[ Vídeos da Semana ] YMCA, iPhone 6 e traumas!

Olá turma! Como está o seu domingo? Tá de boa? Óbvio que não, o domingo de ninguém a essa hora está “de boa”. Você está contemplando neste exato momento as consequências de faltar no trabalho/faculdade, de tão sem saco pra essas coisas que você está. Eu te conheço, rapaz!

Então, estes foram os vídeos que publiquei nesta semana!

Vamos à YMCA?

Neste Daily Drive, levo os senhores e senhoras à YMCA daqui do bairro (além de bater um papo sobre manutenção automobilística).

Você tem algum trauma?

Eu tenho. Envolve um cachorro desgraçado e uma mordida que deixou cicatriz física e mental até hoje.

Vamos (tentar) comprar um iPhone 6!

A minha primeira tentativa de pôr minhas mãos cearenses nessa maravilha tecnológica falhou miseravelmente e está tudo aí, registrado em vídeo para o seu deleite internético.

Ah, e tem uma resenha do iPhone 6 Plus chegando!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe sua opinião aí. Você não tá fazendo nada mesmo!

comments

11 comments

  1. Izzy vc já citou a história da cicatriz num texto sobre sua infância em que vc e seu irmão brincavam de sobrevivência. Acho que foi naquele texto sobre os lugares que você morou.

  2. O próprio líquido do combustível é responsável por refrigerar a bomba de combustível… rodar com o carro na reserva do combustível, faz com que a bomba não seja devidamente refrigerada pelo líquido combustível. Podendo queimar, e sendo necessária a troca da bomba.

  3. 1º -- Achei que o Kid tinha mesmo se assumido e virado viado quando disse que estava frequentando a YMCA;
    2º -- Andar com o carro na reserva força o sistema de bomba de injeção de combustível (a peça que manda o combustível para o motor), fazendo-a estragar precocemente e te deixa literalmente na estrada pq corta a injeção de gasolina de uma vez para outra. Aqui no HueHueBR uma bomba de carro popular custa uns R$ 500,00.
    3º -- Se fosse aqui no Brasil nego já tinha ou roubado toda sua gasolina ou tacado um fósforo aceso no seu tanque (imagine só o que aconteceria…). Eu nunca me arriscaria a andar com um carro sem a TRAVA da tampa de combustível, mesmo no Canadá.
    4º -- Comprovadamente o Kid é MUITO barbeiro.

  4. Trabalho com mecanica de autos entao posso opinar. Os mitos de estragar a bomba vem da epoca dos carburadores, quando os carros nao tinham tanta tecnologia, a gasolina era muito impura, não havia filtro dentro do tanque e os tanques enferrujavam.

    Hoje quando o ponteiro está no vermelho, ainda sim tem bastante combustivel pra vc se dirigir a um posto e manter a bomba de combustivel trabalhando legal, o importante é nao deixar o combustivel acabar totalmente.

    Sobre o custo de reparo, no Brasil um refil de bomba de mustang deve custar uns R$300,00.

    Poste mais videos sobre seu carro e manutenção dele, é lindo ver as coisas funcionando por ai!

  5. Izo!

    Não sei se o meu conta como trauma, mas acredito que sim. Vamos lá:

    Moleque que era, com cerca de 10 anos de idade, sozinho em casa, meus pais tinham ido à feira. Bateu aquela fome e, como não sabia cozinhar porra nenhuma peguei um pão e coloquei: Catchup, Molho Inglês e MUITO molho de pimenta.
    Sem brincadeira, eu vomitei por uns três dias seguidos, nada curava. Nunca passei tão mal na minha vida, e olhe que eu já tive muitos perrengues, viu.
    Depois disso eu nunca mais consegui comer nada com pimenta (só pimenta do reino, porque pimenta do reino é foda) e só de sentir o cheiro de pimenta eu já fico mega enjoado.

    Serve essa?

    Abraços! Admiro muito o seu trabalho e te sigo em tudo o que é lugar -- e o 99vidas não tem graça quando você não está.

  6. Cara do céu! Seu trauma é praticamente o mesmo que o meu. A diferença é que eu tinha mais ou menos 3 anos e a cadela tinha acabado de dar cria, e eu fui mexer com os filhotes, e ai já viu né?

  7. Sobre o trauma: também tive um com cachorro, o pior é que o animal não tem culpa já que é da natureza dele…enfim ~ estava visitando a minha avó que mora algumas quadras da casa da minha mãe, na esquina da casa da minha avó tem uma senhora desgraçada que tem um cachorro pra isso: cão de guarda, mas a casa dela o muro tá caindo, tem buraco, o portão da frente se o cachorro dar um encontrão sem dúvida cai. Enfim, estava saindo da casa da minha avó, e alguns cachorros da vizinhança (estes bem presos dentro de suas casas de boa estrutura) começaram a latir pra mim, do NADA o maldito cachorro gigantesco (observe que eu mal tenho 1,50m de altura o bicho em pé fica do meu tamanho quase) SALTA de dentro da casa dele, pula o muro e vem praticamente voando pra cima de mim feito uma besta vinda do inferno. A desgraça me morde, eu começo a gritar e ai uma vizinha vem também com um pedaço de pau pra cima do bicho. Isso foi em 2011, e por uns 2 anos eu fiquei sem conseguir andar na rua e ficar normal ao ver um cachorro, quando um cachorro de rua latia pra mim então eu entrava em pânico (congelava, tinha um sério ataque de asma e começava a chorar) A droga é que esse bicho não atacou somente eu, mas também outras pessoas na rua e é uma rua com várias crianças, o que é um perigo aquele bicho solto (e a polícia/bombeiros nem se presta a recolher o animal, isso que já foram acionados várias vezes para que uma atitude fosse tomada, o que tá levando ao pessoal da vizinhança a considerar em matar o bicho com algum veneno ou até mesmo atropelado -- o que não é certo também) e no fim das contas a desgraçada da vizinha abandonou a casa dela e deixou o cachorro ali. Hoje eu já consigo agir mais normalmente quando vejo um cachorro na rua, não entro mais em pânico, mas ainda fico em estado de alerta se algum cachorro passa por mim. É FODA. u_u fica aqui meu trauma compartilhado o/

  8. Izzy, posso te dar uma ideia pra tu melhorar na baliza? começa a treinar, mas com algum carro maior, como um F-150. Deves conseguir arranjar um com algum colega ou parente da tua mulher por aí. Aquela porra é gigante, quando conseguires mexer com ela o teu mustang vai ser mamão com açucar

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *