Another "iPad killer" bites the dust: o fracasso do TouchPad

Lá pro meio de 2008, quando o iPhone se solidificou como um dos smartphones mais populares do mercado, a competição começou com esse hábito irritante (e arrogante) de nomear todos os seus lançamentos de “iPhone killer”. Lembra disso?

O Nokia N97, por exemplo, foi um dos mais proeminentes iPhone killers da época. Menos de um ano depois, o CEO da Nokia teve que se desculpar por quão asqueroso o produto era.

Pelo menos não foi a única coisa pela qual a Nokia pediu desculpas.

Quando o iPad apareceu e praticamente INVENTOU um novo segmento do mercado — ok, tablets existiam antes, mas QUEM comprava aquilo? –, não demorou muito pra que a competição (e a mídia especializada) retornasse ao velho hábito. Veja essa lista de iPad killers, por exemplo — repleto de aparelhos com poucas vendas, mortes prematuras e nomes obscuros que ninguém mais lembra.

Então, o TouchPad. Lembro quando a internet inteira aguardava o bicho como a grande alternativa ao iPad. Acho que nunca vi uma resenha negativa do WebOS, o sistema operacional dele; exceto pelo fator “não tem app pra essa merda”, o OS parecia ser praticamente perfeito.

A HP já tinha fracassado antes com o Slate, então resolveram fazer algo com o WebOS que veio junto com a moribunda Palm que eles haviam acabado de comprar e o enfiaram no TouchPad. Lançaram essa porra em julho e dois dias atrás (menos de dois meses após o lançamento), a HP decidiu matar não apenas o tablet mas todos os projetos de hardware que usem WebOS.

Eu nem sabia que o bicho tinha morrido. Tava no tuíter quando fico sabendo disto aqui:

Notaram que no site, iPad e tablets são categorias distintas? E o pior é que são mesmo. O deixou claro que não quer "tablets", querem iPad.

“Mas que diabo”, pensei. “Essa porra praticamente ACABOU de ser lançada. Já tão cortando o preço agressivamente assim?!” E aí fiquei sabendo que era o fim do tablet e que a HP mandou os vendedores acabarem com o estoque.

Me perguntaram no tuíter se vale a pena pegar esse troço em vez de um ebook reader dedicado, ou pra acessar web no sofá, ou pra usar como leitor de comics. Após me apaixonar pelo meu ereader não recomendaria ler livros em LCD. Não sei se há app pra ler quadrinhos no troço, e também não achei confirmação a respeito dos rumores de desenvolvimento de uma versão do Android pro aparelho. Comprar um TouchPad e ficar limitado aos apps nativos me parece jogar dinheiro no lixo.

Falando em jogar dinheiro no lixo, deve ser assim que os investidores da HP se sentem. As ações da empresa caíram incríveis 20% depois dessa putaria toda.

E mostrando que não perde tempo ao notar uma boa oportunidade, a Microsoft já começou a mandar flores pras viúvas do TouchPad:

O rapaz aí é o diretor do projeto Windows Phone 7. Com o futuro incerto do WebOS, o cara chegou junto dos desenvolvedores abandonados e oferecem celulares, ferramentas, treinamento, casa, comida e roupa lavada. E tá certo mesmo, o iPhone e a AppStore reforçou a teoria de que o poder de um hardware está nos desenvolvedores.

Tenho certeza que os 2 ou 3 developers de WebOS apreciam a consideração da Microsoft.

iPad killers? Pfff. A única coisa que eles matam é a si mesmos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

46 comments

          1. olha, trabalho com Apple fazem 8 anos e percebo uma coisa em outros aparelhos que concorrem com o iPhone e com o iPad, eles sempre tem mais funções, porém nem sempre são funionais …

  1. Esse conceito de iPhone/iPad killer é muito errado. Isso é algo completamente besta, sempre ira haver mercado para o iPhone, como sempre ira ter mercado para o Galaxy S, as vendas dos 2 comprovam isso.

  2. O iPad nao foi criado para ser um tablet-killer… as empresas tem q entender q se querem fazer sucesso igual a Apple tem que começar a pensar fora da caixa. Criar uma necessidade as pessoas. Igual o kindle fez.

  3. Enquanto isso, aqui no Brasil, as pessoas compram pelo mesmo preço um corby kyros da vida que tem tela resistiva, android 2.1 sem android market e leva 30 minutos para desbloquear a tela, mas ficam extremamente satisfeitos.
    (eu presenciei isso)

      1. Não, os caras tão realmente satisfeitos com o tablet.
        A maioria usa apenas para assistir vídeos e pelo menos isso ele faz direito.

  4. chubiruba

    O touchpad era bonitinho porque ele praticamente copiou o design do Ipad.
    Agora eu ainda to pagando pra ver o tablet de 2 telas (no sentido de imitar um notebook, mas outra tela no lugar de teclado)

  5. Eu tb tenho o mesmo sentimento qdo alguém aparecer com qq “killer”.

    na boa, curto d+ Android, acho q PARA A REALIDADE BRASILEIRA é a melhor opção. loja sem restrição, não necessita um OS/HW específico pra programar.

    mas em quesito tablet, o iPad dá uma surra VIOLENTA, em qq tablet. eu gostaria de ver algo pra competir DE VERDADE, tablet android ou é estupendamente caro e mal acabado, ou é pior que a comida de Guantánamo e razoalvemente barato.

    quem sabe a MS não apareça com coisa boa por aí?

  6. Ipad em 1995: rel="nofollow">

    Apple só fez lançar algo que ja existia (obviamente os tablets que existiam quando o Ipad foi lançado faziam muito mais coisas que esse conceito de 1995).

    A diferença é que a Apple tinha dinheiro, fez propaganda e, claro, a Apple manda, o povo compra.

      1. Defina poder de processamento? Pegue um iPad 1, com processador 1.0 e abra 80 aplicativos nele e veja se ele trava … O lance não é só o processamento, é o OS nele …

  7. Eu não faria o que estou fazendo aqui num tablet.
    Já me forcei e tentei imaginar, mas não é pra mim.
    Comprei um notebook e ligo ele a cada dois meses pra não foder com a falta de uso.
    Conheço montes de pessoas que usam essas coisas na cama, mas acho deplorável, coisa de debilitado.
    Talvez quando eu tiver minha casa toda automatizada eu use o brinquedo pra controlar as coisas, até lá…
    Fico com minha tela ips, sonzinho hifi, fone sennheiser, mouse performance mx e teclado arc. Rodando num i7 com 8gb de ram e uma hd6870.
    Quem tem computador de verdade e não precisa de mobilidade não consegue usar tablet. Cinco minutos bastam.
    Em outras ocasiões um leitor de ebooks e um smartphone dão mais que conta do recado.

      1. Realmente, ficar pagando sapo com configuração de PC é tosco, supercompensação (Google it) mesmo. Fora que se gabar de ter um Arc considerando o resto da configuração é no mínimo esquisito. Se fosse um Razer, ou um G-series da Logitech, ainda…

        Anyway, num ponto ele tem razão: a utilidade de um tablet pra quem tem um computador “de verdade” é limitada. Muitas das coisas que pessoas que não tem um computador mais “über” em casa fazem em tablets e/ou notebooks acaba dando a sensação de “not good enough” quando o desktop tem uma configuração mais top de linha.

        Ainda assim, assistir videos na cama (eu admito, sou deplorável e debilitado… quando eu estou indo dormir e quero assistir uns vídeos ou ler um livro, o certo seria sair da cama e voltar pro meu desktop, realmente) num tablet deve ser 1000x melhor que num smartphone, e melhor também do que ver num notebook, uma vez que um tablet não vai fazer ovos cozidos com linguiça depois de alguns minutos de vídeo. O mesmo vale pra ler livros (se você não tem/não quer um gadget só pra isso), quadrinhos e até mesmo pra navegar nas interwebs “on the go”. Eu tenho certeza que minha leitura matinal de feeds no ônibus seria bem mais agradável num iPad do que no iPhone.

  8. Eu tenho um celular Android baratin (Samsung Galaxy 5) e tou satisfeito com ele, não mega super CHUBIRUBAmente satisfeito, mas sinto que valeu cada centavo dos 400tão que paguei por ele (contra um iPhone 3GS que tá 1000 contos, ou um iPhone 4 que tá 1600), faz tudo o que eu preciso e mais um pouco.
    Agora quando o assunto é tablet eu já tenho vontade mesmo é de um iPad, o que me falta é grana, já usei o iPad do meu cunhado e prá navegar na internet é massa, o que me falta agora é a grana.

  9. 100 dólares? Cara, eu compraria.

    Eu não teria muito uso para um tablet além dos apps nativos. Navegação, vídeos, IM, Twitter. Fiquei interessado até…

    Não sou muito de ler quadrinhos e nem usaria tablet pra livros (ainda depois da sua resenha do Kobo).

    Para jogos um iPod Touch me cairia melhor.

    Se venderem esse Touchpad por aqui com um preço bom desses, talvez eu até compre. Parece melhor que o Galaxy.

  10. A HP está mal acostumada a tirar ouro de tinta de impressora e ficou com medinho de arriscar criar um ecossistema foda e brigar de frente com a Apple. Voltem pras impressoras e fiquem lá em posição fetal.

    Fiquei puto com isso. hauhahuauahuhahu Não muda muita coisa na minha vida, mas eu queria ver a concorrência brigar, sangue voar! Tô vendo só um monte de gente com medinho da maçã e ela aproveitando e metendo processo nessa galera só pra zoar. Aí vem a HP com um SO foda e faz isso?

    Porra.

    Agora é ver se a Amazon vai de frente mesmo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *