Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Sobre a geografia de uma cama de casal

Postado em 30 December 2012 Escrito por Izzy Nobre 28 Comentários

Existem várias coisas que ninguém me falou em relação a viver junto com minha esposa. Uma delas é que, enquanto dividirmos um teto, eu jamais serei capaz de cagar no meu próprio banheiro caso ela esteja em casa. Nem mesmo aquele terrível trauma que passei em relação a isso foi capaz de me reprogramar psicologicamente. Já me resignei a me aliviar no trabalho; o lado positivo desta quebra de tabu que é cagar fora de casa é que estou economizando papel higiênico.

A outra coisa, e esta mais relevante ao assunto que quero comunicar a vocês, é sobre a cama de casal. Mais especificamente, na questão de divisão territorial.

Desde que nos mudamos para este apartamento, eu tomei o lado esquerdo da cama, minha patroa ficando então com o lado direito. Não sei o que causou essa decisão, mas foi a posição que adotamos naquela primeira noite no novo apartamento — com a casa ainda aquela bagunça irresolvível, móveis em posições temporárias e caixas de papelão por todo lado. E desde aquela primeira noite, mantivemos essa geografia.

E seria quase um anátema tentar mudar agora. Não sei se é porque todo o sistema de suporte camístico já está montado para servir às nossas posições (os carregadores dos meus gadgets do meu lado, as revistas femininas delas do seu), ou porque fomos condicionados às nossas posições por fatores imensuráveis (espirituais, talvez?), mas nas poucas situações em que nos vimos tendo que inverter as posições, houve uma palpável sensação de desconforto.

Uma vez minha mulher, doente, caiu na cama do meu lado e pegou no sono. Tive que dormir no lado dela, e foi como se de repente alguém os nomes de todas as pessoas que eu conheço mudassem da noite pro dia mas todo mundo fingisse que nada aconteceu — uma insuportável sensação de estranheza que eu diagnosticaria como loucura light.

A propósito, esta divisão não é justa, como todo indivíduo que mora com a namorada/esposa deve saber. Em termos geográficos, na nossa cama minha mulher seria a África do Sul, enquanto resta pra mim o território de Lesoto.

Caso tu nunca tenha visto um mapa na vida, seu inculto

A mulher se esparrama toda na cama, braços e pernas tomando posições surrealistas a fim de ocupar todo espaço disponível no colchão. A sensação é de que ela está ocupando toda a área da cama ao meu redor.

Eu, que tenho um volume considerável, me conformo com as beiradinhas da cama. Igualmente, ela toma cada centímetro quadrado do edredon, e se enrola hermeticamente com ele.

Se tento abraçá-la por trás, numa tentativa de empurra-la para o lado lenta e imperceptivelmente e assim ganhar alguns centímetros de colchão, preciso me acostumar a dormir com o cabelo dela alojado em minha goela e frequentemente aderindo aos humores aquosos dos meus olhos. De qualquer jeito eu me fodo.

Sem contar que as roupas de cama de casal precisam ir pra lavanderia quase todo dia por motivos que não descreverei porque vocês já são bem grandinhos e são seus pais que deveriam ter te explicado essas coisas.

Não sou o único que tem esses problemas, correto?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Vida maldita

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

28 Comentários \o/

  1. Kastell Bravo says:

    Haha, entendo o ultimo parágrafo, é mesmo assim.

  2. Leonardo Cezar says:

    Kidê seu MIJÃO! hahaha

  3. Daniel says:

    e as pancadas que levamos por conta delas se mexerem demais? ja tive namorada que no final da noite.. eu tava no chao para dormir.. pq nao aguentava os socos e cotoveladas dela.. parecia uma lutadora de UFC.

  4. Igor says:

    Os lados da cama são decididos pelo seu subconciente, posso apostar que a porta fica do lado esquerdo. É normal o homem ficar do lado mais proximo da cama, algo que vem de milhares de anos atras.

    • Vinicius says:

      Po mano, eu não sabia disso ae! Bem interessante, sério mesmo! Mas por enquanto fico sem ter a prova real pois sou solteiro. 🙁 aehuahaeueahu

    • Kathleen says:

      Acho que vc está errado. No meu caso eu sempre fico do lado esquerdo da cama. Não consigo dormir do outro lado. 🙂

      • Rodolfo Shirov says:

        Onde o Igor escreveu “é normal o homem ficar do lado mais próximo da cama”, ao invés de cama leia-se porta. A psicologia evolutiva diz que não importa se é o lado direito ou esquerdo, em geral o homem escolherá o lado que fica mais próximo da porta como uma forma de defender “a entrada da caverna” de um eventual invasor.

  5. Rodrigo says:

    Ah nada como a divisão de espaços na cama.. Pior quando nessas tentativas de abraçar a patroa você desperta o romantismo nela e, ao invés de ganhar espaço, ela se agarra em você, que já estava se equilibrando na beirada…

    Sou gordo e alto e se uma foto de vista superior fosse tirada numa noite com a namorada magrinha aqui seria hilário =D

  6. Eduardo says:

    Ele só falou aquilo no segundo paragrafo pra dizer que fode quase todo dia kkkkk

  7. Hawk says:

    Uma vez levei uma cotovelada da namorada, mas tão bem dada no rim, que fiquei sem ar uns 20seg. Contei para ela no outro dia, mas ela disse que não se lembrava de nada.

  8. solange says:

    “Se tento abraçá-la por trás, numa tentativa de empurra-la para o lado lenta e imperceptivelmente e assim ganhar alguns centímetros de colchão, preciso me acostumar a dormir com o cabelo dela alojado em minha goela e frequentemente aderindo aos humores aquosos dos meus olhos. De qualquer jeito eu me fodo.”
    KKKKKKKKKKKKKk é exatamente assim! PQP! Não tem como descrever melhor!

  9. Patrick says:

    Pior é quando vc tem que sair do “conforto” de seus 10% restantes da cama box para dividir um colchão de solteiro com a patroa em uma casa de praia.(estou passando por isso nesse momento kkkkkkk).

  10. Certa feita a conversa de bar com os colegas chegou a este ponto: em qual lado da cama você dorme?
    Em oito chegados, um era solteiro, seis dormiam do lado esquerdo e só um dormia do lado direito.
    Desde então, quando tenho abertura para tanto, pergunto para todos que conheço e a proporção se mantém: para cada macho que dorme do lado direito, seis se acomodam do lado esquerdo.
    A única coisa que posso afirmar é que não adianta tentar mudar de posição. Depois que se acostuma, não tem porta ou tomada que diga que o casal deve trocar de lugar.

  11. Felipe says:

    É exatamente assim, quide….
    Mas não se preocupa, pois depois de uns 10 anos de casado, o lençol só vai ser lavado uma vez por semana….No máximo!!!kkkkkkkk

  12. Julio Augusto says:

    O Izzy faz xixi na cama

  13. Aky says:

    Lado de cama é território ocupado, mas dá pra aumentar comprando uma king size -- q eu recomendo.

  14. Erick Ibernon says:

    Eu quando namorava resolvi isso de uma maneira mais bruta, eu empurrava a minha ex namorada pro lado dela sempre que ela se espalhava mt. No começo ela reclamava mas depois parou. E minhas noites mudaram da agua pro vinho. de boa.

  15. Guilherme bomfim says:

    Eu e minha namoada dormimos no chao qd passamos a noite na ksa dela. Eu durmo na direita pois na esquerda a visao da tv é bem melhor.
    De qq maneira,ao raiar do dia me pego encostado na ponta da cama ‘abracando’ o armario que fica ao final da cama. Ela, por dua vez, está com as pernas em cima de mim e com o tronco no meio da cama.
    E ainda vira e me pergunta se dormi bem.

    Amor têm dessas coisas….

  16. barbara says:

    fazendo xixi na cama, e postando no blog?! Não tem vergonha não?! hauehaueh
    na boa, existem formas mais fáceis (e baratas) de não precisar trocar a roupa de cama toda vez q rola algo mais 😛 Eu nunca tive problemas com sujeira em meus relacionamentos…
    a menos que vcs gostem de lambuzar tudo mesmo. Aí não tem jeito…

  17. Leonardo says:

    Só eu que limpo depois? O rolo de toalha de papel já fica no criado-mudo.

  18. Paola says:

    Interessante! Aqui em casa não tem regra.. Cada um dorme do lado que resolve no dia,cou que tem vontade.. Pra quê regras? É como quem vai sentar na ponta da mesa… Ou de quem é esse lugar no sofá.. Pra mim isso não existe..