Professional Wolfenstein Player

A internet está lotada de gente com bastante tempo livre nas mãos, uma câmera digital prontamente disponível e idéias criativas e/ou malucas que nos levam a especular quantos amigos este indivíduo possui, qual a última vez que ele teve um contato erótico consensual com um membro do sexo oposto, ou até mesmo durante qual gestão presidencial americana ele teve seu último banho. Esta seção do HBD é dedicada quase que inteiramente a dar mais visibilidade a esses talentosos cineastas internéticos e suas criativas produções youtubísticas.

Por causa da natureza fantástica ou surreal dessas produções, convencionamos a enxergar os criadores desses vídeos como idéias abstratas, pessoas que não existem de verdade no mundo real. Afinal, quem teria tanto tempo ou disposição pra executar esses projetos? Quando tive a idéia de trazer esse tipo de conteúdo pra vocês, não imaginava que ia acabar esbarrando pela internet a fora com algo produzido por alguém que eu conheço na vida real, uma pessoa de carne e osso cuja existência eu posso verificar.

[youtube]

O maluco narrando o vídeo se chama Clifford; ele trabalha no Wendy’s, onde eu trabalhava até o meio do ano passado. O que o maluco fez foi jogar Wolfenstein 3D por DUAS SEMANAS SEM PARAR, até decorar não apenas a localização de cada inimigo no jogo, mas as áreas secretas e os power-ups. O resultado disso é um speedrun de precisão cirúrgica, em que o moleque não apenas se posiciona na direção exata do inimigo antes mesmo de entrar na próxima sala, mas ainda dá a localização geográfica dos nazistas virtuais em relação angular à sua própria posição. “Vou entrar na próxima sala, virar 90 graus pra direita, dar três tiros, e em seguida 27 graus pra esquerda e matar os outros dois guardas que estão dando a volta na esquina nesse exato momento. Agora vou abrir essa porta e matar os dois guardas atrás dela antes mesmo da porta abrir completamente”.

O moleque vai e termina o jogo na dificuldade mais elevada permitida, sem levar um tiro sequer, em doze minutos. Toda essa habilidade, no entanto, não o impede de se referir aos guardas nazistas como “JESTAFO”, o que se provou mais irritante do que eu imaginava. A polícia nazista, a Gestapo, provavelmente não se agradaria disso. Mas eles também não se agradariam em levar tiros na cara com uma precisão que daria inveja ao Bullseye, então dá na mesma.

Eu me pergunto até agora a que tipo de ambiente o moleque foi submetido a ponto de que jogar Wolfenstein 3D por 14 dias consecutivos se tratasse de uma boa idéia. Aí conclui que eu não posso compreender a mente de um sujeito que quer se tornar mundialmente conhecido como o melhor jogador de Wolfenstein do mundo (e ele diz isso sem o menor sarcasmo).

Vá com deus, Clifford.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

43 comments

  1. .K~, é só ver pela vida do Kid (como a conhecemos, ao menos): antigamente era trabalho no Wendy’s, voltar pra casa, Gears of War, mais Gears of War, love making com a patroa, Gears of War, escrever um pouco, Gears of War. E no outro dia a rotina recomeçava…

    E, hey, one man’s Gears of War is another’s Wolfenstein 3D 😉 sHAUSHAus

  2. Ahahahahaha good point kbça

    Se bem que no momento, ao invés de Gears, tou viciado em Warhawk, do PS3. Joguinho do caralho, e altamente underrated.

  3. Eu lembro que eu via aqueles recordes absurdos em revistas como a ação games e não acreditava neles (do tipo virar sonic em pouquissimos minutos). Graças a internet e ao youtube, agora posso ver o video desses recordes bizarros e ver que eles realmente existiram.

  4. ainda bem que o kid ja tem aquele casacão preto.

    nao vai precisar gastar em nada quando o amigo dele chamar pra entrarem em um shoping atirando aleatoriamente nas pessoas

  5. outro massacre de columbine a vista.. KID, exerça sua funçao de cidadao norte “imperialista” americano, e denuncie esse sujeito às autoridades..

    qlqr coisa a gente fala q tu eh cumplice =]

  6. por falar em “gente com bastante tempo livre nas mãos, uma câmera digital prontamente disponível” .. olhem esta MERDA…

    rel="nofollow">

    achei um site que soh tem essas tosqueiras.. cada perfil de orkut q puuuuuta q pariu.. se quizerem, soh pedir..

  7. Que nada Droantjk… O Kid, como cidadão norte americano, porém canadense, provavelmente veria as notícias do atentado do amigo louco, balançaria a cabeça em tom de desaprovação e voltaria a comer bacon assistindo algum campeonato local de hockey. Damn Canadians! 😛

    E Kid, Warhawk? Me lembro vagamente de um jogo assim pro PS, que sempre me disseram ser bom, mas nunca joguei…

  8. Tem um documentário muito bacana que tem uma abordagem parecida, quanto ao fato de ser o melhor do mundo em um jogo. Se chama “The King of Kong”. O documentário em si já merece uma conferida, assim como merece uma “crítica” do grande Kid.
    Abraço,

  9. Eu consigo imaginar o ambiente em que ele se manteve durante as duas semanas. Provavelmente no porão da casa da mãe dele se alimentando de ratos e luz solar…

  10. E ae kid, rapa vi o post no Meio Bit o qual falava sobre seu post sobre o Touch e os PDAs (pra quem não viu está aqui o link) e achei muito interessante a forma pela qual você responde os comentários em “território inimigo” =D
    Afinal não dá pra discutir sobre Mac,Ipod e Iphone com esses fanboys, a Apple pra eles é uma religião u.u’
    Bem é isso, parabéns pelo blog e desculpa se meu comentário não está relacionado com o post xD
    Abraço!!

  11. Quem ve pensa que 14 dias é grande coisa, nossa foi a metade da vida dele nisso olha lá isso mostra que o cara só se dedica ao pc omg omg.

  12. Eu respondi o comentário que vc fez no meu blog la mesmo mas depois fiquei achando que deveria responder aqui porque um “blogueiro bem sucedido e rico” como vc não se daria ao trabalho de ver se alguem respondeu então tai:

    “hauahuahuahauhauahuahauhau
    iae kid. eu não esperava que um dos grandes bloggeiros brasileiros fosse ler isso aqui mas que bom que vc apareceu. eu te mandei um e-mail sim mas vai ver que não chegou por qualquer motivo (como sua caixa de e-mails estar cheia de e-mails de gente te xingando por algum post qualquer).
    O e-mail só dizia pra vc dar uma olhada aqui no blog e me avisar o que achou ou sei la.
    A parada do filho da puta eu não vou retirar porque vc tem todos os video games e jogos que eu queria ter (puta merda vc comprou ROCK BAND!) e a inveja deve ser disfarçada em raiva para manter os alicerces da sociedade hipócrita.”

    Agora eu percebi que esse final ficou estranho mas foda-se

    Eu não quero saber o que vocês leitores do kid acham disso tudo.

  13. Vê se dá uma passada no nosso blog de novo hein! =P

    http://www.avidanerd.blogspot.com

    (Isso não é um spam, tenho quase certeza)

    E hey, se vc não recebeu e-mail algum, como achou nosso blog???

    Sobre o Clifford… Sem comentários, sabemos que ele não é o único desse mundo que faz esse tipo de coisa. Então não achei novidade nenhuma.

  14. @Lucas Lopes

    Hahahahah valeu pelo apoio, cara. Tá meio duro o debate lá, tou praticamente sozinho no meio de uma cambada de fanboy. Até o Cardoso, que é um cara que eu respeito muito no mundo blogueiro, meio que tá nessa de adoração incondicional do produto e rebater com leve acidez qualquer um que ouse criticar a parada. Aquele post dele foi meio enganoso pra cacete, porque ele alega que eu comparei o Dell Axim ao Touch. Qualquer pessoa que leu meu comentário SABE que não foi isso que eu falei.

    Mas fazer o quê.

    @Mr.bubbles

    Relaxa dotô. Sem ressentimentos.

  15. Ok Ok, eu aumento mais não invento.

    Não foi SOMENTE por causa do Wolfenstein 3D.
    Quando eu não tava jogando ele, tava jogando Prince of Persia ou Stunts (mais alguém aqui foi loucamente viciado em Stunts? Duvido que o Kid jogou Stunts, há).

  16. Kbça você entendeu errado a parte que ele fala Too slow… Ele queria cronometrar matar os guardas e se encontrar com um terceiro virando a esquina… ele não fez rápido o suficiente e falhou em matar o outro perfeitamente. Por isso o No too slow

    E quem fala aqui é o Trunks não o Kid

  17. Faz sentido Trunks. É que por ter ouvido mais de uma vez, achei que era alguma pagação da parte dele.

    Acho que se eu rever o vídeo vou concordar com você, mas nem vou fazer isso não… Não posso perder tempo, tô concentrado aqui no Doom 2, rumo ao título de ‘best Doom 2 player of the whole fucking world’! 😛

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *