Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

Daily Vlog: Feliciano é atacado por gays no avião!

Postado em 10 August 2013 Escrito por Izzy Nobre 23 Comentários

Olhaí um vlog novo, turma! Vamos assistir juntinhos aí:

Como sempre, imploro: deixe joinhas, favorite, espalhe o vídeo entre seus amiguinhos pra ajudar essa porra a crescer. Quanto mais feedback um vídeo recebe, mais empolgado eu fico pra criar mais. Não te custa nada, porra! 😀

Caso você prefira assistir no youtube, basta clicar aqui!

Grato e tenha um belo dia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: vídeo

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

23 Comentários \o/

  1. Maria says:

    Olha, esses caras só conseguiram uma única coisa: Fazer todo mundo ficar do lado do Feliciano. Concordo com você em todos os pontos, foi um epic fail!

  2. -- Não há desrespeito exceto na hora que tocam o deputado. Eu estou no meu direito de cantar Robocop Gay no avião. É um incômodo e uma coisa meio “falta de noção”, mas não um desrespeito gravíssimo nem caso de polícia, como pinta o pastorzinho. É a mesma coisa de quem ouve músicas em transporte coletivo sem fone de ouvido.

    -- A atitude foi temerária. Quem gosta de ver um vídeo assim é quem é contra Feliciano; quem é a favor não mudará de opinião, mas calcificará suas bases e terá argumentos -- de ordem fajuta, é verdade, mas terá -- para criticar. Mais do que isso: Até gente que não gosta do Pastor pode comprar suas dores exageradas. Então, acho desnecessário. Mas engraçado pra cacete.

    -- Feliciano desrespeita profunda e diariamente VÁRIOS grupos de pessoas. Aquele argumento “meu respeito depende do seu” morre aí. Aliás, esse argumento imbecil nem deveria ter sido levantado -- só pessoas com a mentalidade de crianças do ensino fundamental que acreditam nisso mesmo. É uma Lei de Talião velada. Se o respeito que você tem a outrem depende do respeito desse outrem a ainda um terceiro, o conceito de sociedade organizada acaba e viveremos no caos (faça as contas, juro que não exige muito). Esse argumento é uma justificativa porca para propagar discursos de ódio contra minorias reprimidas.

    No mais, esclarecendo: A atitude dos garotos lá não denota INTOLERÂNCIA RELIGIOSA ao PASTOR Marco Feliciano. Ele é livre para balbuciar as opiniões que bem entender. Isso é um exemplo de discordância no viés POLÍTICO -- e, conforme já apresentado, não chega ao ponto de intolerância de fato -- do DEPUTADO e PRESIDENTE da CDHM. Essas pessoas se sentem ofendidas e ridicularizadas pela posição, repito, POLÍTICA, do pastor. Acredito que a atitude não tenha sido necessariamente correta, mas também não foi condenável.

    • Izzy Nobre says:

      > nem caso de polícia, como pinta o pastorzinho.

      Mas ele não tornou a coisa num caso de polícia, tanto que nem quis prestar queixa porque os caras pediram desculpas. E isso é uma atitude de classe, sou obrigado a admitir (por mais que odeie o Feliciano e os ideais e a massa que ele infelizmente representa).

      > Quem gosta de ver um vídeo assim é quem é contra Feliciano

      Eu sou 100% contra o cara e achei o vídeo lamentável. Foi deveras infantil, intimidador, deu a impressão de quem é CONTRA o cara é babaca e quem é A FAVOR do cara compartilha a serenidade e o estoicismo dele diante de uma provocação infantil. Ele saiu bem da coisa, basicamente. Agiu com classe. E é uma MERDA admitir que o Feliciano acertou em alguma coisa.

      E teve tons da época colegial em que essa música era usada pra fazer “serenata” àqueles vistos como menos másculos — o que é uma atitude ironicamente homofóbica!

      > (…) Esse argumento é uma justificativa porca para propagar discursos de ódio contra minorias reprimidas.

      Isso é um exagero desonesto. Se exijo dignidade e respeito num debate de importância, estou aliado com grupos de ódio…?

      > Acredito que a atitude não tenha sido necessariamente correta, mas também não foi condenável.

      Gays e ativistas do movimento gay já tem que aturar a imagem (fabricada pelos oponentes) de que são sem-vergonha, de que desrespeitam líderes religisos e coisas do tipo. Aí os caras vão lá e, pra protestar os pontos políticos e sociais do cara, repetem um ritual de colegial — cantar Robocop Gay com a insinuação velada de que o alvo é “menos homem” — e passam a bunda e a mão no cabelo do cara — escalando o “protesto” pro âmbito de “assédio sexual”.

      Não consigo concordar isso.

      Ganha-se uma luta ideológica provando que você é melhor que a pessoa que critica e eles falharam isso. Repito: o desgraçado do Feliciano é que saiu bem na história. Foi um PR boost pra ele.

      • -- Na verdade, Izzy, o Pr. Roberto Marinho evidenciou no twitter dele que “não tiveram coragem para filmar a PF fora do avião”, por isso o meu comentário. Aliás, se o Feliciano prestasse queixa, o caso tomaria mais atenção contra ele -- não foi a “classe” dele que o impediu. Ele queria parecer o reprimido, a parte fraca, o atacado. Conseguiu.

        -- Mas teve gente que gostou do vídeo, agora duvido que alguém tenha mudado de opinião (passado a ser CONTRA) o Feliciano por causa do mesmo; o vídeo foi temerário justamente por pessoas como você, que acharam argumentos para defender o cara, mesmo odiando-o. Só pontos em favor do Feliciano.

        -- Você não, Kibe, assim como a maioria das pessoas “de bem” também não. O ponto não é exigir respeito -- isso é natural -, o ponto é dizer que desrespeita porque também é desrespeitado. É o que o Feliciano fez. Ele disse, implicitamente, que só desrespeita gays porque eles são como os caras do vídeo. E isso é no mínimo desonestidade intelectual.

        -- Eu disse que também não necessariamente concordo com o vídeo. Passar a bunda e a mão foi péssimo. Mas cantar robocop gay… deve ter sido a única música que veio à cabeça relacionada ao tema.

        Não vejo como isso ajuda a causa homossexual, mas que eles podem fazer, isso podem. Eu vi sua discussão com o Eli no twitter e concordo um pouco com os dois. O vídeo não deslegitima a causa homossexual e estão fazendo uma tempestade em copo d’água, que é o que eu acho que o Eli quis dizer em parte, e ao mesmo tempo não suporta a mesma. Os caras queriam só atenção -- e conseguiram.

        • Izzy Nobre says:

          Quem acionou a polícia foi a tripulação do avião, e fizeram certíssimo. Os caras estão promovendo uma situação que coloca em perigo a segurança na aeronave. É procedimento comum, gente que arruma confusão num avião — por qualquer motivo — = polícia é chamada e o cara é geralmente abordado ao sair da aeronave.

          Imagina se essa galera acaba saindo no braço ali no meio do avião, cara. Imagina a MERDA, um monte de gente se batendo num avião?!

          Esse era um resultado possível do “ativismo do bem” desses caras, da provocação deles. Não é porque a causa é bem intencionada que tudo que eles façam em prol dela é justificável.

          E lembrando que pareceram dois moleques de quinta série zoando por zoar. Não senti real engajamento com a causa ali but that’s just me.

          • “Não é porque a causa é bem intencionada que tudo que eles façam em prol dela é justificável.” Lógico. Concordo. Também concordo que dificilmente há engajamento com a causa. Só acho que devemos ser contra o posicionamento do Feliciano de que “gay é tudo assim”, seja defendendo o vídeo, seja mostrando que não é.

          • Thiago says:

            Pior que foi bem isso que eu pensei. E se tivesse dado briga dentro do avião? #comofaz?

            Se eu tivesse no avião ia ficar puto com eles tanto pela questão de segurança, como porque eu ia querer ou dormir, ou ler durante o vôo, e eles iam estar incomodando.

            Infeliznente a razão está com o Feliciano. Quem é incomodado quando não está fazendo nada (no caso, ele só estava viajando quieto no canto dele) está SEMPRE certo. É como quando dá briga. O primeiro que der um soco no outro sempre se ferra, e com razão. Em discussões/argumentações também, quando se parte para ofensas pessoais, se abandona a discussão e se admite a derrota.

    • cristiano says:

      Não, em um avião você não tem o direito de fazer essa baderna. Os caras só saíram impunes porque o Brasil é um país de merda. Se o caso tivesse ocorrido nos EUA ou aqui no Canadá, eles teriam saído do avião algemados.
      Eu não concordo com o que ele prega, mas ele está no seu direito como representante eleito por uma parcela da população que o apóia, normalíssimo em um Estado democrático.
      Ao invés de atacá-lo pessoalmente por suas declarações e ações, garantidas na Constituição, seria melhor pressionar os SEUS deputados para que combatam a sua política no Congresso.

  3. Leitor do MDM says:

    Os caras nem são gays. Já entrevistaram os dois…

  4. Gabriel Bonz says:

    Só pesquisa mais um pouco antes de falar, Izzy. Eles não são gays…

    No mais, eu concordo com o que o Caio falou. Foi tudo muito exagerado, principalmente o bom-mocismo de um cara que fala que os africanos são endemoniados.

    • Izzy Nobre says:

      Quando fiz o vídeo, a notícia é que eram gays. No vídeo repare que eu até comentei que nem acredito que fossem. Porque estava realmente mais com cara de “olha é o Feliciano que a galera do FB odeia vamo lá zoar ele huehuehuehue” do que um real protesto inteligente de uma classe que precisa ainda brigar por direitos básicos.

  5. mr.blonde says:

    O Feliciano é muito hipócrita.Fica tentando tirar onda de vítima,quando na verdade ele se pôs nessa situação,pelas merdas que ele fala.
    Mas n foi justo os caras incomodarem o resto da tripulação.

  6. knux says:

    Olha, a música, passar a mão, a bunda… Todo mundo que já sofreu bulling sabe qual a intenção disso! Estavam tentando fazer a situação escalar para a agressão física.

    E nesse particular, corretíssima a tripulação ao acionar a PF. Sabem calcular o dano que causaria um quebra-quebra ali dentro? Francamente, é muita irresponsabilidade.

    Sou contra as idéias do Feliciano, mas não consigo concordar com esse tipo de atuação e se estivesse lá dentro, atuaria contra (com muito pesar no coração). Toda situação exige ética e decoro, até protesto… E, me dói dizer isso, só o Feliciano demonstrou esses valores ali.

    E também não está errado de politizar a situação… Incomoda né, se ver associado a esses dois mentecaptos? Então estabeleça um ponto e seja contra esse tipo de situação.

    Mais um ponto negativo: o Feliciano deve ser um dos poucos deputados pegando vôo de carreira nessa merda de país e acabaram de dar uma bela justificativa para ele começar a pedir aviões da FAB!

  7. Marcela says:

    Kid,
    Vou deixar claro q sou evangélica, defensora dos direitos dos homossexuais e contra Feliciano, penso que foi bullying puro, condenável e infantil.
    E pra não usarem minha opção religiosa de argumento contra mim, PENSO que os cristãos deveriam ser os primeiros a levantar bandeiras a favor das minorias, motivo pelo qual, Feliciano não deveria representar uma causa “da igreja”, mas dos homofóbicos e neuróticos do Brasil, independente de religião, o Feliciano, pra mim, não é um exemplo cristão, o Papa sim!
    Concordo que o vídeo é um argumento top pro Feliciano, inclusive pra viajar na segurança dos aviões da FAB, como disseram aí.
    Imagina se começarem a fazer isso com o Renan Calheiros?!
    O povo que faz isso é da classe dos que dizem: “direitos humanos para humanos direitos”, como se existisse mesmo alguma criatura que consiga fazer coisas mais horríveis que o homem!
    Vale lembrar que o Feliciano representa muitas pessoas que realmente pensam desta forma, cristãos ou não!! E atitudes como estas pode desencadear alguns não cristãos homofóbicos a sair do armário e passar a apoiar o discurso do Feliciano publicamente, pois sim, existem pessoas que concordam com Feliciano e que gostariam de mandar seus filhos para o médico quando ele se revela homossexual, mas não apoiam Feliciano por não serem evangélicos!!
    Este tipo de atitude e a promoção deste tipo de bagunça enfraquece a causa!
    Além do mais, barraco no avião, sério mesmo?! Quer provocar, manda um bilhetinho, mas não desce o nível né!

  8. Clovis says:

    kid, onde mais os caras iriam “protestar” contra o feliciano? na igraja? em brasilia? na rua (como aconteceu e que tambem incomodaria muita gente que iria querer voltar pra casa como sempre acontece em protestos)? sei que foi meio fail e que nao adiantou de nada. porem, o cara é formador de opinião e ele quem derespeitou um direito de ser humano ter uma certa sexualidade primeiro(sem falar de que ele é presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias). A unica coisa que eu acho que foi “errada” foi terem passado a mão nele.

  9. Carolina says:

    Kid,
    esse tipo de protesto (sem hora e sem lugar) ganhou força ano passado com a Frente do Esculacho Popular. Eles procuravam a residência de torturadores da ditadura militar e pichavam, colocavam cartazes e autofalantes para divulgar para a vizinhança que ali morava um criminoso, um torturador. Esse ano, uma manifestação relativamente grande aconteceu em frente ao casamento da filha de um empresário de transporte de SP.
    Acho que a ideia desses protestos é passar essa sensação de que esses caras não estão seguros mesmo. Nem que seja para que eles virem figuras indesejadas em seus meio.
    Essas manifestações me lembram um pouco o que na época foi chamado de falta de educação, quando Luis Estevão estava passando pelas cadeiras de um estádio e esticou a mão para um rapaz e o rapaz se recusou a apertar a mão dele. Parece pouco, mas é importante que eles virem personas non gratas.
    Sobre o caso específico, sou contra o fato de terem colocado a mão no Feliciano. Sou contra terem feito esse protesto dentro de um avião (ânimos não devem ser exaltados num ambiente fechado). Fora isso, gostaria que tivesse alguém na orelha dele todo o minuto do dia, gritando palavras de ordem ou qualquer outra coisa que mostre que ele está sozinho (ou quase) na sua loucura.
    Feliz será o dia que esses canalhas, corruptos e cruéis que saíram impunes não tenham paz nem para ir ao banheiro. Que tenham sempre uma horda deixando claro que sabem exatamente o que eles são.

  10. Caro Izzy

    Ao contrário do que os evangélicos pensam, homossexual também é ser humano, e como ser humano que é, o homossexual também tem preconceito e também discrimina. Eu acho o Feliciano um projeto de nazista, mas o que fizeram com ele foi bullying.

    Diversidade sexual é uma via de mão dupla. Se os homossexuais querem ser respeitados, eles também tem que se dar ao respeito. O que aconteceu no vídeo mostra claramente que o Feliciano foi vitim de heterofobia.

    Ao se organizarem pra pressionar a saída do Feliciano da presidencia da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, os homossexuais estão fazendo o bom combate, pois ao encampar essa luta, eles também estão lutando em prol de toda a sociedade e merecem apoio, mas o que os caras fizeram no avião com o Feliciano, foi um desserviço, pois eles acabaram dando razão a quem não tinha.

  11. Fernando Pirex says:

    Parece que ninguém aí dos coments atentou para o fato de q viajar de avião NÃO é a mesma coisa q dar um rolê de busão como se fosse um passei de escola…Há os q viajam muito e estão bastante acostumados, mas há muitos passageiros de primeira viagem, q ficam MUITO apreensivos com a segurança de vôo. Os dois “protestantes” poderiam ter provocado uma briga com agressões físicas que levasse a um PÂNICO GENERALIZADO…SÓ por essa ínfima possibilidade eles DEVERIAM ter sido presos! E: não concordo com homofobia nem com HETEROFOBIA, q foi o q os 2 praticaram constrangendo os demais passageiros. Ponto para o Deputado, zero para a Idiotice…

  12. Anna says:

    Os caras do video são heterossexuais. Não são gays.