Hbdia
  • Feed do Hbdia
  • Twitter
  • Youtube

HBDtv: Quem são vocês?

Postado em 15 August 2012 Escrito por Izzy Nobre 48 Comentários

Olhaí um vlog novo, turma! Vamos assistir juntinhos aí

Como sempre, imploro: deixe joinhas e/ou favorite o vídeo pra me ajudar essa porra a crescer. Quanto mais feedback um vídeo recebe, mais empolgado eu fico pra criar mais.

Grato e tenha um belo dia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Categorias: vídeo

About Izzy Nobre

Oi! Eu sou o autor desta pocilga. Tenho 30 anos, também sou conhecido como "Kid", moro no Canadá há 10 anos, e sou casado com uma gringa. Geralmente perco meu tempo na internet atualizando este blog, batendo papo no twitter, produzindo vídeos para o youtube, e conversando sobre videogames antigos no podcast 99 Vidas. Se você gostou deste texto, venha me dizer um alô! Adoro conversar com os leitores :)

48 Comentários \o/

  1. marcel says:

    cara vim pelas suas participações no mrg… bom trampo 🙂

  2. Samuel Aguiar says:

    E ai Izzy, conheci o seu trabalho graças a um RT do Jurandir Filho (não me lembro agora qual)… apesar do seu jeito meio babaca no twitter, você falava coisas interessantes e acabei conhecendo o canal do youtube por meio do seu twitter mesmo.
    Acho que o primeiro vídeo que vi e com isso assinei o canal foi de você mostrando como é um dia de neve em Calgary.

    Um abraço

  3. Um1up says:

    Eu tava pesquisando sobre Iphone.
    Depois li mts histórias antigas
    e segui no twitter.
    E depois fui pros vídeos.
    Comprei um PSP por causa de algum vídeo teu, pra emular super nitendo.
    E agora ouço o 99vidas 🙂

  4. Paulo Penante says:

    Comecei a frequentar o blog através de um brother, toda vez que eu ia na casa dele, eu via ele lendo ou assistindo algum video por aqui, vi o nome do blog, e um dia resolvi entrar em casa.
    O video que mais gostei foi o que tu destes a opinião sobre o massacre em Aurora.

  5. JonasRS says:

    EU conheci o HBD pelo vídeo que mostrava você aparecendo na MTV. Dae sigo desde então (já faz uns 4 anos já oO)

    Gosto de gadgets =D

  6. Higor says:

    I’m Batman!

  7. João Neves says:

    Eu passei a acessar o HBD porque via um amigo (alo @itkilledme) te enviando mentions e perguntei quem era @izzynobre e ele me passou o link do blog. Gostei e passei a acompanhar.

  8. Bill Jackson says:

    Eu descobri q vc existe pela sua participação no Nerdcast, alguns meses depois tava pesquisando sobre vídeos do Canadá, acabei vendo um vídeo seu, lembrei do seu nome e já me inscrevi no seu canal do youtube. Os vídeos q mais gostei pelo conteúdo original foram os feitos logo antes do seu casamento. Gosto mt d todos mas esses são os q se destacaram-na minha opinião fecal-por serem diferentes d todos os outros.

  9. Eder says:

    Eu cheguei no HBD por mero acaso. Estava pesquisando algo (não me lembro exatamente o que agora) no google e apareceu na página de pesquisa do google o link do hbd. Daí eu li algumas coisas e gostei, e passei a ler tudo desde o começo.
    Só depois que surgiu o HBDTV, até então era só escrita. Tanto que estava vendo do trabalho e lá é bloqueado videos, então só podia mesmo ler as postagens. (legal!!!). O post que eu mais gostei foi o do dia em que vc e a namorada foram a uma festa do peão no Canadá e vc comeu porcaria e fez um estrago no banheiro … video ainda não tenho opinião sobre qual foi o melhor…

  10. Alex Freitas says:

    Eu tava procurando algo pra ler no meu iPad no site http://livrosdoexilado.org/ e achei o teu livro. De lá encontrei o site

  11. Mailson Lira says:

    Leio faz tempo. Na época que tu ainda se chamava Kid e o endereço era yuriii.com (ou algo do tipo). Também fui membro ativo do FHBD.

    A primeira vez que eu ouvi falar do hbd foi um post no blog “acidez mental e estomacal”. No texto você falando o quão burro eram seus colegas de turma canadenses.

  12. Raizen says:

    Conheci o blog através de uma postagem sua na comunidade psp brasil.

    Postou o primeiro HBDtv lá.

  13. nononono says:

    Sharear = compartilhar

  14. Caio Sabino says:

    Um amigo meu postou no fb o texto do rato na locadora. Comecei a ler no onibus, tava quase me mijando de rir e com vergonha ao mesmo tempo pq o povo comecou a me olhar estranho…

    Lia um paragrafo, comecava a rir loucamente aih parava pra me recompor 😀

    Soh consegui terminar de ler o texto qd cheguei no trampo. Desde entao fiquei vindo sempre aqui.

    Valeu Izzy!

  15. Kuat says:

    conheço o hbdtv desde que foi criado pois sempre acompanei o hbdia, que por sua vez conheci da época do forum do hbd, mais espeificamente por conta de um post da época que a mari moon não era apresentadora da mtv ainda e o forum do hbd trollou uma entrevista com ela, lotaram a sala do chat que esta estava na entrevista e fizeram ela falar algo sobre o hbd ao vivo, que eu não lembro o que era…

  16. leitor says:

    Mesma coisa do Mailson Lira, cheguei até o hbd pelo seu texto sobre seus colegas burros canadenses, por um link do ueba, há muiiiiiiiiiiitos anos.

  17. Fred says:

    Acho que vim por indicação do ueba há alguns anos. O que mais me atrai são as experiências diárias aí no Canada. Gosto de saber como outros povos vivem.

  18. André says:

    Cheguei via Tecnoblog. Mas não gostei dos seus vídeos não. Assisti este e brincadeiras de crianças. (PORRA, fala pelomenos pq! Diria você. Pois bem, achei longo e fica mais longo quando você está falando algo interessante e de repente “pensa em voz alta”. Este de 4 minutos por exemplo, quero saber quem são vocês, não sei lavar roupa, o que trouxeram vocês até aqui. NOSSA!)

    Keep writing (no TB 🙂

  19. Eu cheguei no HBD em agosto de 2006, durante o travamento de scrapbooks promovido por uma falha encontrada pelo K-max. Cheguei, gostei e fiquei pra sempre.

    Não tenho vídeo favorito, acho, vejo a maioria, mas gosto mais de resenhas de livros e filmes, que você faz magistralmente.

  20. Blackpsychotic says:

    Eu não lembro como conheci o HBD, acho que foi pesquisando sobre Mario, aí comecei a ler as histórias do site e achei bem legal. Não sabia sobre os vídeos logo de cara, mas quando conheci achei bem legal também. Não tenho um vídeo preferido mas gosto mais quando vc pega um assunto específico e da sua opinião sobre ele.

  21. Bonanza says:

    Acompanho há vários anos o hbd mas prefiro os textos aos vídeos.

  22. Lucas Lopes says:

    Cara, conheci a sua pessoa através do primeiro MRG que você particou. Ou do primeiro Nerdcast, não me lembro.

    Assisto aos vídeos mas gosto mesmo são dos seus textos.

    Dos assuntos abordados, o meu preferido é o canadian way of life, já que pretendo me mudar para o exterior assim que concluir meu curso superior.

    Abraço.

  23. Leio desde 2009, acho.
    Cheguei pelo Twitter, mas não lembro se foi seguindo você ou por indicação de alguém (provavelmente do @BQEG).
    E apesar dos vídeos serem ótimos, ainda prefiro os textos.
    Meus vídeos preferidos são os do dia-a-dia pela cidade. Fazendo compras, dando uma volta na rua e tal.

  24. llort says:

    Dorgas… Nem morto… Manolo!

  25. André says:

    O que levou aos vídeos: o blog.

    Melhor vídeo: aquele no qual vc mostra essas paradas de iluminação ai.

  26. Matheus says:

    Cara, te sigo no twitter há uns 2 anos, conheci o blog e o canal por lá.

    Pq eu assisto os vídeos? Pq eu gosto do Izzynobre, respeito as opiniões dele e estou sempre disposto a ouvir oq ele tem a falar sobre os mais variados assuntos.

    Nunca te vi e provavelmente nunca nos conheceremos pessoalmente, mas te considero um daqueles “amigos de bolso” sobre os quais vc fala tanto. Um amigo importante a ponto de eu ficar feliz e me emocionar com o vídeo de casamento dele.

    Abraços!

  27. Marcos Diniz says:

    Olá eu visito seu blog há algum tempo. Acho que são 4 ou 5 anos, enfim. Não lembro como cheguei, mas um video que eu gostei muito foi quando você foi visitar sua esposa (namorada sei lá o que) no serviço. Foi bem legal, você fez cortes saindo da sua casa pegando o ônibus e no trabalho dela. Antigo né? To voltando depois de um ano mais ou menos sem entrar.

    Até mais parabéns pelo canal.

  28. Conrado says:

    Cheguei aqui pq ja leio teu blog faz tempo. e os videos que mais gostei, SEM DUVIDA, foram os que envolveram o resto da galera da tua familia (irmao, namorada, etc) dando roleh por aí. Sempre bom ver o que acontece em outros lugares do mundo.

  29. Guilherme Brito says:

    Primeira vez que ouvi falar em Izzy Nobre foi um MRG sobre Guerra Civil, mas tinha escutado antes a abertura que tu fez com a música do Mario. Mas demorei um bocado pra ser frequentador do HBD, espectador do teu canal ou ouvinte do 99vidas.

    Mas o que me ganhou mesmo a história do dia que você cagou no chão do banheiro. Rolei de rir com a desgraça alheia e acabei me identificando com as questões de intimidade entre você e Bebba.

    É isso. Abraço!

  30. Comecei a perceber que você aparecia constantemente na minha timeline, através de RTs e tal, dei uma olhada e vi que você era um babaca.
    Um babaca que tinha um blog e sabia escrever de forma engraçada.
    Depois do MRG de Guerra Civil que você acabou por entrar completamente na minha vida de ~internauta~.
    Te acompanho no Twitter, no HBD e nos vlogs.
    Invejo a facilidade que você tem em transformar situações diárias em conteúdo e não te acho mais tão babaca, assim.
    Aliás, o HBD foi uma das motivações que tive para cria meu blog.

  31. Jotazêr says:

    Não lembro como vim parar no seu site, só sei que não consigo mais sair. Prefiro seus textos do que vídeos, que aliás tem alguns bem inúteis.

    Cara, parece que tu tomou um coice de vaca na boca com esse cavanhaque ae, tá a marca certinha hehehe.

    Abraço Izzy.

  32. Vínícius Braga says:

    Suas participações em podcasts.

    Atualmente ouço o 99vidas, te passei a seguir no twitter. Seu twitter me trouxe aqui 😛

  33. João Alexandre says:

    Conheci seus vídeos pelo twitter, vi um RT aleatório de alguém, dei RT também e fui ver seu perfil e vi os vídeos. Aí comecei a assistir e curti. Não tenho nenhum vídeo favorito, mas gostei muito daquele que tu fez discutindo sobre o final de Batman -que me motivou a assistir o filme no dia, quase assisti antes e peguei spoiler-. Não sei explicar direito o que mais gosto, que me faz continuar assistindo, simplesmente gosto.
    Ah, é isso.
    Abraço (:

  34. Nuno says:

    Cara, de boa. Você já reparou como você pede “por favor façam isso”, “cliquem aqui”, “me ajudem nisso”, “colaborem naquilo”… Mas só dá uma olhada nas postagens aí de cima.

    Quantas participações suas há ali? Eu acho legal seu blog e seus vídeos, mas é meio babaca você pedir para que “te ajudem” nisso e naquilo, e você não dá lhufas para a opinião das pessoas, não troca mensagens, não conversa.

    É um eterno “Izzy fala” -- “o povo escuta”.

    Para quem é da internet, você é muito pouco interativo.

    • Izzy Nobre says:

      Não troco mensagem? Não converso? Bicho, você deve estar achando que por que eu não comento (muito) no meu próprio blog, eu não respondo feedback. Eu tenho mais de 200 mil tweets, e eu te GARANTO que 90% disso é dialogando com leitores e gente que curte meu canal. JAMAIS recebi um email de algum leitor e deixei de responder, também.

      Se eu realmente não me importasse com a opinião de ninguém, eu sequer perderia tempo criando algo na internet cara. Ou pedindo feedback. Ou deixando os comentários abertos, contra minha própria vontade (comentário de blog no geral agrega pouco, é um veículo de agressão — por que você acha que meus comentários são moderados? — e em casos extremos, rendem complicações legais pro dono do site).

      Como você pode concluir, o que acontece é que eu simplesmente não gosto tanto do modelo de discussão de comentário de blog. Deixo isso aberto porque há quem goste. Você está concluindo que, por que eu não respondo os comentários do blog, eu estou cagando pro público…? Que opinião mais amarga, cara. Sei lá…

      Talvez você tenha mandado um tweet pra mim que acabou ficando sem resposta. Talvez você ache que é a única pessoa que tenta conversar comigo e, como não respondi, você conclui que faço isso de sacanagem, ou porque estou “cagando” pra galera.

      Não é isso. Tente aí imaginar você entrar numa sala e ter 100 pessoas falando ao mesmo tempo com você.

      A maioria das pessoas conversa com um número pequeno de pessoas na internet, e recebe mensagens “não-solicitadas”, digamos assim, de menos pessoas ainda. Digo “não-solicitada” não desmerecendo ou querendo passar a impressão que não dou valor ao feedback da galera; com esse termo tou tentando definir “mensagens direcionadas à você mas que vieram sem você estabelecer contato com a pessoa antes”. Mensagens de desconhecidos direcionadas especificamente a você e esperando resposta o mais rápido possível.

      Tente se colocar no meu lugar. Não dá pra responder TODO MUNDO em TODOS os canais que eu uso (site, fanpage, youtube, twitter). Você parece esquecer que eu estudo, trabalho, tenho uma casa e uma esposa pra cuidar e meu tempo na internet é bastante limitado, levando em consideração o TANTO de coisa que eu tento fazer aqui. Tento focar a interatividade com o pessoal no tuíter porque é mais dinâmico.

      Se serve como consolo eu garanto pra você que leio TODOS os comentários, até porque eu tenho que aprova-los manualmente.

  35. Felipe says:

    Conheci seu blog através do texto sobre como você se fudeu arrumando a cama. Não lembro como cheguei até ele, mas faz uns dois anos, acho. Se não me engano foi procurando algo sobre Calgary.

    Acho que o vlog que mais gostei foi o do casamento, mas ainda prefiro os textos.

    Atualmente sigo o blog através do RSS no google reader. Inclusive quando rolou aquela merda com o site eu achei que você tinha desistido de escrever, só aí que fui acessar o site e vi o que tinha acontecido. A propósito, cê ta fazendo backup né? 🙂

  36. zeronox says:

    isso na camisa parece gala! Respondendo a pergunta: Não lembro e não sei!

  37. Anderson says:

    Conheci o HBDtv a alguns anos no ocioso.com.br (um agregador de links), muito tempo depois, fui conhecer o blog, os videos que eu mais gosto são os que você compara a cultura brasileira com a canadense.
    Acho que a expressão mais apropriada para “SHAREAR” seria COMPARTILHAR!

  38. Marcos says:

    Eu cheguei aqui através de um vídeo do Jovemnerd onde citaram seu nome, ai eu fui procurar quem era o sujeito e era você, mas agora n lembro se cheguei primeiro ao site ou ao canal no yt .
    Gosto tanto dos vídeos quanto dos textos, nao tenho um vídeo preferido mas gosto dos que abordam cinema, quadrinhos e dos costumes canadenses que são praticamente todos.

  39. emmanuel says:

    quem sou eu ?

    um agente de saude (trabalho oficial), tecnico em informatica, musico, ex dono de restaurante da minha familia e tenho dezenove anos hehehe vivo em uma cidade pequena de no maximo 19 mil habitantes

    fazendo uma pesquisa a respeito daquele filme “cubo” da trilogia cubo dois hiper cubo e o cubo zero, li uma rezenha tua, dai por curiosidade fucei seu blog e gostei, quanto ao video foram todos fodas,

  40. Juninho says:

    Eu cheguei aqui atavés do contraditorium.com, por um comentário de um user chamado IzzyNobre que linkava pro HBDia.

    Até agora só assisti dois HBDtvs, então não faz sentido falar sobre de qual eu gostei mais.

  41. Juninho says:

    BTW, sou estudante de engenharia civil em Natal, RN.

  42. Gary M. Silva says:

    Aí, cara, eu uso o MSN… Conheci o HBDtv pelo HBDia mesmo, e o HBDia, por indicação de um amigo.

  43. marle says:

    Eu te conheci pelo Tecnoblog. Gostei dos textos e dos assuntos que você abordava lá e resolvi ler o que você dizia aqui no hbdia, já que sou muito fã de jogos e tecnologia em geral, desde criança. Acabei adorando o conteúdo, pois os textos são divertidos e bem escritos e fui sempre lendo mais e mais posts. Com isso, criei o hábito de vir aqui com bastante frequência. Não sou muito fã dos vídeos, confesso que prefiro os textos. Os que mais me agradam são os que falam de games, de gadgets, da sua infância (costumam ser bem engraçados) e da sua vida no Canadá, mostrando os hábitos e costumes dos canadenses (é uma curiosidade minha acompanhar o cotidiano de diferentes povos). Bom, mas se for pra escolher um vídeo, vamos ver: acho que aquele do massacre de Aurora foi bem interessante, já que suscitou uma discussão sobre a questão do desarmamento. Curti os vlogs de férias também, anteriores ao casamento.

    Abs.

  44. Yukari says:

    Não lembro do “quando”, mas há algum tempo vi Hoje é um Bom Dia no face do Jijocka, um (velho) amigo meu.
    Curto bastante seus textos, e o 99 vidas também.

  45. Pedro Maia says:

    Olá Izzy. Conheci tanto o site quanto o vlog tem pouquissimo tempo, e ainda não acompanho de verdade o site. Sempre chegava uns RTs de uns tweets seus na minha timeline de gente que te seguia (obviamente) e outro dia desses resolvi assistir um video seu pela primeira vez, aquele recente sobre o iPhone5. Me inscrevi no canal, e gostei muito do vídeo sobre Star Wars da Disney e dei uma boa shareada no vídeo do Cheat Code, pq achei que varios amigos meus iam gostar da dica. Enfim, é isso. Seus outros vídeos estão na minha lista de coisas para assistir, rs. Abraços!

  46. Diego Marques says:

    Olá Izzy,

    Conheci seu Blog através do seu canal no youtube e já assinei o feed :).

    O seu canal no youtube conheci pelo 99 vidas, passei algumas horas assistindo seus vídeos e conhecendo um pouco mais da sua história pelo Vlog e achei muito interessante.

    Conheci o 99 vidas pelo Nerdcast, o primeiro episódio que ouvi foi o da participação do Jovemnerd sobre Doom etc. e já virei fã do 99 Vidas. Achei incrível me identificar com histórias de infância de pessoas que viveram tão distantes como você e o Jurandir, mas tiveram experiências muito parecidas com a minha (brincar na rua, vida de locadora, etc.)

    Parabéns pelo trabalho.

  47. Guilherme says:

    Conheci essa merda por uma livestream do TheSpaceMonkey,n me arrependo.