Do incrível seriado “Era uma vez no CEFET” ou “Reciclando posts antigos”

Num belo dia eu estava no CEFET. Era aula de Fìsica de Estruturas.

Algum engraçadinho usou marcador permanente na lousa lá da sala. E logo na aula do professor mais carrasco.

[ Professor, bufando de raiva ] Quem foi o engraçadinho que usou marcador permanente para brincar de jogo da velha na lousa INTEIRA?

E o engraçadinho, óbvio, não se pronunciou. Arranjar vaga em um curso técnico não tá fácil. O cara é Engraçadinho, não Burro.

Impossibilitado de dar aula, o professor aproveitou seus cinquenta minutos em sala para descarregar sua frustração em nós, pobres alunos. Ele não apontava nomes especificamente mas, sabendo que o Engraçadinho estava camuflado entre nós, ele sabia que suas críticas estavam atingindo o alvo, mesmo que indiretamente.

[ Professor, bufando de raiva ] Isso é uma vagabundagem! Coisa de malandro! Ignóbil! Vândalo! Sem-vergonha!

E os adjetivos seguiam. Em um certo momento, o professor se voltou para a lousa para contemplar os rabiscos – e eles não sairiam tão cedo, pois nem álcool removia aquilo. Tem que usar um produto especial, que é um luxo que o orçamento do CEFET não permitia. Gastaram todo o dinheiro instalando bebedouros.

Então, vindo do meio da sala, um aviãozinho de papel levantou vôo em direção ao professor. Não fui capaz de rastrear a origem do aviãozinho pois, quando o detectei, ele já estava no meio de sua trajetória, quase atingindo o pobre professor. Um ataque kamizake. A posição do Engraçadinho continuava um mistério. Um impacto foi antecipado. Todos prendemos a respiração.

O professor foi atingido na altura da orelha esquerda pelo aviãozinho. Por meio segundo, o aviãzinho ficou preso entre as madeixas do cara, e então caiu ao chão. Ele se virou, sem dizer palavra. Pegou as coisas e caminhou em direção à saída. Parou na porta, virou-se para a sala e soltou:

[ Professor puto ] Vocês tem mais é que se foder mesmo! Se foder no cu! Seus bostas!

Sutil, esse professor. Bem sutil.

Eu sinto falta do CEFET.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

3 comments

  1. Pingback: izzynobre
  2. Pingback: Marcelo Lima Souza

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *