[ Vergonha Alheia da Semana ] MC Melody e sua amiga diva no falsete

Pra ser completamente sincero, eu não tenho a mesma ojeriza do funk que a maioria da galera que eu conheço tem. Existe uma rejeição quase unânime de reconhecer o funk como “cultura” — isso acontece porque, por algum motivo, no Brasil, “cultura” é sinônimo de “sofisticação” ou “educação formal”. Vai saber por que.

Cultura é, na realidade, uma manifestação popular que reflete seus valores, morais, arte, costumes, e experiência de vida. Mesmo que uma letra de funk seja vulgar e ilustrando níveis de semi-analfabetização, isso ainda é cultura pelo simples fato de que é um reflexo do “way of life” dos caras. A marginalização que os habitantes dessas comunidades vivem, a baixa escolaridade, a inversão de valores (traficante é mocinho, polícia é bandido), a visão mais casual em relação a sexo… tudo isso nos dá altos insight sobre a vida dos malucos.

Posso não gostar de funk (é, junto com sertanejo, o único estilo que eu não consigo curtir de forma alguma), mas dizer que ele não é cultura porque é “musicalmente rudimentar” seria como ver pinturas rupestres pre-históricas e criticar o traço e a colorização dos desenhos, dizendo que “não é arte de verdade”.

“PFFF COMO ASSIM ESSAS PINTURAS SÃO A ‘CULTURA’ DOS HOMENS DAS CAVERNAS? SÓ TEM UMA COR, AS PROPORÇÕES SÃO TODAS ERRADAS, QUE LIIIIIIIIIXO, ISSO NÃO É ARTE DE VERDADE. ARTE DE VERDADE É A MONALISA”

Só que tem dias em que eu consigo entender melhor a aversão que a maioria dos meus broders tem por funk. Dias como hoje, em que eu descubro o tal do “falsete da amiga da MC Melody”, que talvez seja aliás uma diva.

Eu vivo uma estranha dicotomia — às vezes, sou elogiado por “estar tão bem informado sobre o que ocorre no Brasil mesmo morando no exterior”; em outras ocasiões, estar desconectado dos meios brasileiros de comunicação em massa, eu fico COMPLETAMENTE ignorante sobre certas coisas. Demorou HORRORES pra eu sacar que o tal Neymar era um jogador de futebol, por exemplo. Nunca sei qual a nova novela das 8, os nomes de artistas famosos mais recentes (cujo estrelato ocorreu depois que saí do Brasil) nunca me são familiares, esse tipo de coisa.

Por que estou mencionando isso? Porque nas minhas últimas lives do Twitch, um número grande de pessoas pedisse que eu fizesse o “falsete da Melody”. E eu não tinha a menor idéia do que porra seria aquilo.

Hoje eu descobri o que era, e preferia ter continuado sem saber.

Neste vídeo a MC Melody (cuja interminável polêmica eu deveria abordar em outro texto) apresenta sua amiga Débora, que é supostamente “top no falsete”. Débora se propõe a “mostrar cultura pra esse povo”, e então segue a… dar o grito de um gato fanho sendo serrado ao meio em cima de um telhado de Brasilite. Tudo isso enquanto manipula um theremin invisível.

Como ex-metaleiro (não me entendam mal, eu ainda ouço metal diariamente — só não sou mais “metaleiro”), chego a me ofender com essas duas chamando essa arranhada de giz na lousa de “falsete”. Se essa muié dá esse gritinho no meio de uma música eu teria pensado que um juiz está marcando uma falta nos arredores.

Como se nossos tímpanos não tivesse sido castigados o bastante, a “diva” sugere que a própria Melody ensaie um falsete.

A pequena MC atende o pedido, emitindo o que eu creio ser o som que os condenados ouvem ao chegar no inferno. Na última nota eu tenho a impressão que meu óculos trincou.

Assim é difícil defender o funk.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

13 comments

  1. Além do falsete rolou uma falsidade, porque não é possível que uma deve ter achado bom o “”””””””falsete”””””””” uma da outra.

  2. Izzy sério, vem dar umas aulinhas pra esse povo brasileiro pq você é demais!!!!
    agora assim, te perguntar aqui, posso mandar essa matéria pra Mc Melody? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    #PormaisIzzynoBrasil

  3. Nossa, que bom saber que não sou o único que acha sem sentido a ideia desse povo de falar que funk não é cultura porque cultura tem que ser uma paradinha legal.

    Eu tinha visto um vídeo da melodiosa com essa loira e uma outra amiga, e as três estavam cantando… quer dizer, a melodiosa e a outras estava cantando,pois a loira parece gostar de imitar um golfinho no meio da música. Eu não sou 100% ligado nos últimos bafos do mundo dos famosos e vi o vídeo pelo Balanço Geral enquanto almoçava.

    Se eu já morri de dar risada com essa mímica vocal de theremin da loira, imagina com o da garota melodiosa. Puta que pariu, que vergonha alheia do caralho. Como o pai não tem vergonha de expor uma filha famosa pra ela virar a piada da semana, cara?

    E eu nem tenho o que comentar dessa loira mais. Acho que arraiar uma lousa é mais da hora que isso aí.

  4. Sendo chato, falsete é um homem imitar uma voz feminina. Uma mulher fazer falsete só se for a Ana Carolina.

    Sobre mulher não ter falsete vão ter artigos discordando, vai depender da definição. Mas todos são unanimes, uma criança não tem falsete. A guria esta gritando, só isto.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *