Eu só me fodo mesmo

Em 1991 ou 1992 (eu tinha uns 7 ou 8 anos, note aí a total irresponsabilidade dos meus pais) eu assisti um filme que definiu pra mim o gênero de ficção científica e mudou minha vida pra sempre. Pelo menos uma vez por ano eu assisto este filme novamente.

Estou falando, obviamente, de Aliens.

aliens

Aliens marcou minha infância como poucos outros filmes marcaram. Ele introduziu no meu subconsciente a imagem quintessencial do monstro indestrutível (mais tarde outra criação do James Cameron faria compania ao xenomorfo, o Exterminador) que se manifestou em mais pesadelos do que eu consigo contar.

Porém, mais marcante que a imagem do alienígena de Aliens foi a icônica power loader da Ripley.

power loader

A Caterpillar P5000 que a Ripley usou pra dar um TAPA na Alien Queen foi possivelmente uma das coisas mais impressionantes que eu vi quando criança na tela duma TV. Aliás, a power loader despertou em mim o fetiche por mechs, ou robôs pilotáveis. Qualquer narrativa que inclua esse tipo de “veículo” se torna automaticamente 80% mais legal pra mim.

Por isso, o robô-empilhadeira – ou, mais exatamente, uma miniatura ou bonequinho do mesmo – foi um objeto de cobiça meu por muitos anos. Quando o filme já era meio velho quando eu o assisti, não havia por aí muitos brinquedos baseados nele.

Vi uma power loader numa loja de artigos importados no Shopping Iguatemi de Fortaleza uma vez (perto de onde costumava ser as lojas Americanas, ali bem na frente das escadas rolantes), e embora não lembre exatamente o preço, sei que deveria passar bem longe do limite que meus pais estavam dispostos a gastar num brinquedo.

Isso quando era brinquedo PRA MIM. Meu pai era adepto da velha tática “vou comprar isso aqui e dizer que é pras crianças mas na real quem vai brincar sou eu mesmo”. Neste caso, não havia limite pro preço. Vide o “meu” Ferrorama, o “meu” Autorama, o “meu” Armatron.

Ele continua fazendo isso aliás: quando meu irmão Kevin – o único Nobre até então nascido em solo canadense – completou 2 ou 3 anos, meu pai cara-de-paumente deu pro moleque um jipe de controle remoto MAIOR QUE ELE.

Então. Passei minha vida inteira desejando fervorosamente um bonequinho da power loader.

Chegou a vida adulta e eu decidi que tá na hora de dar a mim mesmo algo que eu queria a tanto tempo. Passei a pesquisar preços do robô no eBay, que é o único local onde se acha power loaders. O brinquedo é bastante raro, já fui em diversas eventos de colecionadores e jamais vi um sequer.

Pro meu desespero, a maior parte dos colecionáveis da power loader são tão caros quanto são fenomenais. Esta estátua aqui, por exemplo, é imensa, pesada, e super detalhada, mas custa quase 300 dólares. Os bonequinhos articulados (a maior parte deles do mesmo tamanho, uns 40cm) têm preços similares.

É difícil justificar torrar uma cifra imensa dessa pra algo que servirá meramente como artigo de decoração. Aí eu achei esta belezinha aqui:

konami

Eu não sabia, mas aparentemente além de fazer jogos ruins de futebol a Konami também tem uma linha de bonequinhos colecionáveis – e entre eles, uma power loader.

O tamanho da power loader da Konami não é tão imponente quanto aqueles modelos de 300-400 dólares, mas por outro lado, ela custa apenas míseros 40 dólares. Vai ficar bonitinho na minha prateleira de qualquer jeito.

Aí entra a parte que eu me fodo.

A descrição do item no ebay dizia que a power loader tem 4 polegadas. Isso equivale a 10 centímetros.

Estava eu ontem no trabalho babando nas imagens do robô quando bateu a dúvida – quanto exatamente é 10 centímetros? Espacei o dedo indicador e o polegar da mão direita numa distância que eu julguei ser dez centimetros. Peguei uma caneta e comparei com o tamanho que eu calculei.

Aí eu lembrei que havia uma régua na gaveta (por que diabos temos uma régua naquela loja, eu não sei. Nunca precisei usa-la). Marquei os dez centimetros com o polegar e o indicador, redimensionando-os da posição anterior, que era maior. Peguei a caneta novamente pra comparar o tamanho. Fechei a mão em volta do boneco imaginário, tentando calcular mais ou menos as dimensões dele.

Nisso eu levanto a cabeça e tem duas meninas na frente do balcão. O olhar delas não disfarçava – elas com certeza pensaram que eu estava medindo a minha piroca. Todos os movimentos que eu fiz com a mão enquanto tentava calcular as dimensões do boneco seriam equivalentes com a manipulação de um pinto imaginário. Que humilhação, meu deus.

E pior, elas devem ter saído da loja com pena do pobre rapaz com a piroca menor que uma caneta esferográfica.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

64 comments

  1. Muito louco o bonequinho do power loader.
    Cara, você nem passou tanta vergonha assim, já fiz coisas muito mais estranhas que as pessoas entenderam completamente errado.

  2. Na hora que você perguntou do porquê da régua eu pensei nessa utilidade, extamente pela loja que você trabalha.

    Isso me lembrou uma das minhas frustrações de infância. Vi um boneco do Voltron completo, os 5 leões. Achei foda, queria mas era caro. Eu nem conhecia o desenho. Quando meu avô deu uma grana de aniversário, sei lá, eu fui comprar e não tinha mais o robô completo, só o preto. Comprei, mas a frustração ficou.

  3. Você foi visto como ‘piroquinha’ por 2 garotas, em troca de algo que lhe trará prazer pessoal… As palavras podem ser irónicas até de mais nesse caso… HUAEHUAEHUEAUHAE
    O pior é a analogia “estou medindo o tamanho de um boneco que eu vou comprar”
    HEAUHEAUHEAUHAE
    Otimo texto, man!

  4. Todo homem sabe o tamanho da própria piroca comparado a sua mão segurando-a… na pior das hipóteses elas imgaginaram que você estava tentando calcular o tamanho da piroca de OUTRA PESSOA fazendo isso… ou seja, MAIS FODIDO.

    Mas interessante isso de o posto começar de um jeito e terminar de outro. Ri muito aqui.

  5. kkkkkkkkkkkk
    Eu ri,
    O pior seria se elas se aproximassem do balcão e você tentasse explicar que estava medindo um ‘boneco’ que você viu na internet menor do que aquele que você desejava hehehe

  6. Ainda esperando a história sobre o pé na bunda da ex-roommate

    novas teorias

    4- ela balbuciava durante o sono coisas como “tripas … miolos… sangue… matar”

    5- Ela foi tentar ser solicita e limpar suas airguns, e acertou uma bolinha daquelas no seu saco

    6- ela encheu seus hd´s de animes hentai com tentaculos

    e aí? tô chegando perto? não? ok. continuarei mandando teorias então

  7. Caralho esse texto pareceu um episodio dos Simpsons em seus tempos aureos. Começa em um assunto e termina com outro totalmente diferente.

  8. Não estou nem aí pra essa porra, mas apenas gostaria de informá-lo que @ju_tedesco = @psyclon.
    Abomino Twitter e não faço a mínima idéia se você lerá esta bosta, mas whatever.

  9. Também sempre fui fã de mechs, culpa de mechwarrior de nes e do gigante guerreiro Daileon. Você nunca ia comer nenhuma das 2 garotas mesmo.

  10. esse mecha ta massa mesmo… toda a casa acordou com minha risada pela épica estoria da piroquinha.
    Falando em Mechas, alguem lembra o nome daquele anime que tinha 3 robos (rosa, azul e amarelo) que se tornavam um robo gigante ?
    Coisa da minha infancia… decada de 80.
    No primeiro episodio sao escolhidos os pilotos dos 3 robos, e o cara do robo rosa morre dando lugar a uma mulher.

  11. Hahahaha! Esse texto foi sensacional. Chorei de rir no final.
    Em relação aos robôs humanoides, desde a minha infância eu tenho paixão por essas máquinas sensacionais e (por enquanto) inexistentes. A minha paixão surgiu com um desenho japonês chamado PATLABOR, que passava no canal a cabo Fox Kids. O desenho era chato pacas, pelosmenos as partes em que os robôs não apareciam. A trama era algo meio adulto pra uma criança de 9 anos de idade ( um futuro aonde os criminosos se especializaram em robótica e no uso dos robôs para atividades ilícitas, com pedaços salpicados de história, política e conceitos filosóficos que nenhuma quiança prestava atenção) mas as figuras de robôs de 15 metros de altura caindo na porrada eram um estímulo para continuar assistindo. Depois de PATLABOR vieram outras paixões, como Transformers, Gundam Wing (que tinha jogos maneirissimos para SNES) e mais recentemente, Neon Genesis Evangelion (que atrai pelo design dos robôs e pelas roupas de licra coladinhas das suas pilotas). Enfim, acho que ter um robô gigante é um dos sonhos de todos os nerd, junto com ter um videogame microscopico implantado na retina para jogar anytime e comer a megan fox.

    Um abração Kid, continue com os textos divertido!

  12. HUAHUAHUA Certamente elas saíram de lá pensando que seu pau tomou as fantásticas pilulas de nanicolina do chapolin-colorado/vermelhinho/polegarvermelho/etc.

  13. IHUASHUASHSUAHSAUHASUHASUHSAUHSAUASHASUHSAUHAUSHAUSHAUHASUHSAUAHSU boa demais essa kkkkkkkkkkkkkkkk

    OFF: parece q vou ganhar um iphone de natal o.O , nao quer me passar uns joguinhos maneiros nao? rsrs

  14. Porra, sendo OTIMISTA elas imaginaram que você estava medindo a SUA.
    Sendo filho da puta, elas imaginaram que você estava analisando o tamanho do membro de outra pessoa, ou de um dildo, sei lá.

  15. KEPOAKEPOKASOEKOASOPEKASOEKASEPA
    manolo, isso foi tenso
    pior que isso, só o meu primeiro dia na 6ª Série, onde a professora GOSTOSA de inglês inventou de fazer aquela maldita dinâmica para conhecer todo mundo, onde você tinha que dizer seu nome e de qual escola tinha vindo. Então começaram as apresentações, apresentou um, dois, três, e enfim chegou minha vez; e ai lá vai eu, tímido, mas pronto para dizer meu nome, para que aquela DELICIA de professora jamais si esquecesse e eu pudesse ter a honra de ouvi-lo através daqueles belos lábios carnudos e molhados: Meu nome é Már.. ATCHIN, PRRRRRRRRRRRRE…… eu espirrei e PEIDEI, eu peidei manow, e olha que ótimo, estava sentado na primeira fileira, de cara com a professora ._. e pra piorar, depois do ocorrido, um VIADO FDP, gritou la nos fundos “Pow cara, precisava Peidar?” ainda enfatizou a parada pra sala toda ¬¬’ Indignante! Sinta-se melhor agora caro amigo, sabendo que você não é o único que passou um vexame na frente de uma mulher ;p
    Grande Abraço!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *