Mais arrumação

Finalmente cansei da aparência lamentável que aquela minha mesa do computador proporcionava ao resto do quarto. A parada simplesmente não harmonizava com os outros móveis, e pra completar o estado constante de bagunça graças à falta de gavetas tornava a limpeza complicada. Pra espanar a mesa, uma atividade que geralmente demora menos de 5 minutos, me ocupava o triplo disso já que eu tinha que remover todos os badulaques da mesa, espana-los, depois espanar a mesa, depois retornar tudo à posição original.

A mesa que vocês conheceram no post anterior estava em seu melhor estado de arrumação. A aparência natural dela era na verdade essa:


Tá vendo a putaria? Caixas, gadgets, carregadores, etc e o caralho. Totalmente asquerosa. Literalmente revoltante.

Contrariando minha missão de economizar dinheiro essa semana pra comprar action figures do Iron Man (que acabaram de sair, graças ao filme, e em breve enfeitarão a mesa do meu PC), me dirigi à loja de artigos computadorísticos mais próxima e, após uma hora de seleção cuidadosa, voltei pra casa com isso aí:


Claro que não veio montadinha, né. A parada veio em cinquenta mil pedacinhos diferentes, cada um nomeado com um algarismo ou letra – ou ambos -, de forma que ler o manual (“encaixe a presilha A1 à traquina X4, em seguida cole a repimboca H7 à manivela B3”) é como se eu estivesse jogando uma frustrante partida de Batalha Naval comigo mesmo. E perdendo.

Uma das coisas que mais sinto falta de morar com minha família é que a montagem desse artigos sempre recai sobre o patriarca da casa, o que me livrava da encheção de saco que é montar móveis recém-comprados. Meu pai montava essas merdas alegremente pra mim, enquanto eu ia assistir TV ou coisa parecida. Por ser o homem da casa agora, se eu não me volutariar pra tarefa, eu não teria mesinhas de centro ou stand de TV, teria caixas da Ikea empilhadas na sala.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

36 comments

  1. Não digo que bagunça seja algo bom… Mas pra quem não mora junto com os pais, há a “bagunça organizada”. Pode não estar em perfeita ordem, mas você sabe onde está tudo e consegue encontrar as coisas quando precisa.

  2. Ficou bem legal, Kid. Um dos meus objetivos é ter coisinhas para enfeitar a mesa do computador, como tu falaste, mas não dá porque, hã, o computador é compartilhado. Uma merda. ): minhas pelúcias do Mario e do Bowser tão empoeirando no armário do quarto até hoje.

  3. É que na outra foto tinha dois cubos: esse do suporte e outro “desmontado”. Achei que era tipo uma daquelas estatuetas inúteis.

  4. @Argus
    Nope. Eu tenho dois rubiks 😀

    @Stan
    Eu compraria caixas novas HOJE se essa mesa não tivesse me custado 200 pau 🙁 Elas são velhonas, pra você ter uma noção eu as trouxe do Brasil até.

    Próxima compra serão novos speakers sem dúvida. Semana que vem, foto nova 😀

  5. na foto antiga acho que aquelas miniaturas são do mechwarrior .. battletech =p

    se meu quarto não estiver bagunçado eu não acho nada

  6. Os robozinhos preto e amarelo são, respectivamente, o Barricade e o Bumblebee. Eles aparecem na foto do post anterior.

    Os menorzinhos que aparecem nesse post são bonequinhos do Spawn.

  7. Kid, quando comprar os Speakers novos, recomendo fortemente

    JBL Creature II ou Swan M10

    Vai na fé nesses 2 custos benefícios, vai por mim. Também tem o Klipsch ProMedia, mas creio que o Swan seja a melhor opção.

  8. Caralho, tem Ikea no Canadá!

    Porra, o país é mais civilizado do que eu imaginava! As paradas de lá são fabricadas aí mesmo ou vêm tudo da Suécia?

  9. Aquelas caixas de som sao bizarras, hein… toma vergonha e compra umas que pelo menos combinem com o primeiro mundo…

    heheheh

    Abraços !

  10. Das JBL possivelmente não, porque são baratas, mas das Swans tem aos montes no Head-fi.com; Avsforum.com; Audioholic.com (fórum deles), AudioKarma.com …

    As ProMedia também tem vários reviews espalhados por aí. Mas eu to citando só caixas até $100 (porque a maioria acha absurdo gastar mais que isso em “som”, porém é bem pouco para grande variedade que existe).

  11. Desconfortável…? Por que?

    Na verdade é justamente o contrário, as pernas da mesa tem distância maior uma da outra então minha cadeira fica mais próxima do computador. Sem contar que não há tanta tralha na mesa que eu precise ficar afastando pra mover o mouse.

  12. Prefiro esses posts digamos… pessoais.
    Acho legal esse lance de saber de onde o cara escreve e tal, principalmente por tu morar na gringolandia e aí ser tudo diferente.
    O post sobre medicina eu achei meio chato, foi um dos poucos aki no hbd que eu nao li todo :/
    Bem, foda-se, eh a minha opinião 🙂

  13. @George

    Aí fica claro que é difícil agradar todo mundo. Tem gente que adora os posts mais longos e menos pessoais tipo o da medicina. E tem gente que odeia posts diarinho.

    Você é o contrário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *