Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

5 gadgets que sempre quis ter (mas não tive)

Postado em 11 May 2011 Escrito por Izzy Nobre 53 Comentários

Acho que deve ter uma boa parcela do meu público que me vê como “aquele cara lá dos gadgets”. Como tenho vários aparelhinhos tecnológicos e vivo falando das funções deles (tanto aqui quanto no tuíter), essa característica acabou virando tão marca registrada minha como veneração por iconografia do Mario.

Entretanto, há alguns gadgets que eu sempre quis ter, mas não tive a chance. Alguns porque eram absolutamente impossíveis de achar nas lojas, outros porque fugiam completamente do meu orçamento. Aqui estão:

Palm Zire 72 (2004)

Fui por vários anos usuários de aparelhos palm. Tive três — um Palm Zire 21, Palm TE2, Palm TX, além de diversos acessórios. O PDA pra mim era meio que ter um computador no bolso (haha, só hoje eu sei o quão inadequada esse sentimento era, já que hoje tenho um iPhone que é imensamente mais capaz), e o Zire 72 me parecia ir um passo além porque além de ser um PDA, ele tinha uma câmera.

Uma câmera de incríveis 1.2 megapixel, aliás. Que produzia fotos como esta:

Levem em consideração que este aparelho foi lançado no longíquo ano de 2004 — quando até os celulares com câmera ainda eram novidade. Um aparelhinho que executava mil funções E ainda por cima tirava foto (de qualidade razoável) era incrível.

Sim, eu sei que celulares com câmeras começaram a pintar no Japão em 2000, mas Japão é praticamente outro planeta no que diz respeito a tecnologia. Não conta.

Por motivos que eu não compreendo, jamais consegui encontrar o Zire 72 em loja alguma (acho que é porque a Palm tava “cycling out” o aparelho, ou seja, matando-o). Por isso, acabei levando o TE2 quando o Zire 21 não me satisfazia mais. E, quando quis fazer upgrade de novo, continuei não encontrando o Zire 72 em loja alguma, e acabei levando o Palm TX.

É muito engraçado lembrar que houve uma época em que isso aí era o topo de linha na categoria

Bateu uma mega saudade agora dos Palms.

Pouco tempo depois comprei meu primeiro celular com câmera (um Motorola V220 que, vá entender, eu adorava demais), o que resolveu a falta de câmeras nos meus PDAs.

Eu pego meu iPhone aqui às vezes, que faz tão mais do que aqueles PDAs, com eficiência e performance tão maior, e rio por lembrar que houve uma época em que PDAs representavam o máximo em tecnologia portátil.

Aliás, o próprio paradigma dos PDAs mudou completamente — essencialmente, eles morreram. A própria Palm é apenas uma sombra do que era antes; ela foi comprada pela HP e, tal qual a Sega, meio que largou os hardware e praticamente só faz software agora. Mais especificamente, o sistema operacional WebOS, pra aparelhos portáteis da HP.

Curiosamente, um iPod touch é hoje tecnicamente um PDA (muito mais competente do que todos que eu tive, diga-se de passagem!),  embora ninguém o veja dessa forma.

Sony UX90 (2006)

Minha tara por gadgets vem de um desejo infantil de possuir um computador de bolso. Gadgets fictícios como o Guia do Mochileiro das Galáxias e o livro-computador da Penny, sobrinha do Inspetor Buginganga, eram sonhos de consumo impossíveis. Pura ficção científica, brinquedos imaginários.

(Neste exato momento me bate o estalo de que o meu iPad é essencialmente um misto de ambos, com a diferença que executa funções de que nem o livro da Penny nem o Guia eram capazes. Eu adoro morar no futuro, puta que pariu)

Pois bem, em 2007 (ou foi 2008?) eu encontrei o UX90, da Sony, numa Best Buy local.

E o troço era, literalmente, um computador de bolso. Bom, talvez um bolso grande, mas você enende o que eu quero dizer.

O aparelhinho era um mini-computador (UPMC, ou “ultra portable mobile computer”, era o termo, que foi aplicado temporariamente a netbooks e depois caiu em total desuso) com Windows Vista, tela de toque e um tecladinho QWERTY que você esconde ao deslizar a tela pra baixo, igual um PSPGo.

O troço permitia você jogar Starcraft no ônibus. Imagina o quanto eu queria comprar essa porra.

Por que eu nunca tive? Porque custava quase 2 mil dólares. Nem meu carro custou 2 mil dólares.

Chega a ser hilário imaginar que a Sony realmente esperava que esse tipo de coisa ia popularizar.

E digo mais — os que chiaram quando a Apple apresentou o iPad sem um MacOS certamente nunca tentaram usar um sistema operacional “de verdade” num aparelho portátil. As possibilidades são infinitas, já que há tanto programa/jogo já disponível, mas a performance e a experiência do usuário é sofrível.

Tapwave Zodiac (2003)

Esse aqui era a união de dois fetiches tecnológicos meus — PDA, aquele computador de bolso (not really), e um console portátil. O Tapwave Zodiac rodava Palm OS e um launcher tosco lá dele (esse que aparece na foto, no caso). Entrou pra história como um dos consoles menos vendido de todos os tempos — também pudera, era impossível de achar.

Nunca vi um na vida, pelo mesmo motivo que você provavelmente nunca sequer ouviu falar: a parada era underground mesmo. Só os super-aficcionados por Palms tiveram conhecimento desse troço.

OQO (2004)

Eu acabei de falar que usar Windows num aparelho portátil era uma experiência bem medíocre (alguns talvez digam que usar Windows em QUALQUER aparelho é uma experiência medíocre…). Mesmo tendo pleno conhecimento disso, eu ainda compraria um OQO se o encontrasse por aí.

O OQO foi lançado em 2005. Esse troço tinha um processador de 1.5GhZ, 1gb de RAM, e um HD de 60gb. E sendo powered by Windows, isso significa que eu poderia jogar todos os meus abandonwares cagando ou na fila do banco.

Que diabos, tenho um fetiche quase sexual por mini-computadores. Por mais que eu saiba que esse troço jamais vale os 400  dólares que é o preço médio cobrado pelos vendedores no eBay, e que a bateria só dura ridículas 3 horas, me dá uma vontade absurda de te-lo.

O OQO vendeu pouco, foi conhecido por pouquíssimas pessoas (eu mesmo nunca vi um ao vivo), e a fabricante fechou as portas em 2009.

Sou obrigado a repetir: lembra quando nerds mimimizaram porque o iPad não tinha um sistema operacional de verdade e era apenas um iPod gigante? Poisé, há um motivo pelo qual a Apple não tentou enfiar um computador inteiro no tablet.

E essa turma que insiste em colocar Windows em tablets tá precisando de umas aulinhas de história.

Sony PEG UX50 (2003)

Yep, continuo apaixonado por esse troço. E a Sony é tradicionalista mesmo — eles nunca abandonaram a tradição de fazer computadores portáteis super-caros.

Tela de 480 x 320 (eu acho que tenho ícones no meu desktop maiores que isso), 104mb de armazenamento interno, processador de 123mhz, uma camerazinha que até filmava — numa resolução similar (senão inferior) a das infames câmeras tekpix. Tinha wifi e tudo.

Em 2003 era uma parada bem bacana. Caralho, 2003 foi o ano em que vim pro Canadá. Pra mim parece cem anos atrás.

E custava 700 dólares. Considere que hoje, por menos de metade disso, você sai da Apple Store com um iPod touch de 32 gigabytes de armazenamento interno (isso pra não citar todos os outros aspectos de hardware em que o iPod é superior, como a bateria, câmera, processador, tela, etc).

Dá pra pegar um PEG UX50 hoje no eBay por 40 pila. Hmm…

Apenas imagine o que serão nossos brinquedos tecnológicos daqui 5 anos. Hoje nos deslumbramos com um iPad 2; tenho muita curiosidade pra saber que tipo de gadget inventarão no futuro que nos faça olhar pro iPad 2 como se isso fosse um arco e flecha, uma relíquia de um tempo esquecido.

E você, teve algum sonho de consumo tecnológico que nunca obteve?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Top X

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

53 Comentários \o/

  1. Rhuan says:

    Você falou do Guia dos mochileiros, sombrinha do inspetor buginganga… eu lembrei da poke-agenda!

  2. Eu tenho um colega que até hoje ele usa um Palm Centro.

  3. Leandor says:

    Tô tão fraco com Gadgets que tudo que me sobrou foi um SNES com uns 30 cartuchos e um Notebook da Amazon ):
    Sempre quis ter PSP e Nintendo DS (só por causa do Scribblenauts e Super Mario…).

  4. Pedro says:

    E pensar que eu fico aqui deslumbrado viajando com meu Netbook Samsung N150P e meu Nokia E71. xD

  5. Og Fux 69 says:

    Dá pra pegar um PEG UX50 hoje no eBay por 40 pila. Hmm…

    Ihh, lá vem… ”Galera, comprei meu PEG UX50”

  6. Gabriel Oliva says:

    Palm Zire aqui marcou pelos caras das distribuidoras de bebidas chegarem no lugar com o gadget na mão pra fazer o pedido, HAHAHAHA.

  7. Wladimir says:

    Tem 6 gadgets ai rsrs

  8. Wladimir says:

    Afe, nao tem nao, é a foto do primeiro aff rsrs

  9. Artur says:

    Aqui no Brasil é muito fácil ter um sonho de consumo tecnológico que ou nunca vai ser realizado ou vc só vai conseguir comprar a parada anos depois do lançamento.

    Já desejei furiosamente um GBA, mas nunca tive um. Parecia uma revolução comparado ao meu GBC.

    Atualmente, meu objetivo é um iPod Classic 160GB. Cacete, e pensar que meu PC antigo tinha um HD com metade da capacidade de um troço que cabe no bolso…

    • mesma situação que eu, sempre quis um gba (o SP, pra ser mais exata AUHUAHEA)
      ganhei só há pouco tempo, na mesma epoca em que comprei o meu 3ds, psp e todos os portateis que eu tinha vontade :3

  10. Lucky says:

    Se fode, eu tinha um lifedrive, você não.

  11. Candyman says:

    Eu só queria ter um notebook. vi um pela primeira vez em 2002 mais ou menos. Hoje tenho um, e bem melhor!

  12. Candyman says:

    ah, eu sempre quis ter um PS2 também. Só jogava SNES de um amigo, emprestado =/

    Arrumei um PS2 recentemente, mas meu irmão deu pro sobrinho dele. Droga =/

  13. Kannor says:

    Mochileiro das galaxias é um lixo u.u

  14. RClemente says:

    Olha, trabalho oficialmente, com um slário considerável, desde 2005 mais ou menos. Felizmente, desde então, nunca fiquei na fissura de querer muito algo e não poder comprar. Tudo que ia sendo lançado, que eu gostava, eu tinha como comprar sem problemas. O “encouraçado” M65 da Siemens. Irado. PSP, Sony Ericssom w300, Laptop, Desktop top montado com peças avulsas, Um Ford Focus, que sempre fui fissurado, PS3, TV full HD com HomeTheater pro PS3, todos os jogos do meu gosto, move, Nokia 5530, reforma na casa pra ter um quarto (:D) e agora um iPhone 4. Valeu muito a pena ter perdido uns fins de semana estudando. hehehehehe
    Mas tem algo que me assombra até hoje, que eu tinha muita vontade de ter: Game Gear com Mortal Kombat II… pqp

  15. Alexandre Norberto says:

    tive quase os mesmo sonhos. Peguei um Palm III usado, entrando para esse mundo mobile. Logo depois estava acompanhando tudo sobre isso (Garota Sem Fio, Palm fórum). Troquei o PIII por um Tungsten E comprado em um domingo no Extra (FOR) usando uma “gambiarra” de documentos para compra-lo em 6 prestações sem juros. Após ganhar uma graninha com projetos, comprei um S200, um smartphone muito bom e que deixou saudades até…. Meu cunhado me presentear com um “infame” iPhone Classic.
    Foi um divisor de águas para minha vida cibernética. Por causa dele experimentei o ecosistema Apple, e virei meu mundo de ponta cabeça (Claro que a administradora do meu cartão de crédito adorou isso). Hoje sou feliz usuário de MacBooks, iPad e iPhone junto com minha esposa que detestava informática até ganhar um iPhone 3GS. Na epoca do Classic meu sonho era um HTC Touch que custava absurdos 2 mil reais e era inferior ao iPhone de 1a. geração que nunca foi lançado aqui no Brasil.
    Saudações de um conterrâneo, Kid

  16. Felipe says:

    O poder de processamento vai chegar em breve (se já não chegou), mas ainda assim eu não acredito muito nessa ideia de enfiar um SO convencional num tablet, pda, etc.

    Esse lance de computador inteiro num gadget realmente não pega.

  17. Felipe says:

    Legal também era a piadinha de pedir pros colegas falarem Palm Top (fale rápido) kkkkkkkk

  18. Dani says:

    Eu sempre quis ter um tamagushi….
    Nunca tive um….
    =(

  19. Guilherme says:

    “E você, teve algum sonho de consumo tecnológico que nunca obteve?”

    Sim, basicamente todos porque moro no Brasil e mesmo gadgets medíocres custam mais de 50% do meu salário.

  20. @mulletsp says:

    Eu tenho um UX90! Não tem utilidade nenhuma.

  21. Laptop da Xuxa > que todos.

  22. Murilo Lima says:

    Maluuucooo… Animal essa PORRA de site… me fez perder uma hora do meu trabalho praticamente lendo seus posts ae. Ja cooquei nos favoritos pra dar uma fucada melhor depois…

    Mais interessante que cheguei nesse site quando busquei no google.ca por “Brasil vergonha”… alguns pontos de vistas semelhantes..

    Sou mais um tupiniquim morando no Canada, Vancouver especificamente… Abracooo!!

  23. Abisnobaldo says:

    Postando do meu Nokia N8

    Com Symbian e flash

    :coolface:

  24. AgaGê says:

    Na verdade, todos os objetos tecnologicos que nao sao um pc comum e um nokia 2112 pra mim são sonhos de consumo xD

  25. Ola Kid…Po, Palm sempre foi um negocio IRADO! Hoje em dia eu tenho um Palm Treo 680 (!!!) e um iPod Touch 1 de 16 gigas. Mas deixa eu contar uma historinha rapidnha

    Meu interesse por palms vem desde la do palm pilot 1000 (!!!). Paguei 600 dolares por um desses. Depois tive o 5000 (inclusive postei o upgrade tabajaral de RAM dele la no meu site, o http://www.tabalabs.com.br), o palm III, o IIIX, XE, C, Palm V, VX, Treo 600, Treo 650, Treo 680, Handspring visor…Alias, antes dos palms serie M, eu acho que tive todos, menos o VII que era aquele que tinha um modem ou algo assim ja incluido nele, com anteninha e tudo o mais. Esse eu nunca nem vi de perto. Sempre fui ligadao no palm por varios motivos mas um motivo principal chamado PALM DESKTOP.

    O Palm Desktop é tudo que um palmtop precisa pra fazer sucesso, na minha humilde opiniao. Depois que eu descobri que existiam telefones com palm (ou palm com telefones acoplados, whatever), nao deu mais pra me afastar muito deles. Meu Palm Treo 650 quebrou uma dezena de vezes. Eu comprava algum telefone jegado, usava 2-3 meses, e o telefone moia (eu nao tenho cuidado NENHUM com telefones) ou entao eu cansava e voltava pro palm.

    Hoje, AINDA uso o Palm por causa disso. Nao uso outlook, portanto a funcao de importar contatos do outlook (que nao funciona tao bem quanto o palm desktop) nao serve pra mim. Eu comprei o iPad por esses dias. Estou MARAVILHADO com as funções dele. Mas ainda nao consigo ve-lo como um PDA. E a hora que conseguir, corro direto pra um iPhone 2g ou coisa assim.

    Pra mim, o iOS peca nisso ai, conectividade. Igualzinho o newton que era FANTASTICO, mas nao conversava direito nem com o proprio Mac OS (tem as experiencias bizarras la no meu site, o endereço ta ai em cima). Se ele tivesse um papo interessante com algum gerenciador de contatos, e pelo menos lesse PDF, eu acho que teria o newton ate hoje.

    Eu nao pesquisei o iPhone muito a fundo ainda nao. Mas tomara que exista algo pra gerenciar notas/contatos/compromissos/agenda/whatever nele, que nao seja o iTunes. Alias, o iTunes é a perfeição executada de forma extremamente errada. Falta muito pro iTunes ser brazilian user friendly, porque aqui quase ninguem compra musica no iTunes, e eles só dificultam pra que isso aconteca.

    Estou aberto (sem viadagem) a discussoes sobre o assunto, é só dar reply nesse comentario 🙂

  26. Eu ia dizer que faltou o N-Gage da Nokia, mas acho que ele, apesar de tosco não era tão desconhecido assim.
    E de gadget tosco, atualmente eu tenho um Dingoo, não é lá essas coisas, mas é barato e da pra curtir uns classicos 8bits/16bits. =D

  27. Eduardo says:

    Por muitos anos meu sonho era ter um Dreamcast da Sega. Até que em 2009 eu encontrei um no Craigslist por US$ 35!

  28. Cara eu namorei o Nintendo 64 por anos, e quando finalmente consegui pegar um em rolo nunca cheguei a jogar, pois os cartuchos custavam um absurdo! ahuahauhaua

    Também sempre quis ter um celular com tela colorida e toque polifonico kkkk quando comprei meu primeiro com toda essa tecnologia foram longas 10 prestações de 40 reais (o que hoje seria umas 10 de 160!)

    Ah, também meu maior sonho era ter acesso a internet 24h por dia, qaundo ouvia falar em Internet Banda Larga não acreditava que diziam que era 10x mais rápida, achava simplesmente impossível quando eu estava baixando um download da SuperDownloads a 5-7Kbps alguém estaria baixando a 50-70Kbps, bruxaria!
    e hoje tenho uma internet que baixo a 1200Kbps, to no ceu!

  29. Matheus says:

    Quero um PC de bolso PORRA!!!!

  30. igor says:

    eu queria ter uma bolsa igual a do gato felix.
    quando eu era menor, sonhava em ter um notebook pra levar pro colegio…
    e hj eu aqui, usando um.

  31. Pedro Ivo says:

    Há uns bons anos atrás, eu era louco para ter um NGage, aquele console portátil/celular da Nokia.
    Ainda bem que o tempo passou, e o aparelho revelou-se uma grande porcaria xD

  32. Victor says:

    Eu sempre quis uma Pokédex (pokeagenda). :/

  33. Wagner Bamboo says:

    Eu nunca tive muita vontade de ter algo… hoje tenho uns 3 smartphones jogados numa gaveta… alguns MP**
    um Samsung Galaxy TAB… MUUITO BOM
    e 2 Samsung Galaxy S II. que na verdade um eu dei pra minha namorada! 😀
    To felizão, próximo passo um notebook poderoso, como esses que custam 8 mil reais aqui no Brasil…

  34. rhouden says:

    Eu trabalho com um palm centro kkkkkkkkkkkkkk

  35. Alessandro Tavares says:

    Eu sempre quis ter um HP Jornada 720, quando finalmente consegui comprar um bem usado, ele só durou 3 meses. Parou de funcionar do nada, fiquei com tanta raiva que dei ele pras minhas irmãs bincarem, hahaha.

  36. Bel says:

    Eu sempre quis ter um Pense Bem, mas a gente era pobre e eu tinha que brincar numa caixa de papelão.. Sério.. Era tristão ver minhas amigas com um Pense Bem e eu tendo que desenhar “teclinhas” em caixa de papelão.

    mas minha infância, apesar de sofrida, foi ótima =)

  37. Wesley says:

    Meu sonho de infância era possuir um Nokia N-Gage.

  38. Marinaldo says:

    Sempre quis ter um gameboy e Palm tbm. Achava demais!!

  39. Marinaldo says:

    Ahh queria tbm o celular igual ao do neo de matrix rsrs

  40. […] Vou omitir dessa lista aparelhos como meu primeiro celular ou primeiro computador/notebook porque eles foram mais utilitários do que “nooooossa que foda esse gadget“; não rolou o mesmo apego emocional. Não mencionei também minha longa história de amor com PDA da Palm porque esse merece um post separado, embora eu já tenha falado um pouco deles neste outro artigo. […]

  41. Eu tive um UX90, me lembro que na época meu pai pagou bem caro por este gadget e não teve tanta utilidade quanto ele merecia ter na época. A coisa que mais complicava o uso dele era, de fato, ter o Windows de PC nele e não ter nenhuma versão adaptada, o que dificultava e muito o uso.