Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Amazon compra Comixology, e logo em seguida caga o app

Postado em 13 May 2014 Escrito por Izzy Nobre 19 Comentários

A Patroa Du Mayrink estava curiosa sobre uma mudança recente do Comixology (que era até pouco tempo o melhor app existente pra comprar, ler e colecionar quadrinhos) e me perguntou sobre a coisa no grupo secreto do Facebook para Patrões.

Ora, não posso deixar uma Patroa na curiosidade, então resolvi então explicar a história! Aí está, Du — um post exclusivo pra você!

comics no ipad

No dia que o iPad foi apresentado, os nerds passaram rapidamente por todos os estágios do modelo Kübler-Ross:

  • Negação (“Não acredito que esperei tanto tempo pra Apple me mostrar um iPod tamanho família!”);
  • Raiva (“FILHOS DA PUTA, ainda por cima deram um nome ridículo pra essa porra?!?!”);
  • Barganha (“Quem sabe esse é o típico modelo beta, o do ano passado vai ser o tablet que a gente realmente quer!”);
  • Depressão (“Mano, pra que fui entrar nesse hype. Que merda.”) e, finalmente;
  • Aceitação (“Ok, cadê meu cartão de crédito?”).

O único grupo de nerds que viu IMEDIATAMENTE, sem ressalvas,  um incrível valor no iPad foram os nerds de quadrinhos. Assim que vi aquela telona, a PRIMEIRA coisa que imaginei é um iPad lotado dos meus quadrinhos favoritos; quiça uma loja nos moldes da AppStore/iTunes Store que me permitisse comprar HQs no próprio aparelho com facilidade e praticidade.

Eu já estava perfeitamente a baixar scans, mas eu queria algo que tornasse o consumo mais prático. Ouvir uma recomendação de um determinado encadernado num podcast qualquer e sair caçando seeds individuais pra cada edição do quadrinho era o cúmulo da falta de praticidade.

Meus desejos se concretizaram com o advento do Comixology, um app que era basicamente o que eu tinha em mente: um iTunes Store pra quadrinhos.

E a parada estava funcionando. Neste artigo do Vox, vemos que os downloads no aplicativo estavam em franca ascendência:

Screen Shot 2014-05-13 at 7.04.55 PM

Aí veio a merda.

Em abril, a Amazon comprou o Comixology. A notícia passou meio despercebida, eu nem lembro de ter lido nada sobre ela. Um belo dia eu abro o meu Comixology pra comprar alguma revista qualquer do Batman e percebo que o app está vazio, com um convite para que eu baixe a nova versão do aplicativo.

“Que maneira mais esquisita de atualizar a parada”, eu pensei inocentemente. E ao baixar o novo Comixology eu percebi que não era exatamente um mecanismo de update, e sim, uma forma da Amazon remover uma das principais features — aliás, A PRINCIPAL — que me converteu a cliente da loja online de HQs.

No novo app, é impossível comprar quadrinhos. Aliás, as HQs que você tinha até sumiram da sua coleção. Ele serve apenas para guardar as que você já comprou; pra comprar apps agora, é preciso sair do app, entrar no site, logar, escolher os quadrihos, colocar o cartão de crédito, finalizar a compra, aí voltar pro app. E as HQs que você já tinha no aparelho, na versão antiga do app, precisam também ser baixadas novamente.

É uma gambiarra e um inconveniente tão inaceitável na era do one-click purchase que demorou alguns instantes pra eu processar a parada; parei por um momento e pensei “não, tem algo errado, não é possível”.

Mas era. A Amazon comprou o app que lidera os rankings de aplicativos com in-app purchases mais rentáveis, e aniquila essa função.

E o motivo é simples: a Amazon não quer dar pra Apple os 30% que a empresa cobra pela participação na AppStore. Considerando a infraestrutura e a base instalada, eu diria que a Amazon deveria fazer como TODOS os outros publishers/devs e simplesmente engolir o choro e aceitar que you gotta spend money to make money.

Imagina a MERDA que seria se toda empresa na AppStore decidisse abandonar a lojinha da Apple pra conduzir suas vendas in-app e adotasse esse modelo da Amazon?

Basicamente, a Amazon resolveu sacrificar o user-experience em prol dos lucros. Ouvi alguns poucos defensores dizendo que “ahhh mas agora os artistas ganham um pouquinho mais!”, como se esse altruísmo mecenático todo fosse a motivação por trás da mudança.

Trair consumidores de longa data é falta grave, e é por isso que há semanas eu estivesse recebendo emails do Comixology me alertando que tenho US$5 de crédito na lojinha deles. Usarei os US$5 da Amazon, e em seguida nunca mais gastarei um centavo na loja do Comixology.

Depois reclamam da pirataria. Voltei pros scans com FORÇA, e recomendo a TODOS que façam o mesmo. Quero ver o gráfico de vendas do Comixology indo pro INFERNO, pra que a Amazon entenda que é melhor ganhar 70% de milhões de dólares, do que 100% de nada, e que trair clientela antiga é a pior cagada que um serviço pode cometer.

[ Update ] Os criadores de HQs não estão muito felizes com a parada, não. Veja o que o Gerry Conway teve a dizer sobre o fiasco (ele é o co-criador do Justiceiro, caso você não conheça o nome, além de ter escrito da história em que a Gwen Stacy morreu. Perdão pelo spoiler).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Tech Toys

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

19 Comentários \o/

  1. Ronaldo says:

    Comic Zeal manda beijos e abraços.

  2. Image Comics (e imagino que outras editoras) vendem nos seus sites os quadrinhos sem DRM, em PDF, ePub, CBZ e CBR, pelo mesmo preço que o Comixology.

    Se preciso ir até o computador pra comprar os quadrinhos, melhor fazer direto da editora e mandar a Amazon à merda.

  3. Lucas Zacchi says:

    Poxa, agora que eu tava começando a namorar a ideia de voltar a ler quadrinhos. Ouvia o Izzy falar do Comixology muito bem antes, e isso foi me cativando aos poucos. Parece que vou ter que esperar mais um tempo pra retornar ao meu antigo hobbie.

  4. Cara, e eu tava pensando em gastar mais um pouquinho no Comixology..

    Quando vi que ele tinha sido comprado pela Amazon, fiquei com o pé atrás. E nem achei que tivesse motivo pra isso. Tá aí, o ponto mais perto de paranormalidade que já cheguei em toda minha vida.

  5. Vinicius Martarello says:

    Eu estou começando a entrar no mundo dos quadrinhos, pena que não vou poder aproveitar esse maravilhoso app. Amazon maldita.

  6. Du Mayrink says:

    Obrigadaaaaaa, Izzy!!! :o)

  7. gustavo says:

    Uma dúvida que eu sempre tive sobre esses apps: Existe algum modelo de assinatura, em que eu pago todo mês e já recebo as comics que eu quero sem precisar ficar todo dia olhando se saiu alguma?

  8. lolerson says:

    Provavelmente fizeram isso pra foder com o app do iPad e empurrar kindles. Eu iria morrer de rir se a Apple começasse a vender quadrinhos na itunes store mais barato do que na amazon.

  9. Lucky says:

    Nunca saí do ComicZeal com meus cbrs baixados. Beijos a todos.

  10. marcosmazo says:

    Minha dúvida é se essa mudança é apenas no universo Apple ou rola no Android também. No meu tablet Android, a única mudança foi me obrigar a vincular minha conta com minha conta do PayPal. Agora, eu compro igual a antes, só que a conta cai no PayPal…

    • Dindio says:

      Mesma coisa aqui. Depois que vinculei meu CC é só clicar e comprar como de costume. Só tiraram o suporte ao GooglePlay.

    • Du Mayrink says:

      A ComiXology está funcionando direitinho pelo Android (dá para ler e comprar). Parece que não está funcionando pelo app do Windows 8 e pelo iOS (como o Izzy disse no artigo do HBD) :o)

    • Du Mayrink says:

      A ComiXology está funcionando direitinho pelo Android (dá para ler e comprar). Parece que não está funcionando pelo app do Windows 8 e pelo iOS (como o Izzy disse no artigo) :o)

  11. Bruno Guedes says:

    Essencialmente a Amazon resolveu afastar todos os consumidores de quadrinhos via Comixology transformando uma experiência de uso suave e ligeira em uma confusão de infraestrutura fragmentada.

    Se eu fosse um criador publicado pelo Comixology, eu ficaria bem puto mesmo.

  12. Leonardo says:

    Achei curioso esse post, a mentalidade da Amazon foi sempre deixar as coisas mais simples e agradáveis para o usuário, e não cagar tudo por causa de 30% de fees.
    Aliás eles fazem questão de perder dinheiro em várias unidades de negócio por causa dessa mentalidade (eles começaram vendendo os livros do Kindle abaixo do preço de custo para eles). Por isso é uma empresa que há 20 anos está no prejuízo, ou tem um lucro minúsculo. Mas neguinho bate palma para isso e manda o valor da empresa pro espaço, o que na minha opinião de merda não difere das empresas de internet pré bolha de 2001.

    Sugiro mandar um email para jeff@amazon.com falando sobre esse problema, esse endereço é lido pelo próprio Jeff Bezos e ele dá forward com as devidas patadas para os setores responsáveis pelas reclamações. Pelo menos ele fazia isso até uns anos atrás, mas não imagino que tenha deixado de fazer isso hoje em dia, por mais que a Amazon tenha cententas de milhões de clientes.

  13. Júlio says:

    Pelo menos no Android, o Comixology está funcionando bonito. Compras no app com PayPal bem rápidas.

  14. Eu acho um saco do caralho ter de abrir navegador pra comprar as revistas, sem falar que a navegação do APP era trocentas vezes melhor que a do site. Mas essa treta chata da Amazon com a Apple tá vagando tudo.