Arrumando as malas de novo!

Aê meus adoráveis sociopatas! É o seguinte malandragem, venho por meio desta emocionadamente contar pra vocês que eu estou me preparando pra uma segunda viagem ao Brasil!

É o seguinte, minha prima se casará em janeiro. Como morei longe da minha cidade natal por anos – 3 anos no Paraná, 3 anos no Maranhão, 6 anos no Canadá -, nunca participei desses grandes eventos familiares. E apesar de não fazer nem um ano daquela minha épica ida ao Brasil, toquei um foda-se muito solene e disse “dane-se – vamos de novo!


Eu e a patroa na Praça do Ferreira, no centro de Fortaleza

Nem me venham com essa de “mas mano vc mora no canada quer fazer o que no brasil kkkk”. Brasil é que nem buceta, meus amigos – por mais que feda, é daí que eu saí, e por isso amarei para sempre. Os inúmeros defeitos do Brasil só me desmotivam de MORAR aí. Mas pra passar férias? Nem cogito ir a outro lugar.

(Mentira, quero visitar Cuba. Meu irmão passou uma semana num resort lá e rapaz, a coisa é muito fina. Mas como passei seis anos longe da pátria amada, quero matar a saudade com essas viagens antes de partir pra outro paraíso tropical repleto de morenas gostosas e focos de doenças infecciosas)

Já arrecadei muitos inimigos entre o eixo Rio-São Paulo, então minha passagem por essa região vai depender da minha capacidade de arrumar um colete de kevlar antes da viagem. Entretanto, ainda não vi nenhum tuiteiro da minha cidade natal expressando abertamente seu desejo de me ver sendo atropelando por um caminhão de mudanças. Assim, me sinto mais à vontade pra visitar a terrinha.

Não quero divulgar datas ainda (os planos ainda estão incertos e fui informado de que há uma equipe de macumbeiros só esperando saber que dia anotar em seus trabalhos), mas estarei pro aí no meio de janeiro. Informarei-os quando estiver com os bilhetes na mão e tal.

Ademais, eu e o @glacial estamos formalmente convidando todos a se juntarem a nós no Beach Park nesses dias em que eu estarei aí. Se você tem interesse de comparecer nesse mega encontro de twitteiros cabeças chata, deixe seu recado aí embaixo nessa caixinha de comentários.

E mais uma coisa – quando estivemos em Fortaleza em março, vez ou outra algum leitor aparecia pra dizer que tinha nos visto no Iguatemi, ou na praia, ou no Dragão do Mar, ou seja lá onde. Seus merda, não vieram se apresentar e bater um papinho por que? Acreditem, em pessoa eu sou um cara gente boa pra caralho. Cês acham que essa loira teria me aturado por anos se eu não fosse?

Então é isso aí. Mal consigo conter a animação de estar voltando ao Brasil mais uma vez!

E dessa vez vou ALOPRAR TOTAL quando estiver empacotando as malas pra viagem de volta. Quando estava voltando ao Canadá em abril, minha mochila veio abarrotada disso aí:

A questão é que isso aí não é nem metade do que eu queria trazer. Guloseimas brasileiras são essencialmente especiarias aqui – preciso me tacar do outro lado da cidade pra comprar, a seleção é pequena, e são violentamente caras. Eu queria trazer meu peso em quitutes brasileiros, mas tive medo dos olhos reprovadores da alfândega canadense, então me limitei ao que você vê na foto. Pra minha surpresa o maluco do guichê da imigração em Toronto olhou pra minha cara, pediu pra ver meu green card, e .

Ou seja, dessa vez eu vou levar uma mochila extra só pra trazer comida de volta.

Brasil, aqui vou eu – de novo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

127 comments

  1. Pingback: Eduardo Cardoso
  2. Pingback: Rafael Ramos
  3. Pingback: Gabriel Guimarães
  4. Pingback: Raphael Corrêa
  5. Pingback: Diego Messeri
  6. Pingback: Brno
  7. Pingback: Maurício Silva
  8. Os chocolates eu entendo. Mas contrabandear tang genérico? Porque?!

    Eu tive uma amiga que pedia para a mãe mandar leite condensado pelo correio pra ela fazer brigadeiro.

  9. Eu vou pro intercambio ano que vem
    E a galera que vai comigo ou q voltou fala que pedia pros pais mandarem essas guloseimas por correio, inclusive guaraná em latinha e o famoso leite condensado.

  10. Não entendi POHA NENHUMA dessa merda de suco vagabundo aí na mala, mas beleza ouahouahouaahouahahu

    Se vocêS aparecerem em Sampa ou Rio até posso pensar em me deslocar. Claro, tem que ter a Bebba pra que eu tenha um motivo melhor pra viajar do que “conhecer macho” WTF hahaha
    Nordeste já dói demais no meu bolso de assalariado tupiniquim (e atual desocupado :~~)

    No mais, não enrola e vem logo bitchez!

  11. Apenas não achei de bom tom, você não explicar aos seus antagonistas (que provavelmente lêem o HBD) o que é e para que serve o kevlar. Sabe como é né, esse povo da inclusão digital não manja muito.
    Caso você decida ir a SP e eu tenha viagem pra essa época, apareço por lá.
    Abraço!

  12. Não seria possível um encontro desse em São Paulo? no aeroporto mesmo? Não se preocupe que eu arrumo proteção extra se precisar, você será “o intocável”.

  13. Renato Carneiro:

    Apenas não achei de bom tom, você não explicar aos seus antagonistas (que provavelmente lêem o HBD) o que é e para que serve o kevlar.

    Os antagonistas do Kid são todos gordos tetudos ex-jogadores de Counter Strike. Sabem o que é kevlar sim, rs.

  14. Pingback: Matheus Simonato
  15. Vem pra São Paulo, aqui é a capital dos nordestinos…hehehe…Sério, vem aí!
    Ñ sei se vou estar na cidade em Janeiro, mas se te ver na rua grito: “Kid viado!”
    Mas melhor manter distância do RJ, certos cariocas estão…vc sabe! Lamentável!

  16. Pingback: Fábio Darós
  17. Pela foto das guloseimas, creio que tu queira sentir o gostinho da patria amada, entao, recomendo levar farinha de mandioca (quer algo mais brasileiro que farinha de mandioca?), doce de coco, pe´-de-muleque e paçoca.
    Caso curta sabores amargos, recomendo chimarrao ou terere´ (este ultimo -mais comum no interior do estado de sao paulo, mato grosso e mato grosso do sul- parecido com chimarrao -- que e´ comum no sul-, so´ que gelado).
    Outra coisa bem brasileira (ou pelo menos creio ser) e´ a famosa GROSELHA, isso sim falta la no kit guloseimas.

  18. Velho,

    estou no canadá, em banff. passei ontem em calgary, mas estava um tempinho ruim, ainda bem que abriu no final da tarde e deu para ver alguma coisa na torre. tinha uns malucos fazendo rapel no prédio, assustador haha.

    até olhei pelos lados para ver se via o blogueiro cearense mais famoso do canadá, com o mesmo afinco com que procuro animais na pista, mas nem te vi.

    deixa eu te perguntar, nunca vi você falar sobre outros lugares do canadá. você realmente nunca fez turismo por aqui, ou só não comentou no blog?

    abraços

  19. Caralho, tenho um lençol igualzinho ao mostrado na segunda pic.

    “Cês acham que essa loira teria me aturado por anos se eu não fosse?”
    Hum, faz sentido. /zomg

  20. Ainda bem que você tá levando essas juunkfood, se fosse alguma comida típica o pessoal da alfândega não deixaria você entrar auahuahuah

  21. Pingback: izzynobre
  22. Kid véi! eu quero ver se rola eu ir no Beach Park aew…. deve ser interessante no minimo… e com certeza, se eu os vir, com certeza falarei com o casal mais show do eixo Fortal-Calgary

  23. Porto Cai Na Rede é My balls!
    Podemos pagar pelo nosso próprio divertimento!

    Faremos do “Beack Park Come Rapadura” o maior evento twitteristico da historia! ,,/,

  24. “Kid:

    @Darox

    Eu topo. Sério mermo.”

    Então 5 pacotes de serenata do amor pelo seu iphone quando você trocar o seu iphone por outro. Fechado?

    E explica o motivo do Tang genérico, para mostrar a Becca que no Brasil envenenam as crianças com suco feito de pó e elas adoram?

    Rola uma passada em João Pessoa?

  25. Porto Cai Na Rede é My balls!
    Podemos pagar pelo nosso próprio divertimento!

    Faremos do “Beack Park Come Rapadura” o maior evento twitteristico da historia! ,,/,

    Concordo com o @glacial, kid, não esquece a encomenda de dildos dele, ele ta todo eufórico! ABS e até janeiro!

  26. Os chocolates eu entendo. Mas contrabandear tang genérico? Porque?! [2]

    Poxa Kid, em janeiro devo estar em Sampa :/
    Se não houver choque dos dias, vâmu vê se rola.

  27. Você não quer dar uma passadinha aqui por Manaus não? Já pegando a deixa da sua comparação do Brasil com uma buceta, Já que vai estar por aqui, por quê não dar uma passadinha no cú do Brasil (ou no pulmão do mundo, como queira) ?

    grande abraço

  28. eu moro quase ao lado da fabrica da Garoto…se quiser eu compro mais barato e importabandeio uns pra vc quando tu vier ao Brasil. Tu ja foi a lojinha da fabrica da garoto? Nao, né? Deveria. La é a perdição do chocolate. Se precisar de um guia turistico…

  29. Kid, espero que você não tenha oferecido esses sucos FRESH a nenhum amigo seu no Canadá.
    Igualmente prejudiciais, já basta a violência e a pobreza pra negativar o Brasil como terceiro mundo.

  30. Cara se tu tivesse por aqui no dia 14 de novembro, tu poderia ir no Beach Park na promoção, dava R$40 conto por que é aquele pacote de muita gente.
    Divia marcar um boliche hein.

  31. e o cabeçudo retorna a terra natal. Se eu lhe vir denovo andando por aqui lhe xingarei com o maior prazer, e ao glacial e o symbiam dele tb, ele ja parou com essa droga?

  32. Engraçado o quanto a galera acha que as coisas são inventadas aqui. Primeiro leite Moça, agora suco em pó. Acredito que você quis levar o suco em pó específico, sabor Guaraná, correto? Talvez aí esse sabor não tenha…

  33. Voce vai aparecer quando, Kid? Em 31 de janeiro vai rolar um show de No Fun At All em Fortaleza e é certeza eu estar lá. Dependendo da data que você for, dá pra chegar um pouco antes.

  34. Sou leitora silenciosa e assídua, tanto do blog quanto do twitter e acho que se por acaso visse você e sua mulher por aí eu morreria de vergonha de me aproximar. Mas estou na torcida pra sua vinda pra SP.
    =*****************

  35. Aow Kid, visitei Fortaleza semana passada! Com ctza foi a viagem mais bonita que já fiz na vida, principalmente p/ os municipios vizinhos (praia de cumbuco, morro branco e o beach park foram d+!). Em fortal mesmo, curti muito a praia do futuro.

    Mas como todo brasileiro malagradecido da terra maravilhosa em que vive, PUTA CIDADE SUJA hein! hauhauha Olha q sou se Sampa!

  36. Fato é que te vi no Iguatemi algum dia aleatório, mas fiquei REALMENTE em dúvida se falava ou não. Não cairei na mesma falha, jovem brasil-canadense.

  37. Ahaha deixem de ser tímidos. É sério, eu sou super gente boa, não sou estrelinha e adoro conhecer leitores do HBD (pena que isso só aconteceu tipo, 3 vezes em toda a minha vida).

  38. Izzy seu gay! esse ERA o seu problema… pq q naum fala baitola! vc ai com falta daquela goiabada? e deixa de ser viado e me adiciona no MSN.

  39. Pergunta básica: na entrada no Canadá você marcou na declaração que estava trazendo comida? Me lembro que tinha uma pergunta dessas e eu dei um migué e marquei que não, mas não sei o que aconteceria se resolvessem revistar a mala.

  40. Quibe, teve um incendio aqui no Brasil ontem, que queimou praticamente todo o acervo de obras de arte do Hélio Oiticica…avaliado em uns R$ 200 milhoes.
    Lembrei da Tina agora.

  41. “Ahaha deixem de ser tímidos. É sério, eu sou super gente boa, não sou estrelinha e adoro conhecer leitores do HBD (pena que isso só aconteceu tipo, 3 vezes em toda a minha vida).”

    Então responde quem mora em Fortaleza sua biba!

  42. caraca tb nao entendi. tu chama suco Fresh de guloseima brasileira? Tanta coisa melhor pra se levar kkk. Se bem que tenho uma teoria. É por causa dos sabores? (maracujá e guaraná nao devem ser comuns por aí né)

  43. Presente para você, Kid: a origem dos “outros 500” é uma piada.

    Um malandro baiano que havia se ausentado de uma cidade voltou à terra natal depois de alguns anos.

    Foi à missa, e na hora do sermão, interrompeu o padre, dizendo: Seu vigário, estou muito apressado para viajar e passei aqui só para lhe pedir aqueles quinhentos mil réis que deixei com o senhor pra guardá-los.

    Estabeleceu-se o impasse. Deixei, não deixou, deixei. Vendo a situação constrangedora do vigário, um rico fazendeiro local apressou-se em apaziguar tamanho aborrecimento, dizendo pro malandro:
    Meu rapaz, você enganou-se, na verdade você deixou aqueles quinhentos mil réis foi comigo, ao que, incontinente, o baiano aplicou, Não senhor,
    AÍ SÃO OUTROS QUINHENTOS.

  44. “Compareça em São Paulo.

    No Rio de Janeiro chovem helicopteros.”

    Q mancada com os policiais! hehehe
    O Kid tem mais medo no RJ, ñ de tiroteio, ñ de traficantes ou policiais, nem mesmo de helicóptero caindo. Ele tem medo de pessoas com obesidade mórbida caindo em cima dele!

  45. Sou mais: “Compareça no Rio de Janeiro.

    Em São Paulo você morrerá no engarrafamento e ainda tem chance de ser assaltado.”

    PWN FTW

  46. “[…]Como morei longe da minha cidade natal por anos – 3 anos no Paraná, 3 anos no Maranhão, 6 anos no Canadá[…] ”

    Porra Kid, você só tem 12 anos?

  47. Kid de volta ao pais lixo e subdesenvolvido, mas que é bom msm assim rsrsrs. te aguarddamos tio quide. Ah vc sabia que o seu site vale 54.909,33 reais?? poisé, confira:O meu site valeR$54.909,33

  48. Kid, vou visitar Calgary entre os dias 24 e 26 de outubro e gostaria de visitá-lo, perguntar como é a vida nessa cidade, etc. Se puder, me passa o endereço da sex shop ou do seu celular. Abraço.

  49. @Mauricio Estevez

    Putz cara, se você passasse mais UM dia aqui, te convidaria pra minha festa de halloween! 🙁

    Me adiciona aí no MSN

    izzynobre arroba gmail.com

  50. Veja se não fica de baitolagem e sai do nordeste dessa vez. Aproveita que o Brasil finalmente se lançou nas maravilhas das companhias aéreas low fare, e vê se dá um rolé por aí…

  51. Pow Izzy, quando vim dá uma passada na Livraria Cultura com o PH Santos e chama o Juras tambem e claro, o pessoal do Azilator. Faz uma mesa redonda la no Papos Em Rede aberto pra galera e assim todos nos poderemos prestigiar melhor sua estadia na terra do sol 😀

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *