Internet – Destruindo vidas desde 1990 e alguma coisa

Foi difícil decidir se classificava esse post como Bobagem Internética ou Internautas Infames então na dúvida, vão os dois e assim com um só post eu dou a vocês o prometido post de hoje E a Bobagem Internética Diária com um texto só.

CENÁRIO: Houve um incêndio na cidade de Omaha, nos Estados Unidos. O incêndio é reportado na página do noticiário local da cidade. Um garoto habitante da cidade posta comentários no link da notícia, prestativamente oferecendo aos – milhares de – leitores fotografias do incêndio tiradas por ele mesmo.

Até aqui é uma ocorrência internética perfeitamente normal. É nesse ponto que as coisas tomam um atalho pela boa e velha trilha que poucos internautas conhecem intimamente – o caminho da inesquecível humilhação pessoal pública que resultará em um vício por calmantes e/ou ao menos duas tentativas de suicídio.

O que o rapazinho infelizmente esqueceu é que esse era o mesmo domínio em que ele hosteava algumas fotografias não-convencionais, e com “não-convencionais” o que eu realmente quero dizer é “da sua piroca flácida”, enigmaticamente adornada por um pedaço de papel onde a inscrição “CoLws :)” pode ser lida. Detetives internéticos já estão no caso, e após algumas horas de confabulação decidiram terminantemente que as obras de Leonardo da Vinci não têm nenhum envolvimento com a mensagem. Metade da internet suspirou decepcionada, e Dan Brown atentou ao fato que o mercado de mensagens enigmáticas relacionadas a pirocas ainda não foi abordado por nenhum outro autor e já começou a escrever seu novo livro inspirado pelo acontecimento, que ineditamente envolve homens nus mortos acompanhados por inscrições crípticas.

Não vou ofecerer link direto pra imagem porque isso aqui ainda é um blog de família, minha mãe provavelmente lê essa porra e eu não quero que ela me ligue no trabalho pra me explicar que divulgar fotografias pornográficas é pecado. Aí está o link do diretório onde ele hospedou as fotografias, acompanhadas de outras imagens de gosto duvidoso, como uma fotografia em close de um tolete de bosta de aproximadamente 50 cm de comprimento, e eu parei de fuçar a pasta aí mesmo. As probabilidades de eu ter achado as únicas fotos escrotas num domínio com centenas de imagens são baixíssimas, então é bem provável que haja muito mais bizarrice ainda.


Por que, meu deus. Por que.
Repare atentamente que uma fotografia foi tirada entre as outras duas exibidas no site, mas foi apagada ou nem sequer enviada pro servidor. Eu me pergunto o que passou pela cabeça do moleque. “Acho que minha piroca não ficou particularmente flácida em IMG_5680.JPG, melhor tirar uma outra”, talvez? Assim como o assassinato de JFK, o atentado de Onze de Setembro e por que diabos eu escrevi um texto cujo cerne gira em volta de uma piroca, esse é um mistério para qual talvez jamais teremos respostas.A história ainda está se desenrolando, mas se eu conheço esses dramas internéticos e a julgar por alguns detalhes cruciais (há uma fotografia da casa dele, cortesia do Google Maps, com a exata latitude de onde ele mora, e ele já foi identificado por conhecidos locais no site onde tudo começou) eu posso dizer com algum grau de certeza que em menos de 24 horas esse rapaz terá cometido suicídio ao menos duas vezes. Como se isso não fosse o bastante ele achou por algum motivo que seria uma boa idéia hospedar um screenshot do desktop dele, completo com uma captura do instant messenger que o garoto usa em que um monte de seus contatos aparece claramente. Foto e coordenadas exatas da casa, nome real, fotografia de rosto, contatos do AIM… se esse moleque poderia ter se tornado mais fodido, eu não sei como.

Como normalmente, os terríveis internautas galhofeiros como eu e você já tomaram conhecimento da história e estão correndo com ela aos quatro cantos do mundo pra espalhar ainda mais a infâmia do coitado. No site do noticiário, o moleque se gabava de seu catálogo fotográfico dizendo que “é praticamente um Peter Parker”. Sim, tenho certeza que entre lutar contra o crime e chorar pela recente morte da tia May, o Aranha arruma um tempo livre pra tirar fotos dos próprios ovos e colocar na internet.

É uma questão de tempo até que o moleque descubra que virou motivo de risada internacional e desative o host com as imagens, então aproveitem enquanto podem.

[Update] Esqueçam, o maluco já deixou claro que pretende deixar as fotos online por tempo indeterminado. Ótimo, porque quando eu reler esse post daqui há dois anos poderei rir com a mesma intensidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

28 comments

  1. Kid, seus post são muito cansativos. ¬¬”
    Nem leio, você enrola muito pra falar que comida podre dá caganeira.

    Q? o.O’
    sdjklasfsdklhflsdkhfklsdfhkld

    Afinal, pra que que eu respondi esse post?

  2. PQP!
    Os caras não tem mais o que fazer(nem eu, but…)
    Ele queria se tornar famoso, eu absolutamente aposto.
    De qualquer forma, ótimo blog e que continue dando suas informações que um dia usarei na oitava série (não me pergunte como >:D)
    Ps: Se não quer ter uma decepção, não leia o blog acima, ele está passando por mudanças, como troca de Theme e tirando os frufrus já deixados para trás.
    Boa semana!

  3. Tudo tão perfeitamente planejado para cagada que eu me pergunto: Planejou tudo isso ou alguem planejou muito bem alguma vingança pessoal.

    Abri 7 fotos, aleatoriamente, e nenhuma delas tinha nada de comprometedor -- a menos que você tenha um certo pavor de largartos ou gifs cafonas.

  4. to lendo agora o blog pelo wordpress, ficou muito bom e como você disse uns posts antes, o alt+tab ficou obsoleto agora hahahahaha.

    eu possuo um blog no wordpress.com, falo de noticias gerais.

    abraço

  5. À quem interessar possa, pra ver todas as fotos d’uma vez, basta acessar o domínio e digitar na barra de endereços do navegador o código seguinte:

    javascript:var textofinal=”, as=document.getElementsByTagName(‘a’); for (i=0, n=as.length; i<n; i++) { cur=as[i]; ext=cur.href.split(‘.’).pop().toLowerCase(); if (ext == ‘jpg’ || ext == ‘gif’) { textofinal+=”; } } document.body.innerHTML+=textofinal; void(0);

    Divirtam-se 🙂

  6. Última tentativa:
    javascript:var textofinal=”, as=document.getElementsByTagName(‘a’); for (i=0, n=as.length; i<n; i++) { cur=as[i]; ext=cur.href.split(‘.’).pop().toLowerCase(); if (ext == ‘jpg’ || ext == ‘gif’) { textofinal+=”; } } document.body.innerHTML+=textofinal; void(0);

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *