Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Writer’s Block, ou o bom e velho “deu branco”

Postado em 19 March 2013 Escrito por Izzy Nobre 37 Comentários

Tenho nas últimas semanas me esforçado PRA CARALHO pra manter esta merda de site constantemente atualizado, como você talvez tenha percebido. Passar um dia inteiro sem atualizar o HBD pra mim tornou-se uma sensação tão estranha quanto meter o dedo na boca e em seguida penetrar a própria orelha com o dígito lubrificado. Sinto que decepcionei o leitor se ele entra aqui e encontra apenas posts velhos no topo da página.

E geralmente é bastante fácil preencher as páginas virtuais deste site porque eu vivo me fodendo, e nada se torna um texto melhor do que uma história em que eu me fodo completamente. Já tornei praticamente todas as grandes desgraças da minha existência em historinhas pra fazer vocês rirem, e estou escrevendo um segundo livro que deriva-se basicamente disso também — relatos de derrota pessoal.

Acontece que, ironicamente, ultimamente tudo tem dado certo pra mim. Tá tudo de boa na faculdade, no trabalho, com a mulher, com os amigos… nem mesmo o computador anda causando as tradicionais dores de cabeça.

Pra você ter uma noção da inédita etapa pacata que estou passando, outro dia fui imprimir um negócio e a impressora imprimiu DE PRIMEIRA. Já pensou que absurdo? Sem dúvida o driver que faz a impressora insistir que não há papel (quando há uma resma inteira dentro dela) deu pau.

Então, por isso, hoje não tem post aqui. Rezem pra que eu volte a me foder em breve!

Ou então vocês podem me ajudar dando uma idéia sobre o que escrever. Capriche aí na sugestão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: Vida maldita

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

37 Comentários \o/

  1. JP says:

    vai se foder, izzy, por seus leitores 🙂

  2. Murilo says:

    Depois da calmaria vem a tempestade =)

  3. Rafael Duarte says:

    Sua vida nem tá tããão boa assim, seu iPhone continua com o wi-fi bugado :p

  4. Hugo Leonel says:

    É meio estranho cara, você pedir pra gente rezar você se fuder pra dizer alguma novidade é muuuito estranho cara. kkk

    Diga algo sobre o que você sabe sobre medicina, coisas que aprendeu recentemente no seu recente trabalho (ou você já postou isso e eu não to sabendo?)

    Tipo, sei la, diga algumas teorias malucas como o Leon (do coisadenerd) fazia anos atrás #ETUT

    Abraço

  5. Jonathan says:

    Fala sobre Clerks, Quide

  6. Fabio Correia says:

    Deu o famoso bloqueio criativo rss,também cara você é ligado no 220v, mais realmente faz falta todas as noites faço minha atividades ai vou no facebook ver se rolou alguma atualização do HBD curto muito e já faz parte do meu dia a dia.

  7. Vicente gabriel says:

    Que tal escrever sobre como voce consegiu ficar preso no shopping?

  8. Victor Hugo says:

    Izzy, vá se foder por favor. Não tô aqui pra ver a vida dando certo. Se assim fosse, estaria vendo novelas na globo.

  9. hahahaha,que nada Izzy!
    aproveite a boa fase! ^.^
    Abração!

  10. Jotazêr says:

    Só tá tendo vídeo mesmo ultimamente, mas tá valendo.

  11. Lucas Leitão says:

    O que está acontecendo com a lei universal do #TDTUM?!

  12. Érico Oliveira says:

    Fica a dica:

    http://web.archive.org/web/20071101041605/http://queroterumblog.com/2007/07/29/31-tipos-de-posts-para-abastecer-seu-blog-infinitamente/

    Uma pena que o Alessandro tirou o blog do ar. Ainda bem que o Archive Web nos ajuda nessa hora! 🙂

  13. Hawk says:

    Escreve sobre o MacBook Air.

  14. Bruno Guedes says:

    Esse é o famoso post “eu não sei o que escrever então vou escrever sobre não ter o que escrever”. We’ve all been there. 😛

  15. Olá Izzy,

    Sou um grande fã dos seus textos, já comentei aqui no site que há algum tempo atrás tomei conhecimento do seu livro que acabei lendo em uma só “cagada” de tão empolgante (leve isso como elogio). Estou ansioso para o próximo livro e um pouco órfão de bons texto nos meios “internéticos”. Então você é a minha última salvação Sr. Izzy Nobre. Aqui vai minha dica: Escreva textos sobre assuntos aleatórios do dia-a-dia e sua opinião sobre isso. Um exemplo: O seu texto sobre ciúmes ficou realmente muito bom!

  16. Alexandre says:

    Em um post seu das antigas voce mencionou algo sobre perder a carteira e quase morrer no retorno de trem de toronto pra oshawa (se nao me engano, no boxing day). Voce prometeu um post sobre aquilo….

  17. Também achei, de início, que seria um post sobre não sei o que escrever como o Bruno Guedes falou ali em cima. Mas é só ao bater o olhos no título que causa esse efeito. O conteúdo em si não trata especificamente do título a pesar de estar relacionado. Anyway, a gente entende você, Izzy. 🙂

  18. Kathleen says:

    Escreve sobre alguma série que você assiste.

  19. Mr. Mateus says:

    Você poderia escrever sobre as estórias antigas que você tá devendo como: o dia em que você abandonou as patricinhas intercambistas e pegou o trem pra uma cidade estranha, ou seu emprego de digitar trabalhos para universitários (antes de ter trabalhado como estagiário na empresa de construção), emfim são inúmeras lembranças antigas que você pode escrever para nos.

  20. Como muitos lembraram escrever sobre o passado, tu não deve ter esgostado as estórias. No Cánada adquiriu novos hábitos o que incomodaria caso tivesse que voltar a fazer ou não.

    Ta faltando um pouco de trollagem também essa era a seu maior cartão de visitas.
    Eu soube que ficou manso. #X-Men -- Encontros Mortais

  21. Eryc says:

    Escreva sobre quadrinhos! Não precisa fazer uma resenha completa, apenas apresente os que você já leu com uma breve síntase explicando o por que deveriamos lê-lo(s).
    Algo que sinto falta, é dos seus Daily Vlogs ao ar livre. A maioria dos seus leitores é do Brasil e, acredito que MUITOS deles não tiveram a oportunidade de visitar o Canadá ainda. Por que não comentar um pouco sobre o dia-a-dia de um brasileiro/canadense trabalhador aqui no site? (Talvez essa idéia fique melhor no YouTube mesmo, na real)
    E, já que as coisas estão dando certo pra você, nos conte um pouco mais sobre essa sua felicidade! Compartilhe essas entediantes idas ao shopping. Você deixa de publicar muito conteúdo no seu blog por causa do Twitter, cara. Você é criativo, e tem gente que realmente curte o seu trabalho, então pensa aí em qualquer merda pra compartilhar com a gente!
    Tudo de bom pra você e pra Bebba! 🙂

  22. Newton says:

    Porra, tá faltando teu texto aí sobre a viagem de trem que aconteceu depois da patricinhas desagradáveis mano

  23. Caio Ramão says:

    Izzy, seu segundo livro vai ser grátis como o primeiro ou pago ?

  24. Edivan Gomes says:

    Izzy e aquela história que tu não acabaste quando o policial foi te procurar lá no hospital e tu estavas esperando num frio da porra? Paraste essa história e não continuaste.

  25. porkispin says:

    Fala como é o mercado de trabalho aí!

  26. Rafael says:

    Vou aproveitar a onda de listas de coisas e mandar aqui 10 dicas sobre temas de textos!
    1) resenhas dos seus abandonwares, com dicas, histórias, coisas do tipo
    2) coisas do seu cotidiano, independente de envolver você se fudendo ou não
    3) fale sobre como tá sendo sua experiência com o macbook air até agora, talvez numa comparação com o windows
    4) faz uma retrospectiva do HBD nos últimos anos
    5) uma série de dicas de sobrevivência canadenses
    6) mais resenhas de filmes que você curta e ainda não falou sobre
    7) sugestões para aspirantes a bons bloggers/vloggers
    8) diferenças interessantes/inusitadas da vida de casado
    9)suas expectativas com o blog/vlog pros próximos tempos
    10) flashbacks da sua experiência como gamer em geral

    Espero que alguma delas seja útil! 🙂

  27. Igor freire says:

    Cara, lembrei do homem-aranha(parker) neste post… So acontece desgraça na vida dele, mas teve aquele período que chamaram de “big time”, que tudo Tava dando certo na vida dele, ele foi contratado no emprego dos sonhos e tal… O problema é que depois ele morreu, mas isso é mero detalhe, hehe

  28. Gustavo Castro says:

    Faça umas matérias sobre heróis marvel/dc, algo bem trabalhado focando em apenas 1 personagem por vez
    @pspbrasilorkutoldtimes

  29. Patrick says:

    Cara, tu nunca pensou em escrever ficção? (Você pode até já ter falado sobre isso, me desculpa se eu não vi).

  30. Igor says:

    Fala sobreeee empregos, hahaha.
    Sei lá, só o tema já deve ter lhe enchido a cabeça de um monte de idéias e lembranças legais. Fala sobre..animais de estimação, hahaha, sempre rolam histórias legais sobre isso. ”Piscina”, oh nossa…aquela barrigada, quem nunca ?
    Vlw, abçs, bom azar aê, hahaha

  31. Artur says:

    História do trem que vc citou naquele safado cliffhanger na história das patricinhas

    O motivo pelo qual você tem outro macbook apesar de ter odiado a experiência com o troço

    Ou dizer como caralhos ficou preso num shopping, ao invés de manter essa história exclusiva pro Twitter, que é um lixo como toda pessoa com bom senso sabe.

    Ou, e acho que só eu vou lembrar dessa, falar dos joguinhos da era Pós-Pentium que vc prometeu que falaria naquele post sobre a era pré-Pentium há ANOS atrás.

    Tá mais pra preguiça esse seu tal “bloqueio criativo” aí

  32. Engraçado, aqui em SP “deu branco” é usado quando você se esqueceu de alguma coisa, não pro writer’s block. 😛

  33. Victor says:

    Izzy!
    Você estaria sugerindo que…
    NEM TODO DIA TEM UMA MERDA????