselha.

    Ele tem sérios problemas, precisa de atenção, isso é fato.

  192. Paulo says:

    Acho engraçado esse tipo de discussão. Moro há alguns anos no Canadá, e acho um verdadeiro paraíso a política de devolução das lojas daqui. No Brasil já tive que enfrentar filas muito longas no Procon pra um produto defeituoso, mesmo que a lei me desse o direito de fazer isso na loja. Quero voltar a morar no Brasil, mas com certeza vou sentir muita falta disso.

    Agora, gerar toda esse discussão por causa de um produto que é literalmente enfiado no cú (e no Canadá nenhum produto íntimo pode ser trocado em nenhuma loja diga-se de passagem), e ainda comparar com os fatos do Brasil, foi completamente inútil.

    Eu só sugiro ao cara dos comentários que compre um vibrador, abra a embalagem, e vá tentar trocar sem a nota. Depois compartilhe com a gente a sua experiência.

  193. Cabelo says:

    “RECEBA AGORA MARIOLA DA PETECA…”

  194. Alisson says:

    PELO AMOR DE DEUS, LEIAM OS COMENTARIOS ANTES DE POSTAR PORCARIAS…
    “sebastiao neto:

    pra encerrar se ainda houver dúvidas:

    “Exceções existem à regra da troca imotivada de produtos em que o fornecedor não é obrigado a efetuar a troca. Exemplos são os vestuários com sinais de uso, roupas íntimas, produto danificado pelo consumidor, os bens considerados personalíssimos, como uma camiseta com estampa personalizada. ”

    fonte – http://jus2.uol.com.br/doutrina/texto.asp?id=9891

    Ou seja, mesmo se fosse no Brasil, a troca não poderia ser efetuada”

    entenderam agora???
    ¬¬º

  195. Anderson says:

    Krai…se era atenção que o cara queria,ele conseguil!

  196. Fernanda says:

    Adorei!
    Gostei do modo como você expressa seu pensamento. E juro, ia parar de ler quando vi que ele comparou um vibrador com um apartamento, mas como achei interessante o post, continuei até o fim.

  197. xiska says:

    Kid, vc é um lixo. #fazumpostpramimplzzzz

    hkihihi

  198. Pedro says:

    Graça? Cadê a Graça? Alguém viu ela por aí?

  199. Graça says:

    To aki agora. #fazumpostpramimplzzzz

  200. Graço says:

    Tava atrás de ti faz tempo

  201. “Todo mundo achou que o kid foi infantil e desnecessário. Além de apapar os posts que ele nao gosta, como já fez com dezenas de meus. Covarde…”

    Faz assim, você fala por você e a gente fala pela gente, belez, fabio? ;D

  202. Cynthia says:

    Cheeeeega dessa chatice; faz um HBDTV ai, Izzy.

  203. . says:

    Não entendo do que o pessoal tanto reclama, eu particularmente sentia falta do Izzy fazendo post trollando as pessoas rs

  204. Rudá says:

    Izzy acho que vc pegou pesado com o menino 🙁
    Mas pelo menos ele conseguiu a atenção, não extamento do jeito
    que queria mas já é um começo.

    Abrss

  205. Daniel Laguna says:

    @Ajax

    Compreendo o seu ponto de vista, mas se o cara cria uma página na internet onde ele descreve contos, interage com as pessoas que acessam e etc, deve estar sujeito a esse tipo de coisa . Achei extremamente infantil tal atitude . Se eu não tivesse lido muitos outros posts do Israel, poderia dizer que ele é uma pessoa descomprometida com a vida e completamente ignorante, o que na verdade, não é… apenas agiu assim dessa vez.

  206. negão says:

    involvam é foda…..

  207. Bebe Óleo says:

    Pois é… o vídeo que insistentemente postei aqui, acabou de sair trechos no TOP FIVE do CQC. Link pra quem nao viu:

    rel="nofollow">

  208. Patrícia says:

    Meu velho toma cuidado com esse maluco, você já assistiu o filme The fan (Estranha Obsessão) com o De Niro, ele já pode ter entrado na tua loja e você nem se ligou quem era(hahaha). Agora sem sacanagem, pergunte a esse mesmo sujeito se ele compraria o ‘dildo’ devolvido(usado e sem esterilizar, mas na caixa) pra uso próprio ou para a namorada dele, sei lá. Você deu audiência demais pra esse cara.

  209. seboso says:

    acho que esse post foi combinado so pro izzy ter mais comentarios pra trollar daqui pra frente 😀

  210. Raph4 says:

    Seus argumentos são falhos. Me divirto mais falando com uma porta do que com você. Você me dá pena, seu mongol. Fez esse texto todo aí só pra mim e eu não tô nem aí pra você.

    Divirta-se morrendo pobre, gordo e satisfeito, babaca. 🙁

  211. Bichinha Faceira says:

    Se o comentário acima é mesmo do Raph4, é hilário. Especialmente pq o Raph4 é BEM MAIS GORDO que o Kid HEHE. E bem mais careca também!

  212. Ajax says:

    @Daniel Laguna

    Bom, isso é verdade, mas do mesmo modo que quem acompanha os textos a mais tempo sabe que o Kid não é infantil e ignorante e tals, sabe também que ele tinha por esporte trollar pessoas, e pelo menos falando por mim, eu curtia pra caralho esse tipo de texto 😛

    Concordo que à primeira vista possa parecer infantil esse tipo de postagem, porém, ao meu ver, foi mais um resgate às raizes do HBD(meio saudosista isso, mas é a verdade), da época que muita gente daqui começou a curtir os textos e acompanhar o blog.

  213. Preco says:

    Sério, era pra tudo isso mesmo?

    Num mundo mais simples, seria assim:

    Izzy: Vieram trocar um dildo, eu não troquei. Hahahahaha.
    Raph4: Acho que deveria ter trocado.
    Izzy: Hm. Não.
    Raph4: Ok.

    Pronto. Daria menos audiência, claro; não apareceria no Bobalinks, mas sei lá.

  214. Doctoragain says:

    O seu gordo seu twitpic adernou e sucumbiu então to avisando e posta coisa engraça ai pra nois ri falow maloks?

  215. says:

    “Raph4:

    Seus argumentos são falhos. Me divirto mais falando com uma porta do que com você. Você me dá pena, seu mongol. Fez esse texto todo aí só pra mim e eu não tô nem aí pra você.

    Divirta-se morrendo pobre, gordo e satisfeito, babaca. :(”

    OMG, o cara toma um fatality lindo e diz que “os argumentos são falhos”. Já se colocou no lugar de nosso “amigo” Izzy? Pense, se você trabalhasse numa sex-shóp e, num belo dia, chegasse um cara com um VIBRADOR USADO, FORA DA EMBALAGEM ORIGINAL, E SEM NOTA FISCAL, sem contar que tal sex-shop não aceita devoluções, você aceitaria o produto de volta? Pense.
    Ah, e a comparação do vibrador com um imóvel que foi um “argumento falho”.

  216. Nome (required) says:

    … compra 2 dildo
    enfia no cu e ta td certo

    obesos repugnantes

  217. Luhh says:

    Whatever. Trollagens são engraçadas e eu ri do post.

  218. Ralph4 says:

    Sem comentarios

  219. Douglas says:

    Concordo com BGF.
    Deu muita bola pro cara e perdeu toda a graça da Trollagem.

  220. jerry says:

    que porcaria. insultos gratuitos, mal-feitos e sem classe. vou ali apertar o x e eliminar esse blog do meu histórico.

  221. Renato says:

    Tá rendendo esse post hein!
    Tomou proporções maiores do que merece.

    Agora, lets move on! NEXT!

  222. Rafael says:

    É só no meu PC mesmo ou não da pra ver mais os TwitPics?

  223. Wagner says:

    É por isso que sou um dos críticos da MALDITA INCLUSÃO DIGITAL.
    A discussão é patética para ambos lados, mas pior ainda para o Israel que empobrece seu blog com esses tipos de POST.
    Mesmo que politicamente incorreto, cito uma frase da Internetz: “Discutir na internet é igual competir nas olimpíadas especiais, mesmo que você ganhe, continuará sendo um RETARDADO.”

    Me considero um Flammer, mas nem por isso saio por ae me vangloriando de Ownar alguém, ainda mais um cliente. Seja breve e objetivo, e deixe ele chorar suas pitangas com a gerência.

    Em tempo, gosto do conteúdo do blog e principalmente dos primeiros Videos, mas ultimamente tem caído muito de qualidade. O Israel deveria rever aonde quer levar o mesmo pq poderá tornar algo diferente e criativo em totalmente inútil.

    Saudações Wagner.

  224. Alexandre says:

    Muito bom o texto, a não ser pelo fato de ser uma resposta um pouco longa a alguém que comparou a compra de um imóvel com a de um dildo. Mas não tiro razão, já que gastei um bom tempo com alguns imbecis no post sobre defensores de pedófilos.
    Acho também que aquele argumento não é non sequitur, que seria um falácia formal, mas simplesmente a extensão da incidência do seu argumento para uma hipótese que não se queria abrangida -- no caso imóveis. Tá mais pra uma falácia objetiva, material.

  225. felipe(CCCC) says:

    vai parar de picuínha com blogueiro(?) menores e vai posta alguma coisa seu vagabundo do inferno

  226. Alexandre says:

    Aliás, me dei ao trabalho de ler alguns comentários, e este me chamou a atenção:

    felipe
    “[…] b), óbvio que imóveis e vibradores são coisas diferentes, mas comparações são justamente entre coisas diferentes, e rechaçar uma analogia simplesmente pq é entre coisas diferentes, isso sim é falacioso. […]”

    Chamou minha atenção pela sua graciosidade sofística. É óbvio que a analogia ocorre intrinsecamente entre coisas distintas. Acontece que o posicionamento do Kid foi em relação à diferença de tratamento jurídico dos objetos, e não entre os objetos em si. O seu argumento que é falacioso, por subverter o sentido das premissas do interlocutor. Mas foi um argumento engraçado em sua ingenuidade/malandragem, e por isso o parabenizo, apesar de só ter esse efeito cômico.

  227. Dennis says:

    se dar trabalho de debater por causa dum vacilo desses vindo de um cara que só sabemos o nick?? fala sério… A única coisa legal nesse post foi a perseverança do bebe óleo.

    acho q vc tem assuntos mais legais pra comentar.

  228. jerry says:

    na verdade, Alexandre, -e te odeio por me fazer ler de novo um trecho lá de cima- o argumento principal foi “LOL comparação de imóveis com vibradores, que coisa esdrúxula”. Sim, pertencem a categorias distintas perante a lei. Mas… e daí? Para inviabilizar a comparação seria necessário demonstrar porque ela não pode ser efetuada, e não chamar atençao para o fato de que há uma diferença, como o Kid, e vc, fizeram.
    Já q estamos brincando de falácia, a maior falácia é dos leitores que gostaram desse post simplesmente pq são puxas-sacos 🙂 (note que a oração anterior foi restritiva, e não adjetiva)
    Esta é uma falácia tão bem-construída que engana a si próprio, que pensa que um monte de bobagens faz sentido pq está escrito numa fonte -- um BLOG- à qual atribue credibilidade.

  229. Alexandre says:

    Jerry, agradeço-lhe por reforçar minha objeção ao post do felipe, já que segundo seu comentário o argumento de fato do Kid não foi “não podem ser objeto de analogia pois são coisas distintas entre si”.

    Sinto que você não se deu conta do que acabou de escrever. “Têm tratamento jurídico diferente, e daí?”. Você tá falando sério mesmo? Como eu suponho que sim, dada a ignorância que é evidente, vou responder: A troca é um instituto jurídico, portanto o objeto da troca é observado à luz de sua categoria dentro do direito. Na forma mais genérica, um apartamento é um bem imóvel, e o dildo um bem móvel -- que aliás, dentro de uma relação de consumo já possui uma previsão mais específica. Se o que está sendo discutido é a política de troca, como é que a diferença de tratamento jurídico de cada objeto poderia não ser fundamental e determinante na discussão?

    Quanto à última proposição, permita-me discordar, eis que não vi ninguém dizer “Seu post foi bom porque foi você quem escreveu”.

  230. MAL´S says:

    kkkkkkkkkkkkkkkkk

    o mundo ta repleto de idiotas =C

    PUTA QUE PARIU, AGENTE ESTUDA 5 ANOS DE DIREITO E O CARA DA UMA DESSA, FALANDO ESSAS MERDAS, TEM MAIS QUE ACABA COM ELE MESMO,POSTA MAIS COMENTARIOS DE LOVE AI KKKKKK

    !!!!!!FORA RAPH4 OTÁRIO!!!!!!

  231. jvcosmo says:

    Pega o endereço do animal, passa pro dono do vibrador usado e deixa eles serem felizes.

  232. alpha says:

    isso foi “uma voadora no pé da goela!”

    HAuHAuhUAhUAH

  233. Thiago says:

    Veja pelo lado bom tio Kid. Se alguem for te dar um chute no seu saco, a cabeca do Raph4 sera a unica que levara o impacto. kkkkkkkkkk

  234. Flavio says:

    Sobre o MacBook:
    “O aparelho não é de uso sexual e íntimo e sua devolução não implica uma grotesca e repulsiva contravenção higiênica”

    Sei… sei… sua mão conta heim!? :rolleyes:

  235. ESerra says:

    ” […] PUTA QUE PARIU, AGENTE ESTUDA 5 ANOS DE DIREITO […]” (MAL´S)

    Estuda 5 anos e não sabe a diferença entre “agente” e “a gente”, que ótimo advogado você será…

    No caso em questão, alguém ganhou alguma coisa com essa discussão toda? Acho que não.

  236. kozima says:

    só tenho 1 coisa a dizer:

    FLAWLESS VICTORY!!!

  237. Bebe Óleo says:

    OBRIGADO, Dennis.

    Bem, agora, lendo mais comentários, acho que o vídeo que exaustivamente postei, caberia aki como exemplo melhor desse post:

    rel="nofollow">

    O gordão seria o Kid e o blogueiro o Rhap4

  238. Adriano Leal says:

    Muito bom! Vi seu blog a primeira vez no ano passado, fiquei sem tempo e nem lembrei mais de acessar.

    Reencontrei o HBDia agora pouco e resolvi comentar, muito massa o jeito que você consegue se expressar, assisti alguns vídeos do HBD TV e também achei bacana, enfim…

    Abraço

  239. Eu says:

    Ok,o cara tava errado,mas precisava mesmo
    criar um post INTEIRO só pra zuar com o cara? XD

  240. MAL'S says:

    meu caro amigo ~ESerra~ vc deve ser tao retardado quanto seu amigo ~Raph4~.

    e eu nao estou te pedindo emprego, entao fica na sua, ta.

  241. Bier says:

    Os comentários me divertem…

  242. ESerra says:

    @MAL’S, só quis mostrar (e você serviu muito bem para isso) quão ridículo é alguém querer pagar pau de estudante de direito, sem ao menos saber a diferença entre “agente” e “a gente”, mas tudo bem, hoje em dia, no Brasil, qualquer idiota semi-analfabeto faz direito, já que faculdade de fundo de quintal é o que não falta.

  243. […] Retardados -- a melhor revolução internética [ver] […]

  244. Nuno says:

    Sinceramente, não sei quem está certo em mais este bate boca internético. Mas uma coisa eu aprendi nesta vida: não se discute com a pessoa que segura o microfone.

  245. BragaMatta says:

    Trooooooooooooooolllll!!!!
    hahahahahaha

  246. i4nd says:

    Trolou pesado

  247. Lana says:

    Trolada desnecessária. Podia só ter refutado os argumentos do cara com ironia, já seria um megaowned por sí só e você ainda sairia por cima.

    Sei lá, sair xingando o cara, mostrando histórico e tudo mais foi exagero e eu penso que quando se parte para ofensa pessoal forte no meio de uma discussão é porque os argumentos racionais acabaram.

  248. vitor says:

    cara, foda-se sua vida de merda , seus clientes de merda , tudo isso não passa de uma pura bobagem que acontece na vida de todo mundo, mas como vc , seu gordo patético e comum sabe construir um personagem. Realmente na leitura do seu texo nos faz imaginar o cara do outro lado escrevendo o comentario.

  249. lbomfa says:

    Ahhh… E como sempre, ofensas incivilizadas como sempre.

    AMEI!

  250. Josimar says:

    Sincronicidade. Só pode ser. O cara comprou um vibrador numa dessas lojas da Av. 23 de Maio (São Paulo) e a tampinha que segura as pilhas veio com defeito. Foi lá trocar e tomou um imenso NÃO na fuça!

  251. @ChayMuquim says:

    euri

    A internet é um reduto de gente carente.
    Gente pedante é foda.

  252. Marshe says:

    Que merda iuasoiuroiauroiu

    Mas cara, talvez ele postou apenas querendo trollar, por isso nem revisou o texto, sei lá.

    Deve ter postado -- com raiva -- e com a intenção de trollar para ver se chamava atenção.

    Ou ele tentou tecer um comentário sério e acabou falando besteira.

  253. Marshe says:

    Testing shit.

  254. cu says:

    Trolled Hard

  255. @ChayMuquim says:

    Sinceramente, não sei como o rapaz tem a coragem de defender o cliente que quis trocar um vibrador.
    Eu JAMAIS compraria numa loja se eu soubesse que a mesma faz troca de produtos de uso íntimo! o.O
    PQP, que nojento!

  256. Hawk says:

    Nossa, isso sim foi uma desconstrução bem feita.

    Flawless Victory total.

    Post mais textos assim Kid.

  257. Gus L. says:

    Fique ligado no noticiário pra ver se não dá notícia de 1 suicídida, provavelmente não leras mas achei que você poderia ter resumido mais, foi forçado em alguns pontos e eu só fui entender porque de tanto esculácho no fim do post, tirando este, realmente seus posts são ótimos, adoro suas histórias e o jeito que as conta 😀

  258. Spartan1590 says:

    Ótimo post, não tinha lido ainda.

    O Rapha também errou ao dizer que o Código Civil sempre é colocado a frente do Código de Defesa do Consumidor, essa jurisprudência está longe de ser unânime se ele tem menos de 30 anos de Magistratura.

    Claro que não estou cobrando conhecimento jurídico de sua parte Izzy, só apontando mais um fato que prova o desconhecimento do cara.

    Abraço

  259. carolina says:

    Primeira vez que entro no seu site e devo dizer: já li inúmeros posts só hoje e não consigo sair..
    Seu sarcasmo e ironia são muito dignos, realmente adorei!
    Quanto a esse ser humano, que nao merece ser chamado de animal já que animais são criaturas mais espertas que o próprio, foi do caralho haheha

    Pessoas estupidas, nonsense e ignorantes a ponto de falar do que não sabem merecem ser humilhadas, humilhadas com seus próprios argumentos (argumentos nao seria bem a palavra). Ainda por cima carente de atenção, mas vamos dar uma brecha para essa pessoa, afinal deve ser triste nao ter amigos (como deve ser o caso com certeza) e ficar por aí divagando na internet procurando algum amigo internauta hahahahaha.
    Obrigada pelos momentos de risada.

  260. nonono says:

    mas se ele tivesse a nota…a loja ia ter que no minimo reembolsar. o famigerado vicio do produto, ou nos dizeres mais antigos…vicio redibitorio.

  261. Tito says:

    Tantas palavras por um vibrador com defeito.Qual o benefício (econômico) dessa batalha?

  262. Diones Reis says:

    Taí um post que você deveria retwittar!
    By the way, o que aconteceu com o post do EHNOIS?

  263. Algum Nome says:

    Hey, Izzy.
    Juro que gostei bastante do seu texto, mas (Aqui falo, sem nenhum tom de agressividade ou algo do tipo) você não acha que ridicularizar uma pessoa desta forma pode ser um pouco cruel? Não estou defendendo o seu “Oponente”, entretanto imagine só o que ele deve estar sentindo agora? Se não estiver extremamente frustrado, pode estar explodindo de raiva… Pensando bem, até que soa como algo positivo…
    Mesmo soando assim, acho que ser humilhado (Com maestria, devo dizer) em um blog famoso, por uma pessoa querida por muitos, pode ser um pouco demais para qualquer pessoa… O que você acha?