5 atores que ganharam o Oscar (e arruinaram suas carreiras depois com filmes merdas)

O Oscar, este prêmio máximo do cinema, não significa necessariamente que a carreira de um artista atingiu seu patamar supremo — ou que este status é imutável. É que nem o vestibular: durante sua infância/adolescência, a pressão de passar no vestibular faz com que o simples fato de entrar numa faculdade pareça o objetivo máximon, né?

No entanto, após entrar numa faculdade, você pode se foder tanto nela — por inaptidão, por descobrir que aquela não era sua vocação, ou deusolivre, ambos juntos — que a sua carreira estudantil inteira vai pro ralo.

Quantas pessoas você conhece celebraram passar no vestibular, e foderam-se nos estudos nos anos (ou até meses seguintes), sendo obrigados a tentar outra carreira acadêmica? Pois é. Estes atores passaram por algo similar no que diz respeito ao seu reconhecimento em Hollywood.

Cuba Gooding Jr

cuba

O Cuba Gooding Jr ganhou a estatueta por seu papel em Jerry Maguire, um de muitos filmes (supostamente excelentes) do Cameron Crowe que eu provavelmente nunca vou assistir. Seu target=”_blank”>discurso na noite do Oscar é lembrado até hoje como iconicamente entusiástico, e ele merece pontos extra por nos poupar de berrar um “show me the moneeeeey!“, um bordão do seu filme que àquela altura já estava mais insuportável do que bordão de novela, que é  target=”_blank”>uma cortesia da qual James Cameron não nos achou dignos.

E depois de provar pra Hollywood que Cuba Gooding Jr habita no panteão de melhores atores da indústria, ele fez filmes de merda como Pearl Harbor, o imperdoável Norbit e Boat Trip. Ele ganhou o prêmio Framboesa de Ouro por este último aí, que tem nota 4.6 no IMDb.

Quando um cara que ganhou um Oscar passa boa parte de sua carreira depois disso fazendo filmes de baixo orçamento pra TV, é porque algo deu muito errado.

Halle Berry

2002-halle-berry-oscar-pixie-hairstyle

Em 1999, Halle Berry fez o Introducing Dorothy Dandridge, uma cinebiografia sobre a primeira atriz negra a ser indicada para o Oscar de melhor atriz. O filme era um projeto pessoal dela com importância imensa pra Berry, e ela lutou pra caralho pra que o filme fosse realizado.

Apenas dois anos depois, ela mesma se tornou a primeira negra a GANHAR o Oscar de melhor atriz. E a sequência de filmes que ela fez depois foi o equivalente de enfiar o Oscar de cabeça pra baixo numa montanha de estrume de porco.

Die Another Day (indubitavelmente o pior filme Bond da geração Pierce Brosnan, julgado por muitos como o motivo pela “aposentadoria” do ator naquele papel), Gothika (assisti o filme há muitos anos e ele faz tanto sentido quanto aqueles sonhos/alucinações que você tem quando tá com febre) e o terrível Catwoman, que tem como vilã uma modelo cinquentona que ficou indestrutível graças a um CREME PARA A PELE.

Catwoman só não foi tão danoso pra imagem do Batman quando os filmes do Joel Schumacher porque não tem conexão direta com o Cavaleiro Negro.

Ao contrário do Cuba Gooding Jr, a Halle Berry pelo menos apareceu pra ganhar o Framboesa de Ouro que ela ganhou merecidamente por Catwoman.

Roberto Benigni

roberto

Em 1999, Roberto Benigni reforçou os estereotipos que americanos nutrem por “esses estrangeiros malucos aí” — ao ser anunciado como vencedor do Oscar,  target=”_blank”>aprontou essa. A euforia do italiano é compreensível, afinal, foram DOIS Oscars que ele levou naquela noite.

O próximo filme em que ele estreou e dirigiu foi Pinóquio, uma fita notável por ter 0% de aprovação no Rotten Tomatoes. Pra fins de comparação, o pior filme que eu já assisti na vida — Ultraviolet — ainda conseguiu 9% no site. E olha que estamos falando de um filme tão ruim, mas TÃO RUIM, que me causou mal estar físico ao assisti-lo. Não é exagero: a cinematografia daquela merda me deu tontura e enjôo. Nem consigo imaginar a desgraça que foi ver esse filme no cinema.

F Murray Abraham 

murray

O ator, que era um relativo desconhecido, ganhou o Oscar de melhor ator por sua performance como Salieri em Amadeus, de 1984. Ele continuou sendo relativamente desconhecido, parando rapidamente pra fazer algum filme horrível aqui e ali, como Muppets in Space.

Seu retorno à obscuridão hollywoodiana levou alguns críticos a chamarem esse apogeu artístico seguido de queda de “Síndrome de F Murray Abraham”. Ele não gostou muito disso, previsivelmente.

A prova cabal de que o Oscar foi algo atípico na carreira medíocre do cara é que foi até difícil achar a foto dele com a estatueta — como se o universo tivesse visto a carreira dele num todo e dito “vamos fazer de conta que tu nem ganhou isso aí, porque faz mais sentido”.

Adrien Brody

adrien

Adrien Brody, que é proibido por lei de nadar de costas no estado da Califórnia porque faz a população ligar desesperada pro 911 achando que estão vendo um tubarão, ganhou o Oscar por The Pianist, de 2002. Eis os excelentes filmes que o indivíduo fez logo em seguida:

The Singing Detective — 39% de aprovação no Rotten Tomatoes

The Village — 43% de aprovação no Rotten Tomatoes

The Jacket — 44% de aprovação no Rotten Tomatoes

De repente ele estava pensando que após ganhar aquele primeiro Oscar, devia sair aceitando qualquer roteiro que tivesse “THE” na frente. Pelo jeito não deu muito certo.

Que outros atores são famosos por ganhar um Oscar e em seguida jogar a carreira na lama?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

78 comments

  1. Coitado do Adrien Brody, “O pianista” é realmente um filme excelente. deve ser complicado ver a carreira descer pelo ralo depois de fazer uma obra prima como essa

  2. Pelo menos o Adrien Brody fez Detachment, que, mesmo por ter um diretor meia-boca, foi um dos papéis mais marcantes dele, na minha opinião.

  3. Não sei se o Adrien Brody deveria estar na lista, porque A Vila não é ruim. É um dos filmes mais controversos do cinema recente, mas estamos falando de M. Night Shyamalan anyway, tudo o que ele faz é controverso. Só sei que ruim não é.

    1. Um dos filmes que eu mais gosto é A Vila, pra mim é um excelente filme, o Adrien Brody interpreta uma pessoa com deficiência mental, eu realmente não entendi essa lista do HBD. Mas tudo bem, respeito a opinião de quem não gostou do filme ou da interpretação do Adrien, sei lá. Não é pq não ganhou um oscar que o filme seja necessariamente ruim, ou o fato de ganhar um Oscar tmb não significa que seja bom.

  4. O Cuba certa vez em uma entrevista lamentou não ser chamado mais pelo Spielberg pois na primeira vez, ele recusou um papel que seu personagem seria um escravo. Ele não aceitou e depois dessa vez, ele nunca mais foi chamado para fazer um filme dele. Gostei do papel dele com o De Niro, o Homens de Honra.

      1. Já ouvi comentário de que ele nunca ganhou nada por ser discípulo do Martin Scorsese, e que holywood tem alguma treta com este último, que seria repassada ao Di Caprio igual a piadinha que fazíamos no segundo grau envolvendo garotas beijos e blowjobs.

          1. Você não pegou a ironia/sarcasmo/piada.
            Heath Ledger ganhou o oscar justamente com o “The Dark Knight”, e não atuou depois de morto (jura?).

  5. As vezes parece quem falta alguém bom pra gerenciar a carreira desse pessoa, Cuba Gooding Jr fez o excelente Homens de Honra (Men of Honor) e depois só fez filme ruim, não dá pra entender.

    1. A questão é que atores são profissionais como quaisquer outros e precisam de dinheiro também (inclusive mais que alguns, visto os gostos peculiares por que a profissão é conhecida). Você acha que um arquiteto vai recusar o projeto de um bordel, com medo de que não vai fazer bem para a imagem dele?

  6. Eu sabia que não era o único a achar Ultravioleta o pior filme do mundo… o que até dá um bonus track nessa lista, porque Equilibrium, o filme anterior do diretor de Ultravioleta, é maneiro pra caramba!

    1. Só pra constar, também acho Ultravioleta o PIOR filme que assisti -- e ainda tive o azar de ver isso no cinema -- em todos os meus 28 anos de vida.

    2. Eu trabalhava em uma videolocadora quando saiu esse Equilibrium, e o filme é bom o problema é que tentaram vender ele como um Matrix só que mais foda,inclusive no material promocional vinha uma frase assim: ESQUEÇA MATRIX! O problema é que o filme não tem nada a ver com Matrix, além dos óculos escuros e dos sobretudos pretos, o filme é tá mais para um 1984 com lutas coreografadas

    3. o pior filme da história, pra mim, se chama The English Patient… achei tão ruim que apaguei ele da memória, não lembro de nada…

    1. É mesmo! Não sei se por culpa dele e também do diretor, mas o último Ghost Rider ficou uma bosta! O último filme que valeu mesmo a pena com ele foi O Senhor das Armas

  7. Quem mandou o Cuba Gooding Jr. e o Roberto Benigni roubarem o Óscar do meu querido Edward Norton? Apenas dou altas gargalhadas, ganharam o Óscar e sumiram. Na próxima indicação do Edward Norton ao Óscar, se ele merecer e não ganhar, eu nem vou precisar gastar as minhas forças com a macumba.
    Mas, o Adrien Brody fez até um filme bom que não tivesse o bendito “the” no início do nome. Desapego (Detachment, 2011), dirigido pelo mesmo diretor de A Outra História Americana, o mesmo que fez o Ed ser indicado ao Óscar em 1999. Enfim, Desapego é um filme realmente muito bom, eu recomendo.

  8. Mas Izzy, The Village é um exclente filme, não sei se você assistiu. O filme foi muito criticado, fui ver pensando para ver se era uma merda mesmo… e me surpreendi, roteiro e atores impécaveis, até pensei que era adaptado de algum livro. Não é filme ruim não =)

      1. Preciso ver esse Cloud Atlas de novo. Captei a ideia das vidas através dos tempos e tal, mas ainda não captei a qualidade do filme.

  9. Izzy tem um outro filme tão horroroso quanto “Boat Trip” que o Cuba Gooding Jr fez que se chama “Rat Race” batizado no Brasil de “Tá Todo Mundo Louco! -- Uma Corrida Por Milhões” … que nada mais é de um remake pra lá de tosco de “It’s a Mad, Mad, Mad, Mad World (“Deu A Louca no Mundo” como se chamou no Brasil)” de 1963.

    1. Esse Tá Todo Mundo Louco é uma comedia seção da tarde ondem tem até o Mr Bean?

      É muito melhor que boat trip! hahaha

  10. Kevin Costner depois de Dança com Lobos (que ele fez barba, cabelo e bigode) entrou numa ladeira e nunca mais saiu dela, daqui uns anos ele vai começar a fazer filme pra TV.
    Marisa Tomei (que alguns falam que ganhou por “engano”) só fez filme porcaria depois tbem (exceção em “O Lutador”)
    Mira Sorvino ganhou em 95 ou 96 e nunca mais se teve noticia dela…

  11. Ultravioleta o pior filme que ja viu? Você precisa ver mais filmes Kid. Cinema Brasileiro, Turco ou Indiano tem cada Bosta em forma de película, que você vai dar um Oscar pro Ultravioleta. 😀

    1. Esqueceu os filmes irarianos que parece que acabou a película no meio do filme e esqueceram de colocar o outro rolo pra rodar.

      Ou os franceses que são MUITO nonsense. Nada de introdução aos personagens, motivo da história, desenvolvimento e fecho. Geralmente tu termina de assistir ao filme e fica pensando: Caralhos, não vai ter final essa porra não?

  12. Pô, Izzy! O F. Murray Abraham fez Scarface depois, que é um baita filmão! E ele tá escalado no próximo do Wes Anderson, quem sabe não é uma chance pra ele voltar a fazer bons filmes?

  13. “Adrien Brody, que é proibido por lei de nadar de costas no estado da Califórnia porque faz a população ligar desesperada pro 911 achando que estão vendo um tubarão”

    HAEUHAUHAEUHUHAEUH OBRIGADO IZZY NOBRE!

  14. O Forest Whitaker levou o Oscar por O Último Rei da Escócia (The Last King of Scotland). Foi no mesmo ano que o Will Smith foi indicado pelo A Procura da Felicidade (The Pursuit of Happyness). Vi ambos, e achei que o Smith merecia muito mais.

    Mas esse Oscar do Whitaker parece acidente também, não lembro qual foi o último filme dele e nunca foi um puta ator, e nem tá tudo isso no papel premiado.

  15. Se a ala masculina ficou com a Síndrome de F. Murray, Forest Whitaker e Colin Firth seguem seu exemplo. Houve ganhadores (atores e atrizes)que fizeram bons filmes, mas deixaram de serem indicados ou ficaram no quase: Geoffrey Rush, Phlip Seymour Hoffman, Denzel Washington, Helen Mirren, Marion Cotillard, e Charlize Theron…e não esqueçamos também da Síndrome de Marisa Tomei.

  16. Adrien Brody fez Peter Jackson King Kong em 2005, que é um PUTA dum filme bom! Fora que A Vila (The Village) é um filme bom sim, o que acontece é que vc acha que é de terror mas não é, por isso a frustração das pessoas ao verem, mas eu não me frustrei, achei o filme bem legal. Ele mereceu o prêmio pelo Pianista e fez sim filmes bons depois!

  17. Triste pelo Cuba Gooding Jr…apesar de Jerry Maguire não ser tão ruim assim (minha opinião), tem um outro que foi muito bom…com o Robert De Niro, chamado Homens de Honra…depois desse…nunca mais vi.
    Triste.

  18. Isso me faz refletir em não ficar confiando no chamado senso comum, mas sim no próprio, sendo q vc deve ter visto os filmes citados, claro!
    Confiar na avaliação do Oscar é tão legal quanto na do iMDB. No RT, ok, até vai.
    Os filmes citados do Brody não são ruins. O Ultravioleta é meu guilty pleasure, mas num tempo em que a galera vibra com porcarias de robôs e monstros gigantes, além de Zack Snyders da vida, esse da Milla Jovovich é passável.

  19. Acredita que Ultravioleta ganhou uma série animada no Japão? E pior, dirigida por um dos mestres da animação japonesa dos anos 70 e 80, o Osamu Dezaki (que apesar de sim, ser um mestre – ele dirigiu Ashita no Joe, que em miúdos seria “Rocky o Lutador dirigido por Sergio Leone” – também teve uma fase de “topamos qualquer parada” antes de morrer…)!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *