Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

5 motivos pelos quais namoro à distância é uma merda

Postado em 18 December 2008 Escrito por Izzy Nobre 264 Comentários

relacionamento

Se você é como eu, você deve passar uma boa parte do seu tempo visitando fóruns de discussão na internet.

Fóruns são uma ótima forma de adquirir uma montanha de opiniões sobre diversos assuntos em que os opinadores obviamente não têm qualquer conhecimento, embora isso não os impeça de falar com a pompa de um especialista. Não importa o assunto sendo debatido (Pontes de hidrogênio? Acasalamento de maripousas norte-americanas? O padrão da bolsa de valores de New York?), sempre aparecerá alguém disposto a se pintar como um profundo expert no negócio.

E um debate que aparece com frequência preocupante é – Namoros à distância valem a pena? Pode ter certeza que o seu fórum favorito já viu pelo menos 5 tópicos sobre o assunto.

Não duvide de mim, seu corno. Abra um fórum qualquer, dirija-se à barra de busca e pesquise o termo. Tente as diversas grafias “alternativas” da expressão (“namoru há distânsia”, por exemplo) porque afinal de contas não podemos dar muito crédito às habilidades gramaticais dos habitantes de uma nação que transformaram o orkut em mania nacional. Clique em SEARCH e você verá que eu, como sempre, estou certo.

Já me envolvi em quatro relacionamentos à distância. Todos foram resultado do mesmo processo — meu pai recebia uma oportunidade mais interessante em um estado que não era aquele em que morávamos, e lá ia a família de mala e cuia seguindo o velho.

E a namoradinha ficava pra trás. Ambos prometíamos fidelidade, e em menos de 3 meses depois o namoro havia acabado. A exceção dessa tendência foi a Bebba, minha esposa, que ficou em Oshawa por um mês quando nos mudamos pra Calgary. Foi o meu único relacionamento à distância que durou, e por condições específicas.

Após experimentar os mesmos sentimentos e chegar ao mesmo resultado nas minhas três primeiras experiências com essa modalidade de namoro, concluí que esse tipo de relacionamento é uma fenomenal perda de tempo – por vários motivos. Cinco motivos, aliás.

5) Manter um namoro à distância é uma espécie de admissão da sua incompetência romântica.

Imagine que você conheceu uma garota interessante na internet. Após conversar com ela por três ou quatro meses, você decide que está gostando da menina o suficiente pra considera-la uma namorada. Essencialmente, você está dizendo pra si mesmo “jamais conseguirei convencer outro ser humano a gostar de mim, portanto preciso fazer qualquer coisa pra manter esta menina/menino que eu nunca vi na vida“.

Ainda que isso seja verdade (e se você é o tipo de maluco que gosta de ler o HBD, provavelmente é), o namoro virtual não está te provendo com absolutamente nada que o faça merecer o título de “namoro” (intimidade, companheirismo, ou a boa e velha fodelança).

Ou seja, você está a troco de nada admitindo que é um merda completo com o sexo oposto, incapaz de convencer alguém do seu círculo social a atura-lo como par romântico.

4) O relacionamento a distância perverte a própria premissa de um namoro.

Entenda uma coisa – seres humanos normais namoram porque gostam de passar tempo junto à outra pessoa.

Quando um sujeito começa a namorar (salvo por cristãos, cujas filosofias a respeito de relacionamentos devem ser ignorados de qualquer maneira), ele não está pensando em passar o resto da vida com a menina. E igualmente, uma garota não começa a namorar ninguém tendo em mente a data de casamento ou nome do primeiro filho. Pessoas namoram porque apreciam a presença do parceiro; o período de namoro é um teste de compatibilidade ao fim do qual ambas partes decidem se poderiam suportar viver juntos pelo resto da vida.

Como o namoro a distância não tem o contato próximo que é justamente o propósito fundamental de um namoro, os amantes pulam a etapa de teste e focam suas atenções e esforços no objetivo final — o casamento. O problema é que você está tomando a decisão de matrimônio sem ter feito aquele test drive essencial antes.

E aí você vê moleques de 17 anos que mal criaram pêlo no saco, mas estão fantasiando em se casar com uma garota que mora a 800km de distância e que eles nem teriam conhecido se não fosse a magia de World of Warcraft.

A triste ironia destes relacionamentos virtuais iniciados em MMORPGs (e acreditem, existem MUITOS) é que ambos os participantes teriam muito mais chances de se relacionar com alguém no mundo real se não investissem tanto tempo na babaquice que é um MMO.

That’s right, I said it.

3) Namoro à distância toma mais tempo na vida do indivíduo do que um namoro convencional

Por causa da falta de contato próximo, os namorados procuram saciar as necessidades românticas passando o máximo de tempo possível se contatando. E assim você acaba vendo aquele amigo que tem que estar em casa às nove hora SEM FALTA por que a namoradinha chega em casa da faculdade e ele não poderá sobreviver se não passar quatro horas no MSN com ela, ou interrompendo uma atividade com os amigos de dois em dois minutos pra responder SMSs da menina.

Enquanto isso, namorados “de verdade” podem se dar ao luxo de se ignorar um pouquinho de vez em quando, já que no dia seguinte recompensarão a ausência com o mais espetacular sexo que os vizinhos deles jamais ouviram.

Esse tipo de comportamento é, como você poderia imaginar, extremamente irritante. Não se surpreenda se seus amigos decidirem te alienar porque você é incapaz de dar toda a sua atenção à partida de War à mão caso o seu celular esteja por perto.

Isso pra não entrar no mérito das viagens que o sujeito invariavelmente planeja pra cidadezinha cu-do-mundo onde a menina mora – viagens que custam dinheiro que ele frequentemente não tem, e que o obrigam a colocar sua vida (família-trabalho-faculdade-amigos) no pause só pra poder ver a menina por três ou quatro dias.

2) Namoro à distância é matematicamente falando um mau negócio

Perdoe-me a sinceridade, mas num ponto de vista estritamente matemático um namoro a distância é o pior negócio em que você poderia embarcar.

Afinal de contas, um relacionamento à distância combina tudo que há de PIOR em ser solteiro — a falta de intimidade com outro ser humano, a profunda tristeza sentida nos Dias dos Namorados, a masturbação crônica — com tudo que há de PIOR em ser comprometido – não estar romanticamente disponível, ter que dar satisfações pra um cônjuge ciumento, a paranóia de estar levando um chifre as we speak.

É o pior dos dois mundos. É mais ou menos como se alguém te vendesse um carro sem rodas. Talvez o fato de ter um “carro” na sua garagem te deixe feliz, mas você continua tendo que andar até a parada de ônibus pra ir pro trabalho. Então, qual a diferença?

Em outras palavras, namoro a distância não suplanta as necessidades românticas do indivíduo. Ao invés disso, esse tipo de relacionamento acaba é sendo emocionalmente desgastante. O que nos leva ao próximo item nesta listinha, o motivo principal pelo qual namoros à distância não valem a pena. E este é o fato de que…

1) “Namoro à distância” e “felicidade” são mutualmente exclusivos

Se você já alguma vez teve um relacionamento à distância, deve concordar que é um negócio extremamente desgastante. Todo relacionamento tem seus prós e contras, mas no relacionamento à distância não existe tal equilíbrio. O ciúme, a paranóia, a saudade e todos os outros pontos ruins desse tipo de relacionamento acabam cansando emocionalmente o sujeito.

Sem exceção, você perceberá que pessoas que terminam namoros à distância descreverão o fim do negócio como um profundo alívio. Afinal de contas, o que o sujeito está perdendo quando termina esse tipo de relacionamento? Ele não tinha contato com a “namorada” mesmo.

Você não compartilhava nada com ela, a não ser logs do MSN. Sua família não sofrerá o típico vácuo pós término de namoro (aquela sensação de estranheza quando a namorada, agora ex, desaparece da vida coletiva familiar), porque a garota jamais pôs os pés na sua casa.

E como eu falei antes, um dos maiores lucros de ter um relacionamento é não depender exclusivamente de pornografia pra saciar os desejos carnais. Eis outra vantagem da qual o namoro à distância não te beneficiou.

Por outro lado, foi-se a constante paranóia de ser traído, foi-se o cansaço emocional de fazer todos os seus planos para o futuro orbitarem seu relacionamento com uma pessoa que você mal conhece na realidade, e também se foram as limitações que um compromisso romântico (mesmo um de mentirinha) impõe. O sujeito agora está livre pra fazer o que quiser.

Ahh, e não venha me falar que você conhece o sujeito porque se falam no Skype e por SMS praticamente 24 horas por dia. A única coisa que você realmente “conhece” sobre a pessoa nesse caso é o som da voz dela e suas opiniões triviais sobre filmes, livros e etc. Só dá pra realmente conhecer alguém através de convivência.

Tendo exposto minhas opiniões, pergunto a você — por que diabos você mantém um namoro à distância?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Top X

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

264 Comentários \o/

  1. Motivo Máximo: NO SEX.
    Cyber Sex não conta.

  2. Sandro Ribeiro says:

    Não seria MARIPOSA?

  3. Kayaphas says:

    Tendo exposto minhas opiniões, pergunto a você -- por que diabos você mantém um namoro à distância?

    eu não mantenho…
    imagina q horror a falta de pegação? não poder varar a madrugada fodendo, dormir, acordar e dar mais uma(s)?
    não rola =/

  4. Karlisson says:

    É, já namorei à distância, ia ver a menina a cada 1 mês e era uma merda. Logo acabou. Não dá certo mesmo.

  5. Suas listas estão cada vez melhores, Kid. E agora, algumas correções…

    “Mariposas” ao invés de “maripousas”. E “mutuamente”, sem “l”. E acho que é só isso…

  6. Spunky says:

    É verdade

  7. E já que a pergunta surgiu… nunca cheguei a namorar realmente à distância. Já quase aconteceu, mas o namoro acabou antes. Realmente, eu meio que duvido que tivesse dado certo…

    Se bem que sendo eu assim esquisito, talvez até desse certo! =O

  8. Rauen says:

    Kid, por favor, pare de ler o meu twitter.
    NOT.

    esse texto veio em momento perfeito… mas eu fiz pq eu quis mesmo… viajei 300km pra ver uma menina em outra cidade, outro estado… Me perdi em Blumenau pra chegar em Timbó (eu não conhecia blumenau)… Contrariei o universo, desfiei Deus (e sim, ele se voltou contra mim pra provar a sua existencia), e depois que tudo foi pro saco eu me senti aliviado e fiz uma lista de (até o momento) 52 coisas que eu aprendi em um final de semana…
    Foram num total, 5 récordes pessoais batidos: 1) Maior quilometragem rodada num final de semana: 524km, 2) Maior grana gasta numa viagem: 200 conto, 3) Menor tempo levado até realizar que fazer aquilo seria uma enorme burrice: Uma semana antes da viagem. 4) Numero de garrafa de heinekens que não foram tomadas, quilos de carnes que não comi, e partidas de PES no PS3 que eu não joguei com a galera: Ngm sabe contar pq todo mundo terminou a noite wasted. 5) Menor tempo até realizar que aquele EPIC FAIL não era um EPIC FAIL de fato, mas sim um EPIC WIN, por inúmeros motivos que levariam ha mais alguns vários outros récordes pessoais: O tempo de eu dizer “Merry Fuck You and Have a Happy Go To Hell”(sim, em ingles, alto, e no meio da galera), entrar no carro e dar o fora dali com a conciencia limpa curtindo meu Bad Religion como se nada tivesse acontecido…
    A vida é simples… A gente complica ela por que quer… Uns usam drogas, outros vão a outros estados ver meninas, outros usam FreeBSD ao invés de Linux, e alguns poucos vão a países superdesenvolvidos…

    As vezes eu tenho um pouco de “House Complex”, de ter a ambição de buscar e ver pessoalmente a resposta por traz das coisas, só pra ver o que pode tirar dali, mesmo sabendo que vc estava certo desde o início, mas vc precisava provar que era aquilo mesmo… Mas as vezes, Kide, se vc tá feliz com aquilo, não importa se a mina ta do teu lado, ou se ela ta ha 300km de vc… Eu morei no litoral paranaense e namorei uma menina de curitiba por 2 anos e foi bom pra caralho… O namoro só acabou quando eu resolvi ir embora pra lá e largar minha vida feliz aqui embaixo… Hoje eu tenho duas Mitsubishis na Garagem e ela faz faculdade de história na UFPR e anda de ônibus. São coisas da vida.

  9. André K. says:

    Assino embaixo. Passei por quase meia dúzia de relacionamentos a distância e concordo com tudo. O meu último só deu certo pq minha namorada -- antes virtual -- veio morar comigo, apesar dos dois mil quilometros de distancia que nos separavam.

  10. Mailson says:

    Só algumas correções:
    Além das já citadas por outros leitores, você deveria dizer namoro a distância, ao invés de namoro à distância.
    Fica a dica:distância não-especificada (sozinha) não pede crase. Seria necessário caso fosse ficou à distância de 3 metros

    É bom voltar a ler seu blog 😀

  11. TioSolid says:

    Namorar pela internet é coisa de crente mongolóide do Orkut que curte dormir com a bíblia ao invés de uma mulher nua.

    Pessoas normais querem foder. THAT’S WHY namoros a distância não funcionam.

  12. Yoshi says:

    Conheço quem namora faz 4 anos e só se vê durante 1 mês em cada ano D:
    Só namoraram quatro meses basicamente.
    D;

  13. Guten says:

    Ahahahah, ótimo!
    Sou nerd (e quem aqui não é?), mas prefiro continuar sozinho do que encarar um relacionamento à distância.
    Vou mostrar esse post à minha irmã, ela conheceu o namorado jogando Ragnarok. Detalhe: ele mora no Sudeste, ela, no Nordeste. É simplesmente hilária a situação.

    Aproveitando que o post é sobre relacionamentos: cadê o post sobre as patricinhas intercambistas escrotas?

  14. Vivian Martins says:

    Nunca tive um namoro a distância,mas pelo que eu imagino que deve ser e pelo que você falou no post,deve ser muito ruim mesmo.
    Tem alguns casos que deram certo,mas são tão raros,que acho que não vale a pena.
    No mais,ótimo post =)

  15. CobradePrata says:

    Por experiencia própria, mas não “tanta distância”(Taguatinga~plano é meio longe rs)não vale a pena.

  16. Heron says:

    Um casal de amigos meus namora há 3 anos, e por 2 foi a distância. Hoje eles estão prestes a casar. Algumas vezes dá certo.

  17. Almeida says:

    Encontrar com ela duas/três vezes por semana nas férias e todos os fins de semana durante as aulas conta?

    Porque durante a semana, é um namoro pela internerd. Durante os fins de semana, é uma verdadeira sessão tântrica de pegação no cinema. E eu já tenho até desculpa pra dar toco nas playssonzada baranga que vem pra cima de mim.

  18. Marcelo says:

    PQP…. Mau caiu nos feeds, já tem comments. Bando de desocupados (falando por mim mesmo)..Huahua :P. Bom texto!!

  19. Aline says:

    A última vez em que me meti numa furada dessas, o relacionamento a distância durou 3 meses. Depois eu cansei da viagem de 1000km e vim morar com ele. É um dos raros exemplos em que deu certo, ainda que tenhamos terminado.

    Ainda moramos juntos, aliás, embora como amigos. E ele, logo na seqüência, arranjou outra guria que mora lá na casa da porra. Imediatamente após terminar de ler esse texto, estiquei o braço pro lado, cutuquei o infeliz e mandei ele ler, pra ver se aprende alguma coisa ¬¬

    Se namorar alguém que mora do outro lado da cidade (meu caso, heh) já é desgastante pra caralho, um namoro em que se paga interurbano só pra ouvir a voz da pessoa nem merece comentários.

  20. Rauen says:

    Fato é que namoros que devem dar certo, dão certo, independente da distancia ou não… Como você mesmo disse Kid, saudades causa muitos gritos, muita saudade, suor, lagrimas…. Conheci gente aí que morava na mesma cidade q a mina, e se viu 2x em 6 meses… Por outro lado conheco um maluco que tem 3 namoradas, 2 delas ele vê algumas vezes ao ano, e a outra segundo ele, é pra “abracar” pensando que são as outras duas…

    Isso é um tipo de assunto que é igual merda cara… Quanto mais vc mexe, mais fedido fica…

    Dizer o quao patético é isso, é facil, muito fácil. Quando você encara uma multidão de leitores que moram em cidades grandes e etc, que poderiam fazer amigos na sua propria cidade, que conduziria a outros amigos e etc e tal.. Onde seria algo além do Orkut (no meu caso, ainda IRC, inclusive minha ultima história foi graças ao IRC…)… Mas e quando você vive numa cidade fudida e pequena onde 78% da população não presta por conta dos genes dos seus antepassados? Como fica daí? Todas as vezes que me relacionei com gente da minha cidade, foi pior do que minhas “paixonites” a distancia… Não, não é nem pelo fato de que eu sou uma merda, é que a cidade fede mesmo, a ponto de vc não querer fazer amizade pq pode acabar sendo envolvido em alguma merda na qual vc de fato não tomaria parte… Manja? 😛

    Nem sempre a internet é o refugio para nerds patéticos como você Kid… Se bem que você está num nível além do povo aqui… Mas vc não nega que dessa água vc ja bebeu, né safadinho? Hhaueha

  21. Fantasma says:

    Achei esse Top5 bem fraquinho, só concordo com a terceira mesmo. Até por que pessoas paranóicas com “estou sendo traído” vão ser assim esteja namorada aqui ou do outro lado do país

  22. Rauen says:

    @Aline, a parte de “pagar interurbano” é facilmente contornável usando a criatividade… No meu caso foi com o uso de chip pre pago com o mesmo DDD e bonus absurdos em créditos x)

  23. espectral says:

    Só por curiosidade..
    o que o levou a escrever esse texto?
    Texto, aliás, que eu concordo 100%.

  24. Dafne says:

    Mailson, muito obrigada! Acredita que tava com essa dúvida ontem mesmo quando li essa distância não especificada sem crase num livro? Tinha esquecido de conferir o motivo… thx! ^^

  25. ptrzanoto says:

    “Aproveitando que o post é sobre relacionamentos: cadê o post sobre as patricinhas intercambistas escrotas?”

    nao que tenha muito a ver, mas eu me sinto no dever de cobrar o post sobre as patricinhas ~ (eu so vouyer, nao reclame de nunca ter me visto e eu estar cobrando.)

    e sim, namoro a distancia é foda. eu tive um que juro, estaria de casamento marcado já, caso nao fosse a maldita distância. tudo que tu falou sobre ciumes e a falta do que faz um NAMORO A DISTANCIA ser um NAMORO é verdade, unfortunately.
    (se tem uma palavra que eu nao gosto de escrever em ingles é o tal do unfortunately, sempre tenho certeza que digitei errado)

  26. vitorviotti says:

    Comentários do tipo “FUDER é o que há” aparte, já que eles foram usadados sem do nem piedade ai em cima. Eu sou o único, que teve duas namoradinhas, e por algum motivo místico e sem explicação consegui uma mulher com a qual sou feliz, e não tive um namoro a distância entre uma coisa e outra?!?!?
    *Medo das respostas!*
    Das duas uma: ou vocês são nerds-virgens de 35 anos-usuários de linux que mexem o mouse via terminal, ou eu sou menos nerd/geek do que imaginava….
    Anyway… ótimo post Kid, me tirou umas boas risadas…

  27. Du Cardoso TM says:

    Já tive um relacionamento à distância, sei como é zuado. O Kid descreveu bem tudo que a gente sente,principalmente quando acaba tudo. Parece que você tá livre pra fazer tudo, tudo mesmo. Parabpens Kid, excelente post. 😀

  28. Eric says:

    concordo muito com o post.

    ah, faltou os créditos pro desenho do explodingdog.com

  29. Nightshadew says:

    Vou passar janeiro sem ver a namorada, que vai pra outro estado com a família. Veremos se concordo com tudo…

  30. Anon says:

    Ela se mudou quando nós estávamos namorando. Amo ela demais para parar de namorar com ela, desculpaê se te incomodo =/

  31. Claudinha says:

    Você acerta em várias coisas mas erra feio ao deduzir q não exista namoro à distância sem ciúmes.

  32. Kaqui says:

    Antes de tudo: “Falaí, rapaz” não, né.
    Eu até compreenderia um “Falaí, rapariga”, já que tô morando em Portugal mesmo 😛

    “Tendo exposto minhas opiniões, pergunto a você -- por que diabos você mantém um namoro à distância?”
    Buenas, respondendo tão intrigante questão… mantinha. Graças a Deus terminou… a parte “a distância” :-)))
    Mas vamos lá, o namoro não começou a distância, nem foi lá no meio do namoro… foi depois de SETE ANOS que eu vim pra Lisboa e ele ainda ficou quase um ano no Brasil. E sim, foi uma merda. Ficamos sem nos vermos por exatos 10 meses e meio. O bom é que não houve problemas de ciúmes (depois de 7 anos, complicado… essa fase já tinha passado) o ruim era a saudade e a vida amorosa ter feito um “pause”.
    Resultado: ele largou emprego, chutou a barraca e veio pra cá. Mas tem que ter muito estômago pra enfrentar uma barra dessas.
    Buenas, em abril faremos 10 anos de namoro. Moramos juntos, mas essa coisa de casar… nah, a gente gosta de namorar :)))

  33. Faye says:

    Eu tb já caí na armadilha do namoro virtual, e ainda mais do namoro virtual no ragnarok, cúmulo da nerdice ahuauh ;/ Namoro online é uma merda msm, só junta o q há de mais sórdido num relacionamento. Hj em dia dou MUITO mais valor a um relacionamento na msm cidade, se for msm bairro, melhor ainda, assim economiza busão. Mas infelizmente o vício do rag ainda nao tirei -_-“

  34. Thiago says:

    Namorei durante 5 anos com uma garota que mora a 800km daqui. Era mais ou menos isso ai que o Kid disse mesmo. A unica vantagem que tinha era que a foda/trepada/sexo era fodasticamente boa.

  35. cyrus says:

    ok, realmente, tenho que concordar. em certos pontos. mas agora, tiremos todos a fantasia de “macho alfa” que cada um veste e vamos assumir, por um momento, fraquezas que não foram expostas.

    -E se você realmente está apaixonado pela garota?

    eu estou nessa situação. encontrei por internet uma garota que parecia ser tudo o que eu sempre quis, na personalidade e na aparência. nos encontramos e vi que realmente era. agora me encontro numa situação em que vê-la pouco é melhor que não vê-la nunca, apesar dos ciúmes e da saudade.

    não é nada fácil, mas realmente nos amamos, não é como a maioria dos namoros em que os dois só se ‘gostam’ e ficam juntos por comodidade. já deixei de ficar com muita menina por causa dela, porque simplesmente não me atraíam, mesmo sendo bonitas/populares/etc, e sei que ela faz o mesmo, não só pela palavra dela mas por contatos próximos dela que tenho lá.

    se namoro à distância realmente fosse 100% merda, não existia.

    • Francisco Fernandes says:

      É bem isso que vc falou. Namoro uma ex amiga, começamos a namorar depois de quase 6 anos como amigos. Ela colocou na cabeça que vai para outra cidade trabalhar, crescer profissionalmente, a uns 100 km daqui. Uma cidade que eu tenho que sempre ir um dia a serviço. Isso vai acontecer daqui a 3 meses. Desde logo estou sofrendo antecipadamente. Mas como conheço muito bem ela e confio plenamente nela, acho que tudo vai dar certo. Acho que não existem regras para tudo e não dá para generalizar, namoro a distância pode sim ser muito bom, vai depender das pessoas envolvidas e das necessidades afetivas delas, se essas necessidades são preenchidas, porque não dar certo?

  36. Marcelo Jr says:

    Kid, namoro à distância tem 3.5 anos.
    Começamos a namorar no cursinho em Goiânia, daí passei no vestibular em uma cidade (são carlos -- sp) e ela em outra (campinas -- sp).
    Nos vemos 1 final de semana por mês.
    Tem funcionado muito bem até agora.

  37. Lorrene says:

    Eu só tive um namoro a distância e mesmo assim ele começou presencial. Depois que ele precisou se mudar de cidade que ficou a distância. Mas só aguentamos isso por 2 anos, eu me mudei para a cidade dele e casei.

  38. eu says:

    Só digo uma coisa, esse Rauen otário é a versão nerd corno da falecida Tina.

    Certa vez, em Ohio… Digo, Blumenau, conheci uma pequena garota cujos olhos me encantaram pois conforme Kurt Cobain disse, digo conforme Deus preve em Genesis 18:23 nao ha felicidade eterna entao aconteceu que nos fizemos as seguintes 28 burrices: 1) bla bla bla 2) etc etc etc 38) zzz zzz zzz e por isto que eu sempre digo…

    puta merda nego chato pra caralho

  39. phpones says:

    Já tive 2 namoradinhas a distância. O estranho é que a falta de contato físico acaba, sei lá, afastando as duas partes.

  40. Tio_paladino says:

    concluí que esse tipo de relacionamento é uma fenomenal perda de tempo -- por vários motivos. Quatro motivos, aliás.

  41. Rauen says:

    @eu… Versão nerd ótario e corno da falecida Tina? Pô, nerd otário e corno, tudo bem… Agora, comparar com a Tina é sacanagem né? 😀
    Blá blá blá desnecessário

    @Roberto Carlos (?):
    exatamente, é relativo pra caralho.. vai da pessoa… Quem não sabe curtir isso, não vai ter sucesso… Resta seguir o bom senso e a maturidade pra saber se rola levar a parada a frente, ou não… É aquela cara, se a pessoa não presta, nem perca seu tempo… quem nao precisa ver as coisas e encará-la de frente pra saberq é aquilo ali? todo mundo é sussetivel a erros… olha eu… se eu estivesse deprimido, tendo síndrome da Tina, o @eu (que alias, é bem covarde pra se identificar né?), eu estaria aqui me lamentando… Eu só compartilheia história pra se ver que… Bom, existem coisas que dão certo, existem coisas que dão errado.. Temos que tirar o significado.. hoje eu não ando 1 quilometro além do meu destino por alguem q eu tenho dúvidas se presta ou não… 🙂

  42. Tio_paladino says:

    Bosta… colei faltando pedaço…
    Queria dizer que seriam 5 motivos, e tá escrito 4 =P

    concluí que esse tipo de relacionamento é uma fenomenal perda de tempo -- por vários motivos. Quatro motivos, aliás.

  43. acidcode says:

    texto que eu concordo 100%, namorei uma mina de campos do jordao, moro em sp capital, sao 180km, ligeiramente perto, mais vai toma no cu, uma breja naquela merda de cidade eh 10 conto. Anyway a mina era crente, queria q eu vira-se irmao, sendo q todas as vezes q ia ate la estava drogado ou bebado… anyway, bom diz o papel, comi e sai fora.

  44. Chin says:

    O Meu namoro à distância dá certo, to quase um ano. Seilá, sou exceção?

  45. Tânia B. says:

    Concordo com muito do que você falou no seu texto. Mas já namorei à distância, e no meu caso valeu a pena. Ele é de São Paulo e eu sou de uma cidade do interior do RS, nos conhecemos por msn (amigo em comum) e namoramos à distância por 5 meses (com direito a viagens de 19 horas de ônibus). Hoje moramos juntos em Porto Alegre há quase 4 anos =)

  46. Victor says:

    Sinceramente… namorei durante 3 anos e 1/2, a garota mora há 10 minutos de caminhada da minha casa e senti TODA A EMOÇÃO QUE VOCÊ DESCREVEU ao terminar com ela… Veja como o mundo é…

    Eu já não suportava mais ter que vê-la todo santo dia, quando decidi terminar de uma vez por todas.

    Hoje estou enrolado com uma garota que mora numa cidadezinha menor que a minha O.o, distante 20Km e só a vejo durante os fins de semana, e não existe essa paranóia de chifre não… Se ela passar, passe direito, porque se eu descobrir caio fora. Infelizmente chifre é uma coisa que você não pode fazer nada a respeito, então, pra que paranoia??

  47. Zer0 says:

    Interessante esse parágrafo aqui:

    “Isso pra não entrar no mérito das viagens que o sujeito invariavelmente planeja pra cidadezinha cu-do-mundo onde a menina mora -- viagens que custam dinheiro que ele frequentemente não tem, e que o obrigam a colocar sua vida (família-trabalho-faculdade-amigos) no pause só pra poder ver a menina por três ou quatro dias.”

    É a cara de um amigo meu…

  48. King says:

    @Rauen

    Deu mole, se tivesse ido à Blumenau em outubro, poderia trocar a merda de programinha com a pseudo-namorada pela Octoberfest.

    Seria o dinheiro mais bem gaso da tua vida.

    Fresh Ale

  49. Nanda says:

    Dou um mês para os fervorosos apaixonados que discordam do post terminarem seus romances à distância super sólidos.
    De resto, post foda, Kid. Especialmente o segundo item.

  50. Kid says:

    @Roberto Carlos

    Enquanto você continuar voltando pra postar nada além de um mimimi infantil cheio de xingamentos desnecessários, vou continuar apagando seus comentários -- só pra você ficar ainda mais revoltadinho. Deu pra ver que esse texto pisou com força no seu calo, ein? Tou imaginando você lendo cada item do texto, se identificando com eles, e se sentindo profundamente irado.

    Tudo bem, eu entendo que dói ouvir a verdade (que você está perdendo teu tempo namorando alguém a distância quando poderia namorar alguém de verdade), mas vamos manter o nível, faz favor. Futuros chiliquinhos repletos de ataques pessoais serão apagados.

  51. Roberto Carlos says:

    Mimimi infantil é generalizar um tema que você não tem moral pra falar.

    AH, e pra seu governo, eu não namoro a distância.

    depois eu tc mais

  52. Roberto Carlos says:

    Uma pergunta…
    se você precisasse voltar ao Brasil, você continuaria seu namoro?

  53. Roberto Carlos says:

    mais uma coisa..
    eu acho que quem pisou no seu calo foi eu…
    hahahahah

  54. Darox says:

    Concordo com tudo e ri muito dessa parte:
    “Clique em SEARCH e você verá que eu, como sempre, estou certo.”

  55. Kid says:

    @Roberto Carlos

    Namorei a distância QUATRO vezes. Meu irmão, duas vezes. Meu melhor amigo está num namoro a distância agora mesmo.

    O que mais seria necessário, na sua opinião, pra ter “moral” pra falar no assunto?

    E se eu voltasse pro brasil, traria minha namorada comigo, ué. Moramos juntos há dois anos, pagamos impostos juntos. Já somos praticamente casados, só falta a aliança no dedo. Namoro a distância é pra crianças, me perdoe a franqueza.

  56. K-Max says:

    Sou um cagalhão mesmo e não aguentei ler tudo.

    Sim, estou namorando à distância. :/

  57. Br says:

    Concordo que namorar a distancia é no minimo dificil, mas correndo o risco de ser clichê, digo que se o casal realmente se gosta pra tudo se da um jeito.
    Eu e minha namorada nos conhecemos pela internet, ela morava a 1200km de mim, depois que nos conhecemos pela primeira vez eu so fui voltar a ve-la 6 meses depois, e entao tive que esperar mais 3. Todo esse tempo separado dela foi dificil suportar, mas eu aguentei, ela aguentou, e 9 meses depois de nos conhecermos eu me mudei pra cidade dela e agora estamos morando juntos. E posso afirmar com toda certeza do mundo, valeu a pena cada minuto de saudade enquanto estive longe dela.

  58. Danilo" says:

    “(…) afinal de contas não podemos dar muito crédito às habilidades gramaticais dos habitantes de uma nação que transformaram o orkut em mania nacional.”

    Hahaha… essa foi foda.

    Agora, quanto a namorar pela internet, essa é a maior babaquice (ou uma das maiores) que um sujeito pode fazer em questão de relacionamento. E se alguém ainda faz isso depois dos 14/15 anos, é porque tem problemas…

    =]

  59. Rauen says:

    Cara… Mas o Kid..
    Cada um tem seu gosto, tem gente que curte masoquismo, tem gente que curte pedofilia, tem gente que curte gente do próprio sexo, tem gente que curte pés, tem gente que curte a própria mão, e… tem gente que curte namoro a distancia… Quanto se aprende a canalizar aquela saudade e etc, o luxo se deixa de ser “nao se ver alguns dias” para “se ver alguns dias”… A coisa muda totalmente de forma… Se vc souber usar isso, acaba sendo até bem mais legal do que “ter que ver ela todo santo dia e se nao for ela vai ficar enchendo o saco”…

  60. Keidek says:

    Namoro a distancia é pra crianças, exato. Mais cedo ou mais tarde você se toca da perda de tempo. Ah não ser que você seja burro. Desculpas ao seu amigo que está namorando a distancia “as we speak”.

  61. Bruno Rodrigues says:

    Ae kid já viu isso:

    rel="nofollow">

    é uma das coisas mais fodas que eu ja vi relacionadas a hack de mario.

  62. guts says:

    Essa parada de namoro a distância é coisa de gente que tem medo de se relacionar (ou se declarar/xavecar) com gente do seu próprio círculo social.

  63. Zebrother says:

    Porra, existem MESMO relacionamentos que começam numa merda dum MMORPG???
    Me recuso a acreditar nisso

  64. Patii says:

    Tendo exposto minhas opiniões, pergunto a você -- por que diabos você mantém um namoro à distância?

    Terminei um namoro a distância faz menos de um mês…
    Namorei 3 anos ao todo..mas quando completamos 2 anos de namoro eu tive q me mudar de estado,então no começo achavámos q daria certo…porém a gente só se via uma vez no mês..enfin, eu não aguentei e terminei. Foi bem melhor assim. Terminamos da melhor maneira possível..resolvemos ser amigos (a gente a gente já se comportava assim mesmo quando nos víamos)e eu nem fikei sofrendo, nem me sentindo culpada.
    Sempre achei q namoros a distância dão certo, porq muita gente diz :”Ah, o amor vence tudo.” Com o tempo vc vai percebendo q pode viver longe da pessoa..sente falta do companheirismo, do carinho…e pra não trair é melhor terminar mesmo.

  65. Zakk says:

    @Rauen
    Parei de ler quando vc argumentou tua resposta ali em cima comparando namoro à distância com pedofilia, masoquismo e homosexualismo. UASHDUASHDUS ;/

  66. Gam says:

    Na metáfora do carro, esqueceu do importante fator de que o carro vai estar ocupando o lugar na garagem que poderia ser de um carro melhor, ou no mínimo com rodas.

  67. Matheus says:

    Namoro à distância não deve nem em um último caso ser considerado namoro, é apenas uma fuga de alguém que passa várias horas jogando algum mmorpg e não sai à procura de mulheres que ele pode apalpar. Além de todos esses problemas, se a pessoa conheceu alguém através de um jogo, é muito provável que a outra pessoa seja um outro homem dando risadas do pobre infeliz que acha que está namorando uma garota linda.

  68. _g says:

    duas coisas: falta de sexo e falta de confiança. Pelo menos a segunda eu vi no seu texto 😛

  69. Rauen says:

    @Zakk
    Yeap, eu fui um pouco longe demais nessa, mas enfim, existe louco pra tudo…

    @Zebrother
    Porra, existem MESMO relacionamentos que começam numa merda dum MMORPG???
    Me recuso a acreditar nisso

    EXISTE????
    wtf!!!

  70. Já namorei à distância por um tempo. O namoro começou presencial, mas uns meses depois eu me mudei de cidade e durou até um bom tempo. Depois eu fiquei de saco cheio da ciumeira (principalmente) e terminamos, mas naquele caso acho que iria acabar de qualquer jeito.

    Minha experiência é apenas essa, mas no geral eu concordo com a idéia do texto. Acho que o namoro a distância funciona quando é uma situação temporária, os dois sabem que dali a um tempo vão voltar a ficar juntos. Mas se não há muita perspectiva, a pessoa vai levando enquanto o mundo real parece menos interessante que o(a) namoradinho(a) que está longe. Quando o saco estoura e a balança começa a pender pro outro lado, aí já era.

  71. Kim says:

    que Foruns que você lê normalmente? :p

  72. i0i0br says:

    Estou iniciando um namoro a distância a partir de hoje =P
    Terminei a faculdade e estou voltando pra minha cidade natal. A garota a qual estou apaixonado ainda tem 3 anos de vida universitária pela frente… MEDO haeuhaeuaeh
    Apesar do cagaço inicial, acredito que o relacionamento é viável, pois ele começou e foi até agora 100% presencial, já dura 6 meses e estarei quase sempre à 2h dela. Além disso, temos um diálogo totalmente aberto quanto à esses sentimentos desagradáveis citados no post, ou seja, se trata de um relacionamento minimamente estruturado e maduro.
    Por falar em maturidade, temos uma boa idéia sobre o que NÃO fazer num relacionamento a distância.. isto inclui NÃO pensar que será pra sempre, NÃO ficar viajando na maionese quanto ao nosso futuro, NÃO dar ouvidos ao ciúme sem fundamento que não existia antes de existir a distância.

    Não posso negar que a freqüência do contato físico e do sexo são… digamos… “questões críticas”, como dito pelo Kid. Quanto à isso, acho que só tendo muita paciência pra se adaptar.

    A minha situação até que está fácil. Mas se fosse pensar numa situação geral para relacionamentos à distância, eu discordo quase que do post inteiro haeuaehuae
    Pra começar, penso que “conhecer uma pessoa pela Internet” eh uma expressão que retrata uma situação impossível. MUITO provavelmente você NÃO conhece p*&&@ nenhuma. Mas se depois de CONVIVER um tempo com o outro ser humano (do sexo oposto, eu espero) e a parada acontecer naturalmente, penso que se o amor for realmente forte e ele for minimamente compatível logística/econômicamente (aí vai de cada um se aguenta 1 sem. ou 1 mes sem sexo, se tem $$ pra viajar 100 ou 1000km, etc), vai dar certo se os dois forem certos um pro outro =)

  73. Milhouse says:

    Já tive uma e-namorada, uahuahuah

    E concordo com todos os pontos, aliás, tou quase copiando esse texto e salvando no meu PC pra nunca mais fazer uma merda dessa.

  74. Renan says:

    http://noticias.terra.com.br/popular/interna/0,,OI3405236-EI1141,00-Ratos+sao+suspeitos+em+incendio+que+matou+gatos.html

    ô quide, vai lá se voluntariar pra reconstruir o abrigo!! aí pertinho po! e todo brasileiro tem uma aptidão nata pra ser pedreiro, há de concordar.

  75. Carol says:

    Você podia nos dar o post das patricinhas de presente de Natal. = )

  76. João Alfredo says:

    Ótimo texto Kid, mas… conhecer garotas jogando World of Warcraft? Até digo que é possivel, mas com a quantidade de sorte e tempo empregados em encontrar e conhecer uma garota por quem vc vai passar os proximos 4 meses batendo punheta (o que é um resumo pratico de um relacionamento a distancia) seria mais util vc se dedicar a construção de um motor de moto-perpetuo…

    Afinal não é atoa que MMORPG significa “many men online roleplaying girls”

  77. Eduardo says:

    “Afinal não é atoa que MMORPG significa “many men online roleplaying girls””

    this man speaks the truth.

    as chances de você encontrar uma mulher de verdade em WoW são infimas,e as chances de ela ser atraente e bacana são ainda menores…

  78. bruxa says:

    Bom pode dar certo sim,minha prima morava em Pelotas/RS e o namorado dela em são Paulo/SP,se conheceram pela internet,namoraram 1 ano e ela foi morar com ele em SP,estão juntos a 2 anos.
    Eu estou vivendo uma situação parecida,meu “bebê” mora em santos/sp e ainda não nos vimos pessoalmente,é meio desgastante,mas ele é muito bacana,somos bem diferentes mas nos entendemos pra caramba.Planejamosnos ver em fevereiro,sei lá tomara que dê certo,mas se não ter tudo bem,tê-lo como amigo já é ótimo,ele vale a pena…

  79. Maikel Neris says:

    Namorei dois anos assim e é exatamento isso que acontece quando acaba: um ALÍVIO tão grande que não cabe no sujeito!

  80. Jpunker says:

    hahahaha! cara mais um texto ótimo!!!

  81. Nathan says:

    Po kid, falou tudo cara… eu to passando por isso… mas não porque eu quero… Eu estudo e trabalho em outra cidade e minha namorada por enquanto não pode ir morar comigo pq ela trabalha e enquanto não conseguir emprego na minha cidade ela não pode ir. Acho que a gente só não terminou pq namoramos bastante tempo e eu tento visitá-la sempre que posso e com uma certa frequência. Não vejo a hora que a minha situação se resolva de uma vez.:(

  82. Aline says:

    Acho que pode dar certo sim, tenho um amigo que deu certo!!
    e ja namoram a 3 anos, e ficaram se ‘vendo’ pela internet por 2 anos!!

  83. Tenko says:

    Achei meio ofensivo, actually.

    A gente não escolhe por quem se apaixona. Do jeito que você escreve, parece que quem tem um relacionamento a distância é trouxa e incompetente. Não é. Nesse mundo internetoso de hoje, é comum você conhecer uma pessoa fantástica e coincidentemente ela morar longe de você. Não é atestado de incompetência porra nenhuma, é só uma armadilha do destino.

    Agora, uma coisa é você conhecer uma pessoa pelas internetz e começar a planejar de se ver. Outra é você se acomodar no relacionamento internetoso. Esse segundo eu concordo que é meio patético.

    • Eri says:

      Good Point. Escolher por quem se apaixonar seria da hora…Daí, você numa viagem ou num congresso, ou num intercâmbio, ou mesmo numa Bienal que você participe fora da sua cidade, conheceria uma pessoa incrível e não sentiria pelo menos a vontade de correr o risco de tentar.

      Discordo que seja para crianças. Crianças não trabalham nem tem como manter um RELACIONAMENTO -- daí, o “internetoso” é fácil.

      Tive um relacionamento à distância -- por oito meses -- numa destas condições acima…e foi MUITO bom. Nem um pouco cansativo e considerar o dispêndio financeiro é proporcional a sua real vontade de conhecer e conviver com a outra pessoa. Os motivos pelos quais nos separamos não tiveram relação com os citados. Mas é interessante observar que, quando não aceitamos mais para nós, acabamos por desprezar nos outros.

      =)
      De qualquer forma, rendeu-me boas risadas! =P
      Abraço!

  84. Bet says:

    nd a ver isso, nos conhecemos a 3 meses por um site de relacionamentos. Eu sou de Curitiba Pr, ela de Belo Horizonte MG, agora estamos aki com ela sentada no meu colo e estamos escrevendo esse post pra falar q da crto sim e eh mt nd a ver os motivos…
    t mais…

  85. Kid says:

    Ok mongolões, xeu explicar uma coisa pra vocês.

    Sobre a multidão que apareceu pra comentar que MIMIMI EU CONHEÇO CASAL QUE NAMORA A DISTÂNCIA E DEU OU ESTÁ DANDO CERTO MIMIMI.

    Eu já vi um sujeito montando um cubo mágico ao volante ( target=new rel="nofollow">eu estava no carro, aliás). Ter “dado certo” não torna a atitude uma boa idéia)

  86. ruskiii says:

    Purra, anos atraz (esse ano vai, falei =x) jogava priston tale vish, conheci varios nerds que cultivavam o namoro virtual

    Puta babaquice, pq eles mesmos nunca se encontravam, pior ainda, eles nem sabiam se quem tava do outro lado era uma princesa ou um cara de 1,80m with barba mal feita 😛

  87. Bruna says:

    Já eu sou a “exceção”, conheci o Anderson num chat em 2005, tornamos mt amigos, ele teve a coragem de desafiar +de500km p/ vir em casa me conhecer. Hoje temos ‘1’ano de casados, qd digo poucos acreditam, mas confiar e arriscar as vezes pode valer a pena!!! Realmente é chato passar datas comemorativas longe, ficar um fim de semana em casa sozinha, ouvir uma música e não te quem abraçar, ver casais e não deixar de sentir uma pontinha de inveja, mas tudo tem seus altos e baixos, é fácil ter relações frustradas e colocar barreiras qt a relacionamentos virtuais, mas, mais frustante ainda é deixar um amor verdadeiro passar em sua vida e ir embora por covardia ou medo de se passar por bobo e ser vaiado pela galera. Namoro a distancia exige um pouco mais do q do presencial, pois pesa mais em alguns aspectos por não ter outros, mas pode valer a pena!!!
    Valew.

  88. algust21 says:

    hahahahaha
    curti demais isso aqui

  89. Jota Pê says:

    Se duas pessoas (geralmente do sexo oposto) se conhecem na internet e realmente se gostam, há 97,5% de chances que eles descubram que moram em cidades diferentes.

  90. Dark Madness says:

    Conheço um casal também!!!
    e eles estão bem felizes!!

  91. Ed says:

    Porra, eu tive rolo a distância tb e hj vejo como era ridiculo. O namoro a distância é apenas uma necessidade de se sentir “amado” sem precisar conviver com os problemas reais do dia a dia num namoro de verdade. E de boa, acho isso extremamente tosco.

    Aline, vc escreveu:
    “A última vez em que me meti numa furada dessas, o relacionamento a distância durou 3 meses. Depois eu cansei da viagem de 1000km e vim morar com ele. É um dos raros exemplos em que deu certo, ainda que tenhamos terminado.”

    Em que isso deu certo?? Vc saiu da sua cidade pra morar com alguém que vc mal conhecia, terminou e ficou morando com ele. Me perdoe, mas onde isso deu certo??

    E o Marcelo escreveu:
    “Kid, namoro à distância tem 3.5 anos.
    Começamos a namorar no cursinho em Goiânia, daí passei no vestibular em uma cidade (são carlos -- sp) e ela em outra (campinas -- sp).
    Nos vemos 1 final de semana por mês.
    Tem funcionado muito bem até agora.”

    Claro que funciona bem meu colega. Vocês “pulam” toda aquela convivência normal de um namoro comum (comum seria ver o namorado umas 3 x por semana pelo menos). Não posso e nem quero julgar seu relacionamento no aspecto de chifres, mas o que vc e sua namorada fazem nos outros 3 finais de semana que não podem se ver?? Vocês não sentem necessidade não?

    Sei lá, hj moro com minha namorada, q namoro de verdade há 5 anos. A diferença é brutal e real.

    Mas boa sorte pra quem curte beijar a tela do pc, em meio a punhetas e fotos.

    • Francisco Fernandes says:

      Concordo em termos com o que vc disse, acho que namoro a distância pode dar certo sim. Mas me responda uma coisa, o que um cara que namora de verdade há 5 anos está fazendo num blog destes? Estranho, não é?.

  92. Eduardo says:

    Conheço um jumento que começou a namorar pelo ragnarok e uns varios meses de namoro depois descobriu que a amada era homem ASIEJAUISEHSAUEHASUEH

  93. Rola Grande says:

    Vc não é o dono da verdade seu gay.

  94. Enrique says:

    Alguns anos atrás eu ficaria abismado ao ler um post desses, e prontamente comentaria dizendo que “o amor tudo vence” ou coisa do tipo. Mas aí veio a vida (sempre ela) e me mostrou que relacionamentos a distância são a melhor maneira de esgotar-se emocionalmente e mentalmente =(

  95. Loser says:

    Falou tudo. Mas de vez em quando dá certo… O foda é morar na puta que o pariu e só encontrar gente interessante a quilômetros de distância. Pior ainda é quando aparece um que vale a pena na mesma cidade, mas não quer nada com você. Falo de mim mesma…

  96. Leitor Voyeur says:

    “…E aí você vê moleques de 17 anos que mal criaram pêlo no saco…”

    Tenho 17 anos e tenho pêlo no saco desde os 13, se vc criou pêlos só aos 17 problema seu.

  97. DigitalDead says:

    EU RI do cara de cima =P
    Nem ia postar nada aqui não, mas eu vi isso nos comentários recentes e precisei compartilhar minhas risadas.

  98. Trovalds says:

    Namoro à distância? Promessas de fidelidade quando a distância separa? Bom, OU eu estou vivendo no mundo errado OU a alienação chegou a tal ponto em que daqui uns dias sexo vai ser algo parecido com “Demolition Man” (ou O Demolidor), onde fazer sexo é colocar um capacete na cabeça.

    PS: MMOs rOx. Basta saber usar com sabedoria.

  99. CH says:

    Já tive o desprazer de me envolver em um relacionamento desse gênero. Uma merda, e tenho dito. Dica: Se for pra arranjar mulher, vá a um bordel e GET OUT OF TEH FUCKING INTERWEBZ

  100. CH says:

    Aliás, até lembrei de dois amigos meus que estão nesse “namorico virtual”. Acontece que o cara mora na China, Hong Kong, e a garota em SP. Quando deu errado, eu até senti orgulho de dizer “I told you the fucking EPIC FAIL ok”

  101. C says:

    Acho que o pessoal ta perdendo um pouco o foco aqui. Pq o negócio é que mesmo quando “dá certo” (e raramente dá) é uma bosta.

    Já que o que da pra entender pelos comentarios é que o conceito de “dar certo” é trocar uma visita bimestral pra abruptamente morar juntos.

    Porra, se amazear com alguem que vc conhece já é uma puta pancada no seu espaço e conforto, agora pega se ajuntar com alguem que até semana passada era apenas letrinhas numa tela.

    O ponto é esse: mesmo quando dá certo, é uma merda.

  102. Daniel says:

    Bah, sorte que eu achei esse post seu hoje.

    Sim, eu estou nessa merda de relacionamento a distância, e sim é um saco. Eu comecei o namoro em Outubro de 2007, quando eu tinha 18 anos, e namorei com ela por uns 6 meses na mesma cidade, até março de 2008 quando eu me mudei pra outra cidade há uns 400km de distância, mas os meus pais ficaram nessa cidade. Na hora que eu fiquei sabendo que fui aprovado na facul eu falei pra ela que queria terminar, mas como sempre a praga fez um escândalo, se jogou no chão, chorou, fez de tudo. Dae deu no que deu, continuamos, eu saindo uma vez a cada dois meses da minha cidade, e gastando uns 100 reais em passagem para ver os meus pais……e ela.
    Bom, agora dia 20 de dezembro eu cheguei na cidade dos meus pais e vou ficar aqui até março, quando re-começa a faculdade, esses dias os meus pais foram viajar e por isso eu vou ficar com a casa durante 15 dias só pra min e infelizmente pra ela também, por quê desde uns dias pra cá voltou o ciúmes que havia desaparecido, eu saio com os amigos é ela me enchendo o saco. Namoro à distância é um stress e hoje eu mesmo me pergunto isso: “por que diabos eu mantenho um namoro à distância?”

  103. rainha d'agua says:

    bom,li esse seu texto e como outros os quais eu já tinha lido,desculpa,mas pra mim não tem nexo nenhum.e quem disse que os namoros reais por assim dizer não sofrem desses traumas?tudo bem que quando se tem um namoro virtual eles são maiores,mas quem garante que vc não está sendo traída/o em um namoro real?e aí é pior ainda porque uma pessoa que convive diariamente com você,te conhece,te ‘pega’ e escolhe te trocar por outra/o?????
    ainda prefiro o virtual.pois não sabe se seria melhor comigo ou sem mim….

  104. Norival says:

    Gostei muito do tópico. Não tem como postar lá no fórum não???

    Ou libera com um link pro original…

  105. anão says:

    Concordo que não é uma das melhores coisas pra se fazer, mas pra mim dá certo em todo meu estilo de vida, e claro… tem TUDO pra dar errado, mas oras, não tá dando errado.
    O único problema é pegar uma viagem de fds e ir pra lá, de resto, sem problemas.

    e @Ed, claro que a diferença é brutal, mas tem que ver que algumas vezes a dependência é menor, se amam beleza, mas seilá, tem muita gente que gosta de ter seu espaço ainda. Seria ótimo passar todos os dias, mas ainda assim, é bom ter meu espaço e depois passar um tempo grudado com a namorada.
    E como disseram ali em cima, exije mais, muito mais o namoro a distancia, já o namoro diário é uma coisa mais de paciência. já namorei com uma menina de SP, via praticamente todos os dias, chegou em 1 ano e não aguentava mais olhar pra cara dela, e terminamos. já agora pra mim, namoro um ano e ainda tem muita coisa pra viver com a atual, quando eu me sentir pronto, a gente se casa e vive juntos. Prefiro isso do que viver uma sucessão de erros.

  106. fred says:

    tenho pena do cuão que escreveu esse texto.
    projetar suas frustrações amorosas é uma boa forma de se defender delas. entretanto, sugiro terapia.

  107. fred says:

    cuzão, sorry.

  108. José says:

    Muito comédia. No final acaba sendo isso mesmo. Já sustentei um namoro assim por um tempinho (uns 3000km de distância). Acho que a única coisa gostosa de sentir é a saudade, mas não TANTA saudade, vira obsessão!

    Bom mesmo é passar a mão na bunda e abraçar esfregando o bilau.

  109. Valmir says:

    Parabens, foi engraçado…
    Senti como se 4 meses de vida (passado distante, graças…) tivessem sido satirizados

  110. Kid says:

    @fred

    Lol @ “frustrações amorosas”. Namoro a mesma garota há quase 5 anos, aliás moramos juntos há 2. Se alguém é romanticamente frustrado, é o tipo de adolescente sem autonomia pessoal que precisa depender da internet pra manter namoro faz de conta 🙂

    A verdade dói, né?

  111. Edilson says:

    Eu acho que simplesmente tudo o que acontece na vida “real”, também acontece no “virtual”. Aposto que a proporção de namoros “virtuais” que não dão certo não deva ser tão pior do que os namoros “reais” que não dão certo.

    Pensem bem se não faz sentido.

  112. Kid says:

    @Edilson

    Por que vocês continuam insistindo nessa de dá certo/não dá certo?

    A questão é que quando um namoro REAL “não dá certo”, ao menos você teve compania, contato sexual, teve um(a) companheiro(a) pra conviver. Você ao menos teve uma vida amorosa DE VERDADE.

    Um namoro virutal, por outro lado, te deixa com gosto ruim na boca quando terminar, porque você não teve NADA DISSO. E pior, isso te impediu de arrumar uma namorada de verdade.

  113. Edilson says:

    @Kid

    É que vocês consideram “de verdade” só o corporal. Mas as emoções, as conversas, as idéias que vocês trocaram, o que aprenderam um do outro e com o outro, aquela vontade gostosa de conversar com a outra pessoa, isso não conta? Namoro de verdade é só poder agarrar ou transar com a mulher? “De verdade” é aquilo que é verdadeiro, se vocês tiveram um sentimento verdadeiro um pelo outro, se vocês aprenderam algo um com o outro, e especialmente se aquela pessoa deixou uma marca, deixou saudades na sua vida, então isso também pode ser considerado “de verdade”. A vida sexual obviamente faz parte da vida amorosa, mas a vida amorosa é mais, mas MUITO MAIS, do que um aperto na bunda ou uma gozada.

    ***

    ” -- você precisa de uma mulher de verdade.

    -- EI CARA, ME ESCUTA!!! Enquanto durou ela foi mais real pra mim do que todas as coisas. Ela era mais real pra mim do que qualquer coisa que conheço. Eu a vi, beijei, amei.”

    “Não poderia haver dois
    corações tão abertos…
    gostos tão similares,
    sentimentos tão harmoniosos. ”

    “Feliz Ano Novo!”

    (diálogos extraídos do filme ‘A Casa do Lago’)

  114. Fellipe 007 says:

    Nunca sabemos o pq de manter um relacionamento a distancia, na verdade acontece em um simples jogo ou bate papo e vc naum tem um controle para desligars suas emoções,
    Dificil eh largar de uma pessoa a distancia, quando essa pessoa demonstra tudo o q vc procura em um ser humano, e por mais ridiculo e louco q se ja dizer “Eu te amo” para uma pessoa q vc nunca tocou ou beijou, eh inevitavel, pq as vezes a pessoa te cativa pelas palavras e pelo jeito de ser e naum no modo fisico.

  115. Alfredo says:

    @Leitor Voyeur “…E aí você vê moleques de 17 anos que mal criaram pêlo no saco…”

    Tenho 17 anos e tenho pêlo no saco desde os 13, se vc criou pêlos só aos 17 problema seu.”

    AAAAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!! UHUHUH, HIHIHIH!!! KKKKKKKK!!! HUSSAHSUAHSUAHSUAHSUA!!!!
    CARALHO, ESSE POST FOI O MELHOR DESSA PAGINA TODA! TO RINDO ATÉ AGORA… SNIF’S…

  116. letimelo says:

    Eu naum concordo muito com o texto, as vezes vc não se apaixona pelo fisico da pessoa mais pelo carater q por forma das palavras ela aparenta ser

  117. reteve says:

    Olhaí eu não sou um nerd moderno.Eu nem sei o que é website.Mas eu moro em petitissimamente.Aqui semi-analfabeto tira diploma e vira dotô.Me separei a dois anos sou um gatão de 50 anos e conheci as meninas de 18 a 22,e eu não tenho culpa disso,pois são elas que estão na pista. Mas são ruins de tudo,pois a praia delas são os analfa e os semi certo ? São burras ,são ruins de cama,de rock só conhecem o Link Park…e se amarram em sertanejo…Em geral já tem de um a quatro filhos !E aí entra aquela coisa piscando nos olhos e dizendo aqui vc será feliz.No meu caso acho que vale a pena tentar e senão,azarando continuarei,até porque dimdim prá viagem posso gastar.E já tô namorando com uma menina que é um fenômeno de cultura,e mui gostosa.Ah..quanto ao fato de me chamarem de criança por isso…sinceramente adorei!Ah ..outro dia vi um filme em que os cara eram especializados em faturar mulheres de festas de casamento,depois um deles se especializa em viúvas e conquista logo no enterro…Não existe nenhum limite para relacionamentos.Só o PRECONCEITO.

  118. Otávio T. says:

    “Eu já vi um sujeito montando um cubo mágico ao volante (eu estava no carro, aliás). Ter “dado certo” não torna a atitude uma boa idéia)”

    eu ri pra caralho 😛

  119. Crowl says:

    O legal do kid é que ele acha que a opinião dele é o centro da verdade de todo o universo e todos que discordão são meros mortais tolos que devem ser esmagados.

    Nunca vou cansar de ler essa porra.

  120. Namoro a distancia e fodo says:

    Meus filhos, eu namoro a distancia mas nao tem nada a ver com internet.

    Cionheci minha namorada na oktoberfest de 2007 eu sou de SP ela de Curitiba.

    Encontro com ela quase todo fds, ou no maximo fds sim fds nao…

    O tempo q passo com ela eh muitissimo bom, eu metemos umas 7 vezes por dia alem de q temos liberdade de fazer o q quisermos ja q somos bem grandinhos (22 e 20 anos).

    Entao, voces q se fodam coma ideia q eh ruiom.

    A coisa mais linda eh chegar segunda feira e falar “puxa estou livre”, nao q seja ruim namorar mas nao preciso inventar desculpas pra ter meu tempinho sozinho…

  121. Ana Lee says:

    Rauen.. Timbó? kkkkkkkkkkk sou de lá.. fim de mundo..
    Bom qto ao assunto..namorar a distância é uma merda mesmo.. tanto q meu primeiro namoro a distância durou quase 5 meses (e eram só 90km de distancia!), nos viamos 1 x por mês, mas tá. Anos depois retomamos esse relacionamento.. ficamos 2 anos e meio pegando buso a cada duas semana insuportáveis, e resultado? Casamento.
    Pronto. Não há mais distâncias hehehe
    Abraço

  122. Cara, esse foi o melhor texto sobre o tema que eu já li. Simples, e direto ao ponto. Namorei 4 anos a distância e posso contar as vezes em que fui feliz junto com a outra pessoa.

  123. Victor says:

    AShuASHUUAHS
    ASHuUHAShuASHUhuAS
    AHSUuhAShuAUHS
    AHUShuAShuAHSASHAs
    porra.. to num namoro a distancia a 6 meses e nossa
    eu me vi na hora q ele falo
    “nunca esta 100% com os amigos pq fica respondendo os sms da namorada”
    HUASuhAS
    ASHuHAUShuAS
    chorei de rir aqui com o texto… mto bom mesmo… mas se eu mandar o link pra minha namorada ela vai ficar com uma crise existencial e dizer q eu n levo nosso namoro a serio entao vou me limitar a rir sozinho
    HAUShuASUUASUHUAS

  124. Katherine says:

    Mas que pergunta de resposta mais óbvia.

    As pessoas mantêm esse tipo de relacionamento porque se amam, não tem outra coisa que possa responder.

    (Aliás, por três anos e meio a gente namorou há distância. Hoje moramos juntos. Lol. Kinda funcionou, hein.)

    Que é uma merda, lógico que é. Mas tem tanta coisa que é tão merda quanto ou ainda pior e a gente faz porque acha que é imprescindível -- vestibular, certos trabalhos, certas faculdades, certas amizades. Por que falar com alguém que você ama, ainda que de uma forma difícil, seria pior ou mais “loser” do que isso (tirando que namorar não dá dinheiro)? Também não sei quão melhor é sair pegando todo mundo… só pra pagar de legal?

    Mas eu ri do texto sim ok.

  125. Katherine says:

    *caraleo, era A distância. se pá eu ia escrever outra coisa e me esqueci.
    **e “nós” obviamente refere-se a mim e namorado. do jeito que a frase tá, ficou estranho e tal.

  126. Poisony says:

    Obviamente que você só mantém um relacionamento a distância por você ACREDITAR nesse relacionamento com a outra pessoa.

    Esse é o único ponto que mantém um relacionamento: confiança. Quanto casal próximo já não terminou trocentas vezes por traição morando no mesmo bairro e tal?

    “…que você está perdendo teu tempo namorando alguém a distância quando poderia namorar alguém de verdade”

    Senti um recalque aí. A partir deste trecho posso concluir que, segundo o Kid, em qualquer namoro em que as pessoas encontrem-se distantes, uma delas é um bot, amirite? =D

  127. Poisony says:

    Ah -- e Tenko FTW.

  128. Underline says:

    AAAAAH mermão, em compensação quando tem o contato físico… (666′

    Isso é, depende. Depende.

    Mas caí no erro de entrar nisso, sair, morrer de alívio por ter saído, e ser fraco o suficiente pra ouvir um “vamos voltar” e ir. ROFL voltar pra onde? Mas enfim, a coisa anda 8)

    “chorei de rir aqui com o texto… mto bom mesmo… mas se eu mandar o link pra minha namorada ela vai ficar com uma crise existencial e dizer q eu n levo nosso namoro a serio entao vou me limitar a rir sozinho”

    opa, coloco ou [2] hehehehehe

    E Kid, vale falar que leio seu blog desde 1900 e URSS? Ah tá. Valeu.

  129. jm says:

    Cara, esse foi o melhor texto sobre o tema que eu já li. Simples, e direto ao ponto. Namorei 4 anos a distância e posso contar as vezes em que fui feliz junto com a outra pessoa.

    jm

  130. Marcia says:

    Olá Kid !

    Namoro a distância fazem uns 2 anos e andava pesquisando uns textos sobre esse assunto na net… pra ver as experiencias das outras pessoas que tbm passam por isso.

    Gostei bastante do seu texto.Só faltou dizer q apesar de td ser verdade ainda assim vc vai embarcar nessa furada pq o amor infelizmente nao escolhe CEP. Muito legal os comentarios do pessoal, essa participação enriquece muito seu blog.

    Ahhh… queria avisar que depois de ler seu texto me deparei com um clone ! acho q estão copiando suas ideias rsrsrs
    http://amarehprosfracos.blogspot.com/2009/01/por-que-diabos-voc-mantm-um-namoro_02.html

    Bjuxxx

  131. freek says:

    50km pode ser considerado um namoro à distância?

  132. Thaís says:

    Primeira vez que eu comento aqui, mas apareço sempre pra ler seus textos, adoro! 🙂
    Agora, se esse texto fosse uma teoria, acho que estaria furada. Conheci meu namorado no Ragnarök, ele morando no Rio e eu aqui em São Paulo. Se não me engano foi um ano e nove meses de namoro pela internet com a gente se vendo só durante os feriados e então ele veio trabalhar aqui em São Paulo e tá morando comigo já faz um ano e meio.
    Acho que ficou confuso, mas é só pra comentar mesmo. Apesar de tudo, seu texto mostra tudo DO PIOR em um relacionamento a distância, péssimo mesmo 😛

  133. Rodrigo[NightSpy] says:

    Não acredito que dar certo ou não tenha a ver com distância e sim com maturidade e certeza, se vc tem maturidade suficiente e certeza que a pessoa vale a pena…muda de cidade, viaja entre outras coisas, agora anmoro de ragnarok, levo em consideração q ambos não tem mais de 23 anos, duvido q dê certo…mas há exceções, não generalizo nada, até pq a Thaís ai é prova viva. 🙂

  134. Ele says:

    lol rauen, vc sucks.

  135. CaioCagliani says:

    Namoro à 4 anos com uma menina que saiu de um namoro à distância. Giggity!
    ;D

  136. Misaw says:

    Pior é a menina namorar um cara na mesma cidade, a uns 10km de distancia da casa dele, ver ele de vez em NUNCA, ficar falando só telefone(e chamar isso de “NAMORO”) e em horarios especiais, pq os pais dela nao podem saber, não podem nem SONHAR q ela ja transou(um vez por sinal). Ai é foda(isso acontece com meu primo). Uma coisa é ta em outra cidade, estado, país, outra é ta bem ai.

    Cada caso é um caso. Realmente as coisas faladas no post tem um certo fundamento, mas só ta dizendo as coisas ruins, em alguns casos da certo. Como falaram ai em cima, tbm não é só foder, foder, ta certo q faz uma falta do caralho, mas qndo vc encontra tdo o q keria numa pessoa q mora a 20 anos/luz de distancia, e realmente gosta dela, dar-se um jeito pra tudo nesse mundo.

  137. Kaito says:

    Dizer que namoro à distância é bom… é mentira, você fica pensando na pessoa 3/4 do seu dia, não pode ver ela quando quiser, esses são uns dos mais comuns acontecimentos relatados aqui, não venho fazer uma apologia ao namoro à distância, mas eu penso, às vezes, você se indêntifica com a pessoa que está do outro lado, ela consegue te completar, enfim, mesmo a vendo poucas vezes, essas poucas fazem um equivalente proporcional a saudades, depende de como cada um consegue lidar com a situação, por exemplo, você pode atuar perfeitamente na sua parte pra manter a relação, mas a outra pessoa não, como é uma situação criada pelos dois, os dois precisam manter-se firmes, por isso a maioria das relações acabam, por um ter menos fibra do que o outro, já tive algo assim, dos dois lados da moeda, não é fácil.

    Acho engraçado, pois quando eu arrumei uma garota que morava perto do meu serviço, eu não consegui ficar 1 mês com ela, e isso foi realmente estranho e no entanto, com uma garota que morava do outro lado do país, eu sentia mais amor do que qualquer outra coisa, acho que isso tudo é uma questão de circunstâncias, alguns tem mais sorte e outros não.

  138. Marcela says:

    Namorei a distância durante 2 anos e a distância não foi o fator mais importante pro término do namoro.

    Concordo q toma tempo extra, q a falta de contato físico é difícil e q existe aquela desconfiança…

    Mas pra um relacionamento existir é preciso, acima de td, confiança e cumplicidade. Apesar de ser ciumenta, não duvido do meu namorado, seja no mundo virtual ou real. É tão difícil uma pessoa conseguir aceitar certas maluquices minhas, conhecer determinados pensamentos, entender como funciono, quebrar o muro q há ao meu redor e conquistar minha confiança de verdade q, qndo acontece, me sinto segura em pensar q não vou ser traída -- e aqui falo de forma geral, não só no âmbito amoroso. Até onde sei, nunca errei até hj ao confiar em alguém.

    Acho q o q faz alguém manter um relacionamento a distância é o amor, o prazer q vc sente apenas em estar conversando com aquela pessoa. Claro q passear juntos, abraçar, beijar, transar e td mais é bom e faz falta, mas um namoro não se resume a isso. Não sei qnto as outras pessoas, mas eu procuro mais do q isso num namoro. Eu procuro um companheiro, alguém com q eu me sinta livre pra falar sobre qualquer coisa… paranóias, histórias, debates, piadas, estudos, problemas, pensamentos, música, cinema, livros, bobagens, teorias… TUDO. E até mesmo nada, qndo um de nós quiser.

    Eu passei por mtas coisas durante esse namoro, sofri bastante e tb fui mto feliz. Podia ter durado pra sempre. Podia ter terminado mto antes. Na verdade, terminamos mtas vezes e voltamos. Eu voltei e insisti em tentar pq achei q valia a pena. Eu o amava, ele me amava, eu sabia q podia dar certo, q nós éramos ótimos juntos. Eu acreditava no q sentia, isso me fez ficar com ele.

    Terminou pq já havia mta mágoa entre nós. Ele me magoou de várias formas, eu sempre colocava de lado pq achava q existiam coisas maiores e mais importantes com q me preocupar. Eu o magoei mtas vezes tb e ele não conseguiu superar uma dessas vezes. Justamente qndo eu não estava errada, ele apenas não conseguia aceitar. Até q um dia eu cansei de lutar por algo q eu sabia q não estava mais funcionando e o deixei ir. Sem lutar.

    Sumi por um tempo, achei necessário. Ele ficou bem chateado comigo, mas era o q eu precisava fazer naquele momento por nós dois. Suponho q agora ele entende o q fiz e o pq disso.

    Hj continuamos amigos -- éramos amigos antes de começarmos a namorar -, ele tem um filho e está de mudança para o Canadá. Eu estou namorando há quase 5 meses, estou feliz, mais calma, deixando as mágoas pra trás. E o namorado mora na mesma cidade q eu dessa vez.

    Não vejo o q o ex e eu tivemos como algo ruim ou idiota. Aprendi mto com ele e com nosso relacionamento. Não sou tão madura qnto queria, mas com certeza sou mto mais madura do q era qndo iniciamos nosso namoro e devo parte disso a ele -- ele é 5 anos mais velho q eu. Só guardo as coisas boas, os sorrisos, as conversas, as demonstrações de amor, o carinho, a amizade, o companheirismo, as horas q passamos falando coisas q talvez nem fossem tão importantes, mas pra mim eram mto especiais, as lições q aprendi. Pra q guardar o resto? Já sofri uma vez, não quero sofrer por continuar remoendo coisas q agora não fazem mais sentido.

    E como alguém já disse aí em cima, o amor não escolhe CEP.

    Se o amor for verdadeiro e as pessoas tiverem força e vontade pra lutar por ele, sempre vale a pena. Mesmo q termine. Distância é só mais um obstáculo a ser vencido, como tantos outros q aparecem pelo caminho.

    Enfim, é isso. Me chamem de nerd, idiota, sonhadora, anti-social ou do q quiserem, mas continua sendo minha opinião.

    “…ou interrompendo uma atividade com os amigos de dois em dois minutos pra responder SMSs da menina.” FATO. Acontecia mto, tanto comigo qnto com ele huahuahuahuahua

    A propósito, eu ri do texto, mesmo achando q um relacionamento é diferente do outro, q depende de mtos fatores e q, as vezes, vc tem uma certa tendência a generalizar as coisas.

    Qnto a relacionamentos iniciados em jogos, eu conheço alguns (leia-se: vários) e apenas um está dando certo. Até agora.

    E sim, eu falo mto.

    PS: me desculpem se tiver mtos erros/falta de acentos… o sono não me deixa revisar o q escrevi.

  139. Marcela says:

    Ok, eu falto mto MESMO o.o

    Ninguém vai ler huahuahua

  140. Marcela says:

    Opa, desculpae…

    *falo

  141. didlloko says:

    primeira vez no comment’s do blog
    já tive um rolo a distância, 300km mais ou menos e a primeira atitude foi dizer que ela era livre pra fazer o que quisesse desde que não me contasse, pois o fodex é o saber da coisa!
    não deu muito certo, mais na moral, gostava dela pacas, muito mesmo!

  142. Mila says:

    Relacionamento em si já é complicado,até pq distância não significa apenas ausencia física,há muitos casais por aí com um enorme afastamento, e moram , vivem juntinhos, mas não passam de estranhos. Assim como há relaciomenos virtuais em que as duas pessoas se conhecem muito bem, dentro das possibilidades da net, claro, sabem a forma da pessoa pensar, seus ideais , projetos, etc… um namoro a distancia realmente é complicado, mas dizer que é pura perda de tempo é radicalizar demais, até pq já vi exemplos que deram muito certo.Não se deve generalizar porq A ou B, o fulano , ou beltrano não foi capaz.Namoro, seja ele a distância ou não ,requer uma série de fatores para que possa dar certo, e isso não se baseia simplesmente em amassos e “fodelanças” vai muito além disso….há casos e casos…e quando se trata de namoro à distância Não é pra qualquer um!!!

  143. Mila says:

    Relaciomentos*….ah e o Leitor Voyeur…me proporcionou umas boas gargalhadas com o comentário dele…não pude conter o riso!

  144. Lee says:

    tipo,eu ri alto porque já aconteceu comigo e é verdade. eu costumava jogar rpg em momentos “nada pra fazer” e ainda jogo,mas muito³ raramente. e eu tenho literalmente 200 amigos só de jogos no msn. 200 dos quais pelo menos 100 me pediram em namoro (virtual),isso na minha última contagem,o que já faz tempo. já aconteceu até de um garoto que mora no Egito querer namorar comigo. enfim.. [b]tudo[/b] que você disse é a mais pura verdade..
    ~ kissus ni kokoro (calma,eu não te xinguei. “beijos no coração”), sayo{nara} :*

  145. Lee says:

    legal,meu HTML não funcionou 8D -paray.

  146. LUCIANA says:

    NUSS!CONCORDO COM PARTES DO TEXTO!MAS HÁ UM ANO NAMORO Á DISTÂNÇIA E N VEJO NENHUM PROBLEMA NISSO!É CLARO Q EXISTE A DOR DA SAUDADE,CIÚMES…E OUTRAS COISAS!MAS PRETENDEMOS NOS CASAR!E UMA COISA EU DIGO COM TODA CERTEZA!O NAMORO SÓ SOBREVIVE A DISTÂNÇIA SE EXISTIR UMA PALAVRA CHAVE CAHAMADA….AMOR!!

  147. luziarayen says:

    porque é bom demais a euforia do reencontro. O espaço vazio pra preencher de fantasia. A aparente novidade eterna.

  148. Laene says:

    Quando não existe o amor tudo isso é valido…
    mas quando ama enfrenta todas as barreiras so pra poder reencontrar o outro e se sentir como se estivesse nas nuvens!!!

  149. Cássia says:

    Assino em baixo!
    namoro a distância é uma MERDA!!!!!
    Eu tinha um relacionamento muito bom, de mais de dois, quando, à época, meu namorado teve de se mudar para outro estado, por conta do trabalho do pai…
    Heroicamente, a gente ainda tentou manter aquela ‘coisa’ por quase um ano…
    Imagine o sacrifício hercúleo numa época em que ainda não existia internet, para dois pós-adolescentes universitários (sinônimo para financeiramente ferrados)!
    não preciso dizer como a coisa acabou, né?
    Não recomendo!

  150. Carol says:

    Ah, eu namoro à distância e acho MARA. Até pq eu sou a típica cat person e não suporto gente grudada em mim. E meu namorado é igualzim, então dá certim. *mineiros detected*
    Além disso, eu não concordo mto com esse lance de incompetência não. Até pq quando a gente se conheceu (e foi real, não virtual) a gente entendeu que era super parecido, e que a possibilidade de dar certo era grande. Continuo investindo. Tô feliz pacaraio e recomendo, se vc tiver maturidade e auto confiança suficiente prá não virar escravo nem stalker do outro. 🙂

  151. Vru says:

    Namoro a distância é uma cagada, mas não culpo quem tenta. Eu mesma já tentei. Num geral, namoros iniciados na internet são tendência ao desastre.

    A forma de comunicação na internet é outra. As palavras tornam-se mais duras e reais. E quando os apaixonados se encontram, tudo muda. As realidades são apresentadas e os conflitos VERDADEIROS começam.

    Fora que sustentar esse relacionamento é outra cagada né? No setor financeiro principalmente: Telefonemas, viagens passagens, noites perdidas, discussões via e-mail… É auto destruição.

    Vou relatar meu caso pq to me sentindo na Márcia (Mexeu com você, mexeu comigo.)

    Namorei com um cara que, na internet era maravilhoso. Tinhamos os mesmos ideais e tudo ia bem. Considerava-o um grande amigo. Nos conhecemos pessoalmente e foi tudo muito bom. Só que… ele era MUITO ciumento. Muito MUITO MUITO. Eu deveria ter mandado ele #%#@$%$% no primeiro surto, mas, achei que dialogando com ele, essas neuras passariam. Só que isso nunca mudou. Eu acabei omitindo coisas dele por causa dessa postura. Foi surreal. Mesmo. Ele estava na minha casa, 600km da casa dele, quando terminamos. Praticamente expulsei ele. Foi péssimo. Perdi o amigo que tinha e ainda levei vários traumas pelas loucuras dele.

    Quem tiver apaixonado e tentando, desejo boa sorte. Boa sorte MESMO.

  152. Sarah says:

    Namoro a distancia se deve a quatro fatores, respeito, amor, lealdade e acima de tudo maturidade pra entender que um namoro não é SÓ “pegação” mas consiste em se estar envolvido tanto emocionalmente quanto fisicamente, e acho que isso faltou nos relacionamentos citados acima. Acredito que namoros que não dão certo a distância, também não dariam certo perto. Não é só a distância que existe traição, desgaste e comodismo. Outro ponto é quanto a dinheiro, se você não pode disponibilizar de um tanto a mais por mes para estar com quem se gosta porque quer namorar? Sai muito mais barato ficar solteiro. Namoro a 3 anos a distância e vou me casar no fim do ano.Posso afirmar que namorar a distancia não é a melhor maravilha do mundo, mas também não é tão horrivel assim, a distância só serviu pra mostrar que nosso amor resiste a tudo, a saudade, ao ciume, a insegurança e que além de noivos somos cumplices e amigos e é isso que é importante, não a distância que a pessoa amada se encontra de você. Se o namoro não supera 1 ou sei lá 5 anos longe, também não suporta um casamento, que diga-se de passagem é bem desgastante pra um namoro. Então. fica pros incrédulos uma frase inscrita na Bíblia :

    O amor é paciente, é benigno, o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz incovenientemente, não procura seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça. O amor “Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

    BeijOss *--(*

  153. Carol Animaker says:

    Tem casos que dão certo, Kid. [216548]
    Mas a ESMAGADORA maioria se f*de mesmo.

  154. TM says:

    Eu ja namorei a distancia…
    eu sou a garotinha qii morava nU fim do mundo…xD…
    passei um ano namorando a distancia…porem, agora meu namo veio morar pertinhU dii mim… e estamos namorando a 2 anos…eh bem relativo essa parada di namoro a distancia…as vezes dah certo i as vezes naum…

  155. C. says:

    Por razões óbvias não revelo meu nome. Estou namorando a distância. Moro no Rio e a mulher em Brasília. No começo foi legal, eu até vislumbrava me mudar para lá (remotamente porque a cidade é horrível, mas vislumbrava). Agora desisto. A garota é maluca. Está me mandando até cartãozinho com alianças coladas, fotos e por aí vai. Tá louca para arrumar um marido. Devagar vou sumindo. Já parei de responder e-mails dela e logo, logo vou cair fora. Só vou fazer a última viagem para lá nas minhas férias -- em maio -- porque é de graça (ela comprou a passagem no cartão dela). Depois disso… caio fora. Relação a distância é burrice. Só serve para a gente perder tempo, dinheiro e perder o melhor de uma relação, que é estar junto (perto) de quem gostamos.
    PS: morro de saudade da minha ex que mora na mesma cidade que eu, pena que ela não quer voltar para mim.

  156. ELIS says:

    Eu namorei a distancia um cara lá da FRANÇA, só que ele é marroquino e muçulmano. Gente………..DEUS me livre disso de novo. Pior experiencia da minha vida, no final das contas perdi meu tempo e o cara até hoje não sei o que ele queria. Sexo não era, pois ele veio me conhecer e nada. CHOREI NESSE DIA !!! Não sei mesmo…

  157. Srta Renata says:

    Cara,tive 2 relacionamentos à distância no último ano (malditos encontros estudantis que te fazem conhecer gente linda,legal e solteira do país inteiro e te fazem pensar que aqueles 7 dias de amigos,conversas,rodas de violão e muuuuuuuuita bebida podem durar pra sempre! rsrsrs) O primeiro foi com o nome de “namoro” mesmo (durou 2 meses e foi tudo que cê pôs aí em cima -- foi um saco e graças a Deus não me abalei do PA pro PR pra ver a criatura). O segundo foi mais legal,sem compromisso…Um belo dia acordei com uma vontadezinha de ir pro RJ,de noite minha passagem tava comprada e 3 dias depois tava no Galeão…Foi ótimo,valeu cada centavo,e apesar de não haver possibilidade de levar um namoro,segue o relacionamento,conversas,a amizade.Portanto,dessa segunda experiência serve muito pra quem gosta de viajar e sabe levar as coisas na boa (aquela velha e boa tática de aproveitar o presente): Eu descobri a melhor coisa do mundo: o leilão de passagens da GOL e tenho hospedagem de graça sempre que quiser ir pra outros estados (pelo menos tenho no RJ). E de ano em ano,nos encontros estudantis da vida,renovo minha lista de hospedagens em todas as capitais do país (já garantindo no mínimo um peguete em minhas viagens! rsrsrs)

  158. Vinicius says:

    Estou pronto

  159. André Lucas says:

    Olá Amigo, alguém me enviou esse texto por e-mail, achei interessante e postei no meu blog, porém não tinha a autoria ! então coloquei autor desconhecido… Recebi alguns comentários me acusando de plagio, e com o link do seu blog, já está com os devidos créditos! Desculpe

  160. Vera says:

    Bom… eu só conheço um namoro a distância que deu certo. O meu. Nos vemos 15 dias em abril, 30 dias em julho, 15 dias em setembro e os meses de dezembro, janeiro e fevereiro inteiros. Nos falamos todo dia por telefone. E assim o foi por 5 anos e meio já. Se brigamos 2 vezes foi muito…

    Mas somo da mesma cidade e começamos nosso namoro aqui mesmo… até que ele foi fazer faculdade fora. Esse ano nos formamos! Estamos muito bem, muito felizes!

    Então acho que sou uma exceção 🙂

  161. Samurai says:

    uma coisa a comentar
    “meio elfo”

    ps. cara… faz tempo que eu num lia qq coisa aqui

  162. Be says:

    Adoro esses textos que taxam ‘dá certo/ não dá certo’… NOT!
    Namoro há 2 anos a distância, e estamos bem, obrigada.

    Se você não sabe segurar a barra de um namoro assim, não diga que não dá certo. Gasto cada centavo sem nem pensar pra ve-lo, e tenho confiança total -- se alguém quer te trair, trai em baixo do seu nariz e você nem vai saber filhão 😉

  163. Hollywood says:

    pow kid, mas eu AMO ELA
    =/

    ok, admito, sou um loser e falhei na vida
    ):

  164. Toin says:

    2 years and half dating 250km far away…
    and i’ll never swap my blue eyed blonde girl for any other…

  165. Luiz Felipe says:

    O do meu pai deu certo. E hoje ele é casado com ela. D:

  166. lvps says:

    Uma vez quase que eu me enfiei numa roubada dessas 🙁 Graças a Deus terminou antes de começar. Hoje, analisando, vejo que isso realmente não vira nada.
    P.S: Primeira vez que comento no seu blog hahaha
    Até mais…

  167. Kari Pontes says:

    Mas o q vc pretende com isso cara?

    Grana, tempo, pegação, dormir de conchina…que coisa mais cliché! rs

    Assim a galera termina com qualquer relacionamentozinho qu’exista!

    Vc q não conseguiu e frustrado lança a maldição a qualquer custo pra um ou outro desavisado!

    Menino feio você! Muito feio! rs rs

  168. Kari Pontes says:

    Tá. Sei q isso tudo ‘é brincadeira’ mas…vamos falar um pouco sério agora…vai!

    Namoro, amizade, noivado, casamento…alguns relacionamentos terminam, outros não.

    Falta de contato físico diário não é motivo pq fosse assim, ninguém fazia
    intercâmbio, ninguém trabalharia ou estudaria em outro estado/cidade, tão
    pouco trabalharia durante a noite enquanto que o outro trabalhasse durante o dia.

    Por causa de diferença de horários tem casais que se vêem somente nos fds!
    Ninguém termina nada por causa disso!

    Em todo relacionamento existem dificuldades que causam incertezas,
    vigilâncias, cobranças, etc…isso não é exclusivo de namoro a distância.

    Ahh é isso!

    p.s. O Kid continua sendo feio, bobo e chato! Por isso q perdeu as namoradas! rs

    Bjimmm

  169. Kari Pontes says:

    Não disse o que faz um relacionamento terminar!

    É Falta de respeito com o companheiro…e essa falta logo vem acompanhada por todos os seus sinônimos como falta consideração, importância, atenção, valor, reconhecimento, etc.

    Quando tudo isso deixa de existir qualquer relacionamento chega ao fim!

    Pronto! Não escreverei mais nada!

    Bjo.

  170. Rafael Tages says:

    Heheh! Muito bom! Tá aprovado o parecer do Kid!

  171. corra atras says:

    Escreva o nome dela debaixo do seu pé esquerdo e repita 3 vezes : Eu te prendo e te amarro (nome do amor) com o poder das 13 Santas Almas Benditas e São Cipriano, você vai ficar apaixonada por mim e há de me procurar o mais rápido possível. Publicar esta oração 4 vezes ela é infalível porem não se pode voltar atrás.

  172. Mamendes says:

    Fomos nós cristãos que inventamos o amor. Antes disso vc teria relacionamento à distância com uma prima sem graça pra manter as alianças entre as famílias e garantir a prosperidade da fortuna do clã.

  173. Black☆Renault says:

    Ahá! Enfim um blog que aborda de maneira bem humorada (E livre de censura) os temas mais recentes da internet (Não que essa coisa de namoro a distância seja de ontem) está aí, o blog conquistou mais um fiel leitor! Hahah.

  174. crandestino says:

    Cara, parece que esse lance de namoro a distancia me persegue. Quando tinha 16 tive minha primeira namorada mas ela era novinha e por isso o pai dela nao queria que namorassemos. Namoravamos por telefone a maioria do tempo mesmo morando na mesma cidade, era uma merda, quase nao transavamos, hoje ela mete com qualquer um, menos comigo, papel de babaca. Mas blz, tive outras namoradas reais e hj moro nos USA e conheci uma ae de SP, e pior que to dando de babaca pela segunda vez. Essa semana vou dar um fim nessa historia, acredito que esse lance é realmente carencia, no primeiro pq minha mina era mto nova, hj pq moro num pais que é uma merda pra pegar muieh.
    Chegando no Brasil aih eh outros quinhentos, mas eu to sussa de fazer papel de troxa internacional

  175. pornolab.tv says:

    Hi! The theme of your blog is sumptuously
    visit my asian TV tube.

  176. Gabriel Menezes says:

    Namoro uma mina à distância, mas tudo é feito com muita maturidade todos nós sabemos os contras disso mas a vontade nossa é imensa e isso não abala. Aliás, ela é uma gata de 24 anos que mora em Curitiba, inteligente pacas, sem contar que nao preciso gastar já que ela é cheia da graninha meu véi. Uma mina dessa com certeza o autor do texto teve. Caso tivesse não queria nem saber porque uma noite com esse tipo de mina vale váaaaaaaaaaaaaaaarias. Claro que se não fosse a enorme vontade e os enormes dotes dela com certeza seria muito foda manter. Já é foda mas eu não me abato.

  177. F says:

    LOL
    epa cada uma consoante a experiencia de vida,forma a sua opiniao. namoro a 1 ano a distancia..nao e bem distancia,vá,vemo-nos ao fds..excepto ferias q e todos os dias praticamente haha e nao e nada por ai alem..

    paranoias todos tem…a curta ou longa distancia..
    portanto,dependendo da distancia e da paciencia..acho que pode resultar.

    (primeira vez qe visito..e dou-te os parabéns..AMEI ahah )cump’s

  178. Elisiane says:

    primeiro, quero dizer que gostei muito do post. segundo, discordo de quase tudo.
    namoro a 1 ano a distância, e acredite nãão chifrei e nem fui chifrada.
    claro, casos como esses é 1 em um milhão, mas pode sim dar certo.
    mesmo que ele venha me ver apenas de meses em meses, acaba dando certo quando a pessoa tem o ‘than’ especial que você não encontrou em outras pessoas. e olha que não passamos o dia todo em msn, orkut ou qualquer outro tipo de entretenimento . estudo num colégio integral e chego a noite em casa com tempo apenas para tarefas. SMS presentes, claro, mas isso apenas quando possuo crédito, que é raro já que sou dependente de mesada :p

    enfim, muito legal o post, poreém, sou a exceção hein 😉
    sucesso !

  179. Natasha Xtz says:

    RT @izzynobre 5 Motivos Pelos Quais Namoros a Distância Não Funcionam http://tinyurl.com/3nsoa7

  180. Danilo James says:

    Muito bom rs RT @izzynobre 5 Motivos Pelos Quais Namoros a Distância Não Funcionam http://tinyurl.com/3nsoa7

  181. PURA VERDADE!! RT: @izzynobre: 5 Motivos Pelos Quais Namoros a Distância Não Funcionam http://tinyurl.com/3nsoa7

  182. Fábio Léda says:

    Eu também sempre achei que namoros à distância não davam certo, mas toda regra tem exceção. Namoro há quase 4 anos e 2 anos desses quase 4 são à distância. Tá certo que vejo ela 2 vezes por mês, moramos a 4h um do outro, já conhecia ela desde moleque, então sempre tivemos intimidade… Claro que há os estresses, mas nada muito pesado. E digo mais: todos os meus relacionamentos anteriores (que não eram à distância) me deram muito mais dor de cabeça. Acho que há muitos fatores envolvidos pra gente afirmar que namorar à distância não dá certo, e eu sou a prova viva (e olha que eu defendia o contrário), mas o texto seu tem muitas verdades mesmo! hehehehe
    A falta da companhia num momento de desabafo é foda… =(
    Mas nada que a gente não supere! E ano que vem, vou me mudar pra mesma cidade dela!

  183. Banana says:

    Realmente, quando eu terminei meu namoro à distância foi um alívio. Kid falou tudo. Não tenho o que discordar. Namorei por um ano e meio com um cara de SP, sou do RJ, e foi MUITO desgastante… mas acho que o pior mesmo foi ele ter ficado no meu pé depois que o mesmo foi de encontro à bunda dele.
    Mas fazer o que… Hoje a paranóia acabou!

  184. Felipe Lemos says:

    RT: @PriGoldstein: 5 motivos pelos quais namoro à distância é uma merda http://migre.me/9Xz7

  185. Paula Dentro says:

    Ish… tá por fora!
    Sou a prova viva de que os itens 5 e 1 são argumentos de quem nunca passou por isso (ou pelo menos passou por uma experiência ruim e generalizou).
    Item 5 -- Namoro (na verdade noivo, vamos casar dia 10/01/10) com uma menina 14 anos mais nova que eu (calma, não é pedofilia, ela tem quase 21 e eu 34), linda, mas tão linda q é muito frequente eu mostrar a foto dela no celular pra algum amigo e acharem q é brincadeira minha, q é foto de alguma mulher q eu tirei de uma revista de moda (não é sacanagem, acontece mesmo, e MUITO).
    Item 1 -- Não tenho nem como comentar… essa sim deve ter sido a experiência ruim q te fez generalizar tudo. Na verdade me divirto e sou muito mais feliz agora do q fui com qualquer outra ex.
    Bom, não sei se me enquadro no caso de namoro à distância, já q vc mora no canadá. Minha noiva mora “só” a 1.200 km longe de onde eu moro, e nos vemos praticamente 1 vez por mês (nunca por menos de 1 semana de cada vez).
    Ah… os itens 2, 3 e 4 são a mais absoluta verdade!

  186. Emerson Nunes says:

    http://bit.ly/l1dAk … leiam nerds! ^^

  187. kaoru says:

    eu namorei quase dois anos a distância! sou a prova de que só o amor constrói, estamos juntos até hoje e além! hihi =0D
    gente, quando é pra ser não adianta teimar, remar contra a maré. aceite e seja feliz o/

  188. Viviane says:

    O texto mais ridículo q já li na minha vida. Respeito a sua opinião. Mas nada deve ser generalizado, seus perdedores.

  189. Mauricio says:

    Como disse um amigo meu…
    Namoro a distancia é bom pros 4.

  190. camilo says:

    bom torna-se impossiivel ler todos os coments
    mas como nada na vida eh certo …
    namoro a distacia pode ser um droga … mas pode dar certo ou errado … nunca se sabe … (mesmo normalmente tendendo a nao dar )

  191. Helana says:

    Acho que o problema não está no namoro à distância em si, mas nas pessoas. E isso é aplicável a qualquer relacionamento.

    Não importa se você mora perto ou longe, uma pessoa ciumenta manterá esta condição independentemente da localidade. É claro que a distância magnifica algumas situações, que no cotidiano não teriam importância nenhuma. Coisas simples ganham uma dimensão exagerada ou muito complexa, quando, por exemplo, você aparece sozinho(a) em festas em que é comum levar acompanhante ou passar o dia do namorados alone in the dark (além de outras mencionadas já no texto).

    O que eu quero dizer é só que todas essas dificuldades que você comentou não são somente exclusivas do namoro-DDD. Todo relacionamento tem isso (até mesmo o lance da ausência, quem trabalha nem sempre se vê todos os dias da semana), o problema é que à distância essas dificuldades ganham um espectro maior.

    Por isso, não é que namorar à distância é inviável, mas que determinadas pessoas não funcionam em relacionamentos assim (ressalto que ninguém opta livremente por viver esse tipo de situação, ela simplesmente acontece e você tem de decidir se está no seu perfil de tolerância ou não).

    Também penso que a idade do casal influencia bastante. Depois que você fica um pouco mais velho ou já teve vários relacionamentos, algumas coisas deixam de ter aquela importância de antes. É natural (em pessoas normais) os ciúmes diminuírem, até porque este é fruto de insegurança (mais recorrente quando somos jovens).

    O relacionamento à distância é um problema não só gerado pela internet, mas também pelo mercado globalizado. As empresas optam por contratar jovens por questões de mobilidade, já que ainda não tiveram tempo de construir a própria família, é mais fácil tolerarem mudanças em razão de trabalho.

    Ou seja, cada vez mais vamos ter de encontrar modos de lidar com isso, qualquer jovem em algum momento da vida provavelmente terá de passar por essa experiência (ou pela decisão de não embarcar nela).

    Quanto ao fato de a preocupação do namoro se voltar para o casamento, nem vejo problemas nisso, pois hoje em dia, a maioria dos namorados acaba indo morar junto após os três meses juntos. É ou não é verdade?

    Namoro há três anos à distância (ele em SP-SP e eu em FOR-CE). Acho que tem dado certo porque somos pessoas tranqüilas, além de não termos encontrado em outras pessoas o que enxergamos um no outro (durante todo esse tempo que estamos comprometidos).

    PS: Cheguei ao seu blog através do nerdcast!

  192. Tempão procurando esse texto e não sabia que esse texto era do @izzynobre , de 2008.. http://bit.ly/K7of9 …sem mais…

  193. Rafael Celloni says:

    Não sabia que esse texto era do @izzynobre , de 2008.. http://bit.ly/K7of9 …sem mais…

  194. Guadalupe says:

    Eu mantive um relacionamento a distancia talvez por naum ter ke ter as cobranças de um namoro real,eu podia sair qd kizesse e inventar kualker desculpa( do tipo fikei sem net,meu cl acabou a bateria essas coisas,mais dps de um tempo mesmo achando impossivel eu me apaixonei e começei a perceber ke keria akelas partes chatas do namoro,tipo tem ke sair com a galera dele mesmo naum gostando de ninguem so pra ele naum ficar chateado e coisas desse tipo.Aiii eu percebi ke esse relacionamento naum ia me levar a lugar nenhum pq eu tava pressa a uma pessoa ke naum podia me ofereçer oke realmente eu precisava,ai as coisas desandaram….Parece loucura amaar alguem ke vive longe de vc e ke vc praticamente naum vê mais aconteçe e naum e uma coisa ke aconteçe exclusivamente com adoleçentes ja conheçi pessoas com mais de 25 anos com uma vida social ativa e com oportunidade de conheçer pessoas bacanas e ke cairam nessa naum por opção e ke justamente a pessoa ke morava longe era akela pessoa ke fez o coração acelera e todas akelas besteiras ke aconteçem com nosso corpo qd a gnt se apaixona….MAis namoro a distanciaa e uma verdadeira Mer**…

  195. Issue says:

    simples. não se obtém vantagem a distância, mas tudo é relativo.

  196. Cristine says:

    Não da certo não…eu namnorei um rapaz 1 ano e meio, ele mora a 500 km de mim,
    nos conhecemos no second life, ele era gentil e inteligente.
    Enfim começamos a nos gostar passei msn e orkut, e ele tb…confesso que não o achei atraente, mas sua boa conversa me fez gostar dele.
    Bem 4 meses depois de se ver todo os dias por la e trocar confidências, resolvmos nos conhecer…resolvi ir até a cidade dele( doente mental eu era)8 hras de viagem e tals. Quando cheguei
    nossa meu , o cara era feio de doer, mas ja que estava la tentei dar uma chance, rsrsrs. Bem voltei pra minha cidade com uma vontade de terminar, mas o cara me envolvia mais e mais, ele veio pra sp e eu fui la novamente.
    Dessa vez que fui, começei a notar mais defeitos, entre eles que o cara cheirava cc, kkkkk cara eu não aguentei e vim embora para dar um basta.
    O cara era feio , pobre e fedido…e morava na puta que pariu.
    Fiquei com muita dó, mas ele estava obssessivo…terminei de vez não consigo mais me imaginar beijando, eu souuma mulher bonita e confesso que fazia um contraste enorme com ele.
    Pô o cara não tinha dinheiro para me ver, ficamos quase 1 ano sem se ver na cam etc. Eu que não ia continuar com isso mais, deus me livre…ele disse que ia se matar etc, fazendo pressão psicológica…enfim não voltei e fiquei ainda por cima com um outro cara, hoje estou aliviada de ter me livrado desse cara que apesar de ” bonzinho” pra mim não dava mais ..
    ufaaaa que bom estar livre agora !!!!!

  197. B. M. says:

    Poxa Kid, faltou os créditos hã?
    http://amarehprosfracos.blogspot.com/2009/01/por-que-diabos-voc-mantm-um-namoro_02.html

    Nota do Kid: compare as datas dos textos, amigo porifero.

  198. Grazi-k says:

    Namoro a distancia: na prática, fazendo as contas 5 meses se tornam 5 dias. E olhe lá.

  199. Renata says:

    Discordo totalmente com oq vc disse. Eu conheci o meu (hj marido) em um jogo on-line, nem eu nem ele estavamos procurando relacionamento, inclusive estavamos namorando outras pessoas, eramos bons amigos aí o sentimento foi crescendo, passamos 2 meses conversando on-line se gostando MUITO aí ele decidiu vir pra cá me conhecer pessoalmente, foi uma quimica, um sentimento tao forte tão intenso, q ele nunca mais voltou pra casa. moramos juntos por 3 anos e hj estamos casados. quando encontramos A PESSOA CERTA não interessa que parte do mundo ela esteja vc vai ama-la e respeita-la. as suas couple of bad experiences não te faz expert em relacionamento a distancia nem mto menos te dá o direito de tachar todos de losers. eu conheço um casal que o cara morava no Ceará e teve q mudar pra SP pra estudar no ITA, ela ficou no Ceará, e namoraram assim por 5 anos se vendo 1 vez ao ano nas férias de julho. e ele 100% FIEL a ela, nao tenho a menor duvida pq ele passava todo o free time no tel com ela ou no msn. o cara estudava cmg, e depois de formado eles se casaram, estao casados há 4 anos e tem 2 filhos.
    Se seus relacionamentos nao deram certo amigo Kid é pq nao tinha amor. se não ha amor, nem namorando sua vizinha de cima vai dar certo
    .
    abçs

    • Alexandre says:

      A proposta do texto é diferente da sua situação e da situação do seu casal de amigos.
      No texto ele fala sobre relacionamentos iniciados virtualmente, onde não há contato, quando vc conhece a pessoa pela internet e namora sem nunca ter visto ou tocado, diferente do seu caso, onde vcs se conheceram pela net e só passaram a ter um relacionamento sério depois de se verem pessoalmente e do seus amigos, onde eles ja namoravam e um deles teve que se mudar por motivos maiores 😉

  200. Fer says:

    “Manter um namoro à distância é uma espécie de admissão da sua incompetência romântica.” Triste verdade…
    “O relacionamento a distância perverte a própria premissa de um namoro.” Acho que o contato próximo não é o objetivo de um namoro (embora faça falta).
    “Namoro à distância toma mais tempo na vida do indivíduo do que um namoro convencional” Grande verdade. Mas quando não se tem muitos amigos por perto não faz diferença, né.
    “Namoro à distância é matematicamente falando um mau negócio” Como já disse, a presença do companheiro faz falta sim, mas o ciúme e a paranoia de estar sendo traído existe mesmo quando o outro está por perto. E essa coisa de “não estar romanticamente disponível”… Pow, já está envolvido com alguém e se preocupa em estar disponível para outra pessoa?
    ““Namoro à distância” e “felicidade” são mutualmente exclusivos” -- Meus relacionamentos normais foram tão desgastantes quanto. Aliás, foram mais desgastantes.
    Pra gostar, se preocupar, se sentir atraído, desejar, ser companheiro de uma pessoa não precisa estar perto dela; estar namorando a distancia não significa que você quer se casar com essa pessoa, mas que se ela estivesse por perto você teria um relacionamento com ela e não é a distancia que vai atrapalhar isso. Não é porque conheceu a outra pessoa há duas semanas que você vai ir ao cu do mundo, gastar rios de dinheiro pra poder ver ela (por mais que esteja apaixonado, um pouco de bom senso cai bem) e se depois de um tempo você ainda quer ver essa pessoa, que mal tem de fazer mesmo que depois o namoro acabe? Você gostava dela e teve dias bacanas na sua companhia.

  201. Bru says:

    Eita td mundo concordando com vc izzy xD
    bom..namoro à distancia faz 2 anos, nos vemos 1 vez por mes +/- (e compensamos a falta de contato qnd nos vemos) qnd vou passar algumas ferias longe ele vai junto, e assim levamos.
    Não ficamos o tempo inteiro na net, ficamos com nossos amigos tb e conheci td o pessoal dele, logo tb mantenho contato cm eles.

    Da pra ser feliz se curtir mesmo a pessoa! xD

  202. Ronaldinho says:

    IzzyPobre, namorar a distância não é pra quem quer, é pra quem PODE.
    Financeiramente e psicologicamente.
    Se vc tem dinheiro, namorar a distância nunca foi e nunca será um problema. Tá com saudades? Pega o avião e viaja ou o carro, whatever.
    Aliás, eu até considero isso uma vantagem, pois namoro a distância confere mais liberdade e privacidade para o casal. E quando se encontram, a curtição é muito maior e o desgaste natural de um namoro “presencial” é bem menor.
    Além disso, a pessoa tem que ter a cabeça no lugar. Não adianta ser um moleque cabeça de bagre e querer namorar a distancia. Não vai funcionar.

    Mas eu entendo seu caso. Com certeza na época que vc namorou a distância vc era um quebrado sem dinheiro nenhum, deveria depender dos pais e ficava namorando pela internet. Daí não rola mesmo. Além disso, a mentalidade de ambos não deveria ser evoluída o suficiente para permitir um relacionamento desse tipo.

    Mas basicamente é isso. Pobres e burros não devem namorar a distância. Se você concordou com este texto, você é pobre e intelectualmente desfavorecido.

    • Yui says:

      É, mas tem vezes em que simplesmente não se é possível ir ver a pessoa. Bem de verdade, prefiro ter um relacionamento com contato regular, mas como não pude durante meu ano de intercâmbio, fomos forçadas a fazermos isso. E durante o programa, não pude receber visitas nem pude ir visitar meu país. Sem contar que 3000 reais não é pouco, pra se desembolsar, mesmo que eu pudesse, né, rs. Mantemos nosso relacionamento com um pouco mais de conflitos que o normal, pois estávamos acostumadas com contato de formas diferentes (sair juntas, SMS direto, etc etc), quando aqui (Noruega) o custo altíssimo de telefone e a diferença (+3h, +4h ou +5h) de fuso acabou nos prejudicando.
      Não sou pobre (muito pelo contrário, eu e minha família temos um patrimônio considerável) muito menos intelectualmente desfavorecida, mas concordo sim que namoro a distância < namoro 'próximo'.
      Já tive um pouco de cada e sei minha preferência. Nem por isso preciso ser pobre ou burra. Existem circunstâncias e circunstâncias.

  203. Fernanda says:

    Conheci meu namorado pela internet, mas não enrolei muito não. 2 semanas a gente já se encontrou. Estamos juntos a pouco mais de 1 ano.
    Nunca acreditei em namoros virtuais.
    A gente já faz tudo virtualmente hoje em dia, que alguma coisa tem que ser real… palpável!

    Meu namorado está para ir para os EUA estudar durante 1 ano. Não acredito que de forma alguma isso poderá abalar um relacionamento inicialmente real e palpável, será apenas um teste de resistência e confiança… indeed!

  204. lucas says:

    acabei de terminar o meu relacionamento a distância. não por isso, porque nao tava dando certo msm. se ela for msm o amor da minha vida, a gente ainda acaba se trombando.

  205. diego says:

    Fiz um concurso público no ano passado cujo um dos temas propostos para a redação era justamente namoro a distância. E claro dissertei sobre a mesma discordando de que este tipo de relacionamento supra as necessidades humanas num relacionamento.

  206. TROLL says:

    Namorei por 2 anos a distancia, desse tempo fiquei apenas 42 dias com a minha namorada, realmente foi um LIXO.

  207. LuaG says:

    Conheço uma pessoa que namora a distância há 2 anos.
    Ela mora em SP e ele no Mato Grosso. Ele todo sonhador, deu a ela uma aliança de ouro e pediu em casamento… Ela toda vivendo a realidade deu-lhe um par de chifres e mantém um namorado aqui e esse outro para as férias xD
    Ótima tática a dela kkkkkkk

    Eu já namorei a distância durante pouco tempo, me cansei, e logo em seguida dei-lhe um belo chute na bunda kkkk

  208. Fernando Araújo says:

    Cambada de loser defensores de namoro internetico xP
    Izzy nobre mandou bem no texto…

  209. um novo projeto a convite do DJ Sérgio Moutinho

  210. Yui says:

    Depois de namorar um ano e meio, vim fazer intercâmbio na Noruega, de um ano. Foi tenso, MUITO tenso, nosso namoro quase acabou, mas conseguimos segurar as pontas. Namoro a distância é uma bosta mesmo… volto pra casa amanhã =) e não vejo a hora de poder vê-la de novo e compensar todo o tempo de sexo e besteiras perdido, LOL

  211. Luana says:

    Amigo Izzy,
    Eu namoro a distância a 1 ano. Conheci meu namorado por conta de amigos em comum. Ele acabou tendo que ir morar em Campinas por conta da faculdade. Está a 6 meses lá.
    Namorar a distancia é uma merda, dá saudades, vc quer sempre ter o cabra por perto e não pode. Mas, algumas vezes dá certo. Tendo paciência e confiança dá certo.
    Eu tenho um exemplo de que namoro a distância dá em casamento: Meus pais estão casados há 35 anos. Meu pai é militar e por conta disso, sempre tinhamos que se mudar. Há 6 anos, minha mãe acabou se fixando em Fortaleza com os filhos e meu pai ficou morando em Brasília. E te garanto, o casamento deles é feliz.

  212. breno says:

    namoro a distancia da çerto se vc souber se relacionar igual eu to namorando a distancia venjo minha namorada a cada 15 dias e quado eu valto pra minha cidade fico pegada umas baraga agora daki 4dias vo la valta a pega minha namorada depois valto pras baraga

  213. Carlos Almeida says:

    Namoro virtual é resultado de uma doença chamada depressão entre outros distúrbios mentais. A pessoa desiste de ir as ruas em busca de uma compania real e se aprisiona em um mundo ilusório, criando uma zona de conforto.
    Então caros doentes mentais que acreditam que namoro virtual é real, procurem um médico responsável na área de saúde mental.

    Acredite em si mesmo! Voce é único, e mesmo que seja feio que é o diabo, pode ter certeza que tem uma vizinha no mesmo caso que vc esperando pra receber “carinho” de verdade.
    Que só esses 10 anos sem sexo só no namoro virtual/bronha podem proporcionar, vc deve estar carente ao extremo para apelar pro namoro virtual.

    Devem existir milhões de motivos para não se namorar pela internet, pois é de fato uma enorme perda de tempo do caramba!(Experiëncia própria!)

    VIVA A REALIDADE!!!
    O CHEIRO, O SABOR, A ADRENALINA!

  214. Taylor says:

    bando de idiotas quando,existe realmente amr,claro que eles tudo surportam -‘-

  215. Nash says:

    “Você acerta em várias coisas mas erra feio ao deduzir q não exista namoro à distância sem ciúmes.” [2]

    Cada caso é um caso, acho feio generalizar e desencorajar alguém que podia estar entrando num relacionamento bacana.

    Namoro a distância há mais de 2 anos, e é tudo maravilhoso. Distância não quer dizer falta de intimidade.

    Mas vc acerta no quesito “grana”, realmente gasta-se muito.

  216. Jeferson says:

    “Namoro a distância é pra crianças, me perdoe a franqueza.”
    Tem que ser muito adulto para conseguir ter um relacionamento a distância…acho que se houver confiança, respeito, comprometimento e um pouco de grana o namoro a distancia é até melhor que o convencional, te explico o porque:
    Quando se namora a distância, não tem ninguem pegando no pé o tempo todo, você sabe que realmente a pessoa gosta de você por conseguir se manter num relacionamento assim, a saudade é tão grande que quando se encontram um percebe o quão valioso é um abraço, um beijo, um sorriso do outro justamente porque a distância torna tudo isso importante…pode parecer besteira, mas é mais fácil um relacionamento a distância dar certo do que um convencional…
    De qualquer forma hoje em dia os casais quando não moram juntos só se veem nos finais de semana mesmo, caso do meu irmão…e olha que a namorada dele mora pertinho…todo mundo trabalha, estuda, tem sua vida, ninguem pode ficar dando atenção a namorado ou namorada o tempo todo, então que diferença faz morar perto e não se ver frequentemente?
    Prefiro um namoro virtual com saudades e sexo bom 1 vez por mês do que um relacionamento em que um enjoa do outro e recebem uma galha na cabeça…HSUAHUA’

  217. @leonardo_plus says:

    Concordo com senhor caro Izzy, pois passei por essa experiência a pouco tempo e não me trouxe nada de bom. A distância só faz uma coisa com o relacionamento Distanciar ainda MAIS.

  218. Danilo says:

    Tenho 17 anos, e sempre fui um provolone de gordo, tipo faustão, e lembro de quando eu emagreci e me tornei um kara um pouco mais atraente e mais confiante, porem os traumas de algumas coisas no tempo de escola abalaram demais minha moral, ainda sou um bosta com mulheres, lembro quando conheci uma garota de bauru, me apaixonei por ela, ficamos 1 ano “namorando”, e realmente TUDO o que conta no texto é verdade, hj continuo o mesmo solteiro de bosta,e me contentando com Xvideos, poremm sem nenhuma “responsabilidade” com ela, e comigo mesmo

  219. Gabriel Dias says:

    Bom, como tudo na vida tem sua exceção, minha mãe e meu padrasto são uma exceção de que “namoro a distância não dá certo”, eles se conheceram no Chat da UOL, se conhecem a 4 anos, e nós 3 moramos 2 anos juntos…

  220. Sacchi says:

    Sabe, metade, se não todos, os seus argumentos, são completamente sem base. Eu mesmo mantenho um relacionamento a distância e me sinto feliz com ele. Sure, ainda não nos vimos pessoalmente, mas aproveitamos o tempo que temos juntos, respeitamos o espaço um do outro, brincamos e jogamos juntos quando possível, etc, etc, etc.

    Eu simplesmente não entendo o que as pessoas ainda tem contra relacionamentos a distância, eu conheço mais 3 casais -- casais felizes -- que começaram a distância e hoje já tem pelo menos 2 anos de namoro. Tem muito mais sobre o namoro do que o sexo, amor também está envolvido.

    Meu primeiro namoro a distância não acabou com um senso de alívio, acabou com as mágoas de um termino normal, se não até maiores por causa das circunstâncias, que por acaso, não tiveram nada a ver comigo e minha ex não podermos nos ver.

  221. Ravi says:

    Nossa, caí aqui de paraquedas em 2013. kkkk. Só queria falar que tá tudo certo o que você disse. E que namoro a distância tem como dar certo, mas é aquilo que vc e que todas as pessoas que tiveram sucesso nisso fizeram, ir morar junto com a pessoa, pelo menos na mesma cidade. Se vc e a pessoa gostarem mesmo um do outro, uma das partes tem que provar isso se mudando e o mais rápido possível, antes que o desgaste acabe com o projeto de relacionamento. Por isso que é uma merda, porque nos namoros normais as pessoas não precisam se amar intensamente ‘FOREVER LOVE MODE: ON’ para durar um bom tempo e serem felizes, mas a distancia o amor é um pré-requisito. Sem mais.

  222. Raysa Vasconcelos says:

    Achei relevante ressaltar aqui que realmente namoro a ditância é sim -- por diversos motivos, na qual tu citas os 5 piores -- deveras desgastante. Ambos perdem tempo conflitando os piores sentimentos de uma “verdadeira” relação a dois. O foda de um relacionamento virtual é conviver com o imagético de ambos para o pessimismo e auto-destruição (de si mesmos e da relação). Em contrapartida, há sim casos que ora são excludentes desse “estereótipo paradigmático” (se assim pudermos relacionar sem muita redundância) de que sempre dará errado devido as várias circunstâncias, que uma delas é crucial: distância difere de convivência. Seu texto me fez refletir a atual situação em que me encontro: pois comecei a namorar no real e infelizmente agora estamos no virtual por estarmos em estados diferentes devido ao trabalho de um e estudos do outro. Nós dois temos esperanças para um reencontro e quiçá morarmos juntos, mas… Bom, resta agora aguardar e ver no que realmente vai dar.
    Obrigada por trazer uma luz crítica com seu post. (:

  223. Alpha Nerd says:

    Eu discordo da maioria de vocês, tenho 14 anos, tudo bem, contudo sou mais culto que a maioria de vocês, meros mortais u.u
    Como um bom apreciador de Shakespeare digo-lhes:

    De almas sinceras a união sincera
    Nada há que impeça: amor não é amor
    Se quando encontra obstáculos se altera,
    Ou se vacila ao mínimo temor.
    Amor é um marco eterno, dominante,
    Que encara a tempestade com bravura;
    É astro que norteia a vela errante,
    Cujo valor se ignora, lá na altura.
    Amor não teme o tempo, muito embora
    Seu alfange não poupe a mocidade;
    Amor não se transforma de hora em hora,
    Antes se afirma para a eternidade.
    Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
    Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.

    William Shakespeare

  224. vany says:

    Namoro a distância não porque eu quero e sim porque sou obrigada meu namo esta doente não pode sair de casa e eu não posso ir visita lo pq não tenho um bom relacionamento com a familia dele por motivos muito serios então ou agente continua o namoro a distancia ou agente se separa e confesso que não gostaria de terminar com ele mas esse negocio de namorar a distancia é RUIM DE MAIS!!!! ja namoro a distancia ha 1 ano e meio

  225. Deny says:

    Sempre disse que não namoraria a distância, mas conheci meu namorado nos EUA e já não aguento de saudade, só não me mudei pra lá ainda pq preciso terminar minha pós que faltam 2 meses, depois disso vou de mala e cuia… contato é necessário, principalmente o sexo…

  226. Gilmar says:

    Passei por essa experiencia de namorar a distancia por 3 anos.
    Nunca vi a mulher pessoalmente, nem mesmo pela web cam, apenas fotos, e mais tarde por telefone.
    No inicio eu estava fazendo planos para conhece-la,mas aconteceram varios imprevistos de ordem financeira(infelizmente ou felizmente?)que me impediram de ir conhece-la.
    Tive momentos bons tambem, mas q nao foram suficientes para q eu mantivesse o relacionamento.
    Como resultado dos maus momentos posso citar ciumes exessivos da parte dela, ofensas que tive que ouvir desmerecidamente(palavroes mesmo), só para citar alguns exemplos.Cheguei a mandar presentes pra ela no dia dos namorados e nunca receber nenhum, mas o que importa é que hoje me sinto aliviado por ter saido dessa gelada.
    Recuperei minha paz e tranquilidade.
    Nao desejo isso nem ao pior dos inimigos, namoro a distancia nao é pra qualquer um, as vezes pode dar certo, mas ainda assim é perigoso.

  227. karol says:

    Nada Ver,, Eu Namoro Ah Distancia e Acho Otimo,, Agr Se Vc Naun Acha… Tem Outras Pessoáàs ke Acham… Blz

  228. jacson silva says:

    a Bíblia é clara quanto a essas questões bestas, pois ela diz que o amor TUDO SUPORTA, TUDO ESPERA e TUDO CRER, tenho que admitir que idiota eu não sou, como você diz, pois se é uma perda de tempo, eu prefiro viver essa perda de tempo ao lado daquela que mais amo nesse planeta, e que daqui a uma semana vai para uma distancia de 3 dias de mim, então eu te digo que por ela, SUPORTO a distância, ESPERO pra ter a presença dela e CREIO de que sera com ela que algum dia, vou estar casado, esse é apenas um dos meus objetivos,porque para Deus, nada é impossível.

  229. B says:

    O meu não deu certo. Estou sofrendo porque tem 3 dias que acabei. Nos conhecemos em um grupo do Facebook e começamos a conversar todo dia durante meses. Marcamos de nos encontrar, ele veio para a Bahia me conhecer. Depois fui la em Bsb. Tava indo tudo bem até que ele começou a mudar comigo. Não era a mesma coisa. Briguei, senti ciúmes, morri de saudades e ainda morro. A nossa sintonia era maravilhosa. Achei que ia ser. Mas entrei na estatística do que nao deu certo. Na última vez que conversamos insisti e ele me disse que não estava mais apaixonado, mas que pensava em continuar mesmo assim. Eu que não sou masoquista nem acredito em algo sem paixão, decidi terminar. Ta sendo duro. Estava planejando ir ver ele de novo. Mas não era para ser. Faltou investimento pessoal dele que desanimou nas primeiras dificuldades. E eu lutando sozinha nao dava ne. Mas conheço histórias lindas de pessoas que deram certo! Amigos meus! Amor não escolhe Estado, país… Escolhe pessoa.

  230. ERLAN ROYO says:

    E ai, eu sou boliviano mas moro em SP faz 12 anos e fui de férias agora em 10/2014 pra Bolívia e fiquei quase três meses. Fiquei, namorei, sei lá com uma menina que me apaixonei, mas as férias acabaram e bom, tive que “voltar à minha vida”. Nos juramos amores e que ela viria em carnaval ou junho mas ai nos desentendemos e acabou, é o que parece. É muito desgaste emocional e você nem tem contato com a menina, é uma mer…
    Mas aí eu pergunto pra vocês, se eu desejasse um compromisso com ela no futuro ( e põe futuro nisso, teria que acabar faculdade aqui, planejar ir embora, não sei se estou preparado pra isso e abandonar toda minha estrutura aqui) não vale a pena investir? ou será que é idiota e deveria confiar mais em mim e ter certeza que posso arrumar uma mina show de bola aqui e pronto…????

  231. Dora says:

    Conheço uma história linda de uma amiga que casou e hoje tem uma linda família. Mas pessoalmente nunca acreditei. E por ironia, estou em RD. Foi assim de brincadeira hoje estou vivendo toda essa realidade exposta no texto, ok, exposto com palavras que doem só de pensar, mas é verdade. E eu tenho uma única certeza, ainda não decidi parar porque gosto da pessoa, mas se acabar, NUNCA MAIS IREI ME PRESTAR a situação similar. É a pior coisa. Você se sente carente e ao mesmo tempo invasivo por pedir atenção. É uma especie de tortura mental… Espero que de certo, mas ensaio todos os dias como isso irá terminar… Affs… Boa sorte para quem tem…

  232. Michael Thorpe says:

    como posso deletar um post meu?

  233. Michael Souza says:

    hey

  234. gunter says:

    cara, na minha opinião é sim uma coisa difícil , mas se os dois estiverem dispostos a dar certo vai dar certo , eu vou me casar com uma menina de outro estado , vai dar certo , só precisa de confiança um no outro , é um ponto crucial …

  235. hendrix says:

    mas se um casal já se conhece pessoalmente.. e depois de 3 anos de namoro cada um vai morar em uma cidade diferente.. esse namoro tem chances de dar certo?

  236. Gabriela says:

    Olá. Então, eu acho que você está muito certo. Meu relacionamento está desmoronando devido à distância, porém no meu caso é um pouco mais delicado pois morávamos juntos na mesma cidade, vizinhos, namoramos dois anos assim, morando perto, até que ele precisou ir embora para outro país devido ao trabalho e ainda permanacemos juntos por um ano e meio desde então. Quando posso visito ele é fico um mês até. E ele também vem pra cá pro sul . Mas não aguento mais, hoje fazem três meses que não nos vemos e é horrível, me sinto triste. Só brigamos por tudo ultimamente. Mas nenhum tem coragem de terminar, já fizemos isso antes e voltamos a nos falar. Não desejo isso pra ninguém! !!!!!!! Sejam felizes

  237. Rafaela says:

    Tentei…mas não acredito em namoro virtual.
    Poxa vida,somos seres humanos,e não uma tela de computador.
    Onde fica o toque,o carinho,cheiro,dormir juntinho,andar de mãos dadas???
    Gente o beijo,o beijo???!!!
    Please!!! Quem vai conseguir namorar sem beijar,sem contar o que vc digita ou fala ali na tela,nunca sai como vc dizer pessoalmente.
    Não acredito em namoro virtual,acredito no real!!!
    Desculpem,mas esta é minha opinião.
    Bjs,e boa sorte a todos nos…

  238. […] LINKS RELACIONADOS AO EPISÓDIO Seja nosso patrono – Patreon Papo de GordoSeja nosso padrinho – Padrim do Papo de GordoConheça o VirtualNet PodcastVote nos Melhores do Ano no Papo de GordoPodcast SpinoffPodcast Na Calçada5 Motivos pelos quais namoro à distância é uma merda […]

  239. Leandro Kennedy says:

    Tem gente burra e carente para tudo nesse mundo, depois vão ouvir Adele com dor de cotovelo kkkkkkkkkkkkkkk

  240. Andréa says:

    Poxa, vou te falar. Minha irmã namorou à distância durante anos, e hoje ela está casada, com 3 filhos, e aparentemente vivendo muito feliz com o mesmo cara.
    Acho que todas as regras têm suas exceções.

  241. Seu artigo abre uma discussão interessante.

    Não é uma perda de tempo quando os dois estão dispostos a fazer dar certo e se amam de verdade. Há várias histórias que comprovam isso.

    Entretanto, assim como qualquer tipo de relacionamento, o à distância também pode acabar. São diversos os motivos que levam ao término e não somente a distância.

    Namorar à distância não significa não ver a pessoa pessoalmente. Aliás, o contato físico é muito importante, então os dois devem se planejar para saber como vão fazer para poder se encontrar pessoalmente.

    O ciúme excessivo e a paranoia é algo que acontece em alguns casos, mas não em todos. Isso pode ocorrer em outros tipos de relacionamentos também e é algo que deve ser evitado, pois realmente não faz nada bem ao namoro.

  242. Renata says:

    Na minha opinião, depende muito da pessoa e da situação, eu, por exemplo tive 2 namoros de 1 ano a distância com duas pessoas diferentes e acreditem, perca de tempo total, nunca nos vimos e eu fiquei esperando em torno de 1 ano a pessoa vir me ver, mas não, nem webcam as vezes queria ligar, mas isso compete da insistência da pessoa também, por exemplo, se eu tivesse insistido, talvez estaria na mesma, ou não, nunca se sabe. Mas cheguei num ponto de depressão, depender de algo que nunca tive, buscava informações de outros casais que deram certo para aumentar a minha força, porque eu estava num buraco sem saida e sem fim, cada dia mais me afundava, até que percebi que aquilo não era pra mim, me valorizei e hoje prefiro estar solteira do que ter um relacionamento a distância, que no meu caso, foi uma ilusão total, cortei o contato e hoje digo que sou muito feliz. Mas como estava dizendo lá em cima, depende muito da outra pessoa, da relação, e do sentimento, vou te dizer que não “amava” a outra pessoa? Não, eu”amava” sim, mas me dei o valor de nao sofrer tanto, era coisa de louco, chorar todos os dias por saudade de uma coisa que nunca vi…. E se depender de mim, eu nunca mais vou perder tempo da minha vida com uma coisa que nao tem futuro!