HBDtv #14

Vejam bem – não gosto fazer promessas à toa que eu talvez não possa cumprir por motivos maiores, maaaaaas gostaria de informa-los que eu estou levando o HBDtv mais a sério (e todos os meus projetinhos online, aliás) e que se eu conseguir arrumar minha agenda de forma eficiente, o HBDtv se tornará um programinha semanal.

Espero que tenham curtido. Se você mostrar essa merda pra ao menos UM amigo nerd, o esforço terá valido a pena.

[ Adendo ] Tanto aqui quanto no twitter a moçada me perguntou porque falo “corto” se não há ninguém operando a câmera.

É simples – aquilo serve como um marcador. Quando estou editando, aparecem duas trilhas no Sony Vegas – a de vídeo, e a de áudio. Quando erro, paro, berro uma única palavra rapidamente, e dou outra pausa, na linha do áudio o momento em que eu errei fica nitidamente visível por causa do pico sonoro provocado pelo “CORTA!”, que é seguido de uma pausa.

Por isso, sem sequer assistir o vídeo eu bato o olho na track de som já sei exatamente onde rolaram os erros. E saiu cortando o vídeo. Antes eu tinha que assistir TUDO pra saber exatamente onde errei, e o momento EXATO dos erros. O berro de corte resolve isso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

96 comments

  1. lol
    gostei, e eu notei que tinha muitas coisas que sairam no video que podia ter sido editadas. cara vc embolou muito algumas palavras 😀
    mais deixo mais legal ainda essa sua falta de senso de como agente fala aqui 😀
    tão bom ver 2 hbdtv na mesma pagina… e quem não tem twiiter, não pode participar? vlw

    Barenaked Ladies -- The History of Everything

  2. Parabéns Kid, como sempre tá muito bom o HBDtv!! Não explodiu minha cabeça mas foi uma boa surpresa vc ter colocado a música do TBBT nos créditos xDD

  3. Essa semana foi interessante ;P
    Só comentando sobre o caso de preços de PlayStation 2 e bla bla.

    Eu tenho PS3 e obviamente fica impossível comprar algum jogo aqui no Brasil, pelo fato de um lançamento chegar quase nos 300 reais. Então o jeito é importar de preferência dai mesmo do Canadá ou do Reino Unido.

    Mas puta que pariu, a Sony vem inventar de lançar o console oficial depois de 9 anos do video game já ter sido pirateado, jogado e enjuado aqui no Brasil. É MUITA SACANAGEM.

    PS : E PORRA CORTA ESSE CABELO. TA FEIO.

  4. Tomara que tu deixe de preguiça e passe a fazer semanalmente! Isso até me inspirou a baix… ops, comprar o cartucho… original, é, de New Super Mario Bros para meu DS… enfim.

    Acho Izzy Nobre melhor! ;D

  5. Olá Kid,

    O blogueiro não está sendo punido por algo que ele não fez: ele autorizou a publicação de ofensas em meio de comunicação que lhe pertence.

    O blogueiro é dono de um meio de comunicação e, portanto, é responsável pelo conteúdo divulgado (seja emitido expressamente por ele ou não). A partir do momento que ele autoriza o comentário, automaticamente, para a lei, está endossando a opinião veiculada (não no sentido de concordar, mas de assumir o risco pelas conseqüências da divulgação).

    Talvez você deva se lembrar do caso da Escola Base, no qual um delegado pouco cauteloso divulgou para a imprensa conclusões sobre investigação de suposta pedofilia ocorrida em uma escola de bairro. Os donos da escola (uma pedagôga, outra professora e seus respectivos maridos) nunca mais puderam trabalhar na mesma área, foram linchados e, no final, inocentados. A mídia brasileira foi obrigada a indenizar pela exposição indevida, mesmo alegando que a culpa tinha sido do delegado, que falou o que não devia.

    No caso em questão, segundo informações do advogado da ofendida, publicadas nos jornais e TV local, o blogueiro foi contactado e se negou a retirar o comentário do ar, alegando que não iria “restringir” a liberdade de expressão.

    Ora, o comentário ficou no ar durante 16 dias, até o blogueiro ser intimado pela Justiça e se dar conta de que internet não é um mundo sem lei. Somos responsáveis pelos nossos atos e o que ocorreu foi bom para advertir toda a “comunidade blogueira” a moderar seus comentários.

    Achei até curioso o fato de você comentar no mesmo cast sobre o motivo de o brasileiro, mesmo com preços baixos, continuar pirateando jogos. A resposta é que brasileiro sempre quer ser o esperto e não pagar por nada que possa obter de outras formas. De outro lado, não existe uma sanção direta para quem consome jogo pirata, mas você vê sites como mininova e piratebay sendo processados. É a mesma lógica do caso do blogueiro! Quem posta os torrentes não é o site, mas os usuários, só que quem permite que isso aconteça? Quem distribui os links? Só a Justiça Brasileira é burra então? Porque o mininova não é tupiniquim 😉

    Acho que esse é o pensamento que todo mundo está tendo em relação ao blogueiro cearense. O que o blogueiro fez foi descumprir a lei, entretanto, para a opinião pública do twitter, o senso comum acha injusto porque não foi ele que “provocou a briga”, mas foi ele que forneceu o ringue e disponibilizou o conteúdo.

    Bom, só acho que todo mundo tem se colocado no lugar do blogueiro, mas poucos tem tentado ver como a pessoa atingida se sentiu, certo?

    🙂 inté!

    ps: já pensou em moderar seus comentários? Rá! 😀

  6. Uma mulher dessa que vai atrás da justiça atrás de indenização não é freira, é uma aproveitadora… Tinha que queimar no inferno.

    PS.:Não sou o carinha que tem que pagar pra ela, mas to com uma raiva f*dida da freira…

    Fora isso… Continue o bom trabalho Izzy/Kid 😀

  7. Concordo plenamente com a Helana.

    Segundo o entendimento do tribunal, o blogueiro não é um inocente que está sendo condenado, mas sim o próprio responsável por um ato ilícito.

    Lembro de alguns julgados em relação ao Google e seu serviço Orkut em que TJ-RJ analisou ser possível responsabilizar a sociedade americana pelo conteúdo postado pelos usuários.

    O Tribunal, no entanto, limitou-se a responsabilizar a sociedade empresária apenas quando a mesma deixava de retirar o conteúdo ilícito após interpelação do interessado, independentemente de haver uma negativa formal ou apenas uma omissão por parte da empresa.

    Como não há um regramento legal sobre a questão no Brasil, é bem possível que um tribunal venha a se posicionar no sentido de que seria inclusive desnecessária a interpelação do interessado para configurar a responsabilidade do veiculador do conteúdo infamante.

    Em relação à pirataria, contudo, a questão me parece um pouco diferente no Brasil.
    Isso porque, no meu entender, apenas o detentor do direito autoral tem legitimidade para requerer as medidas necessárias a fazer cessar a violação ao seu direito.

    Com efeito, a própria legislação brasileira prevê que a apreensão das cópias ilegais, bem como a ação penal, somente pode ser promovida pelo detentor do direito violado, salvo em casos excepcionais (v.g. art. 12, §3º, da Lei nº. 9.609).

  8. Pingback: Cícero Neves
  9. Se voce deizar por KID, terá que trocar o Twitter.
    Se deixar IzzyNobre, terá que trocar seu nome no WORDPRESS (o que é mais fácil)
    Bom trabalho ;D

  10. Pingback: Leandro M. R. Silva
  11. Lembro de um caso que ocorreu por aqui alguns anos atrás: uma mulher processou o Google (e ganhou, claro) porque este estava indexando um blog que a difamava…

    O Google a ajuda a descobrir que está sendo difamada, e ela processa a empresa, e não quem fez o blog! E o pior: ganha!

    No caso, alegou-se que o Google, ao oferecer um serviço de indexação, deveria também se responsabilizar pelo conteúdo que fornece… Seria como exigir que um bibliotecário fosse responsável pelo conteúdo dos livros da biblioteca!

    Ou seja, para não correr o risco de descumprir a lei aqui na República das Bananas, só acabando com os serviços de indexação, redes sociais, blogs, e afins.

    Considerando-se todas as pessoas que conheço que estudaram Direito, que explicitamente afirmam que coisas como Teoria da Argumentação e Lógica “não servem para nada”, e o pior, que passam em concursos públicos para procuradoria ou para serem juízes, só posso dizer que não há qualquer chance de a realidade mudar, num futuro próximo.

    Meu maior “atrito”, ao tentar dialogar com eles, é que eu acho que as leis devem servir à sociedade (isto é, como o mundo muda e evolui, as leis também devem mudar, se adequando à nova realidade -- exemplos clássicos são o fim da escravatura, e a permissão da união civil entre pessoas do mesmo sexo), enquanto que eles acham que a sociedade deve obediência cega às leis existentes.

    E, para ser justo: vi um caso semelhante na França, em que o editor de um jornal foi preso por conta de um comentário anônimo feito na página online do tal jornal.

    Conclusão: as piadas sobre advogados tem o seu porque de existirem… Hehehehe…

  12. Sobre a AppStore eu não vou comentar, possuo produtos da Apple.

    Mas sobre preços abusivos de jogos de diversos outros consoles, como Wii e PS3 eu concordo plenamente!

    Porra, um jogo de Wii tem o mesmo preço de um PS3! Ambos estão na faixa dos 250 reais!!!

    E é tudo culpa de um senador safado, que impôs junto com outros malandros do congresso o aumento abusivo de impostos não só para jogos, como parar diversos eletronicos importados! ¬¬

    O consumidor fica meio desestimulado a contribuir, né?

  13. Gosto de seus programinhas. Ainda acho que você tem que falar um pouco mais devagar. Mas, de resto, seu programa é jóia.

    Beijos na nossa noiva.

  14. Sobre o conteúdo: a @Helana mandou bem, ao examinar o caso concreto do blogueiro. Nisso, endosso a sua opinião.

    Mas, logo a seguir, faz uma generalização grotesca, dizendo que “brasileiro sempre quer ser o esperto”. Não generalize assim.

    Não só não é verdade que “todos”, “a maioria” ou “quem eu conheço” são assim (você está se baseando em dados para afirmar isso? Quais?) senão que, ao aplicar um rótulo, perde a oportunidade de analisar a verdade sobre o fato.

    Mais uma vez, Kid, beijo na nossa noiva.

  15. Pensando cá com meus botões: pôxa, Kid, se você mesmo não aceita comentários anônimos aqui no blog (“covardes não merecem o privilégio de liberdade de expressão”), por que acha que defende que o blogueiro não deveria ser punido, ao permitir q um anônimo postasse o comentário ofensivo?

    Se eu coloco, anonimamente aqui, que “A Rainha da Inglaterra é sapata” -- e o comentário é mantido -, você deve, em tese, ser responsabilizado legalmente pela asneira aí no Canadá.

    Beijos em nossa noiva.

  16. A pergunta é, o que tinha no comentário do muleque pra deixar a freira tão puta a ponto de por o blogueiro na justiça?

    E concordo com a pirataria de jogos de console. O governo brasileiro é foda. Cria um monte de leis de protecionismo alfandegário pra proteger o mercado interno sendo que a gente NÃO produz tecnologia de alto nível como console e jogo.

  17. Os juízes sempre fazem julgamento errado porque são um bando de velhos escrotos que não entendem nada de internet.

  18. Po Kid, podia ter feito um reviewzinho do New Mario Bros de Wii pra gente aqui… Aqui no Brasil ta facil de achar so pra download, pra compra ta osso, e como você mesmo disse, baixar jogo aqui é FODA…

  19. Izzy “the Kid” Nobre…
    vi isto em algumas lutas e achei foda pra caramba, fora que tu não iria precisar trocar o nome de nenhum lugar -.-…

  20. Comprei Guitar hero metallica por R$50,00 no ebay, Mirrors Edge por R$38,00, Dead Space por R$50 e Street Fighter 4 por R$60.
    Todos no ebay. Hoje em dia quem compra um videogame que custa 1000 reais e não tem coragem de gastar 50 reais num jogo, mesmo que não seja lançamento, merece ser banido mesmo,como milhares foram mês passado.

  21. PS: Nenhum foi taxado ao entrar no Brasil. Até cartuchos de super nintendo, que teoricamente ao passar pelo raio-x denotam ser eletronicos foram.

  22. é só eu que não entendo quando no final (erros de gravação) o kid fala uma frase correta em claro alto e bom tom e solta um “PORRA DO CARLAHO!!!1” pra refazer a mesma coisa?

  23. por uns 15 segundos eu achei q tinha jogo original de PS2 por uma faixa de preço entre 2 e 20 pila. ainda bem q eu decidi voltar o video

  24. Kid, você não tem muito contato com a Steam, né?
    Tenho comprado vários jogos lá, jogos de PC.
    A plataforma é boa e os jogos são baratos.
    Todo fim de semana tem algum 50% off, e são de jogos bons, rolou até um SF-IV 50%off.
    Parece que você não joga no PC, mas comentei porque tem aumentado bastante o número de brasileiros comprando jogos dessa maneira.
    Izzy é mais legal mas dá uma dó enorme de lhe ver abandonando o Kid. 🙁

  25. Como não tenho iPhone, mantenho a desculpa dos preços abusivos 🙂
    E, já falaram isso, mas a intro de The Big Bang Theory combinou ali, não sei por que.

  26. Olá, queria aproveitar o espaço e a oportunidade para mandar o Rafael Izzo, meu “sócio” e co-fundador do CruSSificados, tomar no meio do cu dele, dizer que ele tem o pau pequeno e que a mãe dele, que é freira, é uma puta duma safada.

    Bom, ‘Kid Nobre’, agora é só esperar a intimação judicial chegar aí no seu cafofo. Já vai juntando os meus 16 mil reais, digo, do Rafael.

  27. 1. Eu voto pela música do TBBT nos final sempre. Combina PACAS e fica bonitinho. ^^
    2.Conteúdo deste HBDtv show de bola.
    3. Voto em IzzyNobre. Mas eu, Bruna, usaria os dois aleatoriamente. Tenho hábitos esquizofrênicos na Internet. :]

    Comentários mais irrelevantes:
    1. Eu ri do mário na parede;
    2. Falas rapidinho feito eu XD
    3. O “corta” é divertido. (Eu realmente curto hábitos esquizofrênicos) XD
    4. Beeeijos na Becca!

  28. Sou fortalezense, e essa do Santa Cecília foi foda mesmo. Mas sim, sobre o HBDTv, um comentário e uma crítica:

    Creio que você citou sobre os jogos pra Iphone e comparou com os jogos de PS2fags brasileiros, né? Isso não é meio injusto? Da última vez que vi jogos PARA PS2 aqui, em Fortaleza mesmo, os preços tavam bem chatinhos. Realidade distante, mesmo.

    E confesso não ter gostado desses comentários do twitter.. achei nonsense. Você só leu eles, eu tava meio que esperando mais. Algum comentário teu, uma resposta.. mas nada, só uma leitura. Achei um tanto pointless.

    Keep going o

  29. IzzyNobre, FTW….

    Mais um hbdtv fodástico, como sempre!!! Quanto ao NerdCast, um pouquinho antes do que o @informação falou eles sacaneiam contigo tb no lance de tentar ‘engrupir’ o motorista do ônibus, mais ou menos nos 15:50, dá uma ouvida hehehehehe

  30. Kid rindo sozinho no quarto me fez rir.

    Cara eu vi o pessoal falando q vc ta falando embolado mas ta perfeitamente entendivel. Uma das paradas que você cortou ali poderia ter ido pro video sem problemas (a do erro no fim da frase). Outra, vc ta em duvida se deve usar kid ou izzy nobre? Eu ja me acostumei com Kid mas acho q izzy não tem problema desde q vc arranje um boneco do kabuterimon.

  31. Olá Izzy.

    Acompanho seu blog desde quando eu achei ele numa pesquisa do Google sobre o Killdozer.

    Esse foi o 1o HBDtv q assisti. Achei muito bacana. Vc fala muito bem tb. E vlw a sugestão do Mário do DS. Comprei o meu DS esses dias e esse jogo vai ser o primeiro q vou jogar. 😉

    o/

  32. Porra kid, eu juro que já tentei, mas você tava essas caixa na parede com muito mais forma que eu .__.

    no mais, ese hbdtv arregassou, tinha assunto de verdade

  33. A diretora do colegioPUTAQUEPARIL!
    hahahaha… e eu ri mais ainda com o cartucho do DS voando na parede LOL!
    Que mania de jogar as coisas longe…

  34. Com tanta gente culpada nesse país a justiça brasileira insiste em ficar fazendo merda. Puta que Pariu!

    Adorei o HBDtv Kid Nobre! Parabéns!

  35. @salgadolf

    Nem tinha percebido. Acompanho esse site a mais de um ano e por acaso resolvi entrar no Jovem Nerd e escutar o último NerdCast e também por acaso, ouvi o nome do Izzy O_O! Esse Nerd Cast me faz pensar que o Kid está virando alguma espécie de celebridade nerd da internet brasileira, após o episódio da MTV… putz… nem se fala, agora o Kid decola!!!

  36. Vale lembrar, que a digníssima freira faltou a 4 audiências… QUATRO!!!

    Quando ela decidiu dar as caras ele não pode e aí, nabo na bundinha dele, não é mesmo… ¬¬

  37. É no minino vergonhoso o sistema falho de justiça no Brasil, que não é das unicas bizarrices que todos (incluindo-me) parecemos preferir ignorar…
    Em todo caso, nunca fui muito de ver os hbdtv, mas comecei a assistir os ultimos e devo mencionar que estou gostando muito. 🙂
    Acho que prefiro Kid mesmo!
    Esperamos mais 😀

  38. O problema é o desconhecimento sobre o Direito Transnacional e sua lógica. Recomendo a leitura sobre “lex digitalis” ou qualquer texto de Gunther Teubner (ele tem uma página própria enquanto professor de uma universidade alemã, que tem alguns textos seus).

  39. A real é q a maioria dos jogos de PS2 nem eram realmente bons, pelo menos a maioria q vi e joguei com amigos. Só alguns valeriam a pena o investimento, mas definitivamente chegar e pagar R$250+ por um jogo de console ñ dá! É ridículo. Já acho exagero jogos de PC a R$100, em geral ñ compraria nada mais caro q uns R$50 se fosse um bom jogo! Paguei mais só pelo Orange Box q acabei tendo q importar pq tinha acabado em todas as lojas físicas e online aqui. Alias, por falar em erros da justiça o Counter-Strike ser proibido no Brasil foi mais uma palhaçada ridícula, me falaram q foi regularizado, mas nem vi nas lojas! Pra ñ falar dos históricos jogos como da série Carmageddon. As tendências fascistas do Estado brasileiro ñ negam seu passado. E pior, pagamos muitos impostos pra sustentar essa estrutura corrupta do pão e circo.

  40. Pingback: izzynobre
  41. Eu estudo no Santa Cecília e ri demais com o que tu falou sobre a “Irmã” Eulália.

    HAHAHAH

    Só não falo mais nada porque se não alguém aqui pode acabar sendo processado

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *