Até que enfim – Podcast HBD

Antes de mais nada, desculpem pela longa demora pra atualizar o HBD. Sim, eu sei que foram só quatro dias e que não é exatamente uma longa demora, é que eu estava tentando me dedicar a atualizar o blog dia sim, dia não, e acho que é isso que vocês esperam do HBD. Tenho um compromisso não-oficial de entrete-los durante o expediente, e eu não gosto de deixar a galera esperando.

É que o fim de semana chegou com surpresas inesperadas – descobri que meus vizinhos são brasileiros, meu PR card (aka “green card”) sumiu e já foi encontrado – que roubaram minha disponibilidade. Mas aqui estamos de volta, pegando no batente e terminando alguns posts que ficaram incompletos pra ir ao ar essa semana.

A grande novidade, como você pode ler no título do post (que torna essa frase inútil), é que eu finalmente estou movendo as alavancas necessárias pra o vindouro PODCAST HBD, ou HBDCAST se você preferir.

Olhaí, tou começando a trabalhar de verdade nos projetos que eu tinha guardado no fundo da gaveta há alguns anos. Quem sabe até 2011 eu começarei a escrever o rascunho do post das Patricinhas Intercambistas.

Então. Participei ontem de um Podcast com a turma do FHBD, que você pode ver aqui se quiser, embora provavelmente não vá entender porra nenhuma já que o assunto do podcast é os relacionamentos e interações entre membros do fórum. Piadas internas e aquela coisa e tal. Bônus pra participação inesperada da minha namorada, que me ligou no meio da gravação do negócio (ou eu liguei pra ela, nem lembro mais).

Então. Sobre o formato do podcast, é aí que entra o motivo real deste post. Estou planejando um “programa” com um roteiro tipo, um segmento de debate sobre o que rola na internet essa semana, depois um segmento sobre games, talvez um papo sobre gadgets, ou seja lá o que vocês preferirem. O que vocês gostariam de ouvir no podcast? Deixe sua sugestão nos comentários. Como sempre, juro que lerei (e tentarei responder) todos.

Tenho alguns co-apresentadores em mente, vou conversar com eles hoje sobre a idéia. O plano é comandar o podcast com dois amigos, e toda semana encaixar um leitor diferente no quarto lugar, pra dar uma chance a vocês de participar do negócio. Faremos a gravação do troço via Skype, então se rolar algum interesse vai instalando o programa aí.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

80 comments

  1. O que vocês gostariam de ouvir no podcast?

    Filmes, jogos, gadgets, mulheres e um bloco “imigrando legalmente (ou não) para o Canadá”. Não necessáriamente nessa ordem :O

  2. Oia Kid, eu sempre pensei em sugerir um podcast mas nunca pensei que a idéia te agradaria. Como eu parei de frequentar o forum fiquei surpreso pra cacete com a noticia. Vo ouvir essa porra agora, parabens pelo novo projeto.

  3. @Cephiro

    Não Ceph, em casa mesmo. Gravar no trampo seria forçar a barra já heheheh.

    @Abraão

    Fui amaldiçoado com um sotaque cearense, fazer o que. Mas o podcast terá outros participantes, não se preocupe.

    @Todos

    Já tenho uma boa idéia da pauta do podcast. Só falta arrumar o terceiro participante fixo (já arrumei o segundo).

  4. Eu ficaria feliz em ouvir debates sobre assuntos completamente triviais, como alguns trechos daquele podcast do Cabaret Cubano e dos outros dois blogs cujos nomes eu não lembro mais.

  5. Voto na Becca como terceiro participante fixo!!!

    Quem mais apoia?
    mas sem ficarem fazendo ela falar as coisas antigas que ja ta todo mundo cansado de ouvir.. embora tenha sido awesome! Haoaheaoea

  6. Eu acho que o assunto mais interessante (ao menos pra mim) seria sua vida no Canadá… assuntos do tipo games, filmes e etc. eu dispenso. O que me faz visitar esse blog é mais bisbilhotar a vida alheia mesmo…

  7. (… Teste…?)

    Apóio a idéia da Rebecca ser uma convidada do Podcast. 🙂 A conversa toma rumos mais imprevisíveis e tal.

  8. nao tendo o carioca e o paulista falando, ta beleza
    os caras sao insuportaveis, o paulista parece o supla e o carioca, bem, ele é carioca

  9. Concordo com o Leonardo. Acesso mais pra bisbilhotar a vida alheia mesmo. Mas um podcast sobre gadgets, internet e filmes não seria de todo mal.

    A propósito, no que deu a briga da batata frita?

  10. Entãão KID, sugestões…

    1. Você poderia fazer o Podcast, em digamos…a cada 20 dias pra não ficar corrido pra ti e para também não ficar enjuativo…
    2.O tema poderia ser decidido aqui no proprio HBD com votação por exemplo ou/e você poderia também fazer uma éspecie de resumo de noticias (obviamente de forma ironica) que ocorreram no mundo..

    Falooo

  11. que foda,podcast do HBD !

    e a Rebecca realmente deveria ser convidada do podcast.se for inglês,beleza,mas se for com ela falando português ia ser melhor ainda,pq porra,a Rebecca falando português é simplesmente sencacional.

    e rascunho do post das Patricinhas Intercambistas em 2011 é a PUTA QUE PARIU,viu seu Quide ??

  12. @Luiz Felipe

    20 dias é tempo demais dotô. Tou planejando fazer um negócio SEMANAL.

    E sobre o formato, foi decidido que serão 4 segmentos -- primeiro, notícias sobre o que rolou na internet naquela semana. Depois o momento nerd (games/gadgets/filmes/comics), e em seguida um debate sobre um tema qualquer que eu decidirei de acordo com as sugestões dadas aqui. No último segmento, lerei e responderei perguntas da galera no ar.

    E pra finalizar, farei minha namorada ler uma piada aleatória em portinglês 😀

    Esse é mais ou menos o formato do podcast piloto. Estamos aceitando sugestões 🙂

  13. Ótima idéia! (Y)
    Acredito que o podcast tem tudo para ficar bem divertido.
    Confesso que não tenho paciência pra podcasts, não tenho tanto tempo livre pra ficar ouvindo (é impossível programar e ouvir um podcast ao mesmo tempo, e algum momento eu acabo percebendo que estou fazendo só um dos dois, ou ouvindo ou trabalhando), mas o do HBD ia ser bem divertido.

    E Kid, o que você fez comigo? Eu tinha uma política pessoal (completamente sem embasamento e sem explicação, ou seja, idiota mesmo) de não comentar em blogs, mas agora comento em quase todo post!!

    Aquele abraço!

  14. Não importa os segmentos ou a duração, mas tem que ter um lugar especial para você malhar o pau e fazer análises sarcásticas de alguma coisa.

    Seja de algum filme, de alguma banda, de algum jogo ou de alguém. Tipo aquelas resenhas de filme que vc caprichava no humor negro, sabe?

    Tem que ter algo assim =)

  15. Bem, como o site é saudosista, vc poderia falar sobre assuntos de nossa infância… Como filmes e seriados de antigamente.

  16. Uma segmento sobre cinema seria bastante interessante. E um sobre discussão sobre Paper Mario. Ou todos os podcasts só sobre Paper Mario. Mas cinema seria interessante.

  17. Ae, primeira vez que tô comentando (acho) 😛

    Pro momento nerd, daria pra fazer análises/comentários/sei lá o que sobre jogos antigos e clássicos, tipo Mario mesmo, Chrono Trigger e muitos outros que tem gente que nem lembra!

    Outra coisa bem inútil e saudosa seria comentar sobre os filmes que passavam no “cinema em casa” no SBT aheuaehauah e tem uma porrada de filmes… coisa prumas trocentas edições do podcast!

    e claro, meter o pau em alguém/algum site/etc vai te garantir mais ouvintes, certeza.

  18. @Bruce
    Melhor podcast do mundo, literalmente, eles ganharam o prêmio oficial. e vão ganhar o Ibest também.
    Hail Azaghâl!

  19. FAIL.

    Podcast tem esse nome por que envolve muito mais do que um reles arquivo mp3 na interwebs. Se o arquivo não tá dentro de uma enclosure num feed XML e hospedado direto num servidor, não é podcast. É só um arquivo.

    Sim, sou chato. Não precisa agradecer. 😛

  20. Acho que, assim como teu blog, teu podcast não pode ficar preso a um assunto só. A divisão em quatro segmentos que tu propôs tá legal, principalmente se no terceiro deles os participantes começarem a contar sobre o tempo de escola ou como era jogar videogame no tempo de criança ou as vezes que se cagaram na rua.

    Na verdade, acho que P&R com os leitores vai ser a parte mais caída do podcast.

  21. Grande! Creio que essa subdivisão já está suficientemente boa, pelo menos por enquanto… creio que com o podcast pronto podem surgir idéias melhores.

    Se esse texto das patricinhas intercambistas sair, ele vai ser ruim. É um texto eternamente não postável, bom por sua inexistência hahah

    abraço o/

  22. O que vocês gostariam de ouvir no podcast?

    Pô Kid, com essa onde de “Ferroman”, fiquei sabendo a pouco que em 2010 vai sair o segundo filme do Homem Latinha, seguido logo após de.. THOR! ié! Pra só então, em 2011, sair o filmeta do Capitão Americana e THE AVENGERS! Nada mais justo dar uma espaço pro Universo Marvel, correto? =D

  23. Acho que o tamanho do podcast é um fator importante. Se for longo demais fica difícil de acompanhar todos. Um exemplo é o nerdcast do Jovem Nerd. É um excelente podcast, mas fica difícil ouvir todos, são muito longos para quem trabalha, estuda e tem que fazer um TCC, por exemplo.

  24. Quide, tenho q te perguntar, vc sabe se responde aqui ou nesse tal de podecaste, pra eu ir congelar no canadá (e começar a contar tosqueiras na net pra milhares de desocupados na neti…) é melhor eu tirar minha cidadania alemã, ou num tem diferença ser brasileiro ou alemão??? 😉

    Ah e a ideia de extender não apenas suas idéias mas tambem a sua voz pelo mundo foi excelente, fica parecendo q a gente tá ouvindo rádio…

    Ah, mais uma duvida canadense, ai só tem gata? Sabe por que eu pergunto? é que eu moro em goiás, e aqui tem muita mulher bonita, e quando eu fui pro maranhão (Açailândia) e Pará (Belém), eu pude ver como a proporção gatas/canhões pode variar de lugar pra lugar…

  25. Kid, acho que isso de formato é meio estranho, cara junta o povo o começa a falar das coisas, nerd quando se junta sempre sai muita coisa engraçada, os assuntos tem que ir fluindo…
    Para mim esse treco de assunto travado deixa a coisa muito “jornalesca” e perde uma parte importante do ato de blogar que é a forma como o assunto se desenvolve sem restrição de conteúdo, saindo de uma comentario de ir pra balada e chegando numa aula de sociologia de boate…

    Tenta fazer a coisa rolar tranquilamente, sem a necessidade de algo pré-definido, deixe os nerds que conversem sobre o que sabem melhor…

    Mas a namorada contando piada em portinglês é uma ótima idéia…

  26. Até que um dia esta se tornando possível a realização de um PodCast.
    No PodCast na minha opinião tinha que ter, pelo menos de vez em quando, uns videos caseiros com vocês fazendo algo que somente o “quidê” e seu movimento nerd-gringa canadense, como aquele video em seu antigo trabalho o Wendy’s (não sei se escrevi certo) aquele treco foi bizarro xD
    Valeu ai Kid continua com esse blog e essas historias gringas xD
    Aquele abraço

  27. Bom Kid, a idéia do podcast é se adequar ao tema do blog, logo, simplesmente faça uma coisa parecida com o nerdcast do Jovem Nerd. Escolhe um tema e manda bala com os convidados, hehe. Pode ler uns comentários também…falar da retrospectiva de certo post, e etc. São idéias a serem analisadas.
    Mas pelo visto tu quer fazer um mix de várias coisas em um podcast…nada mal, dá pra ficar legal também.
    Gostei da idéia de encaixar leitores em cada podcast, haha…precisando de alguém pra falar sobre nerdices clássicas (HQ, cinema, video games, séries e o resto), pick me up xD

  28. caralho kid, esses caras do indian session joga wow, e tem um, acho que o cepa, que tem a voz do Bryhildr um colega de wow e talz XDD…

  29. Uma favela só, todo mundo tem voz parecida.
    Mas então, fala sobre aquele blá blá blá básico, filmes, internet, mulher e panz, só pragente poder rir do teu sotaque norte-americano.

  30. Acho que, independente dos temas abordados, poderia rolar um paralelo com coisas do canadá x brasil! Nada forçado, mas que, acredito eu, de uma forma ou de outra vai acabar surgindo naturalmente, oq torna inútil isso que eu tô escrevendo ¬¬

    …também algumas histórias pessoais que rolaram por aí, como aquilo do olho de baiacú, o lance das batatas que vc mencionou no twitters -- que foi paia, hein? -- enfim, esses detalhes são legais pra dar uma animada na parada =] e acaba dando uma descontraída!

    e velho.. tentei falar contigo algumas vezes pelo msn, mas nao consegui… melhor eu mandar um e-mail? …ou desistir? =) ..adianto logo que eram algumas coisas sobre calgary q eu queria saber. Apesar de ter pesquisado bastante e já saber MUITA coisa, gostaria de conversar com alguém que mora aí (você, no caso O.o) só pra dismistificar e confirmar algumas coisas!

    Abraço e espero o podcast ancioso ^^

  31. Eu acharia interessante uma parte tecnogekknerdtr00asianporn e outra a vontade sobre qualquer tema que vier a cabeça, como por exemplo a quantidade de leitores do blog, o futebol ruim do canadá, roland garros, headphones, trabalho infame, dinheiro, etc.

  32. Já que são apenas piadas internas não ouvirei esse.
    Eu me interessaria por participar sim, mas acho que seria muito bom ser avisado sobre o tema antes e tal.
    Caso você resolva me chamar o meu MSN é esse do e-mail mesmo.

  33. “É que o fim de semana chegou com surpresas inesperadas…”

    auehuaeh
    Isso foi ridículo… se é surpresa: é inesperado. Se é inesperado: é surpresa. Mas enfim…

    Quanto à sugestões, num tenho nada a sugerir agora não. Só queria pedir que não ficalizasse tanto nessa parada de Podrecast. Curto posts longos e com conteúdo enquanto escuto música. Mas é só um pedido.

    bye

  34. “Conheci 3 no trem outro dia, depois mais 5 na estação, e descobri que meu vizinho é brasileiro. Tava rolando um churrasco com uns 15.”

    @Kid, se for uma gurizada com cara de punheta é o pessoal que fica pagando pau pra ti aqui 😛

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *