Música é uma coisa fenomenal. Eu tenho um hábito de selecionar vinte ou trinta músicas e coloca-las no repeat do winamp. As canções ficam lá por mais ou menos um mês. Esse é o tempo necessário para que as melodias se fixem no meu hipocampo, forçando uma “viagem nostálgica” de volta àquele tempo em que eu as ouvia. Basta colocar uma determinada música no play, e eu sinto até o cheiro da Kyara, minha cachorrinha que eu tinha lá no Brasil.

(Sim, é a mesma desgraçada que uma vez comeu o cabo do meu modem ADSL, espero que ela tenha morrido de uma forma trágica e dolorosa.)

Existem vários tipos de música:

Aquelas que você ouve e ODEIA, e então, antes que você se dê conta, elas começam a tocar em tudo quanto é estação de rádio, submetendo você a uma lenta porém eficiente lavagem cerebral. Quando menos se espera, você está cantarolando o refrão. Um exemplo desse tipo de música é Anna Julia, hit-bunda da banda-bunda Los Hermanos;

Aquelas que tem um belo apelo popular e se tornam favoritas de todo mundo, já na primeira ouvida. Eventualmente elas passam a encher o saco, de tanto serem repetidas na MTV. Comprova-se esse fenômeno em qualquer música do Linkin Park (especialmente In The End. Putaquepariu, essa música foi tocada à exaustão);

Aquelas que NINGUÉM sabe o nome verdadeiro, porque algum FILHO DA PUTA SÁDICO inventou de mudar o nome do arquivo no Kazaa e agora a única saída é comprar o CD e escutar todas as músicas, na tentativa de reconhecer a que você gostou. O melhor exemplo de grupo vítima dessa putaria covarde é o Dry Cell, uma banda cujas músicas NINGUÉM sabe ao certo o nome. Peguei uma aqui com o título Grapejelly e, mais tarde, acabei pegando-a novamente porque estava com outro nome (que nem mais lembro, pois apaguei o arquivo de raiva).

Música é cultura.

E se você por acaso é um dos viados que fica mudando o nome das músicas do Dry Cell, você não merece o oxigênio que respira.

Seu merda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *