Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

[ Vergonha Alheia do Dia ] Malandros usam lei de Gerson pra burlar o refil de refrigerante do Burger King

Postado em 19 October 2013 Escrito por Izzy Nobre 66 Comentários

otários

Em 1999, eu fui para os EUA pela primeira vez com meus pais. Tínhamos amigos em NYC; na nossa passada por lá, saímos com a molecada pra um Burger King das redondezas.

Era o ano de lançamento do primeiro filme de Pokemon, e a rede estava dando em seus lanches para crianças vários bonequinhos da franquia multibilionária da Nintendo. Por causa disso, toda a minha subsistência foi baseada em lanches do Burger King.

Guloso que sempre fui, terminei meu refrigerante e passei a roubar alguns goles do do meu irmão. Essa repetição de “do do” ficou escrota mas garanto: está gramaticamente correta, não encham meu saco por favor. Nossos amigos (brasileiros mas que moravam nos EUA desde bebês de colo) riram e explicaram que se eu quisesse, podia pedir pra atendente encher meu copo de novo.

Ué, de graça?!” eu perguntei embasbacado.

Isso“, explicou o moleque. “Eles enchem de graça, é só pedir um ‘refil’ que eles enchem seu copo“.

Mais tarde o pai dos moleques explicou que refrigerante é na realidade uma parada super barata; ao pagar o preço do copo na real o restaurante já tirou um lucro tão substancial que eles não perdem tanto em oferecer aos clientes alguns goles extra.

Lembro que voltei pra casa pensando que esta seria uma das muitos sisteminhas dependentes de um “honor system” que não funcionariam — ou não, já que eventualmente esse esquema de refil chegaria ao nosso país.

Aí vejo um vídeo como esse abaixo, que prova que eu estava certo desde o começo.

No vídeo, estes revolucionários burladores de sistemas estudaram o regulamento que rege a prática do refil (que no Brasil tem um monte de cláusulas e uma limitação de 30 minutos; posso estar enganado mas até onde eu sei os sistemas gringos não têm tantos pormenores) pra passar a perna no restaurante. Armados com um galão daqueles de 20 litros, os rapazes foram lá com a intenção de levar muito mais refrigerante do que tem direito.

Os funcionários do restaurante tentam impedir a molecada, mas eles insistem que têm direito de essencialmente dar prejuízo no restaurante e impedir consumidores legítimos de terem acesso à máquina. A gerência do restaurante se vê obrigada a desliga-la antes que os moleques roubem toda a porra do refrigerante.

Sim, ROUBEM. Não há outro termo pro ato de adquirir algo sob meios excusos e sem pagar o devido valor.

E o pior é que os autores do vídeo — e muitos dos que os acompanham, aliás — acham a proeza digna de palmas. É uma situação bem parecida com aquelas em que um site posta preços claramente errados e uma multidão de safados correm pra comprar dúzias de computadores e HDTVs. Ou seja: o sujeito sabe plenamente que está abusando de uma tecnicalidade pra “enriquecer sem causa”, como descreve o Código Civil, mas tá pouco se fodendo porque é mais importante se dar bem — mesmo quando o prêmio é uma mixaria; uma porra dum refrigerante — do que ter boa índole.

Aí depois reclamam de Mensalão, de deputado aumentando os próprios salários…

No Brasil já é de praxe ser mal atendido e não gozar dos mesmos serviços e privilégios oferecidos no exterior. O refil do refrigerante era um bom exemplo; eis outro — se compro uma bobagem eletrônica qualquer aqui no Canadá, a maioria das lojas permitem devolve-la sem dar motivo ALGUM (e às vezes até mesmo sem o recibo). target=”_blank”>Meu pai fez um vídeo explicando uma ocasião em que ele usou desse privilégio.

Minha mulher me presenteou com um MacBook Air de 64gb de SSD, voltei na loja, devolvi-o, e fui em outra que tinha o modelo de 128gb disponível. A loja não embaça em momento nenhum e eu não precisei nem mentir sobre o motivo pelo qual estou devolvendo o computador. “Vou ali na loja ao lado pegar o modelo com mais espaço porque vocês estão sem”, “ahhh beleza”. E pronto.

Se você algum dia se perguntou por que esse tipo de coisa não é oferecida no nosso país, o vídeo acima é um bom motivo disso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

66 Comentários \o/

  1. lolerson says:

    Ok, desisto, ta foda mesmo. Logo tem outro brasileiro aí no Canada pra te fazer companhia, tem lugar que simplesmente não vale a pena.

  2. Vinícius says:

    Eu acho louvável o que eles fizeram pois essas empresas só querem te fuder deixando você mofar na fila por um tempo ridículamente longo e quando os muleques compram o copo e enchem o galão eles não estão roubando, se eles pagaram eles tem direito!!!!
    Agora dizer esse tipo de coisa morando fora do Brasil eu acho meio idiota, pois quem vê de fora é fácil, atendimento no Canadá funciona e tudo mais, mas aqui no Brasil não é assim que funciona.
    Curto demais o canal do Não É Sério e acho que eles devem continuar fazendo isso para mostrar que o regulamento é falho.

    • lolerson says:

      Tem diferença entre fazer simplesmente por “poder” e fazer por “poder e dever”, qualquer deputado lá da câmara pode fazer projeto pra triplicar os salários deles, e adivinha só? Eles fazem. Ué, eles estão no direito deles, não estão? Eles ganharam a eleição, eles não estão roubando. Aí o que acontece? Você reclama, por que? Antes de agir, pense se você realmente DEVE fazer aquilo, não simplesmente porque você pode.
      Se isso virar moda, sabe o que vai acontecer? O Burger King e outras empresas do ramo vão tirar o refrigerante de graça ou então aumentar o preço. Legal né? Valeu a pena ser o espertão? Se quiser protestar contra filas grandes, boicote a empresa, e não tente tirar proveito dela, porque sempre tem volta.
      Engraçado também que no Brasil não tem self-checkout e outros “honor system”: porque não funciona aqui, o povo acha que só porque não tem um regulamento dizendo que não pode, ele pode. Pra um povo que sabe se auto regular, não precisa de regulamento. Lei só é necessária pro povo que não tem senso ético ou moral algum, se cada um tivesse a consciência de que não se deve tirar proveito dos outros, não precisaríamos delas.

    • Lourenço says:

      “Eu acho louvável o que eles fizeram pois essas empresas só querem te fuder deixando você mofar na fila…”

      Nossa, cara! NOSSA, CARA! Você é…. RETARDADO?

      A empresa te abusa? UAU. Você pensa isso mesmo? NÃO COMPRE LÁ! 😀

      Precisa exercer sua “JUSTIÇA” roubando? Quer dizer, que pensamento ignorante é esse? Se eu não gosto de você isso me dá um vale “posso te espancar sem ser preso e ainda por cima sair como heroi”?

      Cara, a empresa existe, tem gente que gosta. Brasileiro idiota compra carro mais caro do mundo, compra eletrônico mais caro do mundo. Leva pernada a torto e a direito porque não aprendeu a “boicotar” as coisas. Acha que “roubar refrigerante” vai ensinar uma grande lição ao “gordo conglomerado das empresas malvadas”. São pensamentos como esses que fazem esses retardados continuarem agindo achando que estão fazendo um bem para a humanidade.

      Existe uma regra simples no mundo: Não gosta, não coma/compre. Simples né? Você não gostar de algo não significa que você tem direito de acabar com a diversão alheia. “MAS EU SOU ESCLARECIDO E TENHO QUE MOSTRAR PRA ESSES BABACAS A VERDADE”. Não tem cara. O único babaca aqui é você.

      “mas aqui no Brasil não é assim que funciona.” Aqui não funciona assim por idiotas como você. Se todos idiotas como você, deixassem de comer nos lugares que não gostam -- o que representa uns 90% da população, simplesmente o tal comércio ia ter prejuízo e ia ter que mudar a abordagem. Simples né? MAIS SIMPLES DO QUE ROUBAR e ter que justificar o roubo. Retardado.

      • André says:

        Cara eles não roubaram nada, eles pagaram pelo copo e os refil durante 30 minutos, tudo aki é uma questão de falta de ética, pq no Brasil as pessoas tem uma hipocrisia do caramba quando isso é quebrado, enfim não podemos culpar eles por roubo isso é estupidez mas sim por não agir dentro dos costumes

      • Alexandre says:

        Caros amigos a moral da pessoa não está em nacionalidade cor, raça, credo etc… Está em saber que atitudes podem ou não prejudicar outros obgado…

    • Arthur says:

      hahaha
      Mofar na fila é justificativa pra roubar litros de pepsi? Mofar na fila é justificativa pra ser anti-ético?
      Vira baderna desse jeito!
      Se eu me sinto incomodado com a fila eu reclamo com a gerência! Não vou abusar da lei e prejudicar o estabelecimento e outros clientes!

  3. Arthur says:

    Dá uma revolta ver vídeos assim! O pior é que isso é só uma das várias facetas do lado perverso do “jeitinho brasileiro”.
    Não é porque exista uma brecha nas regras que quer dizer que a atitude é certa! Falta bom senso, falta ser menos individualista e pensar nos demais.
    O problema do Brasil é cultural. Os políticos fazem o que fazem pois são um reflexo da sociedade!
    Vergonhoso!

  4. Leandro says:

    Quanto a devolver produtos, o CDC brasileiro garante o direito de qualquer consumidor manifestar arrependimento de uma compra e devover o produto, contanto que o faça em sete dias. Isso se aplica a produtos adquiridos fora de um estabelecimento comercial ( telefone e internet). É o artigo 49, se não me engano… Ou seja, se quiser devolver, em até sete dias, é só levar de vota e pedir o reembolso, não precisa justificar nada.

  5. Wolverine says:

    As vezes esse teu excesso de moralismo enche o saco, Izzy!

    Depois começa a brotar comentários, com palavras chaves “políticos”, “Brasil”, “educação”.

    Bom, acho que a maioria das pessoas que comentam coisas desse tipo, são inteligentes o suficiente para admitir que vivem num país de merda, onde a maioria da população, não tem educação ou bom senso.

    Quer fazer algo de bom por esse país? Eduque seu filho.
    Até aí tudo ok?
    Agora pra que ficar dando piti por isso?!

    Puta merda, a internet se tornou um lugar muito chato.

    o Izzy pra editar uma imagem, chamando os caras de otário, deve estar bem revoltado mesmo.

    Foi um ato ridículo sim, bem coisa de idiota mesmo. Mas porra, lendo certos comentários eu me senti andando na calçada de um bairro chique. Com aqueles playboys passando com seus cachorros. Esse tipo de gente fresca, sabe?! Nego põe até o preço do PS4 como argumento no comentário… =

    O canal dos caras é bem maneiro, tem outros vídeos bem legais. Eu recomendo.

    • Guilherme says:

      Incrível como em tantas linhas alguém não consegue falar absolutamente nada.

    • Matheus says:

      Isso que eu tava procurando como dizer. Puta moralismo retardado, porque eu duvido que todos esses bons samaritanos que estão comentando não se aproveitam de uma contravençãozinha de vez em quando. Quer dizer então que o os politicos fazem toda a merda que fazem porque o seu povo é anti ético?? algo como um troco??? os mesmo otarios que comentam são os mesmos otarios que botam eles lá, lendo todos esses comentarios parece que o brasil é a coisa mais linda, que só tem gente boa, façam a sua parte e não encham o saco dos outros sentados no computador aí. Também é incrivel como não tinha nenhum dos moralistas ali na fila, mas aqui na internet são milhares..

  6. Guilherme Santos says:

    Se partirmos pelo princípio que o BK cobra R$ 9,00 pelo copo (pois é) e a Pepsi custa R$ 3,29 por 2,5L (e não diluído em 50% de água pura, como o refri das máquinas do BK), concluo que os garotos têm direito a, no mínimo, 8 litros de refrigerante cada.

    • E se a conta for feita com uma latinha e não com a garrafa? E se a latinha for vendida em casas de show ou estadios? Seu argumento não faz sentido, o preço varia conforme o estabelecimento e região.

    • Tiago says:

      Eles tem direito a receber pelo que pagaram, que de acordo com a tabela de preços do restaurante equivale a um copo.
      Se o preço é alto (independente da lógica ou cotação que você quiser usar) eles têm a liberdade e comprar refrigerante em outro lugar, de trazer a bebida de casa ou de tomar outra coisa/nada.
      Usufruíram da liberdade para pagar mais caro, mesmo tendo conhecimento e informação. O problema aí é deles.

  7. Silvio says:

    muito bom o texto, belas observações.

  8. Victor Moinho says:

    Desculpe, mas aqui no Brasil a maioria das lojas oferecem o mesmo privilégio do “Canada” de trocar o produto e/ou pegar um vale e comprar em outra loja da mesma empresa que tenha mais variedades!

    Agora nao me venha com esse papo de “boyzinho” (porque no EUA é assim e blá blá blá…),duvido que o pessoal que comenta aqui nao baixa musicas na internet tirando o lucro das bandas e etc, que é muito pior do que exercer o direito de pegar refrigerante a vontade como o regulamento falho da empresa permite, É MUITO MORALISTA com pouca moral!

    • Izzy Nobre says:

      Das muitas asneiras que você falou, a mais fácil e objetiva de refutar é a falsa comparação entre roubar refrigerante (que resulta na subtração de matéria física) e baixar mp3 (que é uma cópia e não significa perda de propriedade do dono original).

      Não que pirataria seja algo certo, mas a sua comparação é mais sem pé nem cabeça que minhoca decepada.

      • Victor Moinho says:

        Izzy, nao sei se voce percebeu mais eles nao estavam tentando demonstrar como “ROUBAR” refrigerante, porque ate mesmo essa palavra nao se encaixa com o preço de 7,00 reais no refil (não é tao barato como no Canada), sao videos de humor, apenas isso!

        A outra opiniao de “regalias do exterior” de troca de produto é totalmente horrivel, nao sei aonde voce morava aqui no Brasil ,mas em Sao Paulo isso ja existe faz tempo!

        Dizer que comparar alguem que compra um CD falso (seja de musica ou de videogame, que tambem tira o lucro do empreendedor e dos donos) com os meninos não é bobagem, pois nao adianta julgar a atitude dos meninos que estao se aproveitando do sistema e destruindo um “privilegio” de beber refrigerante avontade do outro que sempre quando tem a oportunidade de usufruir algo com mais facilidade financeira comprando pirataria e baixando musica, tornando assim o preço dos produtos originais mais caros e tirando o acesso das pessoas honestas que são desprovidas financeiramente de obter o produto Original, pra mim é a mesma coisa, é só levar a conclusão além e no final a perda é sempre financeira, e sempre quem perde é o pobre honesto, nao o playboy revolucionário!

      • Pedro Guimaraes says:

        não é não. parte do principio da moralidade e da ética.

  9. QUE says:

    Quando é um americano fazendo graça num fast food seja com um milhão de batatas fritas ou enfiando sorvete na testa todo mundo acha legal.

    Devem ter roubado uns 70 centavos de refrigerante depois de pagarem 5 reais no copo. PAREM AS PRENSAS!

  10. Diego says:

    Teve um comentário aí de cima que resumiu a falha dos caras: se tivessem devolvido o galão, teriam provado o argumento (ou qualquer coisa que eles quisessem provar) e, aí sim, o vídeo teria o tom “humorístico” que eles buscavam.

    É basicamente a diferença entre hacker e cracker. O hacker encontra a falha e a explora para mostrar ao responsável pela segurança que esta falha existe e deve ser corrigida. O cracker encontra a falha e a explora para o benefício próprio ou simplesmente causar confusão e aparecer.
    Infelizmente, o pessoal deste canal foi “cracker” neste vídeo.

    E o pior, incentivando o mesmo comportamento.

  11. Spuma says:

    Sinceramente? Tempestade em galão de Pepsi.

  12. Heberth says:

    Refrigerante é uma merd@ e cancerigeno, não vejo problema nenhum nesse video, o “prejuízo” que tiveram ou poderiam ter nem se compara com os bilhões que eles ja ganham com a ignorancia dos frequentadores.. pra mim que não tomo refri nem como esses hamburgueres “imortais” não tem utilidade esse metodo. Antigamente curtia suas postagens :/

  13. Carolina says:

    Agora é regulamento falho. Antes era: nossa, olha o tamanho desse regulamento, tudo em letra pequena, pra que tanto detalhe? Por isso, pq se não tiver tanto detalhe, o cara te rouba e ainda diz que tá dentro do regulamento.
    Me preocupa muito o rumo que estamos tomando. Ver gente defendendo esse comportamento é mais assustador que o vídeo que os babacas fizeram.
    Bom senso, cidadania e civilidade são conceitos alien para alguns. O problema é que esses alguns são barulhentos.

  14. valdir krieger says:

    Sou estudante de direito e, segundo a norma jurídica do CDC, vocês poderiam sim ter feito tal ato e poderiam inclusive ter entrado com uma ação contra a empresa se não deixassem ter os 30 min de refrigerante grátis. Obg!

    • Tiago says:

      E o que foi citado lá nos comentários do Facebook sobre o Código Cívil?

      “Código Civil (lei 10406/2002):
      Art. 421. A liberdade de contratar será exercida em razão e nos limites da função social do contrato.

      Art. 422. Os contratantes são obrigados a guardar, assim na conclusão do contrato, como em sua execução, os princípios de probidade e boa-fé.”

      • Cris says:

        Nem discuta, Tiago.
        Estudante de Direito só faz Estudantededireitice mesmo…

        • André says:

          Cara eles não agiram de má-fé onde tu viu isso?? eles só otimizaram o tempo que eles tinham, e assim como qualquer restaurante que deixa levar a comida até pq eles pagaram por ela levar pra casa

      • Thiago Spegiorin says:

        Também sou estudante de direito e venho lembrar ao companheiro que em relações jurídicas regidas pelo Código Civil, como o caso, é necessário a existência de boa-fé como pressuposto de um contrato.
        Você socar uma garrafa de 20 litros pra tirar refrigerante “só de zuera” pra ficar postando vídeo do youtube não é boa-fé nem aqui nem a puta que pariu.

    • @engdavirocha says:

      Por causa de filhos da puta igual você o Brasil é uma merda.
      Só porque tá no regulamento, deixa de ser errado? Imoral? Deixa de ser desonestidade? Faltou você interpretar que os 30 min de refrigerante grátis são para UMA pessoa. Duvido que o moleque consiga tomar 20 l de refrigerante SOZINHO em 30 min.

      Seguindo seu raciocínio, vou com toda minha família e amigos em uma churrascaria do tipo rodízio, peço apenas UM rodízio e deixo todos se servirem do meu prato.

      Se forme e vire mais um dos milhares de juízes filhos da puta que sempre tomam a lei pelo lado mais leve, e deixam traficantes livres, leves e soltos pra traficar…

      • Carlos says:

        Caralho, tomara que os caras do vídeo não vejam a parte que você falou do rodízio na churrascaria.

        É muita malandragem mesmo, além de ver brecha em tudo ainda filma e bota no youtube pra pagar de fodão engraçaralho que vai contra o sistema e pra outras pessoas que acham esse tipo de coisa engraçada e válida repetirem, sempre com o mesmo argumento de que “não tá dizendo nas regras que não pode, então é justo”. Ainda tem uns que vão mais além e dão uma de filósofo, dizendo que isso é uma crítica social de como as empresas nos tratam mal e isso é o troco, que é um jeito de lutar contra o capitalismo e o caralho.

        Depois esse tipo de serviço deixa de existir e ficam reclamando.

  15. Tiago says:

    Acho engraçado como as pessoas conseguem desconectar o “governo corrupto” da “população corrupta”.
    Governo não é uma entidade alienígena inalcançável e sem rosto, ele é formado por pessoas que são eleitas pelo voto do… Povo!
    Se o povo é corrupto (mesmo em pequenas coisas ou em casos tolos como esse de “justiça contra os grandes”) nada mais esperado do que o governo ser corrupto também.
    Cada um inventa as desculpas que acha cabível, mas no fim esse tipo de humor, e alguns comentários que surgiram aqui, nada mais são do que um reflexo do que nossa sociedade considera como correto e da dissonância cognitiva de alguns quando acham que um povo corrupto não cria ou apoia um governo corrupto.

  16. Erick Mendonça says:

    Ei! Acusar os outros de serem “falsos moralistas” virou um bom argumento pra tornar a coisa errada que você fez válida?

  17. BURLANDO SISTEMAS???… Senti constrangimento e vergonha desse vídeo.

    Realmente, o tal “senso crítico” [???] fez com que estes jovens quisessem provar que uma determinada regra possuía uma “brecha” (jurídica ou não), porém, a falta de bom senso e ética reinou. Faltou a noção de Direitos e Deveres. E não fazer ao próximo o que você não gostaria que te fizessem. (“Amar ao próximo como a ti mesmo”). Logo, vemos que por essas e outras que algumas pessoas não são seres civilizados. Realmente enquanto houverem pessoas que pensam assim, o Brasil estará fora do mundo civilizado.

    Para compreender melhor meu pensamento, pesquise no Dicionário Aurélio ou Google a origem de duas palavras sob a ótica da filosofia grega, lexicografia e etimologia.

    Cidadão -- homem de Estado, que possui direitos e deveres para com ele, ou àquele que defende o bem público, os interesses coletivos e bem estar de todos.

    Idiota -- Do grego ‘idiótes’, “homem privado (em oposição a homem de Estado)” ou àquele que defende o bem privado, os seus interesses particulares e o seu próprio bem estar ou de um grupo determinado.

  18. BURLANDO SISTEMAS [???]… senti-me constrangido ao ver o vídeo… que vergonha de saber que alguém pode pensar que todos os brasileiros sejam assim.

    Realmente, o tal “senso crítico” [???] fez com que estes jovens quisessem provar que uma determinada regra possuía uma “brecha” (jurídica ou não), porém, a falta de bom senso e ética reinou. Faltou a noção de Direitos e Deveres. E não fazer ao próximo o que você não gostaria que te fizessem. (“Amar ao próximo como a ti mesmo”). Logo, vemos que por essas e outras que algumas pessoas não podem ser consideradas civilizadas. Realmente enquanto houver pessoas que pensam assim, o Brasil estará fora do mundo civilizado.

    Para compreender melhor meu pensamento pesquise no Dicionário Aurélio ou Google a origem de duas palavras sob a ótica da filosofia grega, lexicografia e etimologia.

    Cidadão -- homem de Estado, que possui direitos e deveres para com ele, ou àquele que defende o bem público, os interesses coletivos e bem estar de todos.

    Idiota -- do grego ‘idiótes’, “homem privado (em oposição a homem de Estado)” ou àquele que defende o bem privado, os seus interesses particulares e o seu próprio bem estar ou de um grupo determinado.

  19. CCC(o legado) says:

    Kid viado, vai morrer de tanto galão cheio de refrigerante enfiado no cu

  20. Santiago Vieira says:

    Na boa, pra mim otário é quem compra esse refil. Com o preço desse refil da pra comprar um refrigerante de dois litros, que mata a sede de pelo menos quatro pessoas. Esse negócio de 30 minutos ser a vontade é idiotice, até porque em 30 minutos ninguem consegue tomar 2 litros de refrigerante, ou seja, Povo brasileiro gosta é de perder dinheiro, e pra mim quem perde dinheiro esse sim é um grande otário!

  21. Arthur says:

    Sabe oque eu estou achando mais legal?? Se esses meninos tivessem feito isso a anos atrás todos estariam achando o máximo e engraçado, mais hoje em dia essas “espertezas” são vistas como malandragem,ninguém vê graça e tiram eles de babacas, agora queria saber deles, se vocês fossem empresarios contratariam vcs depois desse video ? e digo mais deveriamos boicoitar produtos q anunciem no canal desses meninos.

  22. Vinicius Ortiz says:

    Izzy, posso estar falando bobagem, mas parece que no Brasil existe uma lei que você pode devolver o produto em 7 dias sem precisar de justificativa e recebe o dinheiro de volta, meu professor disse que já fez isso várias vezes.

    • absghdnhf says:

      e que que isso tem a ver com o video? primeiro que eles nem pagaram pelo refil e segundo que o burger king nao poderia aceitar o galao de volta

  23. Filipe says:

    Izzy não consegui compartilhar o link no facebook..

  24. marcosmazo says:

    Isso me lembra da época na qual quando se comprava o Combo no Cinemark, você podia encher o refil quantas vezes quisesse… até um esperto encher o refil e distribuir para todos que estavam no cinema e que não tinham pago por pipoca. As empresas são “malignas”? Até podem ser. Mas eu prefiro simplesmente evitar essas empresas do que me tornar um deles…

    Abraços e paz.

  25. Pvc says:

    Mas e se eu vou em 2-3 no restaurante, e compro apenas 1 refil para dividirmos, e com isso acabamos utilizando mais e mais vezes o direito de encher o copo sem custo..

    Seria errado ou certo, segundo essa visão ai?

  26. Humor deveria ter graça, não?

    E se os políticos que acharam brechas em leis responderem que “estão fazendo aquilo por motivos de humor”?

  27. GAbriel says:

    mas é um otário mesmo

  28. Mike says:

    Não acho que foi um crime, apenas uma besteira exagerada…
    Se fosse uma garrafa de dois ou três litros seria mais aceitável, e poderia ser justificável como uma lição para eles concertarem regras com brechas pq br sabe como eh neh.., --se forem os primeiros sem exagerar e conseguir uma boa repercussão para que as empresas façam regras mais claras e objetivas contra espertinhos tah valendo.
    Bem isso que eu penso..

    Aconteceu algo semelhante comigo, meu primeiro campeonato de Yugioh online com regras contra decks específicos, no torneio não citava o deck Exodia como banido e eu perguntei para os organizadores se estava valendo pq na época dava para montar um com bom potencial de vitoria.. eu estava pensando em reservar alguns slots do meu side deck contra Exodia, mas achei melhor pegar o ele mesmo soh para mostrar a força que ele tem e ver se continuaram com ele fora da lista de banidos…
    Resultado.. ganhei o torneio .. tudo 2x0 e no mesmo dia me anunciando como campeão já deixaram uma nota dizendo que na próxima atualização de banidos o deck Exodia estava com seu lugar reservado.
    Alguns me xingaram, mas a maioria não reclamou, sempre diziam que na próxima eu perderia que o deck não chegaria muito longe e talz, torneiozinho comum nada muito significativo, então acho que não apelei demais..

  29. […] minhas naveganças internéticas de todos os dias, me deparei com este post do amigo Izzy Nobre sobre o vídeo de três jovens que burlam o sistema do refil de refrigerante no […]

  30. Carlos says:

    no EUA não tem tantos “por menores” porque o pessoal tem educação, tem bom censo, já o Brasileiro “espertão” sempre fode a porra toda, lementável.

  31. Raposão says:

    é muito mimimi pra pouca bosta , o restaurante que tava errado por ter uma politica falha eles acharam uma brecha na politica de refil do bk e simplesmente se aproveitaram disso , deixem de ser ingenuos eles não deram prejuizo pro restaurante muito menos agiram fora da lei

  32. Felipe says:

    Acho falta de ética, educação e muito dessa merda de jeitinho Brasileiro, foda, é só usar o bom senso, que em sã consciência iria tomar 20 l de refrigerante em um lanche? Mas, como todo Brasileiros que se preze, tem que encontrar um falha e tentar se aproveitar dela, em vez de usar normalmente como uma pessoa normal deveria fazer, por isso, que eu não dou muito tempo para que o BK tire o refil, a mesma coisa acontece com as motos 50cc como não pagam IPVA e não tem placa, se aproveitam para fazer merdas nas ruas, já que não se pode identificar a moto por não ter placa. Os próprios Brasileiros destroem a imagem do Brasil! LAMENTÁVEL!

  33. Willian says:

    Que ridículo vocês , não sei como tem coragem de divulgar isso na internet , achando que ta bonito , o Refrigerante é para ser bebido no COPO que é comprado nas lojas , não pode ser colocado em outros recipientes , mesmo que não esteja escrito , falam tanto em DIREITOS do consumidor , mas esquecem que tem DEVERES do consumidor também que é agir com respeito , uma coisa que faltou , alias isso trazemos do berço né , quem tem tem , quem não tem não da pra comprar.
    Outra coisa , tomem cuidado pois vocês estão divulgando a marca da empresa e dos funcionários sem a autorização da mesma , isso dá um GRANDE processo , se eu fosse o Gerente nesta situação eu chamaria a policia , porque isso é ROUBO , depois a mãe e o pai vão dizer que são inocentes e não fazem nada de mais , ai não vai adiantar chorar .

  34. […] outubro do ano passado, eu descobri um vídeo em que uns rapazes “burlavam o sistema” do Burger King pra abusar do sistema de refill de refrigerantes ofe…. Eis o vídeo, caso você não tenha […]