Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Daily Vlog: Cagar, espirrar, e outras coisas que fazemos errado!

Postado em 14 August 2013 Escrito por Izzy Nobre 10 Comentários

Olhaí um vlog novo, turma! Vamos assistir juntinhos aí:

Como sempre, imploro: deixe joinhas, favorite, espalhe o vídeo entre seus amiguinhos pra ajudar essa porra a crescer. Quanto mais feedback um vídeo recebe, mais empolgado eu fico pra criar mais. Não te custa nada, porra! 😀

Caso você prefira assistir no youtube, basta clicar aqui!

Grato e tenha um belo dia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: vídeo

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

10 Comentários \o/

  1. Pedro says:

    Haha, tomei um susto qdo vc chamou meu nome. Sempre ficava esperando o dia q vc ia falar Pedro, mas sempre chamava outros nomes. Maaaas, enfim, eu já espirrava certo!

  2. cristiano says:

    Esse trem de “jeito certo” de espirrar, já foi até tema do MithBusters:

    " rel="nofollow">

    Confesso que foi uma das coisas “diferentes” que vi ao chegar ao Canadá …

  3. Valdecir says:

    O parto também antigamente era feito de cócoras. Dizem que a posição natural. Tem até vídeo no youtube.

  4. Larisa Oliveira says:

    Eu quando sai do brasil achava tudo estanho..
    Hj nao saio sem lenços na bolsa..
    Outra coisa q no brasil tbm n fala muito é a forma de lavar as mãos , muitos pensam q basta passar por agua e pronto, mas nao , tem todo um processo para desinfestar as mãos e tbm como fechar a torneira quando terminar..
    Gostei muito do seu vídeo..:)
    Parabéns …

  5. Gustavo C. says:

    Mais coisas que as pessoas fazem errado, coisas realmente muito sérias:
    -- Parar ou interromper a caminhada num espaço público. Elas sempre escolhem ficar paradas no meio da passagem, no meio da calçada, no meio de um corredor, bem na frente na porta do elevador ou qualquer outra porta, no começo ou no final de uma escada, sempre atrapalhando o fluxo dos outros andantes.
    -- Usar lixeiras. As pessoas não sabem usar lixeiras. Mesmo que isso não exija nenhum esforço, mesmo que exista uma a três passos de distância, o lixo vai pro chão. Já presenciei isso.
    -- Filas. É um tal de ficar grudado nos calcanhares da pessoa da frente, que me dá medo. Ou então o sujeito de trás fica meio do seu lado, ao invés de ficar atrás de vc. E eu já testemunhei a formação de uma fila na espera de um ônibus, e quando o ônibus chegou, a fila simplesmente se desfez e o povo foi entrando amontoado igual gado passando pela porteira. É preciso campanhas para ensinar a população de como usar filas: é simplesmente seguir a pessoa que está na sua frente. Não é difícil isso. De preferência mantendo uma distância respeitosa. Mas acho que essa parte do respeito é um pouco mais difícil.
    -- Usar a internet. Como mostra a enxurrada de fotos de refeições e reclamações do dia-a-dia nas redes sociais, e o umbral que são os espaços de comentários dos sites de notícias, youtube, etc.
    -- Limpar calçadas. As pessoas varrem, não lavam, elas varrem a calçada com a mangueira, usando o jato de água pra empurrar folhas.
    -- Filhos. Faz-se filhos sem querer, por acidente, por descuido, por pressão da sociedade, da família, da religião, etc, etc, etc… Acho que o motivo pelo qual menos se fazem filhos é… QUERER ter filhos.
    -- Ouvir música. Acho que hoje em dia o prazer de ouvir música vem sendo substituído pela NECESSIDADE de ouvir música, o que nos proporciona as músicas de gosto duvidoso ouvidas em alto volume nos celulares alheios, pessoas que vivem com fone de ouvido em todo lugar, etc..

    Enfim, as pessoas existem errado.

    Quanto ao espirro, eu sempre achei nojento espirrar numa parte do meu próprio corpo, então eu sempre procuro espirrar o mais perto possível do chão. Eu dou uma rápida inclinada pra baixo, e direciono o jato de ar para o chão, pois o chão já é um lugar bem sujo mesmo, microscopicamente falando, e imagino que a maior parte do meu espirro vai ficar lá grudada no chão que já é pisado sabe-se lá por que calçados.
    Já se limpar, eu prefiro fazer uma bolinha com o papel, acho mais confortável e mais eficiente. Fica mais macio hehe.. mas isso é claro, se eu não puder cagar em casa, pq aí é da privada pro chuveiro. Rotineiramente eu sempre cago antes de tomar banho.

  6. Knux says:

    Um grande amigo meu descobriu que o jeito que ele LIMPAVA A BUNDA era errado.

    Ele terminava de cagar, se levantava e então se limpava… Ali, em pé!

  7. Becky Wichan Seukram says:

    Hey, Izzy, I’m Becky (Beka, if you want to know, but whatever). I know that you do not like when someone ask you about this, but -- like you can see -- I have a “good” english and I’m thinking about working as a geneticist on Toronto and I want to know how is the labor market in this area. Do you know something about this?
    Thanks =)

  8. Manu says:

    Além da forma de espirrar, existe outra coisa que é comum aqui no Canadá e eu não vejo muito no Brasil -- e que me deixa super frustrada: o básico “excuse me/ please / thank you”. Estas palavras básicas fazem parte do dia a dia do canadense e não ouço tanto no do brasileiro. Um dia estava falando português com meu marido num mercado canadense e um brasileiro ouviu. Ele meio que gritou de longe: “Ow, vocês sabem em qual corredor tem baterias?” -- Custava muito colocar o “por favor” no começo da frase? Aqui as pessoas usam Excuse me / Yes, please / No, thank you de forma natural e constante. Pode parecer besteira, mas é algo que eu valorizo muito. Além de demonstrar educação, demonstra também respeito. Isso é algo raro no Brasil e considero erradísssimo.