Brinquedinhos Voadores Não-Identificados

Ok, vamos voltar aos posts não-relacionados a Rama? Combinado.

Então, eu detesto começar posts com um clichê que ando utilizando tão frequentemente, mas… bem, PRA QUEM ACOMPANHA MEU FLICKR, nos últimos dias retomei um hobby que eu arrisquei no ano passado.

Alguns de vocês devem lembrar do meu helicóptro (sic). 

E se você não lembra, clique aí, dê uma “batida de olhos” no texto e refresque sua memória. Essa é a beleza da internet; na vida real quando sua namorada pergunta se você lembra de uma história chatíssima que ela te contou ontem, você não tem recurso algum a não ser admitir que não prestou atenção em nenhuma palavra que saiu da boca dela porque estava pensando se as lâminas daquele liquidificador do Will It Blend? são feitas de adamantium.

Como relatei no texto, helicópteros RC de seis canais (como esse meu) são bastante difíceis de pilotar, porque eles funcionam como um helicóptero de verdade funciona. Se você já pilotou um helicóptero em GTA4 ou Flight Simulator deve saber do que eu estou falando.

Uma coisa é se sentir frustrado por não conseguir pilotar a aeronave virtual na sua cópia pirata da popular franquia de simulação de vôo da Microsoft. Outra coisa bem diferente é experimentar sentimento similar, mas tendo gasto 80 dólares num helicopterozinho de controle remoto. Numa explosão de raiva, joguei o bicho na parede, uma das hélices quebrou, e cabou-se a brincadeira. Joguei os restos mortais dele no lixo e voltei à vida anterior, ausente de qualquer espécie de helicópteros.

Outro dia passeando no Walmart vi esse avião da foto lá em cima. Segundo li em respeitáveis fóruns de aeromodelismo, aviões são relativamente mais fáceis de pilotar que helicópteros (mas não TÃO mais fáceis assim, aprendi da forma mais fácil). Então me encorajei a comprar o troço e ver qual a dele.

E é realmente mais fácil pilotar o avião. Como o bicho se move pra frente naturalmente, você só precisa se preocupar em manter a sustentação e dar curvas. No helicótero, apenas deixar o troço parado “hovering” requeria aproximadamente o mesmo nível de habilidade de um piloto comercial da Air Canada, que dirá então movimentá-lo nas posições que você deseja que ele vá.

Não que pilotar o avião seja inteiramente fácil. Como falei antes, você precisa se preocupar com a sustentação, o que é uma batalha constante. Se você colocar o manche em posição de velocidade máxima, o avião joga o nariz pra cima, sobe, e eventualmente dá um “stall”, ou seja, perde a capacidade de se manter no ar e começa a cair verticalmente. Nesse estágio, é quase impossível traze-lo de volta a não ser que você esteja bem alto e tenha espaço pra manobrar. Por isso, você tem que constantemente resistir à tentação de meter o pé na tábua.

As curvas também são mais complicadas do que você imaginaria de início. Voltando às comparações com o Flight Simulator – no jogo, se você tenta dar uma curva com o avião puxando o manche pra direita indiscriminadamente, a próxima coisa que você verá serão os pedestres em Chicago. O avião vai dar uma guinada violenta pro lado, numa manobra que acabará trazendo-o ao chão. A palavra de ordem é “sutileza”. Um toquezinho no manche, e só.

Graças aos artefatos de compressão do youtube, o vídeo não faz justiça à diversão que é brincar com o troço. Por causa disso comprei uma segunda aeronada, um autogyro (que é um híbrido de helicóptero com avião). E hoje quero comprar um F22 que vi no centro.

Gostei TANTO da brincadeira que pretendo comprar um avião similar e enviar pros meus primos no Brasil. Brinquedos voadores ocupam um panteão quase mítico na mente infantil, eu teria alegremente assassinado boa parte dos meus amigos de escola com tijolos se alguém me prometesse um avião de controle remoto após a matança.

Quando eu era moleque tinha apenas soluções low budget pra brinquedos voadores. O gato da minha irmã era uma aeronave formidável, embora suas condições de vôo fossem muito restritas (elas exigiam uma linha reta em direção ao sofá da sala, e que meus pais não estivessem em casa). Meus primos provavelmente têm a mesma carência de brinquedos alados que eu quando tinha a idade deles. Por isso, consigo até imaginar o PLFFFRRTT, que será o ruído do moleque cagando as próprias calças tamanha será a emoção de abrir o papel de presente e ver a ilustração de um avião do lado de um controle remoto.

23 anos no meio da cara e torrando grana com brinquedos. Dá pra acreditar que há pouco tempo eu tava preocupado porque estava virando adulto?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

46 comments

  1. A verdade é uma só: ser adulto e ser responsável são coisas distintas, e cá entre nós, preferimos a segunda sem questionar. Duvido muito que um dia a gente chegue a ser “adulto” com todo o peso dessa palavra. 😛

  2. ..e outra, esses aviãozinhos ae devem dá uma cansera no final do dia, todo esse exercício de jogar ele pro alto e depois ter que ir buscar ele no chão e tal, já é um exercício físico a mais pro nosso querido bloqueiro kid.

  3. puts, sempre quis ter um aeromodelo, mas meu pai sempre achou que eu acabaria matando alguem pouco antes de espatifar o avião no chão, o que seria algo bem provável.
    bah, eu quero um aviãozinho desse =~

  4. nao me lembro d ter ereçoes por coisas voadoras qd mlk…sempre quis um carrinho rc dumal…mas o unico que tive pifou logo depois de ganhar =/

  5. Fodinha o vídeo, Kid, principalmente no início.

    …mas ô, eu tenho QUINZE anos e pareço mais adulto que o teu irmão |: mó cara de moleque, a dele.

  6. Diversão garantida… agora quando tu virar um ás do controle, invista em aeromodelismo de verdade (e perca o resto da sua vida e do seu dinheiro)…

  7. Voltando às comparações com o Flight Simulator -- no jogo, se você tenta dar uma curva com o avião puxando o manche pra direita indiscriminadamente, a próxima coisa que você verá serão os pedestres em Chicago.

    Chorei. 😀

    Graças a papai, que sempre foi aficcionado por aviões e tal, a função principal do computador de casa sempre era rodar o Flight Simulator. E, claro, eu entrei no vício junto. Passei mais tempo no FS98.

    E essa frase do post me fez voltar a 1997-1999, pilotando o Cessna 172 e decolando do Meigs Field. Só pra ficar no ar alguns segundos, guinar o avião e cair de peito no lago Michigan.

  8. Caramba, eu ia mostrar exatamente a mesma coisa que o Lucasbrce mostrou, o tal do Hydro Foam.
    E também dá a impressão de ser bem fácil de pilotar que o aviãozinho do Kid.

  9. @rcrd

    Aquilo era Ride of the Valkyries, do Wagner, que por causa dessa cena de Apocalypse Now ficou eternamente relacionada a máquinas voadoras e tal.

  10. Quando eu era pequena eu realmente adorava o helicóptero do “Comandos em Ação” que os meus primos mais velhos tinham…obvio que qualquer tentativa de brincar com ele era inutil ¬¬…

  11. Maneiríssimo.

    Tem um site de hongkong que eu costumo comprar uns badulaques eletrônicos que tem vários helicópteros, aviões e barcos, além de carros naturalmente. Nunca tive os cojones de dar dezenas de dólares nesses brinquedinhos por morar abaixo da linha do equador e não ser australiano ou neozelandês, mas morro de vontade. 😀

    Dá uma sacada num deles: http://www.dealextreme.com/details.dx/sku.3748~r.51401849

    Ah! Lá vende uns helicópteros tipo o do outro post, sendo que tem também as hélices separadamente, assim se vc jogá-lo na parede não tem problema 😛

    []

  12. Kid! Aquilo era uma barriga ou você escondeu um carro debaixo da camisa?!

    Kid está vivendo a infância de criança americana que nunca pode ter. Enquanto vocês brincam com avião, nós brincamos com pipa. É 20x mais barato, mas não tem metade da graça.

  13. Se você achou legal um avião elétrico, precisa experimentar à combustão. Meu amigo tinha um e não conseguia segurar direito o troço acelerando.

  14. Ficar adulto? Hehe… é só querer que a gente nunca se torna adulto a priori…

    Eu mesmo tenho já quase 27 anos na cara e non me vejo de maneira nenhuma deixando de gastar meus pilas com “coisas inúteis” como videogames e outras coisas do tipo 🙂

  15. Eu tou imaginando quando eu e meu esposo tivermos filhos, vai ser uma briga enorme pelos brinquedos. Ou então teremos que comprar tudo triplicado.

    Relaxe Kid, é assim mesmo.

  16. é assim mesmo Kid.e tem mais,você(e provavelmente eu também) vai brigar muito com seus filhos pelo direito de jogar videogame XD

  17. Cara, MUITO MANEIRA ESSA PARADA! tenho 26 anos e não me envergonho de dizer:

    QUERO UM DESSES, PORRA!!!!!

    P.S.: a música do Tenacious D ficou super maneira, bem montado o vídeo.

  18. Segundo uma revista feminina, um homem é uma criaça que odeia ser adulta.

    (Voltando ao FSX pirateado, porquê aqui um avião RC é muito caro!)

  19. a experiencia mais proxima dessa dai que eu tive foi brincar com avioezinhos de papel… e olha que eu me divertia horas e horas inventando novos modelos, e fazendo modificaçoes no aviao pra ver qual seria a alteraçao no voo do bixo :D..

    haja caderno.. auheauheuh..

  20. o máximo que eu consegui ter foi um carrinho de controle remoto, que era meio fodido, meu pai só comprou pra mim pra eu calar a boca.Mas era bonitinho, e eu dava um jeito de enfiar barbies dentro

  21. ”Por isso, consigo até imaginar o PLFFFRRTT, que será o ruído do moleque cagando as próprias calças tamanha será a emoção de abrir o papel de presente e ver a ilustração de um avião do lado de um controle remoto.”

    ESSA FOI A MELHOR!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *